Página 10 dos resultados de 11940 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Estudo das perceções da comunidade da Palmeira (Ilha do Sal, Cabo Verde) sobre a sustentabilidade das pescas

Fidalga, Alécia Pires Fidalga; Seixas, Sónia; Azeiteiro, Ulisses
Fonte: APRH, UNIVALI, CIMA, Labomar Publicador: APRH, UNIVALI, CIMA, Labomar
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
A pesca teve sempre grande importância socioeconómica para as comunidades costeiras de Cabo Verde, oferecendo meios de subsistência e, devido à vocação marítima do povo Cabo-verdiano, possibilidades de emprego. O peixe aparece como componente importante na alimentação da população e, por ser fonte de proteína e um animal de baixo custo para a população, requer que a sua exploração seja feita em moldes sustentáveis, perpetuando no tempo a disponibilidade desse recurso para toda a sociedade. Este trabalho apresenta o estudo das perceções dos pescadores sobre a sustentabilidade da exploração dos recursos haliêuticos pesqueiros e a pesca artesanal dominante na ilha. A pesca é uma das principais atividades económicas da zona costeira da Ilha do Sal, além de ser uma importante atividade de subsistência para as três comunidades haliêuticas da ilha. Com o objetivo de discutir caminhos sustentáveis para a atividade, reflete-se sobre a sustentabilidade da pesca artesanal na comunidade da Palmeira, Ilha do Sal, Cabo Verde. Numa comunidade como a Palmeira, onde a pesca é tipicamente artesanal, encontramos diversos elementos que garantem a sustentabilidade da atividade. Conhecer e desenvolver novos mecanismos que visam educar e criar políticas sustentáveis para a atividade e gestão dos recursos é importante para a nova conjuntura em que se vive. A educação e a organização dos pescadores...

Os guias da montanha e sua contribuição para a sustentabilidade do território

Carvalho, Mário; Ezequiel, Graça
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Comunicação apresentada no IV Congresso Internacional da Montanha, Estoril, 2011.; A actividade turística é não só uma estratégia que contraria a rotina como também se assume como fonte de energia para situações de desgaste físico e mental do quotidiano. As viagens turísticas não só respondem às expectativas dos turistas que procuram lugares e experiências como contribuem para o desenvolvimento endógeno e competitivo dos destinos. A sustentabilidade desses espaços torna-se, pois, dependente de acções equilibradas, protagonizadas pelos diferentes agentes do fenómeno turístico. A redescoberta das potencialidades lúdicas e desportivas associadas à montanha impulsionam significativamente a atractividade turística daqueles espaços o que por outro lado significa a necessidade de se criar um modelo de desenvolvimento equilibrado e sustentado. Sem estratégias de auto-regulação e manutenção do equilíbrio ecológico os ambientes de montanha degradar-se-ão perdendo os valores diferenciadores que, em primeiro lugar, atraíram para aí o turismo. Por outro lado o aumento do número de clientes, mais exigentes, legitima a apropriação de novos lugares e a oferta de profissionais qualificados. Por acção dos guias de turismo...

Relato de sustentabilidade : práticas no setor da construção civil

Caetano, Dina da Costa
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 19/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação de Mestrado em Finanças Empresariais apresentada à ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.; O relatório de sustentabilidade é a prática de medir e divulgar através de um relatório, o desempenho económico, social e ambiental de uma organização empresarial. O processo de relato é voluntário, no entanto verifica-se um gradual crescimento na divulgação desta informação. Este estudo caracteriza-se por ser exploratório e foi desenvolvido através da análise aos relatórios e contas anuais e relatórios de sustentabilidade publicados nos anos de 2009, 2010 e 2011 por empresas do setor da construção civil. Efetuaram-se três ensaios distintos, o primeiro consistiu na análise de conteúdo tendo por base 10 empresas do setor da construção civil, 3 empresas portuguesas e 7 empresas espanholas que divulgam relatórios de sustentabilidade. O segundo ensaio consiste num estudo de caso sobre uma das maiores empresas do distrito de Leiria no setor da construção civil e o terceiro ensaio consiste numa proposta de implementar a sustentabilidade que poderá ser utilizada como referência por qualquer empresa dentro do setor da construção civil.

