Página 1 dos resultados de 3065 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Trans fatty acid intake among the population of the city of São Paulo, Brazil; Consumo de ácidos graxos trans na população da cidade de São Paulo, Brasil; Consumo de ácidos grasos trans en la población de la ciudad de Sao Paulo, Sureste de Brasil

CASTRO, Michelle Alessandra de; BARROS, Rodrigo Ribeiro; BUENO, Milena Baptista; CÉSAR, Chester Luiz Galvão; FISBERG, Regina Mara
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.08%
OBJECTIVE: To analyze the monounsaturated and polyunsaturated trans fatty acid intake among the general population. METHODS: A cross-sectional study was conducted in São Paulo, Southeastern Brazil, in 2003, on a representative sample of 2,298 male and female subjects, including 803 adolescents (12 to 19 years), 713 adults (20 to 59 years) and 782 elderly people (60 years or over). Food intake was measured using 24-hour recall. Mean trans fatty acid intake was described according to gender and age group. RESULTS: The mean trans fatty acid intake was 5.0 g/day (SE = 0.1), accounting for 2.4% (SE = 0.1) of total energy and 6.8% (SE = 0.1) of total lipids. The adolescents had the highest mean intake levels (7.4 g/day; 2.9% of energy) while the adults and the elderly had similar intake (2.2% of energy for both; 6.4% of lipids and 6.5% of lipids, respectively). The mean trans fatty acid intake among adult and elderly women (approximately 2.5% of energy and 7.0% of lipids) was higher than among men in the same age group. The food item with the highest contribution towards trans fatty acids was margarine, accounting for more than 30% of total intake, followed by filled cookies among adolescents and meat among adults and the elderly. CONCLUSIONS: The trans fatty acid intake is above the level recommended by the World Health Organization. Replacement of the trans fatty acids in manufactured food items may be an effective measure for reducing trans fatty acid intake in Brazil.; OBJETIVO: Analisar o consumo de ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados de configuração trans na população geral. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em São Paulo...

Avaliação do efeito dos ácidos graxos trans sobre o perfil dos lipídios teciduais de ratos que consumiram diferentes teores de ácidos graxos essenciais.; Assessment of trans fatty acids effects on lipids profile of rat´s tissue, which consumed different amounts of essential fatty acids.

Sabarense, Céphora Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
67.17%
Os ácidos graxos trans competem com os ácidos graxos essenciais inibindo as enzimas envolvidas na síntese dos ácidos graxos polinsaturados de cadeia longa. Quantidades adequadas de ácidos graxos essenciais na dieta minimizam este efeito. No entanto, pouco se conhece da ação dos isômeros trans, sob condições de restrição ou deficiência dietética dos ácidos graxos essenciais, sobre o percentual de deposição tanto dos próprios isômeros trans, como dos ácidos graxos polinsaturados nos lipídios dos tecidos. Foram avaliadas dietas ricas em ácidos graxos trans e com diferentes concentrações de ácidos graxos essenciais em ratos. A incorporação de ambos foi proporcional à concentração na dieta, mas variou entre os tecidos estudados. Verificou-se que as quantidades de ácidos graxos trans incorporadas pelo tecido adiposo foi a maior, enquanto que o cérebro incorporou a menor quantidade. A despeito da incorporação dos ácidos graxos trans, o perfil de ácidos graxos do cérebro manteve-se estável em relação às variações dietéticas. Não se observou acúmulo dos ácidos graxos trans em função do prolongamento do consumo da dieta. Os ácidos graxos essenciais incorporados aos tecidos também foram modulados pela dieta...

