Página 1 dos resultados de 60290 itens digitais encontrados em 0.033 segundos

Periocular basal cell carcinoma: cost of topical immunotherapy versus estimated cost of surgical treatment; Carcinoma basocelular periocular: custo da imunoterapia tópica versus custo estimado do tratamento cirúrgico

Macedo, Erick Marcet Santiago de; Carneiro, Rachel Camargo; Carricondo, Pedro Carlos; Matayoshi, Suzana
Fonte: SOC BRASILEIRA OFTALMOLOGIA; RIO DE JANEIRO Publicador: SOC BRASILEIRA OFTALMOLOGIA; RIO DE JANEIRO
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
Purpose: The objective of this study was to compare the estimated cost of clinical and surgical treatment for basl cell carcinoma of the eyelid. Methods: This was a pilot study of 12 patients with basal cell carcinoma receiving treatment with 5% imiquimod cream at the ocular plastic surgery center, medical school University of Sao Paulo (HC-FMUSP, Brazil). The cost of clinical treatment was estimated based on the time of treatment and amount of medication consumed by patients in the home setting. The cost of surgical treatment was estimated by ophthalmologists with experience in reconstructive plastic surgery based on analysis of images of the same patients. Surgeons responded to a questionnaire with four questions about surgical technique, surgical materials required, estimated duration of surgery and type of anesthesia. Results: Immunotherapy lasted from 8 to 12 weeks. All patients reported each cold-stored sachet with 5% imiquimod cream lasted 3 days. According to the institution, a box with 12 sachets costs BRL 480.00. Patients required 1.58-3.11 boxes for complete treatment, corresponding to a total cost of BRL 758.40-1,492.80. Based on image analysis, surgeons evaluated surgery would require 1-3 hours. The estimated cost of surgery room and staff was BRL 263.00...

Carcinoma verrucoso de boca: análise das características clínica e microscópica, da expressão imuno-histoquímica e da hipermetilação do gene da E-caderina; Oral verrucous carcinoma: clinicopathologic study, immunohistochemical expression and hypermethylation of E-cadherin gene analyses

Moraes, Renato Vieira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
O carcinoma verrucoso (CV), é considerado uma variante do carcinoma espinocelular (CEC) bem diferenciado, que se caracteriza por sua baixa agressividade e bom prognóstico e acomete principalmente a laringe e a boca. Um total de 1613 carcinomas espinocelulares primários de boca, cirurgicamente excisados entre 1980 e 2000, foram revisados dos arquivos dos Departamentos de Patologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital do Câncer A.C. Camargo. Dez CVs foram identificados e analisados quanto ao gênero, idade, raça, tabagismo, etilismo, localização do tumor primário, classificação pelo sistema TNM, tratamento, ocorrência de recidiva tumoral, metástases em linfonodos regionais, a distância e de segundo tumor primário. Analisaram-se também a expressão imuno-histoquímica e a hipermetilação da região promotora do gene da E-caderina, e os valores obtidos foram comparados com carcinomas espinocelulares bem diferenciados de boca sem (CEC-pN0) e com (CEC-pN+) comprometimento linfonodal. As probabilidades de sobrevidas, acumuladas nos períodos de cinco e dez anos para os grupos tumorais, foram calculadas pelo método de Kaplan-Meier. Os resultados demonstraram uma predileção dos CVs por pacientes do gênero masculino...

Ploidia de DNA, grau nuclear e alterações arquiteturais no carcinoma in situ e no carcinoma ductal invasivo da mama feminina: uma contribuição para o estudo do modelo de progressão de doença; DNA ploidy, nuclear grade and architectural changes in ductal carcinoma in situ and in invasive female breast cancer: a contributory study for the model of disease progression

