Página 1 dos resultados de 534 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Estudo da alometria dos ácidos gordos em suínos da raça Bísara

Carvalho, Marieta
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
67.31%
No presente trabalho de tese seleccionou-se como material biológico de estudo, o porco de raça Bísara, considerada uma raça autóctone em risco de extinção. O “estudo da alometria dos ácidos gordos em suínos da raça Bísara” foi desenvolvido mediante uma revisão bibliográfica sobre: evolução e situação actual dos suínos da raça Bísara no contexto mundial; estudo da população e produção de carne suína em Portugal e no Mundo; as teorias do crescimento e desenvolvimento dos suínos; alometrias ontogénicas; evolução da composição corporal dos suínos, nomeadamente a composição em tecidos nervoso, ósseo, muscular e adiposo, evolução dos órgãos, peças de talho e evolução da composição química e bioquímica dos ácidos gordos e características que afectam a qualidade tecnológica e sensorial da carne de suínos. A metodologia utilizada foi a investigação experimental, executada desde Dezembro de 2001 a Dezembro de 2006, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Para atingir os objectivos propostos utilizaram-se 45 porcos (28 fêmeas e 17 machos), abatidos em 10 fases distintas do seu desenvolvimento (grau de maturidade): 5, 15, 20, 35, 45, 55, 75, 90, 100 e 120% do peso maduro estimado para as fêmeas e em 8 fases para os machos: 5...

Composição em ácidos gordos e vitamina E de óleos de sementes de uvas de dez castas portuguesas

Fernandes, Luana; Casal, Susana; Pereira, J.A.; Ramalhosa, Elsa
Fonte: SPQ Publicador: SPQ
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
67.31%
O presente estudo teve como objetivo avaliar a vitamina E (tocoferóis e tocotrienóis) e os ácidos gordos em óleos de semente de uva de dez castas portuguesas com o intuito de aumentar o potencial e valorizar a exploração destes resíduos industriais. Os resultados mostraram que os óleos de semente de uva são uma fonte potencialyde -tocotrienol (499- 1575 mg/kg), a-tocoferol (85,5-244 mg/kg) e a -tocotrienol (69-319 mg/kg), sendo o ytocotrienol o mais comum. No que diz respeito à composição dos ácidos gordos, o linole ico (C 18:2cc), oleico (C 18: I ), palmítico (C 16:0) e esteárico (C 18:0) foram os predominantes. Os óleos de semente de uva demonstraram ser uma boa fonte de ácidos gordos polinsaturados (PUF A) (63,64-73,53%), enquanto os ácidos gordos monoinsaturados (MUF A) e saturados (SFA) variaram entre 14,19-2 1,29 e 11 ,64-1 4,94%, respetivamente. Em suma, o presente trabalho demonstrou que os óleos extraídos a partir de sementes de castas de uvas portuguesas apresentam uma composição adequada para poderem ser incorporados em outros produtos alimentares. O presente estudo teve como objetivo avaliar à vitamina E (tocoferóis e tocotrienóis) e os ácidos gordos em óleos de semente de uva de dez tradicionais castas portuguesas - Aragonês...

Efeito do tratamento térmico no perfil de ácidos gordos de alheiras do Nordeste Transmontano

Pereira, Ermelinda; Fontes, Marta; Pereira, Etelvina; Teixeira, A.; Ramalhosa, Elsa
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
O Nordeste Transmontano é uma região onde diversos produtos cárneos tradicionais são produzidos. A alheira é um desses produtos típicos, feita à base de carne de porco, pão e azeite, sendo sujeita a um processo de fumagem. Após esse período, a alheira está pronta para ser vendida ao consumidor final. Este antes de a consumir, sujeita-a a um tratamento térmico, o qual pode provocar alterações no perfil lipídico dos alimentos no que se refere à composição em ácidos gordos. Para estudar o efeito do aquecimento no perfil lipídico de alheiras, no presente trabalho extraiu-se a gordura e determinou-se o perfil em ácidos gordos antes e após tratamento térmico num forno com convecção a 220 ºC. Em simultâneo procedeu-se à determinação do pH, da atividade da água e dos teores de proteína bruta e de cinzas. Verificou-se que a alheira é um produto que apresenta, como valores médios, uma atividade da água de 0,918±0,007, pH ligeiramente ácido (6,07±0,26), teor de proteína de 9,94±0,93 %, teor de gordura de 6,60±0,68 % e teor em cinzas de 1,14±0,02 %. Em relação aos ácidos gordos (% em peso fresco), os monoinsaturados (MUFA) foram os predominantes na alheira não sujeita ao tratamento térmico (3,20±0...

