Página 1 dos resultados de 297 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Os lugares e a saúde : uma abordagem da geografia às variações em saúde na Área Metropolitana de Lisboa; Places and health : a geographical approach to health variations in Lisbon Metropolitan Area

Nogueira, Helena Guilhermina da Silva Marques
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
136.11%
Este estudo, que tem como objectivo conhecer a forma como diferentes factores influenciam a saúde da população residente na Área Metropolitana de Lisboa (AML), coloca a ênfase no impacte dos factores ambientais, físicos e imateriais, enquanto determinantes da saúde. Sendo o contexto multidimensional, teorizaram-se as múltiplas dimensões do ambiente sociomaterial local, insistindo sobretudo nos aspectos que fazem a diferença entre os lugares. Avaliadas as dimensões ambientais, procurou-se modelar e explicar a sua influência na saúde individual, recorrendo-se a diferentes metodologias de análise estatística multivariada. Os resultados obtidos comprovam a tese colocada: na AML há uma forte relação entre saúde e lugar. Essa relação, que se verifica para diferentes características contextuais, permanece quando são controladas características individuais tidas como determinantes maiores da saúde. O quadro das variações em saúde não se apresenta linear; mais do que um efeito universal do lugar na saúde, parece haver efeitos muito específicos do lugar na saúde, que afectam de forma distinta diferentes grupos populacionais. A acessibilidade ao transporte público, a disponibilidade de Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT)...

Governação e poder local: o público e o privado na prestação de serviços públicos num contexto de eficiência: o caso das autarquias da área metropolitana de Lisboa

Mota, Arlindo Pato Ferreira da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
125.98%
Nas últimas duas décadas, registou-se na Administração Municipal um movimento no sentido de substituir a tradicional produção in house dos serviços públicos locais pelo recurso a organizações privadas ou públicas. Os conceitos de externalização e de empresarialização começaram a ser adoptados para nomear novos modelos de fornecimento de serviços públicos, sob a influência das ideias da Nova Gestão Pública, teoria que tem impulsionado a utilização de mecanismos de tipo mercado em nome da eficácia e da eficiência. O objecto da nossa investigação Governação e Poder Local: O Público e o Privado na Prestação de Serviços Públicos num Contexto de Eficiência – o Caso da Área Metropolitana de Lisboa remete-nos precisamente para a necessidade de contribuir para elucidar a verdadeira natureza deste movimento centrífugo em direcção a modelos alternativos de fornecimento de serviços públicos locais e aquilatar se, em consequência, se registaram mudanças organizativas e institucionais nas entidades públicas municipais.; In the last two decades, there has been a movement in the Municipal Administration to replace the traditional production "in house" for local public services through the use of private or public organizations. The concepts of outsourcing and corporatization began to be adopted to name new models of public service...

Contributos para o planeamento de emergência : aplicação ao caso do plano especial de emergência para o risco sísmico da Área Metropolitana de Lisboa e concelhos limítrofes

Anderson, Maria Alexandre Canhoto Gonçalves da Silva
Fonte: Porto : [Edição de Autor] Publicador: Porto : [Edição de Autor]
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
135.94%
A presente dissertação surge da necessidade de executar o plano especial de emergência para o risco sísmico na Área Metropolitana de Lisboa e concelhos limítrofes (PEERS AML CL)o qual deve decidir meios e recursos de socorro, com base na formulação de cenários sísmiscos críveis. Foi analisado também o simulador sísmico, resultado do estudo de base do PEERS AML CL para apoiar a reflexão da necessidade ou não de um planeamento de emergência para cada risco específico. Como importante resultado prático foi obtida uma curva de correlação de danos que se aproxima da correlação encontrada para as estatísticas de danos causados por sismos à escala mundial. Foi analisada a legislação em vigor e em fase de projecto para definir o conceito de planeamento de emergÊncia que se pretende para Portugal. Analisaram-se os modelos de protecção civil europeia na perspectiva das tendências evolutivas em face das novas ameaças e defende-se um modelo de planeamento cuja abordagem ao risco é integrada e não específica.

