Página 11 dos resultados de 3653 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

"Modulação da composição de ácidos graxos poliinsaturados ômega 3 de ovos e tecidos de galinhas poedeiras, através da dieta. I. Estabilidade oxidativa" ; "Omega-3 polyunsaturated fatty acids modulated by the diet in laying hens eggs and tissues. I. Oxidation stability"

Gómez, Maria Elena de Los Dolores Bernal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de dietas suplementadas com semente de linhaça (ricas em ácido alfa-linolênico, LNA, ômega3) e antioxidantes naturais, provenientes do orégano e do alecrim, sobre o nível de incorporação dos ácidos graxos poliinsaturados ômega 3 (PUFA ômega3) em ovos e tecidos de aves. Para isto, 192 galinhas poedeiras da linhagem comercial Babcock de 22 semanas, foram alimentadas durante 30 dias com dietas constituídas de 0 (zero) e 5% de óleo de linhaça. Foram definidos 8 tratamentos: 4 grupos com 5% de óleo de linhaça (controle/sem antioxidante; BHA+BHT, 100+100 ppm; orégano, 200 ppm; alecrim, 200 ppm) e 4 grupos sem óleo de linhaça, mas utilizando os mesmos antioxidantes. A amostragem dos ovos foi realizada durante o experimento nos períodos 0, 10, 20 e 30 dias e dos tecidos das aves (sobrecoxa, coxa, asa, peito, coração, tecido adiposo e fígado) no tempo final do experimento. Os ácidos graxos foram determinados por cromatografia gasosa e o grau de oxidação lipídica através do teste do ácido tiobarbitúrico (TBA). De acordo aos resultados obtidos, verificou-se aumento significativo dos ácidos graxos alfa-linolênico (LNA) e docosahexaenóico (DHA) nas gemas de ovo das aves que receberam 5% de óleo de linhaça nos tratamentos controle...

Atividade antioxidante do chá mate (Ilex paraguariensis); Antioxidant activity of tea mate (Ilex paraguariensis)

Matsumoto, Ruth Lobato Teixeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
INTRODUÇÃO: A erva-mate (Ilex paraguarienis), uma planta nativa e consumida em grande parte da América do Sul, apresenta diversos compostos bioativos que já demonstraram importante atividade antioxidante in vitro e in vivo. O chá mate é um produto desta planta cujas propriedades antioxidantes ainda não foram avaliadas em ensaios com humanos. OBJETIVO: Este projeto visa avaliar o potencial antioxidante do chá mate in vivo e ex vivo sobre o plasma e LDL de humanos após a ingestão de chá-mate. MÉTODOS: Indivíduos em jejum (n=20) tiveram seu sangue coletado em três momentos: antes, após uma hora e depois de 1 semana (7 dias) da ingestão diária de chá-mate. O plasma e a LDL obtidos nos três momentos foram submetidos à oxidação por três mecanismos diferentes [Cobre (Cu+2), lipoxigenase e peroxinitrito (SIN-1)] e em seguida foram medidos os produtos de peroxidação lipídica formados: a concentração de TBARs (substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico) e a formação de dienos conjugados empregando-se métodos espectrofotométricos. Também foram determinados o perfil antioxidante total do plasma (TAS), avaliação da lipoperoxidação plasmática basal (TBARs), avaliação da fragmentação da Apolipoproteína B após oxidação da LDL...

