Página 1 dos resultados de 99 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Efeitos anti-neoplásicos da raiz de Pfaffia paniculata (Ginseng brasileiro) no modelo de hepatocarcinogênese murina e em cultura de células de hepatocarcinoma humano; Antineoplastic effects of the roots of Pfaffia paniculata (Brazilian ginseng) in a murine hepatocarcinogenesis model and in human hepatocarcinoma cells

Silva, Tereza Cristina da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
A raiz pulverizada de Pfaffia paniculata e seu extrato butanólico apresentam propriedades antineoplásicas, quimiopreventivas e antiangiogênicas, onde muitos indícios conferem às saponinas triterpenóides presentes nestas raízes as propriedades antitumorais observadas. Sabe-se que saponinas de diversos tipos de plantas possuem capacidade de interferir diretamente no ciclo celular de células tumorais. Assim, considerando os efeitos inibitórios das raízes e extratos de P. paniculata sobre a proliferação celular, o objetivo deste trabalho foi compreender os mecanismos envolvidos na ação quimiopreventiva desta raiz, tanto na fase de iniciação da carcinogênese hepática, quanto sobre células tumorais já estabelecidas. Inicialmente, foram avaliados os efeitos de diferentes concentrações da raiz em pó de P. paniculata adicionada à ração em camundongos submetidos ao modelo de hepatocarcinogênese, pela análise da proliferação celular, indução da apoptose e a comunicação intercelular hepática. Seqüencialmente, foram avaliados os efeitos das frações purificadas do extrato butanólico destas raízes sobre linhagem de células de carcinoma hepatocelular humano. Neste experimento foram analisadas a influência do tratamento sobre a viabilidade celular...

Interferências do campo elétrico alternado externo em células tumorais e normais; Effects of external alternated eletric field on tumor and normal cells

Terra, Adriana Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.37%
Os campos elétricos alternados de frequência intermediária (10 KHz a 1MHz) e baixa intensidade têm efeitos inibitórios sobre o crescimento de várias linhagens celulares de tumores humanos e murinos. O objetivo geral do presente trabalho é conhecer os efeitos biológicos da aplicação externa de Campos Elétricos Alternados de intensidades de 10 V e 5 V nas frequências de 200kHz, 1Mhz e 2Mhz; em culturas de células de melanoma murino (B16F10) e fibroblastos humanos normais (FN1), durante 24 horas. Foram estudados os efeitos biológicos antiproliferativos e pró-apoptóticos através das seguintes análises: Citometria de Fluxo para identificar a distribuição das populações celulares nas fases do ciclo celular, Colorimétrico MTT para avaliar a viabilidade celular e Peroxidação Lipídica para avaliar a produção de radicais livres lipídicos poliinsaturados. Os resultados mostraram que em fibroblastos humanos normais o campo elétrico alternado induziu efeito antiproliferativo, indutor de necrose e apoptose, porém em menor efeito tóxico quando comparado às células de melanoma (B16F10), principalmente na frequência de 200 kHz. Por outro lado, na frequência de 2MHz e intensidade 10V, as células de melanoma presentes no sobrenadante e aderentes expressaram diferencialmente número de células mortas por apoptose (Anexina-V) e caspase-3 fosforilada. Os diferentes efeitos produzidos entre as duas linhagens estudadas atentam para o fato de que a compreensão dos mecanismos biofísicos da regulação do reparo e da proliferação celular envolve fenômenos celulares e vias de sinalização altamente complexas.; Electric fields of alternating intermediate frequency and low intensity have inhibitory effects on the growth of various tumor cell lines. The objective of this study was to evaluate the biological effects of external application of external alternating electric field (CEAE) intensities of 10 V and 5 V in the frequency 200kHz...

