Página 1 dos resultados de 4547 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Globalização financeira, eficiência informacional e custo de capital: uma análise das emissões de ADRs brasileiros no período 1992-2001. ; Financial globalization, informational efficiency and capital cost.

Bruni, Adriano Leal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2002 Português
Relevância na Pesquisa
46.26%
Este estudo preocupou-se em analisar os efeitos da globalização financeira sobre o mercado de capitais brasileiros. A globalização foi caracterizada através da emissão de ADRs, do inglês American Depositary Receipts, ou Recibos de Depósitos Americanos – instrumentos financeiros que possibilitam que uma empresa estrangeira liste suas ações em bolsas de valores domésticas e internacionais e obtenha o acesso ao mercado de capitais norte-americano. O mercado de ADRs em bolsas norte-americanas foi caracterizado em relação à sua contribuição ao processo de formação de portfólios internacionais e à sua eficiência informacional fraca. Os resultados obtidos indicaram uma importante contribuição dos ADRs para carteiras norte-americanas, com reduções de riscos e aumentos dos retornos. As respostas dos diversos testes estatísticos aplicados, também, permitiram concluir quanto à eficiência informacional fraca destes mercados. A contribuição decorrente da emissão dos ADRs para o mercado brasileiro foi analisada com ênfase no eventual aumento dos níveis de eficiência informacional e alocacional do mercado doméstico. Aplicações do teste de raiz unitária de Phillips-Peron não permitiram verificar contribuições ao aumento da eficiência informacional fraca dos preços de fechamento das ações. A análise das séries de cotações anteriores e posteriores ao evento de emissão de ADRs possibilita caracterizar o mercado como informacionalmente eficiente em ambos os períodos...

Generalização do CAPM aplicada ao cálculo do custo de capital do setor de telefonia fixa do Brasil.; A generalized CAPM model applied to the determination of the capital cost for the brazilian telecommunications sector.

Reis, Caimi Franco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.35%
Neste ano a Anatel começou a adotar um novo modelo para as tarifas de interconexão das diversas áreas de telecomunicações do Brasil. Nesse modelo o WACC e o CAPM têm um papel central no cálculo da remuneração do capital empregado em cada setor. No caso do CAPM, entretanto, há muitas controvérsias sobre a sua aplicabilidade a países emergentes. ESTRADA (2002, 2003), por exemplo, encontrou resultados mais plausíves para esses países utilizando o modelo D-CAPM, uma variação do CAPM baseada no risco Downside. Sabe-se, por outro lado, que o CAPM é uma composição média entre os riscos Downside e Upside. Neste sentido, o objetivo deste trabalho é propor uma generalização do CAPM (Gw-CAPM), baseada em uma ponderação dos riscos Downside e Upside, e analisar a existência de modelos intermediários que estimem melhor o retorno do mercado local de telefonia fixa do Brasil, com vistas à nova orientação a custos adotada. Outro objetivo é elaborar uma metodologia específica para a telefonia fixa e aplicar o Gw-CAPM no cálculo do custo de capital próprio, analisando se há ou não diferenças significativas no resultado final do custo de capital do setor. Na avaliação do poder de estimação dos modelos utilizou-se o índice de Jensen e o REQM. Mostra-se...

O impacto do nível de transparência no custo do capital próprio das empresas do Ibovespa; The impact of how disclosure it is in the own capital cost of Ibovespa companies

