Página 1 dos resultados de 595 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Sobrecarga de trabalho em cuidadores de idosos fragilizados que vivem no domicílio; Burden of work in caregivers of frail elders living at home; Sobrecarga de trabajo en cuidadores de ancianos frágiles que viven en el domicilio

Stackfleth, Renata; Diniz, Marina Aleixo; Fhon, Jack Roberto Silva; Vendruscolo, Thais Ramos Pereira; Fabrício-Whebe, Suzele Cristina Coelho; Marques, Sueli; Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.79%
OBJETIVOS: Avaliar a sobrecarga dos cuidadores de idosos fragilizados que residem no domicílio; caracterizar os idosos que são considerados frágeis e seus cuidadores; avaliar o grau de dependência dos idosos de acordo com o nível de fragilidade e correlacioná-lo com a sobrecarga de trabalho dos seus cuidadores. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra de 60 cuidadores e de idosos frágeis, que viviam no domicílio. A coleta de dados realizada no domicílio com idosos frágeis e seus cuidadores. Utilizaram-se os instrumentos de perfil sociodemográfico do idoso e do cuidador, a Escala de Fragilidade de Edmonton, a Medida da Independência Funcional para os idosos e a Escala Zarit Burden Interview, para os cuidadores. Para a análise foram empregados a estatística descritiva e o teste de Pearson. RESULTADOS: A maioria dos cuidadores era do sexo feminino (75%), casados (58,3%) e, 45% eram filhos. Quanto à sobrecarga, 31,7% responderam que raramente se sentiam sobrecarregados. Mas, houve correlação entre a fragilidade e a sobrecarga, ou seja, quanto maior o nível de fragilidade, maior a sobrecarga do cuidador. CONCLUSÃO: Evidenciou-se a maioria dos cuidadores do sexo feminino e quanto maior o grau de dependência funcional...

O perfil do cuidador familiar e suas necessidades com relação aos cuidados prestados ao idoso com dependência em uma estratégia de saúde da família

Henz, Rita de Cássia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
O presente estudo foi realizado no PSF São Gabriel, Porto Alegre (RS) e teve como objetivos identificar o perfil do cuidador familiar de idoso dependente quanto às variáveis sócio-demográficas, condições de saúde, questões relacionadas ao cuidado prestado e verificar suas necessidades de educação com relação a estes cuidados prestados nas atividades de vida diária. Foi um estudo transversal, exploratório de levantamento com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados através de instrumento estruturado, em entrevistas domiciliares, sendo analisados e gerenciados através do banco de dados SPSS for Windows versão 18.0. Teve aprovação do Comitê de Ética da Secretaria de Saúde de Porto Alegre.A maioria dos cuidadores eram mulheres, filhas, entre 51 a 70 anos, que moravam junto com o idoso, com autopercepção de saúde bom ou regular e eram portadoras de doenças crônicas como HAS e doenças cardíacas. Os idosos dependentes eram na maioria mulheres, viúvas, com HAS ou seqüelas de AVC, na faixa etária entre 85 a 90 anos. O cuidador presta auxilio há mais de 5 anos, de modo permanente, recebendo auxilio de outros familiares como filhos e cônjuge. O cuidador auxilia o idoso no banho, alimentação, vestir-se...

Adaptação do instrumento Caregiver Burden Inventory para uso com cuidadores de pessoas idosas no Brasil

Valer, Daiany Borghetti
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.88%
Esta dissertação de mestrado versa sobre o processo de adaptação transcultural de um instrumento que avalia a sobrecarga de cuidadores de pessoas idosas. Está integrada a um projeto maior sobre responsabilidade filial no cuidado aos pais idosos. Este trabalho teve como objetivo adaptar o instrumento Caregiver Burden Inventory para uso com cuidadores familiares principais de pessoas idosas no Brasil. Foi realizado um estudo metodológico que compreendeu as etapas de tradução inicial, síntese das traduções, retro tradução, comitê de especialistas, pré-teste e submissão dos documentos aos autores. O comitê foi composto por cinco profissionais, médicos e enfermeiros, com experiência em atenção básica e saúde do idoso, sendo que três apresentavam experiência em adaptação de instrumentos e dois domínio da língua inglesa. O pré-teste foi realizado com oito cuidadores familiares principais de idosos com dependência para realizar uma ou mais Atividades da Vida Diária, vinculados ao Programa de Atendimento Domiciliar da Unidade Básica de Saúde Santa Cecília do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Estes eram na maioria mulheres (n=7), com uma média de 48 anos de idade e 11,5 anos de estudo. A análise dos dados se deu por meio da descrição do processo de adaptação do instrumento e da comparação com outros estudos. A primeira etapa do processo de adaptação resultou em duas traduções independentes do instrumento para a língua portuguesa falada no Brasil (T1 e T2). Na etapa seguinte...

