Página 6 dos resultados de 298 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Resposta imune celular a diferentes antígenos micobacterianos em indivíduos infectados por Mycobacterium tuberculosis: avaliação por elispot, elisa e linfoproliferação

Tanji, Maury Massani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
A tuberculose é uma doença crônica granulomatosa caracterizada por um déficit de imunidade antígeno específica do hospedeiro, cuja resposta imune é ativamente regulada por citocinas. No Brasil há mais de 50 milhões de habitantes infectados pelo Mycobacterium tuberculosis. O objetivo foi avaliar a linfoproliferação e a produção de citocinas por células mononucleares do sangue periférico (PBMC) estimuladas por quatro diferentes antígenos do M. tuberculosis, um complexo, o antígeno sonicado, e três purificados, ESAT-6, antígeno 85B e antígeno HBHA, eventuais candidatos à vacina anti-tuberculose. Para avaliação da produção de IFN-g e IL-10 foram utilizados dois métodos: Elispot e Elisa à partir de sobrenadante de cultura de PBMC. Para essas avaliações, os pacientes com tuberculose ativa (TB-A) foram comparados a dois subgrupos de indivíduos controles. O primeiro subgrupo foi constituído por indivíduos saudáveis PPD+ e o segundo por indivíduos curados de um episódio de tuberculose (TB-C). Nossos resultados de linfoproliferação e de Elisa revelaram diminuição da resposta linfoproliferativa e da produção de IFN-g dos pacientes em comparação com os indivíduos PPD+, enquanto os indivíduos TB-C apresentaram em geral resultados intermediários. Observou-se também que as respostas à PHA não diferiam significativamente entre os grupos...

Efeitos do treinamento físico aeróbio sobre a inflamação pulmonar alérgica crônica em camundongos; Effects of aerobic physical training on lung allergic lung inflammation in mice

Vieira, Rodolfo de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
A asma é uma doença inflamatória crônica, predominantemente das vias aéreas, mas também envolve o sistema vascular e parênquima pulmonar, na qual as células inflamatórias, a musculatura lisa e o epitélio brônquico têm um papel fundamental na fase inicial, progressão e perpetuação da doença. O treinamento físico aeróbio tem sido indicado como uma relevante forma de auxílio no tratamento de pacientes asmáticos por melhorar a qualidade de vida e reduzir sintomas e o uso de medicamentos. No entanto, não existe um consenso a respeito sobre a intensidade de treinamento ideal para esses pacientes assim como também existem pouquíssimos estudos a respeito dos possíveis mecanismos da atividade física aeróbia para esses pacientes. Por esses motivos, os objetivos do presente estudo foram avaliar os efeitos de duas intensidades de atividade física aeróbia (leve e moderada) sobre um modelo de inflamação pulmonar alérgica crônica em camundongos. Os animais foram sensibilizados com ovalbumina por 51 dias. A atividade física aeróbia teve início no dia 21 e perdurou por 30 dias. Os resultados demonstraram que ambas as intensidades de atividade aeróbia inibiram o desenvolvimento da inflamação predominantemente eosinofílica no lavado broncoalveolar...

Estudo da pele humana fotoenvelhecida após tratamento com terapia fotodinâmica associada ao ácido 5-delta-aminolevulínico tópíco: avaliação imunoistoquímica, do colágeno e do tecido elástico; Study of photo aged human skin after photodynamic therapy treatment with topic 5 delta aminolevulinic acid: immunohistochemical, colagenous and elastic fibre analysis.

