Página 11 dos resultados de 11940 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Avaliação da sustentabilidade de sistemas de tratamento de esgotos sanitários : uma proposta metodológica

Sanches, Andréa Bandeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
A sustentabilidade pode ser encarada como uma nova disciplina do conhecimento humano, agregando em seu escopo o conflito entre as dimensões ambiental, econômica e social. Esta Tese desenvolveu uma Metodologia de Avaliação da Sustentabilidade, aplicada a sistemas de tratamento de esgotos, bem como a sua aplicação na forma de um estudo de caso. A referida metodologia insere-se como uma ferramenta que pode ampliar o processo decisório, quando de um Estudo de Concepção, etapa anterior ao desenvolvimento de um projeto de uma estação de tratamento de esgotos, indo além dos critérios técnicos e econômicos. Ainda, dentro de sua estrutura, foi implementada uma plataforma participativa composta pela comunidade em estudo e por especialistas na área de saneamento ambiental. Foram comparadas três alternativas de processos de tratamento passíveis de serem implantadas em uma estação de tratamento de esgotos, situada no município de Capão da Canoa: reator anaeróbio e banhados construídos, lagoas de estabilização e banhados construídos, assim como o sistema de lodos ativados seguidos por uma etapa de desinfecção. Da análise dos referidos processos, a alternativa que contemplou as lagoas de estabilização associadas aos banhados construídos mostrou o melhor desempenho à luz das três dimensões da sustentabilidade. Com base nos resultados obtidos...

Sustentabilidade como atributo de produto

Anjos, Rafaela Tubiana dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
A sustentabilidade é uma tendência em alta no mercado, alguns consumidores estão atentos as questões ecológicas e dispostos a adquirir produtos de organizações que tenham compromisso com o meio ambiente. A indústria de cosméticos ganha destaque quando o assunto é a questão ambiental, pois, é cada vez mais evidente que os compostos químicos encontrados na formulação dos cosméticos convencionais podem ser prejudiciais ao meio ambiente e a nossa própria saúde. Este estudo tem por objetivo determinar a importância da sustentabilidade como um dos atributos considerados pelos consumidores de cosméticos no processo de compra. Para tanto foi escolhido o sabonete corporal, por ser um produto que é utilizado pela grande maioria dos indivíduos e que pode conter ingredientes nocivos ao meio ambiente e danosos a saúde. Os procedimentos metodológicos iniciaram com a definição do produto a ser analisado, a seguir, foi realizada uma pesquisa qualitativa, feita com 15 consumidores do produto, a fim de listar os atributos determinantes na compra de sabonetes. Definiu-se como relevante para a pesquisa, analisar cinco atributos presentes no processo de compra do produto selecionado: preço, fragrância, tipo (barra ou líquido)...

Comunicação organizacional e branding : a rede de organizações por articulação conceitual Braskem/sustentabilidade

Barths, Geferson
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Este estudo tem como tema central as Redes de Organizações por Articulação Conceitual (ROACs). Em perspectiva da gestão de marcas, aborda-se nesta pesquisa a constituição de uma rede de organizações articuladas pela noção de sustentabilidade (ROAC – Braskem/Sustentabilidade). Nesse sentido, as questões que norteiam a investigação são as seguintes: Como a comunicação, materializada nos sites institucionais das denominadas “marcas verdes”, constitui-se em processo dinamizador da Rede de Organizações por Articulação Conceitual (a rede a partir da marca Braskem)? Como essa estratégia potencializa o discurso da sustentabilidade? O principal objetivo é o de verificar, nos sites institucionais das “marcas verdes”, como a comunicação se constitui em processo dinamizador da Rede de Organizações por Articulação Conceitual e como essa estratégia potencializa o discurso da sustentabilidade. A pesquisa compreendeu revisão bibliográfica das noções de comunicação organizacional e imagem-conceito (BALDISSERA, 2004; 2008), ethos discursivo (MAINGUENEAU, 2001), ideia de rede pelas concepções de Castells (1999), Fragoso; Recuero e Amaral (2011) e Vale (2007), capital e poder simbólicos (BOURDIEU, 1998b) e marca e sua gestão...

