Página 1 dos resultados de 200 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Utilização no ensino online de produtos multimédia na perspetiva digital storytelling

Fonseca, Susana Monteiro dos Santos de Sousa
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.73%
Dissertação de Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia apresentada à Universidade Aberta; A arte de contar histórias é intemporal e tem atravessado gerações. Nos dias de hoje, mantém-se o interesse nesta arte, apenas se alteraram os formatos das histórias. Assim sendo, deparamo-nos com um leque de produtos multimédia que vêm colorir a forma como as narrativas se apresentam. O Digital Storytelling permite combinar essa arte de contar histórias com as novas tecnologias, aliando a narrativa ao elemento digital, com áudio, vídeo e diversificados elementos multimédia que temos ao dispor. Esta dissertação foca o papel do Digital Storytelling no ensino e a forma como este pode complementar os conteúdos lecionados, favorecendo a motivação e um maior envolvimento no processo de ensino-aprendizagem. A investigação iniciou-se com a criação de guiões de Digital Storytelling sobre alguns conteúdos da Unidade Curricular de Sociedade e Cultura Inglesas I, das Licenciaturas em Línguas, Literaturas e Culturas – Variante de Línguas Estrangeiras, Línguas Aplicadas e Estudos Europeus, que resultaram na construção de três produtos multimédia, mais especificamente três vídeos, elaborados pela equipa técnica da Universidade Aberta. Estes vídeos foram posteriormente utilizados como recurso didático de suporte à lecionação dos respetivos conteúdos...

Programa de promoção de competências pessoais e sociais : um estudo no ensino superior

Dias, Maria Isabel Pinto Simões
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
65.95%
O Programa de Promoção de Competências Pessoais e Sociais: um Estudo no Ensino Superior, tem como objectivo principal a construção, implementação e avaliação da eficácia de um programa de promoção de competências. Este projecto de investigação identifica competências pessoais e profissionais em Educação de Infância; retrata o processo de construção e validação do Questionário de Competências Pessoais e Profissionais em Educação de Infância (QCPPEI); identifica características de estudantes do Ensino Superior e profissionais em Educação de Infância com base no QCPPEI; dá a conhecer os procedimentos de concepção, aplicação a estudantes do ensino superior e avaliação da eficácia do Programa de Promoção de Competências Pessoais e Profissionais em Educação de Infância (PPCPPEI). Recorrendo a uma metodologia qualitativa e quantitativa, foram realizados três grandes estudos: Estudo 1: Identificação de competências em Educação de Infância (N=8); Estudo 2: Construção/validação do QCPPEI e comparação entre grupos (N=235) e Estudo 3: Construção, aplicação e avaliação da eficácia do PPCPPEI (N=116). O modelo de investigação para a avaliação da eficácia deste programa de intervenção é do tipo quasi-experimental...

Equipas virtuais ou virtualização do trabalho de equipa?

Pissarra, Joao
Fonte: Pactor Publicador: Pactor
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
65.93%
As organizações são sistemas vivos e dinâmicos. Compreender a sua dinâmica interna e os seus subsistemas, através do estudo do Indivíduo, do Grupo e da Organização, constitui uma ferramenta essencial nos dias de hoje. Este livro tem esta premissa como fundamento, procurando não só focar temáticas que são a base estruturante da área da psicossociologia do trabalho e das organizações, como também destacar assuntos que têm vindo a emergir na agenda científica. Assim, além de oferecer conhecimentos básicos, pretende promover reflexões mais aprofundadas acerca das matérias

Adaptation to unforeseen change in geographically dispersed mission teams : the roles of team training and team familiarity

Oliveira, Diogo Raposo de Oliveira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.15%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014; Today the world witnesses the course of a technological revolution that has broken down office walls and expanded the horizons of team communication. Teams are no longer confined to a single place at a time, and for that reason some researchers may call them “ubiquitous” (e.g., Marks, 2006). In fact geographic separation has been overcome by the virtuality that has touched and transformed every modern organization. Despite all the advantages that virtual communication may represent, everyday many virtual teams find themselves struggling because of virtual work. Using fail-safe technology is one way of preventing that from happening; however the focus of prevention should also span human resource policies like training and development of team members regarding virtual work (Duarte & Snyder, 2001). Following that perspective, and taking into consideration other evidences, I hypothesized that both team training and team familiarity have a positive effect on individual perceptions of adaptability. Furthermore I posited that the positive effect of team familiarity on individual perceptions of adaptability is stronger when team training occurs instead of separate training. An experimental study with 39 individuals was conducted to test these hypotheses. Participants were given scenarios where familiarity and conjoint training were manipulated. Team adaptive performance was measured at the end of each scenario. Results provided evidences against the hypothesis proposed in this study...