Moraes, Francisco Ribeiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
Carcinogênese é um fenômeno de múltiplas fases. A literatura recente aceita, baseada em evidências epidemiológicas, que a progressão neoplásica em direção ao carcinoma invasor da mama inicia-se em estados hiperplásicos do epitélio ductal, passando pelo carcinoma in situ. Questões abertas na literatura no que concerne à relação existente entre o carcinoma intraductal e o carcinoma ductal invasivo referem-se aos fatores envolvidos nos processos que levam à invasão tumoral. Quatro modelos de progressão de doença foram propostos baseados na morfologia dessas lesões. Três deles descreveriam diferentes vias de progressão direta do carcinoma intraductal para o carcinoma invasor. O quarto modelo propõe que a evolução do carcinoma intraductal e do carcinoma invasor se faz independentemente, "em paralelo", a partir de uma terceira lesão precursora comum que, na verdade, gera um tumor de colisão in situ e invasor. O presente trabalho estudou retrospectivamente o tecido tumoral da mama de 46 pacientes do sexo feminino que continham carcinoma intraductal associado ao componente invasor na mesma lesão. Foram determinados o conteúdo de DNA nuclear por citometria estática e o grau nuclear de ambas as lesões, assim como o padrão arquitetural do componente intraductal e o índice de formação de túbulos do componente invasor. Os resultados mostraram relação estatisticamente significante (kappa=0...

Estudo da imunoexpressão das proteínas C-JUN e JUNB em carcinoma adenóide cístico e adenocarcinoma polimorfo de baixo grau de malignidade de glândulas salivares; c-Jun and junB immunoprofile in adenoid cystic carcinoma and polymorphous low-grade adenocarcinoma of salivary glands

Rejas, Roberto Anaximandro Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
O carcinoma adenóide cístico e o adenocarcinoma polimorfo de baixo grau de malignidade são neoplasmas de glândulas salivares. O carcinoma adenóide cístico pode apresentar-se em glândulas salivares maiores e menores, porém o adenocarcinoma polimorfo de baixo grau de malignidade acomete principalmente as glândulas salivares menores distribuidas na cavidade oral. Ambos os tumores compartilham muitas características comuns, como a alta propensão de invasão perineural e o padrão de infiltracão: sólido, tubular e cribriforme. Mas o carcinoma adenoide cístico e o adenocarcinoma polimorfo de baixo grau são tipos distintos de adenocarcinomas com prognóstico diferente, que ocasionalmente podem resultar em um diágnóstico errado. As proteínas c-jun e junB são membros da familia JUN, capazes de homodimerizar ou heterodimerizar com c-fos ou com outras proteinas bzip. Evidências das funcões específicas das subunidades do AP-1 foram mostradas por cjun e junB, que atúam antagónicamente no controle da transformação celular, diferenciação e expressão do AP-1 dependente do gene alvo. Mas a função de ambos é complexa e pode depender do tipo celular. O objetivo deste estudo foi determinar a expressão imunoistoquímica das proteínas c-jun e junB em 13 casos de carcinoma adenoide cístico e 12 de adenocarcinoma polimorfo de baixo grau de malignidade de glándulas salivares. Espécimes de mucosa normal foram incluídos e evidenciaram forte marcação nuclear e citoplasmática para junB e c-jun respectivamente. No presente estudo...

Avaliação da progressão tumoral do câncer de laringe associada à infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV); Evaluation of tumor progression in laryngeal carcinoma associated with human Papilomavirus (HPV) infection.

Camargo, Fabiana Alves Miranda de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Para que ocorra a transição do epitélio normal de laringe para carcinoma escamoso é necessário um processo de múltiplas etapas tal como exposição prolongada ao fumo e álcool e uma possível associação à infecção pelo HPV. Vários tipos de marcadores moleculares vêm sendo estudados na carcinogênese da laringe, entre eles proteínas associadas a apoptose (bcl-2 e PARP-1) assim como proteínas envolvidas em múltiplos processos biológicos como a Galectina-3. Neste estudo foram realizadas análise imunoistoquímica quantitativa e qualitativa para bcl-2, PARP-1 e galectina-3 em 65 pacientes diagnosticados com câncer de laringe subdivididos em: carcinoma de laringe in situ (CLIS), carcinoma de laringe com metástase (CLM), sem metástase (CLS) e linfonodos cervicais (LC). A detecção e tipificação do HPV foram realizadas pela reação em cadeia da polimerase (PCR) e os tipos de HPV avaliados foram HPV 6, 11, 16, 18, 31 e 33. Na avaliação quantitativa de galectina-3 observou-se um significativo aumento de expressão no carcinoma invasivo de laringe (CLS e CLM) quando comparado com carcinoma in situ (CLIS), podendo concluir que essa proteína seria um bom marcador pra progressão de câncer de laringe. Para as proteínas PARP-1 e bcl-2 não houve diferença nos níveis de expressão nos grupos analisados. Na análise qualitativa PARP-1 apresentou uma homogeneidade de marcação tanto alta como baixa entre os grupos. Em relação à Galectina-3 observou-se um predomínio de casos com alta expressão...

