Página 1 dos resultados de 393 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Intelectuais e a questão da democracia no Brasil: um estudo a partir da revista Presença; Intellectuals and the democracy issue in Brazil: a study from the Presença magazine

Lucca-Silveira, Marcos Paulo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.01%
A presente pesquisa analisa a questão da adesão teórico-conceitual à democracia realizada por um grupo de intelectuais comunistas no Brasil, ao final da década de 1970 e ao longo dos anos 1980. O trabalho analisou Presença Revista de Política e Cultura publicada em dezoito exemplares de 1983 até 1992 , na qual grande parte desses intelectuais participaram. Apresenta-se a hipótese de que a publicação do ensaio de Carlos Nelson Coutinho, A democracia como valor universal, em março de 1979, pode ser considerada o momento decisivo da adesão à democracia política a partir de uma linguagem vinculada ao marxismo-comunismo no Brasil. Indica-se como esse movimento de adesão à democracia está associado a uma nova interpretação da história e da conjuntura político-social do país. A principal referência teórica desse grupo são as obras de Gramsci. No mais, sugere-se que esse movimento de adesão teórico-conceitual está inserido em um movimento das ideias políticas mais amplo, o qual está vinculado às características da conjuntura do período de transição política brasileira.; The present research analyses the conceptual adhesion to democracy of a group of communist intellectuals in Brazil, from the end of the 1970s through the 1980s. The work accomplishes the analyses of Presença...

Entre a ditadura e a democracia: história oral de vida acadêmica (FFLCH-USP); Between dictatorship and democracy: oral history of academic life (FFLCH-USP)

Biazo, Glauber Cícero Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Dezenove entrevistas realizadas com professores titulares pertencentes à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, permitiram examinar a construção de uma memória coletiva sobre o papel desta instituição na transição política da ditadura para a democracia no Brasil. As histórias de vida possibilitaram investigar como os docentes se apropriaram do processo de profissionalização acadêmica determinado pela Lei 5540/68. O objetivo desta tese é demonstrar como o fim das cátedras e a conquista de uma autonomia intelectual baseada na carreira pública foram responsáveis por reorientar os projetos coletivos e resignificar as relações estabelecidas pelos professores com a sociedade no período democrático. A reintrodução da questão democrática no final dos anos 1970 trouxe à tona pautas políticas divergentes que explicitaram diferentes concepções a respeito da função dos intelectuais na sociedade. A intenção desta pesquisa é evidenciar como a comunidade docente forjada em um contexto de modernidade radicalizada, reiterou seu compromisso na defesa do ensino público e o desejo de interferir nos destinos do país; The realization of nineteen interviews with full professors from the Faculty of Philosophy...

O estado de exceção e a crise da democracia brasileira = The state of exception and the crisis in the brazilian democracy

Honesko, Vitor Hugo Nicastro
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.07%
Apresenta o problema da crise pela qual passa a democracia brasileira. Desenvolve o tema em torno de conceitos básicos cunhados no decorrer da história da humanidade. Por uma análise desconstrutivista de seu objeto, demonstra que o que hoje se denomina democracia, nada mais é do que uma tentativa frustrada de encobrir o totalitarismo imposto pelo neoliberalismo.; The main aim of the present work is to situate the crisis the Brazilian democracy is going through. It develops the topic around basic concepts coined along the history of humanity. By means of a deconstructivist analysis of its object, this article searches to demonstrate that what is currently named democracy is nothing more than a frustrated attempt to disguise the totalitarianism imposed by neoliberalism.

História constitucional brasileira : mudança constitucional, autoritarismo e democracia no Brasil pós-1964

Barbosa, Leonardo Augusto de Andrade
Fonte: Câmara dos Deputados, Edições Câmara Publicador: Câmara dos Deputados, Edições Câmara
Tipo: livro Formato: 420 p.
Português
Relevância na Pesquisa
45.95%
Apresenta, com detalhes, aspectos históricos do constitucionalismo contemporâneo brasileiro. Partindo do período pós-1964, quando diversos processos de reforma ou ruptura alteraram as regras relativas a mudanças constitucionais, é apresentado um desenho dos principais instrumentos jurídicos utilizados pelo regime militar a fim de garantir a sua hegemonia política e jurídica. A análise passa pelo processo constituinte de 1987-1988, para verificar em que medida se rompeu com o paradigma instaurado pela ditadura, e investiga as principais tentativas de, sob a vigência da nova Carta Magna, alterar o processo de reforma constitucional.; Apresentado originalmente como tese do autor (doutorado) -- Universidade de Brasília (UnB), 2009.; Acima do título: Câmara dos Deputados, Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento.