Ferolla, Ana Carolina Junqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
A terapia fotodinâmica (TFD) atualmente é considerada uma modalidade terapêutica no fotoenvelhecimento, pois apresenta resposta satisfatória tanto no resultado estético como no tratamento e prevenção das lesões pré-malignas que geralmente acompanham a pele fotoenvelhecida. A destruição seletiva do tecido alvo ocorre através de uma reação química, onde se utiliza um agente fotossensibilizante que é exposto a uma determinada luz com comprimento de onda e na presença de oxigênio produz oxigênio "singlet" que é responsável pela citotoxicidade das células proliferativas e conseqüente morte celular. Foram estudadas 13 pacientes com fotoenvelhecimanto clínico que foram submetidas a três sessões de TFD-ALA tópico associado à luz vermelha (630nm) com intervalo quinzenal. Após 21 dias da ultima aplicação 12 pacientes apresentaram melhora do fotonvelhecimento; principalmente na coloração e textura da pele, clareamento das lesões de melanose solar, regressão da queratose actinica e melhora da flacidez. Houve também aumento do tecido colágeno e fibra elástica nas colorações de picrosirius e Weigert-oxona respectivamente. Em relação a modulação do sistema imune houve diminuição da população de linfócitos CD4 e CD8...

Caracterização de linfócitos T CD4+ que expressam moléculas reguladoras e fontes celulares de interleucina 10 na malária humana.; Characterization of T CD4+ lymphocytes expressing regulatory molecules and cellular sources of interleukin 10 in human malaria.

Lopes, Raquel Müller Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
Além das células T reguladoras clássicas (Treg), fenotipicamente definidas como CD4+CD25highCD127-FOXP3+, outros subtipos celulares que expressam moléculas reguladoras e produzem IL-10 podem desempenhar papel imunomodulador na malária humana. Caracterizamos subpopulações celulares que expressam marcadores de ativação celular e de atividade reguladora em indivíduos infectados por P. falciparum, P. vivax ou co-infectados com ambas as espécies, bem como em controles saudáveis de uma área endêmica de malária na Amazônia Brasileira. Mostramos que a malária induz duas subpopulações principais de células T reguladoras, uma expressando CTLA-4 (uma molécula de superfície que inibe a ativação de células T) e outra expressando OX40, uma molécula co-estimulatória que pode suprimir a atividade supressora da Treg. Mostramos que diferentes populações de PBMCs, provenientes de pacientes com malária e controles saudáveis, produzem IL-10 após a estimulação ex vivo com phorbol-12-myristate-13-acetate (PMA) e ionomicina em comparação com o estímulo com lipopolissacarídeo (LPS).; Besides classical regulatory T cells (Treg), which are phenotypically defined as CD4+CD25highCD127-FOXP3+, other cell subtypes expressing regulatory molecules and producing IL-10 may play an immunomodulatory role in human malaria. We characterized cell subpopulations that express markers of cell activation and regulatory activity in individuals infected with P. falciparum...

Effect of hepatitis C serology on C-reactive protein in a cohort of brazilian hemodialysis patients

Nascimento, M. M.; Bruchfeld, A.; Suliman, Mohamed E.; Hayashi, Shirley Y.; Pecoits-Filho, Roberto; Manfro, Roberto Ceratti; Pachaly, Maria A.; Renner, L.; Stenvinkel, P.; Riella, Miguel Carlos; Lindholm, B.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
Hepatitis C (HCV) is not an uncommon feature in hemodialysis (HD) patients and may be a cause of systemic inflammation. Plasma cytokine interleukin-6 (IL-6) is mainly produced by circulating and peripheral cells and induces the hepatic synthesis of C-reactive protein (CRP), which is the main acute phase reactant. The aim of this study was to investigate the influence of HCV on two markers of systemic inflammation, serum CRP and IL-6, in HD patients. The study included 118 HD patients (47% males, age 47 ± 13 years, 9% diabetics) who had been treated by standard HD for at least 6 months. The patients were divided into two groups depending on the presence (HCV+) or absence (HCV-) of serum antibodies against HCV. Serum albumin (S-Alb), plasma high sensitivity CRP (hsCRP), IL-6, and alanine aminotransferase (ALT) were measured and the values were compared with those for 22 healthy controls. Median hsCRP and IL-6 values and hsCRP/IL-6 ratio were: 3.5 vs 2.1 mg/l, P < 0.05; 4.3 vs 0.9 pg/ml, P < 0.0001, and 0.8 vs 2.7, P < 0.0001, for patients and controls, respectively. Age, gender, S-Alb, IL-6 and hsCRP did not differ between the HCV+ and HCV- patients. However, HCV+ patients had higher ALT (29 ± 21 vs 21 ± 25 IU/l) and had been on HD for a longer time (6.1 ± 3.0 vs 4.0 ± 2.0 years...