Expressão das proteinas c-jun, junb, JNK e pc-jun no carcinoma adenóide cístico e carcinoma epidermóide da cavidade bucal; c-jun, junB, JNK and pc-jun protein expression in adenoid cystic carcinoma and squamous cell carcinoma of the oral cavity

Rejas, Roberto Anaximandro Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
O carcinoma adenóide cístico e o carcinoma epidermóide são neoplasmas de origem epitelial que afetam a cavidade oral. O carcinoma adenóide cístico pode apresentar-se em glândulas salivares maiores e menores, possue alta propensão de invasão perineural e o padrão de infiltracão: sólido, tubular e cribriforme. O carcinoma epidermóide foi descrito como um processo multifatorial envolvendo agentes físicos, químicos e virais, capazes de afetar o metabolismo celular e induzir a proliferação neoplásica. As proteínas c-jun e junB são membros da familia JUN, capazes de homodimerizar ou heterodimerizar com c-fos ou com outras proteinas bzip. Evidências das funções específicas das subunidades do AP-1 foram mostradas por c-jun e junB, que podem atuar antagonicamente ou não no controle da transformação celular, diferenciação e expressão do AP-1 dependente do gene alvo. Mas a função de ambos é complexa e pode depender do tipo celular. A cJun N Terminal quinase (JNK) é um importante regulador positivo e/ou negativo do AP1. O objetivo deste estudo foi avaliar a expressão das proteínas c-jun, pcjun, junB e JNK em carcinoma adenóide cístico de glândula salivar e no carcinoma epidermóide da cavidade oral, através das técnicas de imunohistoquímica...

Escore clínico-patológico para predizer o risco de metástases e recorrência local em pacientes com carcinoma cortical adrenal e papel do algoritmo da reticulina na distinção entre adenomas e carcinomas corticais adrenais; Clinicopathological score for predicting the risk of metastases and local recurrence in patients with adrenal cortical carcinoma and role of the reticulin algorithm in distinguishing between adrenal cortical adenomas and carcinomas

Freire, Daniel Soares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
INTRODUÇÃO: o padrão-ouro para o diagnóstico histológico dos tumores corticais adrenais (TCAs) e sua diferenciação entre adenomas e carcinomas é o sistema de Weiss, cuja aplicação é limitada pela baixa reprodutibilidade de alguns dos critérios que o compõe. Recentemente foi proposto e validado um algoritmo diagnóstico para os TCAs baseado na integridade do arcabouço de reticulina e da membrana basal. Os carcinomas adrenais são tumores raros e apresentam prognóstico reservado, mesmo nos pacientes com doença aparentemente localizada. Além do estadiamento e da extensão da ressecção cirúrgica, outros dados foram reportados na literatura como tendo importância prognóstica, tais como idade ao diagnóstico, padrão funcional, tamanho tumoral, extensão local do tumor primário e alguns achados histológicos e imuno-histoquímicos, com destaque à taxa mitótica e ao índice de Ki-67. O sistema de Weiss, embora permita o diagnóstico diferencial entre adenomas e carcinomas, não foi testado completamente como uma ferramenta para distinguir os carcinomas com boa evolução clínica daqueles com desfecho desfavorável. OBJETIVOS: o presente estudo teve como objetivo primário construir um nomograma para estimar o risco de metástases e recorrência local em portadores de carcinoma adrenal...

