Página 7 dos resultados de 200 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Evolução da eficiência do canal de crédito na política monetária brasileira

Marcatti, Fernanda Consorte Ribeiro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
O presente trabalho apresenta evidências empíricas para o canal de crédito no Brasil, utilizando como base o trabalho de Nelson Sobrinho (2003). O trabalho consisti-se de uma análise descritiva e de diversos testes econométricos baseados em diferentes indicadores do mercado de crédito, monetário e de produção real. A análise descritiva mostrou que embora a proporção crédito/ PIB no Brasil seja pequena quando comprada a outras economias, a mesma tem crescido nos últimos anos. Da mesma forma, por mais que o custo do crédito (medido pelo spread bancário) seja elevado, há uma tendência declinante, o que já sugere alguma evolução positiva para o canal do crédito no país. De fato, calculamos que a medida de alavancagem das empresas brasileiras vem aumentando, e esse aumento pode indicar dependência das firmas aos bancos, uma das condições necessárias para a operação do canal de crédito. Por outro lado, vimos que a maturidade das operações de crédito no Brasil tem se expandido fortemente, e esse crescimento pode gerar alguma perda de eficiência no canal de crédito como transmissor da política monetária. Os testes de causalidade de Granger mostram que crédito Granger causa o produto com defasagem inferior ao encontrado em trabalhos terminados em períodos anteriores há 10 anos...

Três ensaios sobre liquidez do mercado secundário de títulos públicos no Brasil

Silva, Ana Lúcia Pinto da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
56.06%
A tese tem como objetivo discutir a liquidez do mercado secundário de títulos da dívida pública no Brasil. Em três ensaios, defende que problemas de organização do mercado prejudicam a ampliação da liquidez e que a formação de preços nesse mercado acompanha as taxas do mercado futuro de depósitos interfinanceiros – DI futuro, e não o contrário, como esperado, já que a presença de títulos de elevada liquidez no mercado à vista é que deveria desenvolver o mercado futuro. O primeiro ensaio mede e estima os determinantes do bid-ask spread cotado (indicador de liquidez) para cada vértice de taxa de juros, tendo como referência os vencimentos dos títulos pré-fixados em cabeça de semestre: LTNs (LTN-13 e LTN-11) e NTNFs- (NTNF-17, NTNF-14). Mercados com menores spreads são mais líquidos, mercados com spreads maiores são menos líquidos. Os modelos empíricos foram estimados por meio de análises de séries de tempo. O trabalho utiliza o cálculo do bid-ask cotado para medir a liquidez dos títulos em análise, medido pela diferença entre o ask price e o bid price de fechamento do mercado. A estimação dos determinantes da liquidez de mercado foi realizada com base no método dos mínimos quadrados ordinários (MQO). O modelo testa se maturidade e volume de negócio determinam o bid-ask spread dos títulos. Mercados com menores spreads são mais líquidos do que mercados com maiores spreads. Os resultados mostram que a mediana e a média do bid-ask spread cotado crescem com a maturidade dos títulos. Os sinais dos parâmetros das regressões confirmam para a maioria dos vértices dos vértices analisados neste trabalho a hipótese inicial de que o bid-ask spread aumenta com a elevação maturidade e diminui com maior volume negociado...

Considerações analíticas sobre a competição no sistema bancário brasileiro

Caetano, Thovan Tucakov
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
O mercado bancário brasileiro aparenta se organizar sob a forma de oligopólio, sobretudo por conta da presença de um número reduzido de grandes instituições. A teoria microeconômica nos sugere, no entanto, que mercado oligopolizado não é sinônimo de ausência de competição. A partir disso, conclui-se que não é evidente que os bancos privados domésticos não compitam entre si (claro, tampouco o contrário é evidente). Neste trabalho analisamos a evolução do grau de competitividade da indústria bancária brasileira, entre janeiro de 2001 e dezembro de 2012, utilizando a estatística-H de Panzar & Rosse. A mensuração da competição para a amostra completa continuou a indicar que os bancos brasileiros operam em regime de concorrência monopolística. Não obstante, a evolução trimestral da estatística-H aponta para períodos de significativa redução da competitividade na indústria bancária brasileira, que coincidem com momentos importantes em termos de fusões e aquisições dentro deste setor. Como complemento às conclusões obtidas através do cálculo da estatística-H, e à luz da recente intensiva do governo de “forçar” uma queda do spread bancário via instituições públicas, foram executados testes de causalidade (de Granger) entre as taxas de juros cobradas pelos bancos públicos e privados. Os resultados indicam que as instituições bancárias aparentemente levam em conta...