Proposta para um indicador global de avaliação da sustentabilidade ambiental de empreendimentos (IGSA)

Coelho, Adoniran Martins
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 843712 bytes; 307509 bytes; 1298072 bytes; 93778 bytes; application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O desenvolvimento urbano desordenado é, actualmente, considerado um problema grave para a sustentabilidade ambiental global em Portugal. Alguns dos efeitos mais frequentes deste crescimento, traduzem-se em perturbações ou alterações ambientais, muitas vezes, irreversíveis. Em Portugal, o crescimento imobiliário tem gerado milhões de euros em investimentos, e criado milhares de postos de trabalho. Prendendo-se nesta questão, vê-se que este crescimento tem trazido a vista várias questões quanto à sustentabilidade deste crescimento imobiliário. Desta forma, têm surgido vários empreendimentos com o conceito de empreendimentos sustentáveis, sem haver uma metodologia clara quanto à avaliação desta sustentabilidade. Neste sentido colocam-se em causa algumas questões: será que estes empreendimentos são sustentáveis? E se são, como medir essa sustentabilidade? E por último, como podem ser avaliados? Um bom exemplo, desta questão, têm sido os vários projectos aprovado recentemente, muitos destes abrigados pelo sistema PIN, que têm suscitado inúmeras questões quanto seu impacte ambiental. Destes projectos aprovados, 29 projectos afectam áreas classificadas com estatuto de protecção ambiental, gerando várias incertezas por parte da sociedade civil. Diante desta problemática...

A evolução dos relatórios de sustentabilidade no setor de mineração.; Assessing the evolution of sustainability reporting in the mining sector.

Perez, Fabiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Nos últimos anos nota-se uma preocupação crescente das empresas com responsabilidade empresarial e desenvolvimento sustentável. A divulgação dos resultados por meio da publicação de relatórios de desempenho ambiental, de sustentabilidade e/ou balanços sociais pode demonstrar eficiência e melhorar as relações com as diversas partes interessadas. A publicação de estudos sobre a utilização de relatórios de sustentabilidade no setor de mineração contribui indiretamente para fomentar a evolução dessa prática nas empresas e contribuir para a melhora da imagem da mineração. O objetivo desta pesquisa é investigar de que modo tem-se dado a evolução dos relatórios de sustentabilidade publicados pelas empresas do setor de mineração. Foi desenvolvido um roteiro de avaliação dos relatórios, baseado em referências internacionais de boas práticas e na literatura sobre o tema. A avaliação foi feita somente em termos de atendimento ou não a 62 requisitos ou tópicos que deveriam idealmente constar de relatórios de sustentabilidade de empresas desse setor. Os requisitos foram agrupados nas seguintes categorias: Contexto e compromissos, Gestão, Desempenho econômico, Desempenho social, Desempenho ambiental e Acessibilidade e garantia. O roteiro foi aplicado a 35 relatórios preparados entre 1997 e 2006 por cinco grandes empresas multinacionais do setor de mineração. A hipótese de evolução na qualidade e na abrangência dos relatórios foi confirmada com uma tendência positiva. A alta média das pontuações totais dos relatórios analisados e a alta porcentagem de apresentação de informações recomendadas para o setor mostram o esforço dessas empresas na identificação de riscos e resposta às partes interessadas. As seis categorias de informação analisadas mostraram resultados diversos...

Análise pluridimensional da sustentabilidade do ciclo de vida de um sistema estrutural de cobertura em madeira de Pinus: caso assentamento rural Pirituba II; Multidimensional sustainability analysis of a structural roof system life cycle made of Pinus wood: case Pirituba II rural settlement

Egas, Leonardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O trabalho está inserido no debate dos sistemas construtivos mais sustentáveis, procurando analisar a forma como a construção civil está atuando atualmente e propondo alternativas para minimização de seus impactos. Nas últimas décadas esse tema vem sendo abordado de forma parcial, com proposições de novas tecnologias, sem no entanto avançar nos estudos que procuram avaliar as complexas relações existentes na realidade para resolução desses problemas. As práticas sociais, econômicas, políticas e culturais, normalmente não abordadas na maioria dos estudos, muitas vezes são causadoras dos atuais níveis de consumo e produção de resíduos e emissões, devendo ser necessariamente estudadas de forma indissociável às questões tecnológicas e ambientais e em relações de ganhos e perdas de sustentabilidade, para que então se proponham novos sistemas construtivos e procedimentos, capazes de trazer um cenário mais sustentável em determinado contexto e dimensão. O objetivo do trabalho é levantar e analisar os pontos de maior e menor sustentabilidade do ciclo de vida do sistema estrutural de cobertura em vigas laminadas pregadas de madeira de Pinus de 3ª qualidade, nas dimensões ambiental, social, econômica, política e cultural...

