Página 1 dos resultados de 1420 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Crédito rural e produto agropecuário municipal: uma análise de causalidade; Rural credit and agricultural output: a causality analysis

Cavalcanti, Isabel Machado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
O objetivo deste trabalho é estudar a relação de causalidade entre crédito rural e produto agropecuário. Utilizando dados municipais do período 1999-2004, aplicou-se a metodologia de Granger e Huang (1997), que permite identificar o sentido da causalidade entre duas variáveis em um contexto de painel. Contrariamente à grande parte da literatura que estudou as relações de causalidade entre sistema financeiro e crescimento econômico, este trabalho não identificou a causalidade partindo da variável financeira para o produto. Em geral, os resultados apontaram causalidade unidirecional, partindo do Produto Interno Bruto da agropecuária para o crédito rural.; The main goal of this essay is to evaluate the causal relations between rural credit and agricultural output. Using municipal data for the period 1999-2004, we have implemented the Granger and Huang (1997) methodology, which allows us to identify the causality direction between two variables in a data panel context. Differently from a large part of the literature that has studied causal relations between finance and growth, this work did not find causality from the financial variable towards output. Instead, the results draw attention to unidirectional causality from agricultural output to rural credit.

Causalidade Granger em medidas de risco; Granger Causality with Risk Measures

Murakami, Patricia Nagami
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
Esse trabalho apresenta um estudo da causalidade de Granger em Risco bivariado aplicado a séries temporais financeiras. Os eventos de risco, no caso de séries financeiras, estão relacionados com a avaliação do Valor em Risco das posições em ativos. Para isso, os modelos CaViaR, que fazem parte do grupo de modelos de Regressão Quantílica, foram utilizado para identificação desses eventos. Foram expostos os conceitos principais envolvidos da modelagem, assim como as definições necessárias para entendê-las. Através da análise da causalide de Granger em risco entre duas séries, podemos investigar se uma delas é capaz de prever a ocorrência de um valor extremo da outra. Foi realizada a análise de causalidade de Granger usual somente para como comparativo.; Quantile Regression, Value at Risk, CAViaR Model, Granger Causality, Granger Causality in Risk

Leibniz e Hobbes: causalidade e princípio de razão suficiente; Leibniz and Hobbes: causality and principle of sufficient reason

Hirata, Celí
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
O escopo desta pesquisa de doutorado é examinar a relação entre a doutrina hobbesiana da causalidade e o princípio de razão suficiente em Leibniz, assinalando a aproximação e o distanciamento entre um e outro. Se, por um lado, o filósofo alemão é claramente influenciado por Hobbes na formulação de seu princípio, por outro, é por meio desse próprio princípio que ele critica alguns dos aspectos mais decisivos da filosofia de Hobbes, como o seu materialismo, necessitarismo, bem como a sua concepção de justiça divina e a sua tese de que Deus não pode ser conhecido pela luz natural. Em alguns textos de sua juventude, Leibniz prova que nada é sem razão pela identificação da razão suficiente com a totalidade dos requisitos, demonstração que praticamente reproduz aquela pela qual Hobbes defende que todo efeito tem a sua causa necessária. Entretanto, em oposição a Hobbes, que reduz a realidade a corpos em movimento, Leibniz utilizará o conceito de razão suficiente para demonstrar que somente um princípio incorporal pode dotar os corpos com movimento. É igualmente por meio do princípio de razão suficiente e da sua distinção em relação ao princípio de contradição que Leibniz defende que os eventos no mundo não são absolutamente necessários...

