Página 1 dos resultados de 2973 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Prevalência da asma, rinite e eczema em adolescentes de 13 a 14 anos na cidade de Taubaté-SP, através do questionário ISAAC e avaliação de alguns fatores de risco; Prevalence of asthma, rhinitis and eczema in adolescents aged 13 to 14 years in the city of Taubaté-SP, through ISAAC questionnaire and assessement of some risk factors

Toledo, Maristella Froio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
Introdução: A asma é uma doença inflamatória crônica com alta morbi-mortalidade na adolescência. Objetivos: O objetivo geral foi estudar a prevalência da asma em adolescentes na cidade de Taubaté (SP). Os específicos foram determinar a prevalência da asma, rinite e eczema, utilizando os questionários ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood) Fase I em escolares de 13 a 14 anos residentes na cidade de Taubaté e estabelecer uma correlação entre os sintomas de asma ativa ("sibilos nos últimos 12 meses") e os fatores de risco: tabagismo (ativo e passivo) e a presença de animais e/ou insetos no domicílio. Métodos: No estudo transversal de uma amostra casual probabilística por conglomerados, foram aplicados questionários a 920 adolescentes de 13 a 14 anos sorteados ao acaso, matriculados entre as 7a e 8a séries de escolas públicas e privadas na cidade de Taubaté no período de agosto de 2004 à janeiro de 2005. Os questionários foram auto-aplicáveis sendo a primeira parte composta por 8 questões referentes à asma, 6 referentes à rinite e uma ao eczema(ISAAC), e a segunda parte composta por 8 questões referentes ao tabagismo e 4 referentes à presença de animais de estimação e/ou insetos no domicílio (questionário complementar). Resultados: Nos 809 adolescentes que completaram os questionários...

Avaliação da função pulmonar e investigação da asma alérgica em pacientes com imunodeficiência comum variável; Pulmonary function and screening for allergic asthma in patients with common variable immunodeficiency

Leite, Rosana Camara Agondi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A imunodeficiência comum variável (ICV) é uma síndrome heterogênea caracterizada por hipogamaglobulinemia e infecções bacterianas de repetição. As doenças obstrutivas, como a asma, estão presentes em aproximadamente 50% dos pacientes. Os sintomas decorrentes de infecções respiratórias de repetição podem mascarar os sintomas de alergia respiratória. A asma tem alta prevalência no mundo e é observada em aproximadamente 10% da população brasileira. Embora muitos pacientes com ICV apresentem história clínica sugestiva de rinite e/ou asma alérgicas, a participação da atopia não está bem esclarecida e freqüentemente os níveis de IgE total e/ou IgE específica estão baixos. Muitos autores estudam a produção de IgE local e uma correlação entre a concentração de IgE nos fluidos corporais e no soro existe. Os objetivos deste estudo são avaliar a função pulmonar em pacientes com ICV através de: espirometria, provocação brônquica com histamina e com alérgeno; investigar o diagnóstico de asma em pacientes com ICV e realizar a investigação in vivo e in vitro da IgE em pacientes com ICV. Este estudo incluiu 62 pacientes que estavam em acompanhamento ambulatorial no Serviço de Imunologia Clínica e Alergia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A função pulmonar foi avaliada pela espirometria e pela provocação brônquica com histamina antes e após uma provocação brônquica com Dermatophagoides pteronyssinus (Der p) e a investigação da IgE específica para aeroalérgenos através de teste epicutâneo e avaliação da IgE sérica específica usando ImmunoCAPTM. Vinte e nove (46...

