Página 1 dos resultados de 747 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Atitudes e hábitos de consumo de alimentos funcionais

Oliveira, Hélder da Silva; Cardoso, Paulo Ribeiro
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.51%
Um estilo de vida sedentário e pressionado pela tensão do quotidiano tem levado os consumidores a preocuparem-se mais com a saúde e com a alimentação. Como resultado, surgiu no mercado uma nova tipologia de produtos que se baseia, precisamente, numa atitude saudável e de procura do bem-estar. Os alimentos funcionais estão neste grupo e têm tido um crescimento assinalável ao longo da última década. Neste contexto, o presente artigo procura analisar as preocupações que os consumidores têm com a saúde, o seu conhecimento sobre os alimentos funcionais, as crenças sobre a sua eficácia e os hábitos de consumo deste tipo de produtos. A sedentary life style, strained by daily-life tension, has led consumers to become more concerned with health and food. As a result, a new type of products has come into the market. It is based on a healthy attitude in search of well-being. Functional foods belong to this new type of products and have grown considerably in the last decade. Thus, this paper seeks to analyse consumers’ concerns regarding health issues, as well as their knowledge of functional foods, confidence in functional products’ efficacy and related consumer habits.

Potenciais alimentos funcionais com base em extratos de vinho de uva ou de videira

Pereira, Ana Filipa Campos
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; A mudança de hábitos e costumes da sociedade que tem vindo a acontecer, principalmente nos últimos anos, conduziu a uma alteração dos padrões de alimentação e a um maior sedentarismo, o que resultou numa preocupação generalizada, por parte dos cidadãos, em tentar minorar problemas de saúde decorrentes deste estilo de vida. Como resposta a esta situação, a indústria alimentar reforçou a sua política de investigação, surgindo um novo tipo de alimentos, denominados alimentos funcionais. O interesse por parte dos consumidores por estes alimentos tem vindo a crescer, pois para além da função nutricional básica que possuem, apresentam benefícios para a saúde humana, tornando-se portanto um mercado bastante promissor. No nosso país existe já uma variedade de alimentos funcionais, como ovos enriquecidos com ácidos gordos ómega-3, tomate rico em licopeno, leite ou iogurtes com cálcio adicionado, entre outros. Portugal é um importante produtor de vinho, com as exportações a aumentar, o que demonstra o dinamismo do setor. O vinho e a vinha têm...

Cogumelos silvestres portugueses: valorização como alimentos funcionais e fonte de nutracêuticos

Ferreira, Isabel C.F.R.; Vaz, Josiana A.; Barros, Lillian; Almeida, Gabriela M.; Martins, Anabela; Vasconcelos, M. Helena
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
66.51%
Os cogumelos silvestres possuem grande diversidade de biomoléculas com valor nutricional e/ou propriedades medicinais. Têm sido reconhecidos como alimentos funcionais e como fonte de compostos para o desenvolvimento de fármacos e nutracêuticos, incluindo compostos com propriedades anti-tumorais. Exemplos disso são os β-glucanos “Lentinan” (do cogumelo Lentinus edodes) e “Schizophyllan” (do meio de cultura de Schizophyllum commune) ou os glucopéptidos PSP e “Krestin” (PSK) (do micélio de Coriolus versicolor). Para além dos cogumelos mencionados, existem muitos outros conhecidos como sendo medicinais e existe um potencial enorme nas espécies ainda não exploradas do Nordeste Português. Por esse motivo, o nosso grupo analisou algumas destas espécies ainda não estudadas, tais como Clitocybe alexandri, Lepista inversa e Suillus collinitus. Os seus extratos fenólicos foram caracterizados e mostraram potenciais efeitos anti-tumorais em linhas celulares tumorais humanas, que se traduzem especificamente na indução de paragem do ciclo de divisão celular e na indução de morte celular programada (apoptose) em linhas celulares modelo, derivadas de diferentes tipos de tumores humanos. Verificámos que extratos de Clitocybe alexandri induzem paragem no ciclo celular e apoptose numa linha celular de cancro do pulmão...