Efeito do pré-tratamento com amitraz sobre a febre induzida por lipopolissacarídeo (LPS) de E. coli ou interleucina-1beta (IL-1beta), em coelhos

Souza, Adriana Helena de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 37 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; A endotoxemia é uma afecção importante nas diversas espécies animais decorrente da ação de lipopolissacarídeos liberados na circulação durante o choque séptico, os quais ativam a cascata inflamatória induzindo a síntese e liberação de citocinas (TNF, IL-1, IL-6), capazes de produzir febre. É bastante comum, em eqüinos, quadros de cólica gastrintestinal devido à intoxicação por amitraz (AMZ), um acaricida formamidínico. A compactação de cólon é uma das conseqüências dessa intoxicação principalmente, pela ação desta substância sobre receptores adrenérgicos a-2. Sabendo-se que as substâncias agonistas de receptores a-2 produzem um aumento do tônus vagal e que a estimulação das fibras vagais, aferentes e eferentes reduz a liberação de TNF-a, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do AMZ sobre a febre, quando administrado antes da indução experimental de endotoxemia com LPS ou da administração de IL-1ß. Foram utilizados, em duas fases experimentais, 40 coelhos machos, raça Branco da Nova Zelândia, com peso entre 2,5 e 3,5 kg. Na primeira fase, para determinação da dose hipnótica 50% do AMZ (DHA50%), os animais foram separados em 4 grupos iguais de cinco animais (G1...

Achados clínicos, genéticos e microbiológicos de uma família com periodontite agressiva de Maceió

Sogumo, Patrícia Mayumi; Cavalcante, Lícia Bezerra; Finoti, Lívia Sertori; Spolidorio, Denise Madalena Palomari; Carlos Júnio, Amaro; lipinski-Figueiredo, Eneida; Pires, Juliana Rico; Scarel-Caminaga, Raquel Mantuaneli
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 323-331
Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 2003/10424-0; Processo FAPESP: 2005/03175-1; Processo FAPESP: 2005/04553-8; The present study reports clinical, microbiological and genetic findings in members of a family with Aggressive Periodontitis (AgP) from Maceió - AL, Brazil. After periodontal exams in fourteen members of the family, DNA was obtained from epithelial buccal cells and microbiological samples were collected from subgingival plaque to detect five species of periodontopathogens by Polymerase Chain Reaction (PCR). PCR-RFLP (Restriction Fragment Length Polymorphism) was used to investigate human polymorphisms in interleukin genes (IL4, IL10). Six members of the family showed Generalized AgP and eight were considered unaffected by the AgP. There was no association of alleles, genotypes and haplotypes in the IL10 and IL4 genes with the AgP in the studied family. Treponema denticola (T.d.) was the prevalent pathogen, followed by the Tannerella forsythia (T.f.). There was correlation between clinical findings (clinical attachment loss, bleeding on probing and probing depth) with the presence of T.d., while T.f. was correlated with bleeding on probing. In conclusion, although the investigated polimorphisms were not associated with the susceptibility to AgP...

Estudo da interleucina-10 (IL-10) e Interferon-gama (INF-gama) em gestantes infectadas pelo Vírus da Imunodeficiência Humana