Timeout no andebol de alto rendimento

Gomes, Fernando Paulo de Oliveira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.98%
Doutoramento em Motricidade Humana na especialidade de Treino Desportivo.; O presente trabalho tem como objetivo estudar o timeout de equipa (TOE) no andebol de alto rendimento. Na revisão da literatura, apresentada no primeiro capítulo, discutem-se duas linhas de investigação. A primeira descreve o fenómeno de momentum e relaciona as oscilações da performance durante a competição com o efeito dos eventos antecedentes; a segunda linha de investigação refere-se à comunicação do treinador durante a competição. Para concretizar o objetivo da tese foram realizados três estudos empíricos. No estudo, apresentado no capítulo 2, foi caraterizado o contexto do pedido de TOE em função das variáveis: local do jogo, período do jogo, resultado corrente e golos marcados e golos sofridos nas cinco posses de bola antes do TOE. A análise do comportamento verbal do treinador durante o TOE, quando este é solicitado pelo próprio treinador e pela equipa adversária, constitui o objetivo do terceiro capítulo. O quarto capítulo inclui a análise do efeito do pedido do TOE nos indicadores de performance (eficácia defensiva, eficácia ofensiva e diferença pontual) em função dos diferentes contextos competitivos...

A influência dos modelos mentais de equipa na eficácia ao longo do tempo: uma relação mediada pelo conflito

Santos, Catarina Marques dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.24%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Numa altura em que a investigação na área da cognição de equipas começa a proliferar, este estudo pretende contribuir para o desenvolvimento desta temática. Esta investigação avaliou a influência dos modelos mentais de equipa no conflito intragrupal e na eficácia das equipas (a qual engloba o desempenho objectivo, o desempenho percepcionado, a satisfação com a equipa e a vontade de continuar na equipa). Com base na revisão de literatura sobre esta temática, este trabalho avaliou a forma como os membros das equipas desenvolvem modelos mentais em relação às tarefas, à dinâmica relacional do trabalho em equipa e à gestão do tempo, em dois momentos distintos no tempo. No estudo participam 50 equipas de uma competição de estratégia e gestão. A avaliação das variáveis em estudo aconteceu ao longo da competição, sendo os questionários desenvolvidos com base em escalas validadas e adaptadas para o contexto. Os resultados revelaram duas mediações totais do conflito relacional na relação entre os modelos mentais de relação com a satisfação e a vontade de continuar na equipa. Contrariamente ao que esperávamos não se verificou mediação na relação entre os modelos mentais de equipa e o desempenho objectivo e percepcionado. Além disso...

O impacto das crenças e das percepções de diversidade na relação entre diversidade e eficácia do trabalho em equipa

Ferreira, Inês de Moura
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.17%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Apesar das várias tipologias e abordagens para explicar e compreender os efeitos da diversidade no funcionamento e na eficácia do trabalho em equipa, os resultados das investigações empíricas têm-se revelado muitas vezes inconclusivos e contraditórios. O presente estudo pretende contribuir para uma melhor compreensão dos efeitos da diversidade no desempenho das equipas, não só pela forma alternativa de definir e operacionalizar a diversidade, como também pelo estudo de efeitos de moderação e mediação nesta relação. Deste modo, em primeiro lugar esperava-se que os diferentes tipos de diversidade (separação, variedade e disparidade) estivessem associados ao desempenho da equipa. Segundo, esperava-se que as crenças e as percepções de diversidade tivessem um efeito moderador na relação entre diversidade e desempenho. Por fim, esperava-se que a identificação com a equipa tivesse um efeito mediador nessa mesma relação. A amostra deste estudo correlacional foi constituída por 182 equipas (811 participantes) que participaram numa competição de gestão durante a qual responderam a dois questionários. Os resultados das várias análises de regressão múltipla hierárquica permitiram suportar parcialmente os efeitos de moderação. Constatou-se que as percepções de diversidade moderaram a relação entre diversidade de disparidade (experiência em edições anteriores da competição) e o desempenho da equipa e que as crenças de diversidade moderaram a relação entre diversidade de separação (sexo) e a expectativa de desempenho. Os resultados não permitiram suportar a hipótese sobre o efeito mediador da identificação com a equipa na relação entre diversidade e desempenho. As implicações teóricas e práticas e as limitações e sugestões de estudos futuros são também descritas.; Although there are several typologies and approaches to understand and explain diversity effects on team work functioning and efficacy...

