Página 12 dos resultados de 298 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Efeitos da exposição in vivo à hidroquinona sobre funções do tecido traqueal e de macrófagos alveolares de camundongos; Effects of in vivo hydroquinone exposure on functions of alveolar macrophages and tracheal tissue in mice

Shimada, Ana Lucia Borges
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A hidroquinona (HQ) é um composto fenólico de origem natural ou antropogênica, encontrada em grandes concentrações no cigarro, além de ser produto da biotransformação do benzeno. Nosso grupo de pesquisa tem demonstrado que a exposição à HQ compromete a resposta inflamatória in vivo. Dando continuidade a estas investigações, este trabalho visou investigar os efeitos da exposição in vivo à HQ sobre funções do tecido traqueal e atividades de macrófagos alveolares. Para tanto, camundongos Swiss machos foram expostos à HQ 25ppm (1,5mg/60mL/1h; 5 dias) ou veículo (solução salina etanol 1:20) por via sistêmica (nebulização). Concentrações de mediadores inflamatórios (interleucina (IL) 1β, IL-6, IL-10, IL-4, IL-12 fator de necrose tumoral-α (TNF-α) ou proteína quimiotáxica de monócitos (MCP-1); ensaio imunoenzimático (ELISA) e óxido nítrico (NO; reação de Griess) foram quantificados no lavado bronco-alveolar (LBA) em condições basais ou 3 horas após estímulo inflamatório (LPS in vivo; 100µL/mL; 10min) e no sobrenadante de macrófagos (MΦs) alveolares ou de cultura da traquéia obtidos dos animais e posteriormente estimulados in vitro (MΦs: 5µg/mL de LPS + 10ng/mL de IFN-γ; traquéia: 1µg/mL de LPS; 24h). Atividades fagocítica e fungicida (microscopia óptica) e a expressão de receptores envolvidos na fagocitose toll-like receptor (TLR...

Avaliação dos efeitos da anestesia peridural torácica sobre as alterações miocárdicas associadas à morte encefálica: estudo experimental; Assessment of the effects of thoracic epidural anesthesia on myocardial changes associated with brain death: an experimental study

Silva, Isaac Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
INTRODUÇÃO: Atualmente, a maior limitação ao transplante cardíaco, em todo o mundo, é a escassez de doadores cujo número está sempre aquém do número de pacientes portadores de doença cardíaca terminal, e esse hiato fica ainda maior pelo fato de cerca de 25 % dos corações doados não serem utilizados, por estarem acometidos por acentuada disfunção. A descarga catecolaminérgica associada à morte encefálica poderia ser um dos elementos implicados nesta disfunção. Assim, intervenções terapêuticas com intuito de minimizar o exacerbado estímulo simpático visam, em última instância, ampliar a oferta de órgãos para o transplante. OBJETIVOS: Investigar a hipótese de que a anestesia peridural torácica seja capaz de bloquear a tempestade autonômica inerente à morte encefálica por hipertensão intracraniana aguda, minimizando as alterações hemodinâmicas, reduzindo a resposta inflamatória e, por conseguinte, melhorando a condição do enxerto. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (250-350 g) anestesiados (isoflurano 5 %) e monitorados continuamente para o registro da pressão arterial média foram submetidos à inserção de cateter no espaço peridural em nível torácico e, em seguida, submetidos à morte encefálica por hipertensão intracraniana aguda pela xxi insuflação de um cateter de Fogarty® introduzido por trepanação. Os animais (n = 28) foram alocados em 4 grupos: grupo salina - infusão de 20 uL de solução salina pelo cateter peridural antes da indução da morte encefálica; grupo bupi-pré - infusão de 20 uL de solução de bupivacaína a 0...