Causalidade e aspectos cognitivos de sua codificação: os conectores causais da língua alemã; Causality and cognitive aspects of its codification: The causal connectors of the German language

Farah, David Edson
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.39%
O presente trabalho apresenta e desenvolve conceitos oriundos da Linguística Cognitiva para investigar os aspectos cognitivos da codificação das relações causais introduzidas por conectores oracionais da língua alemã: da, denn e weil. Para tanto, este trabalho apropriou-se do aparato teórico e metodológico desenvolvido por Pander Maat & Degand (2001) e que concebe a causalidade não como uma relação única, mas como uma categoria gradual que engloba diferentes níveis de conexão. Diante disso, desenvolveram-se duas atividades elementares ao longo do trabalho. Em primeiro lugar, o levantamento bibliográfico da teoria em torno de diferentes abordagens à temática da causalidade que serviram de base para a discussão entretida nos dois capítulos iniciais. Em segundo lugar, a análise empírica de ocorrências de cada um dos conectores a partir dos métodos desenvolvidos por Pander Maat & Degand (2001), a fim de replicar seu estudo e investigar de que maneira o gradiente de relações causais pode contribuir para o estudo da causalidade na língua alemã. Ao contrapor as abordagens desenvolvidas nas tradições formalista e funcionalista de análise linguística, o presente trabalho procurou argumentar que a investigação adequada dos fenômenos relacionados à causalidade seja desenvolvidas no escopo da Linguística Cognitiva e...

A causalidade alternativa e a responsabilidade civil dos múltiplos ofensores; Alternative causation and the liability of the multiple tortfeasors

Moraes, Renato Duarte Franco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
A presente dissertação trata de situações nas quais o prejuízo decorre de conduta praticada por parcela de indivíduos integrantes de agrupamento, sem que seja possível identificá-los. No âmbito do nexo causal, essa hipótese se traduz no conceito de causalidade alternativa, e a maior controvérsia relacionada ao tema é definir se, e em quais circunstâncias, há responsabilidade solidária de todos os integrantes do agrupamento. Para analisar essas questões, o presente trabalho apresenta capítulo introdutório, cujo foco recai sobre as diversas doutrinas desenvolvidas a respeito da causalidade. O espoco desse exame é analisar como essas teorias descrevem o fenômeno entre causa e efeito e, ainda, como os doutrinadores e a jurisprudência lidam com elas ao se defrontar com situações envolvendo diversas causas potenciais relacionadas a determinado evento. Tendo a parte introdutória como base, a dissertação analisa especificamente a causalidade alternativa sob perspectiva histórica, tecendo considerações sobre o desenvolvimento do conceito ao longo do tempo. A dissertação ingressa, então, na análise da causalidade alternativa em diversas jurisdições. O propósito dessa parte do trabalho é examinar as diferentes perspectivas adotadas por doutrinadores e cortes estrangeiras em relação a cenários envolvendo danos cometidos por grupos de diversos indivíduos...

Desenvolvimento de modelos de causalidade com informações de QTLs para estudo do relacionamento de caracteres fenotípicos relativos à absorção de fósforo em milho; Development of causal models with QTL information to the study of relationship among traits associated with phosphorus uptake in maize

Gianotto, Adriana Cheavegatti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.42%
Metodologias de mapeamento de QTLs modernas empregam abordagem multivariada e se beneficiam da matriz de covariâncias fenotípicas para melhorar as estimativas de localização e efeitos de QTLs. No entanto, a correlação fenotípica pode ser em parte atribuída às relações de causalidade entre os fenótipos e mesmo as abordagens de mapeamento de QTLs multivariadas atuais têm desconsiderado tais relacionamentos. Dentre as metodologias científicas desenvolvidas para o estudo da causalidade em dados observacionais, destacam-se os modelos de equações estruturais e os modelos gráficos. Neste trabalho, foi estudado um conjunto de caracteres fenotípicos relacionados à morfologia de raízes, absorção de fósforo e acúmulo de biomassa em uma população composta de 145 linhagens endogâmicas recombinantes (RILs) do programa de melhoramento de milho da EMBRAPA Milho e Sorgo. O mapeamento de QTLs para os caracteres fenotípicos foi realizado utilizando mapeamento de múltiplos intervalos univariado (MIM) e multivariado (MT-MIM). A análise MIM revelou QTLs afetando diâmetro de raízes, área de superfície de raízes finas, peso seco da parte aérea e concentração de fósforo na parte aérea e nas raízes. A análise MT-MIM revelou 12 QTLs...

