Página 1 dos resultados de 2979 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Glossário terminológico de comércio exterior chinês/português; Terminological glossary of international trade Chinese/Portuguese

Liu, Yinping
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
A dissertação "Glossário Terminológico de Comércio Exterior" Chinês/ Português/Chinês tem por objetivo elaborar uma pesquisa terminográfica bilíngüe das unidades de conhecimento especializado relacionadas à área de comércio exterior relevantes para a relação Brasil-China, por meio da organização dessas unidades em um glossário terminológico. Inicialmente faz-se uma revisão da história cultural e comercial entre o mundo lusófono e o chinês com o objetivo de justificar a demanda de um trabalho terminológico de comércio exterior entre o Brasil e a China. A seguir, apresenta-se uma introdução à história e à teoria fundamental da Terminologia. Aplicando-se os métodos da terminologia descritiva, coletaram-se e registraram-se as unidades especializadas constantes de documentos comumente empregados no comércio exterior. A parte final deste trabalho compreende um glossário organizado consoante os dados constantes das fichas terminológicas, com cerca de 120 termos entre chinês-português e português-chinês; The thesis "Terminological Glossary of International Trade (Chinese/ Portuguese/Chinese)" purports to conduct a bilingual terminological survey of international trade terms relevant to Chinese-Brazilian relations...

A política de comércio exterior brasileira de 1995 a 1998 : a política comercial estratégica e o caso Embraer

Petry, Mariana Simões
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Este trabalho é uma análise da política comercial externa de 1995 a 1998, caracterizada, entre outros fatores, pela política comercial estratégica e o caso da Embraer. São abordadas nessa análise algumas questões como a taxa de câmbio, a institucionalidade do comércio exterior do período, os financiamentos às exportações e o apoio governamental à Embraer. Para tanto, foi utilizada a teoria do comércio exterior estratégico, que defende o uso de incentivos para o desenvolvimento de determinadas indústrias nascentes nas quais o país possui interesses estratégicos. O principal argumento desse trabalho afirma que, apesar de a taxa de câmbio valorizada ter repercutido de forma negativa no desempenho do comércio exterior do país, o governo adotou outras iniciativas e esforços para estimular as exportações brasileiras, das quais podemos citar: a remontagem do sistema institucional do comércio exterior, a retomada e revitalização dos mecanismos de financiamento como o BNDES-Exim e o Proex, o apoio às micro e pequenas empresas e o apoio à EMBRAER, configurando assim uma política comercial estratégica.; This work is a review about the brazilian foreign commercial policy from 1995 to 1998, which is characterized...

Política doméstica e política internacional: a institucionalidade da política brasileira de comércio exterior

Andrade, Pedro Henrique Gandra Pia de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 91 f. : il. color.
Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Relações Internacionais (UNESP - UNICAMP - PUC-SP) - FFC; Esta dissertação analisa a institucionalidade da Política Brasileira de Comércio Exterior, focando no papel exercido pela CAMEX na formulação e controle das políticas que regem o comércio exterior brasileiro. O modelo institucional construído a partir das reformas liberalizantes do início dos anos 1990 ocasionou instituições flexíveis e capazes de acomodar os distintos interesses e agendas dos setores da administração pública federal, direta e indiretamente vinculados à política de comercio exterior. A sugestão proposta pela pesquisa se mostra perceptível ao analisarmos a evolução da atuação da CAMEX ao longo das duas últimas décadas e as transformações institucionais pelas quais passou. A análise também permite concluir que esta arquitetura institucional, construída a partir do sistema CAMEX, não foi capaz de realizar os ajustes necessários para que o comércio exterior brasileiro acompanhasse o processo de crescente sofisticação e dinamismo do comércio internacional. Como resultado...

Globalização e inserção externa da economia brasileira : politica economica, investimentos diretos estrangeiros e comercio exterior, na decada de 1990

Antonio Correa de Lacerda
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
A tese analisa o papel dos investimentos diretos estrangeiros na economia brasileira, no contexto de globalização e da inserção externa e sua relação com o padrão de comércio exterior do País na década de 1990. O primeiro capítulo caracteriza o fenômeno da globalização, tanto do ponto de vista financeiro quanto produtivo e os principais desafios advindos dessa nova fase da acumulação capitalista para os países em desenvolvimento, em especial quanto ao papel do Estado e das políticas públicas. O segundo capítulo analisa os fluxos de investimento direto estrangeiro e de comércio internacional e a crescente inter-relação entre investimento e comércio, na medida em que as empresas transnacionais passam a ser fatores determinantes no padrão de comércio externo dos países. O terceiro capítulo trata da questão da inserção externa dos países em desenvolvimento, especialmente no que se refere aos investimentos diretos estrangeiros e as exportações e de que forma se alterou o padrão de comércio exterior a partir do novo cenário. O quarto capítulo traz uma análise da política econômica e da reestruturação produtiva da economia brasileira na década de 1990, analisando de que forma a abertura da economia e a implantação do Plano Real agravaram a vulnerabilidade da economia...

