Página 3 dos resultados de 298 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

A relação entre a IL-6 e a desnutrição proteico-calórica

Rodrigues, Rosária; Novo, André; Travassos, Francisco; Castro, Rui; Azevedo, José
Fonte: Sociedade Portuguesa de Nefrologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Nefrologia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
26.19%
A desnutrição proteico-calórica (DPC) associada a um estado inflamatório crónico é comum nos doentes IRC em HD. Parece existir uma associação da DPC com a produção de citocinas pró-inflamatórias, como a interleucina-6 (IL-6). Esta relação ainda não está totalmente esclarecida mas elevações da IL-6 podem ser responsáveis pela diminuição do apetite, perda de peso, hipoalbuminémia, aumento do catabolismo proteico, lipólise e resistência à insulina. Além disso, a IL-6 é um factor preditivo de mortalidade em doentes IRC. Objectivo: Estudar a relação entre os marcadores inflamatórios IL-6, proteína C reactiva e a DPC. Material e métodos: Foi efectuado um estudo de corte transversal para avaliar a desnutrição proteico-calórica através de BIA e de um estudo analítico de doentes em HD na nossa Clinica. Foram avaliados 100 doentes IRC em HD de alto-fluxo. Recolheram-se os seguintes dados: idade, sexo, história clínica, co-morbilidade no início da HD, BIA e valores analíticos (IL-6, albumina, proteína C reactiva, dose de diálise e colesterol total). Resultados: Foram considerados desnutridos homens com índice de massa celular (BCMI)<10,5 e mulheres com BCMI<7,5. A amostra foi dividida em doentes com menos ou mais de 65 anos (n=48; n=52 resp.). Verificamos que os doentes mais novos apresentam valores superiores de BCMI (11...

Efeito da solução salina hipertônica nas lesões resultantes da isquemia/reperfusão hepática: estudo experimental em ratos; Effect of hypertonic saline solution during ischemia/reperfusion injury in rat liver

Figueira, Estela Regina Ramos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.18%
Introdução: A lesão de isquemia/reperfusão do fígado é caracterizada pelo agravamento da lesão isquêmica hepatocelular quando o órgão é revascularizado, podendo originar, nos casos mais graves, uma reação inflamatória sistêmica com lesão de órgãos à distância. O controle desse fenômeno é importante no transplante de fígado, nas cirurgias de ressecção hepática e no choque hemorrágico. A administração de soluções salinas hipertônicas têm se mostrado eficaz no tratamento do choque hemorrágico, pois melhora as alterações hemodinâmicas e, possivelmente, apresenta uma ação antiinflamatória. Neste trabalho foram avaliados os efeitos locais e sistêmicos da administração da solução salina hipertônica na lesão de isquemia/reperfusão hepática em ratos. Métodos: Enquanto 14 ratos Wistar machos, dos 56 utilizados no estudo, compuseram o grupo controle, grupo C; os demais, que foram submetidos à uma hora de isquemia hepática e 4 horas de reperfusão, compuseram outros grupos de 14 animais: o grupo ST, animais que não receberam tratamento; o grupo SSF, animais que receberam 34 mL/kg de NaCl 0,9%, por via endovenosa, 15 minutos antes da reperfusão; o grupo SSH, animais que receberam 4 mL/kg de NaCl 7...

Estudo comparativo do emprego de tramadol, codeína e cetoprofeno no controle da dor pós-operatória e nos níveis de glicose, cortisol e interleucina-6 em cães submetidos à maxilectomia ou mandibulectomia; Comparative study of the effects of tramadol, codeine, ketoprofen and combinations on postoperative pain and on levels of blood glucose, serum cortisol and interleukin-6 in dogs undergoing maxillectomy and mandibulectomy