Sampaio, Aletheia Soares
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
O presente estudo teve por objetivo identificar os níveis de IL-10 e IFN-gama e sua influência sobre a carga viral e a contagem de linfócitos T CD4+ em gestantes com HIV. Foi realizada uma Revisão Sistemática da Literatura, utilizando 4 bases de dados encontrando-se, ao final desta revisão, apenas 3 artigos corelacionando a produção de citocinas com níveis de linfócitos e viremia, demonstrando-se a escassez de dados a cerca do tema. Realizou-se um estudo exploratório, tipo seccional, visando avaliar os níveis plasmáticos de IL-10 e IFN-gama correlacionando com os níveis de viremia e linfócitos T CD4+ em: gestantes HIV-positivas (G1); não-gestantes HIV-positivas (G2) e gestantes saudáveis (G3). Foram encontrados níveis medianos de IL-10 mais baixos no G1 comparados ao G2 e ao G3, com diferenças estatisticamente significativa (p < 0,0001) e entre G1 e G3 ((p < 0,001). Quanto ao IFN-gama , foram encontrados níveis mais altos no G1, com diferenças significantes entre G1 e G2 (p=0,0076) e G1 e G3 (p=0,0038). No G1, houve maiores médias da IL-10 após o uso de antirretrovirais com diferenças significativas antes e depois deste uso (p = 0,01577). No G1, houve uma tendência após do uso de ARVs, entre aquelas com pior imunidade (CD4 < 350)...

Estudo da interleucina-10 (IL-10) e Interferon-gama (INF-gama) em gestantes infectadas pelo Vírus da Imunodeficiência Humana

Sampaio, Aletheia Soares
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
O presente estudo teve por objetivo identificar os níveis de IL-10 e IFN-gama e sua influência sobre a carga viral e a contagem de linfócitos T CD4+ em gestantes com HIV. Foi realizada uma Revisão Sistemática da Literatura, utilizando 4 bases de dados encontrando-se, ao final desta revisão, apenas 3 artigos corelacionando a produção de citocinas com níveis de linfócitos e viremia, demonstrando-se a escassez de dados a cerca do tema. Realizou-se um estudo exploratório, tipo seccional, visando avaliar os níveis plasmáticos de IL-10 e IFN-gama correlacionando com os níveis de viremia e linfócitos T CD4+ em: gestantes HIV-positivas (G1); não-gestantes HIV-positivas (G2) e gestantes saudáveis (G3). Foram encontrados níveis medianos de IL-10 mais baixos no G1 comparados ao G2 e ao G3, com diferenças estatisticamente significativa (p < 0,0001) e entre G1 e G3 ((p < 0,001). Quanto ao IFN-gama , foram encontrados níveis mais altos no G1, com diferenças significantes entre G1 e G2 (p=0,0076) e G1 e G3 (p=0,0038). No G1, houve maiores médias da IL-10 após o uso de antirretrovirais com diferenças significativas antes e depois deste uso (p = 0,01577). No G1, houve uma tendência após do uso de ARVs, entre aquelas com pior imunidade (CD4 < 350)...

Efeito da Minociclina em Mus Musculus Infectados com Trypanosoma brucei brucei

Gonçalves, Daniel
Fonte: IHMT Publicador: IHMT
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
25.9%
As patologias provocadas tanto em humanos como em outros mamíferos, pelo parasita hemoflagelado Trypanosoma brucei são um verdadeiro flagelo em África, ma-tando milhares de pessoas e cabeças de gado todos os anos. No caso da terapêutica hu-mana, todas as drogas foram implementadas em meados do século XX, sem novas pa-tentes desde 1981. Urge portanto a descoberta de novas moléculas, que em esquema monoterapêutico ou em associação, possam de alguma forma intervir no controlo do parasita ou contra a inflamação provocada pelas sucessivas ondas de parasitémia. Em estudos anteriores a minociclina, tetraciclina de 2ª geração, provou ser eficaz na protecção do sistema nervoso central (SNC) de ratos infectados com Trypanosoma brucei brucei (T.b.brucei), diminuindo a passagem pela barreira hemato-encefálica (BHE) de leucócitos e parasitas. No presente estudo, o efeito dessa droga parece estar relacionado com uma maior resistência à perda de vários componentes hematológicos como eritrócitos, leucócitos ou granulócitos em amostras de animais com vinte dias (20 DPI) de progressão de infecção com o parasita. Também as parasitémias são substanci-almente mais baixas (cerca de dez vezes menores) nos animais tratados em 20 DPI. Em termos das citocinas interleucina 4 (IL-4)...