Internacionalização da P&D : avaliação dos impactos das atividads de P&D de subsidiária estrangeiras localizadas no Brasil sobre o comércio exterior; Internacionalization of R&D : R&D of multinational enterprises and impact in international trade of Brazil

Charles Bonani de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
O papel desempenhado pelas empresas multinacionais na economia internacional vem sendo objeto de grande interesse entre os pesquisadores. Principalmente devido à recente e significativa expansão dessas empresas. A internacionalização das atividades de inovação tecnológica, em especial a P&D, tem chamado atenção principalmente por serem atividades que costumavam se concentrar na matriz corporativa, localizada nos países desenvolvidos. Muitos trabalhos discutem os impactos dessas atividades sobre os países hospedeiros, por exemplo, os chamados efeitos de transbordamento ou spillovers tecnológicos. No entanto, permanecem lacunas importantes nos estudos desses impactos. Cabe, por exemplo, perguntar: os investimentos estrangeiros em atividades de P&D promovem o comércio exterior dos países hospedeiros? Essa é a questão que norteia o objetivo principal desse estudo, que buscou encontrar evidências de que os investimentos ligados a essas atividades podem promover o comércio exterior. O estudo se baseia em duas hipóteses: uma principal, para a qual os investimentos estrangeiros em P&D podem promover o saldo comercial em benefício do país hospedeiro; e outra que considera ter ocorrido evolução das atividades desenvolvidas pelas subsidiárias instaladas no país...

Desenvolvimento capitalista e inserção externa na Coréia do Sul : a economia política da diversificação industrial e do comércio exterior de bens de capital (1974-1989); Capitalist development and external insertion in South Korea : the political economy of industrial diversification and foreign trade of capital goods (1974-1989)

Uallace Moreira Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Ao longo dos anos 1980 e 1990, muitos autores de diversas correntes teóricas realizaram estudos comparativos entre o modelo de desenvolvimento econômico dos países do Leste Asiático e dos países da América Latina, cujo objetivo principal foi identificar os motivos e razões dos diferenciais de performance das economias desses países, principalmente, em relação ao comércio exterior. Nesta tese, analisamos o modelo de desenvolvimento da Coréia do Sul, entre o período de 1973/1989, selecionando em especial o ramo industrial tipicamente mais intensivo em tecnologia, o ramo de bens de capital. Procura-se analisar o comércio exterior setorial para avaliar historicamente a validade das hipóteses das diversas correntes teóricas de interpretação sobre a economia coreana e propor uma síntese das correntes heterodoxas. Identificamos basicamente três correntes de interpretação no debate acerca do desenvolvimento econômico coreano: a) a corrente de cunho neoclássica que defende a hipótese de que o sucesso da economia coreana tem origem em uma economia orientada pelos princípios do mercado seguindo um modelo de desenvolvimento orientado para fora, o chamado export-led, sendo que o Estado tem uma presença ínfima apenas no sentido de criar um arcabouço institucional que promovesse o bom funcionamento do mercado; b) a corrente heterodoxa endogenista a qual interpreta o desenvolvimento econômico da Coréia colocando o Estado como elemento central e o principal ator desse processo...

Estrutura de informação sobre comércio exterior em Santa Catarina

Lino, Sônia Regina Lamego
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico; O trabalho tem como objetivo geral estudar a estrutura de informação sobre comércio exterior em Santa Catarina e o uso dessa estrutura de informação pelos usuários das médias empresas do setor moveleiro catarinense que exportam para o MERCOSUL. Os objetivos específicos são: 1) identificar as instituições públicas e privadas que mantêm estrutura de informações sobre comércio exterior em Santa Catarina; 2) caracterizar a estrutura de informação sobre comércio exterior em Santa Catarina, quanto aos produtos e serviços de informação; 3) caracterizar os usuários de informações sobre comércio exterior, das médias empresas do setor moveleiro de Santa Catarina que exportam para o MERCOSUL; 4) verificar o conhecimento da estrutura de informação sobre comércio exterior e a utilização dos produtos e serviços desta estrutura pelos usuários das médias empresas do setor moveleiro de Santa Catarina; 5) avaliar o tipo de informação sobre comércio exterior necessária às médias empresas catarinenses de móveis que exportam para o MERCOSUL; 6) propor alternativas de ação que otimizem a disponibilidade e o acesso às informações sobre comércio exterior para os usuários das médias empresas do setor moveleiro de Santa Catarina. A pesquisa é empírica...

