Página 5 dos resultados de 3653 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Avaliação das propriedades antigenotóxicas e antioxidantes do flavonóide quercetina e dos carotenóides bixina e norbixina contra os danos no material genético e distúrbios do estado redox causados pelo cloreto de mercúrio e metilmercúrio, in vitro e in vivo; Evaluation of antigenotoxic and antioxidant properties of the flavonoid quercetin and of the carotenoid bixin and norbixin against DNA-damage and alterations of redox status induced by mercury chloride and methylmercury, in vitro and in vivo

Barcelos, Gustavo Rafael Mazzaron
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
O mercúrio (Hg) é um dos metais mais tóxicos presente no meio ambiente e o principal mecanismo relacionado à sua toxicidade é a indução do estresse oxidativo; sua forma orgânica, metilmercúrio (MeHg) é a que apresenta maior toxicidade. A exposição ao Hg ocorre principalmente através da inalação por trabalhadores ocupacionalmente expostos em diversas indústrias e/ou através do consumo de peixes e outros alimentos aquáticos contendo este metal, como por exemplo, populações amazônicas que estão expostas ao MeHg, via dieta, através do consumo de peixes contaminados. Por outro lado, é pressuposto que alimentos ricos em antioxidantes possam prevenir os efeitos adversos à saúde causados pela exposição ao Hg. O flavonóide quercetina (QC) é o principal polifenol da dieta humana, encontrado principalmente em cebola e frutas cítricas e os carotenóides bixina (BIX) e norbixina (NOR) estão presentes em grandes quantidades no urucum, o qual é amplamente utilizado como condimento no Brasil. Assim sendo, o presente trabalho teve por objetivo avaliar os possíveis efeitos protetores do flavonóide QC e dos carotenóides BIX e NOR contra os diversos efeitos adversos causados pelo cloreto de mercúrio (HgCl2) e MeHg...

Uso de substâncias antioxidantes na resposta à radiação dos hidrocolóides carragenanas, agaranas e alginatos utilizados na indústria alimentícia; Use of antioxidants substances to protect the hidrocolloids carrageenan, agaran and alginates used in food industry when expose to radiation

Aliste, Antonio João
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Carragenanas, agaranas e alginatos são hidrocolóides largamente utilizados em todo tipo de produtos alimentícios como aditivos espessantes. Eles não são absorvidos pelo organismo e, portanto não introduzem calorias extras na dieta. A irradiação se apresenta com grande potencial como um método alternativo na preservação de alimentos pois não induz aumento da temperatura, e é, portanto, de grande eficácia na descontaminação de ingredientes alimentícios sensíveis ao calor. Neste trabalho, soluções dos hidrocolóides agararana, carragenana e aiginato de sódio, foram irradiadas com diferentes doses (0-10 kGy) de radiação gama de Co-60 na presença de antioxidantes também utilizados na indústria alimentícia: ácido ascórbico, extrato vegetal de rosela (Híbiscus sabdariffa L.) e isofiavona de soja. As soluções dos polissacarídeos comestíveis agarana, carragenana e alginato de sódio mostraram ser bons sistemas para avaliar o efeito da radiação ionizante por apresentarem radiossensibilidade característica medida pelas mudanças na viscosidade. Os resultados obtidos mostram que esses antioxidantes apresentam, no geral, ação radioprotetora o que pode ser de grande valia nas aplicações futuras da irradiação de alimentos em escala comercial.; Carrageenan...

Oxidação da LDL in vivo e in vitro, concentração de antioxidantes plasmáticos e de apolipoproteína H (β2Glicoproteína I) em idosos hipercolesterolêmicos; In vitro and in vivo LDL oxidation and plasmatic concentration of antioxidants and apolipoprotein H (β2Glycoprotein I) in hypercholesterolemic elderly subjects