Efeito da dieta contendo alta inclusão de soja extrusada e fonte orgânica de selênio sobre a composição, teor de CLA, perfil de ácidos graxos e estabilidade oxidativa do leite de vacas holandesas; Effect of extruded soybean diet and organic selenium on milk composition, CLA content, fatty acid profiles and oxidative stability of milk

Paschoal, Juliana Jorge
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
67.06%
A formulação de dietas para ruminantes pode alterar o perfil de ácidos do leite, potencializando o valor nutritivo e nutracêutico do mesmo. Estas alterações podem, no entanto, aumentar a susceptibilidade do leite à oxidação, perdendo qualidade em sabor e tempo de prateleira. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar o efeito do fornecimento de dieta com alto teor de soja integral extrusada, associada ou não à suplementação com selênio orgânico, sobre a produção, a composição, a concentração de CLA, o perfil de ácidos graxos e a estabilidade oxidativa do leite. Vinte e quatro vacas holandesas foram agrupadas em três blocos, de acordo com o número de lactações e alimentadas com dieta total contendo 56% de volumoso e 44% de concentrado. Os animais foram distribuídos aleatoriamente nos seguintes tratamentos: A) dieta controle, B) dieta contendo 21% de soja extrusada e C) dieta contendo 21% de soja extrusada + 5 mg de selênio orgânico. As dietas foram balanceadas para obtenção dos mesmos níveis de energia e proteína. O fornecimento de soja extrusada não afetou o consumo de matéria seca, o peso vivo dos animais e a produção de leite. As vacas alimentadas com soja extrusada produziram leite com menor (P<0...

Determinação de ácidos graxos polinsaturados em fórmulas infantis: comparação de metodologias na análise por cromatografia em fase gasosa; Determination of polyunsaturated fatty acid in infant formulas: comparison of quantization methods by gas chromatography

Kus, Mahyara Markievicz Mancio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.12%
Os ácidos graxos polinsaturados atuam no organismo humano em diversos processos fisiológicos e metabólicos, além de serem importantes na nutrição infantil. A quantificação dos ácidos graxos polinsaturados, devido à presença de vários sítios reativos na molécula, deve envolver processos de extração da gordura em condições amenas. Este trabalho teve como objetivos a comparação dos métodos analíticos para determinação de lipídios totais e ácidos graxos polinsaturados (ácido linoléico, ácido α-linolênico, ácido araquidônico e ácido docosahexaenóico) em fórmula infantil, a quantificação dos ácidos graxos polinsaturados nas fórmulas infantis comerciais e o acompanhamento da estabilidade destes ácidos graxos neste alimento. Foram analisadas 15 amostras, sendo uma amostra da Nacional Institute of Standards and Techonology (NIST 1849) e 14 fórmulas infantis comercializadas no Estado de São Paulo. Os métodos analíticos comparados para extração de lipídios foram: gravimétricos (Bligh Dyer, Roese Gottlieb e hidrólise ácida AOAC 963.15) e por cálculo (AOAC 996.06 e método direto adaptado de Golay et al. (2006)). Para a preparação dos ésteres metílicos de ácidos graxos utilizaram-se metodologias descritas pela IUPAC...

Influência do teor de ácidos graxos na dieta ao longo da gestação na composição do leite humano maduro; Influence of the dietary fatty acids content during pregnancy in the composition of mature breast milk

Nishimura, Renata Yumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.13%
Os ácidos graxos poli-insaturados de cadeia longa são de grande importância para o crescimento e o desenvolvimento infantil. Suas concentrações variam amplamente no leite materno, em partes, devido à variabilidade do teor de ácidos graxos da dieta materna. Entretanto a relação entre os ácidos graxos da dieta, durante a gestação, e seus teores no leite materno maduro ainda não foi elucidada. O presente estudo tem como objetivo avaliar a composição de ácidos graxos poli-insaturados do leite materno maduro de mulheres residentes em área distante da costa litorânea do Brasil (Manuscrito 1) e investigar a associação entre a composição de ácidos graxos poli-insaturados da dieta materna, em distintos períodos da gestação e no período pós-parto, na composição destes no leite humano maduro (Manuscrito 2). A presente pesquisa integra as atividades de um estudo prospectivo, conduzido entre 103 gestantes saudáveis, com idade entre 18 e 35 anos, usuárias do Sistema Único de Saúde do município de Ribeirão Preto, SP. O consumo alimentar materno, durante a gestação e após o parto, foi avaliado por meio de três inquéritos recordatórios de 24 horas, ao longo da gestação, e dois inquéritos recordatórios de 24 horas...