Análise comparativa dos procedimentos nas operações de comércio exterior antes e após a terceirização na Fiat Automóveis S/A

Zupo, Rogério Carvalho
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 166 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2003; Este trabalho identifica as congruências e divergências nos procedimentos das operações de comércio exterior atualmente realizadas pela SADI do Brasil Ltda. e as efetuadas pela Fiat Automóveis S/A antes da terceirização. Trata-se de uma pesquisa aplicada, de caráter qualitativo, dado que o processo e seu significado correspondem aos temas principais da abordagem. Utilizando-se das técnicas de observação e de entrevista não estruturada procedeu-se a coleta de dados. O estudo apresenta as operações de comércio exterior a partir dos procedimentos sistêmicos que haviam sido efetuados na Fiat Automóveis S/A, antes da terceirização, comparando-os com os procedimentos sistêmicos desenvolvidos atualmente na SADI do Brasil Ltda. A análise comparativa demonstra a evolução da prestação de serviços, descrevendo os sistemas informativos para processamento de dados voltados à gestão de comércio exterior de diferentes modalidades, cada uma com a sua complexidade. Com base na análise dos dados, conclui-se que as operações de comércio exterior executadas pela SADI do Brasil Ltda. apresentam uma evolução significativa na execução e controle comparativamente com os realizados pela Fiat Automóveis S/A....

Relações internacionais: o comércio exterior do Brasil e Rio Grande do Norte no período de 1999 a 2008; International Relations: foreign trade of Brazil and Rio Grande do Norte from 1999 to 2008

Dantas, Jefferson Teixeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.58%
The period post-war promoted several changes in relations economic, political and social world. Since then, a new division international of labor has delineated, with the great growth of Asian countries. In the field of international relations, the world still appears to transition is not completed because the old institutions were not replaced by new ones and the power of the United States as a major capitalist country remains unshaken, even with the emergence and strengthening of new economic global blocs. With globalization, Brazil emerges with more intensity in the face of new issues global, although its share in transactions trade global hasn‟t changed accordingly. In this sense, the objective of this dissertation is to examine, in a descriptive and critical the development of international relations and trade of Brazil and Rio Grande do Norte with the main blocs in the world from 1999 to 2008. As a secondary objective: to identify the assumptions theoretical that underpinned the decisions governments of the FHC and Lula, in particular, the interference of these terms in international relations and foreign trade. Adopted as the procedure methodological the literature review of the subject, as well as collection and processing of the data of foreign trade. During the Cardoso government has undergone the substantial growth in imports...

Comercio Exterior

FILMUS [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Otorgar reconocimiento oficial y validez nacional a los títulos de Perito en Comercio Exterior y Licenciado en Comercio Exterior, que expide la Universidad Nacional del Nordeste, cuyo plan de estudios obra como Anexo de la presente resolución

Comércio internacional, politica comercial brasileira e a atuação da Câmara de Comércio Exterior (CAMEX) na condução das políticas para o setor

Ramos, Guilherme Cantarino da Costa
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
The proposal of this study is to present an assessment of the performance of the Brazilian Government Chamber of Foreign Trade (Camex), which is a board of the Council of Government responsible for the formulation, implementation and coordination of the Brazilian trade policy. The study begins with a historical approach to the international trade and the Brazilian foreign trade, mentioning its origins, features and interfaces with the economic development of the country. Based on the approach aforementioned, several interviews were made with authorities, who have remarkable knowledge about the subject, in order to obtain their views, experiences and suggestions concerning the performance of Camex since its creation in 1995. The list of interviewees includes authorities that are currently responsibles for the conduct of the policy on foreign trade, representatives of the organized society, and authorities who were in important positions in this segment of the federal public administration, regarding both the Minister of State, as Director of Cacex and the Executive Secretary of Camex. The conclusions of the study indicate that the Camex has not been succeeding in fully exercise its mandate of formulate, implement and coordinate the foreign trade policy of Brazil. A combination of factors contributes to this situation...