Desenvolvimento de método de avaliação de desempenho de processos de manufatura considerando parâmetros de sustentabilidade; Development of a method for manufacturing processes assessment considering sustainability parameters

Araujo, Juliano Bezerra de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
As empresas não mais podem pensar em desenvolvimento econômico sem a paralela preservação do meio-ambiente e do benefício mútuo da sociedade. É importante que as condições econômicas e sociais sejam melhoradas ao longo do tempo, sem exceder a capacidade de suporte do planeta. As indústrias podem contribuir para melhorar esse cenário aplicando uma gestão sustentável de manufatura, uma vez que estes são um dos principais agentes causadores de impactos. No entanto, para que consigam aprimorar a sustentabilidade de seus processos, é indispensável, antes de tudo, conhecer o seu real desempenho. O presente trabalho tem como objetivo principal desenvolver um método estruturado e simples para a avaliação de desempenho em sustentabilidade de processos de manufatura, permitindo a construção de relatórios de sustentabilidade mais precisos, periódicos e que venham a apoiar o processo de tomada de decisão gerencial. Embora modelos para a avaliação de desempenho em sustentabilidade tenham sido apresentados nos últimos anos, como o guia GRI, estes ainda carecem de critérios e regras para realizar análises mais precisas e integradas. O método proposto pode ser aplicado em dois processos de manufatura distintos, comprovando a sua eficácia e robustez. Ele é usado para analisar e comparar o desempenho em sustentabilidade de dois processos de usinagem...

Uma visão crítica do edifício alto sob a ótica da sustentabilidade; A critical view of tall buildings on sustainable perspective

Umakoshi, Erica Mitie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Nas últimas duas décadas, tem-se, rotineiramente, observado o surgimento, em diferentes partes do mundo, de grupos de edifícios altos apresentados como sustentáveis ou ambientalmente corretos, merecendo especial destaque àqueles surgidos no contexto europeu. Há que se frisar, contudo, que elementos atinentes à Sustentabilidade estão, muitas vezes, intrinsecamente ligados a um elemento específico do edifício, como é o caso das fachadas, fator que, portanto, torna questionável a comentada atribuição. Destarte, com fulcro na tese de doutorado intitulada A Sustentabilidade do Edifício Alto: Uma nova geração de edifícios altos e sua inserção urbana, busca a presente pesquisa efetivar uma análise crítica acerca da geração de edifícios altos pautados em questões ambientais e de sustentabilidade. Para tanto, são apresentadas, inicialmente, discussões que circundam a utopia na arquitetura desde o início do século 20, as quais sempre estiveram atreladas à análise do edifício alto e do edifício alto verde. Não obstante, são expostos, na seqüência, os contextos urbanos nos quais o edifício alto, nas últimas décadas do século 20 e no início do século 21, possuiu grande destaque, seja por ter feito parte de um planejamento urbano...

Uma investigação do nível de sustentabilidade das companhias de papel e celulose e a influência das informações financeiras sobre a qualidade da divulgação socioambiental; An investigation of the level of sustainability in companies on cellulose and paper segment and the influence of financial information on quality of environmental and social disclosure

