Página 1 dos resultados de 28242 itens digitais encontrados em 0.026 segundos

Polypharmacy in the elderly: therapy adherence

Pinto, Isabel C.; Ribeiro, Maria Isabel; Geraldo, I.; Novo, S.; Reis, M.; Rocha, D.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
The elderly population has been growing significantly, leading to an increased prevalence of chronic diseases and consequent taking medication. Polypharmacy is the chronic and simultaneous use of different drugs by the same individual, and the elderly are the more susceptible. The complex therapies of elderly can lead to therapy non-adherence, increasing several health risks. This study aimed to estimate the prevalence of polymedicated elderly, evaluate therapy adherence and associated factors, and check the differences among non-institutionalized elderly and users of day centers. This cross-sectional study was based on a questionnaire, validated for the Portuguese population based on the Morisky scale, applied to 200 non-institutionalized elderly and 68 under day centers, of interior and coastal counties of northern Portugal. It was considered as polymedicated seniors taking ≥4 drugs. To assess therapy adherence, those whose average adherence levels were ≥3.5, were called adherent. The sample was predominantly polymedicated (59%) and shows high therapy adherence (95%), the average number of different drugs daily ingested was about seven. Elderly of coastal, show superiors levels of therapy adherence than those of interior county (p=0.007). Only the economic difficulties are related to non-adherence (p=0.022). No statistically significant differences were found between non-institutionalized elderly and users of day centers. This study shows that a large proportion of elderly were polymedicated...

Determinantes do consumo de famílias com idosos e sem idosos com base na pesquisa de orçamentos familiares de 1995/96.; Determinants of consumption from families with and without elderly basead on a household budget survey 1995/96.

Almeida, Alexandre Nunes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/10/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.65%
Com o aumento no número de pessoas idosas devido ao aumento da expectativa de vida e diminuição das taxas de natalidade, esse trabalho partiu da hipótese de que o idoso, além de apresentar uma forte demanda por cuidados médicos, também têm uma demanda crescente por outros tipos de bens e serviços, como, por exemplo, cosméticos e viagens. Ademais, a importância desse grupo, com sua renda mais estável oriunda dos benefícios da seguridade social e uso de ativos ou bens acumulados, altera de forma significativa a estrutura de consumo da família na qual pertence, criando uma forte relação de interdependência com os filhos e netos. O objetivo principal do presente trabalho foi analisar, através de alguns determinantes sócio-econômicos, o comportamento de consumo das famílias com idosos chefes e famílias que não apresentavam nenhum indivíduo com mais de 60 anos, nas principais áreas metropolitanas brasileiras, Distrito Federal e Goiânia. A base de dados utilizada corresponde a Pesquisa de Orçamentos Familiares 1995/96 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Inicialmente, na revisão de literatura, foram mencionados os principais aspectos demográficos que estão causando o envelhecimento populacional...

Arranjo domiciliar e apoio dos familiares aos idosos mais velhos; Domestic organization and Family Support to older Elderly.

Pedrazzi, Elizandra Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.66%
O contexto do envelhecimento dos idosos mais velhos necessita ser considerado em decorrência dos fatores socioeconômicos, políticos e demográficos do país, além do processo de redefinição da família como instituição social. Dessa forma, a pesquisa relacionada aos arranjos domiciliares e a rede de suporte social, vem de encontro com as questões relacionadas ao cuidado do idoso no domicilio, principalmente dos idosos mais velhos. Tratase de um estudo epidemiológico, transversal, que teve por objetivo caracterizar o arranjo domiciliar e a rede de suporte social dos idosos mais velhos residentes na comunidade de Ribeirão Preto, SP, além da sua funcionalidade. A amostra constituiu-se de 147 idosos. Os dados foram coletados em entrevistas domiciliares, utilizando-se identificação e perfil social, o Mapa Mínimo de Relações do Idoso (MMRI) para investigar a rede de suporte, a Medida de Independência Funcional (MIF) e questões sobre os arranjos domiciliares. A idade média das idosas foi de 84,4 anos e dos idosos de 84,1 anos, sendo 63,3% na faixa etária de 80-84 anos, 27,2% na de 85-89 anos e 9,5% na de 90 anos ou mais. Há maior número de idosas viúvas, 91,3% e analfabetas, 83,3%. Do total dos idosos, 41,5% recebem aposentadoria...