Modelo iconográfico de teleducação interativa para asma; Interactive asthma tele-education using icon image modeling

Borgiani, Mariana Torres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
A asma é uma doença inflamatória crônica com grande prevalência mundial, inclusive no Brasil. Apresenta implicações para os pacientes e familiares sobre a qualidade de vida, faltas em escola/trabalho, procura a serviços emergenciais e complicações decorrentes ao não tratamento. Apesar de a terapêutica ter evoluído nos últimos anos, não houve grande alteração da morbimortalidade relacionada a essa doença. Por ser uma doença crônica, a retenção do conhecimento sobre ela e as mudanças de estilo de vida devem ser permanentes. Bom cuidado médico aliado a programas educacionais também reduzem consideravelmente os sintomas da asma, contribuindo para seu controle. Pesquisas recentes apontam que a maior parcela da população brasileira procura assistência médica através das Unidades Básicas de Saúde. De acordo com os resultados, verificou-se que existem cerca de 17% de analfabetos funcionais (pessoas com menos de 4 anos de estudo) e 8,5% de analfabetos, com dificuldade de compreensão e leitura, esses pacientes têm dificuldade para compreender o tratamento e prevenção de doenças como a asma. A fim de orientar essa população, dever-se-ia adequar imagens e linguagem à realidade dessas pessoas, no intuito de elucidar suas dúvidas e derrubar as barreiras que impedem o entendimento. Pensando em fechar essas lacunas...

Prevalência da asma brônquica e seus fatores de risco na população adulta de Pelotas, Rio Grande do Sul, 2001

Macedo, Silvia Elaine Cardozo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A asma brônquica é uma doença crônica inflamatória das vias aéreas que vem despertando preocupação crescente, em função do aumento na sua incidência e mortalidade observados nos últimos anos. Com o objetivo principal de avaliar a sua prevalência e seus fatores de risco, conduziu-se um estudo epidemiológico de base populacional, delineamento transversal, em uma amostra representativa de adultos de 20 a 69 anos de idade, residentes na zona urbana de Pelotas, RS. Foram entrevistadas 1.968 pessoas. Desse total, 446 pessoas foram aleatoriamente selecionadas para realizarem espirometria e, quando esta mostrava-se normal, teste de broncoprovocação com metacolina. Ainda foram realizados testes para atopia. Houve 9,6% de recusas para as entrevistas e 20,2% de perdas para os exames complementares. Mais de metade da amostra era constituída por pessoas com idade inferior a 50 anos, sendo 57% do sexo feminino e a maioria da raça branca. A renda familiar, na maioria da amostra, era de até três salários mínimos. A prevalência de “sintomas atuais de asma” foi de 6,0%. Observou-se variação na prevalência de asma com a utilização de diferentes critérios diagnósticos: asma cumulativa: 14,3%; diagnóstico médico de asma: 12...

Fatores de risco para asma e rinite alérgica em população de escolares na cidade de Passo Fundo, RS

Porto Neto, Arnaldo Carlos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
Introdução: nas últimas décadas, tem havido aumento na prevalência das doenças alérgicas, como também na sensibilização a aeroalérgenos ou alimentos, fenômenos caracterizados como “epidemia das doenças alérgicas”. Objetivo: determinar os fatores de risco associados a sintomas de asma (sibilância) e rinoconjuntivite, descrevendo a prevalência desses sintomas em crianças escolares do município de Passo Fundo, RS. Método: estudo transversal realizado em alunos de oito a doze anos de idade matriculados em escolas públicas e particulares do ensino fundamental, moradores da zona urbana de Passo Fundo, RS. A amostra representativa dessa população foi escolhida aleatoriamente, e seus pais ou responsáveis responderam questionário escrito padrão do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC), acrescido de perguntas sobre fatores de risco pessoais, familiares e ambientais (ISAAC fase II). Dessa população inicial, separou-se, aleatoriamente, um subgrupo de crianças (n=878), para realizar testes cutâneos de hipersensibilidade imediata (TCHIs) com alérgenos ambientais e coletar amostras de fezes para exame protoparasitológico. As crianças também foram pesadas, tendo sua estatura aferida e seu índice de massa corporal (IMC) calculado. Resultados: a prevalência de asma ativa foi de 31...

