Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

FK506-binding proteins : identification and analysis in Neurospora crassa

Pinto, Débora Manuela Moreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.57%
Imunofilinas são receptores intracelulares de drogas imunossupressoras, como a ciclosporina A, FK506 e rapamicina, caracterizados por apresentarem actividade de peptidil-prolil cis-trans isomerase. Além do seu envolvimento no enovelamento de proteínas, novos estudos demonstram o envolvimento destas proteínas em processos celulares específicos como transdução de sinal, transporte e montagem de complexos proteícos e silenciamento de rDNA. Neste estudo propusemo-nos caracterizar as funções celulares das imunofilinas do tipo FKBP (FK506-binding proteins) identificadas em Neurospora crassa. Na procura pelo papel fisiológico destas proteínas confirmamos a localização celular das proteínas FKBP12, FKBP22 e FKBP50 e determinamos a localização subcelular da proteína FKBP11. Foi também analisada a expressão destas proteínas em resposta a diversos indutores de stress, realizadas imunoprecipitações e produzidos e analisados mutantes simples e duplos para os genes fkbp. Através da proteína de fusão FKBP50::GFP e extractos proteicos da estirpe selvagem foi possível confirmar a localização nuclear da FKBP50, a localização endoplasmática da FKBP22 e a localização mitocondrial e citoplasmática da FKBP13. Foi também possível determinar que a FKBP11 está localizada no citoplasma. Uma análise bioquímica mais detalhada destas proteínas demonstrou que a FKBP11 não é expressa durante o desenvolvimento vegetativo do fungo mas a sua expressão é induzida por elevados níveis de cálcio e durante o desenvolvimento sexual. Através de imunoprecipitações usando um soro contra a FKBP13 foi possível co-imunoprecipitar uma proteína de aproximadamente 40 kDa. O tratamento de extractos proteícos mitocondriais e citoplasmáticos com diferentes proteases demonstrou que a FKBP13 é extremamente resistente à proteólise por proteinase K e tripsina. A análise da expressão destas proteínas em resposta a diferentes indutores de stress sugere que a FKBP50 é regulada negativamente pelo cálcio. Os níveis de FKBP22 encontram-se mais elevados em resposta ao stress osmótico e oxidativo e os níveis de FKBP13 encontramse também aumentados na presença de elevados níveis de FKBP11...

Endocrine disruption in the terrestrial isopod porcellio scaber

Lemos, Marco Filipe Loureiro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.43%
Nas últimas décadas tem-se assistido a uma preocupação crescente relativamente às possíveis consequências da exposição a compostosxenóbioticos capazes de modular ou causar disrupção do sistema endócrino, os denominados Compostos Disruptores Endócrinos (CDEs). A maioria dos estudos efectuados tem-se centrado principalmente nos efeitos dos CDEs em vertebrados, enquanto que os seus efeitos em invertebrados têmsido negligenciados, embora este grupo represente mais de 95% de todas asespécies animais. Isópodes como o Porcellio scaber, combinam características associadas às mudas e aos processos reprodutivos mediados por mecanismos endócrinosconhecidos com um modo de vida terrestre, tornando-os potenciais espécies sentinela para estudos de disrupção endócrina (DE) em ambientes terrestres. Neste estudo, isópodes machos adultos, machos e fêmeas juvenis e casais foram expostos a concentrações crescentes dedois CDEs, vinclozolina (Vz) e bisfenol A (BPA). Testou-se a hipótese nula que a Vz e o BPA não interferem com o desenvolvimento e reprodução deste isópode terrestre. Foi investigadaa possível ligação entre os efeitos causados pelos compostos propostos e DE assim como a ligação a outros potenciais mecanismos de toxicidade.Parâmetros como concentração de 20-hidroxiecdisona (20E)...