Conhecimento de idosos sobre seus direitos; Elderly peoples knowledge of their rights

Martins, Maristela Santini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
Este estudo objetivou identificar o conhecimento dos idosos a respeito dos seus direitos; conhecer, sob a perspectiva dos idosos, a influência da legislação/Estatuto do Idoso no seu cotidiano e descrever as sugestões dos idosos para o respeito aos seus direitos. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva, de abordagem quantitativa e com coleta de dados prospectiva, através de entrevista. A amostra é probabilística, aleatória e estratificada por sexo e idade. Foi composta por 63 indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, freqüentadores de três Núcleos de Convivência de Idosos (NCI). As variáveis foram analisadas descritivamente, permitindo a verificação da freqüência absoluta e relativa das respostas. Para a comparação entre variáveis foi utilizada a análise de variância a um fator e o teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis, com nível de significância de 5%. Do total de entrevistados, a maioria é do sexo feminino (95,2%), brasileira (95,2%), viúva (50,8%), aposentada (54,0%) e atendida na rede pública de saúde (57,1%). Os participantes, ainda, possuem idade média de 73,56 ± 6,72 anos, renda média de R$ 857,05 ± R$ 657,36 e freqüentaram a escola em média 4,19 ± 3,67 anos. Além disso...

Associação do estado nutricional com capacidade cognitiva, sexo e idade em idosos residentes na cidade de Maringá/PR; Association of nutritional status with cognitive ability, gender and age in elderly residents in the city of Maringá / PR

Bennemann, Rose Mari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.66%
Introdução - Estudos de avaliação do estado nutricional mostram que indivíduos idosos apresentam risco nutricional, que pode estar associado à capacidade cognitiva, sexo e idade. Objetivo - Verificar a associação do estado nutricional com capacidade cognitiva, sexo e idade em idosos residentes na cidade de Maringá/PR. Métodos - O estudo foi de associação, transversal, de base domiciliar, com coleta de dados primários, desenvolvido com idosos ( 60 anos ou mais) da Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) da paróquia Santo Antônio de Pádua da cidade de Maringá/PR. As variáveis analisadas foram: capacidade cognitiva, estado nutricional, sexo e idade. A capacidade cognitiva foi avaliada por meio do miniexame do estado mental (MEEM) e o estado nutricional, segundo o indicador nutricional área muscular do braço (AMB). Para verificar a associação entre os agrupamentos foi utilizado o teste qui-quadrado (2) e o teste exato de Fisher. A diferença entre as variáveis e os agrupamentos foi verificada por meio dos testes de Wilcoxon-Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. Resultados - Participaram da pesquisa 214 idosos (69,2 por cento mulheres). Quanto ao estado nutricional, 48,6 por cento apresentaram estado nutricional adequado. As mulheres e o grupo etário dos idosos 80 anos apresentaram maior proporção de idosos com estado nutricional adequado (52...

O cuidado de saúde no contexto relacional enfermeiro e mulher idosa: o olhar dos sujeitos envolvidos; The health care in the relational context between nurse and elderly woman: people involved view

Caldeira, Sebastião
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
Introdução: o aumento da expectativa de vida no Brasil e no mundo, com destaque para o gênero feminino, reflete a necessidade de estudos que se dediquem a investigar o cuidado à mulher idosa pelo enfermeiro, considerando a perspectiva dos sujeitos envolvidos nessa relação de cuidado. Objetivo: compreender o cuidado à saúde na perspectiva das mulheres idosas e dos enfermeiros. Metodologia: estudo fundamentado na Fenomenologia Social de Alfred Schütz realizado no município de Cascavel, Paraná-Brasil, em nove Unidades de Saúde, sendo sete Unidades Básicas e duas pertencentes à Estratégia Saúde da Família. Participaram dez enfermeiros que atuam no cuidado à saúde das mulheres idosas e oito idosas cuidadas por enfermeiros. Os depoimentos foram obtidos no período de setembro de 2010 a janeiro de 2011 por meio de entrevista aberta, com as seguintes questões norteadoras para as mulheres idosas: conte para mim sobre as suas necessidades de cuidado à saúde neste momento de sua vida. Como é para a senhora ser cuidada pelo(a) enfermeiro(a). O que a senhora espera em relação ao cuidado à saúde? Para os enfermeiros: como você percebe as necessidades de cuidado à saúde da mulher idosa? Como você cuida dessa mulher? O que você espera de suas ações de cuidado à saúde a esse tipo de clientela? Resultados: as idosas referem necessidades físicas e psicossociais de cuidado...

