Página 1 dos resultados de 367 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Avaliação do impacto das práticas do CMMI do nível 4 no desempenho de equipas piloto de desenvolvimento de software; Assessing the impact of CMMI practices on performance level 4 pilot software development teams

Pina, Maria Domingas Dias de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.98%
Dissertação de mestrado em Sistemas de Informação; O mundo empresarial tem sofrido um desenvolvimento constante nas últimas décadas devido à evolução tecnológica, não só por causa da rápida proliferação das novas tecnologias de informação na sociedade, como também a conceção e desenvolvimento de software com base em tecnologias de ponta, contribuindo para surgimento de várias soluções inovadoras no mercado empresarial. O modelo CMMI (Capability Maturity Model Integration) foi desenvolvido, com o intuito de melhorar a qualidade dos processos de desenvolvimento e integração de software. É um modelo de melhoria de processo que possui dois tipos de representação: faseada e contínua. Esta dissertação irá abordar a representação faseada no nível 4 de maturidade, envolvendo seis equipas piloto de desenvolvimento de software, com número de membros entre 12 e 19, da disciplina de DAI (Desenvolvimento de Aplicações Informáticas) num ambiente académico com uma certa facilidade de intervenção. Com base em alguns estudos bibliográficos e usando o método de investigação qualitativa e quantitativa junto das equipas de desenvolvimento de software, procura-se determinar o relacionamento entre a adoção e institucionalização das boas práticas do modelo CMMI e o desempenho da equipa em termos de qualidade do produto e desempenho dos processos. Foi utilizada a estratégia de investigação estudo de caso. Inicialmente efetuou-se uma análise minuciosa dos relatórios dos projetos elaborados pelas equipas piloto de desenvolvimento de software. Com os resultados obtidos da análise de artefactos desenvolveu-se um levantamento do estado atual das equipas piloto em cada uma das áreas de processo...

Arquitectura de controlo/coordenação de uma equipa de futebol robótico

Corrente, Gustavo Abdul da Fonseca Ussemane Pires
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
65.99%
CAMBADA é a equipa de futebol robótico da Liga de Robôs Médios da Universidade de Aveiro. Esta equipa foi desenvolvida pelo grupo de investigação de Actividade Transversal de Robótica Inteligente (ATRI), pertencente ao Instituto de Electrónica e Investigação da Universidade de Aveiro (IEETA)). Este trabalho pretende especificar e implementar uma arquitectura de controlo e coordenação para os robôs CAMBADA. Esta arquitectura é baseada em comportamentos sendo estes utilizados nos papéis de guarda-redes, de médio e de atacante. Este papéis permitiram um evolução do desempenho da equipa CAMBADA nas competições nacionais e internacionais. Foi desenvolvido ainda um mecanismo de posicionamento estratégico, baseado no Situation Based Strategic Positioning (SBSP) com Dynamic Positioning and Role Exchange (DPRE) da equipa FCPortugal, permitindo maximizar a distribuição dos agente pelo campo. Um treinador, foi implementado com o objectivo de definir as várias posições estratégicas dos agentes CAMBADA. Este trabalho foi implementado e avaliado ao longo de várias competições nacionais (Robótica 2006, Robótica 2007 e Robótica 2008) e internacionais (RoboCup 2006, RoboCup 2007 e RoboCup 2008). Destas participações é de salientar a vitória em dois campeonatos nacionais...

Implementação de uma estratégia comercial no sector automóvel

Almeida, Rafael Costa de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
65.91%
Este projecto, teve como principal objectivo reorganizar e reestruturar o sector comercial na empresa Almeida & Irmão SA. Após uma análise de dados disponibilizados pela ACAP, percebemos as dificuldades que o sector automóvel pode atravessar nos próximos anos. Este trabalho procurou definir uma estratégia, baseada na implementação de procedimentos internos em todo o sector comercial, reorganizando e reestruturando toda a estrutura de vendas, que permita à empresa enfrentar da melhor forma todas as dificuldades comerciais que se avizinham. Procurou-se mostrar a importância da organização da equipa de vendas, da relação da empresa com os clientes (CRM), e da criação de indicadores para medir o desempenho da equipa de vendas. Fez-se uma demonstração dos resultados alcançados com estas novas medidas, e verificou-se que a implementação dos procedimentos na equipa de vendas, já está a ter resultados positivos, onde a maioria das vendas tem origem no CRM e novas entidades. Podemos ainda concluir que este tipo de projecto nunca vai ser um produto acabado, pois exige uma constante adaptação à realidade momentânea. Em relação às previsões da ACAP, e apesar do sucesso do projecto, também a empresa Almeida Irmão SA tem vindo acompanhar a queda no mercado...