Os movimentos sindicais e corporativos como atores da democracia

Andrade, Francisco de Sousa
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese
Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Aborda o comportamento do movimento sindical e das associações corporativas congêneres, a partir de sua finalidade principal - a defesa dos interesses específicos de classe. Analisa as relações do movimento com o governo, o parlamento e a sociedade, destacando as principais contribuições que ofereceram para o processo de construção da democracia brasileira. Discute aspectos da crise de representatividade e de legitimidade por que passam as entidades sindicais no Brasil, a partir dos anos 1990.; Monografia (especialização) -- Curso de Especialização em Instituições e Processos Políticos do Legislativo, Câmara dos Deputados, Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), 2008.

A participação popular na iniciativa das leis no contexto da democracia representativa e da participação política no Brasil

Santos, Luiz Claudio Alves dos
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese
Português
Relevância na Pesquisa
65.99%
Analisa a experiência brasileira de participação popular na iniciativa das leis no contexto da democracia representativa e da participação política no Brasil. Aborda os temas democracia, representação e participação política. Apresenta histórico da experiência democrática no país. Descreve plebiscito, referendo, iniciativa popular, conselhos gestores, orçamento participativo, veto popular e recall. Expõe os marcos jurídicos do instituto da iniciativa popular na Argentina, Brasil, Equador, Itália e Suíça. Identifica quatro casos em que a iniciativa popular mobilizou a sociedade brasileira e o Parlamento. Examina as propostas de emenda constitucional que diminuem as exigências para seu exercício.; Dissertação (mestrado) -- Instituto de Pesquisas Universitárias do Rio de Janeiro e Centro de Formação Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados (Cefor), 2009.

A invenção da lista aberta : o processo de implantação da representação proporcional no Brasil

Pires, Juliano Machado
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese Formato: 147 f.
Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
Apresenta os conceitos de democracia e representação bem como os termos relevantes para melhor entendimento. Realiza revisão histórica da evolução das propostas de representação política nos séculos XIX e XX, com destaque para a representação proporcional no mundo e no Brasil e para as obras de Joaquim Francisco de Assis Brasil e de João C. Da Rocha Cabral. Analisa os trabalhos da Comissão responsável pela elaboração do Código Eleitoral de 1932, seu conteúdo e normas auxiliares. Aborda a questão da representação na Constituição de 1934 e a discussão de contestação do tratamento dado pelo Código de 1932 à representação proporcional. Esses debates conduzirão à revisão do código por parte do Congresso Nacional entre 1934 e 1935. Essa revisão, abordada em detalhes pela primeira vez entre trabalhos acadêmicos, levou à aprovação da Lei nº 48 de 1935, que é desde então a base do sistema nacional. Por fim, é abordado como a Lei nº 48 serviu de base para o Decreto-Lei 7.586 de 1945 (Lei Agamenon) e os códigos eleitorais que vieram posteriormente.; Dissertação (mestrado) -- Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), Universidade Cândido Mendes, Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento...

A escolha democrática dos representantes por meio do voto eletrônico e a manutenção e continuidade da democracia com auxílio da urna eletrônica