Mazer, Lílian Perobon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.42%
A diminuição do custo do capital das empresas por meio de um maior nível de transparência na divulgação de informações é apoiada pela literatura em duas correntes teóricas. A primeira afirma que um maior disclousure aumenta a liquidez das ações no mercado e, assim, reduz o custo de capital da organização pela redução dos custos de transação ou pelo aumento na demanda por títulos da empresa. A segunda corrente de pensamento sugere que maior transparência pode reduzir o custo de capital pela redução do risco não diversificável de estimativa. Com base nisso, o objetivo desta pesquisa é verificar a existência de relação entre o nível de transparência das empresas que compunham o índice BOVESPA na data base de 29 de dezembro de 2005 e o custo de capital próprio dessas empresas. Além das variáveis custo de capital próprio e transparência, foram usadas como variáveis de controle, o tamanho da empresa, o grau de endividamento e a relação entre o preço da ação e o valor patrimonial da empresa. Para testar a relação entre transparência e custo de capital próprio no mercado brasileiro, foi utilizada uma regressão múltipla do tipo seção transversal entre a variável dependente custo de capital e a variável independente transparência. O R-múltiplo foi de 0...

Governança corporativa e custo de capital próprio no Brasil; Corporate governance and cost of equity capital in Brazil

Salmasi, Silvia Vidal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
46.43%
Os mecanismos de proteção aos acionistas e credores surgiram prometendo às empresas que realizam investimentos em governança corporativa obter valorização da organização. Isto se daria porque os financiadores estariam menos expostos à expropriação do seu capital por meio de mecanismos de governança corporativa que assegurassem os seus direitos, o que facilitaria a comercialização de suas ações e títulos, o acesso ao mercado de capitais e uma redução do custo de capital, levando, assim, à valorização da empresa. Dentro deste contexto, este trabalho busca analisar a relação entre governança corporativa e o custo de capital próprio em empresas brasileiras de capital aberto. O presente estudo investiga se as empresas que adotam práticas de governança corporativa, medida pelos níveis diferenciados de governança corporativa da Bovespa, possuem um menor custo de capital próprio associado quando comparadas às empresas que não adotam tais práticas. Para o cálculo do custo de capital próprio foram utilizados o CAPM e o Modelo de Três Fatores com o intuito de verificar se a relação com as práticas de governança independe do método adotado. Utilizou-se a regressão linear múltipla para as análises estatísticas tendo como variável dependente o custo de capital próprio e as variáveis independentes de governança corporativa...

Estudo de três metodologias para determinação do custo de capital internacional : análise comparativa e validação dos modelos; Assessment of three methodologies to determine the international cost of capital : comparative analysis and validation

Rossi, Luiz Egydio Malamud
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2007 Português
Relevância na Pesquisa
46.37%
O processo de globalização integrou mercados, aumentou o fluxo de capitais entre os países e, apesar da maior abundância de capitais, aumentou a disputa entre países emergentes e desenvolvidos por recursos oriundos do exterior. Em decorrência dessa maior dependência de recursos externos, a capacidade de atrair investimentos se tornou um fator importante para determinar a competitividade do país no cenário internacional. Os investidores consideram a relação entre risco percebido e retorno esperado ao alocar seus recursos internacionalmente e, dessa forma, a correta mensuração do risco incorrido deve ser compatível com a remuneração esperada pelo investimento. Possíveis efeitos da incorreta percepção de risco pelos investidores são a redução do valor dos ativos locais, a maior saída de recursos em decorrência de altos dividendos ou juros e a redução na entrada de recursos do exterior por inibir investidores que buscam opções de baixo risco. Devido a esses efeitos na economia dos países dependentes de recursos, estudaram-se nesta tese três metodologias usualmente empregadas pelos investidores no apreçamento do custo de capital internacional. Essas metodologias de apreçamento analisadas se baseiam em medidas de risco distintas...