Área metropolitana de Lisboa: descontinuidades, desenho e planeamento

Silva, Paulo António dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
145.96%
O conceito de descontinuidade é abordado em função de valores associáveis à cidade num contexto de mudanças de paradigmas relacionados com o planeamento do território. O impacto que as descontinuidades têm na forma, estrutura e fronteiras urbanas é analisado recorrendo à Área Metropolitana de Lisboa como estudo de caso. Para abordar as descontinuidades, recorre-se à análise de tendências territoriais recentes, malhas e tecidos construídos e planos mais directamente relacionados com o desenho urbano. O trabalho empírico culmina com o aprofundamento do estudo de um território do interior da Península de Setúbal. Com os resultados desta investigação pretende-se articular tendências territoriais, territórios construídos e instrumentos de planeamento na definição do conceito de descontinuidade. Apresenta-se ainda como conclusão um modelo de intervenção com vista à resolução de descontinuidades. Esta conclusão pretende ser também um contributo, sob a forma de resposta, para a questão levantada por Federico Oliva, quando se interroga, a propósito da cidade de Milão, sobre o que resta dos planos na Cidade.; The concept of discontinuity is approached within the context of qualities that may be associated to the city...

Mobilidade e transporte em áreas urbanas: o caso da área metropolitana de Lisboa

Costa, Nuno Marques da
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
135.99%
Tese de doutoramento em Geografia (Geografia Humana), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Letras, 2008

O risco de ocorrência de movimentos de vertente para a via-férrea - o caso da rede ferroviária da AML

Grazina, Jorge Miguel Pereira,1973-; Costa, Nuno Marques da,1960-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
116.01%
Tese de mestrado, Geografia - Sistemas de Informação Geográfica e Modelação Territorial Aplicados ao Ordenamento, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2011; Os episódios de precipitação intensa ocorridos durante os meses de Inverno encontramse associados ao desencadear de movimentos de vertente, causando muitas vezes a obstrução das redes viárias, a destruição de edifícios e em certos casos até à perca de vidas. Através da avaliação da susceptibilidade e do recurso à análise geomorfológica da Área Metropolitana de Lisboa (AML) pretende-se identificar as áreas sensíveis à ocorrência de movimentos de vertente, contribuindo assim para uma melhor gestão do território, diminuindo desta forma o grau de exposição que o caracteriza. Recorrendo aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), constitui objectivo inicial deste trabalho, criar um inventário de movimentos de vertente baseado em foto-interpretação, construindo em seguida um modelo de avaliação da susceptibilidade da AML. O método estatístico utilizado foi o Valor Informativo (VI), método indirecto bivariado, que utiliza diversos factores de predisposição. Posteriormente foi feita a validação do modelo...

Educação, diversidade e território: o caso da área metropolitana de Lisboa

Hortas, Maria João Barroso, 1966-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
146.03%
Tese de doutoramento, Geografia (Geografia Humana), Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2013; Educação, Diversidade e Território surge na sequência da intensificação e diversificação dos fluxos migratórios com destino a Portugal, em particular para a Área Metropolitana de Lisboa (AML), na transição do século XX para o século XXI. A chegada de população de origens diversas à cidade revê-se, não só nos territórios em que esta se fixa pela multiplicidade de usos, práticas e formas de apropriação dos espaços, mas também pelas dinâmicas que se desencadeiam entre os recém-chegados, as populações locais e as instituições que as servem. Nas escolas, inseridas nos bairros que acolhem esta diversidade de populações, os públicos alteraram-se e a integração da diversidade sociocultural é hoje um dos principais desafios que é colocado à comunidade educativa. Definindo integração como um processo interactivo e multidimensional que decorre a diferentes níveis e se desenvolve na interacção entre dois pilares fundamentais – imigrantes e sociedade de acolhimento –, a pesquisa empírica que sustenta a investigação tem como objectos de estudo alunos, escola e famílias. O envolvimento que é esperado entre estes três agentes chave permitirá reconhecer os processos de interacção que promovem ou inibem a inclusão dos alunos de origem imigrante no sistema educativo nacional e afectam o seu desempenho escolar. Assumindo que o essencial da integração se vive à escala local...

