Página 1 dos resultados de 148 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Desenvolvimentos teóricos sobre distribuição de renda com ênfase em seus limites.

Alvarez, Albino Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/1996 Português
Relevância na Pesquisa
46.12%
Procurei rastrear o trajeto do tópico distribuição de renda no interior da teoria econômica e dar um breve relato da discussão no caso brasileiro, no sentido de tentar avaliar a viabilidade de se confinar a questão a uma discussão econômica. Dentro da teoria delimitaram-se inicialmente 2 grandes enfoques: o funcional e o pessoal. No tocante à abordagem funcional, apropriação da renda pelos proprietários dos fatores de produção, a preocupação corresponde à ótica original dos clássicos. Descreve-se as principais visões dentro dessa escola e as posteriores críticas e contribuições de Marx, dos neoclássicos, de Keynes e de autores mais contemporâneos. Quanto ao enfoque da distribuição pessoal, individual, mais recente e hoje predominante destacam-se as contribuições de escolas como a estocástica e a do capital humano, entre outras, em geral caracterizadas por se tratar de visões bastante parciais. Abordou-se em seguida as relações entre macroeconomia e a questão distributiva, nos seus dois sentidos de causalidade enfocados na literatura. A discussão brasileira foi abordada tendo como ponto de partida os primeiros estudos no limiar dos anos 70, com Langoni especialmente, e seus desdobramentos, caracterizando uma escassez de produção acadêmica relevante. A necessidade de uma abordagem que leve em conta variáveis não econômicas me pareceu ficar clara ao final do trabalho.; I intended to follow the path the topic income distribution took within the economic theory and to give a brief report of this discussion in the Brazilian case...

A estrutura tarifária de uso das redes de distribuição de energia elétrica no Brasil: análise crítica do modelo vigente e nova proposta metodológica.; The rate structure of electric power distribution networks in Brazil: critical analysis of the current model and new methodological proposal.

El Hage, Fabio Sismotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
O trabalho discute a questão da precificação eficiente em sistemas de distribuição de energia, abordando desde a teoria econômica clássica aplicada aos modelos de produção e transporte da energia, passando por uma avaliação crítica da atual metodologia de estrutura tarifária vigente no Brasil, até o detalhamento de uma proposta consistente e simplificadora de estrutura de preços para a atividade da distribuição de energia. A teoria de monopólios naturais é o pano de fundo para uma discussão integrada dos modelos clássicos de estrutura de preços para o transporte da energia elétrica. Nesta avaliação do estado da arte, são abordadas as teorias da precificação linear, da precificação não linear e da precificação de ponta. A atual metodologia nacional de cálculo da estrutura tarifária de uso das redes de distribuição, aplicada pela Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, é revisitada sob uma visão técnica crítica. Como resultado, são desconstruídos alguns conceitos e processos vigentes pela constatação de uma excessiva complexidade operacional aliada a uma carência de fundamentação econômica e matemática. Por fim, é proposta uma metodologia simplificadora para a estrutura de preços de uso das redes de distribuição de energia...

Modelo Regulatório e risco de mercado: uma comparação entre as empresas de distribuição de gás e energia elétrica norte americanas e suas congêneres no Brasil, Chile e Argentina; Regulatory model and market risk: a comparison between the distribution companies of gas and electricity and their North American counterparts in Brazil, Chile and Argentina

Pauperio, Marco Antonio Luz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
45.96%
A legislação brasileira estabelece que o Estado tem a obrigação de preservar o equilíbrio econômico financeiro das concessões de serviços públicos. Assim o Estado deve garantir que as tarifas dessas concessões sejam capazes de cobrir os seus custos operacionais e ainda ofereçam um retorno justo para os agentes privados que nelas investiram. Nas concessões de distribuição de gás natural canalizado e de energia elétrica os reguladores brasileiros optaram por aplicar uma regulação baseada em incentivos, que se inspira no modelo inglês de regulação por preço teto. Esta opção regulatória fez com que a Agência Nacional de Energia Elétrica adicionasse à remuneração dos acionistas das concessionárias um prêmio de risco regulatório refletindo a diferença entre o risco das distribuidoras inglesas e o risco das norte americanas, pois as inglesas praticam uma forma de determinação de tarifas considerada mais arriscada que as norte americanas. Tal adição de retorno encontra amparo na teoria econômica, mas é questionada por estudos empíricos que mostram que a diferença entre os graus de risco do regime inglês e norte americano não é estatisticamente significativa. Nesta dissertação é testada a hipótese de que o grau de risco de mercado da regulação por preço teto é maior do que o da regulação por custo de serviço. Para tanto são usados dados de distribuidoras de gás natural e energia elétrica da Argentina...