Avaliação dos efeitos genotóxico e citotóxico do 153Sm-EDTMP em linfócitos periféricos de pacientes com metástase óssea; Evaluation of genotoxic and cytotoxic effects of 153Sm-EDTMP in peripheral blood lymphocytes of bone metastasis patients

Suzuki, Miriam Fussae
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/03/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Neste estudo, foi determinado o dano celular em linfócitos periféricos após exposição ao 153Sm-EDTMP (Samário-153 etilenodiaminotetrametilenofosfonato) por meio da técnica de análise de micronúcleos e coloração diferencial. O 153Sm-EDTMP é um radiofármaco utilizado para alívio da dor em pacientes com metástase óssea. A análise da freqüência de micronúcleos em amostras sangüíneas de pacientes obtidas uma hora após a administração endovenosa do radiofármaco (41 MBq/kg) mostrou que não houve diferença estatística em relação aos valores basais em células binucleadas. Porém, a análise da distribuição do dano em células mononucleadas mostrou que os pacientes sem tratamento radioterápico prévio apresentaram um aumento significativo na freqüência de células com um micronúcleo e aqueles com tratamento radioterápico prévio, nas células com dois ou mais micronúcleos. Os experimentos in vitro realizados com exposição de sangue total a três concentrações radioativas de 153Sm-EDTMP (0,370; 0,555 e 1,110 MBq/mL) por uma hora mostraram um aumento na freqüência de micronúcleos e de células necróticas e apoptóticas com o aumento da dose de radiação. Foram construídas curvas dose-resposta para os indivíduos sadios e para os pacientes com metástases óssea sem prévio tratamento radioterápico. A comparação das curvas mostrou que os pacientes apresentaram uma radiossensibilidade mais alta que os indivíduos sadios tanto quanto a porcentagem de células com micronúcleos como de células mortas (necróticas e apoptóticas).; In this study the cellular damage in peripheral lymphocytes after exposure to 153Sm-EDTMP (Samarium-153 ethylenediaminetetrametylenephosphonate) was determined using the technique of micronuclei analysis and differential coloration. 153Sm- EDTMP is a radiopharmaceutical used for pain relief in patients with bone metastases. The analysis of the frequency of micronuclei in patient blood samples obtained one hour after endovenous administration of radiopharmaceutical (41 MBq/kg) showed no statistical difference in relation to basal values in binucleated cells. However the analysis of damage distribution in mononucleated cells...

Indução de síntese de homoglobina em células K562 por doxorrubicina e aclarrubicina : em busca de um mecanismo comum

Delgado-Cañedo, Andrés
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.73%
As leucemias são neoplasias que afetam o sistema hematopoiético e compreendem 2,53% dos casos de câncer relatados. Entre as leucemias, 27,95% correspondem a casos de leucemia mielóide crônica (LMC), que apresenta como marcador genético o cromossomo Philadelphia (Ph). Presente em mais de 80% dos casos, o cromossomo Ph é derivado da translocação t(9;22) (q34;q11), que origina um gene híbrido entre a região 5´ do gene bcr e 3´do gene abl. O produto deste gene é uma proteína Bcr-Abl na qual a atividade reguladora e nuclear do domínio tirosina quinase, originado da proteína Abl, torna-se constitutiva e citoplasmática. Estas mudanças na atividade tirosina quinase afetam diferentes vias de sinalização, com consequências em vários processos celulares como adesão, proliferação e apoptose. Em nível fisiológico, foi mostrado tanto in vitro quanto in vivo que as células hematopoiéticas precursoras Ph+ se diferenciam principalmente em células eritróides. Entretanto, quase 70% dos pacientes com LMC sofrem anemia, mostrando que, as células Ph+ diferenciadas em células eritróides não conseguem amadurecer até hemácias funcionais. Isto faz da LMC um bom modelo para o estudo da diferenciação de células eritróides e suas características...

Uso de matrizes de nanofibras produzidas através de electrospinning no cultivo de células-tronco

Zanatta, Geancarlo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.45%
A medicina regenerativa é um campo fascinante e tem chamado a atenção, nos últimos anos, pelo crescente esforço multidisciplinar em busca de metodologias adequadas para a reposição de tecidos danificados no corpo humano. Entre as técnicas utilizadas para desenvolver matrizes para o uso em engenharia tecidual está o electrospinning. Essa técnica que permite a produção de nanofibras através do uso de forças electrostáticas e tem sido empregado para a produção de matrizes fibrosas. As células-tronco mesenquimais (CTM) são células-tronco adultas com alta plasticidade e por isto alvo de muitos estudos terapêuticos. O presente trabalho foi dividido em dois capítulos sendo que cada um tratou de um objetivo, como segue: (1) cultivar e diferenciar células-tronco mesenquimais em matrizes de nanofibras de poli(ácido lático-co-glicólico) (PLGA) produzidas através da técnica de electrospinning e investigar o envolvimento de receptores integrina- 1 no processo de adesão em matrizes de PLGA; (2) avaliar a viabilidade celular de células-tronco mesenquimais ou células mononucleares (CMNs) misturadas a uma solução de poli(álcool vinílico) (PVA) e submetidas a produção de fibras por electrospinning. No capítulo I...