Composição dos ácidos graxos séricos em pacientes com diabete melito tipo 2 e microalbuminúria

Perassolo, Magda Susana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.1%
A hipercolesterolemia é um importante fator de risco para o desenvolvimento da nefropatia diabética em pacientes com diabete melito tipo 2 (DM2). Têm sido descritas alterações na composição dos ácidos graxos (aumento na proporção de ácidos graxos saturados e monoinsaturados e redução da família n-6) em pacientes com DM2 e hiperlipidemia. No entanto, a composição de ácidos graxos nas lipoproteínas de pacientes DM2, particularmente naqueles com microalbuminúria, não é conhecida. O objetivo deste trabalho foi analisar a composição dos ácidos graxos séricos nas frações fosfolipídeos, triglicerídeos e ésteres de colesterol, e o perfil lipídico sérico de pacientes DM2 micro- e normoalbuminúricos. Foi realizado um estudo caso-controle com 72 pacientes DM2: 37 normoalbuminúricos (excreção urinária de albumina [EUA] < 20μg/min: imunoturbidimetria) e 35 microalbuminúricos (EUA entre 20 e 200μg/min). Os pacientes receberam orientação nutricional de acordo com as recomendações da Associação Americana de Diabete e foram acompanhados por 4 semanas. Após este período foi analisada a composição dos ácidos graxos nas frações fosfolipídeo, triglicerídeo e ésteres de colesterol, determinada por cromatografia gasosa. O colesterol total e triglicerídeos séricos foram dosados por método enzimático colorimétrico; o colesterol HDL e frações HDL2 e HDL3 por dupla precipitação com heparina...

Efeitos dos principais ácidos graxos acumulados na deficiência da desidrogenase de acil-coa de cadeia média sobre homeostase energética mitocondrial e parâmetros de estresse oxidativo em cérebro de ratos jovens

Schuck, Patrícia Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.09%
A deficiência da desidrogenase de acil-CoA de cadeia média (MCAD) é o mais frequente defeito de oxidação de ácidos graxos, caracterizado bioquimicamente pelo acúmulo tecidual predominante dos ácidos graxos de cadeia média octanoato (AO), decanoato (AD) e cis-4-decenoato (AcD). Embora os sinais clínicos dos afetados sejam fundamentalmente neurológicos, os mecanismos fisiopatológicos do dano do sistema nervoso central apresentado pelos pacientes afetados por esse distúrbio ainda não estão esclarecidos. Tem sido, no entanto, levantada a hipótese de que os ácidos graxos acumulados nesta doença possam exercer efeitos tóxicos. Neste cenário, o objetivo do presente trabalho foi investigar os efeitos in vitro dos ácidos AO, AD e AcD sobre parâmetros de função mitocondrial e de estresse oxidativo em cérebro de ratos de 30 dias de vida, uma vez que o metabolismo energético é muito ativo e as defesas antioxidantes estão diminuídas neste tecido. Inicialmente, observamos que todos os ácidos graxos testados dimuíram o potencial de membrana mitocondrial em preparações mitocondriais de cérebro de ratos, sendo que as concentrações mais altas testadas do AD e do AcD exerceram efeitos comparáveis ao de um clássico desacoplador da fosforilação oxidativa...

O enriquecimento da carne de aves com ácidos graxos poli-insaturados n-3

Vieira, Maitê de Moraes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.07%
Atualmente, há um grande interesse na ingestão de ácidos graxos poli-insaturados n-3 (PUFA n-3) para preservar e manter a saúde humana. Os ácidos graxos poli-insaturados da série n-3, bem como os ácidos graxos poli-insaturados da série n-6 são conhecidos como essenciais na dieta dos humanos. Devido aos efeitos benéficos na saúde que os PUFAS n-3 têm demonstrado, existe um esforço para enriquecer produtos de origem animal usando várias fontes destes ácidos graxos, tais como linhaça, canola e óleos de peixe. O óleo de linhaça é rico em ácido linolênico, precursor destes ácidos graxos. A indústria de aves tem sido responsável na procura de nova tecnologia para enriquecimento de produtos avícolas conservando seu valor alimentício tradicional. Os avanços nutrição animal tem contribuído para a incorporação de ácidos graxos poli-insaturados n-3 na carne de aves. O ácido alfalinolênico (alfa-LNA, 18:3, n-3) pode ser metabolicamente convertido nos ácidos docosahexaenóico (DHA, 22:6, n-3) e eicosapentaenóico (EPA, 20:5, n-3); não obstante, as enzimas envolvidas nesta conversão são comuns na via da elongação e dessaturação do ácido linoléico e a competição com os ácidos graxos n-6 reduziria a quantidade de LNA convertido. Portanto...