Obesidade e asma : prevalência e fatores de risco nutricionais em adolescentes

Benedetti, Franceliane Jobim
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Objetivos: Identificar os fatores nutricionais e indicadores antropométricos associados aos sinais e sintomas de asma em escolares adolescentes. Metodologia: Esta pesquisa apresenta delineamento observacional transversal. Incluíram-se adolescentes de dez a 19 anos, de ambos os sexos. Os indicadores do estado nutricional utilizados foram o índice de massa corporal (IMC-Z), o índice altura-para-idade (A/I-Z), a circunferência do braço (CB), a circunferência da cintura (CC), a relação cintura estatura (RCE) e o índice de conicidade (IC). Para estimar o consumo médio de sódio foi utilizado o questionário de frequência alimentar. A atividade física foi avaliada utilizando-se o Questionário Internacional de Atividade Física. As características da asma foram avaliadas, pelo questionário International study of asthma and allergies in childhood (ISAAC). Fatores associados à asma na analise bi e multivariadas foram avaliados com a utilização de regressão de Poisson. O nível de significância adotado foi de 5% e as análises foram realizadas no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 18.0. Resultados: Avaliou-se 1362 alunos com média de idade de 15,65±1,24 anos, sendo 788(57,9%) do sexo feminino. Observam-se maiores prevalências de asma entre o sexo feminino...

Asma na infância : prevalência, conhecimento e percepção dos pais sobre a doença; Asthma in children : prevalence, knowledge and perception of parents about the disease

Rosana dos Santos Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A asma é uma doença pulmonar inflamatória crônica, de distribuição mundial, que acomete pessoas de todas as idades e de todos os níveis socioculturais. Caracteriza-se por hiperresponsividade das vias aéreas inferiores e por obstrução variável ao fluxo aéreo. Os objetivos deste estudo buscaram identificar a prevalência de asma em crianças de seis e sete anos de idade e analisar o conhecimento e a percepção dos pais sobre a doença dos filhos, em áreas cobertas pela Estratégia Saúde da Família. O estudo utilizou a abordagem quanti-qualitativa e foi realizado no município de Teresina, Piauí, Brasil. Os dados foram coletados no domicílio dos participantes, no período de 2011 a 2013, por meio de entrevistas individuais. Para a identificação da prevalência de asma utilizou-se o módulo 1 do questionário escrito do International Study of Asthma and Allergies in Childhood em uma amostra de 683 crianças, cuja análise estatística foi realizada por meio do teste Qui-quadrado e do teste z de proporções. A análise da percepção dos pais sobre asma foi realizada com 25 pais, e a compreensão da vivência materna no cuidado da criança com asma foi realizada junto a seis mães, a partir do uso do método etnográfico. O material proveniente do campo foi analisado e sistematizado seguindo os princípios da pesquisa qualitativa. Os resultados mostraram que a prevalência de asma ativa na região de estudo foi de 23...

Estudo sobre controle da asma

Vieira, Marcelino Osmar
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 112 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.38%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas; Introdução: Obter e manter o controle pelo maior tempo possível é a principal meta terapêutica na asma. As diretrizes atuais recomendam inicialmente estabelecer o nível de controle para utilizá-lo como parâmetro de referência para a escolha da etapa de tratamento. Contudo, não existe uma classificação de controle da asma que seja universalmente aceita. Apesar de não ter sido formalmente validada, aquela sugerida pela Iniciativa Global para Asma (GINA) é amplamente recomendada. Por outro lado, as diversas classificações de controle avaliam domínios distintos da doença e nem sempre apresentam graus significativos de concordância entre si. Assim, o domínio inflamatório da asma, avaliado de acordo com o percentual de eosinófilos no escarro induzido, pode ser importante tanto na classificação do nível de controle como no planejamento terapêutico. Além disso, sabe-se que quanto pior o controle da asma pior a qualidade de vida do asmático, mas o impacto da asma parcialmente controlada na qualidade de vida ainda é desconhecido. Objetivos: Estudar em asmáticos tratados com uma associação de corticóide inalado (CI) + ?2 agonista de longa duração (LABA) e classificados pela GINA 2010...

