Página 1 dos resultados de 723 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Uma proposta de modelo de referência para mensuração da sustentabilidade corporativa; A proposal of a reference model to measure corporate sustainability

Delai, Ivete
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.79%
A mensuração da sustentabilidade corporativa é um tema complexo e fundamental para a operacionalização do desenvolvimento sustentável na rotina diária das organizações. Por isso, inúmeros sistemas para sua mensuração foram desenvolvidos após o alerta apresentado pela Agenda 21 Global quanto à sua importância. Apesar da existência desses vários sistemas, algumas lacunas ainda impedem a inclusão da sustentabilidade na agenda operacional das organizações, dentre elas a falta de congruência em relação ao seu conteúdo apresentada pelos diferentes sistemas. Por isso, o objetivo desta pesquisa é desenvolver um modelo de referência para mensuração da sustentabilidade corporativa que possa ser utilizado pelas organizações como ponto de partida para o desenvolvimento e avaliação de seus atuais modelos de avaliação do desenvolvimento sustentável. Para tanto, faz-se um análise comparativa da complementaridade dos oito principais sistemas de mensuração da sustentabilidade corporativa e nacional - Global Reporting Initiative (GRI), Métricas do Instituto dos Engenheiros da Inglaterra (ICheme), Índice Dow Jones (DJSI), Triple Bottom Line Index System (TBL), Indicadores Ethos de Responsabilidade Social Empresarial...

Análise do Índice Brasileiro de Sustentabilidade Empresarial em uma perspectiva de retorno e risco: estudo de eventos da divulgação das carteiras teóricas no período de 2005 a 2010; Analysis of Brazilian Corporate Sustainability Index in a risk and return perspective: event study of theoretical portfolios release from 2005 to 2010

Figlioli, Bruno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.77%
Este trabalho investigou o comportamento dos retornos e risco das ações quando da divulgação das carteiras teóricas do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Este índice foi implementado em 2005 pela Bolsa de Valores São Paulo e é considerado referência de boas práticas de sustentabilidade e responsabilidade corporativa no Brasil. No entanto, a inclusão de uma empresa em indicadores de sustentabilidade não garante, necessariamente, um melhor desempenho de suas ações. Neste contexto foram utilizadas as metodologias de estudo de eventos, análise de repetições, backtesting, regressão logit e análise envoltória de dados para analisar a reação dos retornos das ações do ISE e verificar se fatores ligados ao desempenho econômico, impacto ambiental e níveis de governança corporativa são fatores que influenciam esses retornos. Foram analisadas as ações pertencentes à carteira teórica do ISE no período de 2005 a 2010. Os resultados sugerem que os retornos das ações que integram o ISE foram influenciados pela divulgação das carteiras teóricas do ISE, uma vez que foi constatado: i) retornos anormais ao mercado; ii) não aleatoriedade dos retornos anormais ao mercado; iii) concentração dos retornos anormais ao mercado após a divulgação das carteiras teóricas e; iv) retornos anormais ao Value at RisK (VaR). Os resultados constataram que...

Análise do relatório GRI enquanto ferramenta para a mensuração da sustentabilidade empresarial; Analysis of GRI Reporting as a tool for measuring corporate sustainability

Rocha, Tatiana Aparecida Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.78%
O aumento significativo da deterioração das condições ambientais e sociais em muitas partes do mundo indicam que a sustentabilidade como um todo pode estar ameaçada. Assim a sustentabilidade empresarial tornou-se um objetivo bastante almejado e de fundamental importância não só para as empresas que sofrem constantes pressões sociais, mas também para toda a humanidade. Por esses motivos, cada vez mais empresas estão adotando relatórios de sustentabilidade para demonstrar seu engajamento com a sustentabilidade empresarial. Para tanto, é preciso utilizar indicadores adequados para a mensuração de desempenho dessas organizações em relação à sustentabilidade. Assim, esta dissertação analisou relatórios de sustentabilidade e identificou que o relatório de sustentabilidade GRI vem sendo utilizado não apenas como um relatório de transparência mas como um certificador, portanto tem como objetivo avaliar se o GRI pode ser analisada como ferramenta adequada para a caracterização de empresas brasileiras enquanto sustentáveis, por meio de revisão bibliográfica, pesquisa em modelos de indicadores de sustentabilidade e análise dos relatórios das seis empresas brasileiras atestadas como A+. Como resultado desta pesquisa verificou-se que o GRI deve ser melhorado em vários e importantes aspectos para que possa ser usado como certificador da Sustentabilidade Empresarial.; The significant increase of deteriorating environmental and social conditions in many parts of the world indicate that sustainability as a whole may be threatened. Thus corporate sustainability has become a very desired objective and of fundamental importance not only for companies that suffer constant social pressures...

