Página 8 dos resultados de 151 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Tendo que cuidar

Alvarez, Angela Maria
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 186 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
16.53%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Os objetivos deste estudo foram: compreender o processo global vivenciado pela família cuidadora de parente idoso doente e fragilizado, no âmbito de domicílios pobres de periferias urbanas circunscritos a um Centro de Saúde. Buscou-se também desenhar um modelo teórico explanatório do processo de cuidar e ser cuidado em suas dimensões conforme vivenciado pelo idoso e sua família. A abordagem metodológica adotada foi a da Teoria Fundamentada nos Dados (Grounded Theory). Considerando essa abordagem, o trabalho de campo foi realizado em dois bairros da cidade de Florianópolis, nos quais estão instalados os Centros de Saúde com Programa de Saúde da Família (PSF) com cadastramento de famílias da comunidade de sua jurisdição. Participaram da amostra deste estudo oito famílias cuidadoras de idosos doentes e fragilizados, além de outras quatro que participaram como validadoras do modelo teórico construído. O trabalho de campo foi desenvolvido por meio de observação participante incluindo entrevistas, análise de documentos e observação do cenário social. Os informantes incluídos foram familiares cuidadores...

Acolhimento de enfermagem no pré-operatório das pessoas idosas hospitalizadas

Amaro, Bruno Manuel Vieira
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.24%
O utente idoso sente-se fragilizado quando é hospitalizado, recebê-lo bem, com uma atitude adequada é essencial para a articulação dos conhecimentos das ciências do comportamento para cuidar em enfermagem. O acolhimento significa a humanização do atendimento, fazendo parte integrante dos cuidados de enfermagem. Esta dissertação pretende analisar o Acolhimento de Enfermagem no pré-operatório da pessoa idosa hospitalizada. É um estudo exploratório, descritivo e recorreu a uma metodologia quantitativa. Foram definidos como objetivos, analisar o processo de acolhimento de enfermagem no pré-operatório dos idosos hospitalizados, mais especificamente, a satisfação dos mesmos em relação ao acolhimento prestado; a avaliação da importância atribuída ao acolhimento e identificar lacunas existentes no mesmo. Concluiu-se que a maioria da população considera satisfatório o acolhimento de enfermagem, existindo alguns aspetos que devem ser melhorados. Pretende-se com este estudo melhorar o Acolhimento de Enfermagem no serviço onde o mesmo decorreu, promovendo a melhoria contínua dos cuidados de enfermagem; ABSTRACT: The elderly patient generally feels weakened when he gets into hospital, thus, it is very important to welcoming him with a friendly and proper attitude. This way of treating people is essential to the articulation of knowledge of the behavioural sciences to nursing care. Home nursing care doesn’t exist without the humanization of procedures...

Síndrome de fragilidade aumenta a suscetibilidade à ventilação mecânica?; Fraglity syndrome increases susceptibility to mechanical ventilation?

Lisboa, Sandra; Rosa, Bruno Rodrigues; Gonçalves, Christine Pereira; David, Cid Marques
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
Alguns marcadores clínicos da síndrome de fragilidade, como desnutrição, sarcopenia e delírio são preditores de insuficiência respiratória em idosos. Dessa forma, esses fatores de risco podem levar os pacientes considerados frágeis a uma maior suscetibilidade à intubação e ventilação mecânica. Objetivo:  identificar evidências de associação causal entre a síndrome de fragilidade e ventilação mecânica invasiva. Métodos: busca no MEDLINE por coortes que demonstrem que a síndrome de fragilidade aumenta o risco de intubação e ventilação mecânica invasiva. Além do termo síndrome de fragilidade, foram incorporados e considerados também os marcadores clínicos da síndrome que podem apresentar associação à insuficiência respiratória, reconhecidos na literatura como sarcopenia, delírio e desnutrição. A busca foi realizada através de estratégia de busca específica, incluindo os termos de busca (Medical Subject Headings – MeSH) e respectivos sinônimos. Além disso, foi realizada uma busca adicional na lista de referências dos estudos incluídos.Resultados: nenhum estudo preencheu os critérios de inclusão desta revisão. Conclusões: Em nosso estudo, não foram encontradas evidências de que a síndrome de fragilidade possa ser um fator de risco para ventilação mecânica invasiva. Existem indícios...