Efeito do exercício físico na inflamação pulmonar e na resposta imunológica sistêmica em pacientes com asma persistente moderada ou grave; Effect of exercise on pulmonary inflammation and systemic immune response in patients with moderate or severe persistent asthma

Mendes, Felipe Augusto Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A asma é uma doença pulmonar inflamatória crônica com alta prevalência e que leva a importantes danos funcionais à saúde e à qualidade de vida do paciente. A fisiopatologia da asma é caracterizada por intensa imunorregulação e o exercício físico pode ter um papel importante nesta resposta inflamatória devido a seus efeitos imunorreguladores. Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de treinamento físico aeróbio na inflamação sistêmica e pulmonar, no controle clinico e fatores de saúde relacionados à qualidade de vida controle clínico de pacientes adultos com asma persistente moderada ou grave. Métodos: Foram estudados 58 adultos asmáticos divididos aleatoriamente nos grupos controle (GC; n=28) e treinado (GT; n=30) e 16 indivíduos não asmáticos (GNA). Os pacientes do GC foram submetidos a um programa educacional e a um programa de exercícios respiratórios, enquanto os pacientes do GT foram submetidos a todos os procedimentos do grupo controle e a um programa de condicionamento físico aeróbio. A resposta imune foi avaliação pelo perfil plasmático das citocinas Th1 (fator de necrose tumoral, interleucina-6 (IL-6), IL-8), Th2 (IL-4, IL- 5), regulatórias (IL-10) e quimiocinas (MCP-1, IP-10, MIG, RANTES) tanto cronicamente como após uma sessão de exercício. Antes e após a intervenção todos os pacientes realizaram uma prova de função pulmonar...

O impacto de reúso de dialisadores nos marcadores de estresse oxidativo e inflamatórios em pacientes em hemodiálise; Evaluation of oxidative stress and inflamatory markers on hemodialysis patients with and without dialysers reuse

Furlan, Carla Barbosa Muraro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A morbimortalidade dos pacientes em hemodiálise permanece alta apesar da evolução tecnológica do procedimento, sendo que os eventos cardiovasculares são a sua principal causa. Estes desencadeados pela alta prevalência de fatores de risco tradicionais, fatores relacionados ao procedimento dialítico e estresse oxidativo. Considerando o procedimento dialítico e o estresse oxidativo, foi avaliado o quanto a habitual prática de reuso de dialisadores/RD (difundida nas Américas e amparada principalmente por questões econômicas) e uso único de dialisadores, influenciam nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo. Para isto, foram utilizados como marcadores laboratoriais as medidas de PCR ultrassensível (u PCR), interleucina 6 (IL6), a determinação de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), superóxido dismutase (SOD), glutationa (GSH) e albumina, em 29 pacientes em tratamento de hemodiálise. Estes pacientes encontravam-se em tratamento com dialisadores de alto fluxo do tipo polieterssulfona e reuso manual, e ao iniciar este estudo foram programados 3 ciclos sequenciais com duração de 6 semanas com as seguintes características: primeiro ciclo (uso único de dialisadores;); segundo ciclo (reuso de dialisadores); terceiro ciclo (reuso de dialisadores e administração de N-acetilcisteína/NAC...

Influência da insulina sobre a autofagia em modelo experimental de diabetes; Insulin influence upon autophagy in experimental model of diabetes

Sunahara, Karen Krist Sary
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
O diabetes mellitus (DM) é caracterizado por hiperglicemia associada à falta ou à ineficiência da insulina. DM também é marcado por alterações em diversos processos celulares que precisam ser mais bem entendidos. Estudou-se a via da autofagia em diferentes macrófagos, verificando se o tratamento com insulina é capaz de modular esse processo. Foram estudados macrófagos derivados da medula óssea (BMM), do lavado broncoalveolar (LBA) e do tecido esplênico de ratos Wistar, machos, diabéticos (aloxana, 42 mg/kg, i.v., 10 dias), ratos diabéticos tratados (insulina 4UI, s.c.) e respectivos controles. Para caracterização do modelo e avaliação do efeito da insulina sobre o processo autofágico, as seguintes análises foram realizadas: (a) glicemia, número de leucócitos no sangue periférico, número de células do LBA; (b) concentrações de citocinas: interleucina (IL)-1beta, fator de necrose tumoral (TNF)-alfa, IL-6, IL-4, IL-10, cytokine-induced neutrophil chemoattractant (CINC)-1 e CINC-2 no sobrenadante do LBA pela técnica de ELISA; (c) caracterização de macrófago alveolar (MA) do LBA quanto a antígenos de superfície (MHCII, pan-macrophage KiM2R, CD11b) e marcadores autofágicos (proteína de cadeia leve associada a microtúbulo (LC)3 ...