Influência dos ácidos graxos ômega-3 sobre o sistema glutamatérgico no hipocampo e retina de ratos : parâmetros de desenvolvimento, comportamentais e de neuroproteção

Moreira, Júlia Dubois
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.09%
O glutamato, principal neurotransmissor excitatório no sistema nervoso central (SNC), está envolvido em várias funções cerebrais e da retina, como aprendizado/memória, desenvolvimento e envelhecimento cerebral e função visual. No entanto, o aumento da concentração do glutamato na fenda sináptica pode levar a neurotoxicidade. A excitotoxicidade glutamatérgica está relacionada a várias desordens cerebrais, tanto agudas quanto crônicas. Manter o nível de glutamato em concentrações fisiológicas relevantes ao adequado funcionamento do SNC se faz necessário. Para tanto, existem transportadores específicos para o glutamato, responsáveis por controlar os níveis de glutamato na fenda sináptica. Os ácidos graxos essenciais ω3 vêm ganhando especial atenção de pesquisadores por seus efeitos sobre o SNC, tanto responsáveis pelo adequado desenvolvimento e funcionamento cerebral e da retina, quanto por sua ação neuroprotetora frente a patologias relacionadas com a excitotoxicidade glutamatérgica. Na presente tese, nós demonstramos que os ácidos graxos ω3 são importantes para a homeostasia do sistema glutamatérgico tanto no hipocampo quanto na retina de ratos. Uma dieta deficiente em ácidos graxosω3, mantida durante todo o período de desenvolvimento do SNC até a vida adulta...

Ação antioxidante da vitamina E sobre a oxidação lipidica serica e hepatica de ratos wistar suplementados com acidos graxos poliinsaturados omega-3; Antioxidant activity of vitamin E on the oxidation of serum lipids and liver Wistar rats supplemented with polyunsaturated fatty acids omega-3

Flavia Queiroga Aranha de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
67.16%
O objetivo, deste trabalho, foi estudar o possível efeito protetor da vitamina E sobre a oxidação lipídica no sangue e no fígado de ratos Wistar, alimentados conforme dietas AIN93-G e suplementados por gavagem com ácidos graxos poliinsaturados ômega-3. Para o primeiro ensaio biológico, foram utilizados 60 ratos machos albinos, recém-desmamados, distribuídos aleatoriamente em 6 grupos experimentais, no qual foram divididos, de acordo com a quantidade de suplemento e marca, com e sem vitamina E: GRUPO 1 - Controle -Suplementação com 2 g/dia de óleo de soja; GRUPO 2 - Suplementação com 2 g/dia de ácidos graxos ômega-3 da marca A com vitamina E (120 mg/dia); GRUPO 3 - Suplementação com 2 g/dia de ácidos graxos ômega-3 da marca B, sem vitamina E; GRUPO 4 - Suplementação com 1 g/dia de ácidos graxos ômega-3 da marca A, com vitamina E (60 mg/dia); GRUPO 5 - Suplementação com 1 g/dia de ácidos graxos ômega-3 da marca B, sem vitamina E; GRUPO 6 - -Suplementação com 2 g/dia de ácidos graxos ômega-3 da marca B, sem vitamina E, por um período de 30 dias e, posteriormente, durante 15 dias, suplementação com vitamina E (marca C - 400 mg de acetato de DL-?--tocoferol). Nesse grupo, não houve sacrificio de animais no Tempo 1. Foram realizadas análises em três tempos: T0 - valor de referência após 3 dias em adaptação com dieta basal (sacrificados 12 animais...