O papel mediador da relação líder-membro na relação entre o estilo de liderança transformacional e a coesão da equipa : um estudo com equipas em contexto militar

Almeida, Joana Filipa Dinis Lourenço de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.01%
Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010; Um mecanismo pelo qual as organizações aumentam a sua capacidade de adaptação é através da implementação de equipas (Burke, Stagl, Salas, Pierce & Kendall, 2006). Alguns autores defendem que o desempenho destas equipas pode ser optimizado com a existência de um líder eficaz (e.g. Hackman & Wageman, 2005a) e com a coesão da equipa (Cohen & Bailey, 1997). O presente estudo visa explorar a o estilo de liderança transformacional e a coesão da equipa. As hipóteses deste estudo focam-se no papel do estilo de liderança transformacional na coesão da equipa e no papel da LMX como mediadora desta relação. Recorrendo a uma amostra de 66 soldados recrutas da Ota, mediu-se a coesão da equipa (Riordan & Weatherly, 1999), a LMX (Scandura e Graen, 1984) e o estilo de liderança transformacional (Yukl, 1999). Os resultados suportam as hipóteses formuladas.; One mechanism by which organizations are improving their ability to adapt is through the implementation of teams (Burke, Stagl, Salas, Pierce & Kendall, 2006). Some authors argue that the performance of these teams can be optimized with the existence of an effective leader (e.g. Hackman & Wageman...

Adaptation to unforeseen change in geographically dispersed mission teams : the roles of team training and team familiarity

Oliveira, Diogo Raposo de Oliveira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.12%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014; Today the world witnesses the course of a technological revolution that has broken down office walls and expanded the horizons of team communication. Teams are no longer confined to a single place at a time, and for that reason some researchers may call them “ubiquitous” (e.g., Marks, 2006). In fact geographic separation has been overcome by the virtuality that has touched and transformed every modern organization. Despite all the advantages that virtual communication may represent, everyday many virtual teams find themselves struggling because of virtual work. Using fail-safe technology is one way of preventing that from happening; however the focus of prevention should also span human resource policies like training and development of team members regarding virtual work (Duarte & Snyder, 2001). Following that perspective, and taking into consideration other evidences, I hypothesized that both team training and team familiarity have a positive effect on individual perceptions of adaptability. Furthermore I posited that the positive effect of team familiarity on individual perceptions of adaptability is stronger when team training occurs instead of separate training. An experimental study with 39 individuals was conducted to test these hypotheses. Participants were given scenarios where familiarity and conjoint training were manipulated. Team adaptive performance was measured at the end of each scenario. Results provided evidences against the hypothesis proposed in this study...

Decision making behaviour in team sports : informational constraints and the dynamics of interpersonal coordination in rugby union

Correia, Vanda Isabel Tavares
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.84%
Doutoramento em Motricidade Humana na especialidade de Ciências do Desporto; This thesis aimed to investigate informational variables that constrain the dynamics of interpersonal coordination underlying players’ decision-making behaviour in team sports. We begin with a position paper highlighting the need for understanding how performers interact and generate goal-directed adaptive behaviours coupled to the information sources unfolding in the performance contexts. Thereafter, in all empirical studies performer-environment interactions are analysed with process-tracing methods to examine behaviours’ dynamics. Relevant variables expressing players’ behavioural interactions were identified and analysed in matches and rugby sub-phases (i.e., 1vs1, 1vs2, 3vs3). Analysis of the distance gained dynamics in attacking phases of actual matches revealed that ball displacement provides information on team successful performance. Besides, this variable dynamics described the functional coordination between players and teams. Using also actual match data, the functional role of gap closing information during 1vs1 sub-phases was analysed. Time-to-contact between attacker and defender was suggested as yielding information about future pass possibilities. In an in situ simulation of 1vs2 sub-phase...