Rastreio de dirofilariose e de leishmaniose em gatos da Área Metropolitana de Lisboa

Rosa, Nataniel João Gonçalves Cleto
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 02/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
156.12%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A dirofilariose e a leishmaniose são duas doenças parasitárias transmitidas por vectores e são zoonoses emergentes. Na Área Metropolitana de Lisboa, os cães são os principais hospedeiros de Dirofilaria immitis e de Leishmania infantum, porém, a importância destes parasitas na população felina é pouco conhecida. O gato parece ser um bom hospedeiro de Leishmania infantum mas não de Dirofilaria immitis. Nesta dissertação, foram compilados todos os 49 casos clínicos conhecidos de leishmaniose felina e foi efectuada a análise dos estudos epidemiológicos destas duas doenças. Foi, ainda, efectuado um rastreio de dirofilariose e de leishmaniose felinas. A amostra foi constituída por 70 gatos provenientes da Área Metropolitana de Lisboa que se apresentaram à consulta no Hospital Veterinário do Restelo. Utilizando o teste para a detecção de antigénios Witness® Dirofilaria, a prevalência obtida foi de 1,43% (1/70 gatos). Não foram observadas microfilárias no exame de sangue a fresco nem com a técnica de Knott modificada. O rastreio efectuado veio documentar, pela primeira vez, a existência de infecção felina por Dirofilaria immitis na Área Metropolitana de Lisboa. Nenhum dos 70 gatos apresentou anticorpos anti-Leishmania infantum utilizando a técnica de imunofluorescência indirecta. Os resultados foram discutidos. A dirofilariose e a leishmaniose felinas devem ser incluídas nas listas de diagnósticos diferenciais das doenças de gatos provenientes da Área Metropolitana de Lisboa. Os proprietários devem ser alertados para o risco de infecção dos gatos por ambos os parasitas...

Contribuição para o estudo da prevalência da infecção por Leishmania infantum em gatos domésticos e errantes nos distritos de Lisboa e Viseu

Garrido, Joana Margarida da Cruz Baptista Galvão
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 31/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
135.96%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medina Veterinária; A Leishmaniose visceral zoonótica causada por Leishmania infantum é considerada uma doença endémica no nosso País. Sabe-se que o cão é o principal hospedeiro reservatório, no entanto, o papel do gato (Felis catus) na epidemiologia da doença têm vindo adquirir um interesse crescente. A presente dissertação baseia-se em um rastreio epidemiológico da infecção por Leishmania infantum em gatos dos distritos de Lisboa e Viseu. A amostra total foi de 80 gatos correspondendo 40 animais a cada área geográfica em estudo. Cada um desses 40 animais foram distribuídos equitativamente por 2 grupos: um de gatos domésticos e outro de gatos errantes. Foram utilizados dois métodos para o diagnóstico de infecção por L. infantum nos gatos, um serológico (Imunofluorescência Indirecta - IFI) que permite avaliar a resposta imunitária à infecção pelo parasita e outro molecular (Reacção em Cadeia da Polimerase em tempo real - qPCR) que mostra a presença de ADN do protozoário. Pela técnica de IFI, 15 (16,8%) animais foram positivos na diluição 1:40 e pela técnica de qPCR 8 (11,3%) gatos revelaram resultados positivos (com carga parasitária entre 100 a 500 cópias de moléculas de plasmídeo). Nos quatro grupos estudados...

Deteção da infeção por Leishmania spp., em gatos da Área Metropolitana de Lisboa, através de técnicas de diagnóstico serológico (IFI e ELISA) e de uma técnica molecular (qPCR) aplicada a células conjuntivais e a sangue

Gomes, Patrícia Inês Santos
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 20/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
156%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A leishmaniose visceral zoonótica é uma doença endémica em Portugal e é causada pelo protozoário Leishmania infantum. O cão é o principal hospedeiro reservatório natural, contudo o gato (Felis catus domesticus) tem revelado uma importância crescente na epidemiologia da doença. Nesta dissertação foi realizado um rastreio epidemiológico da infeção por Leishmania spp. em 47 animais, 32 deles com dono e 15 provenientes de um gatil, na Área Metropolitana de Lisboa (AML), utilizando duas técnicas serológicas, para pesquisa de anticorpos anti-Leishmania - Ensaio Imunoenzimático (ELISA) e Imunoflorescência Indireta (IFI) -, ambas com limiar de positividade de 1:80, e uma técnica molecular para deteção de ADN do parasita - Reação em Cadeia da Polimerase em tempo real (qPCR), utilizando sangue, colhido por venipuntura, e células conjuntivais (CC), obtidas por zaragatoa conjuntival, como amostras biológicas. Foram ainda avaliados possíveis fatores de risco através da recolha de informação proveniente de um questionário por animal. Por ambos os métodos serológicos, nenhum animal apresentou anticorpos anti-Leishmania, pelo que não foi possível determinar qual a técnica mais adequada para detetar o protozoário nos gatos. Pela técnica de qPCR...