A presença dos cinco capitais no índice de sustentabilidade empresarial (ISE); The presence of the five capitals in the corporate sustainability index

Guimarães, Ricardo Galvão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.73%
Esta pesquisa é um estudo exploratório-descritivo que relaciona avaliação de desempenho organizacional, sustentabilidade e o questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial. A avaliação de desempenho organizacional é um importante instrumento de gestão, que por meio de diferentes modelos teóricos pode auxiliar empresas a realizarem seus objetivos. A incorporação da sustentabilidade na gestão é uma realidade, e têm-se realizado esforços no sentido de aprimorar a gestão socioambiental das organizações. Neste contexto, foi elaborado o modelo de avaliação de desempenho organizacional SIGMA Sustentabilidade, o qual analisa a empresa sob a ótica de cinco diferentes capitais: natural, social, humano, manufaturado e financeiro. A criação do Índice de Sustentabilidade Empresarial, que visa reunir as organizações com destaque em governança corporativa, responsabilidade social e sustentabilidade, também é reflexo deste contexto. O índice utiliza um questionário, enviado à um conjunto de empresas que possuem ações negociadas na bolsa de valores, para avaliar e selecionar as companhias que se encaixam no perfil descrito. Este estudo pretende identificar e descrever a presença dos cinco capitais no questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial. Para tal...

O desafio da integração da sustentabilidade no sistema de mensuração de desempenho corporativo: contribuições de um estudo bibliométrico e estudos de casos.; The challenge of integrating sustainability into corporate performance measurement system: contributions of a bibliometric study and case studies.

Morioka, Sandra Naomi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.84%
O termo sustentabilidade corporativa refere-se à capacidade de uma organização de sobreviver no longo prazo, mantendo-se (minimamente) lucrativa para que possa exercer suas atividades com cada vez menos impactos negativos ambientais e mais benefícios sociais. Considerando a lógica de que a empresa é aquilo que ela é capaz de mensurar, organizações sustentáveis demandam sistemas gerenciais de mensuração de desempenho que estejam alinhadas ao desenvolvimento sustentável. Assim, o presente estudo se propõe a discutir a seguinte pergunta de pesquisa: Como é inserida a sustentabilidade nos sistemas de mensuração de desempenho corporativos? Para isso, são propostos dois objetivos de pesquisa: (i) levantar os sistemas de mensuração de desempenho de sustentabilidade e explorar seus principais desafios; e (ii) explorar a importância relativa dada pelas empresas em relação aos indicadores de sustentabilidade. Para isso, a pesquisa conta com uma revisão sistemática da literatura e estudos de casos multissetoriais (um piloto e quatro exploratórios). A pesquisa traz evidências de que a temática de indicadores de sustentabilidade é ainda incipiente e pouco estruturada, com potencial de melhorar o aproveitamento da literatura já consolidada de sistemas de mensuração de desempenho. O estudo bibliométrico conta com (i) estatística descritiva...

Insights on corporate sustainability and share value: an event study for Brazilian market

Dick, Carol Inoue
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Em meio ao crescente volume de publicações sobre sustentabilidade e finanças, diversas pesquisas internacionais e brasileiras têm abordado a relação entre empresas classificadas como sustentáveis e o retorno de suas ações. Nesta mesma linha, este trabalho utilizou o método de estudos de eventos para verificar se entre 2005 e 2013 houve retornos anormais quando as empresas entraram e saíram do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Além de contemplar um período mais atualizado do que seus precedentes, este estudo difere-se dos demais ao analisar o as observações individualmente e ao buscar estabelecer uma relação dos retornos anormais acumulados com as variáveis governança corporativa, tamanho, rentabilidade e alavancagem. Os resultados mostraram que embora não haja evidências conclusivas quando os casos são tomados individualmente, em conjunto eles indicam que a inclusão e a exclusão do ISE geram retornos anormais significativos, positivos e negativos respectivamente, em linha com a teoria dos stakeholders. Quanto às variáveis de controle, nenhuma apresentou relação com os retornos anormais acumulados.; Among the growing volume of publications about sustainability and finance, several international and Brazilian studies regarding the relationship between companies classified as sustainable and the return of their shares have been published. Following this course...