Alves, André Fonseca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
A idade avançada e a dislipidemia são dois dos fatores de risco clássicos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e se associam à fisiopatologia da aterosclerose. A oxidação da LDL, in vivo, é parte do mecanismo de iniciação e progressão das placas ateromatosas. A LDL oxidada, encontrada no espaço sub-endotelial, interfere com a função de células endoteliais e macrófagos. Formas minimamente oxidadas da LDL, ou LDLminus, são circulantes. Discute-se a importância das vitaminas como substâncias protetoras in vivo, embora a susceptibilidade da partícula à oxidação in vitro dependa de seu conteúdo em antioxidantes lipossolúveis. A apolipoproteína H ou H-β2glicoproteína I (β2GPI) é uma apolipoproteína capaz de ligar-se a lipoproteínas oxidadas in vitro, especialmente a LDL e pode desempenhar um papel protetor, in vivo. A oxidação da LDL avaliada pela sua susceptibilidade à oxidação in vitro e pela concentração plasmática de LDLminus in vivo, a concentração plasmática de vitaminas antioxidantes e de β2GPI foram avaliadas em cem indivíduos idosos hipercolesterolêmicos (concentrações LDL > 130mg/dL) clinicamente normais. Estes indivíduos foram orientados a manter a dieta preconizada pela American Heart Association e atividade física regular. Mediram-se as concentrações de colesterol total e frações e separou-se a fração de LDL por ultracentrifugação...

Importância da atividade de enzimas antioxidantes na progressão da severidade da sepse

Andrades, Michael Everton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
A sepse é uma síndrome inflamatória sistêmica decorrente de uma infecção que pode causar sérios danos a todos os órgãos do paciente, podendo levá-lo à morte. Dados epidemiológicos norte americanos estimam que 750.000 pacientes são acometidos a cada ano por sepse. A taxa de mortalidade varia de 20 a 60%, dependendo da severidade, sendo semelhante para o Brasil. A terapia utilizada é o tratamento com antibióticos, manutenção de pressão sanguínea e ventilação mecânica, que apesar de extremamente caros ainda se mostram com baixa eficiência, tornando a morte por sepse em UTI mais relevante que mortes por câncer de mama ou AIDS, nos EUA. Tratamentos que demandam grande soma de recursos tendem a ser um grande problema para países como o Brasil, que através do Sistema Único de Saúde, supre o paciente com a terapêutica disponível. Por isso, a compreensão da doença e o desenvolvimento de terapias alternativas mais eficazes e mais barata são de extrema importância. Neste sentido, diversas terapias alternativas têm sido propostas (insulinoterapia, administração de proteína C ativada - Drotrecogina alfa®, antioxidantes ou anticorpos anti-citoquinas). Radicais livres são fisiologicamente produzidos pela mitocôndria e por outras enzimas...

Parâmetros oxidativos plasmáticos na determinação do desfecho e resposta ao tratamento com antioxidantes na sepse

Guerreiro, Márcio Osorio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
OBJETIVOS: determinar a relação entre parâmetros de estresse oxidativo, gravidade de sepse e resposta ao tratamento com antioxidantes. MATERIAL E MÉTODOS: foram incluídos pacientes consecutivos admitidos na UTI de um hospital terciário com o diagnóstico de sepse, sepse grave ou choque séptico. Os pacientes foram avaliados diariamente e foi coletado sangue imediatamente após a inclusão no estudo (máximo de 12h após diagnóstico de sepse). Avaliou-se os níveis séricos de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), carbonilação de proteínas, atividade de superóxido dismutase (SOD) e catalase. Estas variáveis foram correlacionadas com desfecho e variáveis clínicas. Para determinar a relação dos parâmetros oxidativos na resposta ao tratamento, utilizamos o modelo de ligação cecal e perfuração (CLP) empregando ou não tratamento antioxidante (N-acetilcisteína mais deferoxamina). Coletou-se sangue da veia caudal 3h após a indução de sepse e correlacionou-se os parâmetros com resposta ao tratamento antibiótico e antioxidante. Para determinar se o tratamento antioxidante poderia ser retardado por 12h, em uma segunda amostra de animais coletou-se sangue da veia caudal e administrou-se ou não tratamento após 12h da indução de sepse. RESULTADOS: níveis elevados de proteínas carboniladas e de SOD no diagnóstico de sepse são relacionados com óbito por sepse nesta amostra. Estes parâmetros são correlacionados com a gravidade da doença avaliada pelos escores APACHE II e MODS. Níveis de atividade da SOD podem prever resposta ao tratamento com antioxidantes no modelo CLP...