Composição em ácidos gordos e vitamina E de óleos de sementes de uvas de dez castas portuguesas

Fernandes, Luana; Casal, Susana; Pereira, J.A.; Ramalhosa, Elsa
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
Em Portugal a uva (Vitis vinifera L.) é uma das culturas mais relevantes em termos de emprego e riqueza dos produtores. Contudo, dessa indústria resultam as sementes das uvas que correspondem em média a cerca de 5% do peso do fruto. Nesse sentido, mais de 3 milhões de toneladas de sementes de uva são rejeitados anualmente em todo o mundo, sendo muitas vezes mencionados como resíduos agrícolas e industriais. De forma a valorizar este resíduo, torna-se importante encontrar soluções para o tratamento do mesmo, passando, por exemplo, pelo desenvolvimento de novos produtos. O presente estudo teve como objetivo avaliar a vitamina E (tocoferóis e tocotrienóis) e os ácidos gordos em óleos de semente de uva de dez castas portuguesas tradicionais - Aragonês, Cornifesto, Marufo, Periquita, Tinta Barroca, Tinta Carvalha, Touriga Cão, Touriga Francesa, Touriga Nacional e Trincadeira Preta, com o intuito de aumentar o potencial e valorizar a exploração destes resíduos industriais. Os resultados mostraram que os óleos de semente de uva são uma boa fonte de γ-tocotrienol (499-1575 mg/kg), α-tocoferol (85,5-244 mg/kg) e α-tocotrienol (69-319 mg/kg), sendo o γ-tocotrienol o mais comum. No que diz respeito à composição dos ácidos gordos...

Composição em ácidos gordos e vitamina E de óleos de sementes de uvas de dez castas Portuguesas

Fernandes, Luana; Casal, Susana; Pereira, J.A.; Ramalhosa, Elsa
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
Em Portugal a uva (Vitis vinifera L.) é uma das culturas mais relevantes em termos de emprego e riqueza dos produtores. Contudo, dessa indústria resultam as sementes das uvas que correspondem em média a cerca de 5 % do peso do fruto. Nesse sentido, mais de 3 milhões de toneladas de sementes de uva são descartados anualmente em todo o mundo, sendo muitas vezes mencionados como resíduos agrícolas e industriais. De forma a valorizar este resíduo, torna-se importante encontrar soluções para o tratamento do mesmo, passando, por exemplo, pelo desenvolvimento de novos produtos. O presente estudo teve como objetivo avaliar a vitamina E (tocoferóis e tocotrienóis) e os ácidos gordos em óleos de semente de uva de dez castas portuguesas tradicionais - Aragonês, Cornifesto, Marufo, Periquita, Tinta Barroca, Tinta Carvalha, Touriga Cão, Touriga Francesa, Touriga Nacional e Trincadeira Preta, com o intuito de aumentar o potencial e valorizar a exploração destes resíduos industriais. Os resultados mostraram que os óleos de semente de uva são uma boa fonte de γ-tocotrienol (499-1575 mg/kg), α-tocoferol (85,5-244 mg/kg) e α-tocotrienol (69-319 mg/kg), sendo o γ-tocotrienol o mais comum. No que diz respeito, à composição dos ácidos gordos...

Efeito do tratamento térmico no perfil de ácidos gordos de alheiras do Nordeste Transmontano

