Página 1 dos resultados de 154 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Ocorrência, produção e preservação de micélio seco de Batkoa sp. e Furia sp., patógenos das cigarrinhas das pastagens.; Occurrence, production and dry mycelium preservation of Batkoa sp. and Furia sp., pathogens of spittlebugs pests of pastures.

Leite, Luís Garrigós
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.44%
Os fungos Batkoa sp. e Furia sp.(Entomophthorales), embora ocasionalmente ocorrendo de forma epizoótica em populações das cigarrinhas-das-pastagens e cana-deaçúcar, nunca foram avaliados quanto ao nível de incidência e potencial de controle biológico. Esse estudo teve por objetivo avaliar a ocorrência natural, produção "in vitro" e preservação de micélio seco desses fungos. Nos trabalhos de produção incluiu-se como padrão o fungo Neozygites floridana, representante de outra família de Entomophthorales. O estudo sobre a ocorrência natural foi realizado na região de Pindamonhangaba, SP, no período de 22 de janeiro a 9 de fevereiro de 1998 com o objetivo de avaliar a incidência de Batkoa sp. na população de Mahanarva fimbriolata em pastagem de capim napier e de Furia sp. sobre Deois schach em pastagem de Brachiaria sp. O estudo sobre produção foi realizado em condições de laboratório com o objetivo de desenvolver meios líquidos para a produção de micélio ou corpos hifais de Batkoa sp., Furia sp. e N. floridana, tendo como base o meio líquido para cultura de tecido de inseto Grace’s suplementado, o qual permite bom crescimento do último patógeno. Finalmente, estudou-se o efeito da combinação de dois dessecantes (sílica e glicerol) com dois redutores de oxigênio (vácuo e Agelessâ ZPT-200) na preservação de micélio seco de Batkoa sp. e Furia sp. sob temperaturas de 3°C e 23°C. Concluiu-se que: Batkoa sp. e Furia sp. causam doença na população de M. fimbriolata e D. schach...

Xylella fastidiosa adesão e colonização em vasos do xilema de laranjeira doce, cafeeiro, ameixeira, fumo e espécies de cigarrinhas vetoras e formação de biofilme sobre película de poliestireno.; Xylella fastidiosa - adhesion and colonization in xylem vessels of sweet orange, coffee, plum and tabacco, and insect vectors and formation of biofilme on polystyrene surface.

Alves, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.62%
X. fastidiosa é uma bactéria fitopatogênica limitada ao xilema, que tem afetado um grande número de plantas no Brasil e no mundo. Muitos trabalhos já foram realizados sobre esta bactéria, mas pouco se conhece a respeito da adesão, colonização e expressão dos sintomas. Os objetivos deste trabalho foram: a) através do uso da microscopia eletrônica e de luz, determinar e relacionar o número de vasos colonizados de citros, cafeeiro e ameixeira com a sintomatologia em folhas; b) estudar a adesão, migração radial e colonização dos vasos do xilema do pecíolo de folhas de citros pela bactéria; c) estudar algumas variáveis experimentais que afetam a expressão dos sintomas em fumo; d) verificar os sítios de ligação da bactéria em cigarrinhas vetores; e) estudar a adesão e a formação do biofilme por X. fastidiosa em superfície de poliestireno, como uma nova metodologia. Os resultados mostraram em ameixeira e cafeeiro uma relação entre o número de vasos colonizados e a expressão de sintomas necróticos, relação esta que não pode ser observada para citros, o qual apresentava um número de vasos colonizados do pecíolo bem menor que o das outras duas espécies. No estudo da bactéria nos vaso do xilema de citros foi possível verificar as diversas fases do processo de colonização do xilema...