Estudo das alterações comportamentais e neuroquímicas induzidas pela sepse em modelo animal : possível papel terapêutico de antioxidantes; Investigation of behavioural and neurochemical sequelae in rats submitted to sepsis : possible therapeutic role for antioxidant agents

Barichello, Tatiana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Este trabalho apresenta a compilação de 5 experimentos carreados ao longo de 2004-2007. Na parte 1 apresenta sucintamente o marco teórico dos quatro trabalhos. Inicialmente são discutidos aspectos gerais da sepse. Após, são descritos alguns mecanismos conhecidos do envolvimento do sistema nervoso central com a sepse, como a permeabilidade diminuída da barreira sanguínea cerebral, alteração de alguns neurotransmissores, apoptose neuronal, ativação de algumas cascatas imunológicas, enfim, o processo inflamatório no sistema nervoso central. Os danos cognitivos ocasionados pela encefalopatia séptica também foram relatados, e por fim o estresse oxidativo e as defesas antioxidantes como um mecanismo que possa estar mediando os danos cognitivos observados em pacientes sobreviventes as sepse. Os experimentos (Parte II) comportamentais realizados 10 dias após a indução da sepse em ratos ocupam os Capítulos 1 e 2. No capítulo 1 é apresentado um corpo de resultados que permite observar os déficits cognitivos nos testes de Habituação ao Campo Aberto, Esquiva Inibitória e Esquiva Inibitória de Múltiplos Treinos em ratos sobreviventes a sepse após 10 dias da indução pelo modelo animal de CLP. Estes dados demonstram uma incapacidade cognitiva no aprendizado e na memória dos animais sépticos. O Capítulo 2 apresenta os resultados dos testes comportamentais de Reconhecimento de Objeto...

A reposição de estrogênio diminui o dano oxidativo, aumenta a atividade das enzimas antioxidantes e melhora a função cardíaca em ratas

Martins, Maria Isabel Morgan
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
A menopausa é marcada por um progressivo decréscimo nos níveis hormonais sexuais circulantes, sendo que esta tem sido associada a aumento dos riscos de eventos cardiovasculares. Uma vez que o estrogênio tem sido apontado como um possível antioxidante, buscou-se verificar o efeito da terapia estrogênica na função cardiovascular e sua correlação com o estresse oxidativo. Assim, este estudo foi realizado com ratas fêmeas Wistar castradas e com reposição hormonal, onde foram investigados os efeitos do estrogênio no estresse oxidativo cardíaco e sistêmico, a produção do ânion superóxido (O2 •-) em aorta, a produção do óxido nítrico (NO) avaliado pelos seus metabólitos: nitratos (NO3) e nitritos (NO2) teciduais e plasmáticos. Foram avaliados os parâmetros hemodinâmicos e o coração foi isolado e perfundido, para a realização de curvas de Starling e isquemia seguida da reperfusão. Três grupos experimentais foram estabelecidos: Controle (CO) foi realizado simulação ovariectomia + placebo; grupo Castrado (CS) foi realizada ovariectomia + placebo; Grupo Castrado+Hormônio (CH) foi realizada a ovariectomia e recebeu 17b-estradiol. O estradiol foi administrado intramuscular (IM), intraperitonealmente (IP) e implantado subcutaneamente (transdermal) (VT). A dose utilizada nas vias IM e IP foi de 40μg/Kg de peso...

Perfil sérico de estresse oxidativo, antioxidantes e micronutrientes em pacientes com hanseníase

Oliveira, Fabiana Maciel de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 69 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae e endêmica em muitos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, inclusive o Brasil. O diagnóstico ainda é complexo e muitas vezes dificultado por vários aspectos, como por exemplo, a ampla variedade de manifestações clínicas e aos diferentes tipos e graus de resposta imune do hospedeiro. O estresse oxidativo, depleção antioxidante e alteração de micronutrientes são importantes condições metabólicas observada nos pacientes com hanseníase. A investigação e elucidação desses mecanismos são importantes, uma vez que podem levar a descoberta de fatores associados à suscetibilidade/resistência a doença e à caracterização das alterações bioquímicas e nutricionais observadas nos pacientes. Nesse sentido, foi realizado um estudo observacional do tipo transversal no qual participaram 62 pacientes com hanseníase antes do tratamento poliquimioterápico e 30 indivíduos saudáveis, todos adultos e de ambos os gêneros. Foram quantificados sorologicamente o marcador de peroxidação lipídica malondialdeído...