Abuso de posição dominante: condutas de exclusão em relações de distribuição; Abuse of a dominant position: exclusionary conducts in distribution relationships

Corrêa, Mariana Villela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.03%
O objetivo do trabalho é estudar as situações em que práticas de distribuição tendentes à exclusão podem configurar ilícitos de abuso de posição dominante por parte de fornecedores de bens e serviços. Fornecedores de bens e serviços precisam identificar qual a forma mais eficiente de fazer que seus produtos cheguem até o consumidor final. Em determinadas circunstâncias, contudo, um fornecedor pode ocupar uma posição de domínio em determinados mercados e suas práticas de distribuição podem ter potenciais efeitos de exclusão, possivelmente causando efeitos indesejáveis sobre a concorrência. Ao longo do trabalho, buscamos contextualizar e compreender a ideia de exclusão, com recurso à análise do tratamento dado às condutas de exclusão por parte do direito antitruste dos Estados Unidos, do direito da concorrência comunitário europeu e do direito da concorrência brasileiro. Buscamos, ainda, traçar um panorama das principais linhas da teoria econômica que oferecem subsídios à compreensão da ideia de exclusão, bem como as contribuições específicas com referência ao tema. Examinamos, também, as principais práticas de distribuição tendentes à exclusão, que classificamos em tradicionais e não tradicionais...

Distribuição de renda e consumo agregado : uma avaliação para o Brasil

Cavalieri, Claudia Helena
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
45.99%
Em meados da década de 30, como uma implicação da Teoria Geral de Keynes, a noção de que uma equalização na distribuição da renda tenderia a elevar o consumo agragado, ganhou destaque na Teoria Econômica. Entretanto, com o amplo debate suscitado pelas evidências apresentadas por Kuznets (1942) e Goldsmith (1955), para os EUA, e a posterios formulação de hipóteses alternativas acerca do comportamento do consumo, essa noção foi posta em dúvida

Análise do processo de negociação de tarifas de transporte através da utilização da teoria dos jogos

Scarcelli, Marcelo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.05%
O objetivo deste trabalho é apresentar uma visão diferenciada sobre um dos processos que compõe a fase de distribuição da cadeia de suprimentos: a negociação de tarifas de transportes. É possível analisar o desenvolvimento de um processo de negociação de tarifas de transporte expresso através da linguagem da teoria dos jogos. Na seqüência, um caso real de negociação e precificação de tarifas demonstra a aplicação prática do modelo utilizado. A aplicação da teoria dos jogos leva a resultados que demonstram os fatores que mais influenciam na negociação e formação dos preços das tarifas. O setor de logística tem crescido no Brasil e sua importância é cada vez maior dentro das organizações. Deste modo, prover ferramentas que tornem os agentes envolvidos nos processos de negociação mais racionais, com o uso da teoria econômica, pode ser um grande diferencial na agenda das organizações. As conclusões do trabalho alinham-se com as tendências observadas nas cadeias de suprimento, mais especificamente na logística de distribuição das organizações. A evolução do grau de preparo e profissionalismo dos operadores logísticos vai exigir que o processo de contratação e gestão de relacionamento com esses fornecedores seja mais sofisticada e efetivo por parte das empresas contratantes. Além disso...

Análise econômica e jurídica da adoção de acordos de exclusividade entre fabricantes e revendedores

Hoertel, Marcelo Callegari
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
45.96%
Este trabalho trata de cláusulas de exclusividade em contratos de distribuição estabelecidos entre fabricantes e revendedores e de sua interpretação perante as leis de defesa da concorrência. O conhecimento dos objetivos e da evolução nas interpretações das legislações antitruste nos Estados Unidos, Europa e Brasil, possibilitou o entendimento e a comparação dos principais métodos de análise da legalidade dos acordos de exclusividade. Por outro lado, o estudo da teoria econômica e a análise de casos práticos sobre o respectivo assunto permitiram a sistematização dos potenciais efeitos anti e pró-competitivos decorrentes da adoção deste tipo de prática restritiva e dos fatores que atuam reduzindo ou intensificandoos. Enquanto na Europa a sistemática de análise de condutas anticompetitivas, em acordos de fornecimento e distribuição, baseia-se em uma série de abordagens per se, seguida do cálculo da quota de mercado, nos Estados Unidos e no Brasil as correspondentes sistemáticas concentram-se na constatação do poder de mercado e na subseqüente utilização da “regra da razão” visando a ponderação entre as restrições e as eficiências geradas à concorrência. As cláusulas de exclusividade, ao possibilitarem a proteção aos investimentos do fabricante e promoverem o estímulo aos esforços de venda dos distribuidores...

