Página 1 dos resultados de 630 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Desigualdades sócio-econômicas na saúde: uma análise do Estado de São Paulo e do município de Ribeirão Preto; Socio-economic health inequalities: an analysis of the State of São Paulo and the Municipal District of Ribeirão Preto.

Zoghbi, Ana Carolina Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
O objetivo deste trabalho foi avaliar possíveis desigualdades sócio-econômicas na saúde no Estado de São Paulo e no Município de Ribeirão Preto. Os dados utilizados para São Paulo são provenientes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2003, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e que apresenta características dos indivíduos e do domicílio. A base para Ribeirão Preto consiste em uma coorte desenvolvida pelo departamento de Puericultura e Pediatria de Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP no período de junho de 1978 a maio de 1979. Analisou-se a distribuição das variáveis relativas à saúde (doenças crônicas e auto-avaliação) entre quintis de renda. Adicionalmente, foram calculados Índices de Concentração de Saúde, cuja construção é semelhante a do Índice de Gini. Esse índice considera a proporção acumulada de determinada doença e a proporção acumulada da população, ordenada de forma crescente de acordo com a renda. Foram estimados também os impactos de algumas variáveis explicativas sobre a probabilidade de apresentar determinada doença ou de se auto-avaliar de determinada forma. Para o Estado de São Paulo consideraram-se como variáveis explicativas: escolaridade...

Comparação entre o ensino tradicional e o ensino tradicional com reforço por modulos, com enfase na possivel influencia de valores e caracteristicas socio-economicas no rendimento escolar

Freire, Vanda Lima Bellard
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.05%
O objetivo deste trabalho foi analisar a utilização do ensino por módulos, utilizado como reforço de ensino, em Física e em Matemática, por alunos da lª série (2ºgrau) da Rede de Ensino Estadual do Rio de Janeiro. Pretendeu-se avaliar a utilização dessa metodologia a nível de rendimento dos alunos, e, também, relacioná-la à cosmovisão (tratada em termos de níveis de consciência, segundo Reich - 1970) e à situação sócio-econômica desses alunos (segundo escala de Guidi e Duarte, 1969).O estudo teve caráterexperimental, sendo constituídos grupos experimentais e de controle em quatro colégios estaduais dos municípios de Valença, Friburgo e Rio de Janeiro. Foram aplicados os seguintes instrumentos: a) testes diagnóstico e pós-testes, em Física e em Matemática, aos dois grupos de cada colégio; b) escalas destinadas a classificação dos alunos dos grupos experimentais em níveis de consciência e em classes sociais. Pretendeu-se estabelecer relação entre o rendimento obtido em Física e em Matemática e: a) metodologia utilizada; b) níveis de consciência apresentados pelos alunos; c) classificação sócio-econômica desses alunos. Os resultados obtidos evidenciaram que: 1) o rendimento obtido pelos alunos dos grupos experimentais de cada colégio...

Características sócio-econômicas de pacientes com acidente vascular cerebral

Santana,Benedita Aparecida Souza de; Fukujima,Márcia Maiumi; Oliveira,Roberto de Magalhães Carneiro de
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1996 Português
Relevância na Pesquisa
55.91%
Estudo de aspectos sócio-econômicos de 206 pacientes com AVC, atendidos no ambulatório de Doenças Neurovasculares no período de 1991 a 1992. Os principais achados foram: 23% dos pacientes apresentavam idade inferior a SO anos; o estado civil casado era significantemente mais frequente nos homens; 82% dos pacientes eram analfabetos ou semianalfabetos e 60% vivem com renda familiar de 1 a 2 salários mínimos. O impacto sócio-econômico causado pela instalação de um AVC em um membro da família é sempre grande. O baixo índice de educação e a baixa renda são os principais fatores que contribuem para o mau controle da doença, influenciando diretamente na compreensão a respeito da importância do tratamento e prevenção. Ressaltamos a importância da atuação do Serviço Social para detectar e orientar a solução de problemas na esfera sócio-econômica para obtenção de melhor controle médico.