Liderança de equipas no contexto das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ)

Graça, Ana Margarida de Faria e Silva Carvalho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.03%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; O presente estudo testa um modelo de liderança de equipas, com o intuito de contribuir para colmatar as limitações das teorias de liderança gerais. O modelo em estudo centra-se no papel da liderança na eficácia do trabalho em equipa numa lógica de modelos input-processos-output de desempenho, cujos estudos empíricos são em número reduzido. Para além do contributo empírico, introduziu-se o contexto onde as equipas operam, neste caso as equipas das CPCJ (Comissões de Protecção das Crianças e Jovens) que intervêm na protecção das crianças e jovens em risco, o qual foi também considerado para formular o modelo. As hipóteses colocadas foram que a reflexividade está relacionada positivamente com o desempenho da equipa, e que a liderança é mediadora desta relação. Os participantes consistiram em 126 equipas das CPCJ em modalidade restrita. Para medir as variáveis deste estudo correlacional, foram utilizadas escalas adaptadas de Wageman, Hackman, & Lehrman (2005) para a liderança, de West (1994) para a reflexividade e de Passos & Caetano (2005) para o desempenho. Os resultados forneceram suporte para as hipóteses nos três tipos de desempenho encontrados, confirmando a proposta para um novo modelo de liderança de equipas. As implicações teóricas e práticas e as limitações e sugestões de estudos futuros são também descritas.; The current study proposes a model of team leadership...

Liderança partilhada: a influência no desempenho organizacional percebido

Baioa, Pedro Miguel da Cruz
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.17%
Mestrado em Gestão / JEL: O15; M12; A liderança assume actualmente um papel fulcral para a prosperidade e sobrevivência das organizações, devido à globalização dos mercados, ao aumento da complexidade organizacional, à mudança constante, entre outros. Assim, é fundamental que a liderança de uma empresa desempenhe vários papéis que dificilmente poderão ser desempenhados apenas por um gestor. Surge, assim, a concepção de equipa de liderança, em que cada elemento desta equipa terá um determinado papel a desempenhar. Em concordância com o que foi referido, são exigidas aos gestores – da equipa de liderança e outros – novas e maiores competências para lidar com as alterações no ambiente de negócios. Salientada a importância da liderança e do aperfeiçoamento de competências para melhorar o desempenho organizacional, importa mencionar a importância da cultura organizacional e confiança na regulação dessa relação. Assim, a liderança deverá actuar sobre estas variáveis e procurar a sua optimização, pois só assim será possível melhorar o desempenho organizacional e garantir a prosperidade e sobrevivência da organização. A presente investigação procura, deste modo, aprofundar estas questões...

A espiritualidade no desempenho dos centros de saúde e das unidades de saúde familiar

Albuquerque, Isabel Garcia da Fonseca e Faro de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
65.94%
Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde / Classificações do JEL Classification System: M10 (Business Administration: General), M29 (Business Economics: Other), I1 (Health), I19 (Other).; Sabe-se que a espiritualidade no trabalho pode influenciar o desempenho percebido pelos profissionais. Este princípio foi aplicado a um estudo na área dos cuidados de saúde primários, tendo sido comparados centros de saúde clássicos com unidades de saúde familiar. Os objectivos deste trabalho contemplam (1) verificar se existem diferenças na espiritualidade entre os profissionais das USF e dos CS (2) verificar se existem diferenças no desempenho percebido entre os profissionais das USF e dos CS e (3) verificar que dimensões da espiritualidade são preditivas do total do desempenho percebido. A amostra engloba 267 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e administrativos). Para medir o desempenho percebido foi usado um conjunto de seis indicadores (just-in-time, GQT, capacitação, desenvolvimento de competências, trabalho em equipa e satisfação percebida) que permitiram obter um olhar mais profundo do posicionamento da percepção actual dos profissionais destas unidades e comparar as diferenças de opiniões entre os dois modelos de organização...