Martins, Teresinha Luiza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.16%
Embora existam muitos estudos clínicos avaliando analgésicos e o controle da dor em cães, poucos são realizados em animais com dor do câncer e submetidos a procedimento cirúrgico para ressecção da neoplasia como a maxilectomia e mandibulectomia. Este estudo clínico foi realizado de forma prospectiva, comparativa, aleatória e de maneira simples cego com o propósito de avaliar a eficácia analgésica de diferentes tratamentos no período pós-operatório em cães submetidos à maxilectomia ou mandibulectomia. Foram utilizados no estudo 42 cães com neoplasia oral. Todos os animais foram prémedicados com acepromazina (0,05mg/kg) associado à meperidina (2mg/kg) por via intramuscular e a anestesia foi induzida com propofol por via iv na dose suficiente realizar a intubação (2.3-6.5mg/kg). O isoflurano foi utilizado para a manutenção da anestesia. Trinta minutos antes do fim do procedimento cirúrgico, os cães foram distribuídos aleatoriamente em um dos 5 diferentes grupos para analgesia pósoperatória: tramadol 2mg/kg (Tra), codeína 2mg/kg (Co), cetoprofeno 2mg/kg (Ce), tramadol 2mg/kg associado ao cetoprofeno 2mg/kg (TraCe) ou codeína 2mg/kg associado ao cetoprofeno 2mg/kg (CoCe), por via subcutânea. A freqüência cardíaca (FC) e respiratória (FR)...

Avaliação da terapia antimicrobiana fotodinâmica na modulação das respostas imunoinflamatória e cicatricial dos tecidos periodontais. Estudo clínico, controlado e randomizado em pacientes com periodontite crônica; Adjuntc effect of the antimicrobial photodynamic therapy to scaling and root planning. A randomized controlled clinical study in patients with chronic periodontitis.

Andrade, Patrícia Freitas de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.38%
Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar o efeito adjunto da terapia antimicrobiana fotodinâmica (aPDT) aos procedimentos de raspagem e alisamento radicular (RAR) na modulação das respostas imunoinflamatória e cicatricial dos tecidos periodontais, através de análises imunoenzimática e de expressão gênica. Material e Métodos: Foram selecionados 15 pacientes portadores de Periodontite Crônica, apresentando dentes molares inferiores bilaterais com lesões de bifurcação classe III e indicados para extração. Cada par de dentes foi dividido aleatoriamente em grupo controle (GC), no qual foi realizada a RAR, e em grupo teste (GT), no qual além da RAR, foi realizada a aPDT. Previamente à execução desta terapia inicial básica (baseline: tempo 0), amostras de fluido crevicular gengival (FCG) foram coletadas, visando à determinação dos níveis de interleucina-1β (IL-1β), metaloprotease-8 (MMP-8), osteoprotegerina/ligante do receptor de ativação do fator nuclear-κβ (OPG/RANKL) e fator de crescimento transformador-vβ(TGF-β) através do teste Elisa. Após 45 dias da realização da terapia inicial (tempo 1), coletou-se novas amostras de FCG e, em seguida, foram realizadas cirurgias a retalho associadas à RAR no GC...

Caracterização da resposta inflamatória no paciente com infecção por HIV/aids e sepse; Inflammatory response characters in patients with sepsis and HIV infection/AIDS

Silva Júnior, João Manoel da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.31%
Sepse é uma resposta sistêmica do hospedeiro à infecção caracterizada por alterações clínicas e laboratoriais. Em pacientes imunodeprimidos, tais alterações podem não ser nem sensíveis nem específicas para causas infecciosas, assim como agentes etiológicos, focos primários de infecção e evolução clínica podem ser distintos. A identificação de marcador laboratorial de sepse poderia auxiliar no diagnóstico, tratamento e avaliação prognóstica dessa população. O objetivo do presente estudo foi avaliar a evolução clínica, laboratorial e de marcadores inflamatórios em pacientes com infecção pelo HIV/aids e sepse, comparando-os a pacientes sépticos não infectados pelo HIV. Tratou-se de estudo prospectivo observacional de pacientes adultos com sepse grave ou choque séptico associados ou não à infecção pelo HIV/aids e admitidos em unidade de terapia intensiva. Os pacientes foram avaliados à admissão, no terceiro e sétimo dias de internação na unidade de terapia intensiva quanto a parâmetros clínicos, laboratoriais e escores de gravidade, assim como os seguintes marcadores inflamatórios: proteína c-reativa (PCR), procalcitonina (PCT), interleucina-6, interleucina-10 e TNF-. Os pacientes também foram avaliados quanto à sobrevida por ocasião da alta da hospitalar...

