Página 12 dos resultados de 3653 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Propriedades antioxidantes de extratos de Passiflora alata Dryander e de Passiflora edulis Sims

Rudnicki, Martina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O presente estudo investigou as atividades antioxidantes in vitro, ex vivo e in vivo dos extratos de folhas Passiflora alata e Passiflora edulis, plantas usadas na medicina popular e ricas em polifenóis, compostos com reconhecida atividade antioxidante. No modelo experimental in vitro, ambos os extratos demonstraram atividade antioxidante e proteção contra dano protéico induzido por glicose. Fatias de fígado de ratos foram utilizadas como modelo ex vivo. Tanto o extrato de P. alata quanto o extrato de P. edulis protegeram de forma significativa o dano protéico e a morte celular induzidos por FeSO4. Como a P. alata é uma droga oficial da Farmacopéia Brasileira, os efeitos antioxidantes deste extrato foram investigados in vivo. Ratos machos Wistar receberam tratamento intragástrico de extrato de folhas de P. alata (1 e 5 mg/kg), trolox (0,18 mg/kg) ou água (controle) durante 30 dias, seguido de uma dose de CCl4 (3 ml/kg, i.p.) no 30º dia. O dano hepático e os efeitos antioxidantes do pré-tratamento com extrato de P. alata foram avaliados em vários órgãos. Quando comparados ao grupo controle, os ratos pré-tratados com o extrato demonstraram dano hepático menor, evidenciado por um grau menor de necrose, níveis menores de lipoperoxidação e maior atividade das enzimas superóxido dismutase e catalase. Adicionalmente...

Efeito da ingestão crônica de cafeína na atividade de enzimas antioxidantres, peroxidação de lipídeos e na produção de radicais livres em diferentes regiões do sistema nervoso central de ratos adultos

Jardim, Flúvia Melina Alves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Estresse oxidativo é um desequilíbrio entre a geração de radicais livres e a capacidade de defesa do sistema antioxidante endógeno. Sabe-se também que o acúmulo extracelular de aminoácidos excitatórios leva a uma exacerbada estimulação de seus receptores, provocando insultos oxidativos no cérebro e pode levar a uma série de eventos que podem ser os causadores de diversas patologias como isquemia e doenças neurodegenerativas. A adenosina, ao ligar-se aos seus receptores, age como neuromoduladora da liberação desses neurotransmissores, protegendo as células contra o estresse oxidativo. Alem disso, sabe-se que a ativação de receptores de adenosina promove um aumento da atividade de enzimas antioxidantes. A Cafeína tem sua principal ação farmacológica através do antagonismo não seletivo dos receptores de adenosina, causando o bloqueio dos mesmos, e neste caso leva ao acúmulo de neurotransmissores no meio extracelular. Entretanto em altas concentrações, ela pode, por si só, ter ação antioxidante, “seqüestrando” radicais livres e, desta maneira, protegendo a célula do dano oxidativo. Por outro lado, alguns estudos demonstram que ela também pode ter ação pró-oxidante, quando em presença de altas concentrações de íons cobre e pode ter ação pró-apoptótica...

Papel do estresse oxidativo na neurotoxidade da 5-oxoprolina e do ácido N-acetilaspártico em encéfalo de ratos

Pederzolli, Carolina Didonet
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
A 5-oxoprolina (ácido L-piroglutâmico) se acumula na deficiência de glutationa sintetase, uma doença genética autossômica recessiva clinicamente caracterizada por anemia hemolítica, acidose metabólica e sintomas neurológicos severos. Considerando que os mecanismos de dano cerebral nessa doença são pouco conhecidos, e que recentemente demonstramos que a 5-oxoprolina é capaz de promover estresse oxidativo in vitro, resolvemos investigar os efeitos in vivo da 5-oxoprolina sobre parâmetros de estresse oxidativo, afim de melhor esclarecer seu papel na neurotoxicidade da 5-oxoprolina e sua participação nos mecanismos neuropatológicos da deficiência de glutationa sintetase. Para isso, os efeitos da administração subcutânea aguda de 5-oxoprolina foram estudados sobre o potencial antioxidante total (TRAP); a quimiluminescência espontânea; as substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBA-RS); o conteúdo de carbonilas, ácido ascórbico, glutationa reduzida (GSH), peróxido de hidrogênio, tióis e dissulfetos (e a razão SH/SS), assim como sobre as atividades das enzimas antioxidantes catalase (CAT), superóxido dismutase (SOD) e glutationa peroxidase (GPx), e a atividade da glicose 6-fosfato desidrogenase (G6PD) em córtex cerebral e cerebelo de ratos de 14 dias de vida Os resultados obtidos indicaram que in vivo a 5-oxoprolina causa lipoperoxidação e oxidação protéica...