O papel da diversidade na eficácia do trabalho em equipa: a influência das variáveis moderadoras percepção de diversidade e identificação com a equipa nesta relação

Inglês, Tiago Miguel Bagorro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.16%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Com o passar dos anos cada vez mais as organizações estruturam a sua actividade com base em equipas. Esta estruturação baseia-se na crença de que assim conseguem aumentar a qualidade, bem como a produtividade e a eficácia do trabalho dos seus membros. No presente estudo é apresentado um modelo que testa a relação entre a diversidade objectiva e a eficácia do trabalho em equipa (desempenho), especificando o papel moderador da percepção de diversidade e da identificação com a equipa nessa mesma relação. Como ponto de partida, procedemos à análise do desempenho de 108 equipas que se encontravam envolvidas numa competição de gestão. As hipóteses colocadas foram que a diversidade objectiva aumenta a eficácia do trabalho em equipa; a percepção de diversidade modera a relação entre diversidade objectiva e eficácia do trabalho em equipa e a identificação com a equipa modera a relação entre a diversidade objectiva e a eficácia do trabalho em equipa. Para testar as hipóteses utilizámos a análise de regressão linear múltipla. Os resultados mostraram que a relação entre diversidade objectiva e a eficácia do trabalho em equipa foi apenas suportada parcialmente e que as variáveis moderadoras percepção de diversidade e identificação com a equipa não tiveram qualquer efeito moderador no nosso estudo. São também descritas as limitações e as implicações teóricas e práticas...

Projecto de comunidade de prática para a aprendizagem formal e informal

Anjos, André Fernando Martins dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
65.7%
As novas tecnologias asseguraram uma mudança de paradigma no modo como aprendemos, potenciando as metodologias de aprendizagem formal e informal através das redes sociais e comunidades virtuais. Perante a necessidade crescente de focalizar o conhecimento informal através da partilha de experiências e do conhecimento implícito dos indivíduos nas organizações, este projecto assume uma proposta de criação de uma comunidade de prática focalizada para os gestores de equipa na administração pública (dirigentes intermédios) que têm como objectivos de desempenho o desenho de novas metodologias de aprendizagem suportadas pelas TIC. A Comunidade de Prática para a Aprendizagem Formal e Informal constitui-se como uma estratégia que visa a incorporação das tecnologias da informação e da comunicação nas metodologias de aprendizagem, de modo a possibilitar a produção de boas práticas passíveis de ser incorporadas em vários contextos e divulgadas no sector público.; New technologies have induced a shift in the paradigm of the way we learn by enhancing the formal and informal learning methodologies provided by social networks and virtual communities. The growing need to focus on informal knowledge through the sharing of people’s experiences and of the implicit knowledge in organisations...

A influência dos modelos mentais de equipa na eficácia ao longo do tempo: uma relação mediada pelo conflito

Santos, Catarina Marques dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.19%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Numa altura em que a investigação na área da cognição de equipas começa a proliferar, este estudo pretende contribuir para o desenvolvimento desta temática. Esta investigação avaliou a influência dos modelos mentais de equipa no conflito intragrupal e na eficácia das equipas (a qual engloba o desempenho objectivo, o desempenho percepcionado, a satisfação com a equipa e a vontade de continuar na equipa). Com base na revisão de literatura sobre esta temática, este trabalho avaliou a forma como os membros das equipas desenvolvem modelos mentais em relação às tarefas, à dinâmica relacional do trabalho em equipa e à gestão do tempo, em dois momentos distintos no tempo. No estudo participam 50 equipas de uma competição de estratégia e gestão. A avaliação das variáveis em estudo aconteceu ao longo da competição, sendo os questionários desenvolvidos com base em escalas validadas e adaptadas para o contexto. Os resultados revelaram duas mediações totais do conflito relacional na relação entre os modelos mentais de relação com a satisfação e a vontade de continuar na equipa. Contrariamente ao que esperávamos não se verificou mediação na relação entre os modelos mentais de equipa e o desempenho objectivo e percepcionado. Além disso...