Commercial spices and industrial ingredients: evaluation of antioxidant capacity and flavonoids content for functional foods development; Condimentos comerciais e ingredientes industriais: avaliação da capacidade antioxidante e do conteúdo de flavonóides para o desenvolvimento de alimentos funcionais

ALEZANDRO, Marcela Roquim; LUI, Maria Cristina Youn; LAJOLO, Franco Maria; GENOVESE, Maria Inés
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
The aim of this work was to evaluate spices and industrial ingredients for the development of functional foods with high phenolic contents and antioxidant capacity. Basil, bay, chives, onion, oregano, parsley, rosemary, turmeric and powdered industrial ingredients (β-carotene, green tea extract, lutein, lycopene and olive extract) had their in vitro antioxidant capacity evaluated by means of the Folin-Ciocalteu reducing capacity and DPPH scavenging ability. Flavonoids identification and quantification were performed by High Performance Liquid Chromatography (HPLC). The results showed that spices presented a large variation in flavonoids content and in vitro antioxidant capacity, according to kind, brand and batches. Oregano had the highest antioxidant capacity and parsley had the highest flavonoid content. The industrial ingredient with the highest antioxidant capacity was green tea extract, which presented a high content of epigalocatechin gallate. Olive extract also showed a high antioxidant activity and it was a good source of chlorogenic acid. This study suggests that oregano, parsley, olive and green tea extract have an excellent potential for the development of functional foods rich in flavonoids as antioxidant, as long as the variability between batches/brands is controlled.; O objetivo deste trabalho foi avaliar condimentos e ingredientes industriais para o desenvolvimento de alimentos funcionais com alto conteúdo de compostos fenólicos e capacidade antioxidante. Manjericão...

Análise comparativa de legislações internacionais referentes aos alimentos funcionais; Analyzing and comparing international legislation relating to functional foods

Franco, Roberta Calhes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
Revisão com o objetivo de analisar e comparar a legislação brasileira, nos aspectos de desenvolvimento, avaliação e comercialização dos alimentos funcionais, com a legislação dos países: Austrália, Canadá, Estados Unidos, Japão; da União Européia e a opinião do Codex Alimentarius. Separou-se e analisou-se a legislação desses alimentos em cinco partes: a) Definição legal; b) Regulamentação; c) Alegações; d) Procedimentos de comunicação das alegações; e) Critérios de avaliação da segurança e eficácia desses alimentos. Constatou-se que, dos países analisados, somente o Japão possui uma definição legal e uma regulamentação própria para essa categoria de produto e que o Canadá é o único país que apresenta uma norma clara e objetiva sobre a divulgação, nos meios de comunicação, dos alimentos com alegações. Verificou-se que existem diferentes tipos de definições e usos para as alegações, sendo algumas vezes equivalentes entre os países e outras não. Constatou-se que todos os países em estudo compartilham de alguns pontos comuns quanto aos critérios de avaliação, como: as alegações devem ser baseadas em estudos científicos relevantes; e o produto deve ser seguro sem a necessidade de supervisão médica. A Austrália...

Expectativa do consumidor de bebida funcional não alcoólica e percepção de alimentos funcionais

Menegario, Alessandra Carvalho Ferrarezi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 113 f. : figs.
Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; This study evaluates and interprets consumer expectation of non-alcoholic functional beverage in Brazil and Portugal using the Discourse of the Collective Subject (DCS) technique. Information about the qualitative techniques most commonly used was pooled to evaluate and understand the attitude and behavior of the consumer of food and beverages, including the qualiquantitative technique the Discourse of the Collective Subject. A cross-cultural study was also performed to evaluate the consumption of non-alcoholic beverages of physical activity practitioners in Brazil and Portugal. Practitioners of physical activity from fitness centers voluntarily responded to a structured questionnaire which addressed socio-demographic data and habit of consumption of non-alcoholic beverages. This stage of the work was performed in order to identify consumers of non-alcoholic beverages and recruit individuals for subsequent interview using the DCS technique. Initially, after establishing the criteria to apply the DCS, semi-structured interviews were performed to evaluate the perception of non-alcoholic beverages consumers of functional food. To evaluate consumer expectation of non-alcoholic functional beverages...

Alimentos funcionais: uma fronteira para o desenvolvimento de bebidas proteicas a base de soro de leite

Baldissera, Ana Carolina; Betta, Fabiana Della; Penna, Ana Lúcia Barretto; Lindner, Juliano De Dea
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1497-1512
Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Functional foods are defined as those that provide additional benefits to consumers. The market for foods with functional properties is expanding, supported by scientific evidences, which leads the developing of different special foods. This market segment is related to the innovations, as well as the traditional functional dairy and non dairy products, gain traction in the marketplace for innovative products like based whey sports beverage. Besides the functionality of muscle protein synthesis, these beverages are entering into areas such as clinical nutrition and satiety. Thus, it can be supposed that the composition and technological versatility of the whey support the use asinnovative ingredient for foods and beverages. This review aim to supply an overview about functional foods, mainly the segment of whey based beverages. The success of this new nutritional approach is close related to the requirement to identify, to characterize and to develop methodologies to measure and to validate more precisely the relevant functional markers, making them open for a public domain.; Alimentos funcionais são definidos como aqueles que fornecem benefícios adicionais aos da alimentação. O mercado de alimentos com propriedadesfuncionais está em crescente expansão...

