Página 1 dos resultados de 2649 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Aproximación teórica y práctica a la economía no observada. El caso español. El calzado, la marroquinería y el juguete de la provincia de Alicante

Ruesga Benito, Santos Manuel
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //1987 Português
Relevância na Pesquisa
66.11%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias Económicas y Empresariales, Departamento de Economía Aplicada, 1987

La nueva economía de la familia: un análisis del caso español

Moreno Raymundo, Gloria
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Português
Relevância na Pesquisa
66.11%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias Económicas y Empresariales, Departamento de Economía Aplicada, 1992; Bibliografía: p.435-456

Análisis cuantitativo de las causas del desempleo español: elasticidades de los ocupados respecto de los salarios, el producto interior bruto y el sistema fiscal

Rey Boullón, Ramón
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias Económicas y Empresariales, Departamento de Economía Aplicada. Fecha de lectura: 14-07-04; Bibliogr.:p.190-196.- Anexos

Estudio de factibilidad para la implementación de una especialización en economía aplicada

Fonte: Universidad Autónoma de Occidente; Economía Publicador: Universidad Autónoma de Occidente; Economía
Tipo: Bachelor Thesis; Trabajo de Grado Formato: PDF
Português
Relevância na Pesquisa
76.26%
En el estudio de factibilidad para la implementacion de una Especialización en Economía Aplicada se realizó una investigación de mercados que tuvo en cuenta la opinión de altos ejecutivos de 20 grandes empresas del departamento del Valle, de los sectores: financiero, público y privado industrial y comercial. Egresados de los programas de Economía e Ingeniería Industrial que sumaron en conjunto 40 de la Corporación Universitaria Autónoma de Occidente. Estudiantes de pregrado de los programas de Economía, Contaduría, administración de Empresas e Ingeniería Industrial que sumaron en total 140, de los últimos semestres de las universidades: ICESI, San Buenaventura, Javeriana, Santiago de Cali y Autónoma de Occidente. Docentes de la División de Ciencias Económicas y Empresariales y de la División de Ciencias Básicas de la Universidad Autónoma que sumaron en total 29 docentes. Igualmente se entrevisto a Directores y Decanos de Posgrados de las Universidades ICESI, Javeriana, San Buenaventura y Autónoma de Occidente, acerca del perfil que requiere una Especialización de alto nivel. En el estudio se aplicaron las siguiente herramientas de investigación de mercados: - Telemercadeo Directo. - Entrevistas personales. - Encuestas personales. - Correo Local. Debido a la estratificación del mercado realizada se presentan cuatro (4) pensums así: Empresarios. Egresados. Docentes. Estudiantes. A consideración de la Universidad Autónoma de Occidente para que sea esta quien defina el pensum a implementar de acuerdo al mercado que desee llegar. Teniendo en cuenta que el Estudio Económico Financiero del Proyecto concluyo que la Especialización es autofinanciable y rentable. Finalmente el total de los encuestados manifestaron la urgencia existente en contar con un recurso humano preparado en este campo del saber...

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 18, set./dez. 2014

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 18, 119 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 17, maio/ago. 2014

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 17, 123 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 16, jan./abr. 2014

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 16, 103 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 15, set./dez. 2013

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 15, 123 p.

Um Olhar do Fórum Brasileiro de Economia Solidária sobre a II Conferência Nacional de Economia Solidária

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
56.16%
As conferências, espaços de discussão e diálogo aberto na sociedade, são uma conquista da democracia no Brasil. Elas possibilitam, por um lado, a participação social na construção de políticas públicas e, por outro, um processo pedagógico a respeito destas políticas e suas implicações no dia a dia de cada brasileiro. Em 2010, realizou-se a II Conferência Nacional de Economia Solidária (Conaes). Diferentemente da primeira, ocorrida quatro anos antes, que buscava conceitualizar e aprofundar a compreensão sobre o que seria a economia solidária em termos de suas práticas, princípios e valores, a II Conaes centrou-se num balanço do período e no aprofundamento sobre a natureza de políticas públicas que permitam o reconhecimento do trabalho associado e da organização com base na cooperação e na autogestão.; p. 47-50

Um Olhar da Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária sobre a II Conferência Nacional de Economia Solidária