Avaliação morfológica-funcional da recuperação do endométrio eqüino através da infusão de neutrófilos imunocompetentes criopreservados baseado em um modelo experimental definido.; Morphological and functional recuperation from the equine endometrium through the infusion of frozen immunocompetent neutrophils

Keller, Andrea
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A endometrite é uma importante causa de subfertilidade na égua. Infecções uterinas repetidas ou persistentes poderiam levar ao desenvolvimento de fibrose periglandular. Os objetivos deste trabalho foram avaliar se os processos degenerativos do endométrio são influenciados por infecções bacterianas experimentais sucessivas; realizar uma avaliação histopatológica das biópsias endometriais para documentar os efeitos de diferentes tratamentos sobre o endométrio após infecções experimentais. Foram utilizadas vinte éguas resistentes, com histórico reprodutivo desconhecido, e cinco éguas susceptíveis, com histórico de endometrites recorrentes e subfertilidade. As vinte e cinco éguas foram classificadas nos seguintes grupos, de acordo com o grau de endometrite e endometrose: GI (n=4), GIIA (n=10), GIIB (n=8) e GIII (n=3). Após o primeiro exame histopatológico (amostra pré-infecção), as éguas foram sincronizadas com prostaglandina. Na fase estral, as éguas foram infectadas com 1 x 109 Streptococcus equi subsp. zooepidemicus. Constatada a presença de sinais clínicos de endometrite, os grupos de éguas foram distribuídos entre cinco diferentes tratamentos: leucócitos frescos, leucócitos congelados, leucócitos lisados...

Concentração de imunoglobulinas (IgA, IgG e IgM ) e de interleucinas (IL-1[beta], IL-10 e IF-y) em pacientes com endometriose

Facin, Andrea Cintra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Com o objetivo de avaliar as imunidades humoral e celular de pacientes com endometriose, analisamos as concentrações das Imunoglobulinas ( A, G e M ) e das Interleucinas (1β, 10 e IFγ) no soro e no líquido peritonial. Também analisamos a sua associação com a presença de infertilidade, o nível de dor apresentado e a extensão da endometriose. Foram coletadas amostras de soro e líquido peritonial de 43 pacientes submetidas a laparoscopia, que foram divididas em 4 grupos : 20 pacientes inférteis com endometriose, 9 pacientes inférteis sem endometriose, 4 pacientes férteis com endometriose e 10 pacientes férteis sem endometriose. As concentrações de IL-1β, IL-10 e IFγ foram determinadas pela método de ELISA e as concentrações de IgA, IgG e IgM foram feitas pela técnica de imunodifusão radial. Nas pacientes com endometriose, as concentrações de IgA no soro e do líquido peritonial foram maiores nas pacientes inférteis do que nas férteis. A IgG estava mais elevada nas pacientes sem endometriose do que nas pacientes com endometriose, todas inférteis. Os níveis de interleucina 10 no líquido peritonial de pacientes com endometriose foram mais elevados nas pacientes inférteis do que nas férteis e Interferon γ apresentou concentrações mais baixas no soro e no líquido peritonial de pacientes inférteis sem endometriose. Não houve diferenças significativas entre os grupos para as concentrações de IgM e IL-1β...

Influência genética sobre a doença de Alzheimer de início tardio; Genetic influence on late onset Alzeimer’s disease

Barros, Alessandra Chiele; Lucatelli, Juliana Faggion; Maluf, Sharbel Weidner; Andrade, Fabiana Michelsen de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Contexto: A doença de Alzheimer de início tardio (DAIT) representa a maior parte dos casos de doença de Alzheimer (DA). Objetivo: Revisar resultados relevantes para genes candidatos e de suscetibilidade para a DAIT. Métodos: Revisão bibliográfica, a partir de 1990, empregando os bancos de dados PubMed e SciELO. Resultados: Polimorfismos genéticos são mais relevantes para a DAIT que mutações, sendo que o alelo E*4 do gene APOE é o maior fator de risco conhecido até o momento. No entanto, outros genes vêm sendo investigados e existem dados disponíveis sobre a relação com DAIT para os genes da apolipoproteína CI, alfa-1-antiquimiotripsina, receptor sigma tipo 1, enzima conversora de angiotensina, alfa 2-macroglobulina, proteína relacionada ao receptor de LDL, interleucina 1 alfa e beta, paraoxonase, transportador de serotonina e receptores de serotonina. Conclusões: A DAIT tem etiologia multifatorial e um grande número de marcadores genéticos influencia em seu desenvolvimento. Essas variantes precisam ser investigadas na população brasileira, cuja formação étnica é distinta daquela de populações norte-americanas e europeias. Somente assim será possível a determinação do perfil genético de risco, que facilitará a detecção de indivíduos com maior probabilidade de desenvolver a doença.; Background: Late Onset Alzheimer’s disease (LOAD) represents the majority of cases of Alzheimer’s disease. Objectives: To review relevant results to candidate and susceptibility genes related to LOAD. Methods: Bibliographic review...