O idoso vivendo com HIV/AIDS: a sexualidade, as vulnerabilidades e os enfrentamentos na atenção básica; The elderly living with HIV/Aids: sexuality, vulnerability and challenges in primary health care

Alencar, Rúbia de Aguiar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
O estudo teve como objetivo analisar as vulnerabilidades e os enfrentamentos dos idosos vivendo com HIV/Aids na atenção básica de saúde. Para realização da pesquisa, utilizou-se a abordagem qualitativa, tendo como referencial teórico a abordagem psicossocial e emancipatória, segundo o conceito de vulnerabilidade baseada nos direitos humanos. O estudo foi realizado no município de Botucatu, em todas as unidades de saúde que adotam a Estratégia Saúde da Família e no Hospital-dia HIV/Aids, da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista. Participaram do estudo 11 idosos vivendo com HIV que descobriram a doença após os 60 anos, 12 médicos e 11 enfermeiros que atuam na Estratégia Saúde da Família. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas analisadas de acordo com o referencial da Análise de Conteúdo de Bardin, mais especificamente, a Análise Temática. Buscando entender as razões que levaram os idosos a estarem em situação vulnerável à infecção pelo HIV, foram adotadas para análise as seguintes categorias: vulnerabilidade individual, vulnerabilidade social e vulnerabilidade programática. Foram encontradas como categorias empíricas: - Infecção e formas de contágio do HIV; - Enfrentando a soro positividade: o cotidiano dos idosos vivendo com HIV; - Acesso do idoso aos serviços de saúde x solicitação da sorologia para HIV; - Marcos da relação entre o profissional de saúde e o idoso; - Planejamento...

Qualidade de vida da pessoa idosa: comparação Brasil - Portugal; Life quality of elderly people: comparison Brazil - Portugal

Ermel, Regina Celia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.64%
Avaliar a qualidade de vida vem assumindo importância cada vez mais relevante nos últimos anos, particularmente no que diz respeito a sua mensuração, quer individual quer coletivamente. Quando constatamos que a população idosa no mundo está aumentando significativamente, assim como as políticas públicas internacionais construídas para atender às necessidades de saúde dessa população, fica evidente a importância de se realizarem estudos sobre a saúde e a qualidade de vida dos idosos, que envolvam diferentes países e, mais ainda, do ponto de vista deles próprios. Nesse contexto, esta investigação teve como objetivo avaliar e comparar a qualidade de vida dos idosos brasileiros e portugueses. Trata-se de um estudo quantitativo, exploratório, descritivo, comparativo e com delineamento transversal, em dois diferentes cenários: o município de Marília (Brasil) e o município do Porto (Portugal). Foram sujeitos deste estudo 349 idosos brasileiros e 100 idosos portugueses, usuários do serviço público de atenção básica, com autonomia física e psicológica e com idade igual ou superior a 60 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas, com os instrumentos de qualidade de vida denominados WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD da Organização Mundial da Saúde. A qualidade de vida geral...

Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista; Cognition and physical exercise with the elderly in a city at São Paulo State.

Janoni, Sandra Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
O envelhecimento populacional é, hoje, fenômeno mundial consequente a um crescimento mais elevado da população idosa com relação aos demais grupos etários. O declínio da habilidade física e mental freqüentemente associado ao envelhecimento tem implicações sociais, econômicas e com a saúde pública. O presente estudo realizado com idosos residentes no município de Batatais-SP, objetivou estudar algumas características dos idosos, a prática de exercício físico e a cognição. Pesquisou-se 400 idosos de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 60 anos, utilizando-se um questionário estruturado;o Questionário de Atividade Física Internacional (IPAQ)-versão curta e para a avaliação cognitiva o mini-exame do estado mental (MEEM). Os dados receberam tratamento estatístico para observações de associações de variáveis através de regressão logística utilizando o procedimento PROC SURVEYLOGISTIC do programa SAS versão 9. Os resultados mostraram que 161 (40,2%) eram do sexo masculino e 239 (59,8%) do feminino. A idade média encontrada foi de 72 anos (DP= 8,3). A maioria, 62,7% dos idosos possuía baixa escolaridade com até 4 anos de estudo. Dos idosos 224(56%) morava com companheiros, sendo maior este percentual entre os homens (72...