Prevalência e gravidade de asma brônquica em adultos obesos com indicação de cirurgia bariátrica

Melo,Saulo Maia Davila; Melo,Valdinaldo Aragão de; Menezes Filho,Raimundo Sotero de; Alves Júnior,Antônio J
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.35%
OBJETIVO: Determinar a prevalência de asma em um grupo de adultos obesos, candidatos a cirurgia bariátrica e avaliar a gravidade da asma neste grupo de pacientes. MÉTODOS: Estudo transversal, envolvendo 363 pacientes obesos adultos (índice de massa corpórea > 35 kg/m²) avaliados por um médico pneumologista, utilizando a avaliação clínica como instrumento diagnóstico de asma. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação clínica e espirometria e foram divididos em dois grupos (asma e controle). Os pacientes com asma foram classificados conforme a gravidade da doença. RESULTADOS: A prevalência de asma na população de obesos estudada foi de 18,5% (IC95%: 14,5-22,4). Essa prevalência nas mulheres e nos homens foi de 20,4% (IC95%: 16,2-24,5) e 13,7% (IC95%: 10,1-17,2), respectivamente. Havia sintomas de asma nos últimos doze meses em 8,0% (IC95%: 5,2-10,7), e houve manifestação inicial dos sintomas de asma na infância/adolescência em 17,4% (IC95%: 13,5-21,3). No grupo asma, asma intermitente estava presente em 29 pacientes (43,3%); asma persistente leve, em 7 (10,4%); asma moderada, em 25 (37,3%); e asma persistente grave, em 6 (9,0%). CONCLUSÕES: A prevalência de asma neste grupo de adultos obesos, utilizando-se a avaliação clínica como critério diagnóstico...

Características clínicas e prognóstico em pacientes com asma quase fatal em Salvador, Bahia

Ponte,Eduardo Vieira; Souza-Machado,Adelmir; Souza-Machado,Carolina; Franco,Rosana; Cruz,Álvaro Augusto
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.31%
OBJETIVO: Determinar a frequência de asma quase fatal em um grupo de pacientes com asma grave, assim como as características clínicas e o prognóstico desses pacientes em um ano de seguimento. MÉTODOS: Estudo prospectivo envolvendo 731 pacientes de baixa renda com asma grave tratados em um ambulatório de referência para asma na cidade de Salvador (BA). Os pacientes realizaram espirometria na admissão do estudo, receberam medicações para asma e foram monitorizados quanto à frequência de exacerbações durante o seguimento. Uma subamostra de 511 pacientes também respondeu questionários de sintomas e de qualidade de vida relacionada a asma. RESULTADOS: Dos 731 pacientes estudados, 563 (77%) eram do sexo feminino, com mediana de idade de 47 anos, e 12% não eram alfabetizados. A maioria dos pacientes apresentava rinite, e 70 (10%) relataram asma quase fatal antes da admissão. Desses 70 pacientes, 41 (59%) relataram terem sido intubados previamente. Os pacientes com asma quase fatal na admissão eram mais propensos a exacerbações de asma durante o acompanhamento e tiveram menor resposta ao tratamento do que aqueles sem asma quase fatal. Os resultados dos questionários no final do acompanhamento foram semelhantes nos dois grupos de pacientes. CONCLUSÕES: A frequência de asma quase fatal foi alta nesta população de pacientes com asma grave e de baixa renda. Os pacientes com histórico de asma quase fatal tiveram um pior prognóstico que aqueles sem esse histórico...