Avaliação do metabolismo e atividade inflamatória nas diversas formas evolutivas da doença de Chagas: correlação com disfunção autonômica; Evaluation of metabolism and inflammatory activity in different forms of Chagas' disease: correlation with autonomic dysfunction

Ferreira, João Marcos Bemfica Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.33%
INTRODUÇÃO: A cardiopatia chagásica crônica (CCC) apresenta características específicas, tais como: disfunção autonômica e atividade inflamatória exacerbada. Esta fisiopatologia sugere que alguns parâmetros metabólicos podem estar alterados em pacientes chagásicos. O objetivo deste estudo foi avaliar os parâmetros metabólicos e inflamatórios nas diversas formas evolutivas de doença de Chagas e sua correlação com medidas de avaliação do Sistema Nervoso Autônomo (SNA). MÉTODOS: Foram avaliados 60 indivíduos divididos em 4 grupos (n=15): Grupo controle (GC), Grupo FI - forma indeterminada, Grupo ECG- cardiopatia chagásica com alteração eletrocardiográfica sem disfunção ventricular e Grupo IC - cardiopatia chagásica com disfunção ventricular e insuficiência cardíaca. Todos os grupos foram pareados de acordo com sexo, idade e índice de massa corporal. Os pacientes realizaram dosagens sanguíneas de insulina, leptina, adiponectina, interleucina-6 (IL- 6) e fator de necrose tumoral-alfa (TNF-alfa) pelo método de ELISA. O SNA foi avaliado através da variabilidade da frequência cardíaca no holter 24 horas e no teste de inclinação postural. Os valores de RMSSD, pNN50 e do componente alta frequência (AF) foram utilizados como estimativa da atividade parassimpática. Os valores do componente de baixa frequência (BF) estimaram a atividade simpática. A análise estatística foi feita utilizando-se a ANOVA ou teste de Kruskal-Wallis para a comparação entre os grupos...

Papel da atividade física regular realizada durante vários anos na função imune do idoso; Role of regular practice of physical activity over several years on immune function in the elderly

Arai, Milton Hideaki
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.37%
A proposta principal deste estudo foi de avaliar o efeito da prática regular de atividade física por longos anos na imunossenescência, isto é, nas alterações que o sistema imune sofre com o envelhecimento. Para tal, comparou-se os resultados dos exames imunológicos de 20 idosos praticantes de corrida (idade média = 67 anos) aos de 20 idosos sedentários (idade média = 66 anos) e 10 jovens sedentários (idade média = 26 anos). Os idosos corredores eram praticantes da modalidade em média nos últimos 23 anos e vinham percorrendo uma distância semanal média de 39 quilômetros. O consumo máximo de oxigênio (VO2 max) deles foi 52% maior do que o dos idosos sedentários, atingindo valores similares aos dos jovens. Os parâmetros imunológicos analisados foram: contagem de linfócitos e seus subtipos, resposta proliferativa dos linfócitos T a mitógenos, atividade citotóxica das células natural killer e produção de citocinas (interleucinas 2, 3, 4, 6, 10 e 12). A dosagem das mesmas citocinas no soro também foi realizada, porém somente nos dois grupos de idosos. Os idosos corredores apresentaram resposta proliferativa dos linfócitos T a OKT-3 e produção de interleucina-2 significativamente maiores do que as dos idosos sedentários. Eles apresentaram também uma produção de interleucina-3 significativamente menor do que a dos seus pares sedentários. Por outro lado...

