Página 1 dos resultados de 714 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Transferência, desenvolvimento e reconhecimento das competências organizacionais em subsidiárias de empresas multinacionais brasileiras; Transference, development and recognition of organizational competences in subsidiaries of brazilian multinationals

Borini, Felipe Mendes; Fleury, Maria Tereza Leme; Fleury, Afonso Carlos Correa
Fonte: ISCTE-IUL Business School; Lisboa Publicador: ISCTE-IUL Business School; Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
Para as multinacionais emergentes, o desenvolvimento de competências em subsidiárias, assim como sua capacidade de transferência e aprendizagem é fonte de importante vantagem competitiva. Este estudo objetiva compreender os processos de desenvolvimento, transferência e reconhecimento das competências das subsidiárias de multinacionais emergentes. Foi feito um survey com empresas multinacionais brasileiras e suas subsidiárias. Os resultados mostraram a importância das variáveis ambiente externo para a transferência, desenvolvimento e reconhecimento de competências. Deve ser salientada a necessidade de iniciativas das subsidiárias para o reconhecimento das competências desenvolvidas em subsidiárias estrangeiras; Emerging multinationals must seek and develop competences abroad and develop the skill to transfer these competences much faster and more actively than the traditional multinationals. This paper aims at understanding the development, transfer and recognition processes of the competences of emerging multinationals’ subsidiaries. The research was applied to a survey involving a large proportion of the brazilian multinationals and their subsidiaries. The results showed that the variables

O terceiro xadrez: como as empresas multinacionais negociam nas relações econômicas internacionais; The third chessboard: how the multinational companies negotiate in the iInternational economic relations

Sarfati, Gilberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.67%
O objetivo primário desta tese é identificar como as empresas multinacionais (EMNs) agem como negociadoras nas relações econômicas internacionais (REI). A hipótese geral a ser verificada é de que as EMNs buscam influenciar os Estados e suas coalizões utilizando-se de seu poder estrutural e de seu poder brando, nacional e transnacionalmente, de modo a afetar os interesses dos Estados e de suas coalizões. A efetividade da defesa de seus interesses depende, basicamente, da confluência dos interesses dos Estados e das empresas e da vulnerabilidade dos Estados em relação às atividades das empresas bem como a capacidade relativa das coalizões que as empresas buscam influenciar. Dentro desse contexto, na parte I deste trabalho, proponho uma breve discussão sobre o papel das EMNs nas Relações Econômicas Internacionais contemporâneas, identificando quatro grandes cortes teóricos: Marxismo, incluindo vertentes neo-marxistas como a Teoria da Dependência e o Sistema Mundial Moderno; Neo-Realismo, incluindo a Teoria da Estabilidade Hegemônica, o Neoliberalismo, incluindo a Interdependência Complexa e; a visão delineada por Susan Strange. Como conclusão desta discussão, justifico o meu corte teórico fundamentalmente ligado à interdependência complexa e ao xadrez de três níveis de Nye (Neoliberalismo)...

Transferência, desenvolvimento e reconhecimento de competências organizacionais em subsidiárias estrangeiras de empresas multinacionais brasileiras; Transference, development and recognition of organizational competences in foreign subsidiaries of Brazilian multinational companies

Borini, Felipe Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.8%
O presente estudo procurou compreender a transferência, o desenvolvimento e o reconhecimento das competências das subsidiárias. O objetivo principal foi entender o modelo de gestão da corporação, determinante para o fenômeno da transferência, desenvolvimento e reconhecimento das competências. O modelo proposto abordou a importância das diretrizes estratégicas da matriz na relação com as subsidiárias (autonomia, integração, orientação empreendedora), a gestão da subsidiária (iniciativa própria) e a gestão da relação da subsidiária com o ambiente externo (contexto competitivo e a rede externa). Serviu de base para a elaboração desses pressupostos a teoria da visão baseada em recursos e capacidades dinâmicas; os modelos estratégicos das multinacionais em conjunto com a teoria evolucionária do papel das subsidiárias; e as teorias recentes acerca das multinacionais emergentes. Para testar os pressupostos foi conduzido um survey com as subsidiárias de multinacionais brasileiras. De 46 empresas multinacionais brasileiras identificadas, 29 aceitaram participar da pesquisa. Estas multinacionais tinham 93 subsidiárias para as quais foram enviados questionários, retornando a resposta de 66 subsidiárias. De modo geral os resultados mostram a importância das variáveis ambiente externo para a transferência...