Aplicação de indicadores e índices para avaliar a sustentabilidade ambiental em um sistema de aquicultura integrado e multitrófico com diferentes substratos

Proença, Danilo Cintra
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 33 p. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; A aquicultura é a atividade de produção de alimentos que mais cresce no mundo e tem sido criticada por seus impactos ambientais negativos. O caminho em direção da sustentabilidade é incerto e precisa ser avaliado. Foi utilizado um conjunto de indicadores para avaliar a sustentabilidade em um sistema de aquicultura integrado e multitrófico, usando espécie bentônica e nectônica combinadas com dois tipos de substratos. Um estudo de 5 meses foi realizado utilizando três diferentes tratamentos em um delineamento inteiramente casualizado: controle, sem substrato (WS); substrato manto geotêxtil (GS), e substratos de bambu (BS). Densidade de estocagem foi de 22 camarões m-2 e 1,1 tilápias m-2 para os tratamentos. As tilápias foram alimentadas com ração, aproximadamente 5-1% de sua biomassa, de acordo com a fase de desenvolvimento. A sustentabilidade ambiental foi medida com base na utilização de recursos naturais, a eficiência na utilização de recursos, a poluição liberada para o meio ambiente e o risco da espécie cultivada. Um índice de sustentabilidade ambiental foi criado a fim de avaliar qual o tratamento era mais sustentável. Os resultados mostraram que a GS melhorou a utilização dos recursos e BS a melhor eficiência da utilização dos recursos...

Desafios da comunicação na gestão da sustentabilidade ambiental das organizações contemporâneas

Buso, Maria Juliana de Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
The present production aims to approach environmental sustainability and communication to demonstrate that the public relations´s professional is capable of legitimation process´s assistance of ethics and coherent speechs and capable of sense´s construction´s assistance for environmental sustainability on contemporary organizations. This position shows that organization´s consistent speechs are connected with its institutional mission and effort besides, it is value and sensitive to interested parts that emphasis the environmental preservation and environmental project´s introduction, integrating organization with community. On this context it is constructed a discussion about Sustainability Report´s content and guidelines used for sustainability reporting framework, as where as main environmental organizational activities, analyzing three different companies and its respective Sustainability Reports on 2009. Thereby, it is pointed out relevance of efficient communication which deal with opposite interests between organizations and its stakeholders so that public relations focus on strategic management trying to include negotiation, dialogue, transparency and ethics to line up both interests; Este trabalho tem como objetivo abordar a temática da sustentabilidade ambiental voltada para a comunicação e demonstrar que o profissional de relações públicas pode auxiliar no processo de legitimação de discursos éticos e coerentes e...

Análise do uso do modelo Global Reporting Initiative para elaboração do relatório de sustentabilidade das empresas de energia elétrica no Brasil; Analysis of the use of the Global Reporting Initiative model for sustainability reporting by electricity utilities in Brazil

Mariana Rocha Camargos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Na tentativa de atender à preocupação crescente com os impactos provocados pelas atividades das organizações, diversas empresas começaram a publicar relatórios de sustentabilidade corporativos. O setor elétrico brasileiro, seguindo uma tendência mundial, tem a grande maioria de suas companhias utilizando a estrutura da Global Reporting Initiative (GRI) como um modelo para elaboração do relatório de sustentabilidade. Neste contexto, buscou-se avaliar como as empresas brasileiras de energia elétrica têm utilizado as diretrizes da GRI. Verificou-se se os princípios estabelecidos pela GRI foram obedecidos na elaboração do relatório, se as empresas utilizaram as diretrizes de maneira homogênea e se as exigências da agência reguladora - ANEEL - influenciaram no conteúdo do relatório GRI. Foram, ainda, entrevistados profissionais da área de Responsabilidade Social Corporativa de algumas das empresas avaliadas, na tentativa de entender a importância estratégica dos relatórios de sustentabilidade, bem como os motivadores para o uso do modelo GRI. Os resultados apontam para uma heterogeneidade entre os conceitos de sustentabilidade adotados, a escolha de indicadores e a qualidade da informação entre os relatórios de diferentes companhias. É também observada grande influência da ANEEL no conteúdo dos relatórios GRI. As entrevistas com os profissionais demonstram grande preocupação das empresas com a imagem que transmitem às partes interessadas e destacam o papel fundamental do relatório de sustentabilidade na criação de um canal de comunicação entre a empresa e o público.; In an effort to attend to the growing concern about the social and environmental impact of organizational activities...