Composição de acidos graxos e quantificação dos acidos graxos LNA, EPA e DHA no tecido muscular de tilapias (Oreochromis niloticus), submetidas a diferentes tratamentos com oleo de linhaça.; Fatty acid compositionand and quantification one of LNA, EPA and DHA in the fabric muscular of tilapias (Oreochoromis niloticus), submitted the different treatments with linseed oil.

Jesui Vergilio Visentainer
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
67.13%
O presente trabalho teve como objetivo elevar o teor de ácidos graxos ômega-3 (@-3 ou n-3) em peixes de cativeiro. Com este propósito, exemplares de tilápias (Oreochromis niloticus) juvenis, pesando aproximadamente 88g foram submetidos ao confinamento em um experimento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (B, C, D e E) à base de óleo de linhaça e um controle (tratamento A) à base de óleo de girassol. As rações com óleo de linhaça receberam níveis crescentes deste óleo, o qual foi utilizado por apresentar elevado teor do ácido alfa-linolênico (LNA, 18:3n-3), um precursor de outros ácidos graxos da família n-3 de interesse nutricional. O óleo de girassol utilizado na ração controle foi escolhido por apresentar baixo teor do ácido LNA. As composições de ácidos graxos, umidade e lipídios totais foram monitoradas nas rações durante o período de fornecimento. Após 5 meses de cativeiro em caixas de fibro-cimento (capacidade de 1000L de água), as tilápias foram abatidas, os filés removidos e submetidos à determinação de umidade e de lipídios totais (LT). Nos LT, foi analisada a composição de ácidos graxos e a quantificação dos ácidos LNA, eicosapentaenóico (EPA, 20:5n-3) e docosahexaenóico (DHA...

Composição de acidos graxos e quantificação de EPA e DHA de matrinxã (Brycon cephalus) e tambaqui (Colossoma macropomum) cultivados e capturados na Amazonia Central

Neiva Maria de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
67.15%
O elevado consumo de ácidos graxos ômega 6 e o reduzido consumo de ômega o interesse para pesquisa dos acidos graxos, principalmente em relação aos ácidos graxos poliinsaturados da família ômega 3 eicosapentaenóico (EPA) e docosahexaenóico (DHA). Esse estudo tem como objetivo caracterizar os ácidos graxos dos lipídios totais (LT), das frações de lipídios neutros (LN) e fosfolipídios (FL) e determinar os teores de EPA e DHA nos músculos dorsais e no tecido adiposo da cavidade ocular do matrinxã (Brycon cephalus) e do tambaqui (Colossoma macropomum), provenientes de cultivo semi-intensivo e habitat natural, capturados na Amazônia Central, em diferentes períodos sazonais. Os LT foram fracionados em LN e FL por cromatografia em coluna clássica. Os extratos de LT, LN e FL foram metilados e os ésteres metílicos separados por cromatografia gasosa de alta resolução. No matrinxã foram detectados 64 ácidos graxos nos lipídios totais, 66 nos neutros e 55 nos fosfolipídios. Nos peixes de cultivo e nos capturados no habitat natural, os mesmos acidos graxos majoritários foram encontrados nos lipídios totais e nas frações e fosfolipídios, porem nos lipídios totais e neutros ocorreu uma inversão em relação aos peixes capturados na época da seca. Os peixes capturados durante o período da seca apresentaram menor teor de lipídios e maior percentual de ácidos graxos poliinsaturados (AGPI). No tambaqui foram encontrados 61 ácidos graxos nos lipídios totais...

Oxidos de coleterol, colesterol, lipidios totais e acidos graxos em produtos caneos processados.; Oxides of cholesterol, total and acid cholesterol, greasy lipídios in processed cárneos products.