Efeito do peróxido de hidrogênio e de agentes antioxidantes sobre a rugosidade superficial, a morfologia e a força de adesão do esmalte e da dentina

Oliveira, Ana Carolina Botta Martins de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 155 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia Restauradora - ICT; Este estudo avaliou o efeito do peróxido de hidrogênio a 38% e de diferentes agentes antioxidantes sobre a rugosidade superficial, a morfologia e a força de adesão do esmalte e da dentina. Trinta e seis terceiros molares recém extraídos foram selecionados e distribuídos aleatoriamente em 12 grupos (n=6) de acordo com: 1) substrato (esmalte ou dentina), 2) clareamento com peróxido de hidrogênio a 38%, 3) aplicação dos agentes antioxidantes (ascorbato de sódio, catalase e peroxidase), 4) momento (24 horas e envelhecimento atificial). Os grupos foram clareados com peróxido de hidrogênio a 38% (Opalescence Boost) e restaurados com Single Bond Plus+Filtek Z250. Os espécimes foram testados após 24 horas e após o envelhecimento artificial (20000 ciclos térmicos e 1200000 ciclos mastigatórios). Os dados foram submetidos ao Teste de Kruskal-Wallis e à comparações múltiplas a 5% de significância. Além disso, nove incisivos centrais e 32 terceiros molares foram selecionados e avaliados pelo Microscópio de força atômica e Microscópio eletrônico de varredura por Emissão de Campo. A rugosidade média do esmalte e da dentina (n=9) e a sua morfologia (n=3) foram avaliadas em três diferentes períodos: 1) antes do clareamento...

Cogumelos: compostos biativos e propriedades antioxidantes

Silva, Ana Carolina da; Jorge, Neuza
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 375-384
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
This study presents a literature review which shows the nutritional, medicinal and antioxidant importance of mushrooms. In this research, the main antioxidant compounds of mushrooms, such as phenolic acids, flavonoids and tocopherols, as well as their mechanisms of action were described. The main in vitro methods used for evaluation of the antioxidant activity of these compounds were approached. The influences from the solvent polarity and the kind of extraction in the acquisition of the antioxidant compounds were also discussed. It was possible to conclude that mushrooms are a source of carbohydrates, proteins and minerals, thus presenting nutritional properties. The functional and medicinal properties are attributed to glucans, besides being excellent sources of natural antioxidants. Regarding the extraction process, it was noticed that the solvent polarity used in the extraction process is determinant in the obtainment of antioxidant compounds.; O presente trabalho apresenta revisão da literatura que evidencia a importância nutricional, medicinal e antioxidante dos cogumelos. Na pesquisa foram descritos os principais compostos antioxidantes dos cogumelos, tais como ácidos fenólicos, flavonoides e tocoferóis, bem como seus mecanismos de ação. Os principais métodos in vitro utilizados para a avaliação da atividade antioxidante desses compostos foram abordados. As influências da polaridade do solvente e do tipo de extração na obtenção dos compostos antioxidantes também foram discutidas. Foi possível concluir que os cogumelos são fontes de carboidratos...

Efeitos do treinamento e do overtraining no metabolismo oxidativo, enzimas antioxidantes e HSP72 em diferentes fibras musculares

Claudio Cesar Zoppi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O treinamento físico induz uma série de adaptações no organismo que leva à melhora na performance esportiva. No entanto, os atletas podem ser submetidos a cargas extremamente altas de treinamento e quando a recuperação não é suficiente este atleta pode ser acometido pelo overtraining. Alguns autores, sugerem que a causa da sua instalação seja o excesso de formação de radicais livres. Nosso objetivo neste trabalho foi analisar os efeitos de um protocolo de overreaching em biomarcadores de ataque oxidativo, enzimas antioxidantes e capacidade oxidativa. Para tanto submetemos 25 animais a um protocolo de treinamento de onze semanas nas quais as oito primeiras constituíam um protocolo de treinamento e as últimas três constituíram o protocolo de overreaching. Foram medidos como marcadores de ataque oxidativo, os níveis de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARs) e de proteínas carboniladas (PC) dosamos ainda atividade das enzimas antioxidantes glutationa redutase (GR) e catalase (CA T) e ainda como marcador de capacidade oxidativa, dosamos a atividade da enzima citrato sintase (CS) e ainda medimos a concentração da proteína de estresse HSP72 para avaliarmos os níveis de estresse imposto às fibras nos músculos sóleo (SO)...

