Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

An in vitro comparison of subjective image quality of panoramic views acquired via 2D or 3D imaging

Pittayapat, P.; Galiti, D.; Huang, Y.; Dreesen, K.; Schreurs, M.; Couto Souza, P.; Bullen, Izabel Regina Fischer Rubira de; Westphalen, F. H.; Pauwels, R.; Kalema, G.; Willems, G.; Jacobs, R.
Fonte: Springer-Verlag; Berlin Publicador: Springer-Verlag; Berlin
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.93%
Objectives: The objective of this study is to compare subjective image quality and diagnostic validity of cone-beam CT (CBCT) panoramic reformatting with digital panoramic radiographs. Materials and methods: Four dry human skulls and two formalin-fixed human heads were scanned using nine different CBCTs, one multi-slice CT (MSCT) and one standard digital panoramic device. Panoramic views were generated from CBCTs in four slice thicknesses. Seven observers scored image quality and visibility of 14 anatomical structures. Four observers repeated the observation after 4 weeks. Results: Digital panoramic radiographs showed significantly better visualization of anatomical structures except for the condyle. Statistical analysis of image quality showed that the 3D imaging modalities (CBCTs and MSCT) were 7.3 times more likely to receive poor scores than the 2D modality. Yet, image quality from NewTom VGi® and 3D Accuitomo 170® was almost equivalent to that of digital panoramic radiographs with respective odds ratio estimates of 1.2 and 1.6 at 95% Wald confidence limits. A substantial overall agreement amongst observers was found. Intra-observer agreement was moderate to substantial. Conclusions: While 2D-panoramic images are significantly better for subjective diagnosis...

Avaliação por meio da tomografia computadorizada por feixe cônico de vias aéreas superiores de pacientes com atresia de palato, que possuem mordida cruzada posterior; Evaluation by means of cone beam computed tomography of the upper airways of patients with atresia of the palate, which have posterior crossbite

Hernandez-Zanet, Angelica Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.29%
A atresia do palato ou deficiência maxilar transversa tem comprovado a sua influência na relação craniofacial e respiratória, por isso, diversos métodos de expansão palatina têm sido estudados para que haja uma melhora significativa, principalmente dos fatores respiratórios destes pacientes. O uso da tomografia por feixe cônico iniciou um novo conceito de estudo cefalométrico em terceira dimensão, no qual se consegue avaliar o paciente em todos os planos, sem que haja sobreposições de estruturas, podendo avaliar com precisão as relações craniofaciais, as vias aéreas e a relação destas estruturas. Portanto, o uso da tomografia computadorizada com ênfase na área ortodôntica, nos permite realizar um diagnóstico completo pré-tratamento ortodôntico, no qual objetivamos avaliar a correlação entre mordida cruzada posterior e a obstrução das vias aéreas superiores por meio de tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC). Foram utilizadas TCFC de arquivo de 32 pacientes com idade entre 6 e 14 anos, divididos em dois grupos: um grupo de 16 crianças com mordida cruzada posterior e o grupo controle . O critério de exclusão da amostra foi a realização de tratamento ortodôntico prévio, ter realizado cirurgia no complexo maxilo mandibular ou ser portador de alterações patológicas na região. Foi realizada a comparação das medidas da largura e da altura do palato em relação às medidas lineares e ao volume segmentado e total das vias aéreas superiores dos pacientes com e sem mordida cruzada posterior. No grupo com mordida cruzada...

Avaliação tomográfica e histomorfométrica da influência da terapia a laser de baixa intensidade sobre o reparo tecidual perimplantar em mandíbulas de coelhos; Tomographic and histomorphometric evaluation of the influence of low level laser therapy on the peri-implant tissue repair in jaws of rabbits