Pereira, Ermelinda; Fontes, Marta; Pereira, Etelvina; Teixeira, A.; Ramalhosa, Elsa
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
O Nordeste Transmontano é uma região onde diversos produtos cárneos tradicionais são produzidos. A alheira é um desses produtos típicos, feita à base de carne de porco, pão e azeite, sendo sujeita a um processo de fumagem. Após esse período, a alheira está pronta para ser vendida ao consumidor final. Este antes de a consumir, sujeita-a a um tratamento térmico, o qual pode provocar alterações no perfil lipídico dos alimentos no que se refere à composição em ácidos gordos. Para estudar o efeito do aquecimento no perfil lipídico de alheiras, no presente trabalho extraiu-se a gordura e determinou-se o perfil em ácidos gordos antes e após tratamento térmico num forno com convecção a 220 ºC. Em simultâneo procedeu-se à determinação do pH, da atividade da água e dos teores de proteína bruta e de cinzas. Verificou-se que a alheira é um produto que apresenta, como valores médios, uma atividade da água de 0,918±0,007, pH ligeiramente ácido (6,07±0,26), teor de proteína de 9,94±0,93 %, teor de gordura de 6,60±0,68 % e teor em cinzas de 1,14±0,02 %. Em relação aos ácidos gordos (% em peso fresco), os monoinsaturados (MUFA) foram os predominantes na alheira não sujeita ao tratamento térmico (3,20±0...

Desenvolvimento e validação de uma metodologia para a determinação da composição em ácidos gordos da membrana de eritrócitos por cro-matografia gasosa com detetor de ionização em chama

Costa, Helena da Conceição Fernandes da
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
67.26%
Atualmente, é consensual a ideia de que a composição lipídica da dieta influencia de forma determinante o risco de algumas doenças crónicas. A ingestão de grandes quanti-dades de ácidos gordos saturados e ácidos gordos trans tem sido associado com dislipi-démias, exacerbar de processos inflamatórios e aumento do risco de doenças cardiovas-culares, pelo contrário o consumo de ácidos gordos polinsaturados, em especial os óme-ga-3, tem sido associado a diversos benefícios para a saúde. Pelo facto de os glóbulos vermelhos apresentarem um tempo de vida útil elevado, cerca de 120 dias, tem sido sugerido que o perfil em ácidos gordos das membranas destas células poderá ser usado não apenas como um biomarcador que reflita a ingestão de macronutrientes da dieta, mas também como um biomarcador associado a diferentes padrões metabólicos e pato-logias tais como diabetes, cancro e doenças cardiovasculares. Por este motivo, e devido a um interesse crescente na definição de possíveis relações entre perfis de ácidos gordos e o risco de doenças crónicas, várias têm sido as metodo-logias propostas para a extração, separação, identificação e quantificação de diversos lípidos, em particular de ácidos gordos em matrizes tão diversas como alimentos e teci-dos biológicos. Assim...

Composição em ácidos gordos de batatas fritas de pacote comercializadas em Portugal e sua importância na nutrição

Albuquerque, Tânia Gonçalves
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
67.4%
A prática de hábitos alimentares saudáveis desempenha uma acção preponderante na prevenção e controlo da morbilidade e mortalidade da população em Portugal. A ingestão de gordura alimentar deverá ser balanceada de acordo com as necessidades diárias de cada indivíduo. O consumo excessivo de gordura da alimentação poderá estar na origem de diversas doenças crónicas, e por este motivo, uma escolha acertada no tipo e quantidade de gordura consumida, contribui para a prática de uma alimentação saudável. Os ácidos gordos são os principais constituintes dos óleos e gorduras alimentares. Na última década, diversos estudos epidemiológicos têm evidenciado uma relação entre a saúde e o consumo de certos tipos de gordura, nomeadamente pela ingestão de alguns ácidos gordos específicos. Actualmente a informação disponível sobre a composição dos alimentos em ácidos gordos é ainda limitada ou inexistente na maioria dos produtos alimentares comercializados. As batatas fritas de pacote são um desses produtos e de acordo com os resultados do estudo do consumidor 2004, realizado pela Marktest, existem em Portugal cerca de 3 milhões de consumidores de batatas fritas de pacote. Este alimento apresenta um elevado teor de gordura...