Estudo da capacidade antioxidante total em tecidos e fluidos biologicos usando a voltametria de pulso diferencial; Total antioxidant capacity in tissues and body fluids: a differential pulse voltammetry study

Paulo Guimarães Gandra
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O objetivo central deste trabalho foi analisar a variação da capacidade antioxidante total, conferida por antioxidantes de baixo peso molecular (ABPM) em fluidos biológicos e tecidos, através do uso da voltametria de pulso diferencial (VPO). O capítulo 1 corresponde a um artigo de revisão sobre as possíveis fontes de geração de espécies reativas de oxigênio no músculo esquelético durante o exercício físico. O capítulo 2 é um artigo de divulgação, cujo objetivo é fornecer subsídios para a análise da capacidade antioxidante total de amostras biológicas conferida por ABPM para acompanhar a modulação do sistema de defesa antioxidante em função do treinamento físico. Para tanto, são discutidos o uso da voltametria cíclica e a possibilidade do uso de outras técnicas voltamétricas, como a VPO. O artigo contido no capítulo 3 apresenta dados da concentração de ABPM no plasma e na saliva de atletas submetidos a um período de treinamento físico. Observou-se, nesse estudo, uma diminuição da capacidade antioxidante total do plasma após 6 semanas de treinamento (879.28 :t 197.92 j..Imol Trolox equiv. L-1 na segunda semana versus 787.82 :t 154.71 j..Imol Trolox equiv. L-1 na sétima semana). Essa diminuição foi associada a um aumento no desempenho em testes físicos específicos e à manutenção das concentrações de marcadores de lesão muscular e de processo inflamatório...

Regulação hormonal da atividade de enzimas antioxidante em orgãos Linfoides e macrofagos de ratos

Benedito Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/1998 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O efeito da insulina, hormônios tiroidianos, glicocorticóides (dexametasona) e catecolaminas na atividade de enzimas antioxidantes (CuZn- e Mn- superoxido dismutase SOD, catalase e glutatione peroxidase - GPX) em macrófagos intraperitoneais residentes de ratos e órgãos linfóides (linfonodo mesentérico - LNM, timo e baço) foi investigado. Para tanto, ratos adultos foram submetidos à várias disfunções hormonais: diabetes, hiper e hipotiroidismo, tratamento com dexametasone e adrenodesmedulação. O efeito dos hormônios em macrófagos cultivados também foi avaliado. Além dos estudos sobre atividade de enzimas antioxidantes, a produção de peróxido de hidrogênio (H202) por macrófagos foi determinada in vivo e in vitro. Em macrófagos: 1) a insulina aumentou a atividade da CuZn-SOD, catalase e GPX mas reduziu a da Mn-SOD, 2) os hormônios tiroidianos elevaram a atividade da CuZn- e Mn-SOD mas diminuiu a da GPX, enquanto que a dexametasona reduziu a da Mn-SOD e GPX, 3) a remoção da medula adrenal promoveu diminuição da atividade da Mn-SOD e GPX, 4) a produção de H202 foi aumentada pela insulina mas reduzida pelos hormônios tiroidianos e dexametasona. A indução do diabetes causou as seguintes mudanças de atividade das enzimas antioxidantes em órgãos linfóides: redução (exceto para GPX) no baço...