Avaliação de mutagenicidade, citotoxicidade e expressão de proteínas relacionadas a apoptose, Bak, BCL-2 e P53 fosforilado, em células tratadas com fuligem e particulado total de queima de cana-de-açúcar

Peron, Mariana Cristina Caloni
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 146 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; O etanol obtido da cana-de-açúcar tem sido considerado um combustível alternativo. Entretanto, em países em desenvolvimento, a colheita de cana é realizada manualmente depois da queima, sendo responsável pela emissão sazonal de poluentes atmosféricos. A mutagenicidade dos resíduos de queima de cana (RQCA) e as partículas presentes na ROFA (residual oil fly ash) foram observados nos ensaios de micronúcleo em células sanguíneas de camundongos e de células mãe de grão de pólen de Tradescantia pallida (TRAC-MCN) particulado. O estudo também verificou a citotoxicidade, apoptose e genotoxicidade nas células tratadas com extrato orgânico contendo grande quantidade de HPAs e suspensão na biomassa do período de safra e entressafra. Uma alta freqüência de MN foi observada no TSP do período de safra que na entressafra e a porcentagem de células mortas foi maior em células tratadas com extrato orgânico contendo grande quantidade de HPAs e particulado. Elevada expressão de Bcl-2 e baixa expressão de p53 fosforilado foi verificado em células tratadas com extrato orgânico contendo grande quantidade de HPAs no período de safra e entressafra e em 24 e 48h pós-tratamento. É possível concluir que os HPAs presentes no período de safra e entressafra são genotóxicos e citotóxicos. Políticas públicas deveriam ser discutidas para se buscar alternativas que diminuam a emissão desse poluente.; Ethanol obtained from sugar cane has been considered an alternative fuel. However...

Estudo in vitro do papel da matriz extracelular na morfogênese da crista neural cefálica de camundongos

Silva, Bruno Costa da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.4%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-graduação em Neurociências.; Efeito de Fibronectina, Laminina e Colágeno tipo IV nos processos de migração, morte, proliferação e diferenciação das células da crista neural cefálica de camundongos. Estudo do papel da interação Integrina-Fibronectina no processo de diferenciação das células da crista neural em miofibroblastos.

Avaliação da ação anti-herpética de llex paraguariensis A. St. Hil., Aquifoliaceae (erva-mate)

Lückemeyer, Débora Denardini
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 133 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.4%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2009; Os Herpes Simplex Virus tipos 1 e 2 (HSV-1 e HSV-2) são vírus envelopados de DNA, que causam várias infecções em humanos. O HSV-1 é geralmente associado a infecções orofaciais e encefalites, ao passo que o HSV-2 comumente causa infecções genitais. Ambos estabelecem infecções latentes em neurônios sensoriais e, durante a reativação, causam lesões na pele e mucosas. O aciclovir, um análogo de nucleosídeo, vem sendo muito utilizado para o tratamento sistemático de infecções pelos HSV. Ele é um fármaco antiviral altamente seletivo, pois é fosforilado pela timidina quinase somente em células infectadas. No entanto, o uso indiscriminado do aciclovir e de fármacos correlatos provocou o surgimento de cepas resistentes aos HSV, principalmente, em pacientes imunocomprometidos. Este fato ressalta a necessidade de desenvolver novos fármacos anti-herpéticos frente a cepas virais primitivas e/ou cepas fármaco-resistentes. Os produtos naturais são uma fonte rica de compostos com potenciais atividades farmacológicas, incluindo efeitos antivirais. Uma estratégia que pode ser utilizada para a pesquisa e o desenvolvimento de tais fármacos é a triagem de extratos de plantas...