Interação entre gene e nutriente e sua associação à obesidade e ao diabetes melito; Gene-nutrient interaction and its association with obesity and diabetes mellitus

Steemburgo, Thais; Azevedo, Mirela Jobim de; Martínez, José Alfredo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A genômica nutricional avalia o efeito da variação genética na interação entre dieta e doenças crônicas. O objetivo deste manuscrito foi revisar os principais polimorfismos associados à obesidade, ao diabetes melito e também aos fatores da dieta. As principais interações entre polimorfismos genéticos e dieta foram: para obesidade: interleucina-6 (IL-6) com consumo energético; receptor ativado por proliferador de peroxissoma gama 2 (PPAR-gama2) e fat mass and obesity associated (FTO) com consumo de gorduras; receptor -adrenérgico 2 (ADRB2) e receptor da melanocortina-4 (MCR4) com consumo de carboidratos; para perda de peso: proteínas desacopladoras (UCPs) com restrição calórica; para leptinemia: receptor da leptina (LEPR) com restrição calórica; para diabetes melito: PPAR-gama2 com consumo de gordura; para hipertrigliceridemia: proteína transportadora de ácidos graxos 2 (FABP2) com consumo de gordura. Os dados apresentados sugerem que a genômica nutricional é importante ao desenvolvimento da obesidade e do diabetes melito.; Nutritional genomics evaluates the effects of genetic variation in the interaction between diet and chronic diseases. The aim of this manuscript was to review the most important genetic polymorphisms associated with obesity...

Avaliação do retinol no escarro e no soro de tabagistas e pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica e sua relação com o processo inflamatório

Amaral, Renata Antonialli Ferreira do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 76 f.
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica - FMB; A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e o tabagismo são doenças inflamatórias que interferem no metabolismo da vitamina A; entretanto, o comportamento do retinol nas vias aéreas destes pacientes ainda é desconhecido. Avaliar o retinol no escarro induzido e no soro de tabagistas e pacientes com DPOC e a associação destes valores com os marcadores da inflamação sistêmica e nas vias aéreas. Foram avaliados 50 pacientes com DPOC moderada a muito grave [idade média = 64,0 +/- 9,0 anos; VEF1(%) 49,9 +/- 16,8], 19 tabagistas [idade média = 49,0 +/- 6,4 anos; VEF1(%) 107,2 +/- 15,9] e 31 indivíduos controles [idade média = 48,2 +/- 8,1 anos; VEF1(%) 111,8 +/- 15,5]. Todos os indivíduos da pesquisa foram submetidos à avaliação clínica, espirometria pré e pósbroncodilatador, oximetria de pulso, avaliação da ingestão de vitamina A e do estado nutricional e coleta de sangue. A indução e coleta de escarro foi realizada em pacientes com DPOC e tabagistas. As concentrações de retinol e do fator de necrose tumoral alfa (TNF-a), interleucina (IL)-6 e IL-8 foram avaliadas no soro e no sobrenadante de escarro induzido. A concentração de PCR no soro também foi avaliada. O teste “t” de Student ou de Mann-Whitney foi utilizado para a comparação entre dois grupos. As associações entre as variáveis foram analisadas por meio do teste de correlação de Pearson ou Spearman. Para a comparação de mais de dois grupos foi utilizada ANOVA de uma via seguido do teste de Tukey ou Kruskal-Wallis seguido do teste Dunn. A correção para idade foi realizada através da análise de covariância (ANCOVA). Os valores médios de vitamina sérica foram significativamente menores nos pacientes com DPOC (1...