Avaliação da qualidade oxidativa de margarinas adicionadas de extratos de casca de noz-pecã (Carya illinoinensis (Wangenh) C. Koch) e de alecrim (Rosmarinus Officinallis)

Ribeiro, Paula Cristina Engler
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 108 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, Florianópolis, 2013.; Várias pesquisas indicam efeitos indesejáveis sobre a saúde causados pela adição de antioxidantes sintéticos em alimentos. Desta forma existe um interesse crescente pelo uso de antioxidantes de origem natural. Neste trabalho foi estudado o efeito da adição de antioxidantes naturais (extrato de casca de noz-pecã e extrato de alecrim) e antioxidantes sintéticos (BHT) sobre a estabilidade oxidativa de margarinas. Nas margarinas com teor de gordura de 60% foram adicionados 1000 ppm e 1500 ppm de extrato de casca de noz-pecã; 1000 ppm de extrato comercial de alecrim, e 100 ppm de BHT. As margarinas foram armazenadas a 4 °C por 8 meses e caracterizadas de acordo com o índice de peróxido, índice de p-anisidina, extinção específica (dienos e trienos conjugados), umidade, índice de acidez, ponto de fusão e perfil de ácidos graxos. No extrato de casca de noz-pecã e de alecrim foram determinados os teores de compostos fenólicos totais, taninos condensados e atividade antioxidante (métodos ABTS e DPPH). Nas margarinas estudadas, análises de índice de peróxido...

Variação sazonal em antioxidantes em folhas de plantas jovens de Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil)

Bulbovas,Patricia; Rinaldi,Mirian C.S.; Delitti,Welington B.C.; Domingos,Marisa
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
O ambiente urbano pode gerar condições de estresse oxidativo nas plantas, levando à estimulação de antioxidantes como ácido ascórbico (AA), tióis (Ti), peroxidases (POD) e superóxido dismutase (SOD), em diferentes níveis, de acordo com sua capacidade de tolerar tais condições. Este estudo, em sua primeira fase, buscou conhecer o perfil destas defesas em folhas de plantas jovens de C. echinata com diferentes graus de desenvolvimento. Os níveis dos antioxidantes foram similares em todas as folhas analisadas. Em uma segunda fase, tais antioxidantes e a glutationa (GSH) foram avaliados em 130 plantas mantidas em casa de vegetação com monitoramento constante de temperatura, umidade relativa e irradiância, por um período de 18 meses, para estabelecer se variações sazonais nessas defesas ocorrem em resposta a fatores climáticos. Nesse período, os antioxidantes foliares foram analisados a cada três meses. Em geral, a concentração de AA e a atividade da POD foram altas em C. echinata, quando comparadas com as de outras espécies arbóreas tropicais. Houve variações nas defesas ao longo do tempo. A concentração de GSH e a atividade da POD mostraram ser influenciadas por mudanças na temperatura e a SOD foi estimulada em resposta à temperatura e à umidade relativa.

Avaliação da atividade antioxidante do extrato hidroalcoólico da romã (Punica granatum, L.) sobre células da linhagem Caco-2

Jardini,Fernanda Archilla; Pinto,José Ricardo; Mendonça,Rita Maria Zucatelli; Mancini,Dalva Assunção Portari; Mancini-Filho,Jorge
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
A absorção dos compostos antioxidantes presentes no extrato hidroalcoólico da polpa da romã (Punica granatum, L.) foi avaliada utilizando-se o modelo de cultura de células, cuja linhagem escolhida foi a Caco-2, provenientes de um adenocarcinoma do cólon. O extrato hidroalcoólico da polpa apresentou um conteúdo de 832 µg equivalente de ácido gálico.mL-1 de extrato e sua atividade antioxidante mostrou valores de 5,9% (0,1 ppm) a 93,09% (8 ppm) de capacidade de redução do radical DPPH•. As células tratadas com o extrato apresentaram uma inibição de crescimento celular de 4,16% (200 ppm), e a absorção dos compostos antioxidantes foi de 63,25%. Para o ácido gálico, os resultados mostraram uma inibição de 2,98% (400 ppm) e uma absorção de 72,54% dos compostos antioxidantes. Os resultados mostraram que o método de avaliação de absorção através de cultura de células foi eficaz, e que os compostos antioxidantes foram absorvidos pelas células, que se apresentaram viáveis, após um período de exposição prolongado aos compostos.