Avaliação da atividade antitumoral do extrato bruto e supercrítico de Cordia verbenacea

Parisotto, Eduardo Benedetti
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 100 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Florianópolis, 2010; O câncer está entre as causas mais freqüentes de morte no mundo. É considerado um importante problema de saúde pública em países desenvolvidos e em desenvolvimento, sendo a segunda causa de morte no Brasil e no mundo, superado somente pelas doenças do sistema cardiovascular. Apesar disto até o momento não existe uma terapia efetiva para o tratamento de todos os tipos de câncer além de que a maioria dos quimioterápicos em uso apresentam elevada toxicidade. Esforços vêm sendo dirigidos no sentido de desenvolver fármacos antitumorais tão ou mais eficazes do que os quimioterápicos já disponíveis, porém com menor toxicidade e potencial para desenvolver resistência terapêutica. Muitos dos medicamentos utilizados atualmente resultaram da purificação de produtos naturais, principalmente vegetais. Neste contexto, o presente projeto objetivou avaliar o potencial antitumoral de Cordia verbenacea planta medicinal brasileira, vulgarmente conhecida como erva baleeira que é popularmente utilizada em Santa Catarina para tratamento de tumores e inflamações. Para se atingir tal objetivo foram realizados experimentos para avaliar a atividade citotóxica e antiproliferativa in vitro e antitumoral in vivo. Para tanto...

Estudo da atividade antitumoral do extrato bruto e frações de Casearia sylvestris

Felipe, Karina Bettega
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 128 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Florianópolis, 2010; O desenvolvimento de novas alternativas terapêuticas, como as terapias que utilizam as plantas medicinais, tem despertado grande interesse no tratamento do câncer, pois as terapias disponíveis não são capazes de regredir totalmente a evolução da patologia e/ou apresentam elevada toxicidade. A C. sylvestris, planta medicinal que possui vários usos populares no Brasil e outros paises americanos, tem sido indicada para o tratamento de tumores. Nesse contexto, o presente trabalho propôs avaliar as atividades citotóxica, antiproliferativa, pró-apoptótica, antiangiogênica e antitumoral do extrato bruto (EB-ETOH), e das frações metanólica (f-MeOH), acetato de etila (f-AcOEt) e clorofórmica (f-CHCl3) de Casearia sylvestris utilizando modelos experimentais in vitro e in vivo. Nos ensaios do MTT e incorporação de timidina triciada realizados respectivamente, para investigar a citotoxicidade e influência dos extratos sobre a proliferação celular, os resultados demonstraram que EB-ETOH, f-CHCl3 e f-AcOEt reduziram de maneira significativa a viabilidade e proliferação de células do carcinoma de Ehrlich...

Investigação dos eventos apoptóticos induzidos por chalconas sintéticas derivadas de 1-naftaldeído e 2-naftaldeído sobre linhagens de células de leucemias agudas humanas

Maioral, Mariana Franzoni
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 141 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
46.46%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2013.; As leucemias agudas são desordens heterogêneas do sistema hematopoiético caracterizadas pela expansão clonal de uma população de células neoplásicas malignas que sofrem bloqueio maturativo quanto à sua diferenciação. O tratamento mais efetivo para as leucemias, a quimioterapia, está associado a altas taxas de recidiva e a elevados índices de morbidade e mortalidade. Estudos demonstram que as chalconas e seus derivados possuem atividade citotóxica e apresentam potencial para o desenvolvimento de novos fármacos. Assim, o objetivo do presente estudo é a busca por novos compostos a partir de três chalconas sintéticas derivadas do 1- e do 2-naftaldeído que tenham atividade contra células leucêmicas com pouco ou nenhum efeito em células normais. Entre os compostos avaliados, a chalcona A1 apresentou resultados mais promissores e foi selecionada para estudos posteriores. Para os ensaios de citotoxicidade, as células K562, Jurkat, U937, Kasumi, NB4 e CEM foram incubadas com a chalcona A1 em concentrações crescentes por 24, 48 e 72 h. A viabilidade celular foi determinada pelo método do MTT...

Citotoxicidade de derivados maleimídicos: relação entre a atividade antitumoral e antiadipogênica

Rosolen, Daiane
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 101 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.4%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2014.; O câncer é caracterizado pelo crescimento descontrolado de células que invadem o tecido circundante e podem produzir metástases em locais distantes do órgão afetado. Entre os tipos de câncer destaca-se o melanoma que é caracterizado pela proliferação anormal dos melanócitos e possui predominância em indivíduos de pele e olhos claros. O melanoma representa 4% das neoplasias malignas da pele, considerado grave devido à elevada propensão para produzir metástases. Tem sido relatado que a enzima ácido graxo sintase (FASN), responsável pela síntese endógena do ácido graxo palmitato, está superexpressa em células de melanoma e esta alta expressão está associada a um pior prognóstico. Também é relatado que o aumento desta enzima parece ser necessário para a proliferação e sobrevivência das células tumorais. Recentemente demonstramos que as imidas cíclicas, mais especificamente as maleimidas e seus derivados, possuem relevante atividade antitumoral in vivo e que esta atividade parece estar relacionada a modulação adipogênica e portanto, pode exercer influência na atividade da enzima FASN. Neste contexto...