Ciofi, José Leandro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O conceito de sustentabilidade tem sido discutido em âmbito mundial e influenciado de modo crescente as decisões de mercado nos mais diversos países. As nações, os governos, as corporações, os gestores e os cidadãos tiveram suas posturas e questionamentos ampliados sob os pontos de vista econômicos, sociais e ambientais. A propagação de uma geração verde não somente afetou questões ambientais como também transformou as informações de enfoque sustentável em importantes direcionadores ao mercado. Em meio a este cenário, as corporações dos mais diversos segmentos passaram a ter de criar mecanismos de comunicação com toda sua gama de interessados, de maneira a consolidar suas posturas e divulgar práticas responsáveis em toda a sua cadeia produtiva e operacional. Ao mesmo tempo em que as entidades priorizam geração de riqueza ao acionista, a influência do conceito de sustentabilidade impulsionou os gestores a justificarem os meios para se chegar ao lucro, desde a extração da matéria-prima até a expedição dos produtos acabados. Observava-se, neste contexto, que começam a surgir as primeiras distinções entre as empresas. Face à indagação sobre quem faz mais e as condições necessárias para isso, surgiu o objetivo deste trabalho: investigar o nível de responsabilidade socioambiental das empresas do setor de papel e celulose. Haverá a apuração do nível de aderência das empresas do setor de papel e celulose ao modelo de relatório de sustentabilidade da Global Reporting Initiative - GRI; e a confrontação deste nível de aderência com informações financeiras apresentadas pelas companhias da amostra...

Um estudo da comunicação institucional de empresas brasileiras envolvidas na produção de livros, jornais e revistas, sobre estratégias de sustentabilidade; A study about the institutional communication of Brazilian enterprises involved with the production of books, newspapers and magazines concerning strategies of sustainability.

Takiy, Basílio Akira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O estudo analisa aspectos da comunicação institucional em sites e produtos de empresas brasileiras envolvidas na produção de livros, jornais e revistas, quanto a estratégias de sustentabilidade eventualmente existentes na cadeia de produção desses impressos, desde a fabricação do papel até a operação das gráficas, sobretudo no âmbito dos impactos ambientais. Foram estudadas as possibilidades e os limites das principais estratégias de sustentabilidade ligadas aos impactos ambientais da produção dos livros, jornais e revistas: certificação florestal (FSC e Cerflor/PEFC), certificação de sistema de gestão ambiental (ISO 14001), inventário de gases do efeito estufa e balanço social (ou relatório de sustentabilidade). A comunicação institucional sobre estratégias de sustentabilidade esteve mais presente em empresas do setor de papel e celulose do que nas empresas editoras de livros, jornais e revistas, sugerindo um debate sobre a flexibilidade dos critérios de verificação e certificação das estratégias de sustentabilidade e as eventuais justificativas da adesão e da divulgação, ou não, a essas estratégias.; The study analyses institutional communication aspects on Brazilian enterprises sites and products involved with the production of books...

Indicadores ambientais na discussão da sustentabilidade: uma proposta de análise estratégica no contexto do etanol de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo; Environmental indicators in the discussion of sustainability: a proposal for strategic analysis in the context of ethanol from sugar cane in São Paulo

Gomes, Priscila Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Atualmente verifica-se uma significativa demanda da sociedade e gestores por informações e ferramentas que permitam colocar em prática o conceito de desenvolvimento sustentável e efetivamente internalizar nas políticas, planos, programas e projetos o reconhecimento da interdependência entre as diversas dimensões, tais como: ambientais, econômicas, sociais e institucionais. De forma crescente a temática da sustentabilidade tem trazido novas variáveis às arenas de discussão e tomada de decisão ao considerar as diversas variáveis dentro de um mesmo plano. Uma das principais motivações para a consideração da interdependência destas dimensões é a fragilidade do modelo de desenvolvimento baseado na utilização de fontes não renováveis de energia, bem como seus impactos no meio sócio-ambiental e reflexos no meio econômico. Neste cenário, o etanol de cana-de-açúcar enquanto fonte renovável de energia surge como potencial substituto ao uso de combustíveis à base de petróleo (notadamente a gasolina), em especial no Brasil, onde o mesmo é uma realidade. Observa-se um otimismo e incentivo quanto às políticas públicas na área energética no que tange esta fonte, em especial com políticas de incentivo ao seu crescimento. No entanto...