Declínio funcional de idosa institucionalizada: aplicabilidade do modelo da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde; Functional decline of an institutionalized elderly woman: applicability of the model of the International Classification of Functioning, Disability and Health

Depolito, Carolina; Leocadio, Priscilla Lassi Losano de Faria; Cordeiro, Renata Cereda
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
O objetivo deste estudo é relatar a evolução clínico-funcional de uma idosa residente em instituição de longa permanência (ILPI), descrevendo a influência das condições contextuais (socioeconômicas e familiares) em sua saúde, bem como discutir a provável relação entre os eventos e seu declínio funcional utilizando o modelo conceitual da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). A CIF foi elaborada pela Organização Mundial de Saúde para atender a diferentes setores e estabelecer uma linguagem comum na descrição da saúde, permitindo uma abrangência multidimensional dos fatores direta e indiretamente relacionados ao quadro clínico-funcional, bem como intervenções de caráter interprofissional na clínica ou no ambiente institucional. A paciente passou por diferentes momentos na ILP e foi a óbito após 12 meses. A discussão do caso permite planejar melhores estratégias para lidar com os eventos adversos à saúde que podem ocorrer nesse contexto.; The purpose of this study was to analyse the clinical functional evolution of an elderly institutionalized woman, focussing on the way socioeconomic context and family-related conditions influenced her health, as well as to discuss the probable relationship between contextual events and the patient's functional decline...

Avaliação de fragilidade, funcionalidade e medo de cair em idosos atendidos em um serviço ambulatorial de Geriatria e Gerontologia; Assessment of frailty, functionality and fear of falling in elderly assisted at an outpatient gerontologic and geriatric clinic

Silva, Silvia Lanziotti Azevedo da; Vieira, Renata Alvarenga; Arantes, Paula; Dias, Rosângela Corrêa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
A síndrome da fragilidade é uma condição associada ao envelhecimento, com desfechos de saúde nos idosos como quedas, medo de cair e incapacidade. Os objetivos deste estudo foram determinar a freqüência de fragilidade e verificar a existência de correlação desta com quedas, medo de cair e funcionalidade, em 30 idosos (média de 75,7±7,6 anos) cadastrados em um serviço interdisciplinar de Geriatria e Gerontologia. Foram avaliados quanto à fragilidade, por características sugeridas pela literatura, e quanto aos desfechos quedas, funcionalidade e medo de cair. A análise descritiva identificou 20% de idosos frágeis, 46,7% pré-frágeis e 33,3% não-frágeis. Foram encontradas diferenças significativas entre os grupos frágeis e pré-frágeis e frágeis e não-frágeis em relação à funcionalidade mensurada pela escala de Lawton (p=0,000) e medo de cair, avaliada pela escala internacional de eficácia de quedas (FES-I, na sigla em inglês). Foi encontrada correlação significativa e moderada entre a pontuação na FES-I e o número de quedas; e correlação significativa, moderada e inversa, entre as pontuações da FES-I e de Lawton. A freqüência de fragilidade foi maior na amostra do estudo do que a encontrada em estudos prévios; e foram encontradas diferenças significativas entre os grupos de idosos...

Integration and continuity of care in health care network models for frail older adults; Integración y continuidad del cuidado en modelos de red de atención a la salud para ancianos frágiles; Integração e continuidade do cuidado em modelos de rede de atenção à saúde para idosos frágeis