Citotoxicidade e atividade antitumoral de sais do galato de dodecila

Centa, Ariana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 122 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2014.; O câncer é considerado um problema de saúde pública mundial, sendo caracterizado pelo crescimento descontrolado das células. A incidência de tumores como leucemias, melanoma e câncer de mama vem aumentando a cada ano e a capacidade metastática das células tumorais é a principal causa de mortalidade por câncer. O início da formação de metástases é caracterizado pelo aumento da motilidade das células neoplásicas e por sua capacidade de invadir tecidos e órgãos adjacentes ao tumor primário. As metaloproteinases (MMPs) são enzimas que degradam vários componentes da MEC, desempenhando um papel importante em vários processos fisiológicos e patológicos, incluindo o desenvolvimento metastático. Alterações no ciclo celular e nas vias de apoptose ou nos respectivos mecanismos regulatórios também estão envolvidas nas malignidades humanas. Nesse contexto, novos medicamentos antitumorais e antimetastáticos devem ser desenvolvidos levando em consideração os princípios básicos da carcinogênese. O ácido gálico (AG) e seus derivados ésteres vêm apresentando diversas atividades biológicas. O galato de dodecila (G12) é bastante estudado como potencial agente antitumoral...

Modulação da formação de corpúsculos lipídicos e resposta imune do hospedeiro mediada pela fagocitose de células apoptóticas frente à infecção por Trypanosoma Cruzi: participação do receptor nuclear PPAR γ.

Teixeira, Lívia
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
A Doença de Chagas é uma infecção crônica sistêmica causada pelo protozoário parasito Trypanosoma Cruzi. Durante a infecção por T. cruzi, ocorre alterações no metabolismo lipídico com aumento no número de corpúsculos lipídicos em células do hospedeiro infectadas. Corpúsculos lipídicos são organelas centrais na produção de eicosanóides regulando a resposta imune contra patógenos intracelulares. Em resposta a infecção ocorre também um aumento no número de células apoptóticas. A indução da apoptose durante o processo infeccioso é geralmente procedida por uma rápida e eficaz eliminação de células mortas por parte de células fagocitárias profissionais, como macrófagos. Estudos têm mostrado que a interação e fagocitose de células apoptóticas por macrófagos resultam na modulação da resposta inflamatória, com redução da produção de mediadores próinflamatórios e aumento na síntese de alguns mediadores antiinflamatórios como TGF-β e PGE2. Os receptores nucleares ativados por proliferadores de peroxissomos (PPARs) atuam em vários processos inflamatórios e imunoregulatórios devido à propriedade de regular a expressão de vários genes ligados a inflamação e ao metabolismo lipídico. Estudos recentes demonstram que o reconhecimento e fagocitose de células apoptóticas são capazes de induzir a expressão de PPARs em fagócitos. Pouco se sabe sobre os mecanismos e vias de sinalizações envolvidas na imunossupressão mediadas pela fagocitose de células apoptóticas. Sendo assim objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da imunossupressão mediada pela fagocitose de células apoptóticas na formação de corpúsculos lipídicos e na resposta do hospedeiro frente à infecção por T. cruzi...

O diagnóstico das zonas mortas na cóclea e sua importância no processo de reabilitação auditiva