Cuidador domiciliar do idoso e o cuidado de si : uma análise através da teoria do cuidado humano de Jean Watson; Elderly home caregiver and self-care : an analysis through Jean Watson’s Human care theory; Cuidador domiciliario del anciano y el cuidado de sí mismo : un análisis a Través de la teoría del cuidado humano de Jean Watson

Schossler, Thaís; Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.75%
Este estudo objetivou conhecer a percepção do cuidador domiciliar do idoso sobre o cuidado de si, através da Teoria do Cuidado Humano de Jean Watson. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, desenvolvida na Unidade de Saúde da Vila Floresta, com nove cuidadores domiciliares de idosos integrantes do Programa de Assistência Domiciliar. As informações foram coletadas no período de agosto a outubro de 2006, através da entrevista semi-estruturada, cuja análise e interpretação se deu a partir da análise de conteúdo de Bardin, emergindo as seguintes categorias: compartilhar o cuidado ao idoso – uma possibilidade para cuidar de si; descansar, passear, dormir, a gente não tem mais esse direito; presença da família: uma necessidade sentida pelo cuidador domiciliar; (des)equilíbrio do corpo físico e mental, uma resultante percebida no (des)cuidado de si. Conclui-se que o cuidador domiciliar é o principal responsável pelo cuidado ao idoso e que o cuidado de si faz parte da sua realidade.; Este estudio tuvo como objetivo conocer la percepción del cuidador domiciliario del anciano acerca del cuidado de sí mismo, teniendo como base teórica a Jean Watson en su Teoría del Cuidado Humano. La investigación se caracterizó por un abordaje cualitativo...

Impacto em cuidadores de idosos com demência atendidos em um serviço psicogeriátrico

Garrido,Regiane; Menezes,Paulo R
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
46.59%
OBJETIVO: O número de idosos com demência no Brasil está crescendo rapidamente, e há carência de dados empíricos sobre o impacto em cuidadores informais. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto sobre cuidadores informais de pacientes com síndrome demencial. MÉTODOS: Estudo de corte transversal foi conduzido em um serviço psicogeriátrico da cidade de São Paulo, Brasil. Entrevistas estruturadas e semi-estruturadas foram aplicadas em 49 idosos com demência e em seus cuidadores informais. O impacto em cuidadores foi avaliado com a Zarit Burden Interview. RESULTADOS: Os pacientes eram em sua maioria do sexo feminino, apresentavam escore médio no mini exame do estado mental de 12,2 e alta freqüência de transtornos de comportamento. Os cuidadores eram predominantemente mulheres, filhas ou esposas, e co-residiam com seus pacientes. A média de impacto foi de 32,4 (dp: 16,7). As variáveis estatisticamente associadas a níveis de impacto foram o grau de parentesco do cuidador com o paciente (p=0,011), sintomas psiquiátricos do cuidador (p<0,001) e tempo em que o cuidador exercia o papel de cuidar (p=0,001). CONCLUSÕES: Observou-se alta média de impacto em cuidadores de idosos, com demência, que necessitam de atendimento psicogeriátrico. É necessário que os profissionais de saúde estejam aptos a prover suporte adequado a esses cuidadores...

Caracterizaçao de um grupo de idosas hospitalizadas e seus cuidadores visando o cuidado pós alta hospitalar

Marin,Maria José Sanches; Angerami,Emilia Luigia Saporiti
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2002 Português
Relevância na Pesquisa
46.62%
No presente estudo foram estudadas 50 idosas internadas em unidade de clínica médica e seus respectivos cuidadores. Verificou-se que a maioria das idosas apresentavam dependências diversas e, portanto, necessitavam da presença de um cuidador para sua sobrevivência. Os cuidadores, em sua maioria, eram do sexo feminino, pertenciam à família da idosa, tinham algum grau de escolaridade e apontaram diversas dificuldades no cuidado da mesma. Constata-se, portanto, que durante a hospitalização, há necessidade de se adotarem medidas visando ao preparo do cuidador para assumir a complexa assistência requerida pelo idoso, principalmente após a alta hospitalar.