Antioxidantes e biomarcadores da injúria oxidativa na saliva de pacientes com síndrome de down

Santos, Danielle Sá dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 33 p.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Vulnerability of patients with Down syndrome (DS) to oxidative stress and damage has been attributed to the overexpression of the superoxide dismutase gene, which is located in the triplicated critical region 21q22.2 of chromosome 21. The objective of this study was to investigate enzymatic and non-enzymatic antioxidant systems and levels of biomarkers of oxidative damage in saliva of patients with DS. Saliva samples were collected from 30 patients with DS and 30 controls, ranging in age from 14 to 24 years. The following parameters were analyzed: superoxide dismutase activity, concentration of malondialdehyde, carbonylated proteins, uric acid, vitamin C and total protein, peroxidase activity, and total antioxidant capacity. Patients with DS presented significantly higher superoxide dismutase activity and malondialdehyde levels than controls (p<0.05). On the other hand, no difference in carbonylated proteins or antioxidants (uric acid, vitamin C, peroxidase, and total antioxidant capacity) was observed between DS patients and controls (p>0.05). Patients with DS also presented higher salivary total protein content (p<0.05). In conclusion, despite similar antioxidant levels patients with DS are more vulnerable to oxidative stress in saliva as indicated by a significant increase in malondialdehyde concentration and superoxide dismutase activity; Foi objetivo desta pesquisa investigar o sistema antioxidante enzimático...

Avaliação da quantificação de nitritos e antioxidantes em alimentos por técnicas voltamétricas

Raymundo, Melissa dos Santos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 215 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos; Neste estudo são apresentadas, no primeiro capítulo, aplicações de técnicas voltamétricas, na determinação quantitativa de nitrito em eletrodo de carbono vítreo modificado com poli-{trans[RuCl2(vpy)4]}. Para isso foram usadas as técnicas de voltametria cíclica (VC) e voltametria de pulso diferencial (DPV). O método voltamétrico proposto foi usado na determinação quantitativa de nitrito em amostras comerciais de patês, e os resultados foram comparados aos obtidos pelo método espectrofotométrico da reação de Griess. Os resultados demonstraram um bom desempenho do eletrodo modificado na determinação de nitritos em amostras de patê. No segundo capítulo, são apresentados os resultados de aplicações das técnicas voltamétricas VC, DPV, voltametria de onda quadrada (SWV) e voltametria de varredura linear (LSV), em eletrodos de platina (Pt) e carbono vítreo (GC) na determinação quantitativa simultânea de antioxidantes sintéticos. Além disso, hidroxibutilanisol (BHA), hidroxibutiltolueno (BHT) e tert-butilhidroquinona (TBHQ) foram determinados usando SWV em amostras comerciais de maionese. A utilização do método de Adição Padrão na quantificação em amostra real reforçou a eficiência da técnica para aplicação em alimentos. No capítulo três...

Efeito da cirurgia bariátrica sobre os biomarcadores inflamatórios, antioxidantes e estado de saúde bucal

Dal Molin Netto, Bárbara
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 120 p.| tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2010; A cirurgia bariátrica está associada com alteração da condição inflamatória e nutricional, podendo prejudicar o estado de saúde bucal. Oobjetivo deste estudo foi verificar o efeito da cirurgia bariátrica sobre as vitaminas antioxidantes C, E e ß-caroteno (dieta/sangue), marcadores inflamatórios mieloperoxidase (MPO), metabólitos de óxido nítrico (NOX), proteína C reativa (PCR) e estado de saúde bucal em indivíduos com Bypass gástrico em Y de Roux. Métodos: Estudo prospectivo controlado e mono cego, em que os participantes foram distribuídos em dois grupos: Grupo Controle (GC) e o Grupo Bariátrico (GB). Cada grupo foi composto por 35 indivíduos com idade média de 38,7±9,4 e 39,6±9,2 anos e índice de massa corporal (IMC) médio de 22,2±2,1 e 47,6±9,1 kg/m2, respectivamente. Foram determinadas as concentrações de antioxidantes e marcadores inflamatórios no período basal, 6º, 12º e 24º mês pósoperatório. O estado de saúde bucal foi avaliado no período basal, 12º e 24º mês pós-operatório. Resultados: O IMC reduziu de 47,05±1,46 para 30...

