Página 1 dos resultados de 26 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Ressonância magnética funcional em indivíduos normais: base de dados do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Functional magnetic resonance imaging of normal subjects: a database for the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Martin, Maria da Graça Morais
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.72%
Introdução: Apesar do grande impacto da ressonância magnética funcional em neurociências, a sua aplicabilidade clínica ainda é pequena. Um dos principais motivos é a falta de dados populacionais para dar suporte à decisão clínica. Esta tese teve por objetivo formar um banco de dados normais, representativo de pacientes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP). Métodos: Foram estudados 64 acompanhantes normais dos pacientes do HCFMUSP. Cada indivíduo realizou tarefas quem envolviam função de linguagem, somatossensorial, motor, audiovisual e de memória em aparelho de 1,5 T. Foram colhidos dados demográficos, de desempenho e neuropsicológicos dos sujeitos e de controle de qualidade do magneto de RM. As imagens funcionais foram analisadas através do software XBAM para cada indivíduo, para os grupos e para análise de correlação comportamental. Resultados: A amostra teve uma distribução demográfica variada. Os resultados das análises de grupo mostraram padrões de acordo com a literatura. O paradigma motor mostrou efeito BOLD positivo nos giros pré e pós-centrais estendendo-se para regiões pré-motoras e parietais, área motora suplementar, áreas somatosensoriais secundárias...

Regulação emocional pela atenção: um estudo de neuroimagem por ressonância magnética funcional; Emotional Adjustment for attention: A neuroimaging study functional magnetic resonance

Sanchez, Tiago Arruda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.42%
Apesar das evidências a favor da automaticidade no processamento de estímulos aversivos, especialmente na amígdala, a sua resposta parece ser dependente da disponibilidade de re- cursos atentivos. Dessa forma, a atenção pode atuar como um mecanismo de regulação emocional, importante para a compreensão de uma série de distúrbios psiquiátricos em que este mecanismo está prejudicado. Nesse estudo, investigamos o processo do regulação e- mocional pela atenção sob uma condição de grande demanda atentiva e com estímulos altamente aversivos. Imagens funcionais por ressonância magnética foram adquiridas de 22 voluntários saudáveis enquanto figuras emocionais (IAPS - International Afective Picture System), neutras e aversivas (corpos mutilados) eram apresentadas enquanto eles realiza- vam três tarefas diferentes, em que a atenção era manipulada. As imagens foram apresenta- das no centro do campo visual, enquanto apareciam duas barras, uma de cada lado da figu- ra. As três tarefas atentivas correspondiam a reconhecer: (1) a valência emocional da figura, (2) a semelhança na orientação das duas barras com diferenças de 0º ou 90º (tarefa fácil) e (3) a semelhança das mesmas com diferença de 0º ou apenas 6º (tarefa muito difícil). Nas análises de regiões de interesse (ROIs) observamos um padrão de regulação emocional...

Padrões de funcionamento cerebral em voluntários saudáveis antes e após o uso de antidepressivo: estudo de ressonância magnética funcional durante indução emocional através de estimulação visual; Patterns of brain functioning in healthy volunteers before and after the use of antidepressant: a study of functional magnetic resonance imaging during emotional induction through visual stimulation

Almeida, Jorge Renner Cardoso de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.43%
INTRODUÇÃO: O processamento emocional pelo cérebro humano tem sido atualmente investigado através do uso de ressônancia magnética funcional (RMf). A RMf possibilita o estudo in vivo e não invasivo de mudanças na atividade cerebral regional em voluntários humanos saudáveis. O processamento emocional pode ser modulado através do uso de antidepressivos que influenciam sistemas neurais relacionados ao processamento emocional, através da modulação da ação de neurotransmissores como a serotonina e a noradrenalina. A clomipramina, um antidepressivo tricíclico, tem sido relacionada com efeitos de resposta clínica mesmo em voluntários saudáveis. Estudos utilizando a RMf permitem a investigação do efeito de antidepressivos nos sistemas neurais envolvidos no processamento emocional em indivíduos saudáveis que apresentam resposta ao uso destes medicamentos comparados a sujeitos que não apresentam resposta ao tratamento. MÉTODOS: Nesta tese, dezoito voluntários saudáveis foram investigados em relação a mudanças de atividade neural em resposta à indução emocional através da apresentação de fotografias do International Affective Pictures System (IAPS). Foram estudadas particularmente as emoções de raiva, felicidade e medo. Os voluntários foram submetidos ao tratamento prolongado com doses baixas de clomipramina por quatro semanas. A amostra foi subdividida em respondedores (n=6) e não respondedores (n=12) ao tratamento com clomipramina. A atividade neural foi estimada com o uso da RMf...