Uma equipa feliz é uma equipa produtiva? O bem-estar nas equipas de trabalho e a sua relação com o desempenho

Soares, Ana Raquel da Cruz
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.02%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; O presente estudo visa compreender o papel do bem-estar subjectivo no desempenho das equipas ao longo do tempo. Neste sentido é apresentado um modelo baseado na lógica input-processo-output circular, que apresenta as emoções como característica input e como um resultado, captando assim a perspectiva temporal amplamente negligenciada na literatura (Marks, Mathieu & Zaccaro, 2001). O bem-estar subjectivo como um fenómeno colectivo, passível de ter significado a nível das equipas, é reconceptualizado e fundamentado teoricamente na literatura do contágio emocional e metodologicamente no modelo de composição de consenso directo como forma de guiar o desenvolvimento e validação do constructo proposto (Chan, 1998). Foram utilizadas 50 equipas em contexto de competição. Os resultados corroboraram a existência de contágio emocional positivo, tendo demonstrado ainda que as emoções das equipas diferem em função do desempenho alcançado e do contágio emocional sentido. Foi ainda demonstrado que as emoções positivas avaliadas num primeiro tempo de interacção têm impacto nas emoções positivas e na satisfação com a equipa do tempo seguinte. O desempenho objectivo foi mediador da relação entre as emoções positivas num primeiro momento de interacção e as emoções positivas do tempo seguinte...

As competências de uma equipa de sonho: validação de um modelo de competências de equipa multidimensional

Correia, Andreia Moreira de Brito
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.27%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; As equipas nas organizações não constituem uma panaceia para todos os seus problemas dado que algumas equipas são mais eficazes que outras. O que distingue então estas equipas? Mais do que conhecimentos técnicos, as equipas necessitam de possuir competências transversais que lhes permitam ter a adaptabilidade necessária a um contexto em mudança. Devido à escassez de estudos empíricos que relacionem as competências de equipa à eficácia da equipa, esta dissertação propõe um modelo para estudo. Adicionalmente, objectiva realizar o primeiro passo no estudo deste modelo ao validar empiricamente o modelo de competências de equipa proposto pela literatura mais recente. É testado se as competências de equipa possuem três componentes – Atitudes, Comportamentos e Cognições. Neste estudo participaram 1887 indivíduos, pertencentes a 630 equipas de uma competição de gestão, tendo respondido a dois questionários. As medidas deste estudo foram operacionalizadas tendo em conta o referencial de equipa, mas os dados foram analisados ao nível individual. Os resultados contestam a hipótese colocada, indicando que as competências de equipa são melhor estruturadas numa lógica de fases de actividade. Desta forma...

Somos diferentes mas pensamos da mesma forma: o impacto das crenças acerca da diversidade e das cognições partilhadas sobre o tempo na eficácia de equipas

Rodrigues, Andreia Raquel Neto
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
86.1%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; As equipas são centrais nas organizações sendo que a investigação na área organizacional procura perceber que fatores distinguem equipas eficazes das não eficazes. Este estudo teve como componente inovadora o facto de agregar as áreas de investigação da diversidade e das cognições partilhadas sobre o tempo. Especificamente, pretendíamos perceber se as crenças acerca da diversidade e as cognições partilhadas sobre o tempo moderavam a relação entre diversidade (objetiva e subjetiva) e a eficácia de equipas. Neste estudo a amostra foi constituída por 257 equipas que participaram na simulação empresarial Global Management Challenge®. Uma vez que o desafio ocorre exclusivamente por meio eletrónico, a recolha de dados foi igualmente, realizada por esta via. Os resultados revelaram que, ao contrário do esperado, as crenças acerca da diversidade e as cognições partilhadas sobre o tempo não funcionaram como variáveis moderadoras na relação entre diversidade e eficácia. No entanto, os resultados encontrados revelaram que o facto dos elementos das equipas partilharem cognições sobre a forma de gerirem o tempo e o valor que acreditam que a diversidade tem...