Análise de indicadores da demonstração do valor adicionado para empresas integrantes do índice de sustentabilidade empresarial – ISE - BMF&BOVESPA; Analysis of indicators of statement of value added for business members of corporate sustainability index - ISE - BMF & BOVESPA

Giusti, Cristiane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), divulgado pela BM&FBovespa elenca, por meio de uma carteira teórica de ações, as empresas que melhor atendem as práticas de sustentabilidade empresarial. A empresa por sua vez, utiliza-se de diversos meios para divulgar as suas ações de sustentabilidade. Uma fonte relevante de informações nesse sentido é a Demonstração do Valor Adicionado (DVA), por meio da qual a empresa divulga como adicionou valor e como distribuiu esse valor entre os stakeholders. Por meio de levantamento de dados e realização de uma pesquisa documental, este artigo objetiva analisar e evidenciar as informações contidas na Demonstração do valor adicionado, por meio da aplicação de indicadores de desempenho, na tentativa de identificar um padrão de comportamento de tais índices ara as empresas integrantes da carteira de 2012 do Índice de Sustentabilidade Empresarial divulgado pela BM&FBovespa. Os resultados obtidos demonstram que, ao se segregar os resultados por setores, as empresas integrantes do ISE possuem comportamentos semelhantes quanto aos índices extraídos da DVA. Também foi possível encontrar diferenças entre o comportamento dos índices ao se segregar as empresas entre grupos de maior ou menor participação no ISE.; The Corporate Sustainability Index (ISE)...

Análise sobre as normas e dos indicadores de sustentabilidade e a sua integração para gestão corporativa; Critical analysis on the rules and sustainability indicators and their integration for corporate

Feil, Alexandre André; Strasburg, Virgílio José; Naime, Roberto Harb
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.69%
O conceito da sustentabilidade e as normas de qualidade desafiam corporações e pesquisadores para a criação de modelos produtivos que contemplam a sustentabilidade sob os aspectos ambientais, sociais e econômicos, apoiados na teoria do triple-botton line. Este artigo tem o objetivo de relacionar as normas de qualidade (certificações) e os métodos de sustentabilidade corporativa comparando a integração dos sistemas de gestão ambiental e gestão gerencial. Utilizou-se metodologia qualitativa com perspectivas na abordagem bibliográfica e descritiva, buscando as principais normas de qualidade utilizadas nas corporações globais e os modelos de mensuração da sustentabilidade na concepção dos principais cientistas e pesquisadores. Identificou-se que há grande aderência das normas de qualidade e à sustentabilidade corporativa, sendo contemplados em ambos os casos a ligação entre os aspectos ambientais, sociais e econômicos. No entanto, constata-se a divergência entre as partes quanto ao consenso de um modelo de sustentabilidade de utilização global. Sugere-se que os gestores das corporações possam realizar a integração entre a gestão das normas de qualidade e a sustentabilidade, e em conseqüência, reduzir os custos...

The Impact of Corporate Sustainability on Organizational Processes and Performance

Eccles, Robert G; Ioannou, Ioannis; Serafeim, Georgios
Fonte: INFORMS Publicador: INFORMS
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.71%
We investigate the effect of corporate sustainability on organizational processes and performance. Using a matched sample of 180 U.S. companies, we find that corporations that voluntarily adopted sustainability policies by 1993—termed as High Sustainability companies—exhibit by 2009 distinct organizational processes compared to a matched sample of companies that adopted almost none of these policies—termed as Low Sustainability companies. The boards of directors of High Sustainability companies are more likely to be formally responsible for sustainability, and top executive compensation incentives are more likely to be a function of sustainability metrics. High Sustainability companies are more likely to have established processes for stakeholder engagement, to be more long-term oriented, and to exhibit higher measurement and disclosure of nonfinancial information. Finally, High Sustainability companies significantly outperform their counterparts over the long-term, both in terms of stock market and accounting performance.