Perfil em ácidos gordos da carne de lampreia marinha (Petromyzon marinus, L.) dos rios Minho e Mondego

Lança, Maria João; Machado, Maria Ana; Almeida, Pedro R.
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
Português
Relevância na Pesquisa
67.26%
A carne de pescado deve corresponder às expectativas do consumidor no que se refere aos atributos de qualidade sanitária, organolética e nutritiva. Os lípidos são considerados constituintes importantes dos alimentos na medida em que influenciam e determinam o aspeto sensorial do alimento, contribuindo para o sabor, o odor, a maciez, a suculência, a aparência e a sensação de saciedade após a refeição. Estes atributos estão especialmente relacionados com o perfil em ácidos gordos presentes na carne e com a oxidação dos ácidos gordos insaturados, a qual produz uma vasta gama de compostos voláteis que contribuem para determinados odores. Em Portugal, a exploração da lampreia marinha constitui uma atividade com elevado interesse económico, gastronómico e cultural com especial destaque para as Confrarias da Lampreia. Os objetivos deste trabalho foram a caracterização do perfil em ácidos gordos dos lípidos neutros e polares presentes no músculo e a determinação do índice de insaturação em animais capturados imediatamente no início da época de migração reprodutora nas bacias do Minho e do Mondego. Em cada bacia foram capturados #20 animais. Após registo de dados biométricos, foram recolhidas amostras de músculo da região do tronco...

Perfil em ácidos gordos da carne de lampreia marinha (Petromyzon marinus, L.) dos rios Minho e Mondego

Lança, M.J.; Machado, A.M.; Almeida, Pedro R.
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.26%
A carne de pescado deve corresponder às expectativas do consumidor no que se refere aos atributos de qualidade sanitária, organolética e nutritiva. Os lípidos são constituintes importantes dos alimentos na medida em que influenciam e determinam o aspeto sensorial do alimento, o sabor, o odor, a maciez, a suculência, a aparência e a sensação de saciedade após a refeição. Estes atributos estão especialmente relacionados com o perfil em ácidos gordos da carne e com a oxidação dos ácidos gordos insaturados, processo que produz uma vasta gama de compostos voláteis que contribuem para determinados odores. Em Portugal, a exploração da lampreia marinha constitui uma atividade com elevado interesse económico, gastronómico e cultural com especial destaque para as Confrarias da Lampreia. Os objetivos deste trabalho foram a caracterização do perfil em ácidos gordos dos lípidos neutros e polares do músculo de lampreia marinha e a determinação do índice de insaturação dos mesmos em animais capturados no início da época de migração reprodutora nas bacias do Minho e do Mondego. Os lípidos totais do músculo foram obtidos por Extração de Solvente Acelerada (ASE) e separados em fração neutra e polar. Após saponificação e metilação...

Efeito da fase da lactação e do polimorfismo genético da kcaseína na composição da gordura em ácidos gordos no leite de cabra da raça serpentina

Pinheiro, C; Bettencourt, CMV; Matos, C; Ramos, M; Matos, R; Figueiredo, T
Fonte: VIII Congresso Ibérico sobre Recursos Genéticos Animais Publicador: VIII Congresso Ibérico sobre Recursos Genéticos Animais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.23%
A composição do leite de cabra, assim como a quantidade produzida é influenciada por diversos factores entre eles a raça, a fase da lactação, alimentação e selecção dos animais, variando entre limites bastantes extensos em função dos factores em causa. As metodologias clássicas de programas de selecção de espécies produtoras de leite, são estabelecidas com base essencialmente nos registos da quantidade de leite, teor em gordura e proteína. Contudo o desenvolvimento do conhecimento do ADN tem permitido incluir novas metodologias para avaliação genética conduzindo a critérios mais precisos para a selecção dos animais. Analisaram-se amostras de leite de cabra da raça Serpentina em dois grupos de cabras de acordo com o genótipo para a k-caseína ( 12 amostras do genótipo AB e 12 amostras do genótipo BB) ao longo da lactação ( seis fases : I: 86-114 dias; II: 114-142 dias; III:142-170; IV: 170-198; V: 198- dias; VI: 226-254 dias). A extracção da matéria gorda e a determinação da composição da gordura em ácidos gordos foram realizadas de acordo normas FIL –IDF 172: 2001; FIL-IDF 182:1999 e FIL-IDF 184:1999 . Verificou-se um efeito significativo (p<0,001) da fase da lactação para todos os ácidos gordos ...