O impacto das crenças e das percepções de diversidade na relação entre diversidade e eficácia do trabalho em equipa

Ferreira, Inês de Moura
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.23%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Apesar das várias tipologias e abordagens para explicar e compreender os efeitos da diversidade no funcionamento e na eficácia do trabalho em equipa, os resultados das investigações empíricas têm-se revelado muitas vezes inconclusivos e contraditórios. O presente estudo pretende contribuir para uma melhor compreensão dos efeitos da diversidade no desempenho das equipas, não só pela forma alternativa de definir e operacionalizar a diversidade, como também pelo estudo de efeitos de moderação e mediação nesta relação. Deste modo, em primeiro lugar esperava-se que os diferentes tipos de diversidade (separação, variedade e disparidade) estivessem associados ao desempenho da equipa. Segundo, esperava-se que as crenças e as percepções de diversidade tivessem um efeito moderador na relação entre diversidade e desempenho. Por fim, esperava-se que a identificação com a equipa tivesse um efeito mediador nessa mesma relação. A amostra deste estudo correlacional foi constituída por 182 equipas (811 participantes) que participaram numa competição de gestão durante a qual responderam a dois questionários. Os resultados das várias análises de regressão múltipla hierárquica permitiram suportar parcialmente os efeitos de moderação. Constatou-se que as percepções de diversidade moderaram a relação entre diversidade de disparidade (experiência em edições anteriores da competição) e o desempenho da equipa e que as crenças de diversidade moderaram a relação entre diversidade de separação (sexo) e a expectativa de desempenho. Os resultados não permitiram suportar a hipótese sobre o efeito mediador da identificação com a equipa na relação entre diversidade e desempenho. As implicações teóricas e práticas e as limitações e sugestões de estudos futuros são também descritas.; Although there are several typologies and approaches to understand and explain diversity effects on team work functioning and efficacy...

Uma equipa feliz é uma equipa produtiva? O bem-estar nas equipas de trabalho e a sua relação com o desempenho

Soares, Ana Raquel da Cruz
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.17%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; O presente estudo visa compreender o papel do bem-estar subjectivo no desempenho das equipas ao longo do tempo. Neste sentido é apresentado um modelo baseado na lógica input-processo-output circular, que apresenta as emoções como característica input e como um resultado, captando assim a perspectiva temporal amplamente negligenciada na literatura (Marks, Mathieu & Zaccaro, 2001). O bem-estar subjectivo como um fenómeno colectivo, passível de ter significado a nível das equipas, é reconceptualizado e fundamentado teoricamente na literatura do contágio emocional e metodologicamente no modelo de composição de consenso directo como forma de guiar o desenvolvimento e validação do constructo proposto (Chan, 1998). Foram utilizadas 50 equipas em contexto de competição. Os resultados corroboraram a existência de contágio emocional positivo, tendo demonstrado ainda que as emoções das equipas diferem em função do desempenho alcançado e do contágio emocional sentido. Foi ainda demonstrado que as emoções positivas avaliadas num primeiro tempo de interacção têm impacto nas emoções positivas e na satisfação com a equipa do tempo seguinte. O desempenho objectivo foi mediador da relação entre as emoções positivas num primeiro momento de interacção e as emoções positivas do tempo seguinte...

Percepção de profissionais de saúde relativamente ao trabalho em equipa, em Unidades de Internamento da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados

António, Paula Alexandra dos Santos
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.2%
Introdução: O trabalho em equipa é em si mesmo um estilo de organização de trabalho, fundamental para a efectividade dos cuidados continuados integrados. Apesar de a evidência apontar para uma associação entre esta forma de organização entre profissionais e a melhoria de qualidade dos cuidados de saúde, não é fácil criar e manter uma cultura de trabalho em equipa em unidades de cuidados de saúde, principalmente devido a hábitos tradicionais de trabalho individualizado. A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados pretende dar maior e melhor resposta aos utentes ao nível da saúde, criando unidades de convalescença, de média e longa duração, e de cuidados paliativos, que permitem aos utentes não permanecerem internados em hospital de agudos quando os cuidados que necessitam não são de natureza intensiva, e evitam que vão para a comunidade ainda em fase de potencial recuperação. Objectivos: Este estudo teve como objectivo principal caracterizar as percepções, por parte dos profissionais de saúde das unidades de internamento, no que se refere à forma de organização do trabalho das equipas de saúde. Métodos: O estudo seguiu um desenho observacional transversal, sendo a recolha de dados realizada através da auto-administração de um questionário online a profissionais de saúde que trabalham em unidades de cuidados continuados integrados. A escolha das unidades de saúde foi feita por conveniência e mediante autorização das respectivas direcções. Resultados: A amostra é constituída por 27 profissionais de saúde que se encontram distribuídos por unidades de internamento da RNCCI da seguinte forma: 15 (55...

Caraterização do impacto do gestor de projeto no desempenho de equipas de desenvolvimento de software; Impact characterization of the project manager in the performance of software development teams

Gonçalves, João Manuel Dias de Oliveira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.87%
Dissertação de mestrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação; A disciplina de "Gestão de Projetos" cinge-se a utilizar as melhores práticas, técnicas e ferramentas, recomendadas pela indústria, de forma a observar os requisitos de um projeto. O objetivo é completar um projeto cumprindo os parâmetros previamente definidos – de âmbito, custo, tempo e qualidade. Ao contrário do que seria de esperar, uma grande percentagem de projetos de Sistemas de Informação excedem o seu orçamento e calendário estabelecido. Verifica-se assim a extrema importância da atuação do gestor de projeto para a aferição dos resultados e objetivos de um projeto, sobretudo a nível das suas competências técnicas e sociais, do seu perfil e capacidade de liderança, sua capacidade de comunicação, gestão e monitorização. Como é referido por Müller e Turner (2007), a literatura ignora e evita a questão da influência e contributo do gestor de projeto e, nomeadamente, a sua competência para o êxito de um projeto, sendo que esta nunca é considerada um fator crítico de sucesso. Deste modo se depreende a necessidade de efetuar estudos mais aprofundados e focados nesta temática, com vista a tentar obter uma melhor perceção do impacto que o gestor de projeto possui sobre as equipas de desenvolvimento de software e resultado do projeto em questão. Este trabalho pretende dar resposta a esta questão. Assim...

Gestão por competências : proposta de um modelo para o Grupo Benfica

Jesus, Renato Costa de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
65.84%
Mestrado em Ciências Empresariais; Face à atual conjuntura económica, financeira e social, as organizações desportivas passaram a viver num clima de elevadas adversidades e mudanças, em que, numa luta constante pelos sucessos desportivos, apenas uma equipa pode ganhar. Neste sentido, este projeto visa promover a continuidade de trabalho desenvolvido pelo Grupo Benfica no que se refere ao desenvolvimento da sua estrutura profissional, adotando um modelo de gestão por competências capaz de desenvolver e manter os seus colaboradores competitivos. Com um grande enfoque no modelo de gestão por competências proposto por Varão e Vieira (Varão e Vieira, 2007), que se encontra detalhado na revisão da literatura, foi planeado um novo modelo para o Grupo Benfica, que se resume nas seguintes fases: identificação das competências transversais da organização; identificação das competências específicas de cada família funcional; operacionalização das competências; elaboração dos perfis individuais de competências e alinhamento com duas práticas de recursos humanos: recrutamento e seleção e avaliação de desempenho. De forma a evidenciar e clarificar a utilidade deste modelo, demonstrou-se a sua aplicabilidade na Direção de Comunicação Externa. Com o planeamento...