Nucella lapillus: imposex transcriptome analysis and phenotypic plasticity; Nucella lapillus: análise do transcriptoma e plasticidade fenotípica

Pascoal, Sónia Cristina Marques
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.58%
O conhecimento de mecanismos de genómica funcional tem sido maioritariamente adquirido pela utilização de organismos modelo que são mantidos em condições laboratoriais. Contudo, estes organismos não reflectem as respostas a alterações ambientais. Por outro lado, várias espécies, ecologicamente bem estudadas, reflectem bem as interacções entre genes e ambiente mas que, das quais não existem recursos genéticos disponíveis. O imposex, caracterizado pela superimposição de caracteres sexuais masculinos em fêmeas, é induzido pelo tributilestanho (TBT) e trifenilestanho (TPT) e representa um dos melhores exemplos de disrupção endócrina com causas antropogénicas no ambiente aquático. Com o intuito de elucidar as bases moleculares deste fenómeno, procedeu-se à combinação das metodologias de pirosequenciação (sequenciação 454 da Roche) e microarrays (Agilent 4*180K) de forma a contribuir para um melhor conhecimento desta interacção gene-ambiente no gastrópode Nucella lapillus, uma espécie sentinela para imposex. O trancriptoma de N. lapillus foi sequenciado, reconstruído e anotado e posteriormente utilizado para a produção de um “array” de nucleótidos. Este array foi então utilizado para explorar níveis de expressão génica em resposta à contaminação por TBT. Os resultados obtidos confirmaram as hipóteses anteriormente propostas (esteróidica...

The course of TBT pollution in the world during the last decade; Evolução da poluição por TBT no mundo durante a última década

Souto, Márcia Alexandra Miranda
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.14%
Organotins (OTs) are organometallic compounds. Despite of the multiple applications of the OTs, the notoriety of these compounds is due to tributyltin (TBT), a potent biocide used in antifouling paints since the 60s to prevent biofouling on submerged surfaces, including the hulls of ships. Despite of the extreme effectiveness of these paints in combating biofouling, they are also extremely toxic to non-target organisms, therefore several legislative measures restricting their use were implemented in several countries worldwide. TBT causes a huge variety of adverse effects on non-target species (sublethal / lethal) of different taxonomic groups (from bacteria to mammals). The first evidence of adverse effects induced by TBT on non-target species emerged in the 70s in oysters of the species Crassostrea gigas in the Bay of Arcachon, France. Their shells have suffered thickening with consequent decrease in the volume of edible portion, reducing its commercial value. In the same decade was verified the occurrence of male sexual characteristics in female prosobranch gastropods (formation of a penis and / or development of a vas deferens), by exposure to TBT. This phenomenon was coined as "imposex" by Smith in 1971. The imposex is the best known example of endocrine disruption caused by a pollutant being used as a biomarker to monitoring the environmental pollution by TBT. The gastropods are used globally for monitoring environmental pollution by TBT. In the present work we studied how gastropods have been used to track the course of TBT pollution worldwide during the last decade (2003-2013)...

Isca tóxica e disrupção sexual no controle da mosca-da-fruta sul-americana e da mariposa-oriental em pessegueiro

Härter,Wagner da Roza; Grützmacher,Anderson Dionei; Nava,Dori Edson; Gonçalves,Rafael da Silva; Botton,Marcos
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.99%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o emprego simultâneo de isca tóxica e da técnica de disrupção sexual, com uso de feromônio sexual, para o controle de Anastrepha fraterculus e Grapholita molesta, em pomar comercial de pessegueiro. Foram utilizados três pomares de 0,5 ha, com os seguintes tratamentos: pomar 1, manejo com isca tóxica (Biofruit 3% + Malathion 500 CE a 200 mL por 100 L), aplicada nas plantas da borda do pomar quando o nível de controle era atingido, e uso da disrupção sexual por meio da aplicação de feromônio (Splat Grafo) em 1.000 pontos por ha; pomar 2, manejo convencional, constituído por pulverizações com inseticidas de contato e ingestão de 2 a 3 vezes ao ano; pomar 3, testemunha, sem controle. A população de adultos das duas espécies e o dano em ponteiros e frutos foram monitorados nas safras 2007/2008 e 2008/2009. O uso simultâneo da isca tóxica e da técnica de disrupção sexual reduziu em mais de 90% a captura de adultos de A. fraterculus e G. molesta. Nas duas safras, os danos reduziram de 62-85% em ponteiros, e de 98-99% nos frutos, em comparação à testemunha sem controle.

Isca tóxica e disrupção sexual no controle da mosca-da-fruta sul-americana e da mariposa-oriental em pessegueiro.