Processo de cuidar do idoso em Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua no domicílio

Ribeiro,Daniele Favaro; Marques,Sueli; Kusumota,Luciana; Ribeiro,Rita de Cássia Helu Mendonça
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.78%
Objetivo: Caracterizar os idosos com insuficência renal crônica termina em tratamento de diálise peritoneal ambulatorial contínua e seus cuidadores e descrever o processo de cuidadr desses idosos. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa com dados coletados por meio de entrevista com nove cuidadores utilizando a história oral temática e a análise temática dso dados. Resultados: Dentre os nove idosos, cinco eram homens, média de idade 70 anos e todos dependiam do cuidador para troca da bolsa de diálise. Dos cuidadores, oito eram mulheres, média de idade 41,5 anos e despencia oito horas diárias para o cuidado. As falas referentes à categoria processo de cuidar do idoso com IRCT em DPACl contínua no domicílio. Conclusão: O estudo revelou a necessidade de auxiliar o cuidador a desenvolver conhecimentos e habilidades para lidar com a demanda de cuidados que o idoso exige, principalmente, em relação a DPAC.

Sobrecarga de trabalho em cuidadores de idosos fragilizados que vivem no domicílio

Stackfleth,Renata; Diniz,Marina Aleixo; Fhon,Jack Roberto Silva; Vendruscolo,Thais Ramos Pereira; Fabrício-Whebe,Suzele Cristina Coelho; Marques,Sueli; Rodrigues,Rosalina Aparecida Partezani
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.77%
OBJETIVOS: Avaliar a sobrecarga dos cuidadores de idosos fragilizados que residem no domicílio; caracterizar os idosos que são considerados frágeis e seus cuidadores; avaliar o grau de dependência dos idosos de acordo com o nível de fragilidade e correlacioná-lo com a sobrecarga de trabalho dos seus cuidadores. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra de 60 cuidadores e de idosos frágeis, que viviam no domicílio. A coleta de dados realizada no domicílio com idosos frágeis e seus cuidadores. Utilizaram-se os instrumentos de perfil sociodemográfico do idoso e do cuidador, a Escala de Fragilidade de Edmonton, a Medida da Independência Funcional para os idosos e a Escala Zarit Burden Interview, para os cuidadores. Para a análise foram empregados a estatística descritiva e o teste de Pearson. RESULTADOS: A maioria dos cuidadores era do sexo feminino (75%), casados (58,3%) e, 45% eram filhos. Quanto à sobrecarga, 31,7% responderam que raramente se sentiam sobrecarregados. Mas, houve correlação entre a fragilidade e a sobrecarga, ou seja, quanto maior o nível de fragilidade, maior a sobrecarga do cuidador. CONCLUSÃO: Evidenciou-se a maioria dos cuidadores do sexo feminino e quanto maior o grau de dependência funcional...

Idoso em situação de dependência: estresse e coping do cuidador informal

Rocha,Bruno Miguel Parrinha; Pacheco,José Eusébio Palma
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.77%
OBJETIVO: Estudar a relação entre o estresse psicológico (estresse) e a adaptação psicológica (coping) do cuidador informal do idoso em situação de dependência. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo uma amostra selecionada por conveniência de 110 cuidadores informais do Conselho de Faro, Portugal. A coleta de dados, realizada nos domicílios, ocorreu por meio da aplicação de quatro instrumentos junto a esses cuidadores (dados sociodemográficos, avaliação da intensidade do estresse, escala de avaliação de coping abreviada e avaliação de dependência de Barthel). RESULTADOS: As estratégias de coping centradas no problema (Qui-quadrado = 10,243, p<0,037) e no meio (Qui-quadrado = 9,574, p <0,048) foram utilizadas pelos cuidadores informais de idosos mais dependentes. Contudo, as estratégias centradas no cuidador foram as que geraram menos estresse (β = -0,378, p<0,000). CONCLUSÃO: As "estratégias de coping centradas no cuidador" são aquelas que geram menor perceção de estresse nos cuidadores informais.