Inferência do tempo de atividade neural a partir do efeito BOLD em ressonância magnética funcional; Inference of neural activity time from BOLD effect in functional magnetic resonance imaging

Biazoli Junior, Claudinei Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.66%
A inferência do curso temporal da atividade neural a partir do efeito BOLD é um importante problema, ainda em aberto. A forma da curva BOLD não reflete diretamente as características temporais da atividade eletrofisiológica dos neurônios. Nessa tese, é introduzido o conceito de tempo de processamento neural (TPN) como um dos parâmetros do modelo biofísico da função de resposta hemodinâmica (HRF). O objetivo da introdução desse conceito é obter estimativas mais acuradas da duração da atividade neural a partir do efeito BOLD, que possui auto grau de nãolinearidade. Duas formas de estimar os parâmetros do modelo do efeito BOLD foram desenvolvidas. A validade e aplicabilidade do conceito de TPN e das rotinas de estimação foram avaliadas por simulações computacionais e análise de séries temporais experimentais. Os resultados das simulações e da aplicação foram comparados com medidas da forma da HRF. O experimento analisado consistiu em um paradigma de tomada de decisão na presença de distratores emocionais. Esperase que o TPN em áreas sensoriais primárias seja equivalente ao tempo de apresentação de estímulos. Por outro lado, o TPN em áreas relacionadas com a tomada de decisão deve ser menor que a duração dos estímulos. Além disso...

Movimento ocular em crianças e adultos: estudo comparativo com uso integrado de RMf e Eye Tracking; Eye movements in children and adults: comparative study with the integrated use of fMRI and Eye tracking

Lukasova, Katerina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.5%
OBJETIVO: Identificar áreas cerebrais ativadas durante tarefas de movimento ocular sacádico em crianças e adultos saudáveis. Por meio de registro de imagem com Ressonância Magnética funcional (RMf) e movimentos oculares com Eye tracking comparou-se a ativação neural em tarefas de sacadas guiadas externamente por um alvo e internamente pelo conhecimento prévio das características do movimento. MÉTODOS: Participaram do estudo 14 crianças saudáveis (7 meninos e meninas) com idade média de 11,1 (dp=1,2) e 14 adultos (9 homens e 5 mulheres) saudáveis com idade média de 23,9 (dp=3,3), todos destros. O paradigma de RMf incluiu tarefas de movimento sacádico em direção a um alvo. Foram apresentadas quatro condições: Previsível (P), Posição previsível (PP), Tempo previsível (TP) e Imprevisível (I). Durante a condição P, o alvo apareceu na tela em intervalos fixos de tempo (800 ms) e posição fixa, alternando entre dois marcos na linha horizontal. Na condição PP, a posição era fixa, o intervalo variado (400, 800 e 1200 ms). Na condição TP, o intervalo era fixo e o alvo aparecia em 5 posições no meridiano horizontal. Na condição I, posição e tempo eram variados. As aquisições BOLD foram realizadas em um sistema 3T (Philips Achieva) com uso integrado de Eye tracker (MagConcept)...