Indicadores das condições nutricionais na região do Polonoroeste: I. Aspectos metodológicos e características socioeconómicas

Spinelli,M.A. dos Santos; Silva,R.R. da; Albuquerque,M.C.W.; Yokoo,E.M.; Guimarães,L.V.
Fonte: Instituto de Medicina Tropical Publicador: Instituto de Medicina Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1988 Português
Relevância na Pesquisa
76.03%
O trabalho apresenta os princípios metodológicos que nortearam a organização da Pesquisa Inquérito Nutricional no Polonoroeste. Foram incluídas, também as informações sobre as características sócio-econômicas e sanitárias das famílias estudadas em 1985 na zona urbana de Cáceres-MT. Destas 74% eram radicadas em Cáceres e 13,5% provinham de outros estados ou de outros países, sendo que 76,2% residiam em zona urbana. Quanto a categoria social e renda 52% eram urbanos e 51,0% recebia menos de 2 salários mínimos. O inquérito não atingia os 2 setores mais pobres e populosos da cidade onde as condições são piores e onde vive a maioria da população que migrou mais recentemente para Caceres.

Evolução temporal da resistência in vitro do Plasmodium falciparum às drogas antimaláricas em duas áreas da amazônia brasileira com distintas características sócio-econômicas e geográficas

Couto,Álvaro Augusto; Calvosa,Vanja Suely; Santos,Marco Antonio; Souza,José Maria de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1995 Português
Relevância na Pesquisa
65.99%
Avaliou-se a evolução temporal da resistência in vitro do Plasmodium falciparum às drogas cloroquina, amodiaquina, quinino e mefloquina em duas áreas com distintas características sócio-econômicas e geográficas: Lourenço, no Estado do Amapá e Paragominas no Estado do Pará. A primeira caracteriza-se por ser uma área de garimpos a céu aberto e a segunda uma área de colonização, pecuária e extrativismo de madeiras. O estudo revela alta prevalência de resistência à cloroquina nas duas áreas (79,8% em Lourenço e 68,4% em Paragominas), enquanto que para amodiaquina e quinino observamos uma certa flutuação nas respostas para essas drogas, dependendo do período em que foi avaliada, fá para mefloquina, não foram obsewadas cepas resistentes, mas uma perda da sensibilidade ao longo do período estudado.

Um modelo hierárquico de análise das variáveis sócio-econômicas e dos padrões de contatos com águas associados à forma hepatoesplênica da esquistossomose

Costa,Maria Fernanda Lima e; Rocha,Roberto S.; Magalhães,Maria Helena de A.; Katz,Naftale
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1994 Português
Relevância na Pesquisa
55.89%
Um estudo dos fatores associados à forma hepatoesplênica foi desenvolvido em uma área endêmica (Comercinho, Minas Gerais), onde a prevalência da infecção pelo Schistosoma mansoni era 70,4%. Dos 1408 habitantes com > 2 anos de idade, 1162 (82,5%) participaram do estudo. As características sócio-demográficas e os motivos de contatos com águas dos pacientes com forma hepatoesplênica (n = 73) foram comparados aos daqueles sem esplenomegalia que apresentavam (controles positivos; n = 804) ou não (controles negativos; n = 285) ovos de S. mansoni nas fezes. A análise multivariada foi feita, considerando a existência de colinearidade entre a situação sócio-econômica da família, a fonte de água do domicílio e o tomar banho nos córregos. Os resultados mostram que a presença da forma hepatoesplênica em crianças estava fortemente associada à ocupação do chefe de família (trabalhadores manuais) (OR = 11,4; IC 95% = 1,4-91,8), à ausência de água encanada (OR = 7,7; IC 95% = 2,6-23,1) e ao hábito de tomar banho nos córregos (OR e IC 95% = 7,6); 2,5-22,9 e 5,7; 1,3-25,5 para contatos mais (> uma vez/semana) e menos freqüentes, respectivamente esse hábito implicava contatos mais intensos e era conseqüência dos primeiros fatores. Os resultados são sugestivos de que o abastecimento de água no domicílio pode reduzir a morbidade da esquistossomose por diminuir a necessidade de contatos intensos com águas naturais.