Efeitos imunológicos da ingestão do produto de soja fermentado em ratos induzidos quimicamente com câncer de cólon

Benzatti, Fernanda Paulin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 f. :
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; O câncer é o principal problema mundial de saúde e nos últimos anos o Brasil obteve um avanço considerável no índice de mortalidade por câncer. O câncer de cólon afeta igualmente homens e mulheres, sendo uma doença tratável e freqüentemente curável. O sistema imune é responsável pela defesa do organismo contra patógenos e alguns tumores, que desencadeiam uma resposta imune especifica na tentativa de suprimir seu crescimento. Associado à atuação dos macrófagos, o consumo de produtos derivados da soja está sendo muito difundido atualmente, podendo diminuir o risco de determinadas doenças, inclusive dos tumores, melhorando as condições de saúde. As bactérias ácido láticas são utilizadas em alimentos probióticos e são capazes de promover uma estimulação do sistema imune, influenciando através do aumento da fagocitose de patógenos e também quanto à produção de citocinas. Neste trabalho, avaliou-se a resposta imune no desenvolvimento de câncer de cólon induzido quimicamente com 1,2 dimetilhidrazina em ratos que receberam produto de soja fermentado com Enterococcus faecium CRL 183 e Lactobacillus helveticus ssp. jugurti 416...

Análise quantitativa da expressão de citocinas inflamatórias em membranas corioamnióticas de gestantes com rotura prematura de membranas pré-termo

Polettini, Jossimara
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 63 f.
Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Patologia - FMB; A Rotura Prematura de Membranas Pré-Termo (RPM-PT) é um dos principais problemas da Clínica Obstétrica, com etiologia relacionada à ascensão bacteriana do trato genital inferior para a decídua e membranas corioamnióticas. Objetivo: quantificar a expressão das citocinas inflamatórias interleucina (IL) -1b, IL-6, IL-8 e fator de necrose tumoral (TNF-a) pelas membranas corioamnióticas de gestantes com RPM-PT, e avaliar a correlação dessa expressão com a presença e intensidade do infiltrado inflamatório nas membranas e decídua. Material e Métodos: Foram incluídas no estudo, 25 gestantes com RPM-PT em trabalho de parto e 15 gestantes com RPM-PT fora do trabalho de parto. Como grupo controle foram avaliadas 25 gestantes em trabalho de parto prematuro (TPP) e bolsa íntegra. No momento da resolução da gestação, após a dequitação, foram retirados fragmentos das membranas corioamnióticas e acondicionados em RNA later para posterior quantificação do RNA mensageiro (RNAm) das citocinas inflamatórias pela técnica de PCR em tempo real. Outros fragmentos das membranas foram submetidos à análise histopatológica para avaliação da presença e semi-quantificação do infiltrado inflamatório. Resultados: No período do estudo...

Avaliação de alguns aspectos da resposta imune tipo celular em animais portadores do tumor ascitico de Ehrlich e tratados com titanocenos

Marize Campos Valadares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2002 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Neste trabalho, dando prosseguimento a estudos prévios realizados em nosso laboratório investigamos os efeitos do composto diciclopentadienildiclorotitânio IV, DDCT, (15 mg/kg/dia/ dois dias) sobre a capacidade funcional das células ?natural killer? (NK) e a produção das citocinas do perfil Th1 [interleucina (IL)-2 e interferon-g (IFN-g)] e do perfil Th2 (IL-4 e IL-10) de animais normais e portadores do tumor ascítico de Ehrlich (TAE). Além disso, para efeito comparativo, acrescentamos ao nosso estudo o diciclopentadienilditiocianatotitânio IV, BCDT, o qual é um derivado do DDCT com substituições dos radicais halogênios do DDCT por pseudo-halogênios. Com o composto BCDT, além dos parâmetros imunológicos acima mencionados, avaliamos, os efeitos do tratamento com uma, duas e três doses de BCDT (10, 15 ou 30 mg/kg/dia) sobre o crescimento e diferenciação de precursores hematopoiéticos [Células formadoras de colônias de granulócitos/macrófagos (CFU-GM)], de animais normais e portadores do TAE, os quais foram previamente realizados com o DDCT. Nestes animais, avaliamos ainda a celularidade da medula óssea, a presença de fatores estimuladores de colônias hematopoéticas (CSFs ) e a sobrevida. Nossos resultados demonstraram uma maior eficácia do composto DDCT em relação ao BCDT. No entanto...