Cuidado realizado pelo cuidador familiar ao idoso dependente, em domicílio, no contexto da estratégia de Saúde da Família

Almeida,Luciane; Azevedo,Rosemeiry Capriata de Souza; Reiners,Annelita Almeida Oliveira; Sudré,Mayara Rocha Siqueira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.83%
Estudo exploratório-descritivo de abordagem qualitativa, que teve por objetivo descrever a maneira como os cuidadores familiares realizam o cuidado aos idosos em condição de dependência. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, aplicada a 24 cuidadores, em seus domicílios. Os resultados apontaram que o cuidado desenvolvido ao idoso em condição de dependência é uma atividade que leva a mudanças na vida dos cuidadores, o que pode gerar estressores de ordem física, emocional e social. A enfermagem, como elemento essencial da Estratégia de Saúde da Família, deve estar atenta às necessidades de saúde dos idosos dependentes, bem como, mais próxima dos cuidadores, no sentido de orientá-los, e acompanhar o cuidado realizado, a fim de oferecer suporte assistencial de forma integral, ou seja, ao idoso e sua família.

Cuidar de um familiar idoso dependente no domicílio: reflexões para os profissionais da saúde

Vieira,Lizyana; Nobre,Joseane Rodrigues da Silva; Bastos,Carmen Célia Barradas Correia; Tavares,Keila Okuda
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.83%
Ao conduzir um estudo qualitativo de caráter fenomenológico, para compreender o que é cuidar de um idoso dependente por meio do olhar de seus familiares, foi possível observar vários aspectos dessa vivência. Dentre eles, chamou a atenção o fato de que esses cuidadores enfrentam sobrecarga física e mental. OBJETIVO: apresentar os resultados relacionados à sobrecarga física e mental relatadas pelos cuidadores familiares de idosos dependentes, com o intuito de fornecer informações que possam contribuir de forma positiva para a complementação do trabalho das equipes de saúde voltado para os idosos dependentes, levando em consideração que ele também deve ser voltado para a assistência dos cuidadores familiares. MÉTODO: estudo descritivo-exploratório, qualitativo, de caráter fenomenológico. Foram realizadas entrevistas com cuidadores familiares de idosos dependentes. A coleta de dados foi realizada por meio de uma entrevista semiestruturada, baseada em uma pergunta orientadora. As entrevistas foram gravadas e transcritas para serem analisadas. RESULTADOS: o cuidador familiar de idosos dependentes é uma pessoa sobrecarregada do ponto de vista físico e mental, pelo acúmulo de funções e tipos de tarefas que assume. O estresse crônico relacionado a essa experiência pode alterar sua saúde. Conclusão: o fato de o cuidador familiar pertencer ao gênero feminino...

Perfil dos cuidadores e as dificuldades enfrentadas no cuidado ao idoso, em Ananindeua, PA

Araujo,Jeferson Santos; Vidal,Glenda Marreira; Brito,Felipe Nunes; Gonçalves,Débora Cristina de Abreu; Leite,Djeane Kathe Mascote; Dutra,Claudia Daniele Tavares; Pires,Carla Andrea Avelar
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.99%
OBJETIVO: Descrever o perfil dos cuidadores de idoso, bem como sua importância e principais dificuldades no ato de cuidar do idoso. METODOLOGIA: Trata-se de estudo transversal descritivo e exploratório realizado pela equipe PET Saúde, em uma Estratégia de Saúde da Família (ESF), no município de Ananindeua, Pará. A coleta de dados foi feita por meio de um questionário semiestruturado abordando aspectos sociodemográficos e questões referentes a importância e dificuldades encontradas pelos cuidadores de idosos. RESULTADOS: Foram entrevistados 31 cuidadores, predominando sexo feminino, estado civil casado, com ensino médio completo, renda entre dois e três salários mínimos, tempo de exercício da função maior que 12 meses, em sua abrangência cuidadores informais e com vínculo de parentesco com o idoso. Os cuidadores reconheceram que é importante a presença de um cuidador e consideraram o idoso sob seu cuidado como saudável. CONCLUSÃO: A maioria dos cuidadores era do tipo informal, caracterizada por mulheres, com vínculo familiar, que destacaram a paciência e a falta de conhecimento como as principais dificuldades do cuidador. Os dados deste estudo se limitam a uma realidade local, necessitando de mais pesquisas para fomentar as particularidades e dificuldades enfrentadas pelos cuidadores.