Comunidade bacteriana associada às cigarrinhas (Hemiptera:Cicadellidae), insetos vetores de Xylella fastidiosa; Bacterial community associated to sharpshooters (Hemiptera: Cicadellidae) insect vectors of Xylella fastidiosa

Gai, Cláudia Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.97%
A Clorose Variegada dos Citros (CVC), doença que causa graves prejuízos à citricultura no estado de São Paulo, é causada pela bactéria Xylella fastidiosa que é transmitida pelas cigarrinhas Bucephalogonia xanthophis (Berg), Dilobopterus costalimai (Young), Acrogonia citrina (Marucci & Cavichioli) e Oncometopia facialis (Signoret). Durante a alimentação em plantas afetadas, esses insetos adquirem a bactéria, que coloniza o pré-cibário e o cibário, e depois são capazes de transmitir a doença para plantas sadias. Colonizando o xilema das plantas de citros encontram-se também bactérias endofíticas, que são microrganismos capazes de colonizar internamente tecidos de plantas sem causar dano aparente, e que podem interagir com patógenos no interior do hospedeiro. Este trabalho teve como objetivo avaliar a comunidade bacteriana associada as cigarrinhas vetoras de CVC, e observar as possíveis interações que ocorrem entre insetos vetores de X. fastidiosa e bactérias endofíticas de citros. Primeiramente foi feito um isolamento das bactérias da cabeça de cigarrinhas coletadas em pomares de citros afetados com CVC. Foram isoladas um total de 17230 bactérias de três espécies de cigarrinhas (O. facialis, D. costalimai e A. citrina) em três datas diferentes (22/março...

Estudos básicos para a utilização de plantio-isca visando ao controle de cigarrinhas vetoras de Xylella fastidiosa em pomares cítricos; Establishment of a trap cropping strategy for controlling sharpshooter vectors of Xylella fastidiosa in citrus groves

Marques, Rodrigo Neves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
38.12%
Clorose Variegada dos Citros (CVC), causada pela bactéria Xylella fastidiosa Wells et al., tem causado grandes perdas na citricultura do estado de São Paulo, afetando cerca de 40% das plantas de laranja doce. A bactéria é transmitida por 12 espécies de cigarrinhas sugadoras de xilema (Hemiptera: Cicadellidae) da subfamília Cicadellinae. O manejo da CVC é baseado no plantio de mudas sadias, poda ou eliminação de árvores infectadas no campo, assim como o controle químico dos vetores. No entanto, as cigarrinhas vetoras possuem hábitats e hospedeiros alternativos que servem como refúgio, particularmente na vegetação adjacente aos pomares cítricos. Esta característica ecológica explica a rápida reinfestação dos pomares de laranja pelas cigarrinhas após a aplicação de inseticidas. O uso de plantas hospedeiras atrativas às cigarrinhas em uma estratégia de plantio-isca poderia reduzir a imigração de vetores da vegetação adjacente. O objetivo deste trabalho foi selecionar plantas hospedeiras adequadas para serem usadas neste tipo de estratégia, assim como testar a eficácia do plantio-isca em reduzir a população de cigarrinhas em um pomar de laranja. Experimentos de livre escolha foram conduzidos sob condições de casa-de-vegetação para avaliar a preferência de dois importantes vetores...

Análise faunística de cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) e flutuação populacional de potenciais vetores de Xylella fastidiosa em vinhedos nos estados do Rio Grande do Sul e Pernambuco, Brasil; Faunistic analyses of leafhoppers (Hemiptera: Cicadellidae) and seasonal fluctuation of potential vectors of Xylella fastidiosa em vineyards of the States of Rio Grande do Sul and Pernambuco, Brazil