Redefining Value : The Future of Corporate Sustainability Ratings

White, Allen L
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Português
Relevância na Pesquisa
66.78%
Corporate sustainability ratings are a potentially powerful but still underused tool for building a competitive, socially purposeful, and financially sound enterprise. In a globalizing world replete with business opportunities and risk, corporate boards continually need to reappraise what constitutes good governance. Traditional board duties pertaining to strategic oversight, executive compensation, and financial auditing will remain integral for the foreseeable future. But these alone will not suffice in a time when the prosperity of companies is inextricably linked to issues such as reputation, brands, supply chain management, quality and quantity of human and intellectual capital, protection of human and labor rights, and climate change. Such emergent issues are part of a historical moment in which the role of companies in fostering societal and ecological well-being at the global, national, and local levels is under increasing scrutiny. These are conditions that fuel intensifying public discourse concerning corporate social responsibility...

Análise da relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial; Analysis of the relation between management system standards (ISO 9001, ISO 14001, NBR 16001 and OHSAS 18001) and corporate sustainability

Ferreira, Camila dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.88%
A sustentabilidade está sendo inserida no contexto empresarial como uma forma de minimizar os impactos causados pelos processos produtivos. Empresas estão deixando de considerar somente questões econômicas e passaram a atentarem-se as questões socioambientais. Diante desse contexto, as organizações utilizam ferramentas como normas de sistemas de gestão para auxiliar a satisfazer os anseios das partes interessadas e introduzir a sustentabilidade em seus contextos. No cenário científico não identificou-se estudos que abordassem a relação existente entre normas de sistemas de gestão e a sustentabilidade empresarial. Sendo assim, esse estudo teve como objetivo analisar a relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial. Para isso realizou-se uma revisão bibliográfica com o intuito de identificar os requisitos da sustentabilidade empresarial. Esses foram extraídos do Índice de Sustentabilidade Empresarial, Indicadores Ethos e Global Reporting Initiative, pois agrupam os principais elementos da sustentabilidade empresarial. Posteriormente foi construída matriz de relação contendo os requisitos da sustentabilidade empresarial e os requisitos de cada norma de sistema de gestão estudada. Essa matriz foi preenchida pela pesquisadora e por 6 especialistas que utilizam essas normas diariamente. Posteriormente as respostas foram consolidadas gerando a Matriz de Relação Consolidada (MRC) que foi analisada e interpretada. As relações foram classificadas como forte...

How does the market value corporate sustainability performance?

Lourenço, I.; Branco, M.; Curto, J.; Eugénio, T.
Fonte: Springer Verlag Publicador: Springer Verlag
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
WOS:000305465400001 (Nº de Acesso Web of Science); This study provides empirical evidence on how corporate sustainability performance (CSP), as proxied by membership of the Dow Jones sustainability index, is reflected in the market value of equity. Using a theoretical framework combining institutional perspectives, stakeholder theory, and resource-based perspectives, we develop a set of hypotheses that relate the market value of equity to CSP. For a sample of North American firms, our preliminary results show that CSP has significant explanatory power for stock prices over the traditional summary accounting measures such as earnings and book value of equity. However, further analyses suggest that we should not focus on corporate sustainability itself. Our findings suggest that what investors really do is to penalize large profitable firms with low level of CSP. Firms with incentives to develop a high level of CSP not engaging on such strategy are, thus, penalized by the market.

Corporate Sustainability Indicators: an Australian mining case study

Lodhia, Sumit; Martin, Nigel
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.66%
Corporate Sustainability Indicators (CSI) provide the potential to integrate economic, social and environmental information. This research developed CSI for a major Australian diversified resources company and engaged with expert stakeholders in determining the indicators' value and explanatory capacity. It was found that these CSI integrate the company's reported economic, social and environmental issues into specific usable trend markers for business and environmental analysts. The findings provided support for these indicators at a general, as well as at a specific, project level. This paper highlights that the use of these indicators will assist in the management of the company and in informing stakeholders, particularly with regard to corporate impacts on the environment, climate and broader society. It is also suggested that for corporate sustainability indicators to be effectively utilized, there is a need for consensus among organizations and their stakeholders in relation to the use of these indicators.