Escala de eficácia de equipas (3Es) : Adaptação para o contexto português

Vicente, Ângelo Miguel Guerreiro; Rodrigues, Bruno Soares; Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
66%
Este trabalho apresenta os resultados da adaptação da Escala de Eficácia de Equipa (3Es) para a população portuguesa. As propriedades psicométricas do instrumento foram analisadas numa amostra de 1605 trabalhadores de diferentes áreas profissionais. A estrutura tri-fatorial (desempenho, viabilidade e clima) inicialmente proposta por Aubé e Rousseau (2005) foi testada através de uma validação cruzada. Os resultados demonstraram um bom ajustamento do modelo teórico e sugeriram a presença de um fator latente de 2ª ordem tanto na amostra de treino como na amostra de validação. De igual modo, foram encontrados bons indicadores de consistência interna das respetivas dimensões, variando entre .79 e .91. Por último, são discutidas as implicações metodológicas e práticas do trabalho e apresentadas sugestões para futuros estudos de adaptação de instrumentos de diagnóstico organizacional.; ABSTRACT: This paper presents the results of the cultural adaptation of the Team Effectiveness Scale to the Portuguese population. The internal consistency and factor structure of the scale were analysed in a sample of 1605 workers from a variety of industries. The three dimensional structure (performance, viability and climate) initially proposed by Aubé e Rousseau (2005) was analysed in a cross-validation design. Results suggest a good fit of the theoretical model and propose the presence of a 2nd order latent factor...

CIOCB - modelo de competências para o gestor de sistemas de informação

Gouveia, António Jorge Gonçalves de
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
65.98%
Tese de Doutoramento em Informática; A atividade de gestão de Sistemas de Informação (SI) tem evoluído de uma forma muito significativa nas últimas três ou quatro décadas. Acompanhando a evolução dos Sistemas de Informação/Tecnologias da Informação (SI/TI) e a sua crescente importância dentro das organizações, o papel do gestor de SI e as expectativas em torno do seu desempenho também sofreram alterações significativas. Assim, atualmente, os gestores de SI, enquanto responsáveis máximos pelos departamentos de SI, estão profundamente envolvidos na organização do negócio, atuando como estrategas e inovadores de processos, auxiliando a gestão de topo na definição e implementação de estratégias. Estas alterações, a evolução dos SI e do papel do gestor de SI, determinaram um acréscimo de importância e uma alteração de posicionamento do gestor de SI dentro da organização. O gestor de SI deixou de ser um executivo “apenas” responsável pelo controlo e gestão das tecnologias da informação e passou a integrar a equipa de gestão de topo, trabalhando lado a lado com a administração, promovendo o alinhamento entre os SI/TI e o negócio, desenvolvendo estratégias conjuntas com o objetivo de potenciar a competitividade...

Gestão de equipas de elevada performance na empresa Cafés Nandi, S.A.

Oliveira, Maria Rita Soromenho Santos de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.1%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; Este estágio teve como objectivo a melhoria da performance da equipa comercial de Lisboa da Cafés Nandi, S.A.. O estágio incluiu: a) Diagnóstico da Equipa via aplicação da Human Performance Technology; b) Estudo de campo com acompanhamento dos vendedores no terreno; c) Avaliação da informação recolhida; e d) Proposta de uma redefinição de procedimentos e um Plano de Formação Inicial para a Equipa. O relatório inicia-se com o Enquadramento Teórico que descreve todos os conceitos, técnicas e autores que orientaram o trabalho. Segue-se a apresentação da Empresa e a descrição do trabalho realizado ao longo do Estágio. Por fim, é feita uma síntese que pretende associar, de forma objectiva, a teoria à prática, e são apresentadas as conclusões e a reflexão pessoal sobre o estágio. Como conclusão, pode referir-se que a Cafés Nandi, S.A. tem uma gestão interessada na melhoria do desempenho desta equipa. O projecto elaborado durante este estágio está a ser implementado na empresa e a equipa comercial está a crescer. Os resultados, em termos de melhoria da performance da equipa, ainda não são conclusivos, dado tratar-se de um processo ainda em curso e sem que tenha decorrido um período de tempo suficiente que permita uma avaliação.; The purpose of this internship has been the improvement of the Lisbon Sales Team?s performance. The internship includes: a) The diagnosis of the Team that have been made applying the Human Performance Technology; b) The study of the sales personnel in their activities on job; c) Evaluation of the information collected. d) Proposal for a redefinition of procedures and the Initial Training Plan for the Team. The report starts with the Theoretical Framing describing all the concepts...