Silva, Luiz Stanley da
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese Formato: 97 f.
Português
Relevância na Pesquisa
55.86%
Apresenta a urna eletrônica como agente essencial para a manutenção da democracia. São apresentadas as origens do voto no Brasil, indo até a proposta e execução do ambicioso projeto de eleições gerais com base em urnas eletrônicas. Descreve como se deu o desenvolvimento do equipamento. Os requisitos de segurança da informação são apresentados no contexto da votação eletrônica tendo como parâmetro a norma ISO 27.002. Observa que há melhorias que devem ser continuamente realizadas a fim de garantir a efetiva realização de um processo eleitoral seguro e confiável.; The present study introduces the electronic ballot as an essential agent for the maintenance of democracy. It presents the origins of the vote in Brazil, until the proposal and implementation of the ambitious project of general elections based on voting machines, and describes the development of the equipment. Security requirements of information are presented in the context of electronic voting, taking the ISO 27002 as a parameter. It is observed at the end of the study that improvements must be continuously carried out to ensure the effective implementation of a secure and reliable election process.; Monografia (especialização) -- Curso em Política e Representação Parlamentar...

As transformações do PCB e a democracia brasileira

Mattos, Marcelo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
46.06%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2010.; Depois da Revolução russa de outubro de 1917, em 1922, foi criado no Brasil, o Partido Comunista Brasileiro (PCB), que, baseado na ditadura do proletariado, tornou-se um importante componente da história política brasileira até 1992, quando foi decretado o seu fim no X Congresso do partido. Durante seus 70 anos de existência, o PCB protagonizou uma luta pela democracia e pela própria sobrevivência, sofrendo diversas transformações que culminaram no seu X Congresso. Esta pesquisa pretende investigar qual a contribuição dessas transformações para a construção da democracia brasileira que por diversas vezes foi ameaçada, principalmente na ditadura de Vargas e na ditadura militar de 1964 a 1985. A luta pela democracia foi caracterizada por dois paradoxos: a autonomia versus a heteronomia em relação à URSS (adaptação do comunismo à cultura brasileira) e o paradoxo da luta insurreta versus a luta democrática, pacífica, por um governo socialista. Em razão desses paradoxos, o PCB foi enfraquecendo com o tempo, tendo basicamente dois causadores: 1º) as críticas que a teoria marxista-leninista vinha sofrendo no âmbito internacional e o próprio enfraquecimento do comunismo no mundo...

Jornalismo, democracia e golpe : a crise de 1955 nas páginas do Correio da Manhã e de O Estado de S. Paulo; Journalism, democracy and the coup : the 1955 crisis through the pages of the Correio da Manhã and O Estado de São Paulo; Journalisme, democracie et coup d'etat : la crise de 1955 dans les pages du Correio da Manhã et de O Estado de São Paulo

Tokarski, Flávia Millena Biroli
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.94%
Neste trabalho discutimos aspectos do debate político que se deu na segunda metade dos anos 1950, representativo de um conjunto de práticas que ultrapassam aquele momento da história brasileira; concentramo-nos, sobretudo, na crise em torno da eleição e da posse de Juscelino Kubitschek e João Goulart, ocorrida em 1955, visualizada a partir de textos publicados nos jornais Correio da Manhã e O Estado de S. Paulo, que ocuparam lugares opostos durante a crise. Interessa-nos aqui explicitar elementos de continuidade no período 1946-1964, entre o que destacamos práticas por meio das quais se evidenciou um desprezo pela política em seus elementos de confronto e luta, acompanhado de uma difundida descrença nos processos eleitorais e na capacidade de discernimento da população. Ressaltamos, sobretudo, duas temáticas: 1) o papel das massas na política, com sua correspondente crítica às elites e ao "atual estado" da democracia no país, vista como falha e/ou incompleta e 2) as funções atribuídas ao jornalismo diante desse diagnóstico recorrente. Nossas considerações acerca dos posicionamentos dos dois jornais inserem-se nessa problemática, que impõe considerações sobre as superposições e entrelaçamentos entre liberalismo e autoritarismo...