Avaliação do peso corporal em pacientes com doença de Graves durante o tratamento com metimazol

Moretto,Renata Loureiro; Pedro,Ana Beatriz P.; Leite,Alex Carvalho; Romaldini,João Hamilton
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
OBJETIVO: Avaliar a alteração de peso durante o tratamento do hipertiroidismo e correlacioná-la com IL-6 e TNF-alfa. SUJEITOS E MÉTODOS: Quarenta e dois pacientes foram incluídos. Peso corporal (PC), índice de massa corpórea (IMC), características clínicas e laboratoriais foram registrados. IL-6 e TNF-alfa foram determinados antes do tratamento com metimazol (MMI) e no estado de eutiroidismo. RESULTADOS: O PC foi de 59,62 ± 11,5 kg no estado de hipertiroidismo e de 69,91 ± 14,4 kg no estado de eutiroidismo (p < 0,001). O IMC aumentou de 23,1 ± 3,8 kg/m² para 27 ± 4,7 kg/m² durante o tratamento (p < 0,0001). Antes da terapia, 66,6% tinham IMC < 25 kg/m² e 33,3%, IMC > 25 kg/m². No estado de eutiroidismo, 38% dos pacientes apresentavam IMC < 25 kg/m² e 62%, IMC > 25 kg/m² (p = 0,01). No estado de eutiroidismo, encontrou-se significativa diminuição nos valores de IL-6 e TNF-alfa, mas nenhuma correlação entre IL-6 e TNF-alfa com PC ou IMC. CONCLUSÃO: Um importante aumento no PC e IMC foi observado durante o tratamento do hipertiroidismo e alterações de IL-6 e TNF-alfa relacionam-se somente com o retorno ao eutiroidismo.

Produção de interleucina-10 na gestação reduz a taxa de replicação do HIV-1 em culturas de linfócitos maternos

Paolino,Bruno Monção; Araoz,Odalis Karen Vasquez; Wing,Ana Cristina Marques; Silva,Ana Luíza Furtado da; Rocco,Regina; Lauria,Catharina; Brindeiro,Rodrigo; Bento,Cleonice Alves de Melo
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
OBJETIVO: avaliar a proliferação de células T e a produção de citocinas em gestantes infectadas pelo HIV-1 e seu impacto na replicação viral in vitro. MÉTODOS: sangue periférico de 12 gestantes infectadas pelo HIV-1 e de seus neonatos, bem como de 10 gestantes HIV-1 negativas, foi colhido e a quantidade de linfócitos TCD4+ e TCD8+ periféricos foi avaliada por citometria de fluxo. Para obter plasma ou células mononucleares periféricas (PBMC), as amostras foram centrifugadas na ausência ou presença de um gradiente de Ficoll-Hypaque, respectivamente. As PBMC foram mantidas em cultura por sete dias na presença de fito-hemaglutinina mais IL-2 recombinante e a resposta linfoproliferativa de células T foi analisada pelo método de exclusão em azul de Trypan. Em alguns experimentos, as culturas foram mantidas na presença adicional de anticorpo anti-IL-10. Os plasmas e sobrenadantes das culturas de PBMC ativadas foram submetidos à análise da produção de citocinas, pelo método ELISA indireto, e a carga viral, detectada pelo RT-PCR. RESULTADOS: independente da carga viral plasmática, a resposta linfoproliferativa em culturas de células obtidas de gestantes infectadas pelo HIV foi inferior às amostras normais [4,2±0...

Imunopatogênese da psoríase: revisando conceitos

Lima,Emerson de Andrade; Lima,Mariana de Andrade
Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Dermatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
O conhecimento sobre a fisiopatogenia da psoríase possibilitou o desenvolvimento de ferramentas terapêuticas que visam ao bloqueio do seu gatilho imunológico. Paralelamente, citocinas como o TNF têm sido reconhecidas como integrantes da etiopatogenia da psoríase e comorbidades a ela relacionadas. Estudos genéticos e epidemiológicos contribuíram efetivamente para as conclusões a que se tem chegado atualmente sobre esta complexa patologia.