Leucoplasia verrucosa proliferativa e carcinoma verrucoso: semelhanças e diferenças histopatológicas e de proliferação celular por Ki67; Proliferative verrucous leukoplakia and verrucous carcinoma: histopathological similarities and differences and cell proliferation by Ki67

Gimenez, Lara Cristina Oliver
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
Carcinoma verrucoso e leucoplasia verrucosa proliferativa, estão entre as lesões que apresentam difícil diagnóstico diferencial devido às semelhanças histopatológicas que ocorrem em determinada fase de evolução. Existe, para tanto, a necessidade de somar dados clínico-epidemiológicos ao histopatológico a fim de se estabelecer o diagnóstico final. A leucoplasia verrucosa proliferativa caracteriza-se por seu acometimento multifocal, grande potencial de recidiva e perfil progressivo que resulta em alto risco de transformação maligna. Por outro lado, o carcinoma verrucoso, variante de baixo grau do carcinoma epidermoide, é unifocal e dificilmente recidiva. A importância de novos estudos acerca das suas duas lesões mencionadas vem a agregar conhecimento de modo a facilitar um correto diagnóstico e, consequentemente, um apurado prognóstico. A leucoplasia verrucosa proliferativa, por se tratar de lesão com alto potencial de transformação maligna, pode evoluir para carcinoma epidermoide invasivo, menos diferenciado e mais agressivo com consequente prognostico obscuro, ao passo que, o carcinoma verrucoso não incorre em metástases e apresenta um prognóstico mais favorável. Isso posto, com o objetivo de aumentar a precisão diagnóstica...

Expressão imuno-histoquímica das proteínas Jab1, p27, c-jun e c-fos no adenoma pleomórfico, adenocarcinoma polimorfo de baixo grau e carcinoma adenoide cístico das glândulas salivares; Immunohistochemistry expression of Jab1, p27, c-jun and c-fos proteins in pleomorphic adenoma, low grade polymorphous adenocarcinoma and adenoid cystic carcinoma of the salivary glands

Lascane, Nelise Alexandre da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
Os tumores de glândula salivar compreendem em torno de 2 a 6,5% dos tumores de cabeça e pescoço. Entre os tumores de glândula salivar, o adenoma pleomórfico é benigno e o mais comum. O carcinoma adenoide cístico e adenocarcinoma polimorfo de baixo grau encontram-se entre os mais frequentes malignos. Jab1 é uma de muitas proteínas que afetam diversos estágios da tumorigênese sendo importante na regulação variadas vias de sinalização e/ou proteínas como p27 e AP-1, a última composta por c-jun e c-fos, que são principalmente relacionadas com o ciclo celular e proliferação celular. O objetivo desse trabalho foi avaliar a expressão imuno-histoquímica das proteínas Jab1, p27, c-jun e c-fos no adenoma pleomórfico, adenocarcinoma polimorfo de baixo grau e carcinoma adenoide cístico das glândulas salivares. Foi realizada análise imuno-histoquímica semi-quantitativa das células marcadas nos tumores de glândula salivar e glândula salivar normal de acordo com o escore 0 (células sem expressão), 1(> 0 <= 5% de células marcadas), 2 (> 5 <= 50%) and 3 (> 50%). Para Jab1, c-jun e c-fos foi considerado apenas marcação nuclear e para p27, nuclear e citoplasmática, separadamente. Os resultados foram analisados utilizando-se os testes de Kruskal-Wallis...

Invasão de nervos pelo carcinoma da próstata em biópsias transretais

Litvin, Isnard Elman
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Introdução e Objetivo: A invasão de nervos pelo carcinoma da próstata, em biópsias por agulha, pode ser um preditor independente de extensão extra-prostática e pode influenciar no manejo cirúrgico. Nervos são, algumas vezes, difíceis de serem visualizados em biópsias por agulha da próstata coradas pela técnica da hematoxilina e eosina. É possível que, utilizando-se a técnica da imuno-histoquímica com o anticorpo para a proteína S-100, os nervos e a invasão de nervos sejam mais facilmente detectados, reduzindo-se a quantidade de falso-negativos. Material e Método: Foram examinados 101 exames de biópsias por agulha, correspondendo a setenta pacientes, com carcinoma da próstata, através de lâminas coradas pela técnica da hematoxilina e eosina, selecionados a partir de 500 exames consecutivos. Obtiveram-se novos cortes dos mesmos blocos de parafina que foram corados pela técnica imuno-histoquímica, utilizando o anticorpo policlonal para a proteína S-100. O número total de nervos, o número de nervos invadidos pelo carcinoma da próstata, o número de nervos por área de tecido, o número de nervos invadidos por área de carcinoma e o diâmetro dos nervos invadidos pelo carcinoma foram determinados por dois investigadores...