Ringenberg, Rudiney
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
38.05%
Xylella fastidiosa é uma bactéria fitopatogênica transmitida por insetos vetores conhecidos como cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae, Subfamília Cicadellinae). Uma estirpe desta bactéria causa o Mal de Pierce em videira nos EUA e México. No Brasil, esta bactéria ainda não foi detectada colonizando videira, embora esta cultura tenha importância em algumas regiões Nesta pesquisa foi feito um levantamento faunístico de cigarrinhas da família Cicadellinae por meio de armadilhas adesivas amarelas em vinhedos dos Estados do Rio Grande do Sul e Pernambuco, com o objetivo de identificar potenciais vetoras de X. fastidiosa e sua flutuação populacional. Para a obtenção das cigarrinhas foram realizadas coletas com cartões adesivos amarelos em quatro parreirais comerciais de Vitis vinifera para cada Estado. Em cada parreiral foram instalados 20 cartões, distribuídos em 10 pontos espaçados de 40 x 40 m, com duas alturas de amostragem (45 cm do solo e 45 cm acima da lâmina foliar de videira). Os cartões adesivos foram trocados quinzenalmente no período de setembro/2004-setembro/2006 e junho/2005-junho/2007 no Rio Grande do Sul e Pernambuco, respectivamente. Baseando-se em análise faunística, determinaram-se as espécies de cigarrinhas mais abundantes...

Análise faunística e flutuação populacional de cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) potenciais vetoras de Xylella fastidiosa em pomares de ameixeira nos estados do Rio Grande do Sul e São Paulo, Brasil; Faunistic analysis and seasonal fluctuation of sharpshooters (Hemiptera:Cicadellidae) that are potential vectors of Xylella fastidiosa in plum orchards in Rio Grande do Sul and São Paulo states, Brazil

Muller, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.75%
A Escaldadura das Folhas da Ameixeira é o principal problema fitossanitário para a produção de ameixas no Brasil. A doença é causada pela bactéria Xylella fastidiosa, transmitida por cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae, Cicadellinae). Neste trabalho foi realizado o levantamento, análise faunística e a flutuação populacional de Cicadellinae em pomares de ameixeira localizados nos Estados do Rio Grande do Sul (RS) e São Paulo (SP). A captura das cigarrinhas foi realizada com cartões adesivos amarelos (8,5 x 11,5 cm) em dois pomares de ameixeira de cada estado, localizados nos municípios de Paranapanema (SP) e Bento Gonçalves e Farroupilha (RS). Em cada pomar, foram instalados 20 cartões, distribuídos em 10 pontos espaçados 35 x 35 m, com duas alturas de amostragem (0,5 e 1,7m acima do nível do solo). Os cartões adesivos foram trocados quinzenalmente no período de setembro de 2006 a setembro de 2008. Com base na análise faunística, as espécies de cigarrinhas mais abundantes, constantes, freqüentes e dominantes foram analisadas para se conhecer a sua flutuação populacional. Nos dois pomares do RS foram coletados 1103 indivíduos de Cicadellinae distribuídos em 27 espécies. Destas, Erythrogonia dorsalis (Signoret...

Caracterização e quantificação dos danos causados por cigarrinhas adultas do gênero Mahanarva sp. (Hemiptera: Cercopidae) em Brachiaria brizantha cv. Marandu; Characterization and quantification of damage caused by adult spittlebugs of the genus Mahanarva sp. (Hemiptera: Cercopidae) in Brachiaria brizantha cv. Marandu.

Congio, Guilhermo Francklin de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.84%
Dentre as pragas encontradas em pastagens as cigarrinhas ocupam lugar de destaque visto aos grandes prejuízos econômicos causados. No entanto, a falta de estudos que quantifiquem respostas de plantas forrageiras ao ataque do inseto dificulta a compreensão da magnitude dos danos, impossibilitando a definição de estratégias de controle. O objetivo deste experimento foi caracterizar e quantificar respostas de Brachiaria brizantha cv. Marandu sob níveis de infestações de cigarrinhas adultas do gênero Mahanarva sp. (Hemiptera: Cercopidae). O ensaio foi realizado em casa de vegetação na cidade de Piracicaba SP e seus tratamentos corresponderam a quatro níveis de infestações de cigarrinhas (5, 10, 20 e 40 insetos adultos vaso- 1) mais o controle (sem cigarrinhas), distribuídos nas unidades experimentais (vasos) segundo delineamento inteiramente casualizado. O estudo compreendeu período de infestação pelo inseto e de rebrota das plantas, sendo avaliadas as seguintes variáveis-resposta: acúmulo e composição morfológica da forragem, parâmetros bromatológicos (fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg), enxofre (S), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN)), massa de raiz, teor de reservas orgânicas em órgãos de reserva...

Cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) potenciais vetoras de um fitoplasma (grupo 16SrlX) associado a sintomas de Huanglongbing dos citros, suas plantas hospedeiras e quantificação do patógeno; Potential leafhopper vectors (Hemiptera: Cicadellidae) of a phytoplasma (16SrIX group) associated with citrus huanglongbing symptoms, host plants and pathogen quantification

Marques, Rodrigo Neves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.75%
O Huanglongbing (HLB) é uma das mais temidas doenças da citricultura mundial, associada a bactérias do gênero Candidatus Liberibacter, que foram detectadas no Brasil em 2004. Em 2008, detectou-se outra bactéria associada a sintomas de HLB no Estado de São Paulo, que foi caracterizada como sendo um fitoplasma do grupo 16 SrIX. Fitoplasmas são molicutes fitopatógenos restritos ao floema de plantas, disseminados por insetos vetores. O presente trabalho buscou identificar cigarrinhas potencialmente vetoras do fitoplasma associado ao HLB e plantas hospedeiras desses insetos, bem como desenvolver uma técnica de quantificação de DNA desse patógeno em insetos e plantas. Amostragens de cigarrinhas foram realizadas quinzenalmente por 12 meses em dois pomares de laranja com histórico de ocorrência do fitoplasma 16SrIX na região norte do Estado de São Paulo, usando-se armadilhas adesivas amarelas em duas alturas (0,3 e 1,5 m) da copa de árvores cítricas, e rede de varredura na vegetação espontânea. Dados faunísticos identificaram uma espécie de Agalliinae (Agallia albidula Uhler) e três de Deltocephalinae, [Balclutha hebe (Kirkaldy), Planicephalus flavicosta (Stål) e Scaphytopius (Convelinus) marginelineatus (Stål)], como os cicadelídeos (Hemiptera: Cicadellidae) mais abundantes e frequentes nas áreas estudadas. Essas espécies predominaram na amostragem com rede de varredura e na menor altura de coleta com armadilhas adesivas...

Transmissão de um fitoplasma associado ao enfezamento do brócolis por cigarrinhas de diferentes espécies; Transmission of a phytoplasma associated with broccoli stunt by different species of leafhoppers

Kreyci, Patricia Fabretti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.44%
As brássicas compreendem diversas espécies de grande relevância comercial dentre as demais espécies olerícolas cultivadas no Brasil. A região localizada próxima à cidade de São Paulo (SP) tem se destacado no cultivo de brássicas, especialmente do repolho, da couve-flor e do brócolis. Em campos de cultivo destas espécies, tem sido observadas plantas exibindo redução de tamanho, inflorescências mal formadas, avermelhamento de folhas e necrose dos vasos condutores. Investigações tem mostrado que estas anormalidades estão associadas aos fitoplasmas e a doença tem sido denominada enfezamento. Ainda, estudos anteriores têm sugerido a ocorrência de algumas espécies de cigarrinhas potencialmente vetoras destes fitoplasmas. Considerando estas informações, o presente trabalho teve por objetivo identificar espécies transmissoras de fitoplasmas para plantas de brócolis, buscando aumentar os conhecimentos sobre os vetores de fitoplasmas envolvidos com o enfezamento desta cultura. Para isto, foram coletados insetos no interior e áreas marginais de campos cultivados. Estes insetos foram separados em grupos, identificados taxonomicamente e confinados em plantas sadias de brócolis. A avaliação da transmissão foi feita com base na detecção de fitoplasmas nos tecidos dos insetos e das plantas...