Estudo de ressonância magnética funcional das mudanças da atividade cerebral durante recordações afetivas autobiográficas decorrentes da administração prolongada de clomipramina a sujeitos saudáveis; Study of functional magnetic resonance imaging of brain activity changes during affective autobiographical memories due to prolonged administration of Clomipramine the healthy subjects

Cerqueira, Carlos Toledo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.48%
INTRODUÇÃO: Apesar da importância dos medicamentos antidepressivos no tratamento dos transtornos de humor e de ansiedade, sua ação sobre sistemas cerebrais responsáveis pela expressão emocional ainda não foram claramente estabelecidos. Estudos recentes têm examinando o sinal dependente de nível de oxigenação sanguínea (do inglês, "BOLD") durante estímulos emocionais em indivíduos saudáveis sob uso de antidepressivos. Nesse estudo, pretendemos estender essa avaliação às alterações do humor e comportamento emocional devido ao uso prolongado de um antidepressivo bloqueador de serotonina e noradrenalina em pessoas saudáveis. MÉTODOS: foram selecionados dezesseis voluntários, sem antecedentes psiquiátricos pessoais ou familiares, que participaram de um ensaio farmacológico simples-cego de quatro semanas de doses baixas de clomipramina (até 40 mg/dia). Ao final desse período, dez sujeitos foram selecionados como não responsivos, e os restantes seis sujeitos foram selecionados como responsivos por apresentarem claras mudanças em três dos quatro seguintes critérios: tolerância interpessoal, eficiência, bem estar, e mudança substancial em sua auto percepção. O grupo de sujeitos classificados como responsivos foram submetidos a um ensaio controlado duplo-cego confirmatório. A aquisição de imagens cerebrais ocorreu após quatro semanas de uso de medicação (simples cego) e quatro semanas após a sua suspensão...

Ativação cerebral associada à memória episódica verbal no transtorno obsessivo-compulsivo por meio de ressonância magnética funcional; Brain activation associated with verbal episodic memory in obsessivecompulsive disorder using magnetic resonance imaging

Batistuzzo, Marcelo Camargo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.29%
O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é um transtorno psiquiátrico que acomete cerca de 1 a 3,1% das pessoas ao longo da vida. Embora o seu modelo neurobiológico ainda não esteja completamente estabelecido, inúmeras evidências apontam para áreas relacionadas ao circuito córtico-estriado-pálido-talâmico-cortical (CEPTC). Em especial, o córtex órbito-frontal (COF) é uma região que desempenha um papel fundamental dentro da hipótese fisiopatológica do TOC. Paralelamente, esta região já foi associada, em sujeitos saudáveis, com a habilidade de utilização espontânea da estratégia de agrupamento semântico na memorização de palavras - o que facilita sua evocação posterior. Ao mesmo tempo, estudos neuropsicológicos evidenciaram que pacientes com TOC apresentam déficits na memória episódica verbal (MEV) e que tais déficits poderiam ser mediados por dificuldades em funções executivas ligadas ao planejamento, como utilização de estratégias. Portanto, para testar a hipótese de que há diferenças no correlato neural da codificação da MEV entre pacientes com TOC e controles saudáveis, foi utilizado um teste neuropsicológico adaptado para ressonância magnética funcional (RMf): o paradigma tinha apresentação em bloco. O objetivo do presente estudo foi investigar a etapa de codificação da MEV e a capacidade de agrupamento semântico espontâneo em crianças e adolescentes com TOC. Assim...

Orientação espacial da atenção automática e voluntária com ressonância magnética funcional relacionada à eventos.; Automatic and voluntary spatial attention orientation studied by eventrelated functional magnetic resonance imaging.

Contenças, Thaís Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
16.11%
A atenção visuoespacial pode ser considerada como a atividade neural que seleciona certas regiões do espaço em detrimento das demais. Existem dois tipos de orientação da atenção: atenção automática e atenção voluntária. Há evidências de que as áreas cerebrais associadas à estes dois tipos se sobrepõem, porém alguns autores observaram que há áreas distintas de ativação cerebral para atenção automática e voluntária. Estas diferenças resultaram em visões distintas a respeito de modelos cerebrais envolvendo a atenção visuoespacial. O objetivo de nosso trabalho foi identificar quais são as principais redes de ativação neuronal durante a mobilização da atenção automática e voluntária com Ressonância Magnética Funcional (RMf) relacionada à eventos, utilizando a tarefa de Posner modificada (1980). Participaram deste estudo vinte adultos jovens e saudáveis (17 mulheres). A tarefa foi programada no ambiente Eprime (Psylab, EUA) e os participantes treinaram antes de realizar o experimento de RMf. As condições foram pseudorandomizadas com otimização por algoritmos genéticos. Cada tentativa começava com um Ponto de Fixação na tela e dois anéis demarcados, um em cada lado. Após o aparecimento do Estímulo Precedente (E1)...