Gradiente imunoinflamatório sérico em pacientes com insuficiência cardíaca avançada

Grossman, Gabriel Leo Blacher
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.31%
Introdução - Diversos estudos têm apontado que uma modulação imunoinflamatória possa desempenhar papel importante na fisiopatologia da insuficiência cardíaca, através da determinação de aumento dos níveis séricos de várias citoquinas em pacientes com a síndrome. No entanto, o sítio da produção aumentada destas moléculas ainda não está claro. Métodos - Foram estudados 18 pacientes com insuficiência cardíaca classe III ou IV com fração de ejecão ≤ 35% (47±11 anos; 14/18 com etiologia não isquêmica) e 7 indivíduos controles (38±9 anos). Foram analisadas as concentrações de TNF-α, seus receptores solúveis I e II, da interleucina 6 e do receptor solúvel da interleucina 2 pelo método de ELISA no sangue periférico e sangue do seio coronário de todos os indivíduos. Resultados - Nos pacientes, as concentrações periféricas do TNF-α, e dos receptores solúveis I e II do TNF-α foram significativamente maiores do que nos indivíduos controles (3,9 ± 2,7 vs. 0,6 ± 1,9 pg/ml, p = 0,009; 1477 ± 489 pg/ml vs. 965 ± 214 pg/ml, p = 0,01; 3149 ± 983 pg/ml vs.1700 ± 526 pg/ml, p = 0,001; respectivamente). Apenas o TNF-α e a interleucina 6 apresentaram maior concentração periférica quando comparada ao sangue do seio coronário (3...

Interleucina 6 e proteinograma sérico de ovinos submetidos à endotoxemia experimental

Gerardi, Bianca
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.31%
Pós-graduação em Ciência Animal - FMVA; Objetivando-se avaliar as concentrações séricas de Interleucina 6 (IL-6) e proteinograma de ovinos submetidos à endotoxemia experimental. Dez ovinos (4 anos) foram divididos em dois grupos, Grupo Controle (GC, n=4) inoculados com NaCl 0,9 %, IV e Grupo Tratado (GT, n= 6) inoculados com 400 ng/Kg de LPS de Escheria coli. O exame físico foi realizado, imediatamente antes da inoculação (M0), bem como a coleta de sangue para perfil hematológico e bioquímico, dosagem de IL-6 e proteinograma. As amostras foram coletadas em M0 e após 2, 4, 6, 12, 24, 36, 48 e 60 horas, de realizada a inoculação. A dosagem de IL-6 foi feita pelo método de ELISA e o proteinograma pelo método de eletroforese em poliacrilamida com dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE), para o perfil hematológico utilizou-se contador de células automático (BCVet- 2800), o perfil bioquímico foi realizado utilizando-se kits comerciais (Labtest®) e por fim, a concentração de glicose foi mensurada por meio de um monitor de glicemia (Breeze 2, Bayer®). Constatou-se um aumento na concentração de IL-6 60 horas pós-inoculação de LPS. O pico febril ocorreu quatro horas pós-indução endotoxêmica. Constatou- se leucopenia com neutropenia e redução na concentração da proteína total...

Duração do efeito analgésico e expressão de diferentes metaloproteinases, do colágeno tipo IV e da interleucina-10, em córneas de coelhos tratadas com morfina, após ceratectomia lamelar

Ribeiro, Alexandre Pinto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 75 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
26.2%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; Estudaram-se os efeitos da morfina 1% sobre a reparação corneal, avaliando-se a expressão das metaloproteinases-1, -2, -9, do colágeno tipo IV e da interleucina 10 (IL-10), em coelhos submetidos à ceratectomia lamelar. Dois experimentos foram concebidos, empregando-se 56 animais. No primeiro, 6 coelhos foram tratados com 50μl de morfina 1% (GM), a cada 4 horas, totalizando 4 aplicações diárias. Outros 6 coelhos receberam solução fisiológica (GC) nas mesmas condições adotadas para o GM. Após as ceratectomias, as córneas foram avaliadas até sua epitelização. No segundo, 40 animais foram empregados e as córneas colhidas decorridos 1, 3, 6, 9 e 12 dias das ceratectomias para histologia, imunoistoquímica (MMP-1, MMP-9 e colágeno tipo IV), zimografia (MMP-2 e MMP-9) e ELISA (IL-10). Mais 4 coelhos saudáveis foram utilizados para como controle negativo.O tempo médio de reetitelização não diferiu entre os grupos. Após a ceratectomia, observou-se elevação significativa quanto ao limiar de sensibilidade corneal da 6ª até 96a hora da avaliação. Não se observaram alterações histológicas e quanto ao índice de imunomarcação da MMP-1...