Lisboa, um Projecto para a Metrópole?: expansão e identificação da Metrópole de Lisboa

Ferreira, Vítor Matias
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
115.93%
Com o país regressado, em meados dos anos oitenta do século passado, às suas fronteiras originais no quadro europeu, Lisboa incrementou, numa primeira fase, a sua ancestral centralidade urbana, reforçada ainda pela própria centralização política, ao mesmo tempo que se intensificava a ocupação do respectivo território metropolitano. A partir daquele período, importantes mudanças da conjuntura política e económica irão aprofundar o papel político e urbano do respectivo território, à luz do qual se tornam mais visíveis as clivagens espaciais e as segmentações sociais que, internamente, atravessam e diferenciam aquele espaço metropolitano. Mas é também num tal contexto, porque relativamente estabilizado, ainda que nas suas próprias assimetrias económicas e sociais, que surge com maior evidência a necessidade de lhe conferir um estatuto adequado. Torna-se necessário, por isso, aprofundar alguma da informação empírica disponível sobre aquele período mais recente, procurando romper os limites daquela entidade, tendencialmente regional, que dá pelo nome de "área metropolitana" de Lisboa. Será pois no quadro de um tal debate que parece pertinente colocar a questão institucional de identificação dessa outra entidade...

Mobilidade sustentável na área metropolitana de Lisboa Norte

Carvalho, Lúcia Lara do Rosário
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
135.98%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Gestão e Qualidade de Materiais; A presente dissertação de Mestrado, com o título “Mobilidade Sustentável na Área Metropolitana de Lisboa Norte”, analisa os parâmetros económicos, sociais,demográficos, tecnológicos e ambientais da mobilidade nos concelhos suburbanos na periferia de Lisboa, num estudo de dados estatísticos. Examina ainda a evolução dos serviços proporcionados pelas empresas transportadoras como resposta à situação actual. Avalia soluções de intermodalidade entre autocarros, comboios, metropolitano e táxis encontradas na região em estudo. Procura ainda identificar elementos que constituem aspectos de soluções que visam a mobilidade sustentável no futuro. O estudo conclui que existe a necessidade de integrar os diversos elementos na criação de uma mobilidade sustentável.

Avaliação do potencial de difusão do veículo eléctrico na área metropolitana de Lisboa

Lopes, Mafalda Rendeiro Marques Mendes
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
135.94%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Gestão e Sistemas Ambientais; O veículo eléctrico (VE) apresenta vantagens consideráveis face ao veículo de combustão interna (VCI), nomeadamente ao nível da eficiência, consumo energético, emissões atmosféricas, ruído e custos de operação. No entanto, tem também grandes limitações, visto que a sua autonomia é reduzida, o seu preço inicial é elevado, o carregamento da bateria é demorado, e exige uma infra-estrutura própria e ubíqua. Este estudo teve como objectivo avaliar o potencial de difusão na Área Metropolitana de Lisboa (AML), identificando os agregados familiares para os quais estas limitações não impedem que o VE seja uma opção possível e realista no momento de aquisição de um carro novo. Nesta análise foram considerados quatro cenários diferentes de subsidiação. Com base em dados do Instituto Nacional de Estatística e de inquéritos de mobilidade realizados pelo Centro de Estudos Urbanos e Regionais do Instituto Superior Técnico, gerou-se uma população sintética com propriedades estatísticas equivalentes à população da AML. Foi aplicada uma árvore de decisão, classificando cada agregado relativamente à viabilidade do VE enquanto opção na compra de um carro novo. Concluiu-se que o VE tem um potencial de difusão muito baixo...

utilização de um sistema de informação geográfica no desenvolvimento do plano de deslocações urbanas da Área Metropolitana de Lisboa