Construction of a model for corporate sustainability assessment: a case study in the textile industry

Zamcopé,Fábio Cristiano; Ensslin,Leonardo; Ensslin,Sandra Rolim
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
Due to the increasing pressure for companies to become more accountable and transparent regarding their actions, the stakeholders have been provided with information beyond the scope of company's financial performance including evidence of good corporate governance, source of raw material, the manufacturing process, and life cycle of the products. Business leaders have recognized the need to respond to these pressures by conducting operations focusing on the business success and meeting stakeholders' demands. Accordingly, in this study, a model for assessment of corporate sustainability was constructed considering the company's need to seek business longevity. Therefore, a case study was carried out in a medium sized textile industry in Paraná state adopting the Multicriteria Methodology for Decision Aid - Constructivist as the intervention tool. This methodology was chosen because it makes it possible to identify a set of performance indicators that characterize the company sustainability and to measure the organization properties and its commitment to sustainability, both individually and globally. The model identified that the company's strategy should include all the criteria of the economic, social, and environmental areas demonstrating that the differences between the replacement rates are strictly small. Furthermore...

Avaliação monetária da sustentabilidade empresarial; Corporate sustainability monetary assessment

Teles, Camila Duarte
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.7%
O presente trabalho tem como objetivo geral propor um método monetário de avaliação da sustentabilidade empresarial que contemple as dimensões econômica, ambiental e social. Para tanto, se propõe a: (i) estudar de forma exploratória o tema avaliação da sustentabilidade a fim de proporcionar uma maior familiarização com o mesmo e identificar suas lacunas; (ii) identificar a estrutura de avaliação da sustentabilidade a ser utilizada como base; (iii) monetizar os itens de avaliação da sustentabilidade empresarial; (iv) avaliar e aprimorar o método desenvolvido através da análise de especialistas e da aplicação do mesmo na realidade de uma empresa. O método proposto permite a avaliação da sustentabilidade empresarial em uma unidade de medida comumente utilizada pelas empresas, simples e compreensível, a unidade monetária, que possibilita a comparação direta em bases homogêneas. Além disso, a unidade monetária é muito importante para as empresas, visto que seu objetivo é gerar retorno financeiro. A avaliação global do desempenho da empresa é dada pelo soma dos custos ambientais e sociais e dos benefícios econômicos gerados. Quando o resultado for negativo, significa que os custos causados pela empresa são maiores que os benefícios e...

Ecosystem Services and Corporate Sustainability: In Theory and Practice

O'Shea, Tara
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Masters' project
Publicado em 25/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.73%
Ecosystem services are the flows of natural capital from the environment that benefit economies and societies. They are essential for human health and well-being, and include provisioning (food and genetic resources); regulating (pollination and climate control); supporting (water and nutrient cycles); and cultural (heritage and recreation) services. Despite their importance, ecosystem services have been undervalued in traditional economic approaches, resulting in their unsustainable use and degradation. Emerging research is changing this paradigm by quantifying the values of ecosystem service flows, with the implications becoming especially relevant for corporations. The complex interdependencies between ecosystems and business are beginning to be more fully understood and managed, and members of the corporate sustainability community are therefore recognizing the need to incorporate ecosystem service flows into sustainability assessments and standards. This Master’s Project contributes to a better understanding of why and how ecosystem services are increasingly considered in corporate sustainability, both in theory and in practice. The results of a comprehensive literature review, analysis of ecosystem services tools, and a survey of over eighty outdoor industry companies suggest that ecosystem services theory is ahead of corporate sustainability practice. Nonetheless...

O índice de sustentabilidade empresarial (ISE) e os impactos no endividamento e na percepção de risco; The corporate sustainability index (CSI) and the impacts on indebtedness and risk perception

Teixeira, Evimael Alves; Nossa, Valcemiro; Funchal, Bruno
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.58%
Este estudo investigou se a forma de financiamento das empresas é afetada pela participação das firmas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Como objetivo complementar, foi analisada a relação entre o ISE e o risco. A fundamentação partiu da teoria da sinalização que apresenta possíveis soluções para mitigar problemas de adverse selection causados pela assimetria de informações e usada no caso de haver necessidade de tomada de decisões sobre investimentos em ambientes de incerteza. Foi utilizado um Experimento Natural, a partir de uma amostra de 378 empresas, divididas em dois grupos: um de tratamento e outro de controle, com dados em painel e duplo efeito fixo. Os resultados encontrados indicam, estatisticamente, que empresas que sinalizaram Responsabilidade Social Corporativa (RSC) tiveram uma relação negativa com o endividamento e o risco, quando comparadas com aquelas que não sinalizam. Esses resultados ajudam a entender a relevância dos índices de sustentabilidade como um canal de informação crível do comprometimento da empresa com a RSC.; This study investigated whether the way firms fund themselves is affected by their participation in the Corporate Sustainability Index (CSI). As a complementary objective...