As estrategias de aprendizagem e as atribuições de causalidade de alunos do ensino fundamental

Mariana Della Mura Jannini Schlieper
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Pesquisas demonstram que tanto as estratégias de aprendizagem quanto as atribuiçôes de causalidade desempenham um importante papel no rendimento escolar do estudante. Os objetivos deste estudo foram de investigar o uso de estratégias de aprendizagem e as atribuições de causalidade para sucesso e fracasso escolar de alunos do ensino fundamental, suas relações com a idade e a série escolar, o gênero e a repetência, bem como pesquisar a relação entre o uso de estratégias de aprendizagem e as atribuições de causalidade para sucesso e fracasso escolar dos participantes. Os dados foram coletados mediante uma entrevista individual estruturada. Resultados revelaram que tanto as estratégias de aprendizagem, quanto as atribuições de causalidade foram mais siginificativamente relacionadas à idade e à série escolar. Relações significativas também foram encontradas entre a menção de almmas estratépas de aprendizagem e as atribuições de causalidade para sucesso e fracasso escolar dos participantes. Os dados são discutidos em termos da necessidade de se proporcionar aos estudantes um ensino mais efetivo...

Atribuições de causalidade para sucesso e fracasso escolar e resiliência em estudantes do ensino fundamental; Causal attributions for academic success and failure and resilience of elementary school students

Natália Rodovalho Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
As atribuições de causalidade para o sucesso e o fracasso escolar dizem respeito às interpretações individuais sobre as causas do desempenho acadêmico. Por sua vez, a resiliência é compreendida como a capacidade dos seres humanos de enfrentar positivamente as situações adversas. No campo educacional, o estudo desses construtos é relevante, pois apresentam relações com fatores importantes referentes à aprendizagem autorregulada e de qualidade. Assim, a presente pesquisa teve como objetivos identificar as atribuições de causalidade para o sucesso e o fracasso escolar e a resiliência em estudantes do Ensino Fundamental, verificar as relações desses construtos com as variáveis demográficas e a correlação existente entre as atribuições causais e a resiliência, na amostra. Buscou-se também conhecer as dificuldades encontradas pelos participantes no ambiente escolar e as estratégias de enfrentamento utilizadas para superá-las. A amostra foi composta por 275 alunos matriculados nos 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos, de ambos os sexos, de uma escola pública da cidade de Monte Carmelo - MG. Os dados foram coletados por meio da aplicação de questões abertas sobre as dificuldades no ambiente escolar, de uma Escala de Avaliação das Atribuições de Causalidade para Sucesso e Fracasso Escolar...

Teste de causalidade e de características comuns nas séries de ações domésticas e seus respectivos ADRs.

Sartori, Vanderlei
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia.; Diversas empresas, a fim de aumentar sua base de investidores, começaram a negociar suas ações nos mercados externos, principalmente pelos American Depositary Receipts (ADRs). Muitas delas começaram a ter o volume negociado no mercado externo superior ao mercado interno. Com isso, os investidores começaram a tentar prever o movimento das ações no mercado doméstico, observando o externo, o que os levou a testar se existia uma influência de um mercado sobre o outro na determinação do preço das açõe. Para verificar se isso era verdade, utilizou-se o teste de causalidade de Granger para as ações que não apresentaram cointegração e o teste de causalidade de Granger, acrescido do mecanismo de correção de erros, para as ações que apresentaram cointegração. Estes testes verificaram que não existe influência do volume na determinação do preço das ações. Em relação ao Brasil e ao Chile, o mercado interno é que determina o preço dos ativos, já no caso da Argentina e do México a determinação de qual mercado está influenciando o preço é uma questão individual das empresas. Além do teste de causalidade...