Estudo da assimetria da informação e seus impactos no custo de capital das empresas brasileiras negociadas em bolsa; Study of asymmetry information and its impacts on capital cost of Brazilian companies traded in stock exchange

Calhau, Fabio Ricardo dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
O objetivo principal deste trabalho é analisar o efeito da assimetria da informação no custo de capital próprio das empresas negociadas em bolsa de valores no Brasil. O tema está em constante debate sobre a existência dessa relação e até mesmo sobre sua relação com o custo de capital ser favorável ou não. A assimetria da informação foi estimada através da Probability of informed trading (PIN), mensurando de forma direta a existência de negociações com informação privilegiada para a confrontação com custo de capital das empresas brasileiras. O resultado encontrado não apresentou relação estatisticamente significante a 5% entre a PIN e o custo de capital, de forma que não foi possível verificar a relação entre assimetria da informação e o custo de capital. Adicionalmente, o coeficiente encontrado para a PIN no modelo adotado indica uma possível correlação negativa da variável estudada e o custo de capital, deste modo o estudo corrobora com a conclusão de Lambert et al. (2012), segundo a qual, em mercados líquidos, a assimetria da informação não exerce papel relevante e sim a quantidade e a qualidade da informação disponível, não importando a forma de entrada da informação no mercado.; The main objective of this thesis is to analyze the effect of information asymmetry on the cost of equity of companies traded in stock exchanges in Brazil. It is constantly debated whether this relationship exists and also whether information asymmetry's effect on the cost of equity is favorable or not. Information asymmetry has been estimated using the PIN (Probability of Informed Trading)...

Implications of the method of capital cost payment on the weighted average cost of capital.

Boles, K E
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/1986 Português
Relevância na Pesquisa
46.27%
The author develops a theoretical and mathematical model, based on published financial management literature, to describe the cost of capital structure for health care delivery entities. This model is then used to generate the implications of changing the capital cost reimbursement mechanism from a cost basis to a prospective basis. The implications are that the cost of capital is increased substantially, the use of debt must be restricted, interest rates for borrowed funds will increase, and, initially, firms utilizing debt efficiently under cost-basis reimbursement will be restricted to the generation of funds from equity only under a prospective system.

Capital Requirements and Business Cycles with Credit Market Imperfections

Agénor, P.-R.; Alper, K.; Pereira da Silva, L.
Fonte: Banco Mundial Publicador: Banco Mundial
Português
Relevância na Pesquisa
46.36%
The business cycle effects of bank capital regulatory regimes are examined in a New Keynesian model with credit market imperfections and a cost channel of monetary policy. Key features of the model are that bank capital increases incentives for banks to monitor borrowers, thereby reducing the probability of default, and excess capital generates benefits in terms of reduced regulatory scrutiny. Basel I and Basel II-type regulatory regimes are defined, and the model is calibrated for a middle-income country. Simulations of supply and demand shocks show that, depending on the elasticity that relates the repayment probability to the capital-loan ratio, a Basel II-type regime may be less procyclical than a Basel I-type regime.

Price Caps, Rate-of-Return Regulation, and the Cost of Capital

Alexander, Ian; Irwin, Timothy
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
46.26%
This Note compares the effects of price cap and rate-of-return regulation on the risk borne by regulated utilities. It present evidence that price cap regulation subjects firms to greater risks and therefore raises their cost of capital. This result has one clear implication: firms regulated by price caps must be permitted to earn higher returns. If they are not, they will be unable to attract new investment capital and the quality of their service will decline.

Should Marginal Abatement Costs Differ Across Sectors? The Effect of Low-Carbon Capital Accumulation

Vogt-Schilb, Adrien; Meunier, Guy; Hallegatte, Stephane
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
The optimal timing, sectoral distribution, and cost of greenhouse gas emission reductions is different when abatement is obtained though abatement expenditures chosen along an abatement cost curve, or through investment in low-carbon capital. In the latter framework, optimal investment costs differ in each sector: they are equal to the value of avoided carbon emissions, minus the value of the forgone option to invest later. It is therefore misleading to assess the cost-efficiency of investments in low-carbon capital by comparing levelized abatement costs, that is, efforts measured as the ratio of investment costs to discounted abatement. The equimarginal principle applies to an accounting value: the Marginal Implicit Rental Cost of the Capital (MIRCC) used to abate. Two apparently opposite views are reconciled. On the one hand, higher efforts are justified in sectors that will take longer to decarbonize, such as urban planning; on the other hand, the MIRCC should be equal to the carbon price at each point in time and in all sectors. Equalizing the MIRCC in each sector to the social cost of carbon is a necessary condition to reach the optimal pathway...