Massotti, Fabrício Poletto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56%
Introdução: A terapia a laser de baixa intensidade (LLLT) é uma importante ferramenta na biomodulação tecidual quando do processo cicatricial de uma ferida ou dano cirúrgicos. A sua aplicação favorece o reparo ósseo na região de implantes dentários. Objetivos: Avaliar as alterações no processo de reparo ósseo perimplantar em alvéolo do incisivo inferior de coelho após exodontia seguido da instalação imediata de um implante osseointegrável, irradiado ou não com laser de baixa intensidade (AsGaAl) em diferentes parâmetros através da análise da densidade de imagem perimplantar por tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) e histomorfométrica da interação entre osso e implante. Verificar a aplicabilidade da TCFC no controle pós-operatório de implantes dentários através de correlação com a microscopia óptica. Metodologia: A amostra foi composta por vinte e quatro fragmentos de mandíbulas dissecadas de coelhos contendo um implante dentário colocado após a exodontia. A distribuição das amostras foi realizada de forma que cada grupo conteve seis mandíbulas, sendo um grupo controle (C) e três grupos experimentais (EI, EII, EIII) seguindo o padrão de aplicação da laserterapia, nos animais in vivo durante 13 dias. O grupo controle recebeu aplicação de laser placebo. O grupo EI recebeu dose de 70J/cm2...

Análise tomográfica, histológica, histométrica e imunoistoquímica do beta tricálcio fosfato com osso autógeno em aumento do soalho de seio maxilar

Pereira, Rodrigo dos Santos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 101 f. : il. + 1 CD-ROM
Português
Relevância na Pesquisa
25.85%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 12/10028-7; Processo FAPESP: 12/08455-4; Pós-graduação em Odontologia - FOA; A proposta deste estudo é avaliar o comportamento do enxerto ósseo composto de beta tricálcio fosfato (B-TCP) misturado ao osso autógeno na proporção de 1:1 frente a reabsorção, neoformação óssea e atividade molecular na enxertia do seio maxilar de humanos. Nove seios maxilares foram enxertados com esse material (Grupo Teste) e 12 com osso autógeno (Grupo Controle). Após 7 a 15 dias, os pacientes foram submetidos a uma tomografia computadorizada (TC) cone bean para mensurar o volume inicial do enxerto (T1). Decorrido 6 meses de reparação óssea, uma nova TC foi realizada para avaliar o volume final (T2) e verificar as alterações volumétricas dos materiais. Após 6 meses, no momento da instalação dos implantes dentais, biópsias foram colhidas por meio de uma broca trefina para avaliação histomorfométrica e imunoistoquímica. As taxas de reabsorção encontradas não foram significantes (p=0.17) com médias em torno de 38.3% ± 16.6 para o grupo teste e 45.7% ± 18.6 no grupo controle. Houve significância estatística na taxa de neoformação óssea do grupo teste (25.4% ± 6.4) em comparação com o grupo controle (38.6% ± 10.5). A análise imunoistoquímica teve como objetivo avaliar as proteínas Runx2...

Detecção da Reabsorção Radicular Apical após Tratamento Ortodôntico, em Longo Prazo, Utilizando Radiografia Periapical e Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico; Long-term Evaluation of Root Resorption after Orthodontic Treatment Using Cone-Bean Computed Tomography

FREITAS, Jairo Curado de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
106.19%
Aim: To detect Apical Root Resorption (ARR) after orthodontic treatment at 52-288 months using periapical radiography (PR) and cone beam computed tomography (CBCT). Methods: Radiographic images obtained from 58 patients, before (T1) and after orthodontic treatment (T2), and following 52-288 months of treatment were analized by three members of the Brazilian Board of Orthodontics. Apical structures were evaluated by PR images (T2 and T3), using Levander and Malmgren2 scores. The presence of ARR on CBCT images were detected only at T3. The Kolmogorov-Smirnov test was used for statistical analyses, and the level of significance was set at 5%. Kappa statistics determined interobserver agreement. Results: ARR more frequent were with scores 1 in T2 (51.6%) and T3 (53.1%), when evaluated by PR (p>0.05). When compared the frequencies of ARR in T3 among PR and CBCT images, the differences were significant for maxillary and mandibular pre-molar groups, and for mandibular molar group (p>0.05). The teeth with highest frequency of ARR presence using CBCT images were maxillary lateral incisors (94.5%) and mandibular central incisors (87.7%), while the bicuspids showed the lowest frequency. The CBCT images showed that the teeth involved in orthodontic treatment with extraction present higher ARR frequency (p<0.05). Conclusion: PR images suggested higher frequency of ARR compared with CBCT images for maxillary and mandibular pre-molar groups...