CORPORATE SUSTAINABILITY INDEX (ISE) AND FINANCIAL PERFORMANCE OF COMPANIES PULP AND PAPER COMPANIES; ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) E DESEMPENHO FINANCEIRO DAS EMPRESAS DO SETOR DE PAPEL E CELULOSE

Melo, Emanuelle Cristine de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Almeida, Fernanda Maria de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Santana, Gislaine Aparecida da Silva; Universidade Federal de Viçosa - UFV
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
Due to the increasing demand of the government, society and other stakeholders, by socio-political and environmental sustainability, the adoption of these policies within companies became an unquestionable important issue of the adoption of these policies within companies. In this aspect, came the Corporate Sustainability Index (ISE), which is an indicator that measures the return on a portfolio composed of stocks of companies classified as socially responsible and broad corporate sustainability. The companies included in this index are recognized for their commitment to sustainable development and practices in social projects, and also considered the inclusion of the topic in their organizational strategies. Owing to the importance of the forest sector in the Brazilian economy, the present study aimed to analyze the effects of the financial performance of companies in this sector (pulp and paper industries) about the probability that they are part of the ISE. For this, we used a regression model that includes logistics, as explanatory variables, different financial indicators 20 branch companies forest in 2010. The results indicate that financial performance indicators as the Current Ratio and EBITDA positively influence the likelihood of a company that produces pulp and paper part of the ISE. Thus...

Analysis of the relationship between social and environmental investment and inclusion of companies in corporate sustainability index of BM&FBOVESPA; Análise da relação entre investimentos socioambientais e a inclusão de empresas no Índice de Sustentabilidade Empresarial - (ISE) da BM&FBovespa

Machado, Márcio André Veras; Universidade Federal da Paraíba; Macedo, Marcelo Álvaro da Silva; Universidade Federal do Rio de Janeiro; Machado, Márcia Reis; Universidade Federal da Paraíba; de Siqueira, José Ricardo Maia; Universidade Federal do Ri
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Teórico-empírica; Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.52%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n32p141This paper aims to investigate the relationship between social and environmental investments and the inclusion of companies in the Corporate Sustainability Index of BM&FBOVESPA, by applying logistic regression. For this, we analyzed information relating to internal and external social and environmental investments, from the social balance of companies.The sample consisted of companies eligible for inclusion in the portfolio ISE in the period of December 2009 to December 2010. According to the results, we can conclude that there is a relationship between environmental investments and entry of firms in the portfolio ISE of BM&FBOVESPA, showing that investment made and evidenced in social and environmental issues is a sign of real commitment to social responsibility and sustainability and not simply a form of accountability of the funds invested. As the variables used, internal social investment (II), External (IE) and environmental (IA), we found that IE is the best proxy to explain this relationship. In other words, the results suggest that companies that invest resources in favor of community, either voluntarily or through taxes, which is or should be a resource applied in society...

Prevalence of sustainability reporting practices of a sample of listed companies on established and emerging stock exchanges

Turk,Brendan K; Shackleton,Charlie M; Whittington-Jones,Kevin
Fonte: South African Journal of Economic and Management Sciences Publicador: South African Journal of Economic and Management Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.7%
The business sector has a substantial role in addressing current environmental issues and concerns. Consequently, there is a growing adoption of corporate sustainability principles and practices across all market sectors. This study examined four developed and four emerging stock markets and the sustainability reporting practices of the top 20 and bottom 20 companies in each. The results illustrate that the developed market sector was more advanced in its corporate sustainability reporting, both in the proportion of companies issuing a sustainability report (approximately 60 per cent) and the proportion of company webpages dedicated to sustainability reporting. This difference was largely due to the effect of the top 20 companies. There was little difference between developed and developing markets when only the bottom 20 companies were considered, of which less than one-third provided sustainability reports. These results show that sustainability reporting is prevalent in both developed and developing markets, especially among market leading companies, but that overall, most developing markets have some catching up to do.