Strategic Issues em projetos globais de inovação tecnológica em empresas multinacionais brasileiras; Strategic issues in global technological innovation projects in Brazilian multinational companies

Piscopo, Marcos Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.84%
Este estudo foi conduzido com o objetivo de compreender como as strategic issues influenciam o desempenho dos projetos globais de inovação tecnológica em empresas multinacionais brasileiras. Mais especificamente, buscou-se identificar quais issues estiveram presentes nos projetos analisados, quais dimensões de desempenho foram afetadas e com que intensidade, e como as empresas executoras desses projetos lidaram com as referidas issues. O modelo desenvolvido sugere que o desempenho dos projetos globais de inovação tecnológica das empresas multinacionais estudadas é afetado pelas issues que emergem dos próprios projetos, das atividades de inovação, da matriz, das subsidiárias, do setor de atuação e do ambiente externo. Esse modelo foi elaborado a partir da revisão da literatura sobre empresas multinacionais, gerenciamento de projetos e gerenciamento de issues. A pesquisa de campo desta tese foi conduzida em duas etapas, sendo a primeira qualitativa e a segunda quantitativa. A primeira caracterizou-se pela abordagem exploratória e foi efetuada por meio de um estudo de caso com duas organizações. A segunda, de caráter descritivo, envolveu a análise quantitativa de 36 projetos globais de inovação tecnológica desenvolvidos por empresas multinacionais brasileiras. Os resultados indicaram elevado grau de presença das issues que emergiram das atividades de P&D...

Linhas diretrizes da OCDE para as empresas multinacionais e sua implementação no Brasil; The OECD guidelines for multinational entreprises and its implementation in Brazil

Alle, Saulo Stefanone
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.76%
Este estudo visa analisar a implementação, no Brasil, das Linhas Diretrizes da OCDE para as Empresas Multinacionais, documento que integra a Declaração sobre o Investimento Internacional e as Empresas Multinacionais. De acordo com os termos estabelecidos nessa Declaração, os Estados devem promover essas Linhas Diretrizes, bem como instalar um Ponto de Contato Nacional (PCN) mecanismo criado para consolidar os padrões de conduta e para receber reclamações atinentes à violação de seus termos por empresas multinacionais. A observância aos termos da Declaração é obrigatória para os Estadosmembros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômicos (OCDE) e condição para não membros participarem das atividades do Comitê de Investimentos situação na qual o Brasil se inclui. O ato internacional brasileiro de adesão à Declaração não se submeteu ao crivo parlamentar a que alude o artigo 49, inciso I, da Constituição Federal (CF) e, além disso, as medidas adotadas internamente para implementar as Diretrizes incluindo a instalação de PCN foram ordenadas por uma Portaria , que constitui ato do Ministério da Fazenda. Essas circunstâncias evidenciam como a cooperação e legitimidade fundada no consenso são base importante para que se promovam os direitos através das fronteiras sem desrespeitar a legislação brasileira...

Determinantes da transferência reversa de conhecimento tecnológico nas empresas multinacionais brasileiras; Determinants of the of reverse technology knowledge transfer in Brazilian multinational corporations