Benefícios do Rastreio Neonatal nas Doenças da B-oxidação Mitocondrial dos Ácidos Gordos

Martins, E.; Bandeira, A.; Rocha, H.; Marcão, A.; Vilarinho, L.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
RESUMO Objectivos: Avaliar o contributo do diagnóstico precoce na redução da pesada morbilidade e mortalidade que se associa aos defeitos da B-oxidação mitocondrial dos ácidos gordos. Método: Avaliação clínica e bioquímica retrospectiva dos doentes com defeitos da B-oxidação mitocondrial dos ácidos gordos (défice em desidrogenases dos ácidos gordos de cadeia média - MCAD, défice em desidrogenases dos ácidos gordos de cadeia longa - LCHAD e défice múltiplo das desidrogenases dos ácidos gordos - MADD), diagnosticados de forma assintomática pelo rastreio metabólico neonatal alargado, ou diagnosticados préviamente em fase sintomática. Registou-se idade de diagnóstico e de início de tratamento, primeiros sintomas, clínica à data de diagnóstico, descompensações e evolução. Resultados: Foram identificados e incluídos 11 doentes com doenças hereditárias do metabolismo nomeadamente: cinco doentes com MCAD, três com LCHAD e três com MADD. Em seis doentes o diagnóstico foi sintomático. Nestes, as primeiras manifestações da doença ocorreram entre o primeiro dia e o ano de idade, havendo registo de vários episódios de descompensação antes do diagnóstico. Neste grupo de doentes a mortalidade foi de 66%. Nos restantes cinco doentes o rastreio neonatal efectuado entre o 3º e o 6º dia de vida possibilitou um diagnóstico precoce. A mortalidade nestes foi nula e estão clinicamente assintomáticos...

Utilidade dos ácidos gordos dos eritrócitos como biomarcadores dos ácidos gordos do músculo em bovinos

Silva, Marta Seguro Paiva da
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.26%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica - Produção Animal; Atualmente, a carne de bovinos tem recebido particular atenção decorrente da sua gordura apresentar uma composição rica em ácidos gordos saturados e trans e ser pobre em gorduras polinsaturadas, tendo sido identificada como fator de risco de várias doenças importantes tais como doenças vasculares, obesidade, diabetes tipo 2 e inúmeros cancros. De modo a atender às recomendações nutricionais que recomendam limites para a ingestão de ácidos gordos saturados e trans tem-se procurado desenvolver estratégias produtivas para melhorar a composição de ácidos gordos (AG) na carne. O objetivo deste trabalho consiste em explorar a possibilidade de prever AG da carne através dos AG dos eritrócitos, abrindo assim perspetivas para monitorização ante-mortem das estratégias nutricionais que visam melhorar o valor nutricional da fração lipídica da carne. As estratégias de produção e controlo de qualidade destes produtos ganharia muito com o desenvolvimento de métodos não invasivos de previsão ante-mortem da composição em AG da carne como o CLA e 18:1 trans-11, 18:3 n-3 e total de n-3 PUFA. Os resultados demonstram o potencial de prever a composição de alguns ácidos gordos da carne...

Caracterização do perfil de ácidos gordos de queijo da Ilha do Pico em função do tempo de maturação

Melo, Débora Sofia Fabião
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.27%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar; Neste estudo procedeu-se essencialmente à determinação e quantificação do perfil de ácidos gordos de um queijo típico português, queijo de S. João da ilha do Pico, assim como a quantificação do teor de gordura bruta presente nas mesmas amostras. Todas as determinações foram efectuadas em função do tempo de maturação do queijo, tendo-se utilizado amostras sujeitas a 8, 17, 28 e 40 dias de maturação. A quantificação do teor de gordura foi efectuada através da extracção desta de uma amostra de cerca de 2 g de queijo e, de seguida, através da pesagem de um balão, previamente tarado, após se ter submetido 5 mL do extracto de gordura bruta a um rotavapor a 40ºC. Estes resultados foram expressos em %, tanto em peso seco como em peso húmido. A determinação dos ácidos gordos totais foi efectuada através da derivatização do extracto de gordura bruta, obtendo-se ésteres metílicos dos ácidos gordos presentes, e de seguida injectando-se esta amostra num aparelho de GC-MS. Cada éster metílico foi identificado por comparação do seu tempo de retenção com um padrão autêntico (Supelco 500ppm 47885) e por comparação do seu espectro de massa com espectros de padrões das bibliotecas NIST e WILEY...