Administração da sustentabilidade ambiental na indústria sucroalcooleira

Lima, Jose Rodolfo Tenorio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 213 p.| il., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2010; Nesta dissertação busca-se realizar uma discussão teórica a respeito do processo de internalização da administração da sustentabilidade ambiental no setor sucroalcooleiro, dando ênfase ao fato ocorrido na Usina Coruripe Matriz. O trabalho tem como característica ser empírico-teórico. A parte empírica da pesquisa visa descrever o movimento que vem ocorrendo no setor sucroalcooleiro com relação ao desenvolvimento de práticas de sustentabilidade ambiental. A mesma foi subdividida em duas etapas: uma com pesquisa bibliográfica, sobre o setor sucroalcooleiro; e a outra realizou um estudo de caso na Usina Coruripe Matriz. No estudo de caso o instrumento de coleta de dados foi entrevista, usando questionário-fechado. O questionário foi elaborado a partir de um instrumento de avaliação de organizações que está sendo desenvolvido pelo o grupo de pesquisa Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Gestão da Produção e Custos - NIEPC. Para a discussão teórica optou-se pelo uso dos constructos teóricos de Jürgen Habermas e Niklas Luhmann. Em Habermas utilizam-se os conceitos de mundo da vida...

Sustentabilidade Ambiental: Um estudo de caso em uma empresa de transporte de passageiros com aplicação parcial do SICOGEA

Reichert, Célia
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 81 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; O presente trabalho objetivou apresentar o grau de sustentabilidade ambiental de uma empresa de transporte de passageiros, utilizando para isso a aplicação parcial do método SICOGEA, especificamente a Primeira Fase da terceira etapa “Investigação e Mensuração”. A metodologia, quanto aos objetivos é exploratória e descritiva. Quanto aos procedimentos, a pesquisa é do tipo estudo de caso. Em relação à abordagem do trabalho, são aplicados os métodos quantitativos e qualitativos. Quanto à trajetória metodológica, o estudo divide-se em três fases, sendo que a primeira trata da Fundamentação Teórica, na qual são abordados os conceitos de Responsabilidade Social, Contabilidade Ambiental, Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, Benchmarking Ambiental, Método de Gerenciamento de Aspectos e Impactos Ambientais (GAIA) e Sistema Contábil Gerencial Ambiental (SICOGEA). Na segunda fase apresenta-se um breve histórico da empresa pesquisada, sua missão, visão, e alguns projetos desenvolvidos na área ambiental e junto à sociedade. Na terceira e última fase aplica-se a Primeira Fase da Terceira Etapa do método SICOGEA...

Sustentabilidade fiscal de projetos de investimento em infra-estrutura de transportes : elementos para a construção de um modelo conceitual de aferição