Silveira, Franciane Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.82%
A transferência de conhecimento internacional é fonte fundamental de vantagem competitiva das empresas multinacionais. Em razão do pressuposto tradicional de que a matriz da multinacional é a principal fonte de conhecimento, a maioria dos estudos tem-se centrado na transferência de conhecimento da matriz para as subsidiárias. Entretanto, a importância estratégica da subsidiária tem crescido nas últimas dédadas, em razão de seus recursos e de suas capacidades que podem contribuir ativamente para a geração de valor e o subsequente ganho de vantagem competitiva para toda a corporação multinacional. Este estudo investiga os fatores determinantes da transferência de conhecimento tecnológico que parte da subsidiária para a matriz (transferência reversa), em empresas multinacionais brasileiras, procurado integrar as contribuições da visão baseada no conhecimento e da teoria das redes. Para testar os pressupostos, foi conduzido um survey eletrônico com 78 subsidiárias, de um universo de 240 subsidiárias no exterior em 63 empresas multinacionais brasileiras. O método para a análise dos dados foi a modelagem de equações estruturais com estimação partial least esquare. Os resultados mostram que, ainda que em média extensão...

Estratégias de internacionalização de empresas multinacionais brasileiras: teoria versus prática

Gouveia, Carlos Felipe de Souza
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
O objetivo desta dissertação é analisar algumas das principais teorias de internacionalização de empresas, comparando-as com a prática observada em duas empresas multinacionais brasileiras de grande porte. A busca por conhecimentos mais profundos sobre a expansão internacional das atividades empresariais tornouse muito importante a partir do final do século XX, considerando-se o crescente volume de fusões, aquisições, parcerias e joint-ventures realizadas entre empresas de diferentes países e estudadas por pesquisadores internacionais. Esses últimos começaram a desenvolver teorias em uma tentativa de explicar o comportamento internacionalizante de tais empresas. Ao longo dos anos, estas teorias se sofisticaram e começaram a dividir-se de acordo com condições pré-estabelecidas, como o volume de vendas, o grau de experiência no exterior, a presença de mercados culturalmente próximos e a localização geográfica. Uma vez que a maioria histórica das empresas internacionalmente expressivas é composta por corporações norte-americanas, européias e asiáticas, observou-se apenas um pequeno volume de estudos voltados à empresas oriundas de países emergentes. Assim, esta dissertação se baseia em exemplos brasileiros...

Acumulação de capacidades tecnológicas e mecanismos de aprendizagem: um estudo comparativo em duas subsidiárias de empresas multinacionais do setor de tecnologias da informação e comunicação no Brasil

Barros, Eliseu Alencar
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.77%
Esta dissertação examina o relacionamento entre o acúmulo de capacidades tecnológicas e os mecanismos de aprendizagem tecnológica em subsidiárias de empresas multinacionais inseridas em economias em desenvolvimento. Este relacionamento é analisado por meio de estudo de caso comparativo de duas subsidiárias do setor de tecnologia da informação e comunicação brasileiro, de diferente países de origem, para as tecnologias associadas ao acesso à internet em alta velocidade, no período de 2004 a 2009. A literatura referente ao desenvolvimento de capacidades tecnológicas em organizações inseridas em economias emergentes evoluiu consideravelmente nos últimos anos, descrevendo vários exemplos da evolução destas capacidades tecnológicas. Porém, ainda são raros os estudos que examinam este processo em subsidiárias de empresas multinacionais presentes em economias emergentes e,mais raros ainda, os estudos que examinam os relacionamentos entre estas trajetórias de acumulação e os seus mecanismos de aprendizado em duas subsidiárias. Com o objetivo de contribuir para o preenchimento dessa lacuna, esta pesquisa buscou enriquecer este debate baseando-se em evidências empíricas primárias e secundárias, para explorar este relacionamento com bastante profundidade e pôde verificar que: 1. Em ambas as subsidiárias pesquisadas houve acumulação de capacidades tecnológicas. Porém...