Carcinoma inflamatório mamário canino.; Inflammatory mammary carcinoma in dog

Gomes, Cristiano; Voll, Juliana; Ferreira, Kelly; Ferreira, Rafael Rodrigues; Oliveira, Luciana Oliveira de; Contesini, Emerson Antônio; Oliveira, Rosemari Teresinha de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
O carcinoma inflamatório mamário é um carcinoma anaplásico com características clínicas e histopatológicas como crescimento rápido, envolvimento difuso, eritema, calor e dor nas mamas, edema nos membros posteriores, extensa infiltração de células inflamatórias, células epiteliais malignas nos linfonodos regionais apresentando um péssimo prognóstico. O cão é a única espécie animal em que esta neoplasia ocorre espontaneamente, entretanto apresenta uma incidência bastante rara tanto em humanos quanto em caninos. Este trabalho descreve dois casos de carcinoma inflamatório mamário em duas cadelas da raça Dobermann apresentando aumento de volume mamário com espessamento da pele na região das mamas, com secreção liquido-sanguinolenta local, aumento da temperatura e dor no local e edema de membros posteriores. Em ambos os casos, o resultado do exame citológico revelou carcinoma anaplásico e os animais apresentaram uma rápida evolução da doença em menos de 30 dias, optando-se pela eutanásia nos dois casos. Os achados de necrópsia indicaram metástases pulmonares em ambos os cães e com o exame histológico confirmaram o diagnóstico de carcinoma anaplásico. Este trabalho elucida bem os sinais clínicos característicos dos cães com carcinoma inflamatório...

Hepatocellular carcinoma in patients undergoing orthotopic liver transplantation : radiological findings with anatomopathological correlation in Brazil; Carcinoma hepatocelular em pacientes submetidos a transplante hepático : achados radiológicos com correlação anatomopatológica no Brasil

Maciel, Antonio Carlos; Moreira, Roger Klein; Cerski, Carlos Thadeu Schmidt; Resende, Vinícius Labrea; Zanotelli, Maria Lucia; Matiotti, Simone B.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
Racional - O carcinoma hepatocelular é um dos tumores malignos mais comuns em todo o mundo. Exames de imagens, especialmente tomografia computadorizada e ultra-sonografia, estão entre as principais técnicas diagnósticas, embora a acurácia destes métodos possa apresentar significativa variabilidade. Objetivos - Determinar a prevalência de carcinoma hepatocelular em pacientes cirróticos submetidos a transplante hepático na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, RS; estimar a sensibilidade da tomografia computadorizada e da ultra-sonografia na detecção pré-transplante de carcinoma hepatocelular nesse grupo de pacientes; correlacionar características radiológicas com achados anatomopatológicos. Materiais e métodos - Estudo de prevalência retrospectivo. População: pacientes adultos, cirróticos, submetidos a transplante hepático de janeiro de 1990 a julho de 2003. Entre os 292 pacientes transplantados, foi diagnosticado 31 casos de carcinoma hepatocelular, dos quais 29 foram incluídos no estudo. As características tomográficas e ecográficas dos tumores diagnosticados pré-transplante foram comparadas com as observadas em exame anatomopatológico. Resultados - A prevalência da infecção pelo vírus da hepatite C nos pacientes com diagnóstico de carcinoma hepatocelular foi de 93...