Growth conditions, omega - 3 fatty acid concentrations and gene expression of fatty acid desaturases in Portulaca oleracea leaves = Condições de crescimento, concentração de ácidos gordos ómega - 3 e expressão dos genes de desaturases em folhas de Portulaca oleracea

Teixeira, Monica
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.32%
Tese de dout., Ciências Biotecnológicas (Biotecnologia Vegetal), Univ. do Algarve, 2009; A beldroega (Portulaca oleracea), foi seleccionada como sistema de estudo para este trabalho com base no seu elevado valor nutricional, em particular no conteúdo en ácidos gordos polinsaturados, e a tolerância demonstrada à seca e salinidade. O trabalho de investigação aqui desenvolvido pode ser dividido em quatro pontos essenciais: (i) o estudo dos efeitos da salinidade no valor nutricional da beldroega; (ii) isolamento e caracterização dos genes de desaturases envolvidos na síntese de ácidos gordos polinsaturados; (iii) estudo do efeito de factores ambientais, como temperatura, salinidade e corte, nos níveis de expressão dos genes de desaturases e na accumulação de ácidos gordos polinsaturados; (iv) estabelecimento de linhas de cultura de células de P. oleracea para a produção in vitro de ácidos gordos polinsaturados e outras substâncias biologicamente activas. Na primeira parte do trabalho avaliámos o efeitos de quatro regimes salinos (0, 60, 120 e 240 mM NaCl) na composição química da fracção aérea da beldroega. A salinidade afectou o desenvolvimento e o rendimento das culturas de beldroega, apesar de uma redução significativa da fracção aérea da beldroega ser apenas visível no regime salino mais elevado. A composição nutritional da beldroega foi negativamente afectada pela exposição aos tratamentos...

Revisão: microalgas: uma fonte alternativa na obtenção de ácidos gordos essenciais

Ferreira, Shana Pires; Soares, Leonor de Souza; Costa, Jorge Alberto Vieira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
As microalgas são micro-organismos fotossintetizantes de grande importância, uma vez que sintetizam biocompostos de alto valor agregado. Os ácidos gordos de microalgas podem ser produzidos tanto de forma autotrófica quanto heterotrófica e sua síntese ocorre no cloroplasto. O objetivo do presente trabalho é realizar uma breve revisão sobre os ácidos gordos poli-insaturados produzidos por microalgas, enfatizando a influência das condições de cultivo das microalgas, síntese e metabolismo para a produção de ácidos gordos. Esta revisão aborda alguns trabalhos desenvolvidos pelo grupo do LEB e, enfoca os seguintes itens: microalgas, conteúdo lipídico das microalgas, síntese e metabolismo de ácidos gordos, influência das condições de cultivo das microalgas na produção de lipídios e perfil de ácidos gordos.; Microalgae are photosynthetic micro-organisms of great importance, since they are capable of synthesizing high value biocompounds. Fatty acids of microalgae can be produced both by autotrophic and heterotrophic pathways, and are synthesized in the chloroplast. The aim of this study is to perform a brief review of the polyunsaturated fatty acids produced by microalgae, emphasizing the influence of culture conditions...

Composição em ácidos gordos de batatas fritas de pacote comercializadas em Portugal e sua importância na nutrição

Albuquerque, T.G.
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
67.4%
Dissertação de mestrado em Medicina (Nutrição Clínica), apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, 2009; A prática de hábitos alimentares saudáveis desempenha uma acção preponderante na prevenção e controlo da morbilidade e mortalidade da população em Portugal. A ingestão de gordura alimentar deverá ser balanceada de acordo com as necessidades diárias de cada indivíduo. O consumo excessivo de gordura da alimentação poderá estar na origem de diversas doenças crónicas, e por este motivo, uma escolha acertada no tipo e quantidade de gordura consumida, contribui para a prática de uma alimentação saudável. Os ácidos gordos são os principais constituintes dos óleos e gorduras alimentares. Na última década, diversos estudos epidemiológicos têm evidenciado uma relação entre a saúde e o consumo de certos tipos de gordura, nomeadamente pela ingestão de alguns ácidos gordos específicos. Actualmente a informação disponível sobre a composição dos alimentos em ácidos gordos é ainda limitada ou inexistente na maioria dos produtos alimentares comercializados. As batatas fritas de pacote são um desses produtos e de acordo com os resultados do estudo do consumidor 2004, realizado pela Marktest...