Uma apresentação dos quatro pontos cardeais da ética econômica : a criação da riqueza e a distribuição de renda em perspectiva

Domingues, Fabian Scholze
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
45.98%
Este trabalho apresenta quatro referências obrigatórias da ética econômica e social contemporâneas: o utilitarismo, o libertarismo, o igualitarismo e o igualitarismo liberal. Será apresentado o posicionamento de cada uma dessas referências da ética econômica acerca da justiça distributiva. Essas diferentes perspectivas teóricas são aplicadas num ponto especialmente sensível do debate público brasileiro: o que é o nível justo da produção potencial de riqueza do país, levando em conta o papel que o governo deve desempenhar na redistribuição da renda.; The aim of this work is to present the four most important theories of justice in contemporary economic and social ethics: utilitarianism, libertarianism, egalitarianism and liberal igualitarianism. It focuses on the perspective each one of these theories provides on distributive justice. These theorethical perspectives are used to make an analysis of important issues to public debate in Brazil, such as the fair range of the potencial production of wealth within the country and the role of the government in income redistribution.

Relações de coordenação entre a agricultura, industria e distribuição na cadeia produtiva dos produtos minimamente processados

Marcelo Mikio Hanashiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
55.96%
Os produtos minimamente processados (PMP) cumprem o papel de serem alimentos ao mesmo tempo práticos e nutritivos. Sua cadeia produtiva necessita cuidados especiais em todos os elos, principalmente no que se refere à qualidade. Embora este trabalho enfatize os segmentos de produção agrícola, processamento e distribuição, não se pode esquecer dos elos de insumos agrícolas e do consumo final. Os agricultores devem fornecer matéria-prima de forma constante, em quantidade e com um nível de qualidade elevada, com base na utilização de insumos adequados (de baixa toxidade e preços acessíveis aos produtores agrícolas). Os processadores de PMP formam cinco grupos estratégicos, cujas dimensões estratégicas principais são custos, preços, qualidade, liderança tecnológica e canais de distribuição e que compreendem basicamente duas diferentes estruturas de governança (a híbrida e a de mercado); esses processadores têm tamanhos diferentes e atendem a diversos canais de distribuição. Os canais de distribuição, que são o varejo moderno, o mercado institucional (restaurantes, caterings, fast-foods, hospitais e hotéis) e canais alternativos de distribuição de PMP (feiras-livres, “sacolões”, CEASAs e lojas de conveniência)...

Implicações do Fator X nas empresas de distribuição de energia elétrica

Rosa, Alexandre Geraldi da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 77 f.
Português
Relevância na Pesquisa
45.95%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O presente trabalho examina as implicações do Fator X como forma de regulação nas concessionárias de distribuição de energia elétrica do Brasil. Após a promulgação da Lei 8987/95 e com o inicio da privatização do setor elétrico, as empresas distribuidoras de energia elétrica do Brasil são submetidas à regulação tarifaria, via mecanismo “Price Cap” pela ANEEL. Uma variável fundamental para esse mecanismo é a determinação do Fator X que funciona como redutor de preços. Fatores determinantes para o cálculo do Fator X foram e são estudados a nível internacional, como, por exemplo, a Britsh Telecon e distribuidoras de energia elétrica da Inglaterra. Buscou-se conhecer as contribuições teóricas recentes para a determinação do Fator X. O novo modelo competitivo em curso estabelece o cálculo da tarifa de energia com base no preço, deixando de lado o sistema do custo de serviço, constituindo-se numa novidade na forma de regulação tarifaria adotada pela ANEEL, que busca maior eficiência e modicidade nas tarifas aplicadas pelas distribuidoras de energia. O presente trabalho permitiu constatar: i) a complexidade na determinação do Fator X; ii) o problema gerado pela assimetria das informações na formação da base de dados para composição dos componentes do Fator X; iii) os aspectos jurídicos envolvidos na elaboração de uma Resolução da ANEEL...