Avaliação do papel dos polimorfismos nos genes HLA-G e IL4R na susceptibilidade ao Diabetes mellitus tipo 1

Santos, Manuella Maria Silva; Crovella, Sérgio (Orientador); Guimarães, Rafael Lima (Coorientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
Aproximadamente 40% do risco genético para o Diabetes mellitus tipo 1 (DM1) é atribuído à região HLA classe II, contudo, outras regiões são associadas aos processos autoimunes ligados à doença. No presente estudo foi avaliada a associação entre variações genéticas do Antígeno Leucocitário Humano G (HLA-G), região HLA classe I não-clássica, e o receptor de interleucina4 (IL4R), região não- HLA, em pacientes DM1 do estado de Pernambuco, nordeste doBrasil. O trabalho foi do tipo caso-controle e os pacientes foram estratificados de acordo com a presença da doença celíaca (DC) e tireoidite autoimune (AITD). O polimorfismo indel de 14 pb do HLA-G foi genotipado por reação em cadeia da polimerase (PCR) com subsequente visualização por eletroforese em gel de agarosea 3% e, os polimorfismos de base única (SNPs)(rs1805010, rs1805011, rs1805013, rs1805015, rs1805016 e rs1801275) do IL4R foram genotipados por PCR em tempo real. Diferenças estatisticamente significativas foram encontradas no indel 14 pb, entre as frequências dos pacientes (5%) e controles saudáveis (12%) do genótipo para inserção (I / I) (p = 0,028, OR = 0,39). Os SNPsgenotipados nogene IL4Rnão obtiveramresultados de associação estatisticamente significantes. Este é o primeiro trabalho que realiza um estudo de associação do indel 14 pb do HLA-Ge DM1como também...

Estudo do IL-7R na leucemia linfóide aguda pediátrica de linhagem T; Study of IL-7R in chilldhood T-cell acute lymphoblastic leukemia

Priscila Pini Zenatti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
A IL-7 é uma citocina essencial para o desenvolvimento, sobrevivência, e proliferação dos timócitos prematuros normais no timo e linfócitos T maduros nos órgãos linfoides periféricos. O receptor da IL-7 é um heterodímero constituído pela IL-7Ra (codificado pelo gene IL7R) e IL-2Ry. A IL-2Ry participa também dos receptores da IL-2, IL-4, IL-9, IL-15 e IL-21, sendo por isso conhecida como cadeia comum gama ou yc. A sinalização via IL-7 é imprescindível para o processo de rearranjo V(D)J dos receptores de células T (TCR), pois leva à modificação da cromatina que permite o acesso da recombinase aos loci TCR no DNA Camundongos defeituosos para a cadeia alfa do receptor da IL-7 (IL-7Ra) desenvolvem imunodeficiências devido à falta de células T. A via IL-7/IL-7Ra é também importante para proliferação e sobrevivência da leucemia linfóide aguda de células T (LLA-T). Suspeitando da existência de mutações em IL7R resultando em ganho de função e hiperativação da via IL-7/IL-7Ra, procurou-se por mutações no gene do IL-7Ra em mais de 50 casos de LLA-T pediátrica. Procurou-se também mutações no domínio de autoinibição das JAK1 e JAK3, moléculas associadas ao IL-7Ra e IL-2Ry, respectivamente. Aproximadamente 9% das LLA-T pediátricas apresentaram mutações no IL-7Ra...

Distribuição do EGF, EGFr, TGF-'beta'1, IL-1'alfa' e CSF-1 no periodonto de incisivos inferiores de ratos, em condições funcionais normal e alterada. Estudo imunohistoquimico; Distribution of EGF, EGFr, TGF-'beta'1, IL-1'alfa' and CSF-1 in the periodontum of rat lower incisors, in normal and altered functional conditions. Immunohistochemical study