Padilha,Cristiane; Garcia,Michele Vargas; Costa,Maristela Julio
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
Cada vez mais na prática da audiologia é indispensável um bom diagnóstico audiológico, para que se tenha conhecimento das necessidades do paciente para seleção e adaptação de próteses auditivas. OBJETIVO: Expor literaturas recentes que referem conceitos de zonas mortas na cóclea, estratégias de diagnóstico e a importância deste no processo de seleção e adaptação de próteses auditivas. METODOLOGIA: Realizou-se um levantamento bibliográfico sobre zonas mortas na cóclea. As zonas mortas na cóclea foram descritas como regiões onde as células ciliadas internas e/ou neurônios adjacentes não se encontram funcionais. Assim, nessas regiões a informação gerada pela vibração da membrana basilar não é transmitida ao sistema nervoso central. Porém, um tom com freqüência correspondente a zona morta, desde que suficientemente intenso, pode ser percebido em regiões próximas a esta zona, onde às células ciliadas internas e/ou fibras nervosas ainda apresentam-se funcionais. CONCLUSÃO: A identificação das zonas mortas na cóclea está sendo utilizada visando melhores resultados no processo de seleção e adaptação de próteses auditivas, pois as informações geradas pelas CCI ao nervo auditivo são importantes para um melhor reconhecimento dos sons...

Uso de brometo de etídeo monoazida e PCR em tempo real para detecção de células viáveis de listeria monocytogenes.

PAULA, R. A. de; FREITAS, R. F. F. e; GUIMARAES, M. F. M.; MARCELINO, F. C.; ARCURI, E. F.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 25., 2009, Porto de Galinhas. Anais... [São Paulo]: Sociedade Brasileira de Microbiologia, 2009. Seção Resumos, ref. 1420-2. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 25., 2009, Porto de Galinhas. Anais... [São Paulo]: Sociedade Brasileira de Microbiologia, 2009. Seção Resumos, ref. 1420-2. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.71%
A análise de PCR em Tempo Real está sendo cada vez mais utilizada para detecção e quantificação de patógenos em amostras de alimentos, uma vez que gera resultados mais rápidos e específicos. A restrição para um uso mais amplo desta técnia é que devido a sua alta sensibilidade, os teste identificam o DNA de células mortas, tornando-o inadequado para fins de diagnóstico. Para contornar este problema tem sido proposto o uso do corante Brometo de Etídeo Monoazida (EMA) para discriminar células viáveis de células mortas. Em estudos preliminares foi verificado que EMA inibe amplificação de células inviáveis de Listeria monocytogenes, por PCR convencional. O objetivo deste estudo foi padronizar a técnica EMA-PCR em Tempo Real para detecção de células viáveis de L. monocytogenes. Foram construídos primers e sonda TaqMan específicos para L. monocytogenes e o gene prfA foi utilizado como seqüência alvo. Foram avaliadas várias espécies de Listeria, sendo que houve amplificação apenas de L. monocytogenes indicando especificidade da amplificação e L. monocytogenes ATCC 7644 foi selecionada para os testes de EMA-PCR. Concentrações variadas de EMA foram adicionadas a microtubos com 108 células viáveis ou inviáveis de L. monocytogenes (tratamento térmico de 98 oC/20 minutos) e estes foram expostos à luz (650 W) por 15 minutos para ativação e fotólise do EMA. Em segida...

Ativação de células dendríticas na geração de células T CD8+ e T CD4+ anti-tumorais de memória

Maito, Fábio Luiz Dal Moro
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.51%
De acordo com a hipótese da vigilância imunológica, o sistema imune é relevante no controle do crescimento tumoral. Entretanto, a resposta imune não é capaz de barrar a progressão de todos os tumores. Uma possível explicação para isso é a tolerização das células imunes proporcionada pelo ambiente imunossupressor gerado por tumores, favorecendo seu desenvolvimento e diminuindo a eficácia da resposta imune contra o tumor. O presente estudo visou analisar a formação de respostas imunes anti-tumorais in vivo, bem como identificar mecanismos capazes de reverter a tolerância induzida pelo tumor à resposta imune. Para realizar este trabalho foram usados três sistemas experimentais: (1) injeção subcutânea de tumor B16F10 para análise da resposta imune policlonal, (2) injeção subcutânea de B16OVA (OVA257-264 SIINFEKL) com transferência adotiva de células OT-I para o estudo da geração de resposta de células T CD8+ e (3) construção e injeção subcutânea de uma linhagem de B16F10 expressando um antígeno restrito ao MHC classe II (B16EaRFP) com transferência adotiva de células TEa para o estudo da geração de resposta anti-tumoral de células T CD4+.Com estes modelos experimentais foi observada diminuição de células no infiltrado peritumoral e da celularidade nos linfonodos drenantes (LND) à medida que o tumor B16F10 cresce...