Causalidade Alternativa: aplicação e perspectivas à luz do direito comparado

Souza, Felipe Bittencourt de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 63 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; A presente monografia pretende contribuir para a discussão a respeito da aplicação do instituto da causalidade alternativa no ordenamento jurídico brasileiro. Questões relevantes como a identificação do grupo que formará o conjunto de indivíduos a ser responsabilizados através da inversão do ônus probatório do nexo causal são recorrentes na análise da aplicação do instituto. Para auxiliar na análise e identificação do instituto buscar-se-á auxílio em ordenamentos estrangeiros, visando que a análise do processo construtivo na doutrina e jurisprudência em outros países possa contribuir para a discussão. Para este fim, o estudo divide-se em três partes: a primeira parte dedica-se a partir do conceito de nexo de causalidade, passando pelas teorias do nexo causalidade, as hipóteses de concausas, e só então definir o conceito de causalidade alternativa. Já o segundo capítulo, por sua vez, analisa a construção da causalidade alternativa nos ordenamentos francês, alemão, espanhol e português. Por fim, a terceira parte aborda os casos clássicos presentes na jurisprudência brasileira e a aplicação em julgados recentes.

Uma Análise de Causalidade entre o número de Casamentos e de Nascimentos em Portugal

Caleiro, António
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Trabalho em Andamento
Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
A existência de uma marcada sazonalidade no número de nascimentos que se verificam ao longo dos diversos meses do ano em Portugal, detectada em trabalho complementar a este, a qual se mostra robusta face à tendência claramente decrescente na fecundidade que se tem verificado no nosso país, levanta uma questão que se prende com a existência de factores explicativos daquele facto. No que diz respeito a estes factores, a literatura aponta para uma possível influência da sazonalidade que caracteriza o número de casamentos. Assim, o objectivo deste que se verificam no nosso país se apresenta, efectivamente, como factor explicativo da sazonalidade presente no número de nascimentos, não excluindo a possibilidade de existir também uma causalidade de natureza inversa. Para tal, utilizam-se testes de causalidade a la Granger num contexto de um modelo vector-autoregressivo relacionando os nascimentos com os casamentos que se verificaram em Portugal, em termos mensais, durante o período 1977-2006. A principal conclusão é que os casamentos continuam a apresentar-se como factores explicativos dos nascimentos, não se verificando, contudo, uma causalidade inversa

A propósito do problema da causalidade em ciências sociais: o modelo de decomposição de proporções de R. Boudon

Almeida, João Ferreira de; Pinto, José Madureira; Correia, Maria Eduarda
Fonte: Imprensa de Ciências Sociais Publicador: Imprensa de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1973 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
Depois da localização de alguns dos aspectos específicos do problema da causalidade e da explicação em ciências sociais, os autores procuram analisar o significado e certas consequências da existência de um hiato entre as linguagens da teoria e a investigação empírica. Numa parte II procedem à apresentação de um modelo formal que Raymond Boudon propõe como instrumento adequado à análise empírica da causalidade. Tentam, finalmente, mostrar, através de uma sua aplicação sistemática, que este modelo permite obter, em relação à técnica da «análise multivariada», um maior grau de rigor no estabelecimento das relações de causalidade entre variáveis.

A causalidade em Deleuze: diferença interna e produção de si

Sales,Alessandro Carvalho
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
O artigo procura acompanhar as linhas de força envolvidas na concepção deleuzeana de causalidade, particularmente em suas distâncias para com as noções equivalentes no mecanicismo, no platonismo e no hegelianismo. O interesse é ressaltar como tal noção, desde que sublinhada como causalidade interna ou causa sui, favorece o estabelecimento da diferença como origem do ser, requisito ontológico fundamental no pensamento de Deleuze. Para tanto, mostraremos, argumentando em favor da pertinência do comentário de Michael Hardt, o contexto que, atravessando especialmente as relações de Deleuze com a produção de Bergson, situa a causalidade na imanência, na mesma medida em que a afasta do território da negação. Nessa direção, vamos nos valer ainda de aspectos vinculados a uma interessante controvérsia de tradução.

A teoria da causalidade imaginária na filosofia de Hume

Valadares,Alexandre Arbex
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
O presente trabalho aborda a concepção de causalidade apresentada pelo filósofo escocês David Hume no Tratado da natureza humana (TNH) e propõe, como argumento central, que a ideia de relação causal deriva de uma impressão reflexiva e toma a forma de uma crença imaginária cujo objeto é uma conjunção constante. Começando por analisar os conceitos de impressões e ideias, sobre os quais Hume elabora sua teoria da percepção, o texto explora, em seguida, os fundamentos do processo de associação de ideias, do qual a noção de causalidade é um modo; um breve estudo dos efeitos políticos decorrentes de uma concepção de causalidade assentada na crença e nos hábitos de percepção põe termo a este artigo.