Detecção de actividade cerebral com imagens de ressonância magnética

Maia, Pedro Emanuel Moreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.11%
O objectivo desta dissertação é aplicar técnicas de processamento e análise estatística às imagens de ressonância magnética funcional (RMF) para identificar zonas activas/não activas do cérebro. O estudo foi efectuado através da ferramenta informática Statistical Parametric Mapping (SPM) com um conjunto de imagens de RMF disponibilizadas pela Universidade de Regensburg, Alemanha (Projecto BMBF 01GW0653). As imagens foram adquiridas durante uma experiência retinotópica (com estímulos visuais). Estes estímulos permitem activar a área sensorial visual primária do cérebro. Antes da análise estatística, as imagens (uma sequência de volumes ao longo do tempo) passam pelas várias etapas de pré-processamento (realinhamento, co-registo, normalização e suavização espacial) para filtrar o ruído e outros distúrbios provocados pela natureza da experiência. Para a análise estatística das imagens utilizou-se um regressor linear onde cada estímulo determina um modelo padrão do voxel activo/não activo. Baseado neste padrão é efectuada a identificação de zonas do cérebro com actividade mais acentuada que por sua vez correspondem a zonas do cérebro com elevado fluxo de sangue e maior consumo de oxigénio (o efeito BOLD). O estudo foi repetido para dez sujeitos e confirmou que a técnica das imagens de RMF pode servir para detectar zonas cerebrais activas.; The aim of this thesis is to apply processing techniques and statistical analysis to functional magnetic resonance imaging (fMRI) to identify active/non-active brain regions. The study was done by computer tool Statistical Parametric Mapping (SPM) with a set of images (fMRI) made available University of Regensburg...

Ressonância magnética funcional: mapeamento do córtex motor através da técnica BOLD

Nunes, Patrícia Ribeiro
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.5%
A ressonância magnética funcional (RMf) é hoje uma ferramenta fundamental na investigação funcional do cérebro humano, quer em indivíduos saudáveis quer em pacientes com patologias diversas. É uma técnica complexa que necessita de uma aplicação cuidada e rigorosa, e uma compreensão dos mecanismos biofísicos a ela subjacentes, de modo a serem obtidos resultados fiáveis e com melhor aceitação clínica. O efeito BOLD (Blood Oxygenation Level Dependent) é o método mais utilizado para medir e estudar a actividade cerebral e baseia-se nas alterações das propriedades magnéticas da molécula hemoglobina. Com este Projecto propomo-nos optimizar um protocolo de RMf realizada com o efeito BOLD, em voluntários saudáveis, de modo a que este possa ser aplicado em futuros estudos de pacientes com patologias. ABSTRACT - Nowadays functional magnetic resonance imaging (fMRI) is a fundamental tool for the research of human brain function of healthy subjects or patients with several pathologies. It is a complex technique that requires a careful and rigorous application, and an understanding of its biophysical mechanisms, so that reliable results can be obtained with better clinical acceptance. The BOLD effect (Blood Oxygenation Level Dependent) is the most widely used method to measure and study the brain activity and its based on changes in magnetic properties of the hemoglobin molecule. The aim of this project was to optimize a BOLD fMRI protocol on healthy subjects...