Os Alimentos funcionais entre ciência e comunicação

Bianco, André Luiz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 162 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
66.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2010; Os alimentos funcionais são produtos portadores de alegações de benefícios à saúde, as quais devem ser cientificamente baseadas. No contexto de um mercado alimentar globalizado, circula diariamente um grande fluxo de informações que relacionam isto a estilos de vida, dietas, alimentos e nutrientes. Muitas vezes essas informações são confusas e contraditórias, e, paradoxalmente, pretendem orientar os consumidores. Da perspectiva sociológica não consideramos orientações verdadeiras ou falsas, mas nos importa, nesse âmbito, refletir sobre a capacidade desses discursos de afetar e transformar as práticas alimentares, repercutindo ainda em diversas outras práticas e arenas sociais pois os discursos sobre alimentos saudáveis tratam desde a renovação celular do corpo humano até o cuidado com o planeta. Nosso escopo como sugere o título é o caminho dos alimentos funcionais entre a ciência básica e o mercado, e as formas de tradução que aí ocorrem. Por isso consideramos a comunicação de maneira ampla trabalhamos com materiais de revistas...

Aceitação e percepção dos estudantes de Gastronomia e Nutrição em relação aos alimentos funcionais; Acceptance and perception of gastronomy and nutrition students regarding functional foods

Melo, Graziele Resende da Costa; Teixeira, Ana Paula; Zandonadi, Renata Puppin
Fonte: Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP de Araraquara Publicador: Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP de Araraquara
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
O termo “alimento funcional” foi introduzido no Japão (1980) e, apesar de comumente utilizado, ainda não existe defi nição mundialmente aceita. Estudos afi rmam que sua aceitação está relacionada à informação recebida. Assim, profi ssionais da área de alimentos devem divulgar informações acerca de seus benefícios para promoção de alimentação saudável. Portanto, buscou-se verifi car aceitação e percepção dos alunos de Gastronomia e Nutrição do DF em relação aos “alimentos funcionais” por meio de estudo transversal com questões fechadas e posterior análise estatística. Foram aplicados 128 questionários: 80 em estudantes de nutrição (EN) e 48 em estudantes de gastronomia (EG). Dos estudantes de nutrição (EN), 100% já ouviram falar sobre “alimentos funcionais” e sabe seu signifi cado. Dos estudantes de Gastronomia (EG), 23% desconheciam o termo e, com isso, este percentual foi excluído da pesquisa, restando um universo de 117 respondentes. Apenas 22% dos EN não realizam pesquisas relativas ao assunto, assim como 42% dos EG. Quanto à prevenção de doenças 96% EN e 89% EG acreditam que seja possível por meio da ingestão regular desses alimentos. Porém, apenas 29% EN e 38% EG comprariam um alimento desconhecido sabendo que ele possui alegação de propriedade funcional ou de saúde. Além disso...

As leguminosas como alimentos funcionais: o caso das dislipidémias e das doenças cardiovasculares.

Martins, J.M.; Bento, O.P.
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 144453 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
A dieta mediterrânica é rica em alimentos funcionais. As leguminosas, um dos alimentos-chave desta dieta, têm visto o seu papel na prevenção de dislipidémias, diabetes e cancro do cólon mencionado por muitos autores. O efeito do consumo de leguminosas na redução da colesterolémia deve-se a diferentes nutrientes e fitoquímicos, tais como: i) proteína; ii) lípidos, particularmente a componente polinsaturada e monoinsaturada; iii) fibra, especialmente a fracção solúvel; iv) saponinas; e v) fitosteróis. O consumo da soja tem sido relacionado com tais efeitos benéficos, mas dados recentes obtidos na Universidade de Évora demonstraram que leguminosas como a ervilha e o tremoço de folhas estreitas também apresentam elevado potencial funcional na regulação do colesterol sanguíneo. O seu consumo levou a reduções de 30% na colesterolémia de animais experimentais, via redução do colesterol das LDL. A utilização destas leguminosas como alimentos funcionais e/ou como fornecedoras de fitoquímicos com potencial preventivo e terapêutico é promissora e poderá constituir uma mais-valia e uma fonte extra de rendimento para os agricultores que se dediquem ao cultivo destas espécies. The Mediterranean diet is rich in functional foods. Legumes are one of the key-foods of this diet and many authors mention their role in the prevention of dyslipidemias...