Silvana Pasetto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
25.9%
O objetivo deste estudo, foi analisar, por meio da técnica de imunohistoquímica, a distribuição do EGF, EGFr, TGF-b1, IL-1a e CSF-1, em 3 diferentes regiões dos incisivos inferiores de ratos, em condições funcionais normais e alteradas. Cinquenta animais, tiveram seus incisivos inferiores esquerdos, seccionados na altura da papila interdental, permanecendo fora de oclusão, sendo considerados hipofuncionais (Ho), seus contralaterais, em sobrecarga de função foram chamados hiperfuncionais (Hr). Vinte e cinco destes animais, sofreram a intervenção apenas uma única vez, sendo sacrificados 8 horas após, os outros vinte e cinco animais, sofreram a intervenção a cada 2 dias, sendo sacrificados no 8o dia de desoclusão. Dez animais pertencentes ao grupo controle (c), tiveram seus incisivos mantidos em condições funcionais normais de erupção. As hemimandíbulas de todos os animais foram fixadas em Karnovsky (com 0,1% de glutaraldeído), descalcificadas em EDTA 4,13%, subdivididas transversalmente em 5 regiões e incluídas em paraplast. Cortes transversais, com 4 mm de espessura de cada peça foram coletados em lâminas silanizadas e submetidos à técnica de imunohistoquímica. O folículo dental e o ligamento periodontal...

Alteración de la expresión de il-6 en respuesta al ejercicio en la insuficiencia renal crónica experimental

Dünner Moreno, Natalia Hilda
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
Tesis entregada a la Universidad de Chile para optar al grado de Doctor en Bioquímica; La insuficiencia renal crónica (IRC) induce una serie de alteraciones metabólicas en el músculo esquelético, debilidad muscular y disminución de la resistencia al ejercicio. Interleuquina-6 (IL-6) es una citoquina que se produce en el músculo esquelético y que es inducida por el ejercicio a través de dos vías: vía activada por la despolarización muscular y una vía de retroalimentación positiva por IL-6. Se ha postulado que IL-6 es un sensor de energía, con efectos autocrinos en el metabolismo muscular. Varios estudios han demostrado que la expresión basal de IL-6 se encuentra alterada en la IRC. Sin embargo, se desconoce si la IRC afecta la respuesta de IL-6 al ejercicio. La serie de alteraciones musculares descritas en la IRC permitió plantear la siguiente hipótesis: “la regulación de la expresión de IL-6 muscular frente al ejercicio se encuentra alterada en la IRC experimental”. Ratas Srague-Dawley macho fueron sometidas a nefrectomía 5/6 (NPX) y pareadas por peso y comida a controles (operación ficticia, sham). La respuesta al ejercicio se evaluó en el músculo extensor digitorum longus (EDL) y el soleo mediante dos protocolos: una estimulación eléctrica in situ a través del nervio ciático o después de nadar. Al final de los protocolos...

Tratamiento con interleukina 2 en pacientes con neoplasia linfoide en remisión completa con alto riesgo de recaida

González Barca, Eva
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
25.92%
Descripciò del recurs: 8 setembre 2011; INTRODUCCIÓN El 50% de los pacientes con neoplasias linfoides no se curan tras tratamiento estándar con quimioterapia y/o radioterapia, lo que hace imprescindible ensayar nuevos fármacos con diferentes mecanismos de acción. La interleukina 2 (IL2) es una citoquina fundamental en la repuesta inmune normal del individuo, que, in vitro, activa a las células NK (“natural killer” o asesinas naturales) produciendo un efecto antitumoral. En ensayos clínicos fase I-II con IL2 a dosis altas endovenosa se han observado respuestas en varios tipos de tumores, entre ellos las neoplasias linfoides. OBJETIVOS Valorar la tolerancia, los cambios inmunes in vivo y la eficacia de dosis bajas de IL2 subcutánea (sc) como tratamiento de mantenimiento en pacientes con neoplasias linfoides en remisión completa con alto riesgo de recaída PACIENTES Y METODOS El ensayo fue aprobado por el Comité Ético del Institut Catalá d'Oncologia. Se incluyeron pacientes diagnosticados de leucemia linfoblástica aguda (LLA), linfomas no-Hodgkin (LNH) y linfomas de Hodgkin (LH) en segunda remisión o posterior o en primera remisión con factores de mal pronóstico. El tratamiento consistió en IL2 4,5 x106 UI / día sc de lunes a viernes durante 12 semanas de forma ambulatoria. Se realizaron estudios de subpoblaciones linfocitarias en sangre periférica mediante inmunofenotipo...