Caracterización socio-económica de los leprosos atendidos en la unidad de dermatología sanitaria de Maracaibo, Venezuela: un estudio de casos

Parra,Maria C.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1996 Português
Relevância na Pesquisa
55.89%
El objetivo del trabajo es presentar las características socio-económicas de los leprosos que reciben tratamiento en la Unidad de Dermatología Sanitaria de Maracaibo (UDS), obtenidas a partir de un cuestionario de preguntas cerradas administrado a una muestra de 40 pacientes (aproximadamente 5% de la población). Los resultados indican que se trata de una población mayoritariamente masculina, de edad madura, con relativo grado de instrucción, ocupada y perteneciente a grupos familiares aparentemente constituidos y estables; su ingreso familiar corresponde al de clase baja o clase media baja; además estos pacientes son en su mayoría no incapacitados y la forma clínica de su enfermedad está concentrada en los casos Lepromatosa y Borderline Lepromatosa. Los programas educativos que se planifiquen deben partir de esta caracterización socio-económica que aclara quiénes son los enfermos atendidos en la UDS.

A Pastoral da Criança em Criciúma, Santa Catarina, Brasil: cobertura e características sócio-demográficas das famílias participantes

Neumann,Nelson A.; Victora,César G.; Halpern,Ricardo; Guimarães,Paula R. V.; Cesar,Juraci A.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 Português
Relevância na Pesquisa
55.89%
Com o objetivo de descrever as principais características sócio-econômicas, biológicas e demográficas das crianças e famílias que participam ou participaram da Pastoral da Criança em relação à população urbana do Município de Criciúma-SC , realizou-se um estudo transversal de base populacional, com uma amostra probabilística de 2.208 crianças menores de três anos. Verificou-se que 16,7% das mães estudadas afirmaram ter participado alguma vez da Pastoral; destas, 4,8% ainda o fazem, havendo as restantes abandonado o acompanhamento. Crianças com mais de 12 meses, negras, com dois ou mais irmãos mais velhos, tiveram maior freqüência de participação. Os principais fatores familiares associados à participação foram idade materna acima dos 25 anos, o fato de a mãe não trabalhar fora de casa, renda per capita baixa, menor escolaridade dos pais, tempo de moradia no bairro superior a quatro anos e morte de filho menor de cinco anos. A migração, a falta de tempo e a interrupção das atividades pela Pastoral foram os principais motivos alegados para o abandono. Concluiu-se que a Pastoral deveria priorizar os mais pobres dos pobres e adotar medidas para reduzir a taxa de abandono.

Características de pacientes com síndrome da fibromialgia atendidos em hospital de Salvador-BA, Brasil

Costa,Sérgio Ricardo Matos Rodrigues da; Pedreira Neto,Milton da Silveira; Tavares-Neto,José; Kubiak,Igor; Dourado,Marcela da Silva; Araújo,Aline Correia de; Albuquerque,Lígia Carvalho de; Ribeiro,Paloma Cheab
Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.08%
OBJETIVO: descrever as características demográficas, sócio-econômicas e clínicas de pacientes com síndrome da fibromialgia (SF) atendidos no Hospital Santo Antônio em Salvador, BA, Brasil. MÉTODOS: cento e vinte pacientes com SF foram avaliados prospectivamente por dois reumatologistas, quanto aos dados clínico-epidemiológicos e manifestações clínicas. RESULTADOS: todos os pacientes eram do sexo feminino, com média de idade igual a 29,8 anos. A dor difusa foi encontrada em todas as pacientes e fadiga em 94,2% (n=113). Ansiedade foi referida por 105 pacientes (87,5%) e depressão por 47 (39,2%). O tender-point mais encontrado foi o suboccipital direito, em 40% (n=48) dos pacientes e o menos encontrado foi o glúteo direito, em 26,7% (n=26). A média do número total de tender points foi 13,6 (limites de 11 a 18), sendo a média e a mediana 14. O grupo de pacientes que tiveram número de tender-points superior ou igual à mediana apresentou, significativamente, menor renda familiar (p<0,01), maior presença de tabagismo (p<0,01) e distúrbios do sono (p<0,05), quando comparados com os demais. Conclusões: os pacientes avaliados apresentaram diversas características em comum com pacientes de estudos anteriores, mas diferiram quanto às freqüências total e específica de tender-points. Foi significativa a associação de renda familiar baixa...