Sustentabilidade da agroindústria de palma no estado do Pará; Sustainability of palm oil agro-industry at Pará State

Alves, Sergio Augusto Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O dendezeiro (Elaeis guineensis, Jacq.) é uma planta originaria da África, pertencente à família Arecaceae e gênero Elaeis. A Indonésia e a Malásia são os maiores produtores, responsáveis por 90% da produção, enquanto o Brasil representa apenas 0,5 %. Entretanto, esses países esgotaram sua áreas de plantio e não podem mais avançar por força de comitês internacionais de sustentabilidade que não permitem o plantio em áreas nativas. E nesse contexto, que o estado do Pará surge em potencial para assumir a produção mundial, principalmente depois do zoneamento ecológico e econômico do dendê no Brasil, proibindo os plantios em áreas nativas o que permite que a atividade cresça sem provocar o desmatamento de áreas nativas. Atualmente, os principais compradores de óleo de palma do mundo são certificados pela Roundtable Sustainable Palm Oil (RSPO) que é a instituição sem fins lucrativos que normatiza os critérios e indicadores para uma produção de óleo de palma sustentáveis sobre o ponto de vista econômico, social e ambiental. Dessa forma o objetivo da tese foi compreender melhor os atuais cenários da dendeicultura na região, possíveis entraves, empecilhos e pontos de melhoria nas empresas de óleo de palma no Pará por meio de um estudo detalhado sobre foco da sustentabilidade da agroindústria de palma no seu tripé...

Indicadores de sustentabilidade urbana: aplicação ao conjunto habitacional "Parque Residencial Manaus/AM; Urban sustainability indicators: application to public housing 'Parque Residencial Manaus/AM'

Guilhon, Vanessa Valdez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Esta pesquisa propõe a aplicação de indicadores de sustentabilidade urbana em um conjunto habitacional, na cidade de Manaus/AM, a partir de princípios de desenvolvimento sustentável investigados em experiências bem sucedidas na Europa e no Brasil. Os exemplos pesquisados, denominados bairros sustentáveis, são iniciativas urbanísticas comprometidas com os indicadores de desenvolvimento sustentável que propõem um novo modelo de ocupação urbana. Este modelo prioriza o uso racional de recursos naturais, a utilização de materiais ecológicos, de fontes renováveis de energia, o controle de resíduos, a reutilização da água das chuvas, incentivos para o 'não uso de carros' promovendo o pedestre, o ciclista e o transporte público com impactos na melhoria na qualidade de vida de seus moradores. Para tanto, a metodologia pauta-se em um corpus teórico das idéias que tem sido discutidas sobre a sustentabilidade em proposições que se apresentam com distintas adjetivações como: "Desenvolvimento Sustentável", "Ecodesenvolvimento", "Sociedades Sustentáveis", "Comunidades Sustentáveis", termos estes, abordados nos Acordos/Encontros Internacionais, configurando-se como um panorama histórico da questão ambiental e a cidade. Segue-se com as definições de indicadores...

Análise do Índice Brasileiro de Sustentabilidade Empresarial em uma perspectiva de retorno e risco: estudo de eventos da divulgação das carteiras teóricas no período de 2005 a 2010; Analysis of Brazilian Corporate Sustainability Index in a risk and return perspective: event study of theoretical portfolios release from 2005 to 2010

Figlioli, Bruno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Este trabalho investigou o comportamento dos retornos e risco das ações quando da divulgação das carteiras teóricas do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Este índice foi implementado em 2005 pela Bolsa de Valores São Paulo e é considerado referência de boas práticas de sustentabilidade e responsabilidade corporativa no Brasil. No entanto, a inclusão de uma empresa em indicadores de sustentabilidade não garante, necessariamente, um melhor desempenho de suas ações. Neste contexto foram utilizadas as metodologias de estudo de eventos, análise de repetições, backtesting, regressão logit e análise envoltória de dados para analisar a reação dos retornos das ações do ISE e verificar se fatores ligados ao desempenho econômico, impacto ambiental e níveis de governança corporativa são fatores que influenciam esses retornos. Foram analisadas as ações pertencentes à carteira teórica do ISE no período de 2005 a 2010. Os resultados sugerem que os retornos das ações que integram o ISE foram influenciados pela divulgação das carteiras teóricas do ISE, uma vez que foi constatado: i) retornos anormais ao mercado; ii) não aleatoriedade dos retornos anormais ao mercado; iii) concentração dos retornos anormais ao mercado após a divulgação das carteiras teóricas e; iv) retornos anormais ao Value at RisK (VaR). Os resultados constataram que...