Xylella fastidiosa de ameixeira: transmissão por cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) e colonização de plantas hospedeiras; Xylella fastidiosa in plum: transmission by sharphoters (Hemiptera: Cicadellidae) and colonization in host plants

Müller, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.62%
A Escaldadura das Folhas da Ameixeira (EFA) é a principal doença da cultura no Brasil, sendo causada pela bactéria Xylella fastidiosa e transmitida entre plantas pela ação de insetos vetores, mas há carência de informações sobre a identidade dos vetores e plantas hospedeiras para estirpes de X. fastidiosa causando EFA. Objetivando subsidiar uma proposta de manejo da EFA, foram realizados estudos sobre a transmissão de X. fastidiosa por vetores em ameixeira, identificação de plantas hospedeiras da bactéria em vegetação de cobertura dos pomares que possam servir como fontes de inóculo, capacidade de colonização de estirpes de ameixeira, cafeeiro e citros em inoculações cruzadas e validação da técnica de inoculação mecânica como método de avaliação de resistência de cultivars a X. fastidiosa em programas de melhoramento de ameixeira. Inicialmente, por meio de testes de colonização por X. fastidiosa foram identificadas Ocimum basilicum, Vernonia condensata e Pentas lanceolata como plantas não hospedeiras da bactéria, permitindo a criação de cigarrinhas sadias que foram utilizadas nos ensaios de transmissão. As cigarrinhas Macugonalia cavifrons, M. leucomelas e Sibovia sagata (Hemiptera: Cicadellidae: Cicadellinae) foram identificadas como vetoras de X. fastidiosa em ameixeira com eficiência de transmissão por indivíduo variando de 12 a 21%. Para identificação de hospedeiros alternativos do patógeno...

Cigarrinhas potenciais vetoras (Hemiptera: Cercopidae e Cicadellidae) e plantas infestantes associadas à epidemiologia da escaldadura das folhas da ameixeira; Potential hopper vectors (Hemiptera: Cercopidae and Cicadellidae) and weeds associated with the epidemiology of Plum Leaf Scald

Graner, Luiza Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.97%
A Escaldadura das Folhas da Ameixeira (EFA) é uma das principais doenças que prejudicam a produção de ameixas no Brasil. Ela é causada pela bactéria Xylella fastidiosa (Wells) cujos potenciais vetores são cigarrinhas (Hemiptera: Cercopidae e Cicadellidae, Cicadellinae). Sabe-se que existem diversas espécies de cicadelídeos e cercopídeos em pomares de ameixeira, mas faltam informações sobre as plantas hospedeiras desses insetos e sua importância epidemiológica. Esta pesquisa teve por objetivo associar as cigarrinhas potenciais vetoras com as plantas de ameixeira e com plantas infestantes da vegetação de cobertura dos pomares. Para tal, realizaram-se amostragens de cigarrinhas em três pomares de ameixeira no município de Paranapanema-SP, no período de setembro/2012 a abril/2013, usando-se três métodos distintos: a) rede de varredura em plantas infestantes; b) armadilhas adesivas amarelas colocadas na copa das ameixeiras a 0,5 e 2 m acima do solo; e c) amostragens visuais em ameixeiras e certas plantas infestantes. As cigarrinhas coletadas foram triadas e identificadas em laboratório e os resultados obtidos foram submetidos à análise faunística. Para verificar se as plantas infestantes eram hospedeiras da X. fastidiosa...

Levantamento de cigarrinhas e aranhas em pomares de laranja Valência nos Vales do Caí e Taquari, RS, Brasil