Mudanças no cotidiano de cuidadores de idosos em processo demencial

Bauab,Juliana Pedroso; Emmel,Maria Luisa Guillaumon
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.86%
À medida que o número de idosos aumenta devido ao envelhecimento populacional, a prevalência de doenças crônico-degenerativas cresce significativamente. Dentre estas, a demência se destaca como fator de risco para a incapacidade e a perda funcional, podendo promover uma relação de aumento de assistência nas atividades/ocupações cotidianas do idoso e modificações no contexto diário de quem cuida. Este artigo teve como objetivo apreender a percepção do cuidador de idosos em processo demencial frente ao seu cotidiano, identificando o status de suas ocupações/atividades em decorrência das relações de cuidado assumidas. Trata-se de estudo transversal, correlacional comparativo, com abordagem quantitativa. Para tanto, foi selecionada uma amostra de 22 cuidadores de idosos com diagnóstico de processo demencial, sendo seis cuidadores formais e 16 cuidadores informais. Para a coleta de dados, foram utilizados uma lista de ocupações e um questionário de caracterização do cuidador. Os dados mostraram que os cuidadores informais dedicam maior tempo às atividades de cuidado, com abandono de várias atividades cotidianas produtivas...

Perfil dos cuidadores de idosos com alterações cognitivas em diferentes contextos de vulnerabilidade social

Santos,Ariene Angelini dos; Pavarini,Sofia Cristina Iost
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.7%
O objetivo deste estudo foi caracterizar os cuidadores de idosos com alterações cognitivas, usuários de Unidades de Saúde da Família (USF), residentes em diferentes contextos de vulnerabilidade social. Foram realizadas entrevistas domiciliárias (N=72), utilizando um instrumento previamente elaborado, contendo dados de caracterização socioeconômica e demográfica. Todos os cuidados éticos foram observados. Os resultados mostram que os cuidadores dos idosos que vivem em contextos de alta vulnerabilidade social são em sua maioria mulheres, adultas, casadas, com ensino fundamental incompleto e não trabalham fora de casa. Moram com o idoso, apresentam relação estreita com ele e não contam com ajuda de profissionais. Dados semelhantes foram encontrados no contexto de baixa vulnerabilidade social, exceto que contam com apoio de um cuidador formal. Considerar o perfil dos cuidadores de idosos com alterações cognitivas morando em diferentes contextos de vulnerabilidade social pode fornecer subsídios para as USF formularem estratégias mais específicas de cuidado aos cuidadores.

Processo de cuidar do idoso em Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua no domicílio; Home care for the elderly undergoing Continuous Ambulatory Peritoneal Dialysis; Proceso de cuidar del anciano, que hace Diálisis Peritoneal Ambulatorial Contínua en el domicilio

RIBEIRO, Daniele Favaro; MARQUES, Sueli; KUSUMOTA, Luciana; RIBEIRO, Rita de Cássia Helu Mendonça
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.88%
Objetivo: Caracterizar os idosos com insuficência renal crônica termina em tratamento de diálise peritoneal ambulatorial contínua e seus cuidadores e descrever o processo de cuidadr desses idosos. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa com dados coletados por meio de entrevista com nove cuidadores utilizando a história oral temática e a análise temática dso dados. Resultados: Dentre os nove idosos, cinco eram homens, média de idade 70 anos e todos dependiam do cuidador para troca da bolsa de diálise. Dos cuidadores, oito eram mulheres, média de idade 41,5 anos e despencia oito horas diárias para o cuidado. As falas referentes à categoria processo de cuidar do idoso com IRCT em DPACl contínua no domicílio. Conclusão: O estudo revelou a necessidade de auxiliar o cuidador a desenvolver conhecimentos e habilidades para lidar com a demanda de cuidados que o idoso exige, principalmente, em relação a DPAC.; Objectives: To describe the elders with end stage renal disease (ESRD) undergoing continuous ambulatory peritoneal dialysis (CAPD), their caregivers, and the care the caregivers provide to the elders. Methods: This was a qualitative study with 9 caregivers. Data were collected through oral history. Data analysis consisted of thematic content analysis. Results: The sample consisted of 5 male and 4 female elders and all them were dependent on caregivers to change the dialysis collection bag. The mean age of the participants was 70 years. Among the caregivers...