Prevalencia de asma e atopia em escolares de 13 e 14 anos na cidade de Curitiba

Trippia, Simone Maria de Godoy
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.35%
Resumo: A asma e uma doenca de carater genetico cuja prevalencia esta aumentando, com isto toma-se necessaria a realizacao de estudos epidemiologicos com a finalidade de determinar os fatores que estao envolvidos na patogenese desta doenca. Os objetivos deste estudo foram: validar o questionario do ISAAC e determinar a prevalencia de asma e atopia na amostra estudada. O questionario ISAAC, instrumento de estudos epidemiologicos, foi validado em criancas de 13 e 14 anos, com asma (n=32) e controles nao asmaticos (n=32). Seis perguntas que procuraram identificar fatores de risco para doencas alergicas foram acrescentadas ao questionario original. A validacao demonstrou maior especificidade que sensibilidade e boa reprodutibilidade do questionario. Apos esta etapa, o questionario foi aplicado em 3271 escolares na mesma faixa etaria, da Rede Publica e Particular de Curitiba, acompanhado da realizacao de TCA com extrato do acaro D. pteronyssinus. Foi observado TCA positivo ao D. pteronyssinus em 31,3% dos 3271 criancas. Do total de alunos, 28% referiram chio de peito no ultimo ano, sendo que destes, 4% tiveram mais de 4 crises nos ultimos 12 meses. A resposta afirmativa a pergunta sobre diagnostico de asma foi verificada em 8% da amostra avaliada...

Associação entre ingestão dietética com asma e atopia em escolares de Uruguaiana, RS

Schneider, Aline Petter
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Introdução. A prevalência da asma e das doenças alérgicas vem crescendo nas últimas décadas. Vários fatores de risco tem sido descritos, incluindo fatores genéticos e ambientais. O papel dos fatores dietéticos é de atual interesse. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre ingestão dietética com asma e atopia em uma população de baixa renda do Sul do Brasil. Métodos. Estudo transversal com uma amostra de 1054 escolares com idade entre 9 e 13 anos de Uruguaiana, RS. Asma e sintomas relacionados foram definidos através do questionário ISAAC-phase II (International Study of Asthma and Allergies in Childhood). Medidas antrométricas foram obtidas para identificar a prevalência de obesidade através do Índice de Massa Corporal (IMC) e do percentual de gordura corporal. As variáveis de desfecho foram definidas como asma ativa, sibilância atual, asma grave e atopia. Atopia foi definida através do teste cutâneo positivo. Ingestão dietética foi avaliada através do questionário de freqüência do consumo alimentar (QFCA). As associações entre aspectos nutricionais, asma e atopia foram avaliados através do modelo de regressão logística. Resultados. Um total de 949 escolares completaram os questionários ISAAC-phase II e QFCA enquanto os testes cutâneos foram realizados em 97% da amostra. A prevalência de sobrepeso foi 5 % através do IMC e de obesidade foi de 2% através do percentual de gordura corporal. Teste cutâneo positivo foi encontrado em 14% da amostra. Sobrepeso e obesidade não estiveram associados com asma e sintomas relacionados ou com atopia...

Impacto da asma na qualidade de vida de escolares do município de Ijuí/RS

Strassburger, Simone Zeni
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.31%
Objetivo : avaliar o impacto da asma na qualidade de vida em uma população de escolares na cidade de Ijuí, RS, região essencialmente agrícola do estado, bem como as relações entre as comorbidades de atopia e rinoconjuntivite.Métodos : Estudo transversal com escolares de 3ª a 8ª série do Ensino Fundamental do município de Ijuí/RS. Em novembro de 2012 (etapa I), foi enviado aos domicílios um breve questionário de triagem para ser preenchido pelos responsáveis que possibilitou a classificação dos escolares com asma e este grupo foi pareados para sexo e idade com um grupo de colegas da escola, não asmáticos. De maio a junho de 2013(etapa II), os responsáveis e os escolares, em seus domicílios, foram entrevistados e responderam os questionários de qualidade de vida relacionada à saúde, controle da asma e às perguntas do questionário International Study of Asthma and Allergies in Childhood relacionadas à asma, rinite e rinoconjuntivite. Um grupo de crianças com asma e outro de crianças controles realizaram coleta de sangue para avaliação de atopia através de testes de IgE específico.Resultados : Na primeira fase do estudo, dos 2000 questionários de triagem distribuídos obtivemos o retorno de 1691 (84,5%); a média de idade dos escolares foi de 11...