Morais, Artur Carlos de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2007.; As conclusões dos estudos relativos ao comportamento da economia no Brasil frente aos investimentos em infra-estruturas de transportes são de que existe no país uma forte relação destes investimentos com o PIB, a produtividade dos fatores de produção e o desenvolvimento regional. O desenvolvimento e a busca de competitividade não podem ser restritos apenas ao domínio das empresas, depende de um conjunto de fatores, entre eles a situação macroeconômica e institucional do país. A necessidade de constantes investimentos do Governo para a melhoria e a ampliação da rede de infra-estrutura nacional está subordinada a uma lógica fiscal e política. Fiscal, pelo fato da necessidade de se promover superávit primário e assim não diferenciando despesas correntes de gasto com investimentos. Política, pela disposição dos Governos em cortar investimentos no lugar de despesas correntes, por julgar que esta atitude seja menos devastadora eleitoralmente no curto prazo. Desta forma projetos que apresentem rentabilidade e não criem riscos para a sustentabilidade fiscal (equilíbrio) da dívida pública terão argumentação forte para subverter tal lógica. O presente trabalho define condicionantes para que um projeto de investimento em infra-estrutura seja analisado pela ótica da sustentabilidade fiscal...

Desenvolvimento humano no contexto do voluntariado : interfaces com a ética e a sustentabilidade; Human development in the context of volunteerism: interfaces with ethics and Sustainability

Sousa, Maria do Amparo de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2011.; As mudanças paradigmáticas potenciais no contexto do voluntariado apontam em dois sentidos, dentre outros: (a) uma sociedade solidária, tendente à sustentabilidade, entendida como a possibilidade de reduzir desigualdades intrageracionais e, ao mesmo tempo, evitar uma degradação social que provoque desigualdades intergeracionais; e (b) o estabelecimento de relações emancipatórias, entendendo-se emancipação como justiça capacitante, e justiça como a distribuição de bens materiais, processos de decisão, divisão social do trabalho, cultura e reconhecimento. Entendemos que nenhuma mudança paradigmática se dá sem a mudança do self, mediador entre conhecimento e prática. A experiência de voluntariado afeta o self, ao favorecer a flexibilização de posicionamentos e possibilitar a construção de uma cultura dialógica, implicando uma reflexão ética no processo de desenvolvimento humano. Desenvolvimento é entendido neste estudo, segundo a perspectiva da psicologia sociocultural, como processos de transformações que ocorrem na interação eu-outro, marcadas pelas negociações de significados que se concretizam nessas interações no contexto cultural. O contexto do voluntariado é potencialmente favorável ao desenvolvimento de esquemas intencionais - estruturas que organizam nossos atos internamente - implicando ética...

Critérios e indicadores de sustentabilidade para o manejo florestal na Amazônia brasileira aplicados em 20 áreas de manejo florestal no norte do Estado do Mato Grosso; Criteria and indicators for a sustainable forest management in the Brazilian Amazon applied in 20 areas of forest management in Mato Grosso State

Ferreira, Marcos Antônio Camargo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2012.; Nas últimas décadas, o uso de coerentes critérios e indicadores para avaliar a sustentabilidade do manejo florestal se tornou cada vez mais importante. Pode-se definir que os critérios e indicadores (C&I) são conceitos chaves no desenvolvimento de sistemas efetivos de informação e comunicação que se apresentam como marco referencial para definir, monitorar e avaliar o manejo florestal sustentável. Este trabalho aborda as iniciativas de criação de critérios e indicadores no Brasil, em especial o histórico dos indicadores utilizados pelo IBAMA e a NBR15789:2008. A NBR 15789: 2008 possui em seu escopo um conjunto de critérios e indicadores, incluindo os Principio de sustentabilidade, mas não possui verificadores de campo para aferição. O IBAMA possui apenas verificadores, não há indicadores, critérios e nem princípios de sustentabilidade explícitos na Norma de Execução do nº 1 do IBAMA. Assim foi necessária a harmonização de diferentes iniciativas, uma vez que não é clara a hierarquização dos C&I nacionais, para responder se os princípios de sustentabilidade do manejo florestal sustentável...