Caracterização fisico-quimica e biologica de uma fosfolipase A2 isolada do veneno de Bothrops moojeni; Physicoquemical and biologic characterization of phospholipase A2 isolated from Bothrops moojeni venom

Andrana Karla Calgarotto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Bothrops moojeni é uma espécie de serpente de grande importância devido a sua ampla distribuição na América do Sul e Central além dos quadros clínicos que o veneno causa. Dentre as espécies peçonhentas brasileiras o gênero Bothrops é o mais numeroso e é o que apresenta os maiores índices de notificações relacionados a acidentes ofídicos. Os venenos de serpentes possuem uma mistura de substâncias biologicamente ativas sendo a maior parte composta por proteínas. Fosfolipases A2 (PLA2), proteínas presentes no veneno de serpentes, agem hidrolisando fosfolipídios de membrana na posição sn2 liberando lisofosfolipídios e ácidos graxos, além de exibir uma ampla variedade de efeitos farmacológicos. A isoforma de fosfolipase A2 (PLA2), denominada BmTX-I foi isolada através de um sistema de cromatografia em HPLC utilizando uma coluna de fase reversa µ-Bondapak C18. O alto grau de pureza foi confirmado através de eletroforese em SDS-PAGE Tricina (16,5%) e também através da determinação da massa molecular (14,238.71 Da) por espectrometria de massas (MALDI Tof). A caracterização cinética da BmTX-I PLA2 (Asp49) mostrou que tal isoforma é altamente estável e apresenta um pH ótimo de 8,0 e temperatura de 37º C. Frente a diferentes concentrações do substrato ácido 4-nitro-3-(octanoyloxy) benzóico a BmTX-I mostrou um comportamento com tendência alostérica. Na ausência de Ca2+ e na presença de alguns íons divalentes tais como Mg2+...

Ação do oxido nitrico e da via dependente de guanosina monofosfato ciclico nas propriedades adesivas de leucocitos de pacientes com anemia falciforme; Role of nitric oxide and the cyclic guanosine monophosphate dependent patway on the adhesive properties leucocytes of sickle cell disease patients

Andreia Averci Canalli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A hemoglobina S (HbS) é decorrente de uma mutação de ponto que ocasiona a troca do ácido glutâmico pela valina na cadeia polipeptídica da globina beta. A polimerização da HbS desoxigenada (pouco solúvel), torna as hemácias menos flexíveis e favorece a impactação das mesmas na microcirculação com subseqüente obstrução da luz do endotélio e vaso-oclusão, seguida de lesões a orgãos alvos, responsáveis pela morbi-mortalidade associada a essa doença. Numerosas evidências sugerem que outros fatores participem da fisiopatologia da vaso-oclusão e do processo inflamatório crônico característico da anema falciforme (AF). A redução da biodisponibilidade do óxido nítrico (NO) pode ser um fator que favoreça a vaso-oclusão, uma vez que ele é um gás vasodilatador e pode inibir a adesão leucocitária. Nesse contexto, os objetivos do presente trabalho foram avaliar as propriedades adesivas dos neutrófilos de pacientes com AF e investigar o papel da via de sinalização do NO e dos nucleotídeos cíclicos (AMPc e GMPc) nos processos de vaso oclusão na AF. Os neutrófilos de pacientes com AF apresentaram maior adesão in vitro para ambos ligantes, fibronectina (FN) e molécula de adesão intercelular (ICAM-1), quando comparados à adesão de neutrófilos de controles. A co-incubação dos neutrófilos de pacientes com AF com agentes doadores de NO...

Efeitos do exercício aeróbio, resistido e combinado no controle metabólico, marcadores inflamatórios, adipocinas e sinalização da insulina no músculo em pacientes com diabetes mellitus tipo 2; The effects of aerobic, resistance, and combined exercise on metabolic control, inflammatory markers, adipokine, and muscle insulin signaling in patients with type 2 diabetes mellitus