Avaliação clínica e perfil de sensibilização alergênica de crianças asmáticas acompanhadas em um programa de asma

Ribeiro, Juliana Lima
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A asma apresenta elevada morbi-mortalidade e é a principal doença respiratória crônica da criança e adolescente. No Brasil tem prevalência de 16,1 a 27,2% e corresponde à terceira causa de hospitalização pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É uma doença complexa e de difícil diagnóstico especialmente em crianças, nas quais se observam padrões de sibilância característicos dessa faixa etária. Este estudo teve como objetivo a descrição das características clínicas e avaliação do perfil de sensibilização alergênica ao Teste Cutâneo de Puntura (TCP) nos pacientes com diagnóstico de asma, acompanhados no Programa de Asma de Catalão – GO (Pro-asma), tendo em vista a alta prevalência e a necessidade de estudos na população pediátrica brasileira visando ao melhor entendimento da doença, especialmente seu comportamento de acordo com os padrões de sibilância e atopia observados nas últimas décadas sobre a asma na infância. Foi obtido um questionário clínico e realizado o TCP para os principais aeroalérgenos. Em um total de 301 participantes do estudo, 57% eram do sexo masculino e tiveram mediana de idade de 74 meses. Em 80% dos casos, pelo menos 1 familiar de primeiro grau era atópico, 88% tinham sintomas clínicos de rinite e o tabagismo passivo foi encontrado em 29% dos lares dos pacientes. O aeroalérgeno mais prevalente foi o ácaro e a sensibilização a pelo menos 1 aeroalérgeno foi de 63%. Na análise de sensibilização por faixa etária...

Tipificação do HLA nos fenótipos alérgico e não alérgico da asma; HLA typing in allergic and non-allergic asthma phenotypes

Takejima, Priscila Megumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
A asma é uma doença heterogênea caracterizada por um processo inflamatório crônico das vias aéreas inferiores que está associado ao desenvolvimento da hiperresponsividade brônquica e remodelamento da via aérea. Atualmente, a asma é considerada uma síndrome, ou ao menos uma doença com diversos fenótipos. Tradicionalmente, dois fenótipos são bem definidos pela clínica e exames subsidiários: asma alérgica e asma não alérgica. Eles são diferentes quanto á idade de início, apresentação clínica, história pessoal e familiar de atopia e resposta ao tratamento. Ao contrário da asma alérgica, cuja fisiopatologia está bem caracterizada, a etiologia e mecanismos envolvidos na asma não alérgica não estão bem elucidados. Algumas possibilidades incluem alergia desencadeada por antígenos desconhecidos (fungos), infecção persistente (Chlamydia trachomatis, Mycoplasma sp) e auto-imunidade. Estudos têm descrito em diferentes populações associações entre a asma e alelos/antígenos HLA classe I e II, mas os resultados têm sido inconclusivos. O objetivo deste estudo foi identificar possíveis associações do antígeno leucocitário humano (HLA) classe I (A, B, C) e II (DR, DQ, DP) em pacientes brasileiros com asma alérgica e não alérgica. Um total de 109 pacientes com o diagnóstico de asma (56 com asma alérgica e 53 com asma não alérgica) que estavam em acompanhamento no Serviço de Imunologia Clínica e Alergia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo...