Efeitos da administração de ácido indol-3-acético (AIA) sobre parâmetros metabólicos e eletroencefálicos de ratos; Effects of indole-3-acetic acid (IAA) administration on metabolism parameters and electro encephalic on rats

Ferrari, Rosana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O ácido indol-3-acético (AIA) é um produto do metabolismo do triptofano encontrado nos organismos animais, vegetais e em microrganismos. Destacam-se os trabalhos que atribuíram ao AIA efeitos tanto antioxidantes quanto proxidantes em diferentes sistemas biológicos. O objetivo do presente estudo foi o de avaliar os efeitos da administração do AIA no metabolismo muscular e cerebral e na atividade elétrica cerebral de ratos. Foram realizados dois grupos de experimentos. No primeiro grupo foram avaliados os seguintes parâmetros: taxa glicêmica e o ganho de peso corporal de animais tratados por 14 dias com AIA (40 mg/Kg de peso vivo, via intragástrica); atividade das enzimas antioxidantes glutationa redutase (GR), catalase (CAT) e superóxido dismutase (SOD) e das enzimas do metabolismo da glicose hexoquinase (HQ), lactato desidrogenase (LDH) e glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PDH) nos músculos sóleo e gastrocnêmio e a atividade da enzimas antioxidantes GR, CAT e SOD e a quantificação dos produtos resultantes da peroxidação lipídica (TBARs) no cérebro de ratos tratados por 14 dias com diferentes doses de AIA (1, 18 e 40 mg/Kg de peso animal, via intragástrica). Os respectivos controles de todas essas análises foram obtidos de ratos que receberam 1 mL de tampão fosfato pH 7...

Caracterização antioxidante do café (Coffea arabica, L.) e efeitos da sua administração oral em ratos; Antioxidant characterization of coffee (Coffea arabica, L.) and the effects of its oral feed in rats

Vicente, Silvio José Valadão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Introdução: Um dos fatores de risco para doenças crônicas não-transmissíveis é o excesso de espécies reativas causado pelo estresse oxidativo. Ácidos fenólicos atuam na defesa contra estas espécies, agindo como antioxidantes e como fatores de transcrição para as enzimas antioxidantes fase II (superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase). Vários alimentos possuem ácidos fenólicos na composição porém o café se destaca pelo alto conteúdo dos mesmos e por ser consumido mundialmente. Objetivos: a) Comparar a capacidade antioxidante e a estabilidade dos cafés regular e descafeinado ao longo de seis meses; b) Verificar o tempo de resposta e possíveis correlações dose-resposta do efeito antioxidante em ratos após dose única de café; c) Avaliar o efeito antioxidante e possíveis danos hepáticos em ratos submetidos a doses repetidas de café durante 30 dias. Métodos: na etapa in vitro, foram analisados os compostos fenólicos totais, os principais ácidos fenólicos, a capacidade antioxidante (ORAC e DPPH) e a estabilidade destes parâmetros nos cafés regular e descafeinado durante seis meses. Na etapa in vivo, foram utilizados ratos machos Wistar, sendo dosadas as enzimas fase II e o ORAC, além do exame histopatológico e biomarcadores. Resultados: o café regular apresentou capacidade antioxidante inicial superior ao descafeinado com compostos fenólicos totais iguais e maiores teores de ácido fenólicos (15...

Modificação das propriedades do polietileno de alta densidade por diferentes condições de extrusão.; Modification of high density polyethylene properties after different extrusion conditions.

Mesquita, Fábio Agnelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Devido à grande produção industrial do PEAD, o entendimento e controle de sua degradação durante o processamento é um importante objeto de estudo tanto para a indústria como no âmbito acadêmico. A degradação do PEAD pode ocorrer em qualquer estágio, desde a sua produção até o seu uso final, mas, para a maioria das aplicações, a fase em que ocorre a maior degradação e de forma mais rápida é durante o processamento, quando o polímero é exposto a condições severas de cisalhamento e temperatura. Este trabalho teve como objetivo avaliar as alterações na estrutura química e nas propriedades do PEAD provocadas por diferentes condições de extrusão (variando os perfis de temperatura) e com diferentes aditivos antioxidantes. Foi escolhido um PEAD bimodal de alta massa molar produzido no Brasil com catalisador Ziegler-Natta, destinado para a produção de filmes que são usados principalmente na produção de sacolas, bobinas picotadas e sacos para lixo. As amostras foram analisadas por diferentes técnicas: Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC - High Performance Liquid Chromatography), Colorimetria, Tempo de Indução Oxidativa (OIT - Oxidation Induction Time), Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR - Fourier Transform Infrared Spectroscopy)...