Maria Luiza Mendonça Pereira Jorge
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
Objetivo: O exercício regula a glicose sanguínea através de diferentes mecanismos, tanto dependente quanto independentemente da ação da insulina. O propósito deste estudo foi comparar os efeitos de três modalidades de exercício sobre o controle metabólico, resistência insulínica, marcadores inflamatórios, adipocinas e expressão tecidual do IRS-1, GLUT-4, JNK2, pIKK?, NFkB após 12 semanas de treinamento em pacientes com diabetes tipo 2. Material e Método: Quarenta e oito pacientes com diabetes tipo 2, classificados pelo critério da Associação Americana de Diabetes, foram randomizados para quatro grupos (3 vezes/semana, 60 min/sessão): treinamento aeróbio (n=12), treinamento de força (n=12), treinamento combinado (aeróbio e força) (n=12) e grupo controle (n=12). Os critérios de inclusão eram: idade entre 30 e 70 anos e índice de massa corporal (IMC) entre 25 e 40 kg/m2. Todos os pacientes usavam agentes antidiabéticos orais ou dieta somente. Os critérios de exclusão incluíam terapia insulínica atual, uso de corticosteróides ou qualquer condição que contra indicasse atividade física. Glicemia de jejum e pós-prandial, hemoglobina glicada (A1c), perfil lipídico, índice de resistência insulínica (HOMA-IR)...

Avaliação da expressão gênica de marcadores inflamatórios em células mononucleares de pacientes com trombose venosa profunda; Evaluation of the genetic expression of inflammatory mediators in mononuclear cells from deep venous thrombosis patients

Fernanda Dutra Santiago Bassora
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A trombose venosa é definida como a oclusão de um vaso do sistema venoso. Três fatores básicos para a formação de um trombo no interior dos vasos são: alteração do fluxo sangüíneo, da parede vascular e/ou dos elementos sangüíneos. A trombose venosa e a embolia pulmonar, que ocorre como uma complicação subseqüente representa uma causa importante de morbidade e mortalidade em pacientes hospitalizados. A freqüência da trombose venosa foi estimada em aproximadamente 1/1000 na população em geral. Na maior parte dos casos existe uma tendência para trombose determinada pela presença de um fator causal herdado ou adquirida, ou pela interação desses fatores, bem como por variações genéticas que determinam alterações nos níveis das proteínas pró-coagulantes e anticoagulantes. Dados da literatura têm sugerido a associação de mecanismos inflamatórios com a fisiopatologia da trombose venosa profunda (TVP). Os monócitos, estimulados por citocinas ou endotoxinas, expressam fator tecidual, o maior indutor da coagulação sangüínea, e que também tem a função de sinalização para a mobilidade celular e vascular. Os leucócitos apresentam receptores capazes de ligar e ativar o fator X da coagulação, servindo como via alternativa para a formação de trombina. As plaquetas podem aderir ao endotélio intacto e através da liberação de mediadores e citocinas como interleucina (IL)-1 e Fator de necrose tumoral-a (TNF-a)...

Avaliação da resposta anti-inflamatória intestinal de proantocianidinas de Rhizophora mangle L. no tratamento de colite experimental induzida por ácido tri-nitro-benzeno sulfônico (TNBS) em ratos e dextrana sal sódico (DSS) em camundongos; Evaluation of the intestinal anti-inflammatory response of proanthocyanidins of Rhizophora mangle in the treatment of experimental colitis induced by trinitro benzene sulfonic acid (TNBS) in rats and dextran sodium sulfate (DSS) in mice

Felipe Meira de Faria
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
As doenças inflamatórias intestinais (DII) compreendem doença de Crohn e reto-colite ulcerativa inespecífica, ambas caracterizadas por processo inflamatório crônico e descontrolado no intestino mediado por células do sistema imune. DII tem sido objeto de extensas pesquisas nos últimos anos; indefinição sobre etiologia e ausência de tratamento eficaz os justificam. Nesse cenário, produtos naturais surgem como alternativas terapêuticas, uma vez que moléculas com atividade farmacológica pronunciada, especialmente compostos fenólicos, têm merecido destaque. Neste trabalho foram avaliadas três frações orgânicas (aquosa – Aq, butanólica – BuOH, e acetato de EtOAc) obtidas a partir das cascas de Rhizophora mangle em modelos experimentais de colite induzida por dextrana sal sódico (DSS) em camundongos e ácido 2,4,6-tri-nitro-benzeno-sulfônico (TNBS) em ratos. BuOH (0.5 e 1.5 mg.Kg-1) e EtOAc (1.5 mg.Kg-1) foram efetivas no modelo de colite por DSS, enquanto BuOH 0.5 mg.K-1 e EtOAc 1.5 mg.Kg-1 mostraram-se eficazes na colite aguda por TNBS. No modelo sub-crônico de colite os tratamentos BuOH e EtOAc reduziram novamente os danos causados pelo TNBS, embora BuOH tenha se mostrado mais eficiente. A avaliação de mediadores envolvidos nesses modelos experimentais mostrou que tanto BuOH quanto EtOAc exercem ação sobre a atividade da glutationa peroxidase (GSH-Px) e mieloperoxidase (MPO) bem como sobre os níveis das citocinas pró-inflamatórias fator de necrose tumoral-α (TNF-α)...