Evolução da interleucina 6 e da proteína C-Reativa em pacientes com DPOC no período de três anos

Ferrari, Renata
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 63 f.
Português
Relevância na Pesquisa
26.2%
Pós-graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica - FMB; Estudos mostram que os valores médios da Interleucina 6 (IL-6) e Proteína CReativa (PCR) não mudam significativamente em pacientes com DPOC no período de um ano. No entanto, o acompanhamento de longo prazo desses mediadores não está estabelecido. Portanto, o objetivo do atual estudo é verificar a evolução dos marcadores inflamatórios sistêmicos de pacientes com DPOC após três anos e verificar a associação entre eles e os demais marcadores da doença. Uma coorte de 77 pacientes com DPOC estável foi avaliada no momento basal e 53 (VEF1=56±21%) foram incluídos no estudo. Nós avaliamos IL-6, PCR, distância percorrida em seis minutos (DP6) e índice de massa corporal (IMC) no momento basal e após três anos. A concentração plasmática de IL-6 foi avaliada por meio de ensaios imunoenzimáticos (ELISA) ultrassensíveis e a PCR foi obtida por meio de imunonefelometria com uso de kits ultrassensíveis. Os valores da IL-6 aumentaram significativamente após três anos em comparação ao momento basal [0,8 (0,5-1,3) vs 2,4 (1,3-4,4) pg/ml, p <0,001] e foram associados com piora da DP6. Os resultados da análise de regressão de Cox mostraram que os valores aumentados de IL-6 no momento basal foram associados com a mortalidade [Hazard Ratio (95% CI)=2...

Impacto dos polimorfismos Pro249Ser do toll-like receptor-6 e Asp299Gly do toll-like receptor-4 sobre a estrutura ventricular esquerda em pacientes hipertensos; Impact of toll-like receptor 6 Pro249Ser and toll-like receptor 4 Asp299Gly polymorphisms on left ventricular structure in hypertensive patients

Maria Lilian Saless
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
Estudos experimentais revelaram que a inibição de componentes da via de sinalização celular regulada pelos Toll-Like Receptors (TLRs) pode atenuar a hipertrofia cardíaca em animais submetidos à sobrecarga pressora. O objetivo deste estudo foi investigar a influência dos polimorfismos Asp299Gly do TLR4 e Pro249Ser do TLR6 sobre a estrutura do ventrículo esquerdo (VE) em indivíduos hipertensos. Foram estudados 443 pacientes por meio de avaliação clínica, laboratorial e ecocardiográfica, enquanto que os polimorfismos foram detectados por reação de polimerase em cadeia/enzima de restrição. Ademais, monócitos obtidos de sangue periférico de pacientes hipertensos foram estimulados in vitro com LPS (agonista de TLR4) e zimosan (agonista de TLR6) e a produção de interleucina-6 e fator de necrose tumoral-alfa (TNF-alfa) foi avaliada de acordo com a presença da variante Asp299Gly do TLR4 e Pro249Ser do TLR6. Mulheres que carregavam o alelo TLR4 299Gly apresentaram menor espessura de parede posterior do VE, menor espessura de septo, menor índice de massa do VE e reduzida prevalência de hipertrofia cardíaca. Mulheres homozigotas para TLR6 249Ser apresentaram menor espessura da parede do VE e menor espessura relativa da parede do VE em relação às mulheres com os genótipos Pro/Ser e Pro/Pro. Estes achados foram confirmados por análise de regressão linear múltipla...

Perfil da cistatina C, interleucina 2, interleucina 6 e fator de necrose tumoral alfa em receptores de transplante renal

Lima, José de Ribamar Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
26.37%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011.; O transplante renal é a melhor opção terapêutica e de reabilitação para pacientes com Doença Renal Crônica em estágio terminal. O aumento da sobrevida do enxerto tem sido um desafio constante, existindo a necessidade de um monitoramento contínuo para que precocemente seja detectada uma disfunção do enxerto e tomada de decisões, evitando a rejeição. Evidências sugerem que a inflamação persistente e o estresse oxidativo começam precocemente no processo de queda da função renal, apontando o valor potencial dos marcadores inflamatórios em pacientes transplantados renais como preditor de disfunção do enxerto. Com o objetivo de investigar o perfil da cistatina C (CysC), interleucina 2 (IL-2), interleucina 6 (IL-6) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-α) em receptores de transplante renal, analisou-se no período do pré transplante, com 30 e 180 dias do pós transplante através do método imunonefelométrico, a CysC sérica e através dos ensaios imuno enzimáticos humanos, os níveis séricos de IL-2, IL-6 e TNF-α em 23 pacientes que realizaram transplante renal com faixa etária compreendida entre 18 e 60 anos...