Cálculo do Value at Risk (VaR) para o Ibovespa, pós crise de 2008, por meio dos modelos de heterocedasticidade condicional (GARCH) e de volatilidade estocástica (Local Scale Model - LSM)

Santos, Julio Cesar Grimalt dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
O objetivo deste estudo é propor a implementação de um modelo estatístico para cálculo da volatilidade, não difundido na literatura brasileira, o modelo de escala local (LSM), apresentando suas vantagens e desvantagens em relação aos modelos habitualmente utilizados para mensuração de risco. Para estimação dos parâmetros serão usadas as cotações diárias do Ibovespa, no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2014, e para a aferição da acurácia empírica dos modelos serão realizados testes fora da amostra, comparando os VaR obtidos para o período de janeiro a dezembro de 2014. Foram introduzidas variáveis explicativas na tentativa de aprimorar os modelos e optou-se pelo correspondente americano do Ibovespa, o índice Dow Jones, por ter apresentado propriedades como: alta correlação, causalidade no sentido de Granger, e razão de log-verossimilhança significativa. Uma das inovações do modelo de escala local é não utilizar diretamente a variância, mas sim a sua recíproca, chamada de “precisão” da série, que segue uma espécie de passeio aleatório multiplicativo. O LSM captou todos os fatos estilizados das séries financeiras, e os resultados foram favoráveis a sua utilização, logo, o modelo torna-se uma alternativa de especificação eficiente e parcimoniosa para estimar e prever volatilidade...

Integração entre os mercados de milho e soja : uma análise através da transmissão de preços

Libera, Affonso Amaral Dalla
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
O objetivo da presente dissertação consiste em verificar como se dá a transmissão de preços entre os mercados físico ao nível de produtor no Brasil e futuro para as commodities milho e soja, e, entre estes dois complexos produtivos. Para isso, utilizou-se o seguinte método de pesquisa: teste de raiz unitária, teste de co-integração, teste de causalidade de Granger, estimação da elasticidade de transmissão de preços e mecanismo de correção de erro. Os resultados indicam que há integração e consequentemente transmissão de preços entre os seguintes pares de variáveis (mercados), como dependentes e explicativas respectivamente: físico soja / futuro soja, físico milho / futuro milho, físico soja / futuro milho. O fato de existir co-integração entre tais pares de variáveis é condição suficiente para se afirmar a existência de uma relação linear de equilíbrio a longo prazo para o qual o sistema converge, validando os pressupostos teóricos da Lei do Preço Único e confirmando a integração. Porém, a estimação do parâmetro que corresponde ao coeficiente que mede a elasticidade de transmissão de preço não apresentou significância estatística para a relação físico milho / futuro milho. No caso da relação contemporânea entre físico soja / futuro soja a cada 1 dólar por saco de 60Kg de variação no mercado futuro de soja...

Retorno de ações e fluxo de investimento estrangeiro no Brasil

Reis, Luciana dos Anjos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 44 f.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia; dentificar estatisticamente uma relação clara entre retorno de ações brasileiras e investimento estrangeiro em ações constitui fator relevante para investidores e gestores de política econômica. Investidores buscam precisão nas estimativas dos lucros de suas ações e os gestores têm interesse no impacto do investimento estrangeiro sobre a taxa de câmbio. Este trabalho investiga relações de causalidade e exogeneidade entre o retorno de ações brasileiras e o investimento estrangeiro em ações, utilizando dados mensais de 1995 a 2005. Os resultados encontrados comprovam a hipótese de que a entrada de investimento estrangeiro provoca o aumento no retorno das ações. Além desse investimento, o modelo econométrico mais adequado ainda incorporou como variáveis explicativas a taxa de câmbio, a qual determina o preço relativo das ações brasileiras para os investidores estrangeiros; um índice de ações globais, que denota a influência do mercado acionário mundial sobre o brasileiro; e o risco Brasil, que capta as percepções de risco por parte dos investidores externos quanto à capacidade de solvência da economia brasileira. Conjuntamente...