Alimentos funcionais-um mercado em expansão?

Bento, Ofélia P
Fonte: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano de Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural-Universidade de Évora Publicador: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano de Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural-Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.72%
Podem ser considerados como alimentos funcionais todos os alimentos que, além das suas propriedades nutritivas, providenciem efeitos benéficos para a saúde de quem os consome. O interesse por este tipo de alimentos começou a emergir no Japão por volta dos anos 80, constituindo-se actualmente como um mercado em grande expansão. Embora seja um conceito bastante antigo nos países asiáticos, onde muitos alimentos foram associados a benefícios terapêuticos, só no início do século vinte é que se começou a dar importância a estes assuntos no mundo ocidental. Durante a segunda metade do século vinte apareceram novas perspectivas terapêuticas dos alimentos, consubstanciadas em evidências científicas. Actualmente, produtos como a soja e seus derivados, os iogurtes com os seus lactobacilos ou o chá com os seus antioxidantes constituem exemplos bem sucedidos da indústria agro-alimentar neste domínio dos alimentos funcionais. Foi-se desenvolvendo, assim, um mercado global de alimentos funcionais que tem crescido, nos últimos anos, a uma taxa de cerca de 10% face à taxa de 2% verificada para os restantes alimentos e bebidas. Devido a esta nova perspectiva de valorização dos alimentos, países como os Estados Unidos, Japão e Austrália ou regiões como a Comunidade Europeia começaram a promover o lançamento de novas linhas de investigação com o objectivo de identificar os componentes bioactivos dos seus alimentos e assim reclamar as mais-valias dos seus produtos. Outros países...

Estudo do comportamento do consumidor de alimentos funcionais

Marques, Cláudia Ferreira
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
66.51%
Apesar do interesse do consumidor por alimentos que fornecem benefícios para a saúde e bem-estar continuar a aumentar, a aceitação destes alimentos está longe de ser incondicional e muitos autores revelam a necessidade de mais investigação nesta área. Este estudo pretendeu contribuir para o aumento do conhecimento do consumidor português em relação à compra de alimentos funcionais. Uma amostra não representativa de 127 pessoas respondeu a um questionário online, adaptado do estudo de Menrad e Sparke (2006) aplicado a quatro países europeus. Apesar da maioria dos participantes não estar familiarizada com o conceito de alimento funcional, apenas uma pequena percentagem admitiu nunca ter adquirido estes produtos. A saúde foi o motivo de compra mais importante e, ao contrário do esperado, o preço e o sabor não foram determinantes relevantes para a aquisição destes alimentos. Em relação às fontes de informação, a comunicação das marcas, a publicidade e a embalagem, foram as mais mencionadas. No entanto, as informações prestadas pela indústria foram avaliadas como pouco confiáveis; ABSTRACT: Despite the interest of consumers for foods that provide health and welfare benefits continuing to increase, acceptance of these foods is far from being unconditional; and many authors highlight the need for more research in this field. The aim of this study is to amplify the knowledge of Portuguese consumers in what concerns the purchase of functional foods. A non-representative sample of 127 people replied to an online questionnaire...

Os alimentos funcionais: a nova fronteira da indústria alimentar análise das estratégias da Danone e da Nestlé no mercado brasileiro de iogurtes