Comparação da capacidade antioxidante de torras de café e seus efeitos sobre fatores de risco cardiovascular em indivíduos saudáveis; Comparison of the antioxidant capacity of coffee roasts and their effects on cardiovascular risk factors in healthy subjects

Corrêa, Telma Angelina Faraldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O café, rico em substâncias bioativas, está entre os maiores contribuintes para a ingestão de antioxidantes em vários países. O tipo de torra dos grãos influencia em sua atividade antioxidante. Estudos indicam que o consumo moderado de café filtrado está envolvido na redução do risco de doenças crônicas não-transmissíveis, geralmente associadas entre si e que se constituem em graves problemas de saúde pública. Entretanto, a literatura não apresenta consenso sobre a ação benéfica do café na redução do risco destas doenças. Objetivos: Comparar a atividade antioxidante de dois graus de torras de café (torra média-clara e média) e seus efeitos sobre biomarcadores de risco cardiovascular em indivíduos saudáveis. Métodos: A caracterização de antioxidantes nas bebidas foi realizada pelas análises de compostos fenólicos totais, perfil de ácidos fenólicos, cafeína, melanoidinas e capacidade antioxidante total - TAC (sequestro do radical DPPH e capacidade de absorbância do radical oxigênio - ORAC). Após 1 semana de washout, vinte voluntários saudáveis (20 a 65 anos) ingeriram café filtrado preparado com torra média-clara ou torra média por 4 semanas e com o outro tipo de torra por mais 4 semanas em um ensaio clínico randomizado do tipo crossover...

Avaliação da atividade de sementes de mostarda (Brassica alba, L.). I - Identificação dos principais compostos responsáveis pela inibição da oxidação; Antioxidant activity evaluation of mustard seeds (Brassica alba L.). I identification of main compounds responsible for the oxidation inhibition

Moreira, Ana Vládia Bandeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/1999 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Um dos principais problemas na conservação dos alimentos é a ocorrência de processos oxidativos. A oxidação dos alimentos se dá, principalmente, entre os lípides que os compõem. O processo oxidativo induz à formação de substâncias que alteram as características sensoriais e nutricionais do alimento. Em estágios mais avançados a oxidação dos alimentos forma compostos que são prejudiciais ao organismo animal. Entre as maneiras de se prevenir o processo oxidativo, destaca-se o emprego de antioxidantes. Estes, frequentemente, são substâncias sintéticas. Antioxidantes sintéticos são compostos fenólicos e a eles são atribuídas algumas particularidades indesejáveis, pois os mesmos podem interferir em alguns processos fisiológicos do organismo animal. Com a perspectiva de substituição dos antioxidantes sintéticos, por substâncias naturais, diversos estudos têm sido realizados com os vegetais, usando a extração e identificação de compostos com atividade antioxidante. Tendo em vista que os vegetais, das espécies de Brassieca, apresentam elevadas concentrações de compostos fenólicos, este estudo teve por objetivo a detecção da presença da atividade antioxidante em diferentes extratos obtidos a partir de sementes de mostarda (Brassiea alba...

A melatonina na maturação in vitro de oócitos bovinos; The melatonin on in vitro maturation of bovine oocytes