Aspectos sócio-econômicos e adequação alimentar em áreas periféricas urbanas do Recife

Lucia Galvão Petry, Ana; de Sá Barreto Sampaio, Yony (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
76.04%
Este estudo tem por objetivo a análise das características sócio-econômicas de famílias com dieta adequada e inadequada, com o propósito de buscar caracteres distintivos que orientem a Política de Alimentação e Nutrição. Pretende, ainda, estudar a evolução dos hábitos de compra e consumo da população recifense de baixa renda e observar o papel do Programa de Abastecimento de Alimentos Básicos em Áreas de Baixa Renda (PROAB) como fornecedor de alimentos à população-meta. É propósito, também, deste trabalho, avaliar as alterações ocorridas no padrão de consumo e adequação alimentar à época do Plano Cruzado . A análise dos dados indica que os fatores de mais estreito vínculo com a adequação nutricional, são o tamanho da família e o nível de instrução formal da mãe. A associação com a renda não é nítida, pois a amostra é constituída em sua totalidade por população pobre. A participação dos postos de auto-serviço nos gastos de famílias de baixa-renda aumentou muito entre 1973 e 1987. A redução da participação de armazéns e mercearias só não foi maior graças à atuação do PROAB e sua cesta subsidiada. Os outros postos comerciais tradicionais como o mercado público e a feira livre tiveram espetaculares reduções no fornecimento de alimentos à população que percebia até dois salários mínimos...

Estudo das condições de saúde das crianças do Município de São Paulo, SP (Brasil), 1984-1985: I - aspectos metodológicos, características sócio-econômicas e ambiente físico

Monteiro,Carlos Augusto; Pino Zuñiga,Hilda Paulina; Benício,Maria Helena D'Aquino; Szarfarc,Sophia Cornbluth
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1986 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
No período 1984/85 realizou-se pesquisa epidemiológica objetivando identificar condições de saúde das crianças de 0 a 59 meses residentes no Município de São Paulo, SP, Brasil. Foi estudada uma amostra probabilística das referidas crianças (n= 1016), em seus domicílios, através de inquéritos que enfocaram características sócio-econômicas, ambiente físico, condições de alimentação, estado nutricional, morbidade e assistência materno-infantil. Foram abordados aspectos metodológicos da pesquisa com destaque para a análise das etapas referentes à amostragem e ao sistema de coleta de dados, concluindo-se pela adequada representatividade dos resultados obtidos no estudo. São descritas as características sócio-econômicas e ambientais da população estudada, as quais evidenciam considerável risco para a saúde infantil: cerca de dois terços das crianças pertencem a famílias com renda insuficiente para adquirir bens e serviços essenciais; mais da metade das crianças vivem em domicílios que não contam com rede de água e esgoto; cerca de 20% das crianças residem em favelas ou cortiços da cidade; e mais de um terço das crianças habitam domicílios de um só cômodo.

Determinantes socio-económicas de la desnutrición global infantil en la Localidad de Ciudad Bolívar (Bogotá, Colombia) en el año 2011

Ducuara Mora, Pedro Enrique
Fonte: Facultad de administración Publicador: Facultad de administración
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.01%
La desnutrición infantil y la pobreza se encuentran asociadas y estas a su vez con el progreso de los países. Conocer las determinantes sociales y económicas de la niñez que padece de bajo peso es necesario para crear escenarios propicios para el adecuado desarrollo de la primera infancia y de esta manera contribuir con la superación de la pobreza en el marco de sistemas sanitarios equitativos. Se realiza una descripción de las características socio-económicas y un análisis de posibles asociaciones entre estas y el bajo peso infantil de una muestra de infantes de uno de los sectores de mayor vulnerabilidad y pobreza de Bogotá (Colombia). La tasa del bajo peso infantil en la muestra del estudio en más alta a la presentada en Bogotá y Colombia (8.5%, 2.9% y 3.4% respectivamente). Al realizar el análisis de las posibles asociaciones entre el bajo peso y las variables de estudio, se evidencia que las relaciones son débiles entre la primera y las segundas, siendo la condición de desplazamiento la que mayor asociación positiva presenta con la deficiencia nutricional seguido del rango de edad entre los 25 y 36 meses. La situación que presenta mayor independencia con respecto al bajo peso infantil es contar con vivienda propia seguida del sexo. La desnutrición infantil se presenta en niveles importantes en sectores de mayor vulnerabilidad con implicaciones para el adecuado desarrollo de los infantes y para las intenciones de reducción de los índices de pobreza en el país. El fortalecimiento de las políticas públicas que favorezca el desarrollo infantil...