La versión española del "Airways Questionaire 20" (AQ20) : adaptación cultural y utilidad para predecir exacerbaciones en asma y EPOC

Blanco Aparicio, Marina
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
[Resumen]Objetivos: Elaborar una versión del AQ20 en lengua española (AQ20S), analizar sus propiedades psicométricas y la capacidad para predecir agudizaciones en asma y EPOC en comparación con otros cuestionarios específicos. Método: Se utilizó el método de traducción-retrotraducción para la elaboración de la versión española del AQ20. Se estudiaron 208 pacientes (108 asma y 100 EPOC) recogiendo variables sociodemográficas, clínicas, funcionales y psicológicas en la visita basal. Todos los pacientes cumplimentaron el AQ20S y el St. George´s Respiratory Questionnaire (SGRQ). Los pacientes con EPOC también completaron el Chronic Respiratory Disease Questionnaire (CRQ) y el Clinical COPD Questionnaire (CCQ) y los asmáticos el Asthma Quality of Life Questionnaire (AQLQ). Los pacientes estables clínicamente cumplimentaron el AQ20S a los 14 días. A los 3 meses se realizó la misma valoración que en la visita basal. Se registraron todas las exacerbaciones que requirieron visitas a urgencias u hospitalización durante 2 años de seguimiento. Resultados: El AQ20S obtuvo una elevada equivalencia conceptual con el cuestionario original, alta consistencia interna (α= 0,84 en el grupo total, α= 0,87 en asma y α= 0...

"Estudo da prevalência de asma e doenças alérgicas, da sensibilização a aeroalérgenos e da exposição a fatores de risco em escolares de 13 - 14 anos na região oeste da cidade de São Paulo" ; Study of asthma and allergic diseases prevalence, aeroallergens sensitization and the risk factors exposure in students from 13 - 14 years in the west area of the city of São Paulo

Pastorino, Antonio Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
INTRODUÇÃO: O aumento da prevalência das doenças alérgicas tem sido associado a vários fatores de risco e a detecção destes e a avaliação da prevalência em diferentes regiões é fundamental. O protocolo padronizado ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood), possibilitou a comparação destes dados epidemiológicos. Os OBJETIVOS deste estudo foram: avaliar a prevalência da asma, rinite e eczema alérgicos e sintomas relacionados, entre escolares de 13 a 14 anos, da região oeste da cidade de São Paulo, utilizando-se o questionário escrito ISAAC e identificar possíveis fatores de risco associados à presença de asma ou à positividade ao teste cutâneo de hipersensibilidade imediata (TCHI). MÉTODOS: Entre fevereiro de 2002 e outubro de 2003 foi aplicado questionário escrito ISAAC em 3181 alunos. Após amostragem sistemática, 528 alunos foram submetidos ao TCHI para o diagnóstico de atopia e responderam a um questionário complementar sobre antecedentes familiares e condições ambientais. Foram constituídos grupos de alunos com ou sem asma, considerando-se a presença de sintomas de asma nos últimos 12 meses, e com ou sem TCHI positivo a pelo menos um aeroalérgeno. A análise dos fatores de risco foi realizada pelo teste do qui-quadrado ou teste exato de Fisher e por regressão binária logística (Backward Stepwise). RESULTADOS: As prevalências encontradas foram: asma de 21...

Perfil da utilização de medicamentos para tratamento da asma em pacientes ambulatoriais de um hospital universitário

Nasser, Safa Jamal Hilal
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
A asma é uma doença inflamatória das vias aéreas, com grau de obstrução variável e reversível, espontaneamente ou com uso de medicamentos. Envolve a participação de fatores intrínsecos, (genéticos), e extrínsecos, como a exposição à poeira, pêlos de animais, fumaça, exercícios físicos, entre outros. Os sintomas mais comuns são tosse, compressão torácica, sibilos e dispnéia. A asma é classificada quanto à gravidade de seus sintomas em intermitente, persistente leve, persistente moderada e persistente grave. Seu diagnóstico é feito com avaliação clínica e funcional do paciente. A asma não tem cura, porém é controlável, com medidas educativas, evitando a exposição aos alérgenos e utilizando farmacoterapia adequada. O tratamento da asma se baseia no uso de broncodilatores e antiinflamatórios. Dentro dos primeiros destacam-se salbutamol, formoterol e salmeterol. Os corticosteróides como a budesonida e fluticasona representam os antiinflamatórios mais utilizados para tratamento da asma, sendo preferível a forma inalada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil de utilização de medicamentos pelos pacientes asmáticos, atendidos no ambulatório de pneumologia de um hospital universitário. A pesquisa foi realizada em 115 prontuários de pacientes do Hospital da Universidade Católica de Brasília (HUCB). Dentre os prontuários consultados...