Ressonância magnética funcional: mapeamento do córtex motor através do efeito BOLD

Nunes, Patrícia R.; Tecelão, Sandra R.; Nunes, Rita G.
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.67%
Introdução – A ressonância magnética funcional (RMf) é hoje uma ferramenta fundamental na investigação funcional do cérebro humano, quer em indivíduos saudáveis quer em doentes com patologias diversas. É uma técnica complexa que necessita de uma aplicação cuidada e rigorosa e uma compreensão dos mecanismos biofísicos, de modo a serem obtidos resultados fiáveis e com melhor aceitação clínica. O efeito BOLD (Blood Oxygenation Level Dependent), que se baseia nas propriedades magnéticas da hemoglobina, é o método mais utilizado para medir a atividade cerebral por RMf. Objetivos – Otimizar um protocolo de RMf por efeito BOLD em voluntários saudáveis para mapeamento do córtex motor, de modo a que possa ser aplicado no futuro em doentes com patologias diversas. Metodologia – Foram estudados 34 voluntários saudáveis divididos em 2 grupos de estudo: BOLD 1 e BOLD 2. Com vista à otimização, foram testados no subgrupo BOLD 1 diferentes paradigmas e no subgrupo BOLD 2 foi estudada a influência do tempo de eco (TE). Para as várias condições foram comparados os volumes da região ativada e os níveis de ativação obtidos. Resultados/Discussão – O córtex motor foi identificado em todos os voluntários estudados. Não foram detetadas diferenças estatisticamente significativas quando comparados os resultados obtidos com os diferentes parâmetros de aquisição. Conclusão – O protocolo foi otimizado tendo em conta o nível de conforto reportado pelos voluntários. Uma vez que se pretende aplicar este mesmo protocolo no estudo de doentes...

Mapeamento das regiões cerebrais associadas ao engano

Perez, Mafalda Geraldes Ferreira Amaro
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.24%
Mestrado em Radiações aplicadas às Tecnologias da Saúde - Ramo de Ressonância Magnética; Introdução - Estudos defendem o uso de Ressonância Magnética funcional (RMf) para detetar a mentira. Num estudo prévio, estimou-se que pelo menos 90% dos participantes terão sido denunciados pela Ressonância Magnética. Este estudo utiliza o paradigma de perguntas, baseado no design-misto, para analisar a atividade cerebral envolvidas em áreas relacionadas com a mentira / verdade relacionados com um roubo ficcional anel-relógio. De forma inovadora, é igualmente apresentado um método que através da visualização de imagens, pretende descobrir se a pessoa está a mentir ou não, em relação ao respetivo roubo. Métodos - A partir de uma seleção de participantes saudáveis, com idades compreendidas entre os 21 e os 36 anos e mediante consentimento informado, procedeu-se ao rastreio de eventuais obstáculos à realização do exame, através da aplicação de um inquérito para garantir a segurança e excluir contra-indicações na realização do estudo de Imagiologia por Ressonância Magnética. Os sujeitos foram convidados a escolher entre dois objetos - relógio ou anel - para roubar e colocar num armário disponibilizado para o efeito. Foram apresentadas uma série de questões com os objetos roubados...

Avaliação por fMRI do córtex visual, motor e auditivo através de estimulação sensoriomotora e sonora em desportistas invisuais e desportistas sem deficiência visual

Correia, Catarina Andrade Teles de Viterbo
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.53%
Mestrado em Radiações Aplicadas às Tecnologias da Saúde - Ramo de especialização: Imagem por Ressonância Magnética; A Ressonância Magnética funcional (fMRI) é hoje uma ferramenta fundamental na investigação funcional do cérebro humano quer em indivíduos saudáveis quer em doentes com as mais diversas patologias. É um método de diagnóstico complexo que necessita de uma aplicação cuidada e rigorosa e uma compreensão dos mecanismos biofísicos a ele subjacentes, de modo a serem obtidos resultados fiáveis e com melhor aceitação clínica. O efeito dependente do nível de oxigenação do sangue (BOLD) é o método mais utilizado para medir e estudar a actividade cerebral e baseia-se nas alterações das propriedades magnéticas da molécula de hemoglobina do sangue. Esta investigação tem por objectivo principal verificar as diferentes respostas cerebrais, nas áreas da visão, audição e motora, em atletas de judo deficientes visuais e a sua comparação com judocas normovisuais As imagens foram adquiridas com recurso fMRI, realizada com o efeito BOLD, com diferentes paradigmas: sonoro, motor e sensório-motor. Foram estudados 12 atletas de judo, 6 com deficiência visual e 6 normovisuais. As imagens foram processadas com o auxílio do software FSL e mais propriamente com as seguintes ferramentas: MELODIC e FEAT (http://fsl.fmrib.ox.ac.uk/fsl/fslwiki/). Foi observada a activação do córtex visual em ambos os grupos de voluntários (atletas de judo deficientes visuais e normovisuais) quando receberam um estímulo verbal associado a uma acção motora. O que leva a concluir que a perda de visão não leva à permanente inactivação do córtex visual. A cegueira leva...