Testando a existência de efeitos lead-lag entre os mercados acionários norte-americano e brasileiro

Oliveira, Gustavo Rezende de; Medeiros, Otávio Ribeiro de
Fonte: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças Publicador: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
Este trabalho visa identificar o efeito lead-lag entre o mercado acionário norte-americano (NYSE) e o brasileiro (BOVESPA), ou seja, se os movimentos de elevação ou queda de preços na NYSE são seguidos, em média, por movimentos similares na Bovespa, permitindo a previsibilidade do valor dos ativos negociados no mercado brasileiro e eventual possibilidade de arbitragem. A existência deste efeito indica uma relativa segmentação entre os mercados, possibilidade não contemplada nas Hipóteses do Mercado Eficiente (HME), segundo a qual os preços dos ativos são imprevisíveis. Identificou-se a existência de co-integração bem como de causalidade (Granger) bidirecional. Através da análise de regressão com vários modelos (regressão linear múltipla, equações simultâneas, VECM e GARCH), constatou-se que o índice Ibovespa é, em grande parte, explicado pelo movimento do Índice Dow Jones em minutos anteriores, divergindo do pressuposto da HME de não previsibilidade de preços. No entanto, os resultados mostraram que a realização de arbitragem não é economicamente viável, em decorrência dos custos de transação.

Efeitos de contágio e impactos das crises financeiras na OCDE

Malta, Carlos Miguel Gomes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
A crise financeira está associada a perturbações nos mercados financeiros que afectam negativamente a economia real de bens e serviços, bem como o fluxo de crédito de famílias e empresas. Neste estudo analisam-se os impactos e posteriores contágios de várias crises ao longo do século XX e XXI, fazendose em primeiro lugar uma abordagem teórica, completada posteriormente com uma abordagem prática através de dados trimestrais, para 21 países da OCDE num período compreendido entre 1988 e 2008. São utilizados como metodologias o teste de causalidade de Granger e a regressão linear múltipla, detectando-se a existência de uma elevada superioridade de relações causais entre países da OCDE, reforçando a ideia de que a globalização financeira é tida cada vez mais com maior peso nos dias de hoje, onde o mundo é já visto como uma “aldeia global” e onde as economias se encontram estreitamente ligadas entre elas. Neste sentido, como eventuais recomendações, defende-se uma maior cooperação entre Bancos Centrais e as autoridades financeiras, assim como uma rápida resposta a possíveis desequilíbrios. A nível interno, os países além de não deverem perder a batalha da competitividade, devem diversificar as suas relações económicas e comerciais para reduzirem o risco de transmissão de contágio. Este estudo apresentou como limitações a indisponibilidade de mais e melhores dados trimestrais...

Ajustamento dos preços e salários para a economia portuguesa no período 1958-1993

Correia, Leonida Amaral Tomás
Fonte: Gabinete de Investigação e Acção Social do Instituto Superior Económico e Social de Évora Publicador: Gabinete de Investigação e Acção Social do Instituto Superior Económico e Social de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.89%
Neste trabalho é estudado o fenómeno da rigidez salarial e de preços, quantificando o seu grau real e nominal para a economia portuguesa, no período 1958-93,através da utilização de um modelo de estrutura novo-keynesiana. Aplica-se, também, a metodologia VAR para complementar a análise do comportamento das variáveis envolvidas - preços, salários e produto real - recorrendo à análise de causalidade de Granger, das respostas-impulso e decomposição da variância do erro de previsão.

O papel da energia, das exportações e do investimento no crescimento económico: evidência empírica de técnicas modernas de painel

Lopes, João José Serrão
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
Este estudo tenta analisar a relação de causalidade entre o consumo de energia primária, o emprego, o share do investimento e as exportações com o PIB, para um grupo de 21 países no período entre 1965 e 2011 através de uma analise de dados em painel. Este estudo usa os testes de unit roots e de cointegração que mostram que o modelo mais adequado é o de curto prazo para a análise dos resultados. A dinâmica de curto prazo mostra a existência de uma relação positiva e altamente significante de todas as variáveis com o PIB. Os resultados do trabalho têm um importante papel em saber quais as políticas de energia a tomar por parte dos países inseridos neste estudo. Uma situação importante é saber que no curto prazo uma redução do consumo de energia ou numa das outras três variáveis trará uma redução no crescimento económico, e que por isso é necessário ter atenção às políticas que se tomam.

Desempenho exportador brasileiro recente e taxa de câmbio real: uma análise setorial

Kannebley Júnior,Sérgio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
Este artigo investiga a relação entre medidas alternativas de taxa de câmbio real e a evolução do quantum exportado para 13 setores exportadores nacionais, no período de 1985 a 1998. É possível concluir, por meio de análise descritiva e econométrica, que não existe uma relação de longo prazo estável entre a evolução do nível da taxa de câmbio real e o quantum exportado para a maioria dos setores analisados. Argumenta-se, entretanto, que a manutenção de um nível de taxa real de câmbio capaz de preservar a rentabilidade e/ou competitividade dos setores exportadores é condição necessária, porém não suficiente, para a expansão das exportações ao longo do tempo.

