Página 14 dos resultados de 262 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Caracterização cinética e bioquímica da enzima inosina monofosfato desidrogenase (EC 1.1.1.205) de Mycobacterium tuberculosis como alvo para o desenvolvimento de inibidores

Rostirolla, Diana Carolina
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.03%
A tuberculose (TB) permanece entre as principais causas de morte por doenças infectocontagiosas e estima-se que um terço da população mundial esteja infectada pelo Mycobacterium tuberculosis. Apesar de existirem tratamentos disponíveis há mais de 50 anos, a TB é responsável por causar altas taxas de mortalidade em todo o mundo. A coinfecção com o HIV e a emergência de TB resistente a múltiplas drogas representam um desafio à saúde pública e têm estimulado a pesquisa por novos e mais efetivos agentes terapêuticos contra a doença. Avanços na identificação de novos alvos para drogas contra a TB têm sido possíveis graças ao sequenciamento do genoma do M. tuberculosis H37Rv e incluem a elucidação da função de proteínas envolvidas em rotas bioquímicas essenciais para o crescimento micobacteriano. A enzima Inosina Monofosfato Desidrogenase (IMPDH, EC 1. 1. 1. 205) é uma enzima chave na biossíntese de nucleotídeos de purina, pois participa de uma etapa limitante na síntese de novo de nucleotídeos de guanina, a partir de inosina 5’-monofosfato (IMP). Ela catalisa a oxidação de IMP a xantosina 5’-monofosfato (XMP), com concomitante conversão de nicotinamida adenina dinucleotídeo (NAD+) à sua forma reduzida...

Calibração de sensores de baixo custo para monitoramento da qualidade do ar no Distrito Federal

Aguiar, Erick Frederico Kill
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
16.03%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2014.; O monitoramento da qualidade do ar é importante, pois a poluição do ar tem um impacto direto na saúde humana. Sensores de baixo custo ampliam novas possibilidades de monitoramento da qualidade do ar. Seu desempenho, permite uma nova estratégia de aproximação e acesso aos dados pela população e alta aplicabilidade nos processos de gestão para a área de saúde e meio ambiente. Situações críticas, que não podem ser vistas com abordagens convencionais (redes tradicionais de monitoramento da qualidade do ar), tem a possibilidade de serem rapidamente gerenciadas por uma rede ampla de sistemas portáteis com sensores. Assim, a presente pesquisa teve como objetivo a calibração e validação de sensores de baixo custo. Consequentemente, foram escolhidas áreas piloto outdoor, na região central de Brasília e pontos indoor para avaliação comparativa de performance dos sensores. Foi utilizada a metodologia de injeção volumétrica de CO a 99,999% em um box de teste de gases, com dois sensores MiCS -5521 (CO/VOC), sendo um com vida útil reduzida e o outro novo. Adotou-se o número de dez injeções para cada volume (de 1 ml a 6 ml), gerando uma média com maior intervalo de confiança para cada sensor. Os resultados da regressão linear da resistência (Ohms) x volume injetado (ml)...