Veras, Renato Peixoto; Caldas, Célia Pereira; Motta, Luciana Branco da; Lima, Kenio Costa de; Siqueira, Ricardo Carreño; Rodrigues, Renata Teixeira da Silva Vendas; Santos, Luciana Maria Alves Martins; Guerra, Ana Carolina Lima Cavaletti
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
A detailed review was conducted of the literature on models evaluating the effectiveness of integrated and coordinated care networks for the older population. The search made use of the following bibliographic databases: Pubmed, The Cochrane Library, LILACS, Web of Science, Scopus and SciELO. Twelve articles on five different models were included for discussion. Analysis of the literature showed that the services provided were based on primary care, including services within the home. Service users relied on the integration of primary and hospital care, day centers and in-home and social services. Care plans and case management were key elements in care continuity. This approach was shown to be effective in the studies, reducing the need for hospital care, which resulted in savings for the system. There was reduced prevalence of functional loss and improved satisfaction and quality of life on the part of service users and their families. The analysis reinforced the need for change in the approach to health care for older adults and the integration and coordination of services is an efficient way of initiating this change.; Foi realizada revisão crítica da literatura sobre modelos que tenham avaliado a efetividade de redes assistenciais integradas e coordenadas para a população idosa. Foram pesquisadas as seguintes bases bibliográficas: Pubmed...

Adaptação cultural e validade da Edmonton Frail Scale - EFS em uma amostra de idosos brasileiros; Adaptación cultural y validez de la Edmonton Frail Scale - EFS en una muestra de ancianos brasileños; Cross-cultural adaptation and validity of the "Edmonton Frail Scale - EFS" in a Brazilian elderly sample

Fabrício-Wehbe, Suzele Cristina Coelho; Schiaveto, Fábio Veiga; Vendrusculo, Thaís Ramos Pereira; Haas, Vanderlei José; Dantas, Rosana Aparecida Spadoti; Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
O objetivo deste estudo foi avaliar a adaptação cultural da Edmonton Frail Scale (EFS) e sua validade em uma amostra de idosos brasileiros. Foram realizadas as etapas de tradução e retrotradução, discussão com profissionais e idosos para equivalência conceitual, validação semântica e pré-teste da escala. O instrumento foi aplicado em 137 idosos, com 65 anos ou mais de idade, que viviam na comunidade. Na validação de grupos conhecidos, do diagnóstico de fragilidade entre sexo, idade e déficit cognitivo, idosos com idade mais avançada, sexo feminino e com déficit cognitivo tiveram maior pontuação no diagnóstico de fragilidade. Houve correlação convergente negativa da EFS com a Medida de Independência Funcional (MIF) (-0,53, p; El objetivo de este estudio fue evaluar la adaptación cultural de la Edmonton Frail Scale (EFS) y su validez en una muestra de ancianos brasileños. Fueron realizadas las etapas de traducción y retrotraducción, discusión con profesionales y ancianos para equivalencia conceptual, validación semántica y prueba piloto de la escala. El instrumento fue aplicado en 137 ancianos, con 65 años o más de edad, que vivían en la comunidad. En la validación de grupos conocidos, del diagnóstico de fragilidad entre sexo...

Prevalência de fragilidade e fatores associados em idosos comunitários de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil: dados do estudo FIBRA

Vieira,Renata Alvarenga; Guerra,Ricardo Oliveira; Giacomin,Karla Cristina; Vasconcelos,Karina Simone de Souza; Andrade,Amanda Cristina de Souza; Pereira,Leani Souza Máximo; Dias,João Marcos Domingues; Dias,Rosângela Corrêa
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
A fragilidade apresenta elevada variabilidade na prevalência e é pouco investigada em países em desenvolvimento. O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência e fatores associados à fragilidade em idosos comunitários de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Aspectos clínicos, funcionais e sociodemográficos foram avaliados. Foi utilizado o modelo de regressão ordinal, para verificar condições associadas à fragilidade e determinar a razão de chance (α = 0,05). A prevalência de pré-fragilidade foi 46,3% e de fragilidade de 8,7%. Os idosos pré-frágeis e frágeis apresentaram, respectivamente, maiores e crescentes razão de chances para dependência em atividades instrumentais de vida diária; restrição em atividades avançadas de vida diária; utilização de dispositivos auxiliares da marcha; comorbidades; quedas; sintomas depressivos; menor autoeficácia para prevenir quedas; hospitalização e idade avançada. Foi identificado elevado percentual de estados de fragilidade associados a maiores chances para condições adversas de saúde, especialmente as relacionadas à incapacidade.