Causalidade entre renda e saúde: uma análise através da abordagem de dados em painel com os estados do Brasil

Santos,Anderson Moreira Aristides dos; Jacinto,Paulo de Andrade; Tejada,César Augusto Oviedo
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.19%
Este trabalho tem o objetivo de analisar a relação de causalidade entre renda e saúde, buscando controlar as potenciais diferenças dessa relação ao longo do território brasileiro. Para tanto, três testes de causalidade de Granger para dados em painel, propostos respectivamente por Holtz-Eakin et al. (1988), Granger e Huang (1997) e Hurlin (2005, 2007), são aplicados para uma base de dados com os estados brasileiros, no períodocompreendido entre 1981-2007. Os principais resultados mostram que as conclusões podem ser enganosas quando são baseadas em testes com uma estrutura homogênea nos parâmetros. E assim, o teste proposto por Hurlin (2005, 2007), que controla os diferentes tipos de heterogeneidade, aponta que, no Brasil, as evidências são mais claras para causalidade no sentido da saúde para a renda.

Causalidade entre rende e saúde para dados em painel nos anos de 1990 a 2011

Spíndola, Artur Freitas; Gomes, Sónia Maria Fonseca Oliveira. (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A melhoria do bem-estar social está diretamente ligada a aumentos na renda e na saúde dos indivíduos. O Brasil tem passados nos últimos anos por uma ampliação considerável de políticas públicas voltadas tanto para renda, quanto para saúde, aumentando o nível desses agregados, o que torna a compreensão desta relação um instrumento eficaz para o direcionamento dessas políticas. Tendo em mente a importância desse tema e a pequena quantidade de trabalhos que o abordam no âmbito nacional, este estudo tem o objetivo de testar a direção de causalidade entre essas variáveis para anos mais atuais, a fim de verificar como as mudanças no nível de renda e saúde podem ter alterado essa direção. Para atingir a este propósito será aplicado o teste de causalidade de Grange proposto por Holtz-Eakin, Newey e Rosen (1988) para dados em painel com os estados do Brasil entre os anos de 1990 a 2011. O mesmo teste também será aplicado para os estados mais pobres (Norte-Nordeste), tendo em vista o alto grau de desigualdade ainda presente nessas regiões. Os resultados apontam para uma relação bi- causal para o Brasil, indicando que tanto a renda causaria a saúde, como o contrário, evidenciando a importância de políticas públicas que afetem as variáveis em conjunto. Quando analisando apenas os estados de menores rendas...

A gênese da causalidade física

Paty,Michel
Fonte: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
As noções ou categorias de causalidade e determinismo acompanharam a formação das ciências modernas e, em primeiro lugar, da física. O uso corrente em nossos dias tende freqüente e erroneamente a confundi-las, nas reconsiderações feitas pela própria física. Propomo-nos esclarecer aqui a primeira dessas noções, mais precisamente a de causalidade física, examinando sua elaboração no início da dinâmica, por meio das primeiras operações e conceituações que acompanham a matematização da mecânica, antes dela ser estendida à física em geral. Veremos como, apoiando-se inteiramente em um aspecto filosófico tradicional da idéia de causalidade (aquele de "causa eficiente"), a causalidade física se estabelece em ruptura com o sentido metafísico que lhe era anteriormente associado. Mais do que no Principia de Newton, é na reelaboração por d'Alembert, no Traité de dynamique, das leis do movimento formuladas como princípios e expressas pelo cálculo diferencial, que a idéia de causalidade física é expressamente considerada como indissociável de seu efeito, que é a mudança de movimento. Os respectivos pensamentos de Newton e de d'Alembert sobre as noções de causa e de força estão a esse propósito em oposição...