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
56.21%
A Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária entende que garantir e ampliar a legitimidade na construção do direito de produzir e viver em cooperação de maneira sustentável depende do fortalecimento constante da organização do movimento da economia solidária. A consecução de seu projeto requer atuação política no espaço público nacional e, sobretudo, robustecimento da articulação e das alianças do movimento da economia solidária com outros movimentos sociais e sindicais. Além disso, deve-se buscar a expansão de sua inserção junto aos trabalhadores e trabalhadoras que vivem à margem da economia formal e dos movimentos organizados, sobretudo nas periferias das grandes cidades. A rede tem participado ativamente da construção da economia solidária e do movimento da economia solidária no Brasil. Ela reafirma seu compromisso de seguir nesta rota, sobretudo a partir da atuação de seus membros nos órgãos da administração pública. Está entre suas tarefas proporcionar intercâmbio, interlocução, interação e formação, além de propor políticas públicas cada vez mais apropriadas, em diálogo constante com os atores sociais da economia solidária.; p. 55-57

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 19, jan./abr. 2015

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 19, 101 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 14, maio/ago. 2013

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 14, 102 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 13, jan./abr. 2013

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 13, 105 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 12, out./dez. 2012

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 12, 108 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 11, jul./set. 2012

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 11, 98 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 10, abr./jun. 2012

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 10, 113 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 09, jan./mar. 2012

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 09, 150 p.

Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI): n. 08, out./dez. 2011

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional
Português
Relevância na Pesquisa
56.11%
O Boletim de Economia e Política Internacional (BEPI) é uma publicação da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e visa promover o debate sobre temas importantes para a inserção do Brasil no cenário internacional, com ênfase em estudos aplicados no campo da Economia Internacional e das Relações Internacionais, tendo como público-alvo acadêmicos, técnicos, autoridades de governo e estudiosos das relações internacionais em geral.; n. 08, 98 p.

Modelos multisectoriales input-output en el estudio de los impactos ambientales una aplicación a la economía de Cataluña: tesis doctoral/

Navarro Gálvez, Francisco
Fonte: Bellaterra: Universitat Autònoma de Barcelona, Facultat d'Economia i Empresa, Departament d'Economia Aplicada, Publicador: Bellaterra: Universitat Autònoma de Barcelona, Facultat d'Economia i Empresa, Departament d'Economia Aplicada,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.14%
Descripció del recurs: 9 abril 2013; Esta tesis doctoral tiene como objetivo avanzar en el conocimiento de las relaciones que integran la economía y el medio ambiente. A partir del análisis input-output se proponen distintos desarrollos metodológicos para el estudio del impacto de la economía catalana en términos de contaminación atmosférica. En términos económicos, Cataluña es una de las regiones más importantes de España y mantiene relevantes características distintivas respecto al conjunto del Estado. Aunque su intensidad en la emisión de CO2 es menor a la media de España, en las dos últimas décadas el aumento porcentual de ésta ha sido notablemente superior al resto del país. El distinto metabolismo energético de la economía catalana respeto al resto de España, junto con las importantes relaciones comerciales existentes entre ambas regiones, confiere un especial interés al análisis de responsabilidad interregional en términos de contaminación atmosférica asociada. Además, el alto grado de apertura exterior de Cataluña requiere un análisis que integre el comercio con el resto del mundo. Con este propósito se construye un modelo multi-regional input-output (MRIO) para Cataluña, el resto de España y el resto del mundo que aporta relevantes resultados al análisis propuesto y útiles para la toma de decisiones en política ambiental y energética. Seguidamente...

Economía urbana y calidad de vida. Una revisión del estado del conocimiento en España

Royuela, Vicente; Lambiri, Diona; Biagi, Bianca
Fonte: Xarxa de Referència en Economia Aplicada (XREAP) Publicador: Xarxa de Referència en Economia Aplicada (XREAP)
Tipo: Trabalho em Andamento Formato: application/pdf
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.11%
Quality of life is increasingly becoming a concept researched empirically and theoretically in the field of economics. In urban economics in particular, this increasing interest stems mainly from the fact that quality of life affects urban competitiveness and urban growth: research shows that when households and businesses decide where to locate, quality of life considerations can play a very important role. The purpose of the present paper is to examine the way economic literature and urban economic literature in particular, have adopted quality of life considerations in the economic thinking. Moreover, it presents the ways various studies have attempted to capture the multidimensional nature of the concept, and quantify it for the purposes of empirical research. Additionally we focus on the state of the art in Spain. Looking at the experiences in the last years we see very important possibilities of developing new studies in the field.