Purificação parcial de inulina obtida a partir de yacon e recuperação de compostos antioxidantes por processos de sorção

Vandresen, Solange
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 172 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Novos insumos têm sido investigados para que possam atender às exigências do mercado consumidor atual, mais consciente da relação entre alimentação e saúde, que deseja produtos com benefícios múltiplos, associados ao sabor e à aparência. Em contrapartida, as indústrias tentam aproveitar, cada vez mais, os "resíduos" materiais provenientes das linhas de diversos produtos por meio do isolamento de compostos, muitas vezes com valor agregado muito maior do que o produto principal. Inulina do tipo frutanas, ou mais especificamente, frutooligossacarídeos (FOS) são abundantemente encontrados nas raízes de yacon. Devido a seus efeitos benéficos sobre a saúde, além do baixo valor calórico, os FOS estão se tornando cada vez mais importantes para a indústria, especialmente na alimentação de diabéticos. No entanto, durante o processamento o extrato de yacon rico em FOS sofre reações de escurecimento devido à presença de compostos fenólicos, prejudicando suas características sensoriais e visuais. Estes compostos, em contrapartida, apresentam grandes perspectivas de aplicações nas indústrias cosmética...

Efeito do alpha-tocoferil Fosfato na modulação das defesas antioxidantes em cérebro de roedores.

Souza, Luiz Felipe de
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 41
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.; O alfa-tocoferil-fosfato ( -TF), uma forma fosforilada da vitamina E, possui ação antioxidante, além de participar em diversos processos celulares, tais como modulação da expressão de diversas enzimas e transdução de sinal. Estudos também demonstraram ação protetora contra danos por isquemia/reperfusão e prevenção de aterosclerose. Neste trabalho foi avaliado o efeito neuroprotetor do -TF em um modelo in vitro e ex vivo contra estresse oxidativo induzido por ferro em sinaptossomas de cérebro de roedores. Sinaptossomas de ratos Wistar adultos foram incubados com FeSO4 30μM juntamente com -TF (3, 10, 30 ou 100 μM). O FeSO4 reduziu a viabilidade mitocondrial em 20,1 ± 6,3%, aumentou a peroxidação lipídica em 723 ± 377,3% e a produção de hidroperóxidos em 648.1 ± 261.3%. A concentração de 30 μM de -TF protegeu contra o aumento na produção de peróxidos induzida pelo ferro. A concentração de 100 μM inibiu todos os efeitos induzidos pelo FeSO4 (redução na viabilidade celular, produção de peróxidos e lipoperoxidação). Após a comprovação do efeito neuroprotetor do -TF in vitro, testamos essa propriedade em um modelo ex vivo. Para tanto...

Marcadores inflamatórios, antioxidantes não enzimáticos e o estado de saúde bucal em pacientes após 6 anos de cirurgia bariátrica

Keiber, Morgana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 131 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2014.; Introdução: A obesidade é uma doença de origem multifatorial, que tem sido caracterizada, por um estado inflamatório crônico de baixa intensidade e que envolve aumento da infiltração e acúmulo de células imunitárias no tecido adiposo. Esta alteração pode levar a um aumento na secreção de citocinas inflamatórias, o qual está diretamente relacionado com a alta prevalência de doenças crônicas não transmissíveis e doenças da cavidade oral. Objetivo: Avaliar o efeito da cirurgia bariátrica sobre marcadores inflamatórios: proteína C reativa (PCR), mieloperoxidase (MPO), metabólitos do óxido nítrico (NOx), antioxidantes não enzimáticos como: vitamina C, vitamina E e ß-caroteno séricos, e o estado de saúde bucal, após seis anos de Bypass Gástrico em Y de Roux (BGYR). Sujeitos e Métodos: Estudo de coorte prospectivo, com grupo controle (n = 35, idade média de 39 ± 9 anos e Índice de Massa Corporal (IMC) de 22,18 ± 0,36 kg/m2) avaliado no momento inicial do estudo (M0), e grupo submetido ao BGYR (n = 20, idade média de 41 ± 8 anos e IMC antes do BGYR de 45...