Expectations on team performance, collective efficacy and team effectiveness

Teixeira, Catarina Raquel
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.29%
Thesis submitted as partial requirement to obtain the degree Master in Human Resources Management / JEL Classification System: M12 – Business Administration (Personnel Management);; O objetivo deste estudo é contribuir para a investigação sobre a eficácia de equipas, investigando o impacto das expectativas dos membros sobre o desempenho da equipa a que pertencem, considerando-se o papel mediador da eficácia coletiva, para promover a performance da equipa e satisfação. Existindo já diversa pesquisa empírica sobre a importância da eficácia coletiva como um preditor de eficácia, este estudo pretende contribuir para uma melhor compreensão do seu efeito no papel de mediador, no modelo de de eficácia da equipas, IMOI (Input-mediador-Input-Output), assumindo as expectativas de desempenho como um importante input no processo. Os dados para este estudo correlacional foram obtidos a partir de 175 equipas (799 pessoas) que participaram numa competição de estratégia e gestão, Global Management Challenge. Uma simulação da vida empresarial onde equipas são responsáveis pela gestão de uma empresa fictícia com o objetivo de alcançar o maior valor de ação na simulada bolsa de valores. Os resultados mostram que as expectativas dos membros da equipa sobre o desempenho estão relacionados com a eficácia coletiva...

It takes two flints to make a fire : understanding work engagement at the team level

Costa, Patrícia Lopes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.22%
Tese de doutoramento em Psicologia / PsycINFO Classification Categories and Codes: 3660 Organizational Behavior; 3020 Group & Interpersonal Processes; The main goal of the present thesis is to propose, validate and understand the construct of team work engagement. The thesis includes one theoretical article and five empirical articles. Theoretically, team work engagement is defined as a shared emergent state that mediates the relationship between interpersonal team processes and team effectiveness. In studies 1 and 2, we aimed at validating the construct. Our results indicate that work engagement can be empirically assessed at the individual and team levels. Moreover, the findings support the proposed mediation role of team work engagement. Study 3 was aimed at investigating a specific interpersonal team process variable, team conflict, in the relationship between team resources and team effectiveness. Results show that task and relationship conflict are contextual variables that have a negative impact on team work engagement. Task conflict, however, can strengthen the positive relationship between team work engagement and team performance. In study 4 we investigated the cross-level influence of team work engagement and individual positive emotions on perceptions of team viability. Our results indicate that team-level states have a “protective” effect on this specific outcome. Finally...

Efeitos de uma intervenção de team building na coesão, eficácia colectiva e cooperação numa equipa de juvenis de andebol

Vilela, André Pereira do Rosário
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.22%
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; Os programas de Team Building demonstraram ter efeitos positivos e essenciais para o melhoramento do trabalho de equipa, bem como de uma diversidade de outros constructos extremamente relevantes para o rendimento das equipas desportivas. Neste trabalho pretende-se estudar o efeito de um programa de Team Building nos constructos Coesão, Cooperação e Eficácia Colectiva numa equipa juvenil masculina de Andebol (n=12; idades entre os 15 e 18 anos), bem como a relação entre as variáveis referidas. Através da implementação de um progrma de Team Building não experimental (sem grupo de controlo) com a duração de um dia, do tipo indirecto (aplicado através do treinador da equipa) e centrado na definição de objectivos, verifica-se efeito positivo e estatisticamente significativo com a Eficácia Colectiva, negativo e estatisticamente significativo na Coesão e nula na Cooperação com o Treinador. Na análise das relações entre os contructos, verificam-se relações positivas e estatisticamente significativas entre a Eficácia Colectiva e a Cooperação com o Treinador, a Eficácia Colectiva e a dimensão de Tarefa da Coesão, e entre a Cooperação com o Treinador e a dimensão de Tarefa da Coesão.; ABSTRACT: The Team Building programs demonstrated positive and essential effects for the improvement of teamwork...

Aconselhamento médico na prevenção da doença e promoção da saúde : análise a propósito do consumo de tabaco

Nunes, Emília Martins
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.98%
RESUMO - O consumo de tabaco foi responsável por 100 milhões de mortes no século XX. Apesar dos grandes avanços alcançados no controlo deste problema a nível mundial, sob os auspícios da OMS, no contexto da Convenção-Quadro para o Controlo do Tabaco da OMS, se não forem adoptadas medidas consistentes e efectivas de saúde pública, a morbi-mortalidade que lhe está associada continuará a aumentar durante o presente século. A promoção da cessação tabágica constitui a estratégia populacional que permitirá obter ganhos em saúde a mais curto prazo. Embora a larga maioria dos fumadores faça, ao longo da vida, várias tentativas para parar de fumar sem apoio, apenas uma pequena minoria consegue manter-se abstinente a longo prazo. Os médicos de Medicina Geral e Familiar são, de entre todos os profissionais de saúde, os que podem intervir de modo mais consistente e efectivo neste âmbito e que melhores resultados obtêm na cessação tabágica dos pacientes fumadores, dado o vínculo terapêutico e a interacção frequente e continuada que com eles estabelecem ao longo do seu ciclo de vida. O aconselhamento breve, tendo por base a adopção de um estilo de comunicação motivacional centrado no paciente...