Cuidador domiciliar do idoso : cuidando de si e sendo cuidado pela equipe de saúde : uma análise através da Teoria do Cuidado Humano de Jean Watson; Elderly home caregiver : self caring and being cared by health team : an analysis through Jean Watson's Theory of Human Caring; Cuidador dimiciliario del anciano : cuidando de sí y siendo cuidado por el equipo de salud : un análisis a través de la Teoría del Cuidado Humano de Jean Watson

Schossler, Thaís
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
Este estudo teve como objetivo conhecer a percepção do cuidador domiciliar do idoso sobre o cuidado de si e o cuidado que a equipe de saúde lhe proporciona, tendo como base teórica o referencial de Jean Watson em sua Teoria do Cuidado Humano. A pesquisa caracterizou-se por uma abordagem qualitativa, do tipo exploratório descritiva. O estudo foi desenvolvido na Unidade da Vila Floresta que faz parte do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição. Participaram do estudo nove cuidadores domiciliares de idosos integrantes do Programa de Assistência Domiciliar, da unidade campo deste estudo. A coleta de informações se deu através de entrevista semi-estruturada (TRIVIÑOS, 1987), realizada no domicílio dos participantes ou na Unidade de Saúde. Para análise das informações foi utilizada a análise de conteúdo proposta por Bardin (1977). Os aspectos éticos foram atendidos de acordo com as Diretrizes e Normas Regulamentadoras da resolução 196/96. Da análise das entrevistas emergiram as seguintes categorias: consciência intencional: olhares necessários para cuidar de si; compromisso moral com a consciência de cuidado do outro resultando no (des)cuidado de si; consciência, sensibilidade e espiritualidade: transcender no encontro de cuidado para melhor cuidar de si; a equipe de saúde e o cuidador domiciliar: a necessidade do cuidado transpessoal. Conclui-se que o cuidador domiciliar é o principal responsável pelo cuidado ao idoso...

Caracterizaçao de um grupo de idosas hospitalizadas e seus cuidadores visando o cuidado pós alta hospitalar; Caracterización de un grupo de ancianas hospitalizadas y sus cuidadores con vistas al cuidado post-alta hospitalaria; Characterization for a group of hospitalized old women and their cares vising the care after discharge

Marin, Maria José Sanches; Angerami, Emilia Luigia Saporiti
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2002 Português
Relevância na Pesquisa
46.73%
No presente estudo foram estudadas 50 idosas internadas em unidade de clínica médica e seus respectivos cuidadores. Verificou-se que a maioria das idosas apresentavam dependências diversas e, portanto, necessitavam da presença de um cuidador para sua sobrevivência. Os cuidadores, em sua maioria, eram do sexo feminino, pertenciam à família da idosa, tinham algum grau de escolaridade e apontaram diversas dificuldades no cuidado da mesma. Constata-se, portanto, que durante a hospitalização, há necessidade de se adotarem medidas visando ao preparo do cuidador para assumir a complexa assistência requerida pelo idoso, principalmente após a alta hospitalar.; La presente investigación trata del estudio de 50 mujeres ancianas internadas en clínica médica y sus respectivos cuidadores. Se verifico que la mayoría de las ancianas presentaban dependencias diversas y, por tanto, necesitaban de la presencia de un cuidador para sobrevivir. Los cuidadores, en su mayoría, eran del sexo femenino, pertenecían a la familia de la anciana, tenían algún grado de escolaridad e indicaron varias dificultades en el cuidado de la misma. Se constató que durante la hospitalización hay la necesidad de adoptar medidas con vistas al preparo del cuidador para asumir la compleja atención que requiere el anciano...

Qualidade de vida do idoso com doença de alzheimer: estudo comparativo do relato do paciente e do cuidador; Calidad de vida del anciano con enfermedad de alzheimer: estudio comparativo de los relatos del paciente y del cuidador; Quality of life of elderly with alzheimer’s disease: a comparative study between the patient’s and the caregiver’s report