Cunha, Maria Carolina Rodrigues Valerino da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Apesar do grande volume de pesquisas e dos avanços da produção in vitro (PIV) de embriões bovinos, a eficiência da técnica ainda está distante do desejável, principalmente quando comparada a embriões produzidos in vivo. A maturação in vitro é etapa importante da PIV, visto que a qualidade dos embriões é dependente da qualidade do oócito e, assim, modificações nas condições de maturação in vitro podem trazer avanços à produção de embriões. A melatonina é um hormônio que foi detectado no fluido folicular de humanos, suínos e, mais recentemente, de bovinos. Ainda, seus receptores foram localizados em oócitos e células da granulosa. Estudos in vitro apontam efeitos benéficos de sua utilização na maturação e cultivo in vitro de oócitos e embriões, embora os resultados sejam por vezes contraditórios. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da melatonina na maturação in vitro (MIV) de oócitos bovinos e também seu potencial como indutor de genes de enzimas antioxidantes e inibidor de fragmentação nuclear em células do cumulus. Para tanto, complexos cumulus-oócitos (CCOs), obtidos de ovários de abatedouro, foram maturados in vitro na presença de melatonina (10-9 e 10-6 M), FSH (controle positivo) ou sem hormônios (controle negativo). As taxas de maturação nuclear foram avaliadas às 6...

Avaliação do perfil de expressão gênica de bovinos suplementados com selênio, vitamina E e óleo de canola: a interação dieta-gene-qualidade da carne; Evaluation of gene expression profile in cattle supplemented with selenium, vitamin E and canola oil: the interaction diet-gene-meat quality

Greghi, Gisele Fernanda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
A produção mundial de carne bovina corresponde a 58,856 milhões de toneladas, das quais 9,92 milhões de toneladas de carne são produzidas pelo Brasil. Com o maior rebanho bovino comercial (aproximadamente 209 milhões de bovinos), nosso país ocupa posição de destaque no mercado da carne bovina: 1º em exportação (2,03 milhões de toneladas) e 2º em produção e consumo (40 kg/habitante/ano). Ao longo dos anos a produção de carne bovina aumentou, assim como as críticas no campo da saúde humana devido ao seu alto teor de ácidos graxos saturados e a possível, mas ainda questionável relação com doenças cardiovasculares, diabetes e câncer. Por estas razões uma série de pesquisas tem sido realizada na tentativa de alterar a composição do perfil de ácidos graxos da carne, o que consequentemente afeta sua estabilidade oxidativa . Para avaliar a influência de componentes específicos da dieta sobre as respostas do organismo e seus efeitos sobre a produção e a qualidade de carne, tem se avaliado a expressão individual de genes, ou seja, tem se utilizado a transcriptômica. A partir do uso desta ferramenta, o presente estudo avaliou a interação entre a suplementação com selênio, vitamina E e/ou óleo de canola e a expressão de genes-chave na regulação das vias antioxidante...

Influência do hipotireoidismo no dano oxidativo e nas defesas antioxidantes

Araújo, Alex Sander da Rosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O hipotireoidismo é uma doença que tem grande impacto sobre o metabolismo basal dos tecidos, reduzindo o consumo de O2 e geração de energia. Por essa razão, a sua relação com a produção de espécies ativas de oxigênio (EAO) é extremamente importante, uma vez que com a diminuição da utilização de O2, possivelmente, ocorra uma redução na geração das EAO. Portanto, trabalhamos com a hipótese de que havendo decréscimo na síntese de radicais livres, o dano oxidativo ficaria menos evidente nos diferentes tecidos de hipotireoideos. Foram utilizados ratos Wistar, pesando cerca de 170 g divididos em dois grupos distintos: hipotireoideos e eutireoideos. O hipotireoidismo foi induzido pelo procedimento cirúrgico denominado de tireoidectomia. Cabe salientar, que os animais eutireoideos foram submetidos somente à simulação da cirurgia (sham operated). Transcorridas quatro semanas da tireoidectomia, os ratos tiveram seu sangue coletado e seus órgãos (coração e fígado) removidos. Foram feitas análises bioquímicas do dano oxidativo através da medida da lipoperoxidação (TBA-RS e Quimiluminescência) e da oxidação das proteínas (dosagem das carbonilas). Medidas de defesas antioxidantes enzimáticas (atividade e concentração das enzimas catalase...