Ott, Ana Paula
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.84%
Atualmente no Brasil, já foram identificadas 75 espécies de cigarrinhas ocorrentes em pomares cítricos. Destas, doze espécies são comprovadamente capazes de transmitir Xylella fastidiosa Wells et al. 1987, bactéria causadora da Clorose Variegada dos Citros (CVC). Esta doença foi detectada pela primeira vez no Estado do Rio Grande do Sul em 1993 (Tubelis et al., 1993) e parece estar circunscrita à pomares das regiões com temperaturas mais elevadas no Estado, não sendo porém, descartada a presença da CVC na Região dos Vales do Caí e Taquari (Rosseto, 2001). Além das cigarrinhas consideradas transmissoras e potencialmente vetoras, podem haver outras espécies que ainda não foram identificadas. Por este motivo foram desenvolvidas pesquisas que visaram a identificação das espécies de cigarrinhas, sua abundância, diversidade, sazonalidade, monitoramento e seus inimigos naturais em pomares de laranja “Valência” nos Vales do Caí e Taquari, RS. No primeiro artigo foi estudada a flutuação populacional de nove espécies de cicadelíneos, sendo constatada a presença de dois padrões de sazonalidade, com a maioria das espécies ocorrendo ao longo de todo o ano e uma espécie que ocorreu em um período restrito. No segundo...

História natural de Aulacothrips (THYSANOPTERA: HETEROTHRIPIDAE) e os efeitos do ectoparasitismo em cigarrinhas trofobiontes (HEMIPTERA: AUCHENORRHYNCHA)

Cavalleri, Adriano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
28.05%
O registro do hábito ectoparasita em Thysanoptera estava limitado a Aulacothrips dictyotus (Heterothripidae). Esta espécie foi previamente registrada infestando ninfas e adultos de Aetalion reticulatum (Hemiptera: Aetalionidae), e acreditava-se que essa fosse uma associação única entre os tisanópteros. Entretanto, em recentes observações em áreas de Cerrado e floresta Amazônica, duas novas espécies de Aulacothrips foram encontradas, Aulacothrips minor e Aulacothrips amazonicus, respectivamente. Estes novos táxons apresentam histórias de vida distintas de Au. dictyotus e infestam diferentes hospedeiros. Ao mesmo tempo que não se conhecia a gama de hospedeiros destes tisanópteros, nada se sabia sobre a real interação deste tripes com as cigarrinhas e quais os efeitos da presença destes insetos para os Hemiptera. Nossos resultados indicam que Au. minor infesta várias espécies de Membracidae (Hemiptera), principalmente Guayaquila xiphias em áreas de Cerrado, enquanto que Au. amazonicus foi observada infestando cigarrinhas do gênero Ramedia (Membracidae) no Estado do Pará. Já Au. dictyotus ataca apenas Ae. reticulatum, uma cigarrinha de importância agrícola que possui uma ampla distribuição na América do Sul. Todas as espécies de Aulacothrips foram observadas sempre em hemípteros de hábito gregário atendidos por formigas...

Flutuação populacional de cigarrinhas-das-pastagens em braquiária e capim-elefante

Auad,Alexander Machado; Carvalho,Caio Antunes de; Silva,Daniela Maria da; Deresz,Fermino
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a flutuação populacional de cigarrinhas-das-pastagens em Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens e Pennisetum purpureum. As avaliações foram realizadas em campo, entre setembro de 2005 e março de 2007. Ninfas e adultos de cigarrinhas-das-pastagens foram contabilizados em: B. brizantha cultivares Marandu, Xaraés e Arapoti, submetidas a rodízios de carga animal; em B. decumbens, em sistema silvipastoril; e em 78 genótipos de P. purpureum. A densidade populacional de Deois schach, na cultivar Arapoti, foi superior à de Xaraés e de Marandu. Em B. decumbens, o número de cigarrinhas-das-pastagens foi quatro vezes maior que em B. brizantha. Não foram observadas diferenças significativas no número de cigarrinhas-das-pastagens nos diferentes genótipos de P. purpureum.