Relevância do fibroblasto no remodelamento parenquimatoso pulmonar em modelos experimentais de fibrose induzida por bleomicina e 3-5-di-tert-4-hidroxitolueno; Relevance of fibroblasts in lung parenchymal remodeling in experimental models of bleomycin and 3-5-di-tert-4-hydroxytoluene-induced fibrosis

Silva, Vanessa Martins da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
A remodelação do epitélio e do mesênquima subjacente tem um papel crucial na patogênese da fibrose pulmonar experimental. A iniciação, gravidade e distribuição de fibrose varia entre os diferentes agentes químicos. Estudos recentes indicaram que o envolvimento epitelial, a expressão de proteínas reguladoras do epitélio, ativação endotelial, estresse do retículo endoplasmático, a ativação de fibroblastos e acumulação de diferentes tipos de colágeno, pode ser específica em lesão causadas por diferentes agentes químicos. Neste estudo, comparou-se a fibrose pulmonar induzida por bleomicina (BLM) e hidroxitolueno butilado (BHT). Envolvimento epitelial, proteínas reguladoras, ativação endotelial e de fibroblastos foram quantitativamente avaliados pela densidade de células alveolares, expressão de telomerase, endotelina-1 (ET-1), fator de crescimento vascular (VEGF), fator de transformação do crescimento beta (TGF-beta) e do fator de crescimento de fibroblastos básico (bFGF). Estresse celular em células epiteliais alveolares do tipo 2 (AEC II) e fibroblastos, eventualmente, responsáveis pela gênese da fibrose pulmonar, foram investigados por microscopia eletrônica. Os colágenos do tipo I (Col I), III (Col III) e V (Col V) foram caracterizados e quantificados por imunofluorescência. A quantidade de colágeno pulmonar e alterações histológicas fibróticas foram significativamente aumentadas nos grupos BLM e BHT em relação aos controles...

Relación entre el efecto antiagregante de la aspirina y el recuento plaquetario: Posibles implicaciones en la dosificación

Cohen Arazi,Hernán; Carnevalini,Mariana; Falcioni,Estela; Ovejero,Rodrigo; Giorgi,Mariano; Caroli,Christian; Nojek,Carlos; Badimon,Juan J
Fonte: Revista argentina de cardiología Publicador: Revista argentina de cardiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
25.87%
Introducción El 30% de los pacientes presentan antiagregación plaquetaria inadecuada con 100 mg/día de aspirina (AAS) luego de la cirugía de revascularización miocárdica (CRM), que podría deberse a una acción inhibitoria menor de esta dosificación de AAS a la mayor activación plaquetaria y al aumento del recambio plaquetario que ocurren en el posoperatorio. Objetivos Evaluar la relación entre el recuento plaquetario y el menor efecto antiagregante y determinar si dosis fragmentadas de AAS mejoran la antiagregación. Material y métodos Luego de la CRM con bypass cardiopulmonar (2,95 puentes en promedio), se aleatorizaron prospectivamente 50 pacientes a tres grupos: 18 pacientes (G100) a 100 mg/día, 14 (G300) a 300 mg/día y 18 (G100×3) a 100 mg 3 veces por día de AAS. En el preoperatorio todos recibieron 100 mg/día. La reactividad plaquetaria se midió mediante agregación en sangre entera con ácido araquidónico antes de la cirugía (T0), al primero (T1), tercero (T2) y séptimo días (T3) y al mes (T4) pos-CRM. Resultados En el preoperatorio todos los pacientes tenían valores óptimos de antiagregación (0 W). En el posoperatorio, los pacientes del G100×3 tuvieron mejores niveles de antiagregación (p < 0,05). Ningún paciente del G100×3 tuvo valores ≥ 6 W...