Estilo de vida e sua associação com a longevidade de idosos muito velhos de Aracaju, SE; Lifestyle and its association to longevity of very old elderly of Aracaju, SE

Lima, Wilma Resende
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
A longevidade é um processo inevitável, irreversível e de extrema importância para a civilização. A população de idosos de 80 anos ou mais tem aumentado, demandando atenção e compromisso por parte dos profissionais de saúde. Conhecer o processo de envelhecimento envolve o estudo de vários fatores, dentre eles, o estilo de vida que pode estar relacionado a maior longevidade desses idosos muito velhos. Portanto, o objetivo geral deste estudo foi avaliar o estilo de vida e sua associação com a longevidade de idosos muito velhos do município de Aracaju-SE. Metodologia: estudo descritivo-exploratório, transversal, com abordagem quantitativa. O cenário de estudo foi o município de Aracaju, uma das capitais do nordeste que apresentou crescimento acelerado do número de idosos nos últimos 40 anos. Os critérios de inclusão para a população foram: idosos cadastrados nas Unidades de Saúde da Família, de ambos os sexos, com 80 anos ou mais, que deveriam atingir o mínimo de 19 pontos no Mini-Exame do Estado Mental (MEEM). Foram realizadas entrevistas estruturadas por meio de três formulários: um com dados do MEEM; outro com dados socioeconômico e demográfico, de saúde, de nutrição e de longevidade e o terceiro com dados do Perfil do Estilo de Vida Individual (PEVI)-Pentáculo do Bem-Estar. Para a análise dos dados...

Uma análise sociodemográfica dos cuidadores formais de idosos institucionalizados no município de Natal/RN, 2012; A analysis sociodemographic of the caregivers of formal of the institutionalized elderly in the Natal/RN city, 2012

Araújo, Cristiane Alessandra Domingos de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Demografia; Abordagens metodológicas em demografia; Dinâmica demográfica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Demografia; Abordagens metodológicas em demografia; Dinâmica demográfica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
The aging population and individual have been the subject of a multitude of studies nowadays. This is probably due to the impact of this phenomenon in various sectors of society, like social security, social assistance and public health. The process of aging of the individual imply the demand for specific services, considering the limitations and vulnerabilities of the individual at that stage of life cycle. The growth of the elderly contingent in the last decades raises challenges for policymakers, the family and also for the society at large. In this scenario, long-stay institutions for the elderly (LSIEs) appear as an option to aid and support the elderly and their family, assisting in all or part in the activities of daily living and self-care. Inside these LSIEs we find the professional responsible for the direct care of the elderly, the formal caregiver. In this context, this dissertation presents two main objectives: an analysis of the phenomenon of population aging in a given brazilian municipality Natal / RN, based on the Demographic Censuses of 2000 e 2010; and a social, demographic and economic characterization of the Formal caregiver for the institutionalized elderly in the municipality, evaluating aspects of his quality of life and also analyzing the institutions where they are inserted. Furthermore...

Quedas e fatores multidimensionais associados: estudo longitudinal de idosos residentes em instituições de longa permanência em Goiânia(GO); Falls and multidimensional factors involved: a longitudinal study of elderly residents in long-stay institutions in Goiânia (GO)

MENEZES, Ruth Losada de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
Abstract xvii ABSTRACT Falling is a geriatric syndrome with multifactorial causes. Several studies confirm that fallings are frequent among institutionalized elders. The main objective of this study was to analyze the multidimensional factors associated with the falling episodes among elderly living at long-term care institutions in Goiania (GO) during the time of 2005-2007. A prospective longitudinal clinical trial was carried out at five philanthropic long-term care institutions for the elderly (LTCEI) in the city of Goiânia. The sample of the investigation included 59 elderly that met the inclusion and exclusion criteria. It was used a questionnaire containing socio-demographic data; information about falling episodes in the previous twelve months before the study and during may/august 2005 and may/august 2007 and the context of their occurrence; clinical data related to health/disease conditions; psycho-emotional data depression; assessment of the ability to perform Basic Activities of Daily Living (BADL) and the assessment of balance and gait. Simple frequencies of all the variables of the study were used for the data analysis. The comparisons among the variables were carried out using the McNemar test, the test of Marginal Homogeneity and the Chi-square test. Multi and univariate logistic regression analysis were performed in order to estimate the relative weight of each factor on the occurrence of fallings. The level of significance used for the statistic tests was 5%. The findings showed that there was a statistically significant increase of stroke (p=0...