Mitigación del riesgo de lavado de activos en las operaciones de comercio exterior en las empresas del sector real en Colombia

Betancur Betancur, Adrián; Escobar Henao, Andrés Felipe
Fonte: Especialización en Gerencia del Conocimiento Organizacional; Facultad de Ciencias Económicas y Administrativas Publicador: Especialización en Gerencia del Conocimiento Organizacional; Facultad de Ciencias Económicas y Administrativas
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.56%
El presente trabajo de grado hace referencia a la Mitigación del riesgo de lavado de activos en las operaciones de comercio exterior en las empresas del sector real en Colombia, en el mismo se proponen estrategias y criterios para que las empresas del sector real puedan mitigar dicho riesgos , es de anotar que en síntesis el lavado de activos se refiere al conjunto de procedimientos destinados a desviar el dinero ilícito de su verdadero origen, haciéndolo aparecer como legal al interior de la economía. El lavado de activos ha tenido un impacto muy fuerte en nuestro país, este fenómeno se presentó en la década de los sesenta y setentas a través del contrabando y posteriormente fue impulsado en gran parte por el auge de los carteles del narcotráfico concretamente en la década de los ochenta y el poder que llegaron a alcanzar es enorme, toda vez que ha permeado todas las esferas de la nación esto es la política, los diferentes sectores sociales, militares, religiosos y económicos entre otros, en tal medida el sector financiero no es ajeno a este flagelo y desde entonces ha venido adelantando esfuerzos para mitigar dicho fenómeno, los cuales han sido reconocidos por organismos mundiales que luchan contra el lavado de activos como el GAFI (Grupo de Acción Financiera Internacional). Con la creciente internacionalización del estado a través de los bloques económicos y los acuerdos de libre comercio...

Estudo do comércio exterior brasileiro de serviços no período de 1990 a 2012

Silva, Duan Jader da
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Artigo submetido para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Administração com Linha Específica em Comércio Exterior da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; O presente artigo delineia o estudo sobre o comércio exterior brasileiro de serviços no período de 1990 a 2012. Período este, condizente com grandes mudanças para a economia brasileira. Dentre as quais, o setor de comércio exterior de serviços emerge como um dos mais proeminentes setores gerador do crescimento e desenvolvimento econômico nacional. Além disso, são apresentadas algumas peculiaridades do setor de serviços, demonstrando que este setor, não só é de difícil definição, como também é de ampla heterogeneidade. Os principais órgãos que intervém ao tratamento do tema, assim como, subsídios fornecidos para o aprimoramento e desenvolvimento do comércio exterior brasileiro de serviços. A metodologia utilizada neste artigo é de caráter descritivo e exploratório, devido à busca e exploração de dados secundários disponibilizados por órgãos oficiais brasileiros e internacionais, como o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Banco Central do Brasil (BACEN), e Conferência das Nações Unidas Sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). O meio de investigação foi o documental...

Rússia, Índia e China : comércio exterior e investimento direto externo; Comunicados do Ipea 43 : Rússia, Índia e China : comércio exterior e investimento direto externo

Grimaldi, Daniel; Oliveira, Luis Felipe de; Pineli, André; Schartzmann, Samira; Acioly, Luciana; Leão, Rodrigo Pimentel Fereira
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Comunicados do Ipea
Português
Relevância na Pesquisa
66.56%
Este Comunicado do Ipea tem como objetivo apresentar algumas considerações sobre Rússia, Índia e China nos temas comércio exterior e investimento direto externo, a partir de pesquisas em andamento na Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Direpi). Neste texto, é mostrado o Índice de Vantagem Comparativa Revelada para os produtos transacionados internacionalmente por esses países, e são caracterizados os processos de internacionalização de suas empresas, com ênfase nas políticas públicas de apoio e promoção a esses processos. Dessa forma, o presente Comunicado encontra-se dividido em duas partes, quais sejam: I) Comércio exterior, voltada ao padrão de especialização exportador dos BRIC; II) Investimento direto externo, a qual detalha a internacionalização das empresas russas, indianas e chinesas.; 21 p. : il.