Epileptogenic focus localization and complexity analysis of its BOLD signal

Tavares, Vânia Sofia Santos
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.51%
Tese de mestrado integrado em Engenharia Biomédica e Biofísica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014; Epilepsia é considerada a mais importante doença neurológica crónica a nível mundial. Esta afeta mais de 50 milhões de pessoas de todas as idades, e dessa população apenas 70% dos casos são controláveis com fármacos anti-epiléticos. Dos restantes 30%, 10% beneficiam da ressecação cirúrgica da região responsável pela atividade epilética e os restantes 20% não conseguem controlar adequadamente as suas crises. De entre as razões que justificam o baixo impacto da cirurgia encontra-se o facto de se desconhecer, na maioria dos casos, o foco desta atividade elétrica anormal. Por isso, a deteção deste foco é importante tanto para o diagnóstico como para o controlo das crises. O foco epiletogénico é um conceito teórico, consistindo na descreve a região cerebral que é necessário remover para deixar o doente livre de crises. Este é caracterizado por dois tipos de atividade epiléptica: a ictal e a interictal. A primeira diz respeito à atividade elétrica gerada durante as crises epiléticas e a segunda à atividade gerada entre as crises. A primeira é caracterizada uma intensa descarga elétrica que pode ter uma duração até alguns minutos. Já a segunda forma de atividade epiletogénica é...

Conectividade efectiva em epilepsia

Santos, Francisco Maria Salvador Fagundes Gomes dos
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
25.9%
A epilepsia é uma das mais comuns patologias que afectam o cérebro humano e caracteriza-se por uma actividade cerebral oscilatória desordenada e excessiva que prejudica gravemente a qualidade de vida do doente. Com o objectivo de detectar o percurso da actividade cerebral anormal a ressonância magnética, em conjunto com a técnica de electroencefalografia (EEG) têm evoluído no sentido de tornar a identificação do foco epiléptico e respectivas vias de propagação mais clara e fácil para o neurocirurgião. Esta detecção pode recorrer ao efeito BOLD (do inglês “Blood Oxygenation Level Dependent”) para, de forma indirecta, obter um mapa de activação neuronal da zona em estudo contribuindo para uma possível intervenção cirúrgica à área epiléptica. No entanto, para chegar a uma conclusão definitiva sobre este mapa neuronal é necessário ter em conta que diferentes regiões podem apresentar HRFs (do inglês “Hemodynamic Response Functions”) diferentes, influenciando o resultado de qualquer análise se este facto não for tido em conta. Na presente dissertação foi aplicado um método de cálculo de influência causal entre regiões do cérebro humano a dados de epilepsia obtidos através da técnica EEG+fMRI. Foram utilizadas técnicas de conectividade efectiva (causalidade de Granger) usando um pacote de software (PyHRF) para estimar com precisão a HRF da região em estudo e permitir a desconvolução do sinal antes do cálculo de conectividade. Foi demonstrada a utilidade desta contribuição metodológica para a caracterização topográfica e dinâmica de uma crise epiléptica.