Efeito de fontes de óleo e níveis de suplementação de vitamina E na ração sobre as características físicas e morfológicas do sêmen in natura de suínos

Moraes,E.A.; Torres,C.A.A.; Guimarães,J.D.; Murgas,L.D.S.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Avaliou-se o efeito da adição de diferentes fontes de óleo e níveis de suplementação de vitamina E na ração sobre as características do sêmen in natura de suínos reprodutores. Foram utilizados 24 reprodutores Dalboar 85, com idades entre 12 e 18 meses, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, em arranjo fatorial 2 x 3, com duas fontes de óleo, soja e salmão, e três níveis de antioxidantes, 150, 300 e 450mg de vitamina E/kg. Volume, motilidade espermática total, teste hiposmótico, porcentagem de espermatozoides vivos e morfologia espermática não diferiram (P>0,05) entre os tratamentos. Óleo de salmão (P<0,05) melhorou o vigor espermático. A inclusão de vitamina E na ração melhorou (P<0,05) a concentração espermática, e não foi observada diferença entre as fontes de óleo (P>0,05). Os animais tratados com óleo de salmão apresentaram menor (P<0,05) concentração de antioxidantes totais no sêmen do que os tratados com óleo de soja. Observou-se efeito linear da vitamina E sobre a concentração de antioxidantes totais (P<0,05). A fonte de óleo de salmão da ração melhora o vigor espermático e a concentração de antioxidantes totais no sêmen.

Carotenoides bixina e norbixina extraídos do urucum (Bixa orellana L.) como antioxidantes em produtos cárneos

Garcia,Carlos Eduardo Rocha; Bolognesi,Vinícius José; Dias,Josiane de Fátima Gaspari; Miguel,Obdúlio Gomes; Costa,Camila Klocker
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
A oxidação lipídica é uma das principais alterações que acometem os derivados cárneos em razão da composição química rica em lipídios e íons ferro, utilização de processos térmicos e de moagem, além do frequente uso do cloreto de sódio, um reconhecido catalisador desta reação. Os antioxidantes são substâncias utilizadas para inibir ou retardar a rancidez oxidativa, porém, seu uso desperta a atenção de consumidores e agências reguladoras, quanto à segurança que acompanha o consumo de aditivos sintéticos. Este trabalho teve por objetivo avaliar o uso dos carotenoides bixina e norbixina como antioxidantes em produtos cárneos por meio da revisão de suas características químicas, métodos de obtenção, toxicidade e aplicações tecnológicas. Esses pigmentos são extraídos das sementes do urucum (Bixa orellana L.) por métodos que envolvem o uso de solventes orgânicos, extração supercrítica ou ainda a utilização da tecnologia de micro-ondas. No Brasil, o uso dessas substâncias é previsto na legislação como corante alimentício, porém, estes carotenoides apresentam extensas cadeias carbônicas insaturadas que permitem a adição de radicais livres e lhes conferem a capacidade de atuar como antioxidantes. As diferenças estruturais entre bixina e norbixina resultam em particularidades quanto à polaridade...

Associação de ractopamina e vitaminas antioxidantes para suínos em terminação

Silva,Roberta Abrami Monteiro; Pacheco,Graziela Drociunas; Vinokurovas,Sylvia Luiza; Oliveira,Eduardo Raele de; Gavioli,David Fernandes; Lozano,Arturo Pardo; Agostini,Piero da Silva; Bridi,Ana Maria; Silva,Caio Abércio da
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
Objetivou-se neste estudo avaliar a inclusão de ractopamina e sua associação com as vitaminas antioxidantes C e E em dietas de suínos em terminação durante 28 dias antes do abate sobre o desempenho, as características de carcaça e a qualidade da carne. Quarenta e oito suínos da linhagem Agroceres PIC (24 machos castrados e 24 fêmeas) foram distribuídos em delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x2, com três dietas: controle; controle + 10ppm de ractopamina; controle + complexo (0,05%) de ractopamina com vitaminas antioxidantes (10ppm de ractopamina + 200mg de vitamina E + 100mg de vitamina C kg-1 de ração) e dois gêneros (machos castrados e fêmeas). Foram avaliados o consumo de ração, o ganho de peso e a conversão alimentar dos animais. Os suínos foram abatidos com peso médio de 100,81±7,81kg. Após o abate, as características de carcaça foram avaliadas e foram coletadas amostras do músculo Longissimus dorsi para a análise da qualidade da carne. Verificou-se diferença (P<0,05) para a conversão alimentar, conformação da carcaça e pH final da carne dos animais que consumiram rações que continham ractopamina. A oxidação da carne foi menor para a dieta com o complexo (ractopamina + vitamina) em relação ao controle (0...