Tecendo a sustentabilidade : redes sociais e gestão participativa no turismo de base comunitária

Delgado, Andrés Burgos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2014.; Esta dissertação de mestrado trata das interações dos atores sociais no desenvolvimento de propostas turísticas comunitárias. O turismo de base comunitária (TBC) se apresenta como uma prática de desenvolvimento turístico capaz de apontar caminhos para a sustentabilidade, desde que enraizada na participação e protagonismo social das populações locais. A gestão participativa do TBC está relacionada ao desenvolvimento e sucesso da atividade turística, uma vez que ela pode afetar diretamente a conservação do patrimônio natural e cultural, assim como a qualidade dos serviços oferecidos aos visitantes. O presente trabalho parte do reconhecimento de que as relações sociais e as formas de organização em rede são importantes em projetos comunitários baseados na colaboração, assim como da necessidade de se promover uma discussão mais ampla da gestão participativa e sustentabilidade turística, desde a perspectiva relacional. A pergunta norteadora é: “como as redes sociais influenciam a gestão participativa dos recursos relacionados com o turismo de base comunitária e, portanto, direcionam o desenvolvimento e sucesso da atividade?” O objetivo é compreender em que medida a estrutura das redes sociais de comunidades envolvidas no turismo de base comunitária condiciona a participação na gestão e sustentabilidade turística. O trabalho examina a articulação em redes de colaboração na gestão do turismo de base comunitária...

Sobre o ensino da sustentabilidade ambiental nos cursos de arquitetura e urbanismo : avaliação e subsídios; About environmental sustainability taught in architecture and urban design courses : avaliation and subsidies

Dourado, Brenda Milhomem
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2015.; A temática da sustentabilidade tem estado presente nos principais discursos da atualidade que englobam desequilíbrios climáticos, energéticos, ambientais, econômicos, dentre outros. Nesse contexto, destaca-se a expressividade dos impactos decorrentes da construção civil que perpassam pela área de Arquitetura e Urbanismo. Desta forma, tem-se verificado uma exigência cada vez maior de capacitação técnica voltada à promoção da sustentabilidade do ambiente construído, incluindo a atualização de cursos de Arquitetura e Urbanismo de modo a atender a essas demandas. Logo, a presente dissertação é focada no ensino da sustentabilidade nos cursos de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase na dimensão ambiental, e teve como objetivo geral fornecer subsídios ao mesmo. A metodologia consistiu, primeiramente, em revisão bibliográfica nacional e internacional a respeito da delimitação da sustentabilidade e do ensino desta temática na história da Arquitetura e Urbanismo. A revisão também verificou o método de análise curricular desenvolvido pelo grupo EDUCATE (Environmental Design in University Curricula and Architectural Training in Europe). Num segundo momento...

Estudo do ciclo de vida dos produtos têxteis : um contributo para a sustentabilidade na moda

Refosco, Ereany
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação de mestrado em Design e Marketing (área de especialização em Têxteis de Moda); A moda entronca numa complexa conjugação de campos de conhecimento e criatividade e, ao mesmo tempo, está ancorada a pilares da antropologia, sociologia, economia, comunicação, arquitetura e artes. Gilles Lipovestky (1989), sociólogo francês, refere que o homem muda o mundo e os movimentos de moda são imperativos em tais transformações. O consumidor, o fabricante e o designer atuam com papéis importantíssimos durante o ciclo de vida do produto e na conservação do ambiente. Cada produto consumido, se não for fabricado através de um processo ecologicamente correto, poderá deixar marcas irreparáveis no meio. A indústria têxtil transforma fibras em fios, fios em tecidos e tecidos em peças de vestuário, cama, mesa e banho e ainda têxteis técnicos para diversas aplicações. Ao analisarmos as indústrias por ramos de actuação, é evidente que a indústria têxtil, seguida por toda a cadeia do vestuário, não tem desenvolvido, proporcionalmente à sua expansão no mundo inteiro, a preocupação com os materiais e processos utilizados, causando assim, graves consequências como o lixo têxtil e a quantidade exorbitante de resíduos provenientes do processo produtivo. No momento presente...