Sueli Regina Baggio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2004 Português
Relevância na Pesquisa
67.09%
Produtos cárneos processados como lingüiça, salsicha, mortadela, presunto e salame são muito apreciados pela população, mas, em geral, são considerados alimentos que apresentam altos teores de colesterol, lipídios totais e ácidos graxos saturados. O alto teor de colesterol sangüíneo é uma das causas das doenças cardíacas coronarianas e o colesterol sangüíneo é influenciado não só pelo teor de colesterol dos alimentos como também pela quantidade de ácidos graxos saturados. Além disso, o colesterol é um lipídio insaturado susceptível à oxidação, levando à formação de vários produtos de oxidação, os quais são considerados mais prejudiciais que o próprio colesterol na formação de placas ateroscleróticas e estão associados a vários efeitos biológicos indesejáveis. Os ácidos graxos trans também estão relacionados com o desenvolvimento de ateroscleroses e doenças cardiovasculares, são mais preocupantes que os ácidos graxos saturados porque além de aumentarem o nível de lipoproteínas de baixa densidade (LDL), diminuem o nível de lipoproteínas de alta densidade (HDL). Assim, o presente trabalho teve por objetivo determinar os teores de óxidos de colesterol, colesterol, lipídios totais e composição de ácidos graxos em produtos cárneos processados e verificar o efeito do preparo térmico e do armazenamento sobre estes componentes. Foram analisados produtos processados de carne de peru (salsicha...

Fatores que influenciam o nivel de colesterol, lipideos totais e composição de acidos graxos em camarão e carne

Neura Bragagnolo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/1997 Português
Relevância na Pesquisa
67.1%
Considerando que os níveis de colesterol sanguíneos são influenciados pelo teor de colesterol, lipídios totais e composição de ácidos graxos e que estes variam com uma série de fatores, o objetivo deste trabalho foi verificar a influência nestes três componentes de: (1) espécie, tamanho, sistema de criação e local de origem de camarão; (2) localização anatômica e nível de gordura externa em cortes de carne suína; (3) idade do animal em suínos; e (4) raça e efeito do cozimento em carne bovina. A extração e a determinação de lipídios totais foram realizadas de acordo com o método de FOLCH et aI. (1957). O método utilizado para determinação do colesterol foi por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), com columa C18 e detector por conjunto de diodos. A composição de ácidos graxos foi obtida por cromatografia gasosa de alta resolução com coluna capilar de sílica fundida contendo polietileno glicol. Os métodos analíticos, principalmente da determinação de colesterol, foram avaliados e aprimorados para garantir a confiabilidade dos resultados. Avaliando a influência da espécie, tamanho, local de captura e sistema de criação, os camarões Xiphopenaeus kroyeri, Macrobrachium rosenbergii...

Validação do questionário de frequência de consumo de ácidos graxos com o uso de biomarcadores e aplicação do método das tríades .

Yokota, Renata Tiene de Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
67.07%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.; Objetivo: Validar o consumo de ácidos graxos dietéticos obtido por meio de um questionário de freqüência alimentar (Q) em relação a múltiplos recordatórios de 24 horas (R) e um biomarcador sangüíneo, em uma população acima de 17 anos do Distrito Federal. Método: O estudo foi realizado com 81 indivíduos selecionados aleatoriamente em duas regiões administrativas do Distrito Federal. Foram realizadas visitas domiciliares para aplicação de 4 R e 2 Q, além da coleta sangüínea para análise de ácidos graxos dos fosfolipídios séricos dos participantes. O método das tríades foi utilizado para verificar a relação entre as 3 variáveis e a ingestão real (I) utilizando o cálculo do coeficiente de validade ( ). Resultados: Os coeficientes de correlação (r) encontrados entre o Q e o R variaram de 0,16 a 0,60. Os ácidos graxos 18:1t (rQR=0,54 p<0,01; rQB=0,32 p<0,05; rBR= 0,38 p<0,05) e 18:2t (rQR=0,55 p<0,01; rQB=0,61 p<0,05; rBR= 0,79 p<0,05) apresentaram correlações moderadas a elevadas para as três variáveis. Os ácidos graxos saturados e monoinsaturados apresentaram os menores coeficientes de correlação (r=-0...

Ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 e ômega-6: importância e ocorrência em alimentos

Martin,Clayton Antunes; Almeida,Vanessa Vivian de; Ruiz,Marcos Roberto; Visentainer,Jeane Eliete Laguila; Matshushita,Makoto; Souza,Nilson Evelázio de; Visentainer,Jesuí Vergílio
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.09%
Os ácidos graxos poliinsaturados abrangem as famílias de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6. Os ácidos graxos de cadeia muito longa, como os ácidos araquidônico e docosaexaenóico, desempenham importantes funções no desenvolvimento e funcionamento do cérebro e da retina. Esse grupo de ácidos graxos não pode ser obtido pela síntese de novo, mas pode ser sintetizado a partir dos ácidos linoléico e alfa-linolênico presentes na dieta. Neste artigo são considerados os principais fatores que podem inibir a atividade das enzimas dessaturases envolvidas na síntese dos ácidos graxos de cadeia muito longa. São apresentadas as recomendações da razão ômega-6/ômega-3 na dieta, propostas em diversos países, sendo verificada a convergência para o intervalo de 4 a 5:1. São relacionados alimentos que podem contribuir para aumentar a ingestão do ácido alfa-linolênico e dos ácidos graxos de cadeia muito longa. A essencialidade dos ácidos graxos de cadeia muito longa é muito dependente do metabolismo do indivíduo, sendo que a razão n-6/n-3 da dieta exerce grande influência nesse sentido.

Uso de espectroscopia no infravermelho e análise multivariada para previsão de ácidos graxos em linhaça dourada e marron

Ribeiro, Leomara Floriano
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.07%
Resumo: A linhaça, semente do linho (Linum usitatissimum Linaceae) contém elevado teor dos ácidos graxos poliinsaturados oleico, linoleico e linolênico, os quais são considerados essenciais, por não serem sintetizados pelo organismo humano. Todavia, quando ingeridos através da alimentação contribuem para a prevenção de doenças cardiovasculares e para regulação hormonal. A identificação e quantificação de ácidos graxos presentes na linhaça é tradicionalmente realizada através de cromatografia gasosa. No entanto, esta técnica é demorada e requer procedimentos de extração prévia dos ácidos graxos. Análises de espectroscopia no infravermelho têm sido empregadas como ferramentas analíticas alternativas rápidas, seletivas, de simples operação e baixo custo. O objetivo deste estudo foi avaliar a possibilidade de utilização de análises de infravermelho, em substituição a análises de cromatografia gasosa, para quantificação dos ácidos graxos oleico, linoleico e linolênico, em sementes e farinhas de linhaça das variedades dourada e marrom. Análise de componentes principais (PCA) e processos de calibração multivariada, particularmente a regressão de mínimos quadrados parciais (PLSR), foram utilizados com o objetivo de desenvolver modelos para validação das determinações dos ácidos graxos oleico...

Efeitos dos acidos graxos livres sobre a estabilidade, paladar e ponto de fumaça de oleos e gorduras comestiveis

Aloisio Jose Antunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/01/1972 Português
Relevância na Pesquisa
67.1%
Procurou-se, no presente trabalho, estudar os efeitos dos áci¬dos graxos livres sobre a estabilidade, paladar e ponto de fumaça de óleos e gorduras comestíveis. Para o ensaio de estabilidade, utilizaram-se amostras de gordu¬ra de coco, óleo de soja e óleo de amendoim, obtidas no mercado. Por meio do teste de estufa de Schaal, verificou-se que os ácidos graxos livres, quando presentes em teores acima de 0,2%, exercem marcante efeito sobre a estabilidade, ou seja, atuam de maneira a diminuir, consideravelmente, os períodos de indução. Procurou-se, também, verificar o efeito de ácidos graxos livres saturados quando adicionados ao óleo de amendoim, tendo-se constatado ua efeito semelhante. Com amostras de óleo de soja, conduziu-se um ensaio de vida de prateleira, ás quais foram adicionados 0,5, 1,0, 1,5 e 2,0% de ácidos graxos, tendo-se verificado um efeito idêntico ao observado no teste de estufa de Sohaal. A análise sensorial foi realizada com a finalidade de detectar os limites de percepção aos ácidos graxos livresy em amostras de gordura de coco, banha de porco, óleo de soja e óleo de amendoim. Os resultados mostraram oue para a gordura de coco, o limite de percepção é de 0,2% de ácidos graxos livres. Para a banha de porco...