Efeitos dos antioxidantes α-tocoferol e ternatina na morfologia e na ativação de folículos pré-antrais caprinos cultivados in vitro; Effects of α-tocopherol and ternatin antioxidants on morphology and activation of goat preantral follicles in vitro cultured

Lima-Verde, Isabel Bezerra; Matos, Maria Helena Tavares; Bruno, J.B; Martins, Fabricio Sousa; Santos, Regiane Rodrigues dos; Báo, Sônia Nair; Luque, Maria Carolina Aquino; Vieira, G.A.B.; Silveira, E.R.; Rodrigues, Ana Paula Ribeiro; Figueiredo, José R
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Os efeitos do α-tocoferol e da ternatina sobre morfologia, ativação e crescimento de folículos pré-antrais caprinos cultivados in vitro, por um ou cinco dias, foram avaliados. Os fragmentos ovarianos foram imediatamente fixados (controle não-cultivado) ou cultivados in vitro, por um ou cinco dias, em Meio Essencial Mínimo (MEM) com ou sem suplementação com α-tocoferol ou ternatina nas concentrações de 5, 10 ou 15 M, formando os tratamentos MEM, TOC5, TOC10, TOC 15, TER5, TER10, TER15. O percentual de folículos pré-antrais normais no controle não-cultivado foi de 73,2%, depois de cinco dias de cultivo, houve redução desse percentual em todos os tratamentos, quando comparados com o controle não-cultivado (P<0,05). O cultivo por cinco dias aumentou a ativação folicular em todos os tratamentos (P<0,05). A análise ultra-estrutural não mostrou folículos pré-antrais íntegros após cinco dias de cultivo em meio contendo antioxidantes. Concluiu-se que o α -tocoferol e a ternatina podem promover a ativação folicular, no entanto a adição desses antioxidantes nas concentrações testadas reduziu a viabilidade folicular após o cultivo in vitro. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The effects of α-tocopherol and ternatin on the morphology...

Vitaminas e minerais com propriedades antioxidantes e risco cardiometabólico: controvérsias e perspectivas

Catania,Antonela Siqueira; Barros,Camila Risso de; Ferreira,Sandra Roberta G.
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
No processo celular de obtenção de energia, são gerados compostos chamados espécies reativas de oxigênio (ERO) que, em excesso, podem causar danos celulares. Estresse oxidativo resulta do desequilíbrio no estado de óxido-redução a favor da oxidação. Dos mecanismos de defesa antioxidante, participam enzimas endógenas e algumas vitaminas e minerais. A vitamina E encontra-se no plasma e na partícula de LDL, protegendo lipídeos da oxidação. Estudos observacionais relataram associação inversa entre ingestão de vitamina E e risco cardiometabólico (RCM). Entretanto, ensaios clínicos não comprovaram a eficácia de sua suplementação nos desfechos cardiometabólicos. A vitamina C participa do sistema de regeneração da vitamina E, mantendo o potencial antioxidante plasmático. Dados sobre os benefícios de sua suplementação na redução do risco cardiometabólico são inconclusivos. A atividade antioxidante dos carotenoides é responsável, em parte, por seu papel protetor contra doenças cardiovasculares e cânceres. A suplementação desse nutriente também não trouxe resultados consistentes no que se refere à redução do RCM. A participação do zinco e do selênio na defesa antioxidante vem sendo estudada mais recentemente...

Vitaminas e antioxidantes na degeneração macular relacionada à idade

Serracarbassa,Pedro Durães
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
O autor descreve os efeitos bioquímicos e estruturais das vitaminas e antioxidantes na retina. Apresenta as principais substâncias presentes na dieta alimentar e na suplementação vitamínica envolvidas na gênese da degeneração macular relacionada à idade. Relata ainda os resultados de estudos prospectivos multicêntricos relacionados ao assunto, por meio de revisão bibliográfica.