A INFLAÇÃO COMO MECANISMO DE (RE)DISTRIBUIÇÃO DE RENDA

Melo, Osmar Serra de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 77 f.
Português
Relevância na Pesquisa
45.99%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O Brasil sempre se deparou com um quadro social onde as políticas públicas de combate à pobreza e à desigualdade não são suficientemente efetivas para a reversão das mazelas sociais. A problemática distributiva do Brasil é resultado de longo processo de exclusão e não de um caráter conjuntural da economia. O presente trabalho apresenta como tema central investigar o papel da inflação como mecanismo de distribuição de renda no Brasil no contexto das experiências de estabilização econômica dos planos Cruzado, Collor e Real e, como objetivos específicos analisar sob a ótica das principais escolas da teoria econômica os elementos de formação de preço, da inflação e da renda; analisar a inflação no contexto dos planos Cruzado, Collor e Real; assim como, analisar as políticas de (re)distribuição de renda no Brasil. A metodologia apresenta-se como de natureza exploratória, pesquisa bibliográfica e análise de caráter qualitativa. Concluiu-se que no decorrer de muitos anos, a política brasileira, lutou contra a inflação e o déficit público. Muitas tentativas buscaram solucionar esse problema, mas em vez de buscarem-se soluções para as causas...

Contribuição ao processo de qualificação de centros de distribuição de encomendas; Contribution to the study of the quantification of delevery centers orders

Machado, Taylor Montedo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.96%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2006.; A atuação no mercado de serviços de distribuição de encomendas fracionadas porta-a-porta (B2C) demanda a existência de métodos que permitam o planejamento e avaliação da rede logística de distribuição, para poder adaptá-la à demanda do mercado. Apesar da importância do assunto para a logística de distribuição, poucos estudos foram desenvolvidos no sentido de dar embasamento teórico-prático para a solução do assunto em questão. O Modelo de Quantificação de Centros de Distribuição (MQCD) proposto neste trabalho permite tanto avaliar uma rede existente quanto dimensionar uma rede logística de distribuição total ou parcialmente, servindo assim, como uma ferramenta de suporte à tomada de decisão. O modelo proposto foi desenvolvido com base em um problema real de uma empresa do setor de encomendas, que permitiu que fosse identificada a relação matemática entre as diferentes variáveis que influenciam tanto na demanda por encomendas expressas como na definição do número de centros de distribuição de encomendas. No desenvolvimento do MQCD foram incorporados conceitos do método de custeio Activity-Based Cost (ABC)...

Crescimento e distribuição de renda : ensaios sobre macrodinâmica

Góes, Geraldo Sandoval
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
55.92%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2006.; O presente trabalho tem por objetivo desenvolver alguns ensaios de macrodinâmica do crescimento, tendo como focos a questão da distribuição da renda e de como as expectativas, vis a vis a história são condicionantes dos equilíbrios. No Capítulo 1 é apresentada uma introdução do trabalho. O capítulo 2 mostra como a assimetria comportamental entre trabalhadores e capitalistas em relação à possibilidade de deixar herança impacta às decisões dos agentes em termos de consumo, poupança e estoque de capital. É apresentada uma abordagem alternativa ao modelo de Baranzini para o caso contínuo, permitindo o progresso técnico e também introduzindo diferenças comportamentais entre trabalhadores e capitalistas tanto em termos de dotações iniciais quanto em relação às preferências. Dentro da abordagem pós-Keynesiana, o presente trabalho obteve importantes resultados: (i) A utilização de métodos matemáticos mais modernos e a confirmação dos resultados obtidos por Baranzini (1991); (ii) como a possibilidade de deixar herança por parte dos trabalhadores altera o seu consumo e o seu estoque de capital; (iii) a determinação endógena da propensão marginal a poupar dos capitalistas e (iv) a distribuição funcional da renda agregada do modelo de Baranzini. O capitulo 3 avalia a trajetória do “capital share” em um modelo de variedades. O arcabouço teórico é o modelo de Ciccone e Matsuyama “Start-up cost and pecuniary externalities as barriers to economic development”. A análise da dinâmica da participação da renda do capital na renda total dos agentes da economia mostrou que mesmo que o número n de variedade (que é também o número de produtos intermediários) aumente...