“Entreguemos a emprêsa ao povo antes que o comunista a entregue ao Estado”: os discursos da fração “vanguardista” da classe empresarial gaúcha na revista “Democracia e Emprêsa” do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais do Rio Grande do Sul : (1962-1971)

Moraes, Thiago Aguiar de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
46.17%
Esta dissertação tem como objetivo principal analisar os discursos da fração de “vanguarda” da classe empresarial gaúcha através das edições da revista Democracia e Emprêsa, publicadas pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais do Rio Grande do Sul (IPESUL), no período de 1962 a 1971. O IPESUL era uma das seções regionais dos Institutos de Pesquisa e Estudos Sociais (IPÊS) centrais, localizados no Rio de Janeiro e em São Paulo. Os diversos IPÊS, formados por civis e militares, desencadearam uma campanha de desestabilização do governo de João Goulart a partir de 1961, e contribuíram para a sua deposição. Em 1964, muitos ipesianos ocuparam cargos de alto escalão no aparato estatal. Os discursos em questão serão analisados de forma qualitativa, e será utilizado o conceito de ideologia a partir de John B. Thompson. Analisaremos como os sentidos dos textos analisados foram utilizados entre 1962 e 1971 para estabelecer ou sustentar relações de dominação entre classes. Para cumprir este objetivo, o trabalho foi divido em três capítulos, um de contexto e dois de análise dos textos das revistas. No primeiro, abordaremos o processo de fundação do IPESUL, seus sócios-fundadores e a campanha de desestabilização do governo João Goulart no Rio Grande do Sul...

Participação popular na produção legislativa : o caso da legislação urbanística no Brasil pós-Constituinte

Carvalho, Adail Ribeiro de
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese Formato: 70 f.
Português
Relevância na Pesquisa
55.95%
Na década de 1980 a questão urbana no Brasil ganhou visibilidade a partir de uma gama de ocupações de imóveis ociosos que ocorreram em diversas cidades importantes do país. Às mobilizações pela redemocratização somou-se a luta pela reforma urbana. Com o advento do Processo Constituinte, ganhou importância a intervenção dos movimentos populares na esfera institucional, cuja principal ferramenta foi a apresentação da Emenda Popular da Reforma Urbana, convertida numa espécie de manifesto-programa pelos defensores da causa. Com a Constituição já promulgada, o movimento pela reforma urbana celebrou o fato de, pela primeira vez na História Constitucional brasileira, a questão urbana ter sido contemplada. O Capítulo de Política Urbana necessitou, contudo, de regulamentação para ter efeitos práticos, o que veio a acontecer com a aprovação do Estatuto da Cidade em 2001. Fazer um balanço da luta pela reforma urbana no Brasil e a da influência do movimento popular no delineamento da legislação urbanística desde o Processo Constituinte é o objetivo primeiro deste trabalho. A intenção de fundo é refletir acerca do modelo de democracia brasileira, tendo por pressuposto a ideia de que a participação popular modelou um regime democrático que avança em relação ao clássico modelo da democracia representativa vigente no mundo ocidental.; During the 1980's...

Da democracia à constituição: o direito da iniciativa popular brasileira para apresentar propostas de emendas a constituição federal e a problemática que essa omissão constitucional implica ao exercício da democracia no Brasil.

Neves, Felipe
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Anais
Português
Relevância na Pesquisa
45.98%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Direito da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Este estudo centraliza-se no exercício do poder político conferido ao cidadão mediante a iniciativa popular legislativa prevista na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. A Lei Magna brasileira aponta que a soberania popular no Estado Democrático de Direito irradia por todo ordenamento jurídico, porquanto não se pode conceber uma Constituição, que tem na sua essência a democracia, distante da vontade popular. O sistema jurídico aponta que a soberania popular pode ser exercida mediante a iniciativa popular de leis na esfera federal, estadual, distrital e municipal. Partindo-se desta premissa, a que se sustentar a viabilidade do povo exercer o direito político de deflagrar o processo legislativo de Emenda à Constituição. Por tal razão, estuda-se no presente trabalho a história da democracia e sua evolução a fim de reforçar a ideia de que o povo brasileiro é apto a apresentar propostas de Emenda à Constituição, assim como o fizera quando lutou pela instauração da Assembleia Nacional Constituinte de 1987. O objetivo geral é investigar as razões para não haver a possibilidade de iniciativa popular de emenda constitucional na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988...