Efeito da administração de uma dieta enteral com antioxidantes sobre as concentrações plasmáticas de tióis totais, carbonilas de proteínas e malondialdeído após acidente vascular cerebral

Yassin,Lorene Simioni; Fukui,Chika; Pereira,Pamela Cristiani Dias; Olandoski,Marcia; Aveles,Paulo Roberto; Pinto,Silvia Carolina; Resnauer,Caroline; Nakao,Lia Sumie; Morimoto,Ivone Ikeda
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração de uma dieta enteral industrializada com antioxidantes sobre as concentrações plasmáticas de tióis totais, carbonilas de proteínas e malondialdeído em pacientes após acidente vascular cerebral. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 14 pacientes de um hospital geral que iniciaram nutrição enteral 48 horas após o evento. Falência múltipla, insuficiência hepática, obesidade mórbida e diabetes Mellitus associados foram critérios de exclusão. A dieta industrializada ofertada por gotejamento contínuo, com uso de bombas infusoras, continha mix de carotenoides, vitaminas C, E e minerais Se, Zn e Cu em sua formulação. As amostras de sangue foram coletadas antes do início da administração da dieta e após cinco dias de início da dieta enteral, somente de pacientes que tivessem recebido o volume necessário para completar o gasto energético total. Tióis plasmáticos e carbonilas de proteína foram determinados por meio do Reagente de Ellman e pela reação com dinitrofenilhidrazina respectivamente. O malondialdeído foi obtido pela determinação de substâncias reativas do ácido tiobarbitúrico. RESULTADOS: A média de idade foi M=70,3, DP=14,1 anos. Todos receberam acima de 100% da Dietary Reference Intakes para nutrientes antioxidantes...

Atividade antioxidante dos extratos de manjerona e pólen apícola: efeitos na qualidade de hambúrguer

Serafini, Leila Fernanda
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
The meat and its derivatives represent an important part of the human diet. However, due to its richness in chemical composition are susceptible to changes in physicalchemical and lipid oxidation, requiring the use of additives for its preservation. The trend is to use natural products as alternatives to the chemical additives. Among the natural products, marjoram and bee pollen present in its composition, secondary metabolites with high antioxidant activity. The aim of this study was to evaluate the bioactive properties of two products, organic bee pollen and marjoram (Origanum majorana L.) and its application as natural antioxidants in burgers. Dehydrated in bee pollen, pollen characterization was performed and determination of chemical composition. The bee pollen and marjoram were individually extracted with 80% ethanol in a shaker at 40 °C/60 minutes. Phenolic compounds and total flavonoid of ethanol extracts of pollen and marjoram were quantified and the identification made by high performance liquid chromatography on reversed phase (HPLC-RP). The antioxidant activity of the extracts was determined and compared to that of commercial antioxidants by four different methods. After the extracts were evaporated and lyophilized, were applied separately at a concentration of 0.3% in formulations of beef burgers...

Antioxidantes na produ????o in vitro de embri??es e criopreserva????o de s??men de ovinos

Pradie??, Jorgea
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
In an attempt to diminish the structural damage to the plasma membrane, due to free radicals and reactive oxygen species (ROS), the antioxidants ??-mercaptoethanol (BME) and cysteine (CIS) were tested for semen cryopreservation and in vitro maturation (IVM) and culture (IVC) of ovine embryos. Semen samples from four rams of the Crioula Lanada breed were collected with artificial vagina twice weekly (n = 23). Samples of four rams were pooled and split in six treatments: T1, control without antioxidant, T2, with 2mM BME, T3, with 5mM BME, T4, with 2mM BME and 5mM cysteine; T5, with 5 mM BME and 5mM cysteine, and T6 with 5 mM cysteine. Semen was diluted in tris-egg yolk-glycerol and stored in straws of 0.25 mL containing 100 x 106 spermatozoa. Cooling and freezing were performed using a TK3000 and thawing was performed at 37??C for 20 s. Sperm motility, membrane integrity and mitochondrial activity and acrosome, before freezing and after thawing, did not differ between treatments (P> 0.05). Quantification of ROS and total antioxidant activity after thawing were similar between treatments (P> 0.05). At the tested concentrations, the inclusion of BME, and cysteine did not affect sperm viability after thawing. In the first experiment of IVP...