HARTER, W. da R.; GRUTZMACHER, A. D.; NAVA, D. E.; GONÇALVES, R. da S.; BOTTON, M.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.3, p.229-235, mar. 2010 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.3, p.229-235, mar. 2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
56.99%
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar o emprego simultâneo de isca tóxica e da técnica de disrupção sexual, com uso de feromônio sexual, para o controle de Anastrepha fraterculus e Grapholita molesta, em pomar comercial de pessegueiro. Foram utilizados três pomares de 0,5 ha, com os seguintes tratamentos: pomar 1, manejo com isca tóxica (Biofruit 3% + Malathion 500 CE a 200 mL por 100 L), aplicada nas plantas da borda do pomar quando o nível de controle era atingido, e uso da disrupção sexual por meio da aplicação de feromônio (Splat Grafo) em 1.000 pontos por ha; pomar 2, manejo convencional, constituído por pulverizações com inseticidas de contato e ingestão de 2 a 3 vezes ao ano; pomar 3, testemunha, sem controle. A população de adultos das duas espécies e o dano em ponteiros e frutos foram monitorados nas safras 2007/2008 e 2008/2009. O uso simultâneo da isca tóxica e da técnica de disrupção sexual reduziu em mais de 90% a captura de adultos de A. fraterculus e G. molesta. Nas duas safras, os danos reduziram de 62?85% em ponteiros, e de 98?99% nos frutos, em comparação à testemunha sem controle.; 2010

Tecnologias para o manejo da mosca-das-frutas [Anastrepha fraterculus Wied. 1830 (Diptera: Tephritidae)] e Grapholita [Grapholita molesta Busck 1916 (Lepidoptera: Tortricidae)] em pessegueiro.

HÄRTER, W. da R.
Fonte: 2009. Publicador: 2009.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 72 p.
Português
Relevância na Pesquisa
46.69%
O pessegueiro tem como pragas-chave a mosca-das-frutas sul-americana Anastrepha fraterculus (Wied.) e a mariposa-oriental Grapholita molesta (Busck.). Para o controle destas espécies, iscas-tóxicas e feromônios sexuais foram avaliados visando substituir as pulverizações com inseticidas fosforados na cultura. No primeiro experimento, o efeito dos inseticidas (acetamiprido - Mospilan, 30g/100L, espinosade - Tracer 480 SC, 20 mL/100L e malationa - Malathion 500 CE, 200 mL/100L), associados aos atrativos alimentares melaço de cana (7%) e proteína hidrolisada (Biofruit®, 3%) e a isca comercial Success® (1:1,5) foram avaliados para o controle de A. fraterculus em laboratório. As iscas tóxicas contendo malationa, espinosade e o produto comercial Success foram igualmente eficientes no controle de A. fraterculus. A isca-tóxica à base de malationa causou 100% de mortalidade as 24 horas igualando-se quando comparado com as 72 horas do inseticida espinosade. Acetamiprido não proporcionou mortalidade significativa por ingestão e os atrativos melaço e proteína hidrolisada foram equivalentes entre si. Em plantas de pessegueiro, foi observado que o residual das iscas contendo proteína hidrolisada (3%) apresentaram a mesma eficiência que o melaço (7%)...

A exposição ao glifosato-Roundup causa atraso no início da puberdade em ratos machos; Glyphosate-roundup exposure delays puberty onset in male rats