Gestão da sustentabilidade nas organizações: uma nova metodologia

Amaral, Luís Pedro Gomes do
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
O presente trabalho pretende auxiliar o processo de consolidação do conceito de sustentabilidade no seio das organizações. Partindo de ferramentas de gestão e avaliação já existentes, esta tese sugere a sua integração numa única metodologia, ultrapassando desse modo as limitações e potenciando as suas capacidades enquanto ferramentas isoladas. O modelo proposto para o Sistema de Gestão da Sustentabilidade (SGS) integra assim: o conceito de melhoria contínua característico dos sistemas de gestão normalizados; a capacidade de tradução da perspetiva estratégica da gestão para o plano operacional, característica do Business Scorecard (BSC); e, por fim, a avaliação emergética é ainda utilizada como uma ferramenta de avaliação da sustentabilidade de sistemas. Um objetivo secundário desta tese prende-se com o desenvolvimento de um procedimento para a realização da análise emergética de um sistema. Depois de analisada a literatura referente à utilização da análise emergética, identificou-se como necessária a definição de um procedimento normalizado, adotando um conjunto de tarefas e um formato de apresentação de resultados que permita disseminar o conceito e tornar a ferramenta mais “utilizável”. Por outro lado...

A educação para a sustentabilidade : um estudo em ciências físico-químicas no 7º ano de escolaridade

Cunha, Maria Alice Pereira da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Este trabalho tem o objetivo de analisar a influência da preparação de uma sequência didática de CFQ na promoção de atitudes, face à sustentabilidade, de alunos do 3º CEB. Inicia-se com uma fundamentação para a sua realização e uma abordagem da evolução do conceito de sustentabilidade, justificando-se, a seguir, por que, sendo um estudo de caso, este trabalho não visa generalizar os resultados obtidos. Após a apresentação dos resultados, recolhidos pela técnica de questionário por inquirição, faz-se a sua análise a qual permite concluir que, de facto, incluir a preocupação com a educação para a sustentabilidade, na organização e estrutura de uma sequência didática, conduz os alunos à aquisição e interiorização, embora em diferentes graus, do conceito de sustentabilidade e de comportamentos afins. Espera-se com este estudo contribuir para uma educação para a sustentabilidade ao demonstrar que não é necessário adicionar conteúdos ao programa mas, tão somente, reorientar os existentes.; The present work aims to analyse the influence the way an didactic sequence is prepared has on third cycle Basic Education students attidude changes, regarding sustainability. It begins with the motivation behind its achievement and an approach to the evolution of the sustainability concept...

As concepções e as práticas curriculares dos professores de 1º ciclo sobre sustentabilidade: implicações na formação pessoal e social dos alunos

Ruaz, Teresa de Assunção Gonçalves
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Tese de mestrado, Educação (Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; A finalidade do presente estudo foi analisar qual a possível influência das concepções e das práticas curriculares dos professores de 1º Ciclo do Ensino Básico sobre Educação para a Sustentabilidade para a Formação Pessoal e Social dos respectivos alunos. Foi administrado um inquérito por questionário a 35 professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, sendo definidos os seguintes objectivos: (i) identificar as concepções dos professores sobre a Educação para a Sustentabilidade; (ii) verificar que práticas pedagógicas os professores desenvolvem para promover a Educação para a Sustentabilidade; (iii) promover recomendações para a integração curricular da Educação para a Sustentabilidade no 1º Ciclo do Ensino Básico numa perspectiva de desenvolvimento e de intervenção. Considerando que a Educação para a Sustentabilidade contribuí para a formação base - pessoal e social - de uma criança, promovendo a sensibilização e o desenvolvimento de valores, atitudes activas e benéficas à preservação e melhoria do ambiente, infere-se que o desenvolvimento e a aquisição de competências nesta área contribuem positivamente para que as crianças se tornem cidadâs conscientes...