Conectividade efectiva em epilepsia

Santos, Francisco Maria Salvador Fagundes Gomes dos
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
25.9%
A epilepsia é uma das mais comuns patologias que afectam o cérebro humano e caracteriza-se por uma actividade cerebral oscilatória desordenada e excessiva que prejudica gravemente a qualidade de vida do doente. Com o objectivo de detectar o percurso da actividade cerebral anormal a ressonância magnética, em conjunto com a técnica de electroencefalografia (EEG) têm evoluído no sentido de tornar a identificação do foco epiléptico e respectivas vias de propagação mais clara e fácil para o neurocirurgião. Esta detecção pode recorrer ao efeito BOLD (do inglês “Blood Oxygenation Level Dependent”) para, de forma indirecta, obter um mapa de activação neuronal da zona em estudo contribuindo para uma possível intervenção cirúrgica à área epiléptica. No entanto, para chegar a uma conclusão definitiva sobre este mapa neuronal é necessário ter em conta que diferentes regiões podem apresentar HRFs (do inglês “Hemodynamic Response Functions”) diferentes, influenciando o resultado de qualquer análise se este facto não for tido em conta. Na presente dissertação foi aplicado um método de cálculo de influência causal entre regiões do cérebro humano a dados de epilepsia obtidos através da técnica EEG+fMRI. Foram utilizadas técnicas de conectividade efectiva (causalidade de Granger) usando um pacote de software (PyHRF) para estimar com precisão a HRF da região em estudo e permitir a desconvolução do sinal antes do cálculo de conectividade. Foi demonstrada a utilidade desta contribuição metodológica para a caracterização topográfica e dinâmica de uma crise epiléptica.

Atividade epileptiforme interictal no AVC isquêmico : prevalência, valor prognóstico e padrões de efeito bold; Interictal epileptiform activity in ischemic stroke : prevalence, prognostic value and bold patterns

Fabricio Oliveira Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46.56%
Convulsões estão associadas a prognóstico desfavorável no AVC isquêmico (AVCi) agudo. O significado prognóstico de descargas epileptiformes interictais (DEI) e padrões periódicos (PP) ainda não foi testado. Apesar do EEG ser amplamente utilizado para monitorar isquemia cerebral, seu valor como instrumento de monitorização ainda é infrequentemente avaliado. No presente estudo, testamos se a presença de DEI ou PP estão associados a um pior prognóstico functional e se parâmetros quantitativos do EEG realizado no AVCi agudo fornece informação prognóstica. Também foram avaliadas as consequências hemodinâmicas da atividade epileptiforme (AE) através do uso combinado de EEG-RM funcional (EEG-RMf). Cento e cinquenta e sete pacientes com idade acima de 18 anos e admitidos dentro de 72 horas do AVCi foram incluídos e seguidos prospectivamente. A interpretação do EEG foi realizada de forma cega por neurofisiologista certificado. DEI e PP (agrupados como AE) foram definidos de acordo com diretrizes propostas. Análises uni e multivariadas foram realizadas para a identificação de fatores associados ao prognóstico funcional de 3 meses (escala modificada de Rankin dicotomizada em ≤2 versus ≥3). Para a análise quantitativa...

DNA barcoding and forensic entomology: a molecular approach for Diptera species' identification

Rolo, Eva Sofia Alves, 1986-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
16.4%
Tese de mestrado em Biologia (Biologia Humana e Ambiente),Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010; A Entomologia Forense é a ciência que aplica o conhecimento sobre os insectos, e outros artrópodes, em procedimentos jurídico-legais. O primeiro passo a ser tomado em Entomologia Forense é a identificação das espécies, normalmente realizada através de caracteres morfométricos, utilizando chaves dicotómicas de identificação; no entanto, a observação da morfologia é um método, por vezes, demorado e inconclusivo. Por outro lado, os métodos moleculares fornecem uma identificação rápida e precisa, possibilitam a identificação dos insectos em qualquer estádio de desenvolvimento, incluindo os estádios larvares, e podem ser utilizados independentemente das condições de preservação dos exemplares. Na verdade, as metodologias para identificação molecular de espécies têm sofrido uma grande evolução e, actualmente, o DNA barcoding é considerado uma ferramenta muito útil na identificação de espécies. Este conceito baseia-se na amplificação e sequenciação de um pequeno segmento de DNA - conhecido como sequência barcode - de uma região padrão do genoma. Vários estudos sugerem o uso da sequência que codifica para a subunidade I da proteína citocromo c oxidase (COI) como o marcador de DNA adequado para o DNA barcoding. A identificação de espécies através desta nova ferramenta baseia-se na amplificação e sequenciação deste fragmento; uma vez obtida a informação da sequência do espécime-alvo é possível compará-la com sequências de referência...