Estudo comparativo da ação antioxidante dos ácidos cafeico e clorogênico em sistemas modelo in vitro; Comparative study of the antioxidant mechanisms of caffeic and chlorogenic acids in model systems

Mendonça, Marcos Bürger de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Nutrição, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2012.; A principal fonte de ácidos clorogênicos na dieta ocidental é o café. No entanto, algumas outras bebidas de consumo regional, como o chimarrão constituem as principais fontes dietéticas desses compostos na dieta. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade antioxidante dos ácidos cafeico (CAF) e clorogênico (CLA - ácido 5-O-cafeoilquínico) em sistemas modelo in vitro, sendo este dividido em três capítulos. No primeiro, investigamos o mecanismo antioxidante do CAF contra formação de oxirradicais (utilizando 2-desoxirribose como detector) em sistemas contendo FeIII-EDTA (ou FeIII-citrato) e ascorbato. No segundo capítulo foi examinado o mecanismo antioxidante do CAF e CLA contra formação de oxirradicais em sistemas contendo íons Cu2+ e ascorbato. No terceiro capitulo de resultados, foi avaliado – por meio de ressonância paramagnética eletrônica - o potencial antiperoxidante do CAF e CLA em sistema lipofílico na presença de um azo composto hidrossolúvel 2’-2’-azobis 2-amidino propano hidrocloreto (AAPH). No primeiro capitulo, verificou-se que o CAF apresentou uma reduzida capacidade antioxidante em todos os métodos e condições testadas. Os resultados – analisados de uma forma global - também sugeriram que a atividade antioxidante do CAF se deve a sua habilidade de remover íons Fe2+ do EDTA ou citrato...

Efeitos de extratos de café na proteção contra oxidantes em Saccharomyces cerevisiae

Crisóstomo, Layane Millena Soares
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2014.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Capítulo 1.; O aumento da população idosa traz preocupações importantes para as políticas públicas de saúde, devido à prevalência de doenças crônicas não transmissíveis e ao aumento dos gastos com saúde pública. Grande parte dessas doenças tem sido associada com o estresse oxidativo, que é causado pelo desequilíbrio entre pró-oxidantes e antioxidantes. Os antioxidantes estão presentes na dieta e, portanto, surgem como alternativa para prevenir ou reduzir os danos oxidativos. Nesse contexto, o café, uma bebida consumida mundialmente, contribui para a ingestão de antioxidantes, devido a compostos que ocorrem naturalmente nos seus grãos. Vários estudos publicados investigaram in vitro as propriedades antioxidantes do café, no entanto, não tem sido descrito na literatura ensaios que avaliam o efeito da pré-exposição de extratos de café em Saccharomyces cerevisiae. O uso de células vivas representa um modelo adequado para avaliar o efeito antioxidante na capacidade de sobrevivência da célula em estado de estresse oxidativo. Considerando os danos que as espécies reativas de oxigênio (EROs) podem causar nas biomoléculas e que antioxidantes naturais podem diminuir ou prevenir estes danos...

Estudo da capacidade antioxidante de compostos fenólicos baseado em electrólises galvanostáticas