Distribuição salarial no setor público : uma análise da remuneração no Poder Executivo Federal

Bernardes, Fernanda Costa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.9%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração, 2014.; A presente pesquisa analisou a política salarial adotada pelo Poder Executivo Federal em sua administração quanto à equidade em sua distribuição, por meio da análise de índices da estatística descritiva, inclusive o Índice de Gini, e de um estudo de simulação de redistribuição de parcela da massa salarial, que teve como objetivo avaliar o esforço necessário para torná-la mais equânime. Por meio da avaliação dos dados remuneratórios individuais disponíveis no Portal da Transparência, mantido pela Controladoria Geral da União – CGU, constatou-se que a distribuição salarial, apesar de concentrada, é mais equitativa que a resultante do mercado, e que um esforço hipotético de se redistribuir 10% dos rendimentos dos 20% melhor remunerados para os 20% pior remunerados permitiria significativa redução da desigualdade salarial, atingindo nível de países situados entre os 10 primeiros colocados do ranking do Banco Mundial. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work analyzed the wage policy adopted by the Administration of the Federal Executive Branch with respect to the equity of its distribution. The investigation was made through the analysis of descriptive statistics indexes...

A Entropia como Medida de Informação na Modelação Económica

Dionísio, Andreia; Menezes, Rui; Mendes, Diana
Fonte: Sílabo Publicador: Sílabo
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
46.11%
Neste artigo, é analisada a entropia como medida de informação e incerteza na modelação económica. Tal aplicação é justificada pelas limitações apresentadas pelos tradicionais modelos económico-financeiros, nomeadamente quanto à forma como é medida a incerteza, e pelas similaridades existentes entre a física, a teoria da informação e a teoria económico-financeira. A forma como a entropia é adoptada pela teoria da informação, assumindo-se como a incerteza patente numa determinada distribuição de probabilidade é utilizada no seio da teoria económica, que a encara como medida de dispersão global, de incerteza e, acima de tudo, como medida de informação, revelando-se eficaz na avaliação de activos financeiros e de mercados. São dados alguns exemplos de aplicação, sendo de realçar as similitudes existentes entre a entropia e informação mútua e a regressão linear.

Ética, economia e sustentabilidade

Martins, Nuno O.
Fonte: N/A Publicador: N/A
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.04%
A crise económica e social actual levanta questões importantes acerca da sustentabilidade do sistema sócio-económico contemporâneo. Será argumentado aqui que, para responder à crise actual, torna-se necessário abordar duas questões éticas, designadas por Amartya Sen como a questão "Socrática", que se prende com a componente motivacional do agir humano (e o comportamento dos agentes económicos), e a questão "Aristotélica", que se relaciona com o bem comum (e tem implicações ao nível do impacto da distribuição na sustentabilidade social e económica). A crise actual resulta em larga medida de uma incapacidade da teoria económica ortodoxa para analisar estas duas questões, que sendo fundamentais para autores clássicos desde Adam Smith a Karl Marx, foram todavia marginalizadas dentro da teoria económica ortodoxa.

Uma nova proposta de cálculo do prêmio de risco: uma análise no mercado de capitais brasileiro

Roma, Carolina Magda da Silva; Oliveira, Marcos Roberto Gois de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.01%
Com a presente pesquisa se propôs a apresentar uma nova maneira de mensurar o prêmio de risco e analisar qual a melhor distribuição de probabilidade contínua que modela os dados estudados para o período completo e segmentações. Mehra e Prescott (1985) analisaram o prêmio de risco histórico por quase um século e obtiveram um resultado não suportado pela teoria econômica financeira, o qual foi denominado Equity Premium Puzzle (EPP). O prêmio de risco é estudado por diversos pesquisadores ao redor do mundo, porém, ainda hoje, não há consenso sobre como mensurá-lo, sendo classicamente entendido como o retorno de um ativo mais arriscado sobre um ativo livre de risco. Ele é uma variável integrante no cálculo do Capital Asset Pricing Model, ou Modelo de Precificação de Ativos (CAPM), comumente utilizado em finanças. Assim, buscou-se uma nova maneira de obter o prêmio de risco a partir da equação diferencial estocástica do movimento browniano geométrico (MBG). Para tanto, o prêmio foi calculado pela razão entre a diferença no retorno do índice Ibovespa (IBOV), para duas ações com maior participação no respectivo índice, baseado na última carteira de 2012, a Vale do Rio Doce (VALE5) e a Petrobrás (PETR4) e também para a empresa com maior participação no índice de consumo...