Anti-inflammatory, analgesic, and immunostimulatory effects of Luehea divaricata Mart. & Zucc. (Malvaceae) bark

Rosa, Roseane Leandra da; Nardi, Geisson Marcos; Januário, Adriana Graziele de Farias; Boçois, Renata; Bagatini, Katiane Paula; Bonatto, Sandro José Ribeiro; Pinto, Andrea de Oliveira; Ferreira, João Ronaldo Notargiacomo; Mariano, Luisa Nathália Bold
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
25.9%
Luehea divaricata (Malvaceae) é utilizada para o tratamento de várias condições patológicas, entretanto, há poucos relatos sobre sua bioatividade. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito anti-inflamatório e analgésico, bem como a atividade de macrófagos em camundongos tratados com extrato bruto hidroalcoólico (CLD) da planta. Cromatografia em camada delgada revelou a presença de epicatequina, estigmasterol, lupeol e α,β-amirina no material. Para avaliar a atividade anti-inflamatória e analgésica, animais foram submetidos a teste de edema de pata induzido por carragenana, teste de contorções, da formalina e da capsaicina. A atividade imunomodulatória foi avaliada pela capacidade de adesão e de fagocitose dos macrófagos, volume lisossômico e produção de espécies reativas de oxigênio (ROS), após tratamento diário com CLD por 15 dias. CLD promoveu redução do edema de pata (36,8% e 50,2%; 100 e 300 mg/kg, respectivamente; p; Luehea divaricata (Malvaceae) is a plant widely used for treatment of various inflammatory and infectious conditions; however few reports discuss its biological properties. The aim of this study was to evaluate the anti-inflammatory and analgesic effects as well as the macrophage activity in mice treated with the hydroalcoholic crude extract of L. divaricata (CLD). Thin layer chromatography revealed presence of epicathequin...

Ressonância funcional na tontura postural-perceptual persistente; Functional resonance in persistent postural-perceptual dizzness

Lins, Eliane Maria Dias Von Sohsten
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.42%
Objetivo: avaliar as diferenças estruturais e funcionais entre o cérebro de pacientes com tontura postural-perceptual persistente (TPPP) e controles. Método: o estudo foi aprovado pela comissão de ética local. As voluntárias deram consentimento formal. 16 mulheres com TPPP (44.7±8.3 anos) e 16 controles (46.5±8.5 anos) foram pareadas por sexo e idade. Imagens de ressonância magnética funcional (RMf) e estrutural foram adquiridas utilizando sistema 3.0 T durante a visibilização de figuras padronizadas do International Affective Pictures System (IAPS) com valência negativa, positiva e neutra. Realizou-se análise estrutural segmentar e volumétrica com o programa Freesurfer e funcional com o FSL (FMRIB Software Library) usando correção fatia-tempo e de movimento, suavização espacial (5mm FWHM), e normalização no espaço standard MNI (Montreal Neurological Institute). O modelo linear geral (GLM) incluiu regressores por grupo e condições. Adotou-se um limiar de Z = 3.09 (p < 0.001) para cada vóxel, e um nível de significância para correção de clusters de p < 0.05. O Z=2.3 foi utilizado na comparação entre grupos. Resultados: o grupo com TPPP apresentou ativação na região do córtex cingulado anterior na diferença entre contrastes positivos e negativos por queda de sinal na visibilização de estímulos negativos; enquanto o grupo controle teve efeito BOLD (Blood Oxygen Level Dependent) positivo na região amigdaliana bilateralmente na diferença entre contrastes negativos e positivos. Houve ativação em giro angular esquerdo na diferença entre contrastes negativos e positivos e entre grupos (pacientes > controles). Conclusão: ativação em região amigdaliana em resposta a estímulos negativos em relação aos positivos é frequentemente encontrada em pacientes com ansiedade e síndrome do estresse pós-traumático...