Associação entre as características individuais e sócio-econômicas e os acidentes do trabalho em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Lima,Rosângela da Costa; Victora,César Gomes; Dall'Agnol,Marinel; Facchini,Luiz Augusto; Fassa,Anaclaudia
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
O presente estudo, do tipo caso-controle, teve como objetivo estudar a associação entre as características individuais e sócio-econômicas e os acidentes de trabalho. Os casos (n = 264) foram acidentes de trabalho típicos notificados do Instituto Nacional de Seguridade Social de Pelotas em 1996. Os trabalhadores foram entrevistados em suas residências, com um questionário padronizado. Foram excluídos os dois acidentes que levaram a óbito e os que afastaram o acidentado do trabalho por menos de sete dias. Para cada caso, foram selecionados três tipos de controle: um colega de trabalho, um vizinho e um controle populacional. Os critérios de emparelhamento foram idade (mais ou menos cinco anos), sexo e não ter sofrido acidente no último mês. Todos os casos e controles tinham vínculo formal de trabalho e residiam na zona urbana da cidade. Os dados foram analisados por meio de regressão logística condicional. A escolaridade e a renda familiar mensal foram as principais variáveis preditoras dos acidentes do trabalho. Os efeitos da idade, da cor da pele, do hábito de fumar, da dependência de álcool (questionário CAGE) e dos eventos estressantes desapareceram após o ajuste para escolaridade e renda.

Estudo das condições de saúde das crianças do Município de São Paulo, SP (Brasil), 1984-1985: I - aspectos metodológicos, características sócio-econômicas e ambiente físico; A study of children's health in S.Paulo city (Brazil), 1984-1985: I - Methodological aspects, socioeconomic characteristics and physical environment

Monteiro, Carlos Augusto; Pino Zuñiga, Hilda Paulina; Benício, Maria Helena D'Aquino; Szarfarc, Sophia Cornbluth
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1986 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
No período 1984/85 realizou-se pesquisa epidemiológica objetivando identificar condições de saúde das crianças de 0 a 59 meses residentes no Município de São Paulo, SP, Brasil. Foi estudada uma amostra probabilística das referidas crianças (n= 1016), em seus domicílios, através de inquéritos que enfocaram características sócio-econômicas, ambiente físico, condições de alimentação, estado nutricional, morbidade e assistência materno-infantil. Foram abordados aspectos metodológicos da pesquisa com destaque para a análise das etapas referentes à amostragem e ao sistema de coleta de dados, concluindo-se pela adequada representatividade dos resultados obtidos no estudo. São descritas as características sócio-econômicas e ambientais da população estudada, as quais evidenciam considerável risco para a saúde infantil: cerca de dois terços das crianças pertencem a famílias com renda insuficiente para adquirir bens e serviços essenciais; mais da metade das crianças vivem em domicílios que não contam com rede de água e esgoto; cerca de 20% das crianças residem em favelas ou cortiços da cidade; e mais de um terço das crianças habitam domicílios de um só cômodo.; A survey was carried out in S.Paulo city (Brazil)...

Nutritional conditions indicators in Polonoroeste Area: I. Methodological aspects and social-economic characteristics; Indicadores das condições nutricionais na região do Polonoroeste: I. Aspectos metodológicos e características socioeconómicas

Spinelli, M.A. dos Santos; Silva, R.R. da; Albuquerque, M.C.W.; Yokoo, E.M.; Guimarães, L.V.
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1988 Português
Relevância na Pesquisa
76.03%
O trabalho apresenta os princípios metodológicos que nortearam a organização da Pesquisa Inquérito Nutricional no Polonoroeste. Foram incluídas, também as informações sobre as características sócio-econômicas e sanitárias das famílias estudadas em 1985 na zona urbana de Cáceres-MT. Destas 74% eram radicadas em Cáceres e 13,5% provinham de outros estados ou de outros países, sendo que 76,2% residiam em zona urbana. Quanto a categoria social e renda 52% eram urbanos e 51,0% recebia menos de 2 salários mínimos. O inquérito não atingia os 2 setores mais pobres e populosos da cidade onde as condições são piores e onde vive a maioria da população que migrou mais recentemente para Caceres.; The work presents the methodological principles which lead Nutritional inquires Survey of Polonoroeste/MT organization. Were, also, included the informations about the social-economic and sanitary characteristics, of families studied in 1985, in the Cáceres/MT urban zone.