Monteiro, Carina Andreia do Nascimento
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
126.01%
Relatório de Estágio apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gestão do Território, área de especialização em Planeamento e Ordenamento do Território; Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) permitem organizar, armazenar e explorar informação e desempenham um papel fundamental no apoio à decisão e rapidez na elaboração de estudos e projetos. O objetivo essencial do relatório que aqui se apresenta, consistiu-se no desenvolvimento de um SIG para a Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa (AMTL), que pudesse ser utilizado no planeamento e gestão do sistema de transportes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) e, consequentemente, no desenvolvimento do Plano de Deslocações Urbanas (PDU) da AML. Este SIG integra e articula uma grande quantidade e diversidade de informação associada aos transportes, à demografia, à sócio economia, ao uso do solo e ao ordenamento do território, constituindo-se como uma importante ferramenta de apoio à decisão em matéria do planeamento, gestão e otimização do sistema metropolitano de transportes. Inicialmente procedeu-se à recolha e tratamento da informação geográfica, que consistiu na compatibilização e validação das diferentes fontes e à estruturação dessa informação em geodatabase por grupos temáticos. Posteriormente foram realizadas várias aplicações de análise espacial em SIG que permitiram elaborar várias análises específicas para o sector dos transportes e que serão um contributo para o PDU da AML.

Associação espacial entre variáveis socioeconômicas e risco relativo de nascimentos pré-termo na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e na Área Metropolitana de Lisboa (AML)

Miranda,Marina Jorge de; Costa,Cláudia; Santana,Paula; Barrozo,Lígia Vizeu
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
125.93%
A prematuridade é um dos grandes problemas de saúde pública, contribuindo fortemente para a morbi-mortalidade infantil, tanto em países em desenvolvimento como o Brasil, quanto em países europeus como Portugal. O nascido prematuro é aquele que nasce com menos de 37 semanas de gestação. Os fatores de risco individuais associados à incidência da prematuridade são conhecidos. No entanto, os fatores contextuais que podem influenciar a sua incidência têm sido pouco estudados. O principal objetivo deste estudo foi identificar o padrão espacial do risco relativo de nascimento pré-termo e possíveis agrupamentos espaciais, assim como examinar se as condições socioeconômicas estão espacialmente associadas com o risco relativo de nascimento pré-termo em duas áreas metropolitanas: Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), no Brasil, e Área Metropolitana de Lisboa (AML), em Portugal. Foi recolhida informação relativa aos nascidos vivos (2000-2010) de mães residentes em ambas as áreas metropolitanas e às condições socioeconômicas das mães. Para análise de associação espacial entre o risco relativo de nascimentos pré-termo e as variáveis do contexto geográfico...

Debaixo de uma parede cinza... existe um amor pela nossa cidade. (Os Gémeos): cidade, turismo e arte urbana na área metropolitana de Lisboa

Miranda, Rita Maria Santos de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
126.03%
Pretende-se com a presente dissertação analisar problemáticas da cidade contemporânea, sociedade de consumo actual e de consumo turístico, turismo de City- Break e arte urbana (especificamente relacionada com o graffiti e a street-art), na área metropolitana de Lisboa (objecto de estudo). A estudo da cidade contemporânea consiste numa reflexão sobre as modificações do comportamento de consumo e da importância no investimento numa “marca cultural” de uma cidade, explorando problemáticas como a globalização, identidades e sociedade em rede. A abordagem ao city-break está, geograficamente, ligada à área metropolitana de Lisboa. Esse capítulo engloba uma análise do turismo de city-break na capital portuguesa, usando a investigação sobre a sociedade de consumo actual. A reflexão da arte urbana, mais especificamente graffiti e street-art, é composta por duas partes. A primeira parte consiste num enquadramento histórico do graffiti e da street-art e a última parte é uma consideração sobre o uso destas práticas, para promoção turística, e de que formas têm contribuído para a divulgação de Lisboa como destino turístico.; Abstract: This dissertation aims at analyzing thematic issues of the contemporary city...

Desigualdades socioterritoriais e mobilidade geográfica: um retrato da Área Metropolitana de Lisboa

Santos, Sofia
Fonte: CIES-IUL Publicador: CIES-IUL
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
125.99%
O artigo debruça-se sobre a heterogeneidade socioterritorial da Área Metropolitana de Lisboa e a sua relação com a produção de diversos tipos de mobilidade. Utilizando os dados dos Censos 2011, começamos por propor uma leitura sobre a diversidade sociodemográfica da AML, identificando dimensões de diferenciação e definindo, a partir destas, uma tipologia de freguesias. Particularizamos ainda alguns aspetos que caracterizam a desigualdade socioterritorial metropolitana. Seguidamente descrevemos os padrões de mobilidade da população empregada ou estudante, recorrendo à construção de uma tipologia de freguesias. Finalmente cruzamos as duas tipologias de freguesias – a socioterritorial e a de mobilidade – observando como, na AML, espaço e sociedade interagem na produção das mobilidades. Os padrões diferenciados de mobilidade da AML representam simultaneamente resultado e fator de reprodução de desigualdades no acesso ao espaço metropolitano.; The working paper focuses on the sociospatial heterogeneity of Lisbon Metropolitan Area (LMA) and its association with different types of mobility. Using data from the 2011 Census, we start by identifying general sociodemographic differentiating dimensions which we use to define groups of parishes (through multivariate analysis). Some aspects of sociospatial inequality are taken into further examine. We then describe mobility patterns also identifying groups of parishes. Finally we cross-reference the two typologies – sociospatial and mobility – exploring how...