Raud,Cécile
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.58%
Os alimentos funcionais, que prometem ajudar na cura ou na prevenção de doenças, são a nova tendência do poderoso mercado alimentício neste início do século XXI. Iogurtes, margarinas, leites fermentados, cereais, águas minerais etc. prometem ajudar na cura ou na prevenção de doenças como as cardiovasculares, certos tipos de câncer, alergias, problemas intestinais etc. Entre os fatores-chave que explicam o êxito dos alimentos funcionais, há a preocupação crescente pela saúde e pelo bem-estar, mudanças na regulamentação dos alimentos e a crescente comprovação científica das relações existentes entre dieta e saúde. Escolhemos analisar e comparar as estratégias de duas multinacionais (Danone e Nestlé) que se enfrentam nas gôndolas dos supermercados brasileiros para dominar o mercado dos iogurtes funcionais. O Activia, da Danone, foi lançado com êxito em diversos países europeus, em meados da década de 1990, e no mercado brasileiro, em 2004, levando a uma considerável revitalização do mercado dos produtos lácteos. Em reação, a Nestlé lançou o Nesvita, em junho de 2006. Com base na Nova Sociologia Econômica, verificamos a existência de lutas no mercado, em que a inovação e o lançamento de novos produtos são necessidades para as empresas que pretendem manter ou estabelecer sua liderança. Nesse campo de lutas...

Aspectos tecnológicos de alimentos funcionais contendo probióticos

Oliveira,Maricê Nogueira de; Sivieri,Kátia; Alegro,João Henrique Alarcon; Saad,Susana Marta Isay
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.45%
Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. Neste artigo são enfocados os aspectos tecnológicos dos probióticos, os efeitos associados ao consumo de produtos contendo probióticos e as principais cepas empregadas. São apresentados resultados experimentais originais para ilustrar os aspectos tecnológicos da fabricação de alimentos contendo probióticos buscando descrever suas limitações e alternativas.

O sistema de inovação de alimentos funcionais: um estudo exploratório no Rio Grande do Sul

Pozzo, Danielle Nunes
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
66.75%
A crescente competição no mercado tem levado as empresas a buscarem vantagens competitivas, que podem ser obtidas através da inovação. As inovações partem de diversos agentes, que ao compartilhar informações, recursos e tecnologias formam um sistema de inovação. Dentre as tendências de inovação, destacam-se os alimentos funcionais (alimentos industrializados com benefícios à saúde além da função básica de nutrir), como forma de agregar valor aos produtos da indústria de alimentos. O presente estudo objetiva analisar o sistema de inovação de alimentos funcionais no Rio Grande do Sul, a partir da identificação dos agentes que o compõe, a caracterização de suas relações, bem como da demanda destes alimentos por parte dos consumidores gaúchos e a identificação dos alimentos funcionais em oferta no estado. A pesquisa, de caráter exploratório, incluiu entrevistas com 13 indivíduos de diferentes instituições e áreas de atuação. Dados secundários foram utilizados para analisar o consumidor e observações foram feitas em pontos de venda. O sistema de inovação de alimentos funcionais no Rio Grande do Sul mostrou-se fragmentado, com a existência de subgrupos.As nove categorias de agentes identificadas mostraram baixa interação devido ao desconhecimento dos próprios a respeito dos agentes que compõe o sistema e o medo de compartilhar informações por parte das empresas. A P&D de alimentos funcionais mostrou-se centrada nas empresas...

Alimentos funcionais com base em massas alimentícias

Passos, Ana Rita Fernandes Brandão de
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.5%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; Alimentos funcionais atuam beneficamente, de forma a estabelecer o bem-estar e a reduzir o risco de patologias, produzindo efeitos nutricionais adequados. Incluem substâncias como fibras alimentares, ómegas 3, 6 e 9, compostos fenólicos, carotenoides, probióticos, prebióticos e vitaminas oxidantes. Existem no mercado vários produtos funcionais, tais como iogurtes, cremes de barrar, cereais, leites, massas, ovos, entre outros. As massas alimentícias são uma opção nutricional apropriada para a incorporação de ingredientes funcionais. Neste trabalho são referidos vários estudos relativos a massas enriquecidas, nomeadamente com Spirulina platensis, Psyllium, folhas de cenoura e óregão, levedura Saccharomyces sp., isolado proteico de soja e polidextrose com paprica, wakame e massa sem glúten com farinha de gathotan (mandioca da Indonésia). É proposta também uma massa de pizza feita de farinha de milho e farinha de chia, enriquecida com Lactobacillus rhamnosus (probiótico), indicada para doentes celíacos, os quais têm intolerância ao glúten e necessitam que as suas opções alimentares no mercado sejam aumentadas. Functional foods confer benefits...