Frequência de ocorrência de carcinoma basocelular palpebral na região Centro-Oeste paulista e características dos portadores

Narikawa, Silvia; Padovani, Carlos Roberto; Schellini, Silvana Artioli
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 245-247
Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); OBJETIVO: Observar a frequência de ocorrência do carcinoma basocelular palpebral na região Centro-Oeste paulista e descrever o perfil demográfico dos portadores. MÉTODOS: Estudo transversal, de amostragem aleatória, realizado em doze cidades da região Centro-Oeste do Estado de São Paulo. Foram examinados 11.167 indivíduos. Os pacientes foram avaliados em uma Unidade Móvel, com atendimento oftalmológico completo. O diagnóstico de carcinoma basocelular palpebral foi feito através do exame clínico e biomicroscópico da lesão. Os pacientes diagnosticados foram encaminhados ao Ambulatório de Plástica Ocular da Faculdade de Medicina de Botucatu para tratamento. Os dados foram submetidos à análise de frequência de ocorrência. RESULTADOS: Cinco casos de carcinoma basocelular palpebral foram identificados na amostra, correspondendo a uma frequência de ocorrência de 0,045%. Quatro pacientes eram do sexo feminino, a maioria com idade maior ou igual a 70 anos e todos os casos tinham a cor da pele branca. Apenas três indivíduos encaminhados compareceram ao serviço para exérese da lesão e confirmação diagnóstica. CONCLUSÃO: O carcinoma basocelular palpebral acomete 0...

Identification of genetic alterations in adenoid cystic carcinomas with high-grade transformation; Identificação das alterações genéticas do carcinoma adenoide cístico com transformação para alto grau

Ana Flávia de Mattos Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
O carcinoma adenóide cístico pode raramente sofrer desdiferenciação, um fenômeno também referido como transformação para alto grau. Contudo, alguns casos de carcinoma adenóide cístico foram descritos mostrando transformação para adenocarcinomas que não são pobremente diferenciados, indicando que a transformação para alto grau pode não refletir necessariamente um estágio mais avançado da progressão tumoral, mas sim uma transformação em uma outra forma histológica, que pode abranger um amplo espectro de carcinomas em termos de agressividade. Inicialmente, investigamos a expressão das proteínas reguladas pela hipóxia (HIF-1α, VEGF, GLUT-1 e CD105), dado que a hipóxia contribui para a agressividade tumoral e, pode, também, promover um fenótipo desdiferenciado em certos tipos de câncer. Em seguida, analisamos um importante ponto de interesse em relação ao carcinoma adenóide cístico com transformação para alto grau, o seu pior prognóstico, que é sugerido ser comparável ou até pior do que o subtipo sólido. Para isso, comparamos as alterações genéticas do carcinoma adenóide cístico com transformação para alto grau com o subtipo sólido e, com os aspectos clínicos e patológicos de ambos os tumores. Além disso...

An?lise da express?o de miRNAs em carcinoma hepatocelular

SANTOS, Ian Barroso dos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
O carcinoma hepatocelular corresponde ? neoplasia maligna prim?ria mais comum do f?gado e ao quinto tumor s?lido mais frequente no mundo. Altamente letal, permanece como um grave problema de sa?de p?blica em virtude das dificuldades no diagn?stico precoce e na elabora??o de medidas terap?uticas efetivas. Estudos recentes no ramo da biologia molecular sugerem que o perfil de miRNAs no carcinoma hepatocelular pode influir consideravelmente na identifica??o de fatores de riscos associados a oncogenes ou genes supressores. Objetivou-se avaliar a express?o de miRNA 135b, miRNA 181a-5p e miRNA 181a-3p em amostras de Carcinoma Hepatocelular e de Hepatite C Cr?nica e correlacion?-las de maneira a buscar prov?veis biomarcadores relacionados ao mecanismo de carcinogenese. A investiga??o foi feita em seis pacientes com carcinoma hepatocelular e vinte e quatro casos de Hepatite C Cr?nica, procedentes do Par?, Norte do Brasil. Todas as amostras de Carcinoma Hepatocelular foram submetidas ? microdissec??o, para posterior extra??o do RNA. Para a extra??o do RNA total e do microRNA foi utilizado o kit AllPrep DNA/RNA FFPE Kit (Qiagen), quantificados pelo equipamento Qubit? 2.0 Fluorometer (Invitrogen) para concentra??o padr?o final de 5ng/?L. Em seguida cDNA foi obtido...