Pereira, Nelson; Santos, Carlos; Oliveira, Raquel; Bento, M. Fátima; Geraldo, M. Dulce
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 08/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
A caracterização da capacidade antioxidante de moléculas e de alimentos tem captado a atenção de investigadores em diferentes áreas dada a ação dos antioxidantes no retardamento de processos oxidativos que estão na origem do stresse oxidativo. Dentro dos métodos convencionais utilizados na avaliação da capacidade antioxidante destacam-se os métodos óticos baseados na análise da resposta do antioxidante ao ataque oxidativo por espécies reativas que podem ser adicionadas ou geradas durante o ensaio1, 2. A utilização de métodos eletroquímicos permite a geração de oxidantes fortes que são utilizados em titulações coulométricas de antioxidantes3. Alternativamente os métodos eletroquímicos permitem caracterizar diretamente os processos de transferência electrónica característicos da ação redutora do antioxidante por voltametria cíclica4, através do potencial e da intensidade de corrente. Mais recentemente foi proposto pelo nosso grupo um método alternativo para a avaliação do poder redutor dos antioxidantes denominado RACE5, que através de eletrólises potenciostáticas, permite caracterizar e quantificar a ação antioxidante através de um parâmetro absoluto que traduz a concentração da espécie reativa que este tem capacidade para neutralizar. Neste trabalho é apresentado um estudo envolvendo um conjunto de antioxidantes em que o seu comportamento é caraterizado em eletrólises galvanostáticas em condições em que ocorre a simultânea evolução de oxigénio. É sabido que a decomposição de água envolve a formação de radicais HO que ficam adsorvidos na superfície do ânodo6. Estes radicais altamente reativos podem participar em reações de oxidação com outras espécies presentes em solução. A sua aplicação tem sido amplamente estudada no âmbito da mineralização de materiais orgânicos em efluentes6. Assim...

Exopolysaccharide production and antioxidant activity by submerged co-culture of macromycetes and microalgae

Angelis, Sandra de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
Resumo: Biomassa de fungos e algas e seus compostos derivados têm uma gama muito ampla de potenciais aplicações, desde alimentos para animais e aquicultura até alimentação humana e produtos de saúde. Alguns destes micro-organismos são considerados ricas fontes de antioxidantes naturais e seus polissacarídeos extracelulares têm atividade antitumoral e imunomoduladora. Microalgas e macromicetos podem servir como uma fonte contínua e confiável de produtos naturais, pois podem ser cultivados em biorreatores em grande escala. Além disso, a qualidade das células dos micro-organismos pode ser controlada, de modo que eles não contenham herbicidas e pesticidas ou outras substâncias tóxicas, usando nutrientes limpos para o crescimento. Agaricus blazei e Trametes versicolor são conhecidos produtores de polissacarídeos com muitas propriedades medicinais. Da mesma forma, Spirulina pla ensis e Chlorella vulgaris tem sido estudadas por suas propriedades biológicas há muito tempo. Há um crescente interesse em se encontrar alternativas antioxidantes para conservação de alimentos. Incluindo os produtos naturais, que têm o potencial de fornecer benefícios de saúde, como a redução de crescimento de tumores e redução dos níveis de colesterol sérico. Conservantes de alimentos antioxidantes...

Agentes antioxidantes na reprodu????o de matrizes pesadas; Antioxidants in broiler breeder reproductive

GON??ALVES, Fernanda Medeiros
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Zootecnia; Programa de P??s-Gradua????o em Zootecnia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Zootecnia; Programa de P??s-Gradua????o em Zootecnia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
The aim was to evaluate the effects of an antioxidant blend on rearing performance, biochemical profile and reproductive parameters of heavy roosters. A total of 210 Cobb male chicks were split in groups of seven birds and placed in 40 boxes. Diets provided were based on corn and soybean meals and treatments were attributed in a randomly design where Control (C) were represented by the group fed only with the basic diet; and Antioxidant Blend (BA), were fed with the basic diet added 20g/Kg of meal of the supplement. Performance data were obtained during all experimental period and blood samples were performed in three periods: 5, 10 and 20 weeks old. Body weight, body weight gain (BWG), feed conversion and coefficient of variation were the performance parameters. Biochemistry markers were represented by albumin, total proteins, triglycerides, cholesterol, HDL, VLDL, LDL and uric acid levels. Semen evaluation was performed fortnightly during 20 weeks split in four periods: P1 = 32 a 40; P2 = 42 a 50; P3= 52 a 60; P4 = 62 a 70 weeks old. Treatment C roosters showed higher BWG, worst FC and higher albumin and uric acid serum levels in the first period. In the second period, triglycerides and VLDL levels were lowest in BA treatment. Higher HDL serum levels were observed in BA group at the end of rearing. In the same period...