Índice de sustentabilidade hídrica para avaliação do planejamento dos recursos hídricos no âmbito da gestão municipal; Water sustainability index for assessment of water resources planning in the context of municipal management

Deák, Uirá Piá-Uaçu Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Para desenvolver esta investigação científica, que trata da incorporação da sustentabilidade ambiental em planos urbanos, foi preciso realizar uma revisão crítica, contextualizando as dificuldades e barreiras que permeiam o processo de elaboração do plano diretor, com vistas a ampliar a eficácia e a eficiência deste como um instrumento capaz de enfrentar os conflitos socioambientais pré-existentes nos municípios brasileiros, e concomitantemente torná-lo um instrumento promotor de sustentabilidade ambiental para as cidades. Fundamentado por estes estudos teórico-conceituais, foram estabelecidos três grupos de análise. Posteriormente, cada grupo foi subdividido em temas específicos denominados como eixos temáticos, relacionados à questão dos recursos hídricos no âmbito da gestão municipal. Com base nestes temas específicos, selecionaram-se indicadores qualitativos de sustentabilidade hídrica do planejamento urbano, de modo a explicitar se aspectos ambientais pertinentes aos recursos hídricos foram considerados na elaboração de planos diretores de desenvolvimento urbano. A metodologia aqui proposta foi aplicada num cenário concreto, através de um estudo de caso. Após a aplicação da metodologia desenvolvida por esta pesquisa...

Indicadores de sustentabilidade: estudo de caso em propriedades produtoras de leite nas regiões sul e sudeste do Brasil utilizando a metodologia RISE; Sustainability indicators: a case study of milk-producing properties in southern and southeastern Brazil using the methodology RISE

Cruz, Alice Aloísia da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Cada vez mais a sustentabilidade tem ganhado atenção nas discussões da sociedade. Várias conferências e acordos vêm sido realizados para que os países estabeleçam e cumpram metas para melhorar seu desenvolvimento sustentável. Em especial, no setor agropecuário vêm sendo desenvolvidos vários instrumentos para avaliar e mensurar a sustentabilidade das propriedades agropecuárias. Sendo o setor leiteiro muito representativo para o agronegócio brasileiro, o presente trabalho tem por objetivo analisar a sustentabilidade em propriedades agropecuárias que têm a atividade leiteira sua principal atividade econômica, buscando verificar a hipótese de que elas são sustentáveis nas dimensões ambiental, econômica e social, pela metodologia RISE. A escala ecológica do RISE está dividida em trinta parâmetros que compõe seis indicadores (Uso do solo; Produção animal; Fluxo de nutrientes; Uso da água; Energia e clima; e Biodiversidade e proteção das plantas). A escala social é formada por dez parâmetros que representam dois indicadores (Condições de trabalho e Qualidade de vida). A escala econômica por sua vez é compota por onze parâmetros que geram dois indicadores (Viabilidade econômica e Gestão da fazenda). Cabe destacar que esse trabalho surgiu de uma parceria da Dairy Partners Americas com o Swiss College of Agriculture que visa à avaliação de propriedades leiteiras em várias partes do mundo...

A aderência entre o constructo da sustentabilidade e a prática das ONGs

Kisil, Rosana
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O cerne da Sustentabilidade como conceito contemporâneo é a inclusão de uma lógica diferente da tradicional dentro do sistema social: o cuidado com os aspectos econômicos, humanos e ambientais como orientadores de decisões para toda e qualquer atividade produtiva em exercício (produtos, serviços, bem estar humano). Responder ao constructo da sustentabilidade exige das organizações um sistema complexo de gestão sobre suas trocas com o meio. Nas Organizações Não Governamentais (ONGs) o funcionamento organizacional tem também buscado um estado duradouro de produção de resultados de utilidade pública, adotando formas de gestão que variam entre o tradicionalismo e a inovação, numa tentativa de equilibrar-se com fatores emergentes como a responsabilidade social interna, a capacidade de aprendizagem e a responsabilidade ambiental. Esta pesquisa propõe um composto de Critérios aplicativo dos princípios orientadores da sustentabilidade ajustados às ONGs: substitui os tradicionais elementos que só se aplicam às empresas, como “lucro” e “produção limpa”, por elementos equivalentes nas ONGs, como “produção de resultados” e “inovação metodológica”. Esses ajustes foram feitos a partir da literatura analisada e são sustentados durante toda a dissertação. Diversos estudos e modelos científicos sobre a eficiência...