Carcinoma bronquico : analise de uma serie de casos atendidos no ambulatorio de oncopneumologia das disciplinas de pneumologia e cirurgia toraxica da Faculdade de Ciencias Medicas da Unicamp

Lair Zambon
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1994 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
Foram analisados 261 pacientes com carcinoma brônquico, atendidos entre janeiro de 1988 a dezembro de 1990, no ambulatório de Onco-pneumologia do Hospital de Clínicas da Unicamp. A maioria dos pacientes era do sexo masculino (80%), . tabagista (95% dos homens e 63% das mulheres) e da região de Campinas. (52,5%). A faixa etária entre 60-69 anos foi responsável por 42% dos casos e foram raros os casos abaixo dos 40 anos. O carcinoma epidermóide, com 44,1% dos casos, seguido do adenocarcinoma, foi o mais freqüente. No grupo dos fumantes o carcinoma epidermóide e o carcinoma de pequenas células foram os mais encontrados, principalmente, entre as mulheres. No grupo dos não tabagistas o adenocarcinoma foi o mais com um sendo que neste grupo não houve nenhum caso de carcinoma de pequenas células e de carcinoma epidermóide em homens. A maioria dos pacientes eram sintomáticos (96,2%). Com queixa de curta duração e estádios anatômicos avançados. A tosse foi o sintoma mais relatado em todos os tipos histológicos. O carcinoma brônquico foi mais freqüente no pulmão direito, nos lobos superiores e de localização central. Alteração radiológica foi a principal causa de encaminhamento e o termo "massa", genericamente...

Expressão das proteinas bcl-2, c-erbB-2 e p53 no tecido não-neoplasico, no carcinoma ductal in situ e no carcinoma invasivo da mesma mama

Marcus Vinicius Martins de Menezes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Este estudo teve como objetivo avaliar a associação entre a expressão das proteínas bcl-2, c-erbB-2 e p53 com o tecido mamário não-neoplásico, o carcinoma ductal in situ e o carcinoma invasivo da mesma mama, através da imuno-histoquímica, e verificar se há um padrão de variação identificável da expressão destas proteínas com a gravidade das lesões. Foram incluídas 56 mulheres que apresentaram na mesma mama carcinoma invasivo associado com carcinoma in situ. Foram utilizados anticorpos monoclocais específicos para bcl-2 (MxH, clone 124, DAKO, código M0887-1, diluição 1:40), c-erbB-2 (RxH, DAKO, código A0485-1, diluição 1 :300) e p53 (MxH, D0-7, DAKO, código M7001-1, diluição 1:100). Foi considerado como expressão positiva quando pelo menos 1% das células corou. A prevalência da expressão da proteína bcl-2 foi de 98%, 75% e 64%, respectivamente, no tecido não-neoplásico, carcinoma in situ e carcinoma invasivo e estas diferenças foram estatisticamente significantes. O odds ratio mostrou que a magnitude destas diferenças foi maior entre o tecido não-neoplásico e o carcinoma in situ. Não houve expressão da proteína c-erbB-2 no tecido não-neoplásico e a prevalência da expressão foi de 68% e 61%...

Frecuencia de carcinoma de seno basal like en pacientes con carcinoma ductal infiltrante de fenotipo triple negativo con expresión de factor de crecimiento epidérmico y citoqueratina 5/6 en el Hospital Militar Central; Frequency of basal like breast carcinoma in patients with triple negative invasive ductal carcinoma with expression of epidermal growth factor and cytokeratin 5/6 in Hospital Military Central

Astorquiza Chavez, María Helena; Giraldo Hernández, Carolina; Buchely Ibarra, Natalia; Ibata, Linda
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Medicina; Patología Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Medicina; Patología
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: pdf; pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
Objetivo General: Establecer la frecuencia de Carcinoma de Seno Basal Like en pacientes femeninas con Carcinoma Ductal Infiltrante de fenotipo triple negativo del 2008 al 2012, con la expresión de Factor de Crecimiento Epidérmico y Citoqueratina 5/6 en el Hospital Militar Central. Metodología: Estudio descriptivo de corte transversal. Del total de pacientes diagnosticadas con Carcinoma Ductal infiltrante en el Hospital militar central del 2008 al 2012, se seleccionaron las pacientes que presentaban fenotipo triple negativo (Receptores de Estrógenos, Receptores de y Herb 2 negativos). Posteriormente, estos casos fueron revisados para determinar el bloque representativo de tumor y se realizaron nuevos marcadores de inmunohistoquímica Factor de Crecimiento Epidérmico y Citoqueratina 5/6 en el laboratorio de patología del Hospital Militar Central, con personal entrenado y equipos específicos para dicha actividad. Resultados: De 117 pacientes con diagnóstico de Carcinoma Ductal Infiltrante, 25 casos correspondientes al 21.4% fueron triple negativos, de estos 18 casos cumplieron con todos los criterios de inclusión para el presente trabajo. A estos 18 casos se les realizó un nuevo panel de inmunohistoquímica con Citoqueratina 5/6 y Factor de Crecimiento Epidérmico. Diez de los 18 casos correspondientes al 55.5% de los casos incluidos...