Variabilidade genética para compostos antioxidantes em variedades crioulas de pimentas (Capsicum baccatum)

Neitzke,Raquel S; Vasconcelos,Carla S; Barbieri,Rosa L; Vizzotto,Márcia; Fetter,Mariana R; Corbelini,Diandra D
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
RESUMO:As pimentas apresentam compostos que são benéficos à saúde, como vitaminas, flavonóides, carotenóides e outros metabólitos secundários com propriedades antioxidantes. Este trabalho teve por objetivo avaliar a variabilidade genética quanto à atividade antioxidante e concentração de compostos antioxidantes em variedades crioulas de Capsicum baccatumcultivadas no Brasil e estimar a correlação entre os parâmetros avaliados. Foram avaliadas a atividade antioxidante e as concentrações de compostos fenólicos totais, antocianinas totais e carotenóides totais de 24 variedades crioulas de C. baccatum integrantes do acervo do Banco Ativo de Germoplasma de Capsicum da Embrapa Clima Temperado. Os resultados obtidos evidenciaram variabilidade genética para todas as variáveis avaliadas. A análise de carotenóides totais apresentou o maior número de grupos pelo teste Scott-Knott, com sete grupos estabelecidos. Os acessos P62, P85 e P108, com alta concentração de compostos fenólicos, P13, P15 e P61, com elevada atividade antioxidante, P68, com superior teor de antocianinas e P179, com alta produção de carotenóides, podem ser apontados como boas fontes de compostos antioxidantes naturais. As correlações entre os compostos antioxidantes variam de baixas a moderadas. Não há correspondência entre formato...

Caracterização física, química, sensorial e nutricional de batatas minimamente processadas

Pineli, Lívia de Lacerda de Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, 2005.; A batata e a hortaliça de maior importância econômica no Brasil, sendo comercializada quase exclusivamente in natura. O processamento mínimo desta hortaliça tem-se revelado alternativa viável para sua industrialização, atendendo a demanda por produtos frescos, saudáveis e práticos ao mesmo tempo. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos das temperaturas de armazenamento, das diferenças varie tais, da aplicação de atmosferas modificadas e dos antioxidantes em importantes características físicas, químicas, nutricionais e sensoriais de batatas minimamente processadas. Batatas (Solanum tuberosum, L.) ‘Agata’ e ‘Monalisa’ foram minimamente processadas como mini-batatas. Apos o processamento, as batatas foram embaladas em filmes de nylon multicamadas. As atmosferas aplicadas nos diversos experimentos foram o vácuo parcial, a atmosfera modificada passiva e a atmosfera modificada ativa com misturas gasosas de 10% CO2, 2% O2, 88% N2 ou 5%CO2, 5% O2 e 90%N2, sendo armazenadas em câmaras frias a 5 e 15oC, por 9 dias. Os tratamentos antioxidantes utilizados foram o acido cítrico a 2%, o acido eritrorbico a 3%...

NATIV4 LIFE,wild berries power powders

Comercializadora Claudia Andrea Guiloff Pupkinempresa Individual de R; Corp Santiago Innova; Mabel Guerrero A.
Fonte: Corporação de Fomento da Produção Publicador: Corporação de Fomento da Produção
Tipo: Proyecto
Publicado em 09/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
El Proyecto “Nativ4 Life Berries Nativos para La Vida Moderna”, tiene como objetivo crear una línea de productos para el mercado de antioxidantes en alimentos funcionales en base a superfrutas. Bajo conceptos como wild superfruits, berry power powders y power foods se desarrollarán productos de berries nativos con altas propiedades medicinales como maqui, murta, mora, michay como también mezclas de ellos en donde se genere una sinergia de sus propiedades. Nativ4 Life se orientará al mercado de USA, Australia, Canadá, Europa y se prospectará el mercado de Asia, estos son mercados maduros en el consumo de polvos funcionales para uso en desayunos, postres y snacks es importante destacar que dentro de este mercado, el nicho de antioxidantes en base a superfrutas ha crecido fuerte los últimos años a tasas de 21% (Antioxidants Today Nutraceuticals World March 2010 pág 34). Los productos Nativ4 Maqui (aristotelia chilensis), Nativ4 Murta (ugni Molinae), Nativ4 Mora (rubus ulmifolius) y Nativ4 Wild serán elaborados con materias primas propias de nuestra cultura étnica mapuche, quienes consumían estos productos debido a sus propiedades nutricionales y medicinales. Los productos serán elaborados por tecnologías de secado a baja temperatura donde los compuestos activos de las materias primas son mínimamente dañados ó destruidos. Los procesos de freeze...