Flutuação populacional de espécies de cigarrinhas transmissoras da clorose variegada dos citros (CVC) em Viçosa-MG

Santos,Dierlei dos; Siqueira,Dalmo Lopes de; Picanço,Marcelo Coutinho
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.84%
Os objetivos deste trabalho foram avaliar a presença e a dinâmica populacional, ao longo do ano, de cigarrinhas transmissoras da CVC, no município de Viçosa - MG. As coletas foram realizadas no período de agosto de 2003 a julho de 2004, com auxílio de armadilhas adesivas amarelas e com rede entomológica (puçá). Das onze espécies comprovadamente capazes de transmitir a CVC, foram encontradas nove. O número total de cigarrinhas capturadas foi de 2.966, sendo 2.805 nas armadilhas e 161 no puçá. As três espécies da família Cicadellidae mais expressivas em número de insetos foram Bucephalogonia xanthophis (36,6% capturados na rede entomológica e 34,7% na armadilha), Dilobopterus costalimai (9,9% capturados na rede entomológica e 11,3% na armadilha) e Acrogonia citrina (6,8% capturados na rede entomológica e 7,4% na armadilha). No mês de novembro, foram coletadas 378 cigarrinhas, correspondendo ao mês de maior incidência, sendo que 292 dessas foram coletadas na primeira quinzena, concorrendo para um pico populacional. Não houve diferença significativa entre o número médio de cigarrinhas coletadas no interior e na periferia da área.

Chave para as espécies de cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae: Cicadellinae) vetoras da clorose variegada dos citros (CVC)

Marucci,Rosangela C.; Cavichioli,Rodney R.; Zucchi,Roberto A.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.44%
Uma chave para identificação de Dilobopterus costalimai Young, Acrogonia sp., Oncometopia facialis (Signoret), Bucephalogonia xanthophis (Berg) e Plesiommata corniculata Young baseada em caracteres morfológicos externos e na genitália masculina é apresentada. Essas cigarrinhas são vetoras de Xylella fastidiosa em citros. As quatro primeiras espécies são coletadas em diversos hábitats como pomar, mata, várzea, brejo, cana-de-açúcar, café, enquanto P. corniculata ocorre principalmente em gramíneas, Brachiaria decumbens Stapf, Cynodon dactylon (L.) Pers.

Rebrota do capim-marandu submetido ao ataque de cigarrinhas

Congio,G.F. de S; Corsi,M; Almeida,P.C. de; Goulart,R.C.D; Passos,L.P; Köpp,M.M
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
O objetivo deste experimento foi caracterizar e quantificar respostas de Brachiaria brizantha cv. Marandu sob níveis de infestações de cigarrinhas adultas do gênero Mahanarva (Hemiptera: Cercopidae). O ensaio foi realizado em casa de vegetação na Cidade de Piracicaba, SP, e seus tratamentos corresponderam a quatro níveis de infestações de cigarrinhas (5, 10, 20 e 40 insetos adultos vaso-1) mais o controle (sem cigarrinhas), distribuídos nas unidades experimentais (vasos) segundo delineamento inteiramente casualizado. O estudo compreendeu período de infestação pelo inseto e de rebrota das plantas. Avaliaram-se as seguintes variáveis-resposta: acúmulo de forragem, massa de raiz e teor de reservas orgânicas. Não foi observado efeito das cigarrinhas na massa das frações rebrote, resíduo e sistema radicular do capim-marandu (p > 0,05). A massa do resíduo e sistema radicular, assim como a concentração de carboidratos não estruturais nesses órgãos de acúmulo, sofreram influência apenas do período de rebrota (p < 0,0001). Já a concentração de nitrogênio total no resíduo e nas raízes foi influenciada pela interação entre níveis de infestação e período de rebrota (p < 0,0001 e p = 0,0521).

Flutuação populacional de cigarrinhas-das-pastagens em braquiária e capim-elefante.