Análisis genético del carcinoma de tiroides en una muestra de pacientes colombianos

Estrada Florez, Ana Patricia
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Ciencias, Programa de Maestría en Ciencias Biologicas Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Ciencias, Programa de Maestría en Ciencias Biologicas
Tipo: Trabajo de grado - Maestría; Text; info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
109 Páginas; Recurso Electrónico; El carcinoma de tiroides (CT) es la neoplasia más común del sistema endocrino y su incidencia en Colombia se ha incrementado en los últimos años. El cáncer es una enfermedad genética, esporádica o hereditaria, que puede desencadenarse por interacción de factores genéticos y ambientales. Diversos estudios epidemiológicos, han mostrado una relación entre el riesgo de padecer CT y el impacto de factores externos como: el estrato socioeconómico, el nivel educativo y el consumo de alcohol y cigarrillo. De otra parte, dado que existe una mayor incidencia en el género femenino, se ha planteado la posibilidad de encontrar diferencias de tipo hormonal, entre casos y controles sanos, evaluando factores como la planificación hormonal, la edad de la menarquia y menopausia, el número de hijos nacidos vivos y la lactancia. Teniendo en cuenta lo anterior, en el presente estudio, se analizaron dichos factores a partir de las entrevistas de 253 pacientes, pareados por género y lugar de procedencia, con controles sanos, mayores de 50 años y sin antecedentes familiares de cáncer en primer y segundo grado de consanguineidad. Se evidenció una mayor ocurrencia de cáncer de tiroides en las mujeres que en los hombres...

Carcinoma ductal in situ. experiencia en el centro clínico de estereotaxia ceclines

Acosta F,Víctor; Contreras S,Alberto; Ravelo P,Ricardo; Marín M,Carmen Elena; Pérez Fuentes,Jorge; Longobardi T,Itala; Ott T,Sara; Aguilar,Yadelis; Acosta M,Víctor; Ramírez C,Ana
Fonte: Casa publicadora Ateproca C.A Publicador: Casa publicadora Ateproca C.A
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
OBJETIVOS: Evaluar el diagnóstico percutáneo preoperatorio y la indicación de la biopsia de ganglio centinela en el carcinoma ductal in situ. MÉTODOS: Se analizaron 50 casos tratados entre marzo de 1997 y noviembre de 2004. Se define como carcinoma ductal in situ puro aquel que no presenta microinvasión y como carcinoma ductal in situ con microinvasión (carcinoma ductal in situ mic) cuando se evidencia infiltración igual o menor a 2 mm o tres focos de microinvasión igual o menor a 1 mm. Todos tenían biopsia preoperatoria: 41 (82 %) por procedimiento percutáneo y 9 (18 %) escisional. El carcinoma ductal in situ se clasificó de acuerdo al patrón histológico como sólido (42 %), cribiforme (22 %), micropapilar (8,51 %) y mixto (28 %). En 22 (44 %) se realizó biopsia de ganglio centinela (GC). Once fueron carcinoma ductal in situ puros y 11 carcinoma ductal in situ mic. RESULTADOS: De las biopsias percutáneas, 70,75 % fueron carcinoma ductal in situ puros y 29,26 % carcinoma ductal in situ mic. El 96 % fueron tratados con cirugía con o sin radioterapia y el 4 % recibió únicamente radioterapia. De los tratados con cirugía, el 69,23 % fueron carcinoma ductal in situ puros y el 30,76 % carcinoma ductal in situ mic. Hubo subdiagnóstico en 12...