Taurina reverte o estresse oxidativo induzido pelo exercício físico agudo em aorta de ratos

Ávila, Pricila Romão Marcondes
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Monografia de Curso de Pós-graduação Lato Sensu
Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
Monografia apresentada à Diretoria de Pós-graduação, nível lato sensu, da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, para a obtenção do título de especialista em Nutrição Clínica.; A prática de exercícios físicos aumenta a produção de espécies reativas de oxigênio e conseqüentemente de danos oxidativos. Estudos demonstram que a suplementação com antioxidante é importante no combate ao dano oxidativo produzido em diversas ocasiões, principalmente aqueles induzido pelo exercício físico agudo. Entre esses antioxidantes podemos destacar a taurina, um aminoácido produzido a partir da metionina e abundante no organismo humano. Porém, não se sabe ainda os efeitos da suplementação de taurina após prática de exercício físico agudo. Este estudo teve como objetivo investigar os efeitos da suplementação de taurina sobre os parâmetros de dano oxidativo induzidos pelo exercício físico agudo na aorta de ratos. Foram utilizados 80 ratos Wistar machos, com dois meses de idade, pesando entre 250-300 g, divididos aleatoriamente em quatro grupos, com espaço amostral de 20: controle (cont), controle não exercitado suplementado com taurina (cont + tau), grupo exercício agudo (exercício), grupo exercício agudo suplementado com taurina (exer + tau). Os animais foram submetidos a natação por um período de três horas de duração e sem sobrecarga atrelada ao corpo. A taurina foi administrada por gavagem oral...

Influencia de la dieta sobre marcadores plasmáticos de estrés oxidativo en humanos

Barbosa,K.B.F.; Bressan,J.; Zulet,M.A.; Martínez,J.A.
Fonte: Anales del Sistema Sanitario de Navarra Publicador: Anales del Sistema Sanitario de Navarra
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.01%
La instauración del estrés oxidativo se relaciona con la existencia de un desequilibrio entre los sistemas oxidativos y antioxidantes, a favor de los primeros. Tal proceso se ha involucrado en el desarrollo de las enfermedades crónicas no transmisibles, entre ellas: obesidad, aterogénesis, diabetes, transtornos neurodegenerativos y cáncer. El estrés oxidativo se controla a través de sistemas de defensa antioxidantes, incluyendo mecanismos enzimáticos y no enzimáticos. Este último grupo se refiere, sobre todo, a los antioxidantes de origen dietético, especialmente, vitaminas, minerales y fitoquímicos (polifenoles y carotenoides). De ello, deriva la importancia de la dieta como factor involucrado en la modulación del estrés oxidativo. Las implicaciones y efectos de los antioxidantes dietéticos sobre el proceso oxidativo pueden ser evaluados por medio de diversos biomarcadores específicos. Estos indicadores incluyen sobre todo, a los productos derivados de la oxidacion de lípidos, proteínas y ácidos nucleicos por radicales libres y especies reactivas de oxígeno. Por otra parte, los marcadores basados en la valoración de la capacidad antioxidante son también indicadores del estrés oxidativo. Los estudios que abordan la dieta como factor que modula el estrés oxidativo...