How Capital-Based Instruments Facilitate the Transition Toward a Low-Carbon Economy : A Tradeoff between Optimality and Acceptability

Rozenberg, Julie; Vogt-Schilb, Adrien; Hallegatte, Stephane
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
46.37%
This paper compares the temporal profile of efforts to curb greenhouse gas emissions induced by two mitigation strategies: a regulation of all emissions with a carbon price and a regulation of emissions embedded in new capital only, using capital-based instruments such as investment regulation, differentiation of capital costs, or a carbon tax with temporary subsidies on brown capital. A Ramsey model is built with two types of capital: brown capital that produces a negative externality and green capital that does not. Abatement is obtained through structural change (green capital accumulation) and possibly through under-utilization of brown capital. Capital-based instruments and the carbon price lead to the same long-term balanced growth path, but they differ during the transition phase. The carbon price maximizes social welfare but may cause temporary under-utilization of brown capital, hurting the owners of brown capital and the workers who depend on it. Capital-based instruments cause larger intertemporal welfare loss...

Financial Constraints, Working Capital and the Dynamic Behavior of the Firm

Chan, Rosanna
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
Financial constraints are widespread in developing countries, where even short-term credit is limited. Finance held by firms as working capital is a substantial proportion of sales revenue, yet the role of working capital is largely neglected by existing models of financial constraints. This paper presents a dynamic model of the firm that incorporates working capital by introducing a delay between factor payments and the receipt of revenue. In contrast with previous models, the working capital model predicts that firms under binding constraints will substitute between labor and capital in response to demand shocks, causing investment to be countercyclical. For firms near the margin of being constrained, constraints bind when positive production opportunities arise. Output growth is therefore constrained in response to positive shocks but not to negative shocks. Simulations suggest that models without working capital may understate the predicted effects of financial constraints on production efficiency, firm profit and growth over time. The predictions are tested with the Bangladesh Panel Survey data for manufacturing firms. Consistent with the theory...

The Cost Structure of the Clean Development Mechanism

Rahman, Shaikh M.; Larson, Donald F.; Dinar, Ariel
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
46.32%
This paper examines the cost of producing emission reduction credits under the Clean Development Mechanism. Using project-specific data, cost functions are estimated using alternative functional forms. The results show that, in general, the distribution of projects in the pipeline does not correspond exclusively to the cost of generating anticipated credits. Rather, investment choices appear to be influenced by location and project type considerations in a way that is consistent with variable transaction costs and investor preferences among hosts and classes of projects. This implies that comparative advantage based on the marginal cost of abatement is only one of several factors driving Clean Development Mechanism investments. This is significant since much of the conceptual and applied numerical literature concerning greenhouse gas mitigation policies relies on presumptions about relative abatement costs. The authors also find that Clean Development Mechanism projects generally exhibit constant or increasing returns to scale. In contrast...

Estimating the Economic Opportunity Cost of Capital for Public Investment Projects : An Empirical Analysis of the Mexican Case

Coppola, Andrea; Fernholz, Fernando; Glenday, Graham
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Policy Research Working Paper; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
46.44%
This paper offers an assessment of the methodologies employed to estimate the economic opportunity cost of capital for public sector projects, relying on the Mexican case for an applied empirical exercise. The traditional weighted cost of capital (top-down) approach used in the estimation of Mexico's economic opportunity cost of capital is reviewed and compared to the supply price (bottom-up) approach. With respect to previous studies using the top-down approach, this paper explores the contribution of domestic savings and expands the analysis to include a more detailed examination of the available macroeconomic, labor, financial, and tax information. The re-estimated top-down economic opportunity cost of capital for Mexico comes to 10.4 percent. To confirm these results and provide additional insights regarding the alternative bottom-up approach, the economic opportunity cost of capital is estimated using the supply price plus externalities method. For the case of Mexico, this paper recommends using a combination of estimation models (both the top-down and bottom-up approaches) to check the consistency of results and re-estimating the economic opportunity cost of capital every five years to accommodate for macroeconomic and fiscal changes. More broadly...