AUAD, A. M.; CARVALHO, C. A. de; SILVA, D. M. da; DERESZ, F.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 9, p. 1205-1208, set. 2009. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 9, p. 1205-1208, set. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.75%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a flutuação populacional de cigarrinhas-das-pastagens em Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens e Pennisetum purpureum. As avaliações foram realizadas em campo, entre setembro de 2005 e março de 2007. Ninfas e adultos de cigarrinhas-das-pastagens foram contabilizados em: B. brizantha cultivares Marandu, Xaraés e Arapoti, submetidas a rodízios de carga animal; em B. decumbens, em sistema silvipastoril; e em 78 genótipos de P. purpureum. A densidade populacional de Deois schach, na cultivar Arapoti, foi superior à de Xaraés e de Marandu. Em B. decumbens, o número de cigarrinhas-das-pastagens foi quatro vezes maior que em B. brizantha. Não foram observadas diferenças significativas no número de cigarrinhas-das-pastagens nos diferentes genótipos de P. purpureum.; 2009

Proteínas expressas em Brachiaria brizantha envolvidas nos mecanismos de resistência às cigarrinhas-das-pastagens.

MEIRELES, K. G. X.; VALLE, C. B. do; CHIARI, L.; ROBLES, C.; NASCIMENTO, D.; COSTA, P. P.
Fonte: In: SIMPÓSIO SOBRE INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE CIENTÍFICA NA EMBRAPA, 2., 2010, Brasília, DF. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2010. Publicador: In: SIMPÓSIO SOBRE INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE CIENTÍFICA NA EMBRAPA, 2., 2010, Brasília, DF. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 p.
Português
Relevância na Pesquisa
27.91%
No Brasil, o gênero Brachiaria spp. inclui as cultivares de gramíneas mais importantes para a produção de carne bovina. O monocultivo de extensas áreas com uma ou poucas cultivares contribuiu para o avanço das cigarrinhas-das-pastagens, sua principal praga. Estima-se que as cigarrinhas ocorrem em aproximadamente 10 milhões de hectares de pastagens, provocando perda na qualidade da forragem e diminuição na produção de matéria seca, resultando na redução da capacidade de suporte da mesma. A diversificação das pastagens a partir do uso alternado de cultivares com diferentes graus de resistência às cigarrinhas é uma alternativa eficiente para controlar os danos causados por essa praga. Para tanto, a avaliação de materiais quanto à resistência às cigarrinhas-das-pastagens constitui-se uma atividade fundamental, que vem sendo realizada como parte importante do programa de melhoramento de braquiária. Entretanto, esta avaliação é realizada em casa-de-vegetação e no campo, em um processo que leva aproximadamente 10 anos. Em função disso, o screening de genótipos quanto à resistência às cigarrinhas-das-pastagens, o mais cedo possível, no programa de desenvolvimento de novas cultivares de braquiária, tem sido uma prioridade. Dentro deste contexto...

Flutuação populacional das cigarrinhas-das-pastagens em pastos de Brachiaria humidicola em Rio Branco, Acre.

FERREIRA, A. S.; ANDRADE, C. M. S. de; FAZOLIN, M.
Fonte: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 17.; MOSTRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, 7., 2008, Rio Branco. A iniciação científica em direção à formação de novos talentos na pesquisa: anais. Rio Branco, AC: UFAC: Uninorte: Embrapa Acre, 2008. Publicador: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 17.; MOSTRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, 7., 2008, Rio Branco. A iniciação científica em direção à formação de novos talentos na pesquisa: anais. Rio Branco, AC: UFAC: Uninorte: Embrapa Acre, 2008.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
37.84%
As cigarrinhas-das-pastagens constituem um dos principais problemas que afetam a produção e persistência das pastagens em regiões tropicais. Diversas cultivares do gênero Brachiaria são hospedeiros destes insetos e com freqüência os níveis populacionais atingem níveis suficientes para ocasionar danos significativos às plantas. Uma das principais alternativas para a redução dos problemas com as cigarrinhas-das-pastagens é a diversificação com o uso de gramíneas resistentes, de modo que os atuais programas de melhoramento de gramíneas forrageiras do Brasil utilizam a resistência às cigarrinhas como um dos principais critérios de seleção de cultivares. Este estudo foi realizado com o objetivo de comparar a flutuação população de cigarrinhas-das-pastagens em dois genótipos de Brachiaria humidicola nas condições ambientais do Acre .; 2008