Estudo com idosos de instituições asilares no município de Natal/RN: características socioeconômicas e de saúde; Estudio con ancianos de instituciones asilares en el municipio de Natal/RN: características socio-económicas y de salud; Study with elderly from asylums in Natal/RN: socioeconomic and health characteristics

Davim, Rejane Marie Barbosa; Torres, Gilson de Vasconcelos; Dantas, Susana Maria Miranda; Lima, Vilma Maria de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2004 Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
O envelhecimento populacional acelerado no Brasil certamente aumentará o número de idosos institucionalizados. Baseados nesse enfoque, este estudo exploratório descritivo foi desenvolvido em três instituições asilares na cidade de Natal (RN) e objetivou caracterizar o idoso asilado; identificar os problemas socioeconômicos, de saúde e as causas que os levaram ao asilo. A amostra constituiu-se de 30% da totalidade de idosos de cada instituição, as quais têm caráter filantrópico e abrigam idosos carentes. Os resultados mostraram que as três instituições possuem características socioeconômicas e de saúde semelhantes às encontradas na literatura, pontuando-se baixas condições financeiras, contato familiar conflituoso, atividades de lazer limitadas ou ausentes, saúde precária, restrito atendimento médico e de enfermagem, além da ausência de planos privados de saúde. Conclui-se, refletindo-se quanto às condições socioeconômicas e de saúde desses idosos, que há a necessidade da atuação de órgãos competentes com vistas a seus direitos de cidadania.; El envejecimiento poblacional acelerado en Brasil ciertamente aumentará el número de ancianos institucionalizados. Basado en este hecho, este estudio exploratorio descriptivo fue realizado en tres instituciones asilares en Natal (RN)...

Physical growthand social-demographic characteristics of 11 to 17 years old students from Florianópolis - SC, Brazil; Crescimento físico e características sócio-demográgicas em escolares no município de Florianópolis - SC, Brasil

Pires, Mario César; Núcleo de Estudos em Atividade Física - NEAF - Universidade Federal de Santa C; Lopes, Adair da Silva; Núcleo de Estudos em Atividade Física e Saúde - NuPAF - Universidade Federal
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 20/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
55.97%
The study had the purpose of presenting a profile on physical growth and social-demographic characteristics of 11 to 17 year old students from Florianópolis, SC, Brazil. The sample consisted of 2384 students (1201 girls and 1183 boys). The study variables were social class and body mass and stature for physical growth. Statistical analyses included descriptives, Student’s t-test for independent samples and analysis of variance with two factors (age and sex), using level of significance at a=0,05. The results showed that (a) the students belonged to social classes C (33.3%) and B2 (25.5%) according to ANEP (National Association of Research Companies) categories; (b) there were statistical differences for body mass among 15 to 17 year old boys and girls and for stature from 11 to 14 years of age; (c) when stratifying by School system (public or private) and age, it was found that body mass and stature means among boys from the private system were greater for all ages, although significant differences were observed only at 12 and 16 years of age for stature and at 12, and from 14 to 17 years of age for body mass. Girls from the private system were taller than those from the public system and heavier at 16 years of age. It was concluded that boys at the end of adolescence had higher body mass and stature than girls. Both boys and girls from the private system showed a tendency for being taller and heavier than students from the public system.; Este estudo objetivou traçar o perfil do crescimento físico e as características sociodemográficas de escolares (11-17 anos)...