Inouye, Keika; Pedrazzani, Elisete Silva; Pavarini, Sofia Cristina Iost; Toyoda, Cristina Yoshie
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.72%
This paper aimed to compare the reports of patients and caregivers about how they perceive quality of life (QoL) in general and each of its dimensions in elderly with Alzheimer’s Disease (AD). The participants were elderly diagnosed with AD (n=53) attended by the Exceptional Medication Program in a city in the interior of Sao Paulo; and their respective family caregivers. The QoL measures were obtained through the Quality of Life Assessment Scale on Alzheimer’s Disease. The results showed statistically significant differences in the “memory” (p; Este estudo teve como objetivo comparar o relato do paciente e do respectivo cuidador familiar sobre a percepção geral e de cada dimensão de qualidade de vida (QV) do idoso com doença de Alzheimer (DA). Os participantes foram idosos diagnosticados com DA (n=53), atendidos pelo Programa do Medicamento Excepcional de uma cidade do interior paulista, e seus respectivos cuidadores familiares. As medidas de QV foram obtidas por meio da Escala de Avaliação da Qualidade de Vida na Doença de Alzheimer. Os resultados mostraram que apenas as dimensões “memória” (p; Este estudio tuvo como objetivo comparar los relatos del paciente y el del respectivo cuidador familiar sobre la percepción general y de cada dimensión de calidad de vida (CV) del anciano con enfermedad de Alzheimer (EA). Los participantes fueron ancianos diagnosticados con EA (n=53)...

Estudo comparativo: percepção da satisfação de cuidadores de pessoas com demência e cuidadores de pessoas com AVC; Percepción de la satisfacción de cuidadores de personas con demencia y de cuidadores de personas con AVC; Satisfaction in dementia and stroke caregivers: a comparative study

Mayor, Margarida Sotto; Ribeiro, Oscar; Paúl, Constança
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
A prestação informal de cuidados a pessoas idosas é vinculada à presença de dificuldades e de satisfação. Enquanto a literatura gerontológica enfoca os aspectos da dificuldade também tem negligenciado a análise da experiência de satisfação. O propósito deste estudo transversal foi comparar a experiência de satisfação e de sintomatologia depressiva de cuidadores de idosos demenciados (n=70) e de cuidadores de idosos com antecedentes de pelo menos um AVC (=44), através do Índice de Avaliação da Satisfação do Cuidador (CASI). Os resultados indicam a presença de sintomatologia depressiva para ambos os grupos, satisfação intrapessoal (centrada no idoso) e interpessoal (centrada no cuidador) para os cuidadores de demenciados e satisfação intrapessoal (centrada no cuidador) para os cuidadores de pessoas com antecedentes de AVC. Destaca-se a necessidade de compreender melhor as experiências de satisfação em cuidadores de idosos com demência e AVC.; La prestación informal de cuidados a las personas ancianas está vinculada a la presencia de dificultades y de satisfacciones. Generalmente la literatura gerontológica enfoca los aspectos de la dificultad, sin embargo no le ha dado la misma atención al análisis de la experiencia de la satisfacción. El propósito de este estudio transversal fue comparar la experiencia de satisfacción y de sintomatología depresiva de cuidadores de ancianos con demencia (n=70) y de cuidadores de ancianos con antecedentes de...

Impacto em cuidadores de idosos com demência atendidos em um serviço psicogeriátrico

Garrido,Regiane; Menezes,Paulo R
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
46.59%
OBJETIVO: O número de idosos com demência no Brasil está crescendo rapidamente, e há carência de dados empíricos sobre o impacto em cuidadores informais. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto sobre cuidadores informais de pacientes com síndrome demencial. MÉTODOS: Estudo de corte transversal foi conduzido em um serviço psicogeriátrico da cidade de São Paulo, Brasil. Entrevistas estruturadas e semi-estruturadas foram aplicadas em 49 idosos com demência e em seus cuidadores informais. O impacto em cuidadores foi avaliado com a Zarit Burden Interview. RESULTADOS: Os pacientes eram em sua maioria do sexo feminino, apresentavam escore médio no mini exame do estado mental de 12,2 e alta freqüência de transtornos de comportamento. Os cuidadores eram predominantemente mulheres, filhas ou esposas, e co-residiam com seus pacientes. A média de impacto foi de 32,4 (dp: 16,7). As variáveis estatisticamente associadas a níveis de impacto foram o grau de parentesco do cuidador com o paciente (p=0,011), sintomas psiquiátricos do cuidador (p<0,001) e tempo em que o cuidador exercia o papel de cuidar (p=0,001). CONCLUSÕES: Observou-se alta média de impacto em cuidadores de idosos, com demência, que necessitam de atendimento psicogeriátrico. É necessário que os profissionais de saúde estejam aptos a prover suporte adequado a esses cuidadores...