A relação entre estratégia e estrutura no processo de internacionalização de empresas multinacionais brasileiras

Reis, Adilson Marques dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.78%
O objetivo deste estudo é analisar as estratégias internacionais adotadas nos processos de internacionalização de empresas multinacionais [EMNs] brasileiras. Além de examinar como as estruturas organizacionais evoluíram na trajetória histórica através da comparação da relação de estratégia e estrutura da empresa analisada com o modelo de evolução das EMNs de Stopford e Wells (1972). Para objeto de análise são consideradas as estratégias de diversificação de produtos e de área geográfica. Com relação às organizações propriamente ditas, são selecionados casos exemplares de empresas multinacionais [EMNs] brasileiras que apresentam alto grau de internacionalização frente ao ramo da economia em que estão inseridas. O resgate teórico traz conceitos oriundos da literatura de Estratégia e Organizações de EMNs. A metodologia é apoiada na elaboração de uma pesquisa qualitativa com a realização de estudos de casos, de modo a apresentar as estratégias e as estruturas presentes no processo de internacionalização de determinadas EMNs brasileiras. O estudo busca aprofundar-se no tema, baseando-se em casos exemplares, com o intuito de elucidar as estratégias e as estruturas organizacionais das EMNs analisadas. Os resultados desse estudo apontam que as estratégias internacionais básicas são resilientes e podem ser características de EMNs de determinados setores. Para atender as necessidades locais ou à padronização global as EMNs sofrem pressões exógenas – como pressões governamentais - às estratégias adotadas pelos gestores que culminam na redução do poder de agência dos mesmos. As estruturas organizacionais que foram baseadas em corporações manufatureiras perdem relevância à medida que são utilizadas para exemplificar EMNs de outros setores que apresentam uma maior complexidade em seus arranjos. E as empresas pertencentes aos setores de prestação de serviços têm uma maior flexibilidade para adoção de estratégias internacionais dando espaço para o uso de outras complementares.

Empresas multinacionais e capacitação tecnologica na industria brasileira

Ionara Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.82%
O objetivo principal da tese é discutir a contribuição das multinacionais estrangeiras para o aprendizado tecnológico da indústria brasileira, particularmente seu papel no aprofundamento deste processo. Em um contexto de crescimento acentuado do investimento direto estrangeiro no Brasil, a partir de meados dos noventa, e o conseqüente aumento da participação do capital estrangeiro no país, intensificou-se o debate acerca do papel das subsidiárias de multinacionais estrangeiras na economia brasileira, particularmente no tocante à sua contribuição em termos tecnológicos. Em relação a este aspecto, o debate tem sido focado na importância destas empresas para a modernização ampla da indústria brasileira, em termos do uso de novas tecnologias. Pouca atenção tem sido dada, no entanto, à contribuição das subsidiárias estrangeiras para avanços tecnológicos mais significativos, isto é, para a geração local de novas tecnologias. Esta é uma lacuna que a tese pretende ajudar a preencher por meio da análise dos diferentes tipos de capacidades tecnológicas acumuladas localmente por estas empresas. Para isto, a partir de uma ampla revisão dos estudos sobre capacitação tecnológica, na primeira parte do trabalho é proposta uma classificação original das capacidades tecnológicas...

Esforços de capacitação tecnológica das empresas multinacionais no Brasil: 2000-2008

Lodetti, Daniel Boeira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 206 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Graduação em Ciências Econômicas.; A presente pesquisa estuda o processo de internacionalização da atividade de P&D no Brasil a fim de verificar os esforços de capacitação tecnológica de empresas multinacionais (EMNs) no País. Para tanto, expõem-se as abordagens teóricas acerca do processo inovativo de Schumpeter e de Neoschumpeterianos. Discute-se também o aparato teórico-analítico do processo de internacionalização da atividade de P&D das EMNs. Analisam-se ainda os esforços de capacitação tecnológica desenvolvidos pelas EMNs no Brasil, com base nos dados da Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC) do IBGE, a qual compreende os anos de 1998/2000, 2001/2003, 2003/2005 e 2006/2008. Faz-se também uma descrição analítico-histórica da política científica e tecnológica nacional, do arranjo institucional público voltado a impulsionar o desenvolvimento inovativo e da expansão das atividades de P&D das EMNs no País. Os principais resultados desta pesquisa evidenciam a ínfima contribuição que as empresas estrangeiras multinacionais têm dado ao processo de produção de inovação em território brasileiro, visto que as taxas de inovação e o esforço inovativo empreendido têm sido insuficientes para que se consiga um bom desenvolvimento das atividades inovativas.; This research studies the process of internationalization of R&D activity in Brazil from the perspective of technical progress...