Estudo sobre confiança dos stakeholders nas informações não-financeiras dos relatórios de sustentabilidade das empresas

Meinert, Maria Helena
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O objetivo desta Dissertação é estudar a confiança dos stakeholders nas informações não-financeiras dos relatórios de sustentabilidade das empresas. Iniciativas nacionais e internacionais auxiliam a identificação e coleta de indicadores relevantes, possibilitando a comparabilidade entre as empresas. O intenso aumento na quantidade de relatórios de sustentabilidade publicados levou à indagação do presente estudo: os stakeholders confiam nestas informações? Desenvolveu-se estudo exploratório de natureza qualitativa, com utilização de questionários semi-estruturados. A pesquisa indicou que a confiança é parcial, especialmente porque muitos relatórios enfatizam indicadores pouco significativos na avaliação do desempenho da gestão de sustentabilidade. A confiança fica debilitada pela falta de foco em divulgar informações relevantes, e pela escassez de mecanismos de verificação externa. O trabalho se apóia no conceito de sustentabilidade empresarial que engloba as dimensões estratégicas: econômica, social e ambiental. A gestão empresarial é analisada do ponto de vista de valores, questões e processos com o objetivo de minimizar qualquer dano proveniente de suas atividades, criando valor econômico, social e ambiental. A ética empresarial e a transparência foram consideradas como elementos que impulsionam os administradores a gerir empresas de forma sustentável...

Estratégia de sustentabilidade ambiental : o caso da General Motors do Brasil

Fachel, Tatiana Aguirres
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O presente estudo visa contribuir com as discussões sobre estratégia de sustentabilidade de empresas. Este investigou os fatores determinantes na formação da estratégia de sustentabilidade ambiental de um importante player da indústria automobilística nacional, procurando responder: “Por que predominam as eco-inovações em processos produtivos no posicionamento estratégico para sustentabilidade da GM do Brasil em relação a eco-inovações em produto?”. Como referencial teórico foram considerados os conceitos de desenvolvimento sustentável, as discussões sobre estratégias de sustentabilidade ambiental, responsabilidade socioambiental e a teoria institucional. Sendo esta última a lente teórica escolhida por ampliar o conceito de ambiente externo da organização e desta forma contemplar aspectos institucionais. A teoria institucional considera um enfoque abrangente dos fatores que influem e condicionam as estratégias ambientais. O método de pesquisa foi qualitativo ao investigar de forma empírica os propósitos da estratégia de sustentabilidade ambiental da GM do Brasil. A análise foi composta por entrevistas semiestruturadas, direcionadas aos executivos da empresa, observação direta e participante...

Análise do risco e retorno do índice de sustentabilidade empresarial na Bolsa de Valores de São Paulo sob a perspectiva do índice de Sharpe

Oliveira, Márcio Fogliatto de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
A popularização das práticas sustentáveis fez crescer a oferta de investimentos conhecidos como Socialmente Responsáveis1. Surgiram fundos de investimento que aplicam seus recursos somente em empresas realmente comprometidas com a causa social e ambiental. Com o aumento da demanda por esse tipo de investimento, houve a necessidade da criação de um indicador que fosse utilizado como padrão de comparação de desempenho desses fundos. Foi criado o Índice de Sustentabilidade Empresarial, que é o indicador de referência para comparar o desempenho de empresas listadas na Bovespa sob os aspectos da sustentabilidade, criando um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade, estimulando a responsabilidade social empresarial. O presente trabalho faz uma análise do desempenho do Índice de Sustentabilidade Empresarial no que se refere ao seu risco e retorno, tentando identificar se os investidores estão preocupados com sustentabilidade, o que deveria refletir num melhor desempenho do índice, comparando-o com o IBOVESPA. Foi realizada uma pesquisa exploratória, com dados secundários, e verificou-se a forte correlação entre o retorno do ISE e o do IBOVESPA, fruto da elevada participação de alguns ativos...