Metodologias em uso no Brasil para a determinação do custo de capital próprio para avaliação de ativos por fluxo de caixa descontado; Brazilian market's methods for equity cost of capital estimation in DCF asset valuation

Garran, Felipe Turbuk
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
Este trabalho descreve as práticas usuais dos avaliadores de ativos do mercado brasileiro ao estimar o valor do custo de capital próprio na composição da taxa de desconto dos fluxos de caixa a ser empregada no método do Fluxo de Caixa Descontado. O estudo consiste de duas etapas principais. Na primeira foi feito um delineamento descritivo, explicitando-se quais são os métodos utilizados na estimação do custo de capital próprio, e como são obtidos os parâmetros que alimentam esses métodos. Na segunda fase do trabalho, foram realizados testes de hipótese de relações entre variáveis pertinentes no processo de estimação da taxa de desconto do capital próprio, buscando entender as relações de causa e efeito dos fenômenos presentes no processo. Para que os objetivos desejados fossem alcançados nas fases citadas, foi realizado um levantamento de dados primários, no qual se obteve uma amostra de 93 avaliações realizadas entre 2002 e 2006, tendo sido a sua maioria, aproximadamente 70%, realizadas em 2006. Em seguida foi feito um tratamento estatístico dos dados levantados, utilizando-se o aplicativo SPSS versão 13.0, com o propósito de agrupar e quantificar os resultados obtidos e de estabelecer relações pertinentes entre as variáveis envolvidas no processo de estimação do custo do capital próprio. Ao final...

Fatores determinantes da manutenção de buffers de capital regulatório nas instituições bancárias brasileiras

Belém, Vinícius Cintra
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.4%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2012.; Esta pesquisa tem como objetivo identificar os fatores determinantes da manutenção de buffers de capital regulatório pelas instituições financeiras brasileiras. A pesquisa utilizou uma amostra de 121 bancos, durante o período de 2001 a 2011, sendo as informações obtidas do relatório do Banco Central do Brasil “50 Maiores Bancos e o Consolidado do Sistema Financeiro Nacional”. A pesquisa utilizou o modelo estatístico Generalised Method of Moments (GMM) devido à presença de uma variável dependente defasada na regressão, causando correlação entre essa variável e o termo de erro. O buffer de capital regulatório é definido na literatura como a quantidade de capital regulatório mantido pelos bancos acima do mínimo regulatório exigido. Os motivos pelos quais os bancos mantêm esse buffer estão relacionados à existência de um custo de ajustamento, devido os bancos não conseguirem obter capital imediatamente...

Estimating the capital cost of underground car parking projects

Bastos, Mónica; Ribeiro, F. Loforte; Teixeira, José M. Cardoso
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.29%
Underground parking projects are expansive. The capital cost of underground parking project has been, and still is, one of the promoter's main economic concerns. Therefore, the capital cost estimation is an essential taskin the early stages pf underground parking projcts. In this context, the promoters mainly use cost estimation models, most of them produced by methodologies with lack of precision and with low performances. Over the last yeras Portugal has embarked ona a large programme of underground parking projects in the major cirties. The present research work is based on data and knowledge colleted from that programme. This paper presents an analysis of the underground parking projects built and underway in Portuigal. It discusses the main variables influencing the capital cost of underground oparking projects. Finally, it presents a mathematical model for estimating capital cost of this type project during the planning phase.