O continuum de não-atribuição de causalidade na Crônica Geral de Espanha de 1344

Lima, Maria Claudete
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este trabalho analisa, num enfoque cognitivofuncional, as construções passivas, médias e impessoais no português arcaico, com o fim de demonstrar que fazem parte de um continuum de causalidade. Considera que o traço comum a essas construções é a não-atribuição de causalidade, e que estas construções refletem diferentes conceitualizações de um evento. 1061 ocorrências, retiradas da Crônica Geral de Espanha de 1344, foram analisadas quanto a fatores semânticos, como a saliência cognitiva do Afetado e do Causativo, o traço [animado], a transitividade, e depois graduadas quanto ao grau de transitividade e causalidade. Os resultados apontaram que a média é a mais prototípica das construções de não-atribuição de causalidade, por ser a que apresenta causativo menos saliente e menor grau de transitividade. A passiva caracterizou-se como menos prototípica por seu Causativo ser frequentemente evocado e apresentar maior grau de transitividade. Do mesmo modo, a impessoal, cujo causativo é frequentemente inferível, manifestouse como mais causativa e mais transitiva que a média, todavia menos que a passiva.

Atribuições de causalidade referentes à saúde e à doença de crianças brasileiras; Causal attributions in Brazilian children's reasoning about health and illness

Boruchovitch, Evely; Mednick, Birgitte R
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
INTRODUÇÃO: Num momento histórico no qual um grande número de doenças podem ser prevenidas pelas mudanças de hábitos e comportamentos, investigações vêm se desenvolvendo no sentido de, não só compreender o que adultos e crianças consideram como práticas saudáveis desejáveis, mas também na tentativa de identificar fatores associados ao engajamento em comportamentos saudáveis por parte do indivíduo. Assim sendo, objetivou-se investigar atribuições de causalidade para saúde e doença entre alunos do ensino fundamental. MÉTODOS: Foi estudada uma amostra de 96 estudantes de 6 a 14 anos de idade de duas escolas de ensino fundamental, uma pública e outra privada, do Município do Rio de Janeiro, RJ. Os sujeitos foram entrevistados individualmente, e as atribuições de causalidade foram medidas por meio de 14 itens do tipo-verdadeiro (e.g., pessoas são saudáveis porque elas têm sorte). Relações entre as atribuições de causalidade e variáveis demográficas foram também examinadas. RESULTADOS: Os resultados encontrados foram consistentes com a literatura da área. Enquanto cuidar de si mesmo foi considerada como a causa mais importante da saúde, vírus e falta de cuidado consigo mesmo foram as atribuições de causalidade mais freqüentes para doença. Foram encontradas relações significativas entre as atribuições de causalidade e as variáveis demográficas. CONCLUSÕES: O estudo aponta para a existência de semelhanças culturais nas atribuições de saúde e doença de crianças e enfatiza a importância de que pesquisas futuras se voltem para a busca de maneiras de se promover o engajamento da criança em práticas saudáveis sem...

A gênese da causalidade física; The genesis of physical causality

Paty, Michel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
As noções ou categorias de causalidade e determinismo acompanharam a formação das ciências modernas e, em primeiro lugar, da física. O uso corrente em nossos dias tende freqüente e erroneamente a confundi-las, nas reconsiderações feitas pela própria física. Propomo-nos esclarecer aqui a primeira dessas noções, mais precisamente a de causalidade física, examinando sua elaboração no início da dinâmica, por meio das primeiras operações e conceituações que acompanham a matematização da mecânica, antes dela ser estendida à física em geral. Veremos como, apoiando-se inteiramente em um aspecto filosófico tradicional da idéia de causalidade (aquele de "causa eficiente"), a causalidade física se estabelece em ruptura com o sentido metafísico que lhe era anteriormente associado. Mais do que no Principia de Newton, é na reelaboração por d'Alembert, no Traité de dynamique, das leis do movimento formuladas como princípios e expressas pelo cálculo diferencial, que a idéia de causalidade física é expressamente considerada como indissociável de seu efeito, que é a mudança de movimento. Os respectivos pensamentos de Newton e de d'Alembert sobre as noções de causa e de força estão a esse propósito em oposição...