O movimento dos trabalhadores rurais sem-terra (MST) e a democracia no Brasil; The movement of landless rural workers' (MST) and democracy in Brazil

Carter, Miguel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
45.97%
This paper reviews the Movement of Landless Rural Workers’ (MST) relations with democracy in Brazil. The MST is Latin America’s premier grassroots organization and one of the most significant social movements for land reform in world history. Contrary to influential views, this essay argues that the MST is not an “anti-state” or “anti-democratic” organization. MST engagements with Brazil’s political institutions are multifarious and dynamic. These include public activism and acts of civil disobedience, lobbying and bargaining, ad hoc societal corporatism, electoral participation, and manifold relations with the rule of law. Given the crude realities of Brazil’s agrarian struggle –and the actual options available to the MST—the movement’s oppositional demeanor and pressure politics must be understood, first and foremost, as grounded on practical considerations rather than any dogmatic ideology. The MST’s contentious edge has been necessary to advance Brazil’s agrarian reform and improve the quality of its democracy by: (1) strengthening civil society through the organization and incorporation of marginalized sectors of the population; (2) highlighting the importance of public activism as a catalyst for social development; (3) facilitating the extension and exercise of basic citizenship rights among Brazil’s poor; and...

JESUS CRISTO PRATICOU A DEMOCRACIA DUAS PERSPECTIVAS PROTESTANTES SOBRE A ORDEM POLÍTICA NO BRASIL DE 1945-1955

Santos, João Marcos Leitão; Doutor em História Social/USP. Universidade Federal de Campina Grande.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História Comparada (PPGHC) Publicador: Programa de Pós-Graduação em História Comparada (PPGHC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.84%
Neste trabalho investigamos dois documentos sobre o protestantismo e aordem política brasileira: Manifesto aos crentes evangélicos, aos adeptos esimpatizantes, a todos os brasileiros que temem a Deus (1945) e Manifesto doEvangelismo a Nação Brasileira (1954), apresentados pela Confederação Evangélicado Brasil que se pretendia representante do protestantismo brasileiro. Cotejando a suafala com o principal antagonista na disputa pelos bens religiosos no período, a igrejacatólica, procuramos estabelecer seus elementos identitários. Buscamos, assim,caracterizar os elementos distintivos na agenda política do protestantismo entre os doispronunciamentos, resultado da dinâmica interna daquele segmento do cristianismo, suapolitização e o processo de reordenamento na sociedade brasileira no mesmo período.

A necessária relação entre democracia e controle social: discutindo os possíveis reflexos de uma democracia “não amadurecida” na efetivação do controle social da Administração Pública

Bitencourt, Caroline Müller; Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC (Santa Cruz do Sul - RS, Brasil); Pase, Eduarda Simonetti; Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC (Santa Cruz do Sul - RS, Brasil)
Fonte: NINC - Núcleo de Investigações Constitucionais da UFPR Publicador: NINC - Núcleo de Investigações Constitucionais da UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 15/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46%
O presente estudo tem por objetivo principal construir uma inter-relação com as problemáticas geradas por uma democracia “não-amadurecida” em relação aos possíveis entraves existentes para a efetividade do controle social no Brasil contemporâneo. Para tanto, buscará enfrentar e debater ao longo da história contemporânea o que pode ser considerado como uma democracia “não-amadurecida”, perpassando assim pelas problemáticas do Estado Moderno, o qual pressupõem principalmente uma mobilização política da sociedade. Também, buscar-se-á abordar temas latentes como a necessidade da formação de uma sociedade civil com tradição de organização e consciência do seu papel em um Estado Democrático. A par disto, investiga-se a efetivação ou não de uma democracia substancial e não apenas formal e as suas respectivas implicações no que tange a busca pela libertação do cidadão enquanto cidadão de um Estado Democrático. Ou seja: quais os ônus suportados pela sociedade na qual as arenas de debate e reflexão são timidamente proporcionadas ou quase não efetivadas, buscando-se, portanto, romper-se com o modelo de Estado burocrata e decisor que predominou na formação do modelo de administração da coisa pública no Brasil.