A inserção das empresas multinacionais na economia mundial

Taragano, Jonas
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
66.97%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Economia.; O presente trabalho visa ser um estudo sobre as empresas multinacionais. O objetivo da pesquisa se volta ao ramo do comércio internacional, onde são estudadas as transferências dos fatores produtivos entre países, integrando mundialmente as relações comercias e produtivas através das corporações multinacionais. A importância da abordagem neste tema se transmite através da compreensão de como o sistema capitalista alterou suas relações comerciais e produtivas entre as fronteiras nacionais. As empresas multinacionais estabeleceram um marco histórico no capitalismo, pois superaram em poder os Estados-nação e deram início a uma nova configuração da economia mundial, em que a dimensão predominante passa a ser a da mobilidade da produção dos bens e serviços, além de contribuírem para amadurecimento da globalização financeira. O estudo se volta para os fatores históricos que proporcionaram estas empresas, até então nacionais, a instalarem bases produtivas em países estrangeiros, se tornando assim empresas multinacionais. As estratégias de expansão utilizadas pelas empresas multinacionais apareceram de forma a favorecer a produção das empresas através do investimento direto externo...

A configuração institucional da responsabilidade social empresarial nas relações capital/trabalho : empresas multinacionais de mineração no Brasil e no Canadá

Lamontagne, Annie
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Programa de Pós-Graduação sobre as Américas, 2015.; A Responsabilidade Social Empresarial (RSE) alimenta o debate sobre o crescente papel econômico e político das empresas multinacionais (EMN) na sociedade e sobre os interesses que estão em jogo. Esta tese propõe entender as práticas de RSE e sua institucionalização com base em múltiplas lógicas em ação com atores imbricados nos contextos institucionais. A governança corporativa e os recursos humanos são duas áreas de superposição dos níveis nacionais e internacionais. No entanto, as práticas internas de RSE foram pouco estudadas em relação às externalidades causadas pelas EMN, particularmente, por EMN de economias em desenvolvimento com subsidiárias em países desenvolvidos. A pesquisa empírica foi conduzida no Brasil e no Canadá, com duas EMN de mineração – Kinross Gold e Vale – presentes em ambos os países em foco, a fim de comparar os processos de adoção e de incorporação da RSE interna nesses países e corporações. A perspectiva das Lógicas Institucionais forneceu uma abordagem sistemática para a análise da heterogeneidade cultural nos países de operação e para a compreensão das ordens institucionais em jogo na institucionalização da RSE nas relações capital/trabalho. Com a abordagem das Lógicas Institucionais...

Desenvolvimento de produtos em subsidiárias de empresas multinacionais no Brasil

Boehe,Dirk Michael
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
76.6%
O artigo tem o objetivo de responder à seguinte questão: por que subsidiárias de empresas multinacionais estrangeiras realizam projetos de desenvolvimento de produto (DP) para mercados externos? Para isso, foi realizada uma análise de conglomerados e testes não paramétricos de hipóteses usando uma amostra de mais de 140 unidades de desenvolvimento de produto localizados no Brasil. Este estudo identifi ca cinco papéis estratégicos significativamente distintos: os adaptadores locais, os inovadores nascentes, os inovadores locais, os inovadores para mercados emergentes e os inovadores globais. A caracterização dos conglomerados mostra que unidades com escopo de mercado primordialmente local tendem a desenvolver um número maior de novos produtos à medida que sua autonomia decisória aumenta. No entanto, unidades voltadas para mercados externos podem perder autonomia decisória. A probabilidade de que uma unidade localizada em um país de médio ou baixo custo desenvolva produtos para mercados externos aumenta conforme a empresa multinacional fomenta a competição entre as subsidiárias.