ROMANO, Renata Marino; ROMANO, Marco Aurélio; MOURA, Maurício Osvaldo; OLIVEIRA, Cláudio Alvarenga de
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.28%
Os efeitos causados pelas substâncias contidas nos pesticidas e adjuvantes podem ser responsáveis por inúmeras alterações no sistema reprodutivo de machos e de fêmeas. A partir do momento que o glifosato-Roundup penetra na célula ele reduz a atividade da proteína StAR e da enzima aromatase. Este trabalho avaliou a possível correlação entre o desenvolvimento das características puberais em animais expostos diariamente ao herbicida glifosato, pela observação do crescimento e desenvolvimento e do início do período púbere. Utilizou-se 32 ratos machos divididos em 4 grupos de tratamentos (0, 5, 50 e 250 mg/kgPV), dos 23 aos 53 dias de idade. Utilizou-se análise de MANCOVA para a comparação dos pesos corporais, Kruskall-Wallis para o dia e ANOVA para o peso ao descolamento do prepúcio. Não houve interferências do tratamento sobre o crescimento dos animais em nenhum grupo. A idade à puberdade foi significativamente diferente entre os grupos 50 mg/kg e 0 mg/kg (36,6±0,5; 36 dias; p<0,05), 250 mg/kg e 0 mg/kg (37,2±0,4; 36 dias; p<0,001) e 5 mg/kg e 250 mg/kg (36,5±0,53; 36 dias; p<0,05). O peso à puberdade foi maior no grupo de 250 mg/kg em relação aos grupos de 0 mg/kg e 5 mg/kg (142,7 ± 9,3; 128,9 ± 5,4; 126...

Flutuação populacional de adultos de Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: Tortricidae) e índice de danos em pomar de macieira com uso de feromônio sexual para controle.

SANTANA, J. E.
Fonte: 2012. Publicador: 2012.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 42 f.
Português
Relevância na Pesquisa
46.96%
A mariposa oriental (Grapholita molesta) (Busck,1916) (Lepidoptera: Tortricidae) é considerada uma das principais pragas da macieira no sul do Brasil. Os danos da G. molesta são causado exclusivamente pela lagarta, e o tipo de dano pode variar entre os hospedeiros. Em macieira, o ataque acontece em frutos e também em ponteiros. O controle químico ainda constitui uma importante ferramenta no manejo da praga, sendo que o emprego de inseticidas fosforados e piretróides tem sido o método mais utilizado pelos produtores. Entretanto existe uma preocupação crescente entre os técnicos e os produtores para racionalizar e/ou substituir o emprego destes inseticidas. Dentre os motivos da necessidade de substituição de tais inseticidas está o fato de serem produtos que possuem restrições quanto a sua toxicidade pois apresentam efeitos deletérios sobre os inimigos naturais, riscos de intoxicação para os aplicadores e contaminação ambiental, além da possibilidade de deixar resíduos tóxicos nas frutas. Uma das alternativas para o manejo destes insetos-praga seria o emprego de feromônios sexuais que são substâncias químicas mediadoras da comunicação entre os sexos de uma mesma espécie. A pesquisa tem obtido resultados promissores com o uso dessa substância para promover a disrupção sexual...

A exposição ao glifosato-Roundup causa atraso no início da puberdade em ratos machos; Glyphosate-Roundup exposure delays puberty onset in male rats

Romano, Renata Marino; Romano, Marco Aurélio; Moura, Maurício Osvaldo; Oliveira, Cláudio Alvarenga de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
16.28%
Os efeitos causados pelas substâncias contidas nos pesticidas e adjuvantes podem ser responsáveis por inúmeras alterações no sistema reprodutivo de machos e de fêmeas. A partir do momento que o glifosato-Roundup penetra na célula ele reduz a atividade da proteína StAR e da enzima aromatase. Este trabalho avaliou a possível correlação entre o desenvolvimento das características puberais em animais expostos diariamente ao herbicida glifosato, pela observação do crescimento e desenvolvimento e do início do período púbere. Utilizou-se 32 ratos machos divididos em 4 grupos de tratamentos (0, 5, 50 e 250 mg/kgPV), dos 23 aos 53 dias de idade. Utilizou-se análise de MANCOVA para a comparação dos pesos corporais, Kruskall-Wallis para o dia e ANOVA para o peso ao descolamento do prepúcio. Não houve interferências do tratamento sobre o crescimento dos animais em nenhum grupo. A idade à puberdade foi significativamente diferente entre os grupos 50 mg/kg e 0 mg/kg (36,6±0,5; 36 dias; p<0,05), 250 mg/kg e 0 mg/kg (37,2±0,4; 36 dias; p<0,001) e 5 mg/kg e 250 mg/kg (36,5±0,53; 36 dias; p<0,05). O peso à puberdade foi maior no grupo de 250 mg/kg em relação aos grupos de 0 mg/kg e 5 mg/kg (142,7 ± 9,3; 128,9 ± 5...