Avaliação de parâmetros antioxidantes em ratos tratados com sevoflurano

Bezerra,Francisco J. L; Vale,Nilton Bezerra do; Macedo,Brunno de Oliveira; Rezende,Adriana Augusto; Almeida,Maria das Graças
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O sevoflurano é um éter halogenado com flúor que sofre biotransformação hepática através do citocromo P450 2E1. Éteres halogenados que sofrem biotransformação pelo P450 2E1 podem produzir espécies reativas do oxigênio (ERO) e promover enfraquecimento do sistema de defesa antioxidante. O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre a atividade das enzimas antioxidantes eritrocitárias e o sevoflurano. MÉTODO: Os animais foram distribuídos em quatro grupos: Grupo 1 controle: apenas oxigênio a 100% (1 L.min-1 por 60 minutos durante 5 dias consecutivos); Grupo 2 - sevoflurane 4,0% em oxigênio a 100% (1 L.min-1 por 60 minutos durante 5 dias consecutivos); Grupo 3 - isoniazida (i.p.), 50 mg.kg-1 de peso corporal /dia, durante 4 dias e em seguida tratados apenas com oxigênio a 100% (1 L.min-1 por 60 minutos durante 5 dias consecutivos); Grupo 4 - isoniazida por via intraperitoneal na dose de 50 mg.kg-1 de peso corporal, diariamente durante 4 dias, seguido da administração do sevoflurane a 4,0% em oxigênio a 100% (1 L.min-1 por 60 minutos durante 5 dias). Após 12 horas da última exposição ao sevoflurane, os animais foram sacrificados e o sangue foi coletado através da veia porta para análise da atividade das enzimas antioxidantes. RESULTADOS: Aumento da atividade específica da glicose-6-fosfato desidrogenase...

Suplementação de antioxidantes no tratamento da lesão pulmonar aguda: meta-análise

Galvão,André Martins; Andrade,Armele Dornelas de; Maia,Maria Bernadete de Souza; Silva,Keyla Emanuelle Ramos da; Bezerra,Alice de Andrade; Melo,Juliana Felix de; Morais,Natalia Gomes de; Costa,Thacianna Barreto da; Castro,Célia Maria Machado Barbosa de
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
OBJETIVO: A pesquisa foi conduzida de maneira a se esclarecer, através de uma meta-análise, as evidências da suplementação de antioxidantes como terapia adjuvante na prevenção dos danos oxidativos e melhora do desfecho clínico, tais como mortalidade, tempo de hospitalização e ventilação mecânica. MÉTODOS: A estratégia de busca de ensaios clínicos randomizados (ECRs) envolveu a participação de dois pesquisadores que avaliaram, de forma independente, a qualidade metodológica de cada artigo, disponível full text, nas bases de dados PubMed, ISI of Knowledge e ScienceDirect. RESULTADOS: Foram extraídos 110 estudos dos últimos 10 anos, porém somente 30 artigos preencheram os critérios metodológicos (ensaios controlados, randomizados, cego e estatisticamente significativo), totalizando 241 animais e 256 pacientes. Este trabalho encontrou um OR de 0,45 [intervalo de confiança (IC) 95%: 0,26 - 0,79] para a mortalidade na comparação do grupo experimental com placebo (6 estudos, n = 256), um OR de de 0,46 [intervalo de confiança (IC) 95%: 0,26 - 0,87] para tempo de hospitalização e um OR de 0,63 [intervalo de confiança (IC) 95%: 0,35 - 1,12] para o tempo de ventilação mecânica assistida entre os grupos. CONCLUSÃO: As evidências são conflitantes e...

Radicais livres e os principais antioxidantes da dieta

Bianchi,Maria de Lourdes Pires; Antunes,Lusânia Maria Greggi
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1999 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Durante a redução do oxigênio molecular, espécies reativas de oxigênio são formadas e existe a necessidade permanente de inativar estes radicais livres. Os danos induzidos pelos radicais livres podem afetar muitas moléculas biológicas, incluindo os lipídeos, as proteínas, os carboidratos e as vitaminas presentes nos alimentos. As espécies reativas de oxigênio também estão implicadas nas várias doenças humanas. Evidências têm sido acumuladas indicando que uma dieta rica em antioxidantes reduz os riscos das principais doenças humanas. Esta revisão discute a importância dos antioxidantes da dieta sobre as estratégias de defesa dos organismos contra os radicais livres.