Inovação em subsidiárias de empresas multinacionais: a aplicação do paradigma eclético de Dunning em países emergentes

Stal,Eva; Campanário,Milton de Abreu
Fonte: Escola de Administração da UFRGS Publicador: Escola de Administração da UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.73%
Este artigo tem como objetivo mostrar como políticas públicas constituem um componente extremamente relevante para aumentar a atratividade dos países emergentes, influenciando diretamente as variáveis do paradigma eclético de Dunning, uma das principais teorias que explicam o processo de internacionalização de empresas. As três variáveis que constituem o modelo - propriedade, localização e internalização - determinam a viabilidade de uma empresa se instalar em outro país para explorar uma vantagem competitiva, frente à alternativa de repassar este ativo a uma empresa local, por meio de uma licença, ou mediante a exportação de produtos. A análise da Lei de Informática, criada em 1991 para estimular a produção de equipamentos de informática e telecomunicações no país, mostrou que ela foi fundamental para a atração de grandes empresas multinacionais. Os resultados demonstram que a exigência de realização de atividades de P&D levou à criação de institutos privados de pesquisa, responsáveis em grande parte pela disseminação de conhecimento e pela capacitação tecnológica local, especialmente no polo de alta tecnologia de Campinas. Como metodologia, foi utilizada a abordagem qualitativa e o método do estudo de caso múltiplo...

Implicações das atividades tecnologicas de subsidiarias de empresas multinacionais para a constituição de capacidades inovativas de fornecedores na industria automotiva brasileira; Implications of technological activities of subsidiaries of multinational companies for the building up of suppliers' innovation capabilities in the Brazilian automotive industry

Rubia Auxiliadora Constancio Quintão
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.77%
Neste trabalho, buscou-se investigar se o crescimento e fortalecimento das atividades de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) das subsidiárias brasileiras de empresas multinacionais (MNCs), na indústria automobilística brasileira, tem levado ao envolvimento de seus fornecedores localizados no Brasil em atividades tecnológicas e resultado em sua maior capacitação tecnológica. A tese se vale do quadro conceitual desenvolvido por Lall (1992) a respeito do processo de aquisição de capacidades de inovação das empresas industriais em países em desenvolvimento, bem como de sua taxonomia para classificar os tipos e níveis dessas capacidades. A contribuição das relações entre fornecedores e clientes da indústria automotiva para a aquisição de capacidades inovativas pelos fornecedores é estudada a partir dos conceitos de tipos de vínculos de aprendizado entre empresas, desenvolvidos por Ariffin e Bell (1999). A tese analisa os resultados da investigação das trajetórias percorridas por empresas de autopeças, dispostas em cinco grupos, segundo seus processos de acúmulo de capacidades tecnológicas. Procurou-se identificar quais são os tipos de vínculo de aprendizado que empresas subsidiárias clientes (montadoras e sistemistas) estabelecem com seus fornecedores (nacionais ou subsidiárias de MNCs)...

Determinantes dos investimentos externos e impactos das empresas multinacionais no Brasil: as décadas de 1970 e 1990; Texto para Discussão (TD) 969: Determinantes dos investimentos externos e impactos das empresas multinacionais no Brasil: as décadas de 1970 e 1990; Determinants of foreign investments and impacts of multinational companies in Brazil: 1970s and 1990s

Nonnenberg, Marcelo José Braga
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
O objetivo deste trabalho é comparar dois períodos recentes da história brasileira — as décadas de 1970 e 1990 —, em que os investimentos externos cresceram acima da média da segunda metade do século XX. Mais especificamente, busca responder a duas perguntas. Primeiro, quais foram os determinantes dos investimentos externos em ambos os períodos, considerando-se a importância dos fatores históricos. Segundo, que impactos as empresas multinacionais tiveram sobre a economia brasileira, especialmente sobre crescimento, balanço de pagamentos e tecnologia.; 68 p. : il.