Funções de liderança nas PME portuguesas

Campos, Carina Monteiro dos Santos Soares de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 05/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.06%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; O interesse pela utilização das equipas em contexto organizacional conduziu a um aumento da investigação sobre os factores que contribuem para a sua eficácia. Vários autores têm procurado identificar os preditores da eficácia do trabalho em equipa, clarificando as razões pelas quais algumas equipas são mais eficazes do que outras. Os modelos mais recentes apontam para a importância que a liderança das equipas pode ter nestes processos. Contudo, apesar da existência de algumas propostas teóricas, o número de estudos empíricos que investigam directamente o processo de liderança de equipas é ainda reduzido. O presente estudo visa identificar as funções de liderança de equipas que promovem a eficácia do trabalho em equipa tendo como referente a gestão de topo das PME nacionais. Procuramos igualmente investigar em que medida existem diferenças nas funções de liderança de acordo com as características das PME Portuguesas. A amostra deste estudo foi constituída por 276 participantes, que responderam ao questionário Team Leadership Questionnaire, desenvolvido por Morgeson et al., (2009). Os resultados finais da análise de componentes principais permitiram distinguir as seguintes sete das quinze funções propostas: Encorajar a auto-gestão das equipas; Estabelecer Objectivos; Desempenhar as tarefas das equipas; Identificar e interpretar acontecimentos; Definir a missão; Dar suporte social e Gerir as fronteiras das equipas. Quanto aos resultados da análise de variância univariada (ANOVA)...

Plano de cuidados de enfermagem ao doente renal crónico em hemodiálise/família no SANE: uma realidade possível

Araújo, Lina Paula da Conceição Borges Araújo
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.74%
Trabalho de Projecto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico – Cirúrgica; Este relatório surge no âmbito do 2º Curso de Mestrado em Enfermagem Médico – Cirúrgica da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS/IPS), no ano lectivo 2011-2012 e a sua elaboração e discussão pública visam a obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico – Cirúrgica. Explicita o projecto de intervenção que realizámos entre 12 de Janeiro e 22 de Maio de 2011, sob o título genérico: “Plano de Cuidados de Enfermagem ao Doente Renal Crónico em Hemodiálise / Família no SANE: Uma realidade possível. Consiste numa acção de desenvolvimento que visa melhorar as competências e eficácia, de um grupo de profissionais de enfermagem, no atendimento às pessoas em programa regular de Hemodiálise e famílias, através de uma nova visão: A globalidade e a planificação dos cuidados em unidades de hemodiálise. Estas pessoas e suas famílias vivem uma complexa situação de saúde que se enquadra no âmbito da doença crónica. A aceitação da doença, a adaptabilidade e a adesão ao regime terapêutico são por isso problemas de saúde complexos que se inserem na área de intervenção do especialista em enfermagem em pessoa em situação crítica...

Características relevantes nos grupos de trabalho - Caso das Equipas de Intervenção Rápida na Polícia de Segurança Pública

Pedro, Ricardo Pedrosa
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
65.88%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; A melhoria do desenvolvimento dos grupos de trabalho assenta na necessidade de se conhecerem as suas principais características. A percepção dos elementos é reflexo do desempenho do grupo na organização. Conhecer a percepção que esses elementos têm das características mais importantes no grupo faculta assim, o diagnóstico para se elevar o desempenho do grupo. O estudo tem por objectivo identificar as características mais relevantes em Equipas de Intervenção Rápida nas Forças de Segurança. Através da recolha e análise das características principais construiu-se um questionário que foi aplicado aos participantes. A amostra foi constituída por 106 Agentes e Chefes de Polícia integrados em Equipas de Intervenção Rápida. Os resultados obtidos através das médias e pela análise das componentes principais revelaram que as mais importantes são: Ao nível individual: segurança no exercício das tarefas, interacção no grupo/ bom relacionamento interpessoal, humildade e tolerância para com os outros e satisfação intrínseca e motivação expressa; Ao nível função grupo: coesão forte e espírito de equipa, sentimento de camaradagem, consciência da sua condição colectiva...