Assimetria de transmissão de preço na comercialização da uva fina de mesa no Paraná: 1997 a 2011

Alves,Alexandre Florindo; Tonin,Julyerme Matheus; Carrer,Marcelo José
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
O Paraná se destaca como um dos principais produtores de uva fina de mesa no Brasil, tendo como característica a presença de pequenos e médios produtores. O presente estudo objetiva analisar a assimetria na transmissão de preço entre os níveis produtor, atacado e varejo da uva fina de mesa no Paraná, no período de janeiro de 1997 a outubro de 2011. A metodologia empregada para verificar como ocorre a transmissão de preços entre os agentes foi o Vetor Autorregressivo (VAR). O modelo utilizado para mensurar Assimetria de Transmissão de Preços (ATP) foi baseado na metodologia desenvolvida por Grififth e Piggott (1994). Os principais resultados foram: na análise de transmissão de preço ao varejo, o atacado apresentou um coeficiente de elasticidade maior do que o nível do produtor; o sentido unicausal atacado-varejo do teste de Granger é uma evidência de presença de informações assimétricas; e os acréscimos dos preços são transmitidos com mais rapidez do que os decréscimos, que, junto aos resultados do teste t de Griffith e Piggott (1994), comprova a existência de assimetria na transmissão de preços.

Mecanismo de transmissão da política monetária: uma análise do canal de crédito para a economia brasileira pós real

Silva, Tatiele Lacerda da
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
O presente estudo teve como objetivo examinar a existência e a relevância do canal de crédito, sendo dividido entre o canal dos empréstimos bancários e o canal do balanço patrimonial, na transmissão da política monetária no Brasil no período de janeiro de 2001 a julho de 2011, para isso foi usado o IGP-DI e o IPCA. A metodologia utilizada foi as análises de Vetores Auto-Regressivo (VAR), como os testes de causalidade de Granger, função impulso e resposta, decomposição da variância e análise das velocidades, sendo este, oriundo do teste de Vetor de Correção de Erros (VECM). Os resultados encontrados mostram o canal de crédito, no segmento empréstimos bancário, importante e relevante para elevar o crescimento econômico, mas com maior significância com o uso do IGP-DI, sendo sustentável ao longo prazo e um canal auxiliar ao canal da moeda. Já o canal do balanço patrimonial, apesar de mostrar que eleva a produção da economia, é um canal pouco significativo, mas relevante, mesmo sendo um canal ainda pouco desenvolvimento, sendo mais influente a moeda, os títulos e o câmbio. Não podendo dizer que correspondem a um canal auxiliar ao da moeda. E que o uso do IPCA colabora com os resultados do IGP-DI elevando a produção da economia brasileira ao seu nível potencial. A pesquisa conclui que existem na economia brasileira...

Análise de integração de mercado dos principais países produtores e consumidores de café; Analysis of the integrated market from the main producers and consumers of coffee

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%

Volume de contratos futuros de soja negociados na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F); Volume of soybean futures contract traded at Brazilian Mercantile & Futures Exchange (BM&F)

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DAE - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.04%

A teoria orçamental de determinação do nível de preços

Grosa, Carla Cristina Coragem
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2001 Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
Mestrado em Economia Monetária e Financeira; O presente trabalho pretende expor os principais fundamentos da teoria orçamen¬tal de determinação do nível geral de preços. Para melhor compreender esta nova abordagem, foi dado um enfoque particular às principais referências teóricas, inspi¬radas na " aritmética monetarista desagradável". É dado também um especial relevo ao resultado da determinação do nível de preços num regime de fixação da taxa de juro nominal e às principais extensões desta teoria, como por exemplo, o caso de uma união monetária. Tendo em conta a importante controvérsia em torno da validade do instrumental teórico desta nova abordagem, discutem-se também os principais argumentos críticos. As metodologias e os resultados dos estudos empíricos realizados à luz desta nova teoria permitem concluir que se trata sobretudo de uma abordagem de determinação do regime orçamental, ao invés de uma abordagem de determinação do nível de preços. A evidência empírica para os EUA aponta para a rejeição de um regime orçamental não Ricardiano. No caso de Portugal, procurou-se caracterizar o regime orçamental durante o período de 1956 a 1998 através de um teste de causalidade à Granger...