Sustentabilidade das finanças locais

Camilo, João Paulo Carvalho de Oliveira
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 04/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais; O presente estudo teve como principal intuito avaliar a sustentabilidade das finanças locais portuguesas, recorrendo, para tal, ao indicador hiato primário (primary gap) proposto por Buiter(1995) e por Lanchovichina e Liu(2008), num plano de curto prazo. Procurou-se medir a distância entre o rácio do saldo primário corrente e o rácio do saldo primário considerado sustentável, isto é, o rácio capaz de manter inalterado o rácio da dívida. O indicador foi calculado usando dois critérios de registo de despesa pública: despesa paga (com dados para o período 1996 a 2012) e despesa comprometida (com dados para o período 2005 a 2012). Apuraram-se resultados muito díspares, evidenciando sustentabilidade marginal no primeiro e insustentabilidade vincada no segundo. Utilizando os indicadores calculados procedeu-se a testes para determinar o impacto das sucessivas alterações das leis de finanças locais e dos momentos eleitorais e para verificar se havia diferenças significativas no caso dos municípios das regiões autónomas portuguesas. No primeiro caso constatou-se que as finanças locais se têm revelado, em média, tendencialmente insustentáveis, com agravamento nas versões iniciais das leis e com alguma suavização relativamente à alteração de 2007. No que aos atos eleitorais se refere...

Modelação qualitativa da sustentabilidade florestal

Borges, José Guilherme; Martins, Helena
Fonte: SPCF Publicador: SPCF
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Congresso Florestal Nacional: A floresta e as gentes - Actas das Comunicações; O desenvolvimento e a implementação de sistemas de avaliação e monitorização da sustentabilidade da gestão florestal são de grande importância, não apenas para a garantia do uso sustentável dos recursos florestais, mas também pela sua contribuição para a operacionalização da certificação florestal e para a articulação entre objectivos estratégicos e operacionais do planeamento florestal. Todavia, apesar da existência de um conjunto de critérios e indicadores de sustentabilidade adaptados à especificidade dos espaços florestais europeus, ainda muitas limitações se levantam à possibilidade de se implementar este tipo de sistemas a nível nacional (e.g. falta de informação, incerteza, e inexistência ou falta de experiência de utilização de instrumentos de análise adequados). Com base em estudos publicados, é feita uma revisão crítica das abordagens metodológicas de tipo qualitativo que têm vindo a ser utilizadas na avaliação da sustentabilidade da gestão florestal. Algumas das metodologias apresentadas têm como objectivos compreender a relação entre os indicadores, avaliá-los e ponderá-los em termos da contribuição para a sustentabilidade. Esta revisão crítica será o ponto de partida para uma discussão sobre a possibilidade de se utilizar a informação disponível a nível nacional em linhas futuras de I&D...

FORSEE: Uma rede europeia de zonas piloto para a avaliação de critérios e indicadores de sustentabilidade florestal

Tomé, Margarida; Faias, Sónia P.; Beito, Sónia; Feliciano, Diana; Páscoa, Fernando; Mendes, Américo
Fonte: SPCF Publicador: SPCF
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Congresso Florestal Nacional: A floresta e as gentes - Actas das Comunicações; As florestas do Arco Atlântico constituem um conjunto biogeográfico notório devido ao seu clima oceânico temperado muito favorável ao crescimento das espécies florestais. A sustentabilidade é um conceito global discutido desde a cimeira do rio 1992 aplicável em diversas áreas inclusive na gestão florestal. O protocolo de Quioto, é um documento de elevada importância nas questões ambientais actuais, e a floresta tem um papel relevante no cumprimento dos seus objectivos estabelecidos, por contribuir para o armazenamento de carbono. Neste contexto surge o projecto FORSEE, iniciado pelo IEFC – Instituto Europeu da Floresta Cultivada, com a participação de diversos parceiros de Portugal, Espanha, Franca e Irlanda, cujas regiões seleccionadas como zonas piloto, se inserem no espaço Atlântico. O objectivo principal do projecto, que abrange todos os seus participantes, fundamenta-se nos critérios e indicadores de gestão florestal sustentável, definidos nas conferências interministeriais de Lisboa 1998 e Viena 2003. O projecto contempla uma segunda abordagem que varia com a região piloto, em que cada uma se propõe a realizar um estudo aprofundado sobre cada um dos critérios...