A influência dos factores estratégicos nas estruturas de distribuição e no desempenho : o caso das empresas seguradoras

Freire, Carlos Manuel Robalo
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.07%
Tese de Doutoramento em Gestão na especialidade de Estratégia apresentada à Universidade Aberta; Este trabalho pretende avaliar em que medida as estruturas de distribuição são afectadas pelos factores estratégicos e influenciam o desempenho das empresas seguradoras. O focus reside em verificar a influência das estruturas de distribuição no desempenho das seguradoras. Considerando que este tipo de empresas distribui produtos do tipo vida e não vida, que os produtos são desenhados considerando as motivações dos clientes e que as seguradoras são sujeitas a factores de impacto internos e externos admitiu-se o seu efeito nos factores estratégicos, dos quais decorrem a escolha da estrutura de canais, com vista ao máximo do desempenho, medido este em rendibilidade das vendas, rendibilidade dos capitais próprios, crescimento das vendas e produtividade. A amostra foi constituída por 252 seguradoras a operar no mercado Português e Espanhol, referente ao período de 2005 a 2007. O questionário foi enviado a 431 empresas, correspondentes ao universo. Suportou-se o trabalho na teoria dos canais de distribuição e na teoria dos recursos. Utilizaram-se como técnicas estatísticas, o alpha de Cronbach, teste t de Student...

Oligopolio e progresso tecnico no pensamento de Joan Robinson

Claudio Heller
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/1996 Português
Relevância na Pesquisa
46.07%
Esta tese analisa as contribuições de Joan Robinson para o desenvolvimento dos conceitos de oligopólio e progresso técnico. Constitui-se de quatro capítulos, cada qual focalizando sua visão sobre o tema à medida que evoluiu nos seus principais trabalhos de teoria econômica. O primeiro capítulo investiga a maneira pela qual ela criou e usou o conceito de concorrência imperfeita e o modo com que o tratou na teoria do emprego. O capítulo enfatiza que a principal preocupação de Joan Robinson era com os problemas de desemprego, seja do "capital" seja do "trabalho". Neste sentido, ela já estava expandindo a análise keynesiana da Teoria Geral. O capítulo mostra, também, que ela utilizou o conceito de concorrência imperfeita com um sentido muito semelhante ao uso moderno do conceito de oligopólio. Este conceito tomou-se um dos seus principais pressupostos teóricos. O segundo capítulo discute sua visão sobre a teoria marxista, chamando a atenção para os elementos básicos que ela tomou da abordagem marxista para construir um arcabouço mais exaustivo sobre a influência do progresso técnico sobre o desemprego. O capítulo mostra, também, que suas idéias sobre o tema foram bastante influenciadas por vários outros autores...

A Distribuição funcional da renda no Brasil no período 1959-2009; Functional income distribution in Brazil in the period 1959-2009

Considera, Claudio Monteiro; Pessoa, Samuel de Abreu
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
56.03%
Muitos artigos foram escritos sobre a distribuição da renda do povo brasileiro. No entanto, poucos têm sido feito, principalmente, devido à falta de informações. Este trabalho começa por descrever a evolução dessa distribuição funcional da renda, sob o ponto de vista das remunerações dos assalariados, para o periodo em que se tem informacoes das contas nacionais, de 1959 a 2009. Em seguida, procura-se analisar essa evolução sob a ótica da participação da remuneração do capital, utilizando-se uma função de produção com coeficiente de elasticidade de substituição constante (CES). Após discutir três procedimentos alternativos para aferir o que seria a remuneração do trabalho, verifica-se que a participação de tal remuneração é, em média, de 52,6%. Esta participação é inferior à de países mais desenvolvidos ou menos desenvolvidos do que o Brasil.Em seguida, vai-se além do relato evolutivo da distribuição funcional da renda. Utilizando-se uma função de produção CES agregada, procura-se explicar a evolução da participação dos rendimentos de propriedade na renda interna bruta para o total da economia; procede-se da mesma forma para o setor privado em separado. A teoria econômica sugere que a relação entre a participação do capital na renda e a quantidade de capital é negativa – isto é...