Stakeholders of multinational companies: the case of Korean multinational companies in Brazil; Stakeholders das empresas multinacionais: o caso das empresas coreanas multinacionais no Brasil

Kim, JeongHeon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.94%
The objective of this study is to investigate the difference between stakeholders\' characteristics in Brazil and in Korea which are perceived by managers of Korean MNCs (This study has been conducted based on data collected from South Korean companies so whenever \"Korea\" and \"Korean\" are mentioned, they should be interpreted as relating to South Korea.) In international business, the multinational environment has become challenging to MNCs, which stem from the multidimensional environments of the countries, such as macroeconomic, cultural, political and legal environments, among others. That is, managing stakeholders in a different environment has become influential to managerial performance of MNCs as well. Thus, in order to identify the main stakeholders and issues related to them as management strategic focus, the stakeholder\'s characteristics of Brazil and Korea were compared and empirically approached. The data collection was done through in-depth interviews with the Korean managers of several Korean multinational companies operating in Brazil, who belong to the department that deals with local stakeholders either directly or indirectly in the host country. According to the data analysis, among the ten categories of stakeholders identified by Clarkson...

O NOVO PAPEL DAS SUBSIDIÁRIAS DE PAÍSES EMERGENTES NA INOVAÇÃO EM EMPRESAS MULTINACIONAIS – O CASO DA GENERAL MOTORS DO BRASIL DOI: 10.5585/rai.v4i3.121; THE NEW ROLE OF SUBSIDIARIES FROM EMERGENT COUNTRIES IN THE INNOVATION IN MNC - THE CASE OF GMB

Amatucci, Marcos; Bernardes, Roberto Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.77%
Este estudo propõe uma discussão sobre o deslocamento intrafirma de serviços de alto valor adicionado de países centrais para países emergentes, através do estudo de caso do desenvolvimento de produtos em subsidiárias brasileiras de multinacionais da indústria automotiva. O deslocamento dos serviços de desenvolvimento de produto dentro da indústria automotiva acrescenta resultados teóricos importantes para modelos de descentralização de atividades de inovação e Pesquisa e Desenvolvimento - P&D em empresas multinacionais, mormente na área de serviços. O estudo de caso destaca a evolução da subsidiária brasileira posteriormente ao desenvolvimento do “Programa Meriva” (automóvel). Os dados são analisados sob o prisma da descentralização do desenvolvimento de conhecimento em empresas multinacionais, trazendo contribuições para esse modelo, e com base na análise econômica da Teoria das Vantagens Comparativas Dinâmicas. O estudo elenca fatores emergentes para esse tipo de desenvolvimento e sugere o fim da administração do ciclo-de-vida do produto como paradigma de relacionamento matriz-subsidiária.; This paper discusses the intra-firm shift of high add value services, from central economies to emergent ones...

The roles of Brazilian subsidiaries in the innovation strategies of foreign multinational companies; Los papeles de subsidiarias brasileñas en las estrategias de innovación de empresas multinacionales extranjeras; Os papéis de subsidiárias brasileiras na estratégia de inovação de empresas multinacionais estrangeiras

Boehe, Dirk Michael
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.81%
Foreign owned multinational companies (MNC) subsidiaries located in Brazil carry out what kinds of product development projects? For which markets do they develop new products, adapt or improve existing products? This paper intends to find an answer to these questions using survey data from 146 product development units. Cluster analysis helps to identify five significantly distinct strategic groups: local adaptors, nascent innovators, local innovators, innovators for emerging markets and global innovators. The groups are profiled according to the type and the degree of interactions with local clients, suppliers and research institutes. The resulting typology may also be useful for designing Science and Technology (S&T) policies focusing on integrating MNC subsidiaries into the host country innovation system. Comparing these results with previous research carried out in industrialized countries, interesting differences as for the distribution of strategic roles and local interaction patterns were found.; ¿Qué tipo de proyectos de desarrollo de productos realizan las subsidiarias de empresas multinacionales ubicadas en Brasil y para cuáles mercados dichos proyectos se dirigen? Con el fin de responder a tales preguntas, se realiza en este estudio un análisis de conglomerados a partir de una investigación survey con una muestra de 146 unidades de desarrollo de productos. En el análisis...