O papel da energia, das exportações e do investimento no crescimento económico: evidência empírica de técnicas modernas de painel

Lopes, João José Serrão
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
Este estudo tenta analisar a relação de causalidade entre o consumo de energia primária, o emprego, o share do investimento e as exportações com o PIB, para um grupo de 21 países no período entre 1965 e 2011 através de uma analise de dados em painel. Este estudo usa os testes de unit roots e de cointegração que mostram que o modelo mais adequado é o de curto prazo para a análise dos resultados. A dinâmica de curto prazo mostra a existência de uma relação positiva e altamente significante de todas as variáveis com o PIB. Os resultados do trabalho têm um importante papel em saber quais as políticas de energia a tomar por parte dos países inseridos neste estudo. Uma situação importante é saber que no curto prazo uma redução do consumo de energia ou numa das outras três variáveis trará uma redução no crescimento económico, e que por isso é necessário ter atenção às políticas que se tomam.

INVESTIMENTO ESTRANGEIRO EM RENDA VARIÁVEL E TAXA DE CÂMBIO: RELAÇÕES NO PERÍODO 1999-2012 PARA A ECONOMIA BRASILEIRA

Mattos, Mirian da Silva; Mestre em Economia pelo PPGE-PUCRS. Banco do Brasil.; de Moraes, Gustavo Inácio; Professor do PPGE-PUC-RS
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
Os fluxos de capitais externos para investimento em carteira no Brasil tem se elevado nos últimos anos. Na década de 1990 o investimento estrangeiro foi predominantemente para renda fixa, e seu influxo exerceu influências sobre o câmbio. Na década seguinte este foi superado pelo investimento para renda variável. O objetivo deste trabalho é verificar se existe uma relação entre investimento estrangeiro em renda variável e taxa de câmbio, compreendendo as influências que exercem simultaneamente com Ibovespa e diferencial da taxa de juros, no período iniciado com a liberação do câmbio para flutuante em 1999, até 2012. Os resultados para o vetor auto regressivo e o teste de causalidade de Granger apontam para uma relação de causalidade da bolsa sobre o câmbio nos períodos de queda do Ibovespa, mas estes coeficientes ainda são inferiores aos do diferencial de taxa de juros.

RELAÇÕES DE CAUSALIDADE ENTRE O RETORNO DAS AÇÕES DO SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL BRASILEIRO E INDICADORES MACROECONÔMICOS

Marcelo de Lima Balzana Filho; Universidade Federal Fluminense; Ricardo Bordeaux-Rego; UFF
Fonte: ENGEVISTA Publicador: ENGEVISTA
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
Este artigo teve o objetivo de analisar se há uma relação de causalidade entre as ações do setor de construção civil brasileiro e indicadores macroeconômicos. Foram utilizados testes de raiz unitária, testes de causalidade de Granger e análise de regressão multivariada para tentar modelar relações de retornos entre indicadores defasados e as ações. Utilizando sete ações e oito indicadores, o estudo conclui que seis entre as sete ações do setor são influenciadas de modo defasado por pelo menos dois indicadores econômicos. O único indicador econômico que é causado pelas ações o PIB, sendo este causado por apenas duas ações. Tentou-se construir modelos multivariados para prever o retorno das ações através dos dados defasados dos indicadores, mas esses modelos não tiveram sucesso em obter resultados próximos dos retornos reais no período avaliado.

Correlação e causalidade entre os preços de commodities e energia

Bini, Dienice Ana; Universidade Federal de Pelotas; Canever, Mario Duarte; Universidade Federal de Pelotas; Denardin, Anderson Antônio; Universidade Federal de Santa Maria
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
Objetiva-se testar a cointegração e a causalidade entre os preços de energia e commodities agrícolas nas condições comercias do Brasil. Utilizando- se dados de preço mensais de 2000 a 2012 das commodities: petróleo, etanol, cana, milho, soja, taxa de câmbio, e ainda os preços americanos de milho e etanol. O petróleo e taxa de câmbio apresentaram coeficientes significativos a 10% para todos os produtos. O etanol foi significativo para a cana de açúcar, soja e milho, mostrando o entrelaçamento entre os preços de energia e produtos agrícolas no Brasil. Isso é evidenciado pelas relações significativas de cointegração da soja com a cana, etanol e milho. Identificou-se causalidade no sentido de Granger do milho e etanol americano para o etanol brasileiro, e do milho americano para o milho e a soja do Brasil. Pode-se concluir que há transmissão de preços das commodities energéticas para as commodities agrícolas e entre as commodities.