Caracterización del estado nutricional, enteroparasitosis y condiciones socio-ambientales de la población infanto-juvenil del partido de La Plata

Oyhenart,Evelia E; Garraza,Mariela; Bergel,María L; Torres,María F; Castro,Luis E; Luis,María A; Forte,Luis M; Gamboa,María I; Zonta,María L; Cesani,María F; Quintero,Fabián A; Luna,María E.; Navone,Graciela T
Fonte: Revista argentina de antropología biológica Publicador: Revista argentina de antropología biológica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.99%
En el presente trabajo se caracterizaron el estado nutricional, las enteroparasitosis y las condiciones socio-ambientales de niños residentes en el Casco urbano y 11 localidades del Partido de La Plata, provincia de Buenos Aires, mediante un estudio transversal. Se midieron peso y talla de 6.397 niños entre 4.0 y 13.9 años. Se calculó el índice de masa corporal y se estimó el estado nutricional utilizando NHANES III. Las variables socio-ambientales se relevaron mediante encuesta estructurada. El análisis parasitológico se realizó en 729 niños sobre muestras seriadas de materia fecal analizadas mediante la técnica de Ritchie y escobillado anal. Los resultados globales indicaron: 22.1% de exceso de peso, 8.7% de desnutrición y 68.5% de parasitosis, siendo más prevalentes Enterobius vermicularis (38.7%), Blastocystis hominis (36.1%), Giardia lamblia (19.1%) y protozoos comensales (26.1%). Los geohelmintos tuvieron valores inferiores (9.3%). El partido de La Plata presenta gran heterogeneidad en el estado nutricional y las infecciones parasitarias de los niños por cuanto resultan dependientes de las características socio-ambientales. Las deficientes condiciones ambientales, el bajo nivel educativo y la falta de trabajo formal de los padres explicarían la coexistencia de parasitosis y desnutrición infantil...

Estudo das condições de saúde das crianças do Município de São Paulo, SP (Brasil), 1984-1985: I - aspectos metodológicos, características sócio-econômicas e ambiente físico

Monteiro,Carlos Augusto; Pino Zuñiga,Hilda Paulina; Benício,Maria Helena D'Aquino; Szarfarc,Sophia Cornbluth
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1986 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
No período 1984/85 realizou-se pesquisa epidemiológica objetivando identificar condições de saúde das crianças de 0 a 59 meses residentes no Município de São Paulo, SP, Brasil. Foi estudada uma amostra probabilística das referidas crianças (n= 1016), em seus domicílios, através de inquéritos que enfocaram características sócio-econômicas, ambiente físico, condições de alimentação, estado nutricional, morbidade e assistência materno-infantil. Foram abordados aspectos metodológicos da pesquisa com destaque para a análise das etapas referentes à amostragem e ao sistema de coleta de dados, concluindo-se pela adequada representatividade dos resultados obtidos no estudo. São descritas as características sócio-econômicas e ambientais da população estudada, as quais evidenciam considerável risco para a saúde infantil: cerca de dois terços das crianças pertencem a famílias com renda insuficiente para adquirir bens e serviços essenciais; mais da metade das crianças vivem em domicílios que não contam com rede de água e esgoto; cerca de 20% das crianças residem em favelas ou cortiços da cidade; e mais de um terço das crianças habitam domicílios de um só cômodo.

Associação entre as características individuais e sócio-econômicas e os acidentes do trabalho em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Lima,Rosângela da Costa; Victora,César Gomes; Dall'Agnol,Marinel; Facchini,Luiz Augusto; Fassa,Anaclaudia
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
O presente estudo, do tipo caso-controle, teve como objetivo estudar a associação entre as características individuais e sócio-econômicas e os acidentes de trabalho. Os casos (n = 264) foram acidentes de trabalho típicos notificados do Instituto Nacional de Seguridade Social de Pelotas em 1996. Os trabalhadores foram entrevistados em suas residências, com um questionário padronizado. Foram excluídos os dois acidentes que levaram a óbito e os que afastaram o acidentado do trabalho por menos de sete dias. Para cada caso, foram selecionados três tipos de controle: um colega de trabalho, um vizinho e um controle populacional. Os critérios de emparelhamento foram idade (mais ou menos cinco anos), sexo e não ter sofrido acidente no último mês. Todos os casos e controles tinham vínculo formal de trabalho e residiam na zona urbana da cidade. Os dados foram analisados por meio de regressão logística condicional. A escolaridade e a renda familiar mensal foram as principais variáveis preditoras dos acidentes do trabalho. Os efeitos da idade, da cor da pele, do hábito de fumar, da dependência de álcool (questionário CAGE) e dos eventos estressantes desapareceram após o ajuste para escolaridade e renda.