Escala de eficácia de equipas (3Es) : Adaptação para o contexto português

Vicente, Ângelo Miguel Guerreiro; Rodrigues, Bruno Soares; Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
86.11%
Este trabalho apresenta os resultados da adaptação da Escala de Eficácia de Equipa (3Es) para a população portuguesa. As propriedades psicométricas do instrumento foram analisadas numa amostra de 1605 trabalhadores de diferentes áreas profissionais. A estrutura tri-fatorial (desempenho, viabilidade e clima) inicialmente proposta por Aubé e Rousseau (2005) foi testada através de uma validação cruzada. Os resultados demonstraram um bom ajustamento do modelo teórico e sugeriram a presença de um fator latente de 2ª ordem tanto na amostra de treino como na amostra de validação. De igual modo, foram encontrados bons indicadores de consistência interna das respetivas dimensões, variando entre .79 e .91. Por último, são discutidas as implicações metodológicas e práticas do trabalho e apresentadas sugestões para futuros estudos de adaptação de instrumentos de diagnóstico organizacional.; ABSTRACT: This paper presents the results of the cultural adaptation of the Team Effectiveness Scale to the Portuguese population. The internal consistency and factor structure of the scale were analysed in a sample of 1605 workers from a variety of industries. The three dimensional structure (performance, viability and climate) initially proposed by Aubé e Rousseau (2005) was analysed in a cross-validation design. Results suggest a good fit of the theoretical model and propose the presence of a 2nd order latent factor...

O impacto dos resultados escolares na dinâmica de uma organização escolar

Abreu, Maria da Graça Fernandes de Carvalho Teibão de
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
65.84%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Administração Educacional; Os resultados escolares têm vindo a adquirir uma centralidade crescente nos contextos educativos. Para além de razões mais abrangentes que têm a ver com a importância gradual que os resultados dos alunos adquirem nas políticas educativas, importa perceber o impacto destes nas dinâmicas da organização escolar. A presente dissertação tem como objetivo primordial averiguar o impacto dos resultados escolares na dinâmica da escola enquanto organização, constituindo uma importante experiência de aprendizagem e de ampliação do conhecimento. A sustentação teórica da investigação emergiu da explicitação de alguns conceitos considerados fundamentais, tais como rankings; resultados escolares; eficácia; qualidade de ensino. À luz das experiências dos últimos anos, o impacto dos resultados escolares dos alunos está associado a políticas educativas de mercado, rankings, prestação de contas e promoção de mecanismos de regulação, que muitas vezes são associados a dinâmicas/práticas burocráticas e centralizadoras. Neste sentido, a presente investigação pretende focalizar-se no estudo no impacto dos resultados escolares e as dinâmicas das organizações escolares como processos indissociáveis...

El conflicto de rol y el conflicto de equipo como debilitadores de la eficacia colectiva.

Leo Marcos, Francisco Miguel; González-Ponce, Inmaculada; Sánchez-Miguel, Pedro Antonio
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
56.3%
El principal objetivo de este estudio fue examinar el conflicto con el rol y el conflicto en el equipo como favorecedores o debilitadores de la eficacia colectiva. Los participantes fueron 225 jugadoras de fútbol profesional con edades entre los 15 y los 36 años (M = 22,20; DT = 4,61), que forman parte de 13 equipos de la 1ª División Femenina Española de Fútbol, las cuales rellenaron diferentes instrumentos para valorar el conflicto de rol, el conflicto de equipo y la eficacia colectiva. Los resultados mostraron a través de correlaciones parciales y controlando la edad, la experiencia, el equipo y cada uno de los conflictos entre sí, como el conflicto en el equipo, tanto de tarea como de relaciones, se relacionan de forma negativa con la eficacia colectiva. En cambio, el conflicto con el rol no mostró relaciones significativas controlando las variables anteriores. Estos resultados se confirman cuando se observan el análisis de regresión, donde únicamente el conflicto en el equipo presentó una predicción negativa y significativa con respecto a la eficacia colectiva. La principal conclusión que puede extraerse del estudio, es que los conflictos grupales parecen tener mayor relevancia que el conflicto de rol, a la hora de deteriorar la confianza en las capacidades de un equipo para afrontar la competición.; The main aim of the current study was to examine role conflict and team conflict as facilitators or debilitators of collective efficacy. Participants were 225 female football players ranging in age from 15 to 36 years (M = 22.20; SD = 4.61)...