Relación entre las infecciones respiratorias víricas de vías bajas durante el primer año de vida y la posterior aparición de asma en los niños

Puig Sola, M. Carme
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
Introducción: En la literatura existen pocos datos prospectivos procedentes del seguimiento de una cohorte poblacional desde el nacimiento acerca de la relación entre las infecciones respiratorias de vías bajas (IRVB) y el desarrollo de asma y sibilancias durante la infancia. En muchos pacientes con asma y especialmente en los niños, las infecciones respiratorias provocan sibilancias. Los estudios prospectivos han indicado de forma concluyente que las infecciones víricas pueden desencadenar asma. La descripción de la historia natural de los cuadros con sibilancias en la infancia, incluyendo los distintos fenotipos, y los factores causados relacionados puede permitir disponer de una cohorte de niños que podrán ser seguidos hasta la edad adulta para valorar la relación del asma en la infancia y el asma del adulto. Hipótesis: Las infecciones respiratorias de vías inferiores que ocurren durante el primer año de vida son un factor de riesgo para la posterior aparición de asma y de sibilancias en los niños. Objetivos: (1) Evaluar el papel de las infecciones respiratorias de vías bajas (IRVB) que ocurren durante el primer año de vida como factor de riesgo del posterior desarrollo de asma y de sibilancias en los niños. (2) Progresar en el conocimiento de la historia natural de los trastornos con sibilantes en la infancia...

Tendência temporal de asma em crianças e adolescentes no Brasil no período de 1998 a 2008; Tendencia temporal de asma en niños y adolescentes en Brasil en el período de 1998 a 2008; Time trend of asthma in children and adolescents in Brazil, 1998-2008

Wehrmeister, Fernando César; Menezes, Ana Maria Baptista; Cascaes, Andreia Morales; Martínez-Mesa, Jeovany; Barros, Aluisio J D
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.34%
OBJETIVO: Analisar as tendências de asma em crianças e adolescentes entre 1998 e 2008 no Brasil. MÉTODOS: Foram analisados os dados de prevalência de asma da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, dos anos de 1998, 2003 e 2008. A amostra foi constituída por 141.402, 144.443 e 134.032 indivíduos em 1998, 2003 e 2008, respectivamente, e a análise foi ajustada pelo desenho amostral. As tendências de asma foram descritas por sexo, regiões do Brasil e local de residência, em crianças (zero a nove anos) e adolescentes (dez a 19 anos). RESULTADOS: A prevalência de asma entre crianças foi 7,7% em 1998, 8,1% em 2003 e 8,5% em 2008, com um incremento anual de 1%. O maior aumento anual foi observado nas regiões Sudeste e Norte (1,4%). Entre o grupo de adolescentes, a prevalência de asma foi de 4,4% em 1998, 5,0% em 2003 e 5,5% em 2008, com aumento de 2,2% ao ano. Na região Nordeste, o aumento anual na prevalência de asma foi de 3,5%. Os maiores incrementos foram observados entre os meninos e entre moradores da zona rural. CONCLUSÕES: Apesar de a asma apresentar um decréscimo em países emergentes, no Brasil os resultados apontam um incremento da asma entre crianças e adolescentes no período de 1998 e 2008, especialmente na zona rural.; OBJETIVO: Analizar las tendencias de asma en niños y adolescentes entre 1998 y 2008 en Brasil. MÉTODOS: Se analizaron los datos de prevalencia de asma de la Investigación Nacional por Muestra de Domicilios...