Inferências preliminares sobre a visão e significados da promoção da leitura nas Bibliotecas Públicas Municipais da Área Metropolitana de Lisboa

da Silva, Vera Maria; Universidade de Évora CIDEHUS Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
125.83%
A promoção da leitura, uma necessidade que se foi afirmando desde a Sociedade Moderna, é de incontornável importância na cultura da informação que sustenta a actual Sociedade do Conhecimento que impera nos espaços culturais e económicos determinantes da Terra. Neste novo contexto societal em processo de transformação o que fazem as Bibliotecas Públicas Municipais (BPM) para prover a leitura nas suas comunidades? Para um melhor conhecimento das bases teóricas e empíricas modeladoras da sua acção propomo-nos partilhar e discutir inferências preliminares da visão e significados de promoção da leitura (PL) existente nas bibliotecas públicas. Elas resultam da identificação e interpretação de informação recolhida na investigação qualitativa que estamos a desenvolver, Práticas de Promoção da Leitura nas Bibliotecas da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Habitação Social na Área Metropolitana de Lisboa. Tendências da gestão municipal contemporânea

Pato, Isabel; Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), DINÂMIA’CET-IUL, Lisboa; Pereira, Margarida; e-Geo, FCSH-UNL
Fonte: DINÂMIA'CET-IUL Publicador: DINÂMIA'CET-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
145.98%
A intervenção do Estado Social português foi insuficiente para corrigiras desigualdades de acesso à habitação e assegurar a sua disponibilização aos grupos mais desfavorecidos. No presente, na sequência do Programa de Assistência Financeira e da conjuntura recessiva instalada, está a ocorrer uma agudização das carências habitacionais, a par do acréscimo de dificuldades para a gestão da habitação social. O artigo desenvolve uma reflexão crítica em torno das transformações mais recentes da política de habitação, analisadas nas suas relações com: 1) o modelo de Estado Social adotado desde o 25 de abril e que hoje se reorienta no sentido do “capitalismo de bem-estar”; 2) as mudanças nas práticas da multiplicidade de organizações estatais (e suas extensões) envolvidas na implementação da política de Habitação Social e 3) os processos de gestão do parque público de habitação levados a cabo por autarquias da metrópole, olhadas no quadro das orientações do modelo social europeu. A análise do conjunto de dados de recolha direta e indireta sobre os processos de intervenção nos bairros sociais e de gestão do parque público de habitação municipal da área metropolitana de Lisboa permite enriquecer a reflexão crítica e sustentar pistas para repensar e intervir sobre a habitação social em Portugal.

Escola, comunidade e território: dinâmicas educativas locais na integração de populações imigrantes na área metropolitana de Lisboa

Hortas, Maria João Barroso; Escola Superior de Educação de Lisboa - IPL Centro de Estudos Geográficos – UL; Martins, Célia; Escola Superior de Educação de Lisboa - IPL Centro de Estudos Geográficos – UL; Dias, Alfredo; Escola Superior de Educa
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
115.92%
No presente artigo pretende-se refletir sobre o contributo da educação para a integração local de populações imigrantes. Esta reflexão assenta no pressuposto que a abertura da escola à comunidade local, através do estabelecimento de parcerias com as instituições e organizações que no território atuam na área da educação, potencia importantes mais valias nos percursos de integração de populações de origem imigrante. A partir da análise de projetos de inclusão social, implementados em dois contextos territoriais distintos da Área Metropolitana de Lisboa, são identificadas as potencialidades decorrentes da articulação de práticas de educação formal e não formal, assim como os desafios colocados à escola perante a emergência da sua abertura aos contextos locais onde se insere.