Perfil de ácidos gordos, colesterol e teor de sal de "nuggets" de frango

Albuquerque, T.G.; Oliveira, M.B.; Sanches-Silva, A.; Costa, H.S.
Fonte: Associação Portuguesa dos Nutricionistas Publicador: Associação Portuguesa dos Nutricionistas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
Introdução: Os alimentos pré-fritos, como os “nuggets” de frango, são consumidos com frequência, devido à rapidez de preparação. O consumo de alimentos processados está associado à ingestão elevada de gorduras saturadas, e estas ao desenvolvimento de obesidade e doenças cardiovasculares. Objectivos: Determinar os teores de sal, gordura total e colesterol, e o perfil em ácidos gordos em “nuggets” de frango, sujeitos a diferentes métodos de confecção (pré-fritura, assado e fritura). Além disso, comparar produtos de marca branca, marca comercial e “fast-food”. Metodologia: Foram adquiridas em superfícies comerciais de Lisboa, uma marca branca e uma marca comercial de “nuggets” de frango. Estas amostras foram submetidas a fritura e confeccionadas em forno. Adquiriu-se, também, uma amostra de “fast-food” já confeccionada. Para as amostras selecionadas foram determinados os teores de sal, gordura, colesterol e perfil em ácidos gordos. Para a determinação do teor de sal, foi usado o método de “Charpentier-Volhard”; para o teor de gordura utilizou-se um método que envolve uma hidrólise ácida seguida de extracção em “Soxhlet” utilizando éter de petróleo. Para a determinação do teor de colesterol nas amostras seleccionadas foi utilizado um método de saponificação directa com análise por cromatografia líquida de ultra eficiência acoplada a detector de díodos. Para a análise do perfil de ácidos gordos realizou-se a extracção e metilação dos ácidos gordos em ésteres metílicos num único passo...

Estudo da valorização de um resíduo de ácidos gordos livres

Gama, Nuno
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
67.36%
Com o desenvolvimento económico a gestão de recursos é um desafio que a sociedade moderna enfrenta. Um desenvolvimento sustentável, que procure satisfazer as necessidades da geração actual e futuras, é fundamental. É pois necessário encontrar novas fontes de energia e reduzir/valorizar resíduos. O objectivo deste trabalho prende-se com a valorização de um resíduo de ácidos gordos livres como fonte alternativa de energia. Estes ácidos gordos são obtidos na purificação primária da glicerina proveniente da produção de biodiesel por via alcalina, cedida pela empresa SOCIPOLE SA. Inicialmente separaram-se os ácidos gordos livres e ésteres presentes na glicerina, e caracterizou-se o produto obtido. Efectuaram-se dois ensaios, obtendo-se 42,9% e 53,8% em massa de ácidos gordos livres e 41,7% e 34,0% de ésteres no 1º e 2º ensaio respectivamente. Além dos ésteres e ácidos gordos livres, no 1º produto existem 15,4% de matéria não esterificável e no 2º 12,2%. Na primeira parte do trabalho, estudou-se a possibilidade de utilização directa deste produto como combustível. Determinou-se o PCI, obtendo-se 29,8 e 29,4 MJ/kg para o 1º e 2º ensaio respectivamente. Estes valores são superiores aos que se encontram no despacho 17313/2008 de 26 de Junho de 2008...

Revisão: microalgas: uma fonte alternativa na obtenção de ácidos gordos essenciais

Ferreira,Shana Pires; Souza-Soares,Leonor de; Costa,Jorge Alberto Vieira
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
As microalgas são micro-organismos fotossintetizantes de grande importância, uma vez que sintetizam biocompostos de alto valor agregado. Os ácidos gordos de microalgas podem ser produzidos tanto de forma autotrófica quanto heterotrófica e sua síntese ocorre no cloroplasto. O objetivo do presente trabalho é realizar uma breve revisão sobre os ácidos gordos poli-insaturados produzidos por microalgas, enfatizando a influência das condições de cultivo das microalgas, síntese e metabolismo para a produção de ácidos gordos. Esta revisão aborda alguns trabalhos desenvolvidos pelo grupo do LEB e, enfoca os seguintes itens: microalgas, conteúdo lipídico das microalgas, síntese e metabolismo de ácidos gordos, influência das condições de cultivo das microalgas na produção de lipídios e perfil de ácidos gordos.