The sensitizers nickel sulfate and 2,4-dinitrofluorobenzene increase CD40 and IL-12 receptor expression in a fetal skin dendritic cell line

Vital, AL; Gonçalo, Margarida; Cruz, MT; Figueiredo, A; Duarte, CB; Lopes, MC
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
35.9%
Dendritic cells (DCs) are antigen-presenting cells (APCs) capable of capturing haptens and to process and present them to T lymphocytes. In order to sensitize T cells for contact hypersensitivity (CHS), skin DCs suffer a maturation process with modifications on their surface molecules. The aim of this work was to evaluate changes induced by two contact sensitizers, 2,4-dinitrofluorobenzene (DNFB) and nickel sulfate (NiSO4), and a non-sensitizer 2,4-dichloronitrobenzene (DCNB), on the protein levels of two activation markers, CD40 and IL-12 receptor (IL-12R), in a mouse skin dendritic cell line (FSDC). The expression of CD40 and IL-12R proteins was evaluated by western blot assay and direct immunofluorescence microscopy. The results showed that CD40 and IL-12R expression increased significantly after cell exposure to NiSO4 and DNFB, although DNFB exhibited a stronger activity. There was no effect with DCNB. The epidermal cytokine granulocyte-macrophage colony-stimulating factor (GM-CSF), also used in the experiments, slightly increased the expression of both CD40 and IL-12R and when tested together with the sensitizers the effect was partially additive. The results suggest that the sensitizers DNFB and NiSO4 are directly involved on the changes of the surface markers CD40 and IL-12R in skin DCs...

Análise ultraestrutural e de fatores de crescimento de diferentes métodos de preservação da membrana amniótica utilizada em cirurgia ocular

Pena,Janethe Deolinda de Oliveira; Melo,Gustavo Barreto de; Gomes,José Álvaro Pereira; Haapalainen,Edna Freymuller; Komagome,Ciro Massayuki; Santos,Namir Clementino; Lima Filho,Acácio Alves de Souza; Rizzo,Luiz Vicente
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.18%
OBJETIVO: Comparar, por microscopia eletrônica, a integridade anatômica e a presença de fatores de crescimento e citocinas da membrana amniótica preservada com glicerol/MEM (1:1) e dimetilsulfóxido puro. MÉTODOS: As membranas amnióticas preservadas em glicerol/MEM (1:1) ou dimetilsulfóxido puro foram processadas para microscopia eletrônica de transmissão e varredura. Como controle, membrana amniótica fresca foi imediatamente fixada após coleta e processada para microscopia eletrônica. As citocinas e os fatores de crescimento avaliados foram: TGF-beta- fator transformador de crescimento beta; TGF-beta ativ- fator transformador de crescimento beta ativado; EGF- fator recombinante de crescimento epitelial humano; FGF-4- fator de crescimento fibroblástico 4; FGF-beta- fator de crescimento fibroblástico básico; IL-4- interleucina 4; PGE2- prostaglandina E2; IL-10- interleucina 10; KGF- fator de crescimento de queratinócito; HGF- fator de crescimento de hepatócito. RESULTADOS: As membranas amnióticas do grupo controle apresentavam epitélio íntegro, com microvilos na superfície e complexos juncionais entre as células e a membrana basal. As membranas amnióticas preservadas em glicerol/MEM tinham aspecto semelhante às do controle...