XI Congreso de investigación javeriano

Sequeda Castañeda, Luis Gonzalo
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
La presente ponencia tiene como objetivo mostrar un proceso de trabajo de investigación interdisciplinaria a propósito del conocimiento de los radicales libres y su relación con la aparición de enfermedades cancerígenas. Los indicadores estadísticos correspondientes para el 2006 mostraban que las enfermedades del corazón y el cáncer prevalecían sobre otras formas de riesgo en salud en Colombia. Sin embargo, en el 2009 el cáncer —específicamente, cáncer de mama y cuello uterino— se constituyó en la principal causa de muerte en el país. Consideramos que el aumento en las tasas corresponde al incremento de estrés oxidativo, es decir, el desbalance entre radicales libres y antioxidantes propios de nuestro cuerpo, que se caracteriza fundamentalmente porque los radicales libres en número superior comienzan a atacar lípidos, proteínas y ADN. El incremento de estos en el organismo tiene, entre otras, las siguientes causas: los procesos de inflamación, la fagocitosis, el metabolismo de la mitocondria, la exposición a luz ultravioleta, la exposición a radiaciones ionizantes, el consumo de tabaco, factores ambientales, factores hereditarios y el uso de aditivos o sustancias químicas en medicamentos, alimentos...

Byproducts of araticum and pequi : study of antioxidant activity of bioactive compounds in the protection of oxidative stress = Subprodutos de araticum e pequi: estudo da atividade antioxidante dos compostos bioativos na proteção ao estresse oxidativo; Subprodutos de araticum e pequi : estudo da atividade antioxidante dos compostos bioativos na proteção ao estresse oxidativo

Maysa do Vale Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
As frutas representam uma fonte de compostos antioxidantes exógenos que, em conjunto com os antioxidantes endógenos, auxiliam no combate ao estresse oxidativo. As dietas ricas em fitoquímicos, tais como os carotenoides e compostos fenólicos, têm sido associadas à redução do risco de diversas patologias como câncer, catarata, degeneração macular e doenças cardiovasculares e neurodegenerativas. Embora haja um grande número de estudos abordando a ação de compostos bioativos em polpa de frutas, que normalmente constitui a parte consumida, outros estudos têm mostrado que os subprodutos ¿ resíduos do processamento industrial - contêm quantidades iguais ou superiores destes compostos. Considerando que o Brasil é um dos maiores produtores agrícolas do mundo, além de um dos países que mais geram resíduos dessa produção, um dos objetivos deste trabalho foi determinar o teor de fenóis totais e a atividade antioxidante nos extratos da casca e semente de araticum e casca de pequi, subprodutos do bioma Cerrado, antes e após digestão in vitro. Após o processo de digestão, o teor de fenólicos totais foi reduzido em todos os extratos, assim como a atividade antioxidante total, exceto no ensaio ABTS para o extrato digerido da casca do araticum. Estes extratos também foram testados quanto à capacidade citotóxica nas linhagens celulares K562 e NALM6...

Utilização de antioxidantes na criopreservação de sêmen da cauda do epidídimo de bovinos; Use of antioxidants on sperm cryopreservation, animal genetic resources, catalase, epididymis tail, reactive oxygen species, trolox

Rodrigues , Aline Luciana
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.95%
The interest in the preservation of species threatened of extinction has increased the attention for cryopreservation of semen from the epididymis tail of animals that have died. Determination of the time in which the sperm is still viable for preservation represents a benefit for future research and use in animal-assisted breeding programs. In addition, the sperm cryopreservation process results in the production of radical free by the metabolism of the cell causing damage. The objectives of this study were: 1) to determine the viable time interval for cryopreservation of the epididymis tail sperm in cattle, 2) to test the addition of two antioxidants in the freezing media, 3) to determine the viability of semen samples from the tail of the epididymis in the production of embryos by in vitro fertilization. To guarantee the quality of freezing, the parameters: motility, vigor and sperm pathology in the pre-freezing were analyzed. After these assessments the material was divided into three treatments: tris-egg yolk diluent (TTG), Tris-egg yolk diluent catalase (TCAT) and tris-egg yolk diluent trolox (TTROL) and frozen in determined curve by pre-freezing automated process. After thawing, the motility and vigor were evaluated using CASA. Analysis of plasma membrane integrity and acrosome...