Alimentos funcionais: uma nova fronteira para o desenvolvimento de bebidas protéicas a base de soro de leite

Baldissera, Ana Carolina; Betta, Fabiana Della; Penna, Ana Lúcia Barretto; Lindner, Juliano de Dea
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1497-1512
Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Functional foods are defined as those that provide additional benefits to consumers. The market for foods with functional properties is expanding, supported by scientific evidences, which leads the developing of different special foods. This market segment is related to the innovations, as well as the traditional functional dairy and non dairy products, gain traction in the marketplace for innovative products like based whey sports beverage. Besides the functionality of muscle protein synthesis, these beverages are entering into areas such as clinical nutrition and satiety. Thus, it can be supposed that the composition and technological versatility of the whey support the use asinnovative ingredient for foods and beverages. This review aim to supply an overview about functional foods, mainly the segment of whey based beverages. The success of this new nutritional approach is close related to the requirement to identify, to characterize and to develop methodologies to measure and to validate more precisely the relevant functional markers, making them open for a public domain.; Alimentos funcionais são definidos como aqueles que fornecem benefícios adicionais aos da alimentação. O mercado de alimentos com propriedadesfuncionais está em crescente expansão...

Conhecimento sobre alimentos funcionais de clientes de um comércio de produtos naturais Criciúma-SC

Scheid, Vanessa Minato
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Português
Relevância na Pesquisa
66.66%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de bacharel no curso de Nutrição da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Em 1980 surgiu o primeiro conceito de alimento funcional (AF) no Japão, definindo-os como alimentos que oferecem benefícios à saúde, além das propriedades nutricionais básicas. Com a expansão deste novo conceito de alimentos, vários países procuraram regulamentar os alimentos funcionais, o que ocorreu no Brasil somente em 1999 a partir da comprovação da eficácia de alguns destes alimentos. Neste momento, surge um novo mercado com a proposta de oferecer à população uma alimentação mais saudável colaborando também na prevenção de diversas doenças. O objetivo principal deste estudo foi identificar o conhecimento sobre os alimentos funcionais de clientes de um comércio de produtos naturais de Criciúma, SC. Pesquisa básica, quantitativa e transversal, foi realizada no mês outubro de 2010, com uma amostra de 100 clientes adultos de um comércio de produtos naturais de Criciúma – SC, no momento da aquisição de algum alimento funcional. A média de idade foi de 38.2 anos (±12.06), com renda média mensal de R$ 4.480,00 (± 3.167,00), sendo a renda mínima 700...

Technological aspects of functional foods containing probiotics; Aspectos tecnológicos de alimentos funcionais contendo probióticos

Oliveira, Maricê Nogueira de; Sivieri, Kátia; Alegro, João Henrique Alarcon; Saad, Susana Marta Isay
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.45%
Functional food science is being considered priority of research nowadays and studies are directed towards attempts to elucidate their proprieties and effects in promoting health. Probiotics are viable microbial dietary supplements that have beneficial effects over the health of the host by means of modulation of the intestinal microflora. Some beneficial properties attributed to probiotic microorganisms still need more controlled studies to be definitely established. This article deals with technology aspects related to probiotics, the effects associated with the consumption of food products containing these microorganisms and the main strains employed for that purpose. Experimental data are also presented in order to illustrate technological aspects of the manufacture of food products containing probiotics, intending to describe their limitations and alternatives.; Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. Neste artigo são enfocados os aspectos tecnológicos dos probióticos...

OS ALIMENTOS FUNCIONAIS: A NOVA FRONTEIRA DA INDÚSTRIA ALIMENTAR ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DA DANONE E DA NESTLÉ NO MERCADO BRASILEIRO DE IOGURTES

Raud, Cécile; UFSC
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
Os alimentos funcionais, que prometem ajudar na cura ou na prevenção de doenças, são a nova tendênciado poderoso mercado alimentício neste início do século XXI. Iogurtes, margarinas, leites fermentados,cereais, águas minerais etc. prometem ajudar na cura ou na prevenção de doenças como as cardiovasculares,certos tipos de câncer, alergias, problemas intestinais etc. Entre os fatores-chave que explicam o êxito dosalimentos funcionais, há a preocupação crescente pela saúde e pelo bem-estar, mudanças na regulamentaçãodos alimentos e a crescente comprovação científica das relações existentes entre dieta e saúde. Escolhemosanalisar e comparar as estratégias de duas multinacionais (Danone e Nestlé) que se enfrentam nasgôndolas dos supermercados brasileiros para dominar o mercado dos iogurtes funcionais. O Activia, daDanone, foi lançado com êxito em diversos países europeus, em meados da década de 1990, e no mercadobrasileiro, em 2004, levando a uma considerável revitalização do mercado dos produtos lácteos. Em reação...