Detecção e quantificação de células viáveis de Bacillus sporothermodurans e de Bacillus cereus em leite através de PCR convencional e de PCR em tempo real associadas ao propídio monoazida

Cattani, Fernanda
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.69%
A presença de Bacillus spp. em leite representa um importante problema para a indústria de laticínios devido à sua capacidade de esporulação e à possibilidade de resistência do esporo ao tratamento térmico por ultra alta temperatura (UAT). O Bacillus sporothermodurans sobrevive ao sistema UHT, germinando e se multiplicando no leite estocado e, caso não seja corretamente quantificado e identificado, pode ultrapassar o limite estabelecido pela legislação para microrganismos mesófilos aeróbios, além de alterar a qualidade dos produtos lácteos quando em altas concentrações. Por outro lado, a contaminação de leite por Bacillus cereus constitui não somente uma importante causa de deterioração, mas também está associada com a ocorrência das síndromes emética e diarreica. Tradicionalmente, estes microrganismos são identificados e quantificados em alimentos através de técnicas clássicas de cultivo, mas métodos baseados na Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) também têm sido amplamente utilizados. Entretanto, a PCR não distingue células mortas de células viáveis, o que pode ser contornado com o emprego de intercalantes de DNA, como o propídio monoazida (PMA). O PMA se liga ao DNA derivado de células com membranas rompidas...

Cinetica da inversão de sexo em Synbranchus marmoratus (Teleostei, Synbranchiformes, Synbranchidae)

Fernanda Natalia Antoneli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Entre os peixes teleósteos, o gonocorismo ou dimorfismo sexual é uma característica dominante. Porém, hermafroditismo simultâneo, com maior ou menor grau de sincronia e inversão de sexo com maturação sequencial, sucessiva ou não, dos tecidos germinativos masculinos e femininos, e vice-versa, e/ou reversão de sexo são encontrados em várias espécies. A mudança de sexo nos indivíduos adultos envolve a degeneração do tecido gonadal do primeiro sexo e o crescimento e maturação do tecido do sexo oposto, em substituição ao anterior, passando por uma fase de intersexo. Synbranchus marmoratus, como a maioria dos Synbranchidae, é um peixe hermafrodita protogínico diândrico. Portanto, o estudo da cinética da reestruturação tecidual nesta espécie pode auxiliar na compreensão dos eventos biológicos característicos das gônadas transicionais dos teleósteos hermafroditas sequenciais. Neste contexto, procedeu-se à análise histológica e ultra-estrutural das gônadas do "mussum", S. marmoratus. Para tal, exemplares adultos de S. marmoratus foram capturados, com periodicidade quinzenal, no Rio Tietê, região de Penápolis, SP, BrasiL Uma vez retiradas, as suas gônadas foram fragmentadas, fixadas em solução de Karnovsky modificada (mínimo de 24h) e processadas conforme a metodologia da rotina de trabalho em microscopia fotônica e microscopia eletrônica de transmissão para análise morfológica geral e acompanhamento dos principais eventos que precedem e possibilitam a inversão de sexo...

Estudo das vias de sinalização envolvidas na apoptose induzida por chalconas em células de leucemia linfoblástica aguda L-1210

Pedrini, Fernanda Spezia
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 83 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Farmácia; A leucemia linfoblástica aguda (LLA) é uma desordem maligna resultante da proliferação clonal de células progenitoras T ou B. Conforme os protocolos de tratamento para LLA, em torno de 80 % das crianças diagnosticadas com LLA entram em remissão completa. No entanto, o tratamento de pacientes adultos com LLA tem demonstrado poucas melhorias nas últimas duas décadas, devido à resistência apresentada pelos linfoblastos leucêmicos à quimioterapia. As chalconas são precursoras dos flavonóides presentes nas plantas superiores e exercem uma ampla variedade de efeitos farmacológicos. Mudanças nas moléculas das chalconas podem resultar em diferentes atividades biológicas. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi investigar a sensibilidade de células de LLA de origem murina L-1210 a uma série de onze chalconas sintéticas derivadas do 2-naftaldeído, bem como os mecanismos citotóxicos envolvidos. A triagem preliminar da citotoxicidade da série de chalconas mostrou que apenas as chalconas (2e)-3-(2-naftalenil)-1-(2'-hidroxi-4',6'-dimetoxi-fenil)-2-propen-1-ona (chalcona 1)...