DEMOCRACIA E CIDADANIA NO BRASIL: CONSIDERAÇÕES SOBRE SEUS (DES) CAMINHOS

Schenato, Vilson Cesar
Fonte: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína Publicador: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
45.95%
O presente texto aborda o percurso histórico da democracia e da cidadania no Brasil, trazendo reflexões sobre alguns avanços, limites e desafios atuais. Apresento um breve histórico da democracia e cidadania no país, ressaltando a herança autoritária da cultura política brasileira para, posteriormente, discorrer sobre alguns dos avanços da "redemocratização" dos anos 1980 e da Constituição Federal de 1988 e, como que nas três últimas décadas as políticas neoliberais e globalizantes se tornaram um desafio para democracia, por acirrar as desigualdades sociais e incentivar políticas e comportamentos antidemocráticos. Por fim, discuto alguns dos bloqueios e possibilidades para a construção da democracia brasileira atual.    

PARA ALÉM DO PERIGO COMUNISTA: A IDÉIA DE DEMOCRACIA NO JORNAL DO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PRIMEIROS MESES DE 1964

Alves, Cristopher Sallati
Fonte: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína Publicador: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
45.94%
Este artigo tem por objetivo analisar as diferentes concepções de democracia que norteavam as posições do Jornal do Brasil e do presidente João Goulart face à situação brasileira entre os meses de janeiro e março de 1964, posições frontalmente divergentes, mas que tinha em comum a utilização da democracia como argumento. Por tomar um periódico como objeto de estudo, o artigo também pontua algumas questões correlatas à imprensa, como a discussão sobre a opinião pública e a questão discursiva.    

State versus Civil Society: the process of transition to democracy in Paraíba, Brazil (1975-1979); Estado versus Sociedade Civil: o processo de transição para a democracia na Paraíba (1975-1979)

Antonino Nunes, Paulo Giovani
Fonte: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política Publicador: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisas Sociais Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
55.98%
At the State of Paraíba, due to its characteristics, such as: economic delay, oligarchic and authoritarian political culture, the society is considered as fragile. Nevertheless, this does not keep it from, in a certain conjuncture, having pleading action in the established order. This article intends to analyze the political, social and cultural action of the Brazilian civil society, specially in the part of it from Paraíba – Church, political parties, syndicates, class association, social movements, etc. – at the time of the transition to democracy in Brazil, which’s aim is to verify the importance of it to the redemocratization of the country. It will also observe how the State, on federal, state and municipal level reacts to the performance of civil society in Brazilian territory, more specifically in Paraíba. Key words: State. Civil Society. Democracy. Political History.; No Estado da Paraíba, devido algumas de suas características, tais como: atraso econômico, cultura política oligárquica e autoritária, a sociedade é considerada frágil. No entanto, isto não impede que em determinadas conjunturas ela possa ter uma atuação contestadora da ordem vigente. Este artigo pretende analisar a atuação política, social e cultural da sociedade civil brasileira e em especial na paraibana – Igreja...

Letters black, white pages: the images of the negro between the historiography and teaching history (brazil, second half of the twentieth century); Letras negras, paginas blancas: imágenes de negro entre la enseñanza de la historia y la historiografía (brasil, segunda mitad del siglo xx); Letras negras, páginas brancas: as imagens do negro entre a historiografia e o ensino de história (Brasil, segunda metade do século XX)

Ribeiro, Renilson Rosa
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura; Revisão de Literatura; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 12/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.08%
The debate about the images of black people history in textbooks produced in Brazil in the second half of the twentieth century brings us to the analysis of key historiographical interpretations developed over slavery in the same period. These historiographical approaches, one way or another, have influenced the reading of the authors of textbooks in the field of history in regard to this issue. In this sense, this paper will address the representations of black people wrought by historical discourse from dialogue with the academic knowledge of history and during school. Throughout this essay we will present the two arrays interpretive recurring - Gilberto Freyre ("racial democracy") and Florestan Fernandes ("denouncing violence of slavery and racism") - on the subject of slavery and black people, trying to establish their difference, points of confrontation and the ramifications of his theses on history teaching.;  El debate sobre las imágenes de la historia del negro en los libros de textos producidos en el Brasil en la segunda mitad del siglo XX lleva a una análisis de las principales interpretaciones historiográficas desarrolladas sobre la esclavitud en el mismo período. Estos enfoques historiográficos, de una forma u otra...