Biomarcadores inflamatórios sobre a rigidez arterial em hipertensos resistentes = : Inflammatory markers and arterial stiffness in resistant hypertension; Inflammatory markers and arterial stiffness in resistant hypertension

Natália Ruggeri Barbaro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
A inflamação tem sido associada à hipertensão arterial e lesões de órgãos-alvo, sendo que elevados níveis de biomarcadores inflamatórios como a interleucina 6 (IL-6), 10 (IL-10), 1β (IL-1β), fator de necrose tumoral alfa (TNF-α) e a proteína C reativa ultra sensível (PCR-US) têm sido relacionados à doenças cardiovasculares. Estes biomarcadores inflamatórios estão envolvidos na rigidez arterial, um importante fator de risco cardiovascular. De fato, a hipertensão arterial resistente (HAR) possui um prognóstico desfavorável atribuído ao não controle pressórico e a outros fatores de risco associados. Entretanto, ainda não foi estabelecido o perfil dessas citocinas na HAR, também não se conhece o potencial impacto desses biomarcadores inflamatórios na rigidez arterial. Este estudo transversal em 32 pacientes com HAR, 20 com hipertensão de grau leve a moderado (HAS) e 20 normotensos (NT) teve como objetivo avaliar a relação de marcadores inflamatórios com a rigidez arterial em pacientes hipertensos resistentes. Foram avaliadas as medidas de pressão arterial de consultório e rigidez arterial, através da velocidade de onda de pulso (VOP). As concentrações plasmáticas de IL-10, IL-6, IL-1β e TNF-α foram determinadas por ELISA e PCR-US por nefelometria. O teste de Kruskal-Wallis foi utilizado para comparar os níveis de IL-6...

Evaluation of the effect of tooth movement on the development of diabetes-induced neuropathy in rats = : Avaliação do efeito da movimentação ortodôntica no desenvolvimento de neuropatia decorrente do diabetes induzido em ratos; Avaliação do efeito da movimentação ortodôntica no desenvolvimento de neuropatia decorrente do diabetes induzido em ratos

Fabiana Furtado Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
15.87%
O diabetes induz resposta inflamatória acentuada resultando em maior movimentação dental por dispositivos ortodônticos. Sendo assim, este estudo teve como objetivo avaliar se o aumento da resposta inflamatória, decorrente do tracionamento dental por um dispositivo ortodôntico, induzido pelo diabetes altera a excitabilidade neuronal no gânglio trigeminal. Para este estudo foram utilizados ratos Wistar (±150 g, n= 4-6/grupo) tratados com injeção intraperitoneal de tampão citrato (veículo; Normoglicêmicos - NG), estreptozotocina 75 mg/kg (Diabético - DG), ou estreptozotocina 75 mg/kg + injeção subcutânea de insulina (Diabético tratado com insulina - IG). Vinte e oito dias após o tratamento foi instalado um dispositivo ortodôntico e a movimentação dentária foi avaliada nos dias 0, 1, 3, 6 ou 12. Após o tempo correspondente, os animais foram anestesiados e a maxila, gânglio trigeminal e tecido gengival removidos e submetidos à análise para quantificação da movimentação dentária e análise bioquímica (ELISA) para avaliação da liberação de glutamato, Fator de Necrose Tumoral-alfa (TNF-α), Interleucina 1-beta (IL-1β), Substância P (SP) e Peptídeo Relacionado ao Gene da Calcitonina (CGRP). Os resultados demonstraram que o diabetes aumentou significativamente o movimento dental induzido pelo tracionamento ortodôntico nos dias 1...