Soro urêmico inibe a expressão in vitro da quimiocina SDF-1: possível impacto da toxicidade urêmica na lesão endotelial

Ribeiro,Vanessa; Bosquetti,Bruna; Gonçalves,Simone Mikosz; Bucharles,Sérgio Gardano Elias; Rempel,Lisienny; Maciel,Rayana Ariane Pereira; Oliveira,Rodrigo Bueno de; Pecoits-Filho,Roberto; Stinghen,Andréa Emilia Marques
Fonte: Sociedade Brasileira de Nefrologia Publicador: Sociedade Brasileira de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
Introdução: A disfunção endotelial é importante na patogênese da doença cardiovascular (DCV) relacionada à doença renal crônica (DRC). Stromal cell-derived factor-1 (SDF-1) é uma quimiocina que mobiliza células endoteliais progenitoras (EPC) e em conjunto com a interleucina-8 (IL-8) podem ser usadas como marcadores de reparo e lesão tecidual. Objetivo: Neste trabalho, foi investigado o efeito do meio urêmico na expressão de SDF-1 e IL-8 in vivo e in vitro. Métodos: A inflamação sistêmica foi avaliada por meio da proteína C-reativa (PCR) e interleucina-6 (IL-6). IL-8 e SDF-1 foram avaliados por ELISA como marcadores de disfunção endotelial e reparo tecidual, respectivamente. Os estudos in vitro foram realizados em células endoteliais umbilicais humanas (HUVEC) expostas ao meio urêmico ou saudável. Resultados: Foram incluídos nesse estudo 26 pacientes em hemodiálise (HD) (17 ± 3 meses em diálise, 52 ± 2 anos, 38% homens e 11% diabéticos). As concentrações séricas de PCR, IL-6, SDF-1 e IL-8 foram 4,9 ± 4,8 mg/ml, 6,7 ± 8,1 pg/ml, 2625,9 ± 1288...

Análise da polarização da resposta imunológica TH1 e TH2 em mulheres com infertilidade inexplicada e mulheres inférteis com endometriose = : Polarization of TH1 and TH2 immune response analysis in women with unexplained infertility and infertity with endometriosis; Polarization of TH1 and TH2 immune response analysis in women with unexplained infertility and infertity with endometriosis

João Agripino Guimarães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.41%
Contexto e objetivo: Alterações imunológicas podem estar associadas à infertilidade e endometriose. O objetivo deste estudo foi avaliar se, na infertilidade inexplicada e na infertilidade associada à endometriose, ocorre polarização da resposta imunológica Th1ou Th2. Tipo de estudo e local: Foi realizado um estudo de corte transversal no Centro de Atenção Integral a Saúde da Mulher (CAISM), Universidade de Campinas (Unicamp), Campinas, São Paulo, Brasil, de janeiro a junho de 2010. Métodos: 142 mulheres foram alocadas em três grupos (52 com infertilidade inexplicada, 38 inférteis com endometriose e 52 férteis) para dosagem de citocinas Th1 (interleucina 2, fator de necrose tumoral-? e do interferon-y ) e citocinas Th2 (interleucinas 4 e 10). Os dados foram descritos através de média, desvio-padrão e mediana, e através de frequências absolutas e relativas. Os grupos foram comparados em relação às variáveis através dos testes de qui-quadrado ou exato de Fisher. As citocinas foram comparadas entre os grupos através do teste de Kruskal-Wallis; em caso de diferença significativa, foram feitas comparações dois a dois através do teste de Mann-Whitney e aceitou-se nível de significância 5%. Resultados: As mulheres com infertilidade inexplicada apresentaram menores níveis de interferon-? (p = 0...

Efeito das fibras alimentares de abobora na inflamação intestinal induzida em ratos; Pumpkin dietary fiber effects on induced intestinal inflammation in rats

Erika Suzuki
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
As Doenças Inflamatórias Intestinais (DII), que englobam a Doença de Crohn (DC) e a Retocolite Ulcerativa Inespecífica (RCUI), representam um grande problema para a saúde, uma vez que um único tipo de tratamento com corticosteróides, imunomoduladores ou anti-TNF-a não é eficaz para manter as remissões. Além disso, esses medicamentos possuem efeitos colaterais e o custo do tratamento é elevado. O número de pessoas que desenvolvem as DII está aumentando substancialmente; isso se deve, principalmente, a fatores genéticos e, secundariamente, a fatores ambientais como alimentação, fumo, fármacos, estresse e a flora comensal. As DII são consideradas superexpressões do sistema imune, que levam ao ataque do trato gastrointestinal do próprio hospedeiro. Nesse contexto, fibras alimentares (FA) são indicadas como adjuvantes no tratamento das DII. Esse estudo teve como objetivo investigar o efeito protetor e/ou terapêutico das FA de abóbora na prevenção da inflamação intestinal induzida por TNBS em ratos. As fibras solúveis, ao serem fermentadas pelas bactérias intestinais anaeróbicas, produzem ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) entre outras substâncias. AGCC são de elevada importância nas DII, principalmente o butirato...