Prospective payment for Medicare hospital capital: Implications of the research

Cotterill, Philip G.
Fonte: CENTERS for MEDICARE & MEDICAID SERVICES Publicador: CENTERS for MEDICARE & MEDICAID SERVICES
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/1992 Português
Relevância na Pesquisa
46.27%
The special characteristics of capital have an important effect on the cross-section variation in hospitals' capital costs. Variables reflecting capital age and financing differences perform as expected and add substantial explanatory power to capital cost models. However, even with the inclusion of these variables, the capital-cost models perform poorly compared with total-cost models. The empirical findings of this article support using the total-cost models to develop a common set of adjustment factors for capital and operating payment amounts in the Medicare prospective payment system.

Governança corporativa, custo de capital e retorno do investimento no Brasil; Corporate governance, capital cost and return on investment in Brazil

Rogers, Pablo; Securato, José Roberto; Ribeiro, Kárem Cristina de Sousa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.34%
Uma das hipóteses levantadas sobre os benefícios das boas práticas de governança corporativa é que, ao adotá-las, as empresas têm seu custo de capital reduzido e, conseqüentemente, o retorno sobre o investimento incrementado. Este trabalho tem por objetivo verificar se empresas que adotam melhores práticas de governança corporativa possuem menor custo de capital e maior retorno do investimento. Empregou-se a metodologia de Fama e French (1999) em dois mercados distintos, considerando-se as práticas de governança corporativa adotadas, identificadas pela participação das empresas no Novo Mercado e nos Níveis I e II de governança da Bovespa. Analisando-se dados trimestrais no período de dezembro de 2002 a dezembro de 2005, pode-se concluir que o custo de capital e o retorno do investimento são menores para empresas com práticas de governança corporativa superiores. Proporcionalmente, o custo de capital das empresas com práticas de governança corporativa superiores é 34,22% menor, e o retorno do investimento das empresas com práticas de governança corporativa inferiores é apenas 23% maior que o retorno do investimento das empresas com práticas de governança corporativa superiores.; One of the hypotheses regarding benefits of good corporate governance states that it reduces the cost of capital thereby enhancing the return on investment. A comparison was made of companies to examine the correlation of better corporate governance with a lower cost of capital and improved return on investment. The methodology of Fama and French (1999) was used for companies negotiated in the New Market and as well as in governance Levels I and II of Bovespa to assign a ranking according to their practices. Examining three month periods between December 2002 and December of 2005...

Cost of capital in Brazil: a methodological approach; Una propuesta metodológica para el cálculo del costo de capital en Brasil; Uma proposta metodológica para o cálculo do custo de capital no Brasil

Assaf Neto, Alexandre; Lima, Fabiano Guasti; Araújo, Adriana Maria Procópio de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
46.33%
O Capital Asset Princig Model (CAPM) oferece conceitos válidos e aceitos na definição do risco dos ativos. Essa metodologia de cálculo é medida pela relação entre a covariância dos retornos de mercado e da companhia e a variância dos retornos da empresa. Por tratar-se de uma metodologia aplicada em mercados estáveis, as conclusões favoráveis ao CAPM precisam, no entanto, ser reavaliadas em mercados emergentes, como o brasileiro. São discutidos os principais indicadores financeiros do mercado brasileiro e justificada, por meio de fundamentos estatísticos, a inconsistência dos resultados. No estudo, mostrou-se a necessidade de apurar o custo de oportunidade dos investidores brasileiros utilizando o benchmark de uma economia mais estável. O objetivo neste trabalho é sugerir um modelo que utiliza padrões de benchmark, sendo descritos os diversos ajustes necessários ao cálculo do custo de oportunidade dos acionistas das companhias brasileiras. De forma original, o modelo sugerido do custo de capital incorpora, além do risco-país, a volatilidade do mercado acionário brasileiro, demonstrando, portanto, a compatibilidade no desenvolvimento de uma metodologia de cálculo do custo do capital no Brasil.; The Capital Asset Pricing Model (CAPM) offers valid and accepted concepts in the definition of the assets risks. This is measured by the relation between the market return covariance and the company return variance. The methodology applied for the CAPM model is based on stable markets...