Radar : tecnologia, produção e comércio exterior : n. 41, out. 2015

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais de Inovação, Regulação e Infraestrutura (Diset)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar
Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
O “Radar: tecnologia, produção e comércio exterior” é uma publicação bimestral do Ipea, que apresenta artigos variados originados de pesquisas do corpo técnico da instituição. Seu objetivo é apresentar os resultados preliminares de pesquisas que se encontram em desenvolvimento no Ipea, e que serão publicadas na forma de Textos para Discussão ou de capítulos de livros. Os temas divulgados envolvem estudos sobre inovações tecnológicas, competitividade industrial, comércio exterior, políticas de apoio ao desenvolvimento científico, mercado de trabalho, qualificação de mão de obra, patentes industriais, e outros temas desenvolvidos pelo Ipea.; n. 41, 55 p.

As Transformações estruturais do comércio exterior chinês; Comunicados do Ipea 97 : As Transformações estruturais do comércio exterior chinês

Chernavsky, Emílio; Leão, Rodrigo Pimentel Ferreira
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Comunicados do Ipea
Português
Relevância na Pesquisa
66.61%
A partir das reformas econômicas promovidas pelo governo, após a ascensão ao poder de Deng Xiaoping no final da década de 1970, a economia chinesa passou por profundas transformações que modificaram de modo radical a estrutura produtiva interna, assim como o padrão de inserção externa do país. Este capítulo procura discutir as mudanças comerciais da China, tentando incorporar os aspectos mencionados. Para tanto, na segunda seção, após esta introdução, apresenta-se o desempenho mais geral do comércio exterior chinês, indicando as principais transformações em termos de volume, pauta e dispersão geográfica das exportações e importações. Na terceira seção, discute-se a lógica das reformas do comércio exterior do país desde o início dos anos 1980, quando se conformaram dois regimes comerciais distintos, destacando a importância da articulação entre o capital nacional e o estrangeiro para dinamizar as exportações e atrair tecnologia. Na quarta seção, apontam-se os instrumentos de política utilizados para implementar estas reformas e analisa-se a forma de gestão ativa da taxa de câmbio. Por último, seguem-se as considerações finais; 44 p. : il.

Comércio exterior e performance das manufaturas de média-alta e alta tecnologia; Nota Técnica n. 05 (Dinte) : Comércio exterior e performance das manufaturas de média-alta e alta tecnologia

Marconi, Nelson
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Tipo: Nota Técnica
Português
Relevância na Pesquisa
66.57%
Detalhamento da performance dos setores de bens manufaturados de média-alta e alta tecnologia mediante a a avaliação da influência do comportamento do comércio exterior sobre os indicadores de produção e emprego desses setores.; 28 p. : il.

Radar : tecnologia, produção e comércio exterior : n. 40, ago. 2015

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais de Inovação, Regulação e Infraestrutura (Diset)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar
Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
O “Radar: tecnologia, produção e comércio exterior” é uma publicação bimestral do Ipea, que apresenta artigos variados originados de pesquisas do corpo técnico da instituição. Seu objetivo é apresentar os resultados preliminares de pesquisas que se encontram em desenvolvimento no Ipea, e que serão publicadas na forma de Textos para Discussão ou de capítulos de livros. Os temas divulgados envolvem estudos sobre inovações tecnológicas, competitividade industrial, comércio exterior, políticas de apoio ao desenvolvimento científico, mercado de trabalho, qualificação de mão de obra, patentes industriais, e outros temas desenvolvidos pelo Ipea.; n. 40, 55 p.

Relatório de prestação de contas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior: 2003-2006

Brasil. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) Publicador: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Tipo: Relatório de gestão
Português
Relevância na Pesquisa
106.54%
127 p., il. color.; O presente documento busca apresentar os resultados das ações realizadas nos anos de 2003 a 2006 para o desenvolvimento das áreas de comércio exterior e indústria.

Relatório de gestão Ministério do desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior: 2007-2010

Brasil. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) Publicador: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Tipo: Relatório de gestão
Português
Relevância na Pesquisa
106.57%
88 p. il. color.; Este relatório apresenta as principais ações e políticas executadas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC e órgãos vinculados, entre 2007 e 2010. O maior objetivo é informar como o MDIC cumpriu suas atribuições de formular e executar políticas para o desenvolvimento da indústria, do comércio e dos serviços; auxiliar na formulação da política de apoio à micro e pequena empresa; administrar o comércio exterior do País; regulamentar e executar os procedimentos relativos às investigações de defesa comercial; participar das negociações internacionais relacionadas com o comércio, investimentos e cooperação com nossos principais parceiros.