Consumo de ácidos graxos trans na população da cidade de São Paulo, Brasil; Consumo de ácidos grasos trans en la población de la ciudad de Sao Paulo, Sureste de Brasil; Trans fatty acid intake among the population of the city of São Paulo, Brazil

Castro, Michelle Alessandra de; Barros, Rodrigo Ribeiro; Bueno, Milena Baptista; César, Chester Luiz Galvão; Fisberg, Regina Mara
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.08%
OBJETIVO: Analisar o consumo de ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados de configuração trans na população geral. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em São Paulo, SP, 2003, com amostra representativa de 2.298 indivíduos, sendo 803 adolescentes (12 a 19 anos), 713 adultos (20 a 59 anos) e 782 idosos (60 anos ou mais), de ambos os sexos. O consumo alimentar foi medido por meio do recordatório alimentar de 24 horas. Os valores médios de ingestão de ácidos graxos trans foram descritos segundo sexo e faixa etária. RESULTADOS: O consumo médio de ácidos graxos trans foi de 5,0g/dia (EP=0,1), correspondendo a 2,4% (EP=0,1) do total calórico e 6,8% (EP=0,1) do total de lipídios. Os adolescentes apresentaram as maiores médias de ingestão (7,4g/dia e 2,9% energia), enquanto os adultos e idosos registraram ingestão semelhante (2,2% energia; 6,4% lipídios e 6,5% lipídios, respectivamente). As médias de consumo de ácidos graxos trans entre mulheres adultas e idosas (aproximadamente 2,5% energia e 7,0% lipídios) foram maiores que as médias dos homens de mesma faixa etária. O alimento de maior contribuição para o consumo de ácidos graxos trans foi a margarina, representando mais de 30% do total ingerido, seguido do biscoito recheado para os adolescentes e da carne bovina para os adultos e idosos. CONCLUSÕES: O consumo de ácidos graxos trans encontra-se acima do preconizado pela Organização Mundial da Saúde. A substituição dos ácidos graxos trans dos alimentos industrializados pode ser uma medida eficaz para a redução do consumo desse tipo de gordura no Brasil.; OBJETIVO: Analizar el consumo de ácidos grasos moninsaturados y polinsaturados de configuración trans en la población general. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en Sao Paulo...

Ácidos Graxos Trans: Alimentos e Efeitos na Saúde

Vasconcelos Costa,André Gustavo; Bressan,Josefina; Sabarense,Céphora Maria
Fonte: Sociedad Latinoamericana de Nutrición Publicador: Sociedad Latinoamericana de Nutrición
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.07%
Os ácidos graxos trans podem ser encontrados em alimentos obtidos a partir de animais ruminantes e em alimentos que contêm gordura vegetal parcialmente hidrogenada, como os "fast food". O consumo dos ácidos graxos trans é maior nos Estados Unidos, no Canadá e em países da Europa e menor no Japão e em países do Mediterrâneo. De forma semelhante, a incidência de doenças cardiovasculares são maiores naqueles países que apresentam um maior consumo. Os estudos demonstram que esses ácidos graxos podem contribuir para o aumento de LDL e de lipoproteína [a], além de reduzir os níveis de HDL. Ainda, os isômeros trans parecem inibir a ação de enzimas de dessaturação dos ácidos graxos essenciais (Δ5- e Δ6-dessaturase), inibindo a biossíntese de importantes ácidos graxos, como o ácido araquidônico e o ácido docosahexaenóico (DHA). Sobre a saúde materno-infantil, as concentrações de ácidos graxos trans ingeridos pela nutriz estão associadas às concentrações encontradas no leite materno. Além do leite, tais isômeros podem ser transferidos ao recém-nascido pela via placentária. Os estudos sugerem que os ácidos graxos trans afetariam o crescimento intra-uterino devido à inibição do metabolismo dos ácidos graxos essenciais...