Efeitos da Chlorella vulgaris sobre a resposta imunologica de camundongos infectados com a Listeria monocytogenes

Denise Conceição Mesquita Dantas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/1999 Português
Relevância na Pesquisa
26.31%
Neste trabalho estudamos os efeitos imunofarmacológicos do extrato da Chlorella vulgaris (ECV), sobre a resposta imunológica de camundongos BALB/c _infectados com a bactéria Usteria monocytogenes. . O efeito do ECV foi verificado sobre o número de células progenitoras hematopoiéticas da medula óssea para a série granulócito-macrófago (CFU-GM) e sobre a atividade estimuladora de colônia (CSA), presente no soro de animais infectados com a L. monocytogenes, tratados com o ECV e tratados e infectados. Além disso, investigamos nestes animais os efeitos do ECV sobre a atividade de células "Natural Killer" (NK) e sobre a resposta específica 'a infecção através das citocinas produzidas pelas sub-populações de células T auxiliares "T helper-1" (Th1) através dos níveis de interleucina-2 (IL-2) e interferon-gama (IFN-y), e de "Thelper-2"(Th2) pelos níveis de interleucina-4 (IL-4) e interleucina-10 (IL-10). Para a realização dos experimentos os animais foram tratados por via oral durante cinco dias consecutivos com o ECV na dose de 50 mg/Kg/dia. Ao final do tratamento, os animais foram infectados com uma dose sub-letal da bactéria (1x104 bactérias/animal). Os animais inoculados com a bactéria apresentaram uma mielosupressão que foi revertida pelo tratamento prévio com o ECV...

Increased telomerase expression in fibroblasts occurs earlier than myofibroblast alfa-smooth muscle actin expression in the remodeling process of usual interstitial pneumonia; Aumento na expressão de telomerase por fibroblastos ocorre precocemente à expressão de alfa-actina de músculo liso por miofibroblastos no processo de remodelamento da pneumonia intersticial usual

Waisberg, Daniel Reis; Silva, Osmar Bianchi da; Atanazio, Marcelo Junqueira; Parra, Edwin Roger; Barbas Filho, João Valente; Capelozzi, Vera Luiza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
Objetivo: Identificar potenciais marcadores associados à expressão de telomerase em fibroblastos e de α-actina de músculo liso (α-AMS) em miofibroblastos de pulmões de pacientes com fibrose pulmonar idiopática/pneumonia intersticial usual (FPI/PIU). Métodos: Utilizamos cortes histológicos de 34 biópsias cirúrgicas de pulmão de pacientes com FPI, caracterizados, à histopatologia, pelo padrão de PIU. As expressões de telomerase por fibroblastos, de α-AMS por miofibroblastos e tecidual de interleucina-4 (IL-4), de fator de crescimento transformador-β (TGF- β) e de fator de crescimento de fibroblastos básico (bFGF) foram avaliados por imunohistoquímica e quantificadas pela técnica de contagem de pontos nas áreas pulmonares de colapso (COL), de fibrose mural (FM) e de faveolamento (FV). Resultados: A expressão de telomerase foi significativamente maior nas áreas de COL que nas áreas de FM e FV. O mesmo foi observado para a expressão de bFGF. Interleucina-4 e α-AMS tiveram expressão significativamente maior nas áreas de FM. A expressão de TGF-β foi maior nas áreas de COL e FV. Observamos uma associação positiva entre expressão de telomerase e bFGF nas áreas COL, FM e FV. O mesmo ocorreu com a expressão de α-AMS e IL-4. Nas áreas de FM...