Síndrome da fragilidade biológica em idosos: revisão sistemática

Tribess,Sheilla; Oliveira,Ricardo Jacó de
Fonte: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia Publicador: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
Objetivo O objetivo desse estudo foi identificar a prevalência e as estratégias de avaliação da Síndrome da Fragilidade Biológica em Idosos. Metodologia Para o desenvolvimento deste estudo foi realizada uma busca em base de dados eletrônica (Medline/Pubmed) e lista de referências dos artigos identificados, utilizando os seguintes descritores, na língua inglesa: "frailty e "frail" conjugados com os termos "elderly", "aging" e "prevalence". Estes termos/descritores foram combinados usando os operadores lógicos disponíveis nas ferramentas de buscas. A busca eletrônica inicial resultou em 1 865 manuscritos. O processo de análise dos estudos envolveu leitura de títulos, resumos e textos completos. Após todas essas fases, 35 manuscritos preencheram os critérios de inclusão da revisão. Resultados Os resultados indicaram que as mulheres, com índices que variam de 7,3 % a 21,6 %, são mais frágeis do que os homens, com percentuais que variam de 4 % a 19,2 %. Conclusão As disparidades na prevalência de índices de fragilidade e pré-fragilidade devem ser minimizadas, com estímulo a padronização metodológica para a avaliação da fragilidade humana.

Integração e continuidade do cuidado em modelos de rede de atenção à saúde para idosos frágeis

Veras,Renato Peixoto; Caldas,Célia Pereira; Motta,Luciana Branco da; Lima,Kenio Costa de; Siqueira,Ricardo Carreño; Rodrigues,Renata Teixeira da Silva Vendas; Santos,Luciana Maria Alves Martins; Guerra,Ana Carolina Lima Cavaletti
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
Foi realizada revisão crítica da literatura sobre modelos que tenham avaliado a efetividade de redes assistenciais integradas e coordenadas para a população idosa. Foram pesquisadas as seguintes bases bibliográficas: Pubmed, The Cochrane Library, Lilacs, Web of Science, Scopus e SciELO. Doze artigos sobre cinco modelos diferentes foram incluídos para a discussão. A análise da literatura mostrou que a prestação de serviços pautava-se na atenção básica incluindo serviços domiciliares. Os usuários contavam com a integração de atenção primária, hospitalar, centros dia, serviços domiciliares e serviços sociais. O plano de cuidados e a gestão de caso foram elementos chaves para a continuidade de cuidado. Essa abordagem mostrou-se efetiva nos estudos, reduzindo o uso da atenção hospitalar, o que resultou em economia para o sistema financiador. Houve redução da prevalência de perda funcional, melhora na satisfação e na qualidade de vida dos usuários e de seus familiares. A análise da literatura reforça a necessidade de se modificar a abordagem de assistência à saúde dos idosos...

Apoio social e síndrome da fragilidade em idosos residentes na comunidade

Amaral,Fabienne Louise Juvêncio dos Santos; Guerra,Ricardo Oliveira; Nascimento,Aline Freire Falcão; Maciel,Álvaro Campos Cavalcanti
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.24%
A fragilidade em idosos resulta da complexa interação entre fatores clínicos e sociais envolvidos na sua gênese. Porém, ainda não se sabe, de forma clara, se esta síndrome pode ser agravada devido à ausência do apoio social. Assim, o objetivo do presente estudo foi analisar a associação entre este e a síndrome da fragilidade em idosos residentes na comunidade. Trata-se de estudo observacional analítico de caráter transversal, com uma amostra de 300 idosos. Foram coletadas informações sobre os dados sociodemográficos e econômicos e de saúde física, fragilidade e apoio social. Para análise estatística, foram realizados o teste qui-quadrado de Pearson, o teste t de student e a regressão logística binária, adotando-se um nível de significância de 5%. Não foram observadas associações da fragilidade com as variáveis do apoio social, com exceção da modalidade tarefas domésticas (p = 0,04). Na regressão logística, permaneceram associadas a fragilidade à idade (OR = 1,19), à atividade física (OR = 2,56) e à saúde percebida (OR = 3,33). Acredita-se que mais estudos precisam ser desenvolvidos para uma caracterização da vulnerabilidade social, como também os serviços de saúde necessitam reconhecer a importância do apoio social como parte integrante da prestação de cuidados aos idosos.