Survival of Elderly Patients Undergoing Percutaneous Coronary Intervention for Acute Myocardial Infarction Complicated by Cardiogenic Shock

Lim, H.; Farouque, O.; Andrianopolous, N.; Yan, B.; Lim, C.; Brennan, A.; Reid, C.; Freeman, M.; Charter, K.; Black, A.; New, G.; Ajani, A.; Duffy, S.; Clark, D.
Fonte: Elsevier Inc. Publicador: Elsevier Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
Objectives We sought to assess clinical outcomes of elderly patients (age ≥75 years) undergoing percutaneous coronary intervention (PCI) for acute myocardial infarction (MI) complicated by cardiogenic shock (CS) in a contemporary multicenter PCI registry. Background Although benefits of early PCI have been shown in younger groups, few studies have reported on clinical outcomes in elderly shock patients using current PCI techniques. Methods We analyzed baseline characteristics and procedural and clinical outcomes in 143 consecutive patients presenting with MI and CS who underwent PCI from the Melbourne Interventional Group registry between 2004 and 2007. Results Of the 143 patients, 31.5% (n = 45) were elderly and 68.5% were younger (age <75 years). Elderly patients were more likely to be female (46.7% vs. 22.4%, p < 0.01) and have hypertension (77.8% vs. 46.4%, p < 0.01), previous MI (31.1% vs. 15.5%, p = 0.03), renal failure (24.4% vs. 11.3%, p < 0.05) and multivessel coronary artery disease (93.1% vs. 68.3%, p < 0.01). Stent (86.7% vs. 94.8%, p = 0.09), glycoprotein IIb/IIIa inhibitor (68.9% vs. 65.3%, p = 0.67), and intra-aortic balloon pump (57.8% vs. 58.2%, p = 0.97) use were similar in both groups. In-hospital, 30-day, and 1-year mortality in the elderly group versus the younger group were 42.2% vs. 33.7% (p = 0.32)...

Relationship Between Nutritional Status and Immune Functions in Elderly Pakistani Men; Zusammenhang von Ernährung und Immunfunktionen bei älteren pakistanischen Männern

Alam, Iftikhar
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.64%
BACKGROUND: The age-associated prevalence of malnutrition (both obesity and underweight) is increasing and becoming a global health problem, such that it has been recognized as a major contributor to causes of immune decline in the elderly. OBJECTIVES: Our first objective was to investigate the prevalence of malnutrition in elderly men in a rural area of a poorly-investigated developing country. The second objective was to elucidate and identify differences in peripheral blood lymphocyte cell surface immune phenotypes and relate them to nutritional status in otherwise healthy obese (OB), overweight (OW) and underweight (UW) compared to normal weight (NW) elderly men. The third objective was to compare the immunological findings obtained here with those known for the elderly in industrialized countries. METHODS: We randomly selected a convenience sample of 548 elderly men for our cross-sectional survey, conducted in the Peshawar Khyber Paktunkhwa area of Pakistan. Clinically healthy subjects were included when they had no history of disease and were not taking any drugs on a chronic basis. All subjects gave written informed consent to participate. Anthropometric measurements were carried out with the subject barefoot, wearing light clothing...

Estado nutricional e de saúde de idosos em Campinas : orientação nutricional e outros fatores associados à hipertensão e diabetes; Nutritional status and health elderly in Campinas : nutritional guidelines and other factors associated with hypertension and diabetes

Harriet Jane White
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.66%
O objetivo do estudo foi investigar as variáveis socioeconômicas, condições de saúde, hábitos alimentares, estado nutricional, aconselhamento nutricional e qualidade de vida em idosos portadores de diabetes mellitus e hipertensão arterial, em relação aos idosos sem estas doenças. A amostra foi de conveniência e composta por idosos de ambos os sexos, de 60 anos e mais e residentes em Campinas. Os idosos portadores de diabetes e hipertensão foram recrutados em um Hospital Universitário e o grupo dos idosos, sem estas doenças foram selecionados em centros esportivos, onde são realizadas atividades físicas direcionadas à população idosa. Os dados obtidos foram avaliados por meio de um questionário estruturado, e aferido peso, altura e circunferência da cintura. Nos artigos 1 e 2, o delineamento do estudo epidemiológico foi caso-controle e no artigo 3, desenho transversal. No primeiro artigo, deste trabalho "Condições de saúde de idosos diabéticos e hipertensos: estudo caso-controle", o objetivo foi comparar idosos portadores de diabetes e hipertensão (casos; n=150), com idosos sem essas doenças (controles; n=300), quanto às características sociodemográficas, comportamentos de saúde, estado nutricional e capacidade funcional. Idosos portadores de hipertensão e diabetes apresentaram maior percepção de limitações econômicas e físicas...

The Impact of the AIDS Epidemic on the Health of the Elderly in Tanzania

Ainsworth, Martha; Dayton, Julia
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Policy Research Working Paper; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
By the end of 1999, an estimated 24.5 million Africans were living with HIV/AIDS, accounting for more that seventy percent of all global infections. In Tanzania, an estimated 1.3 million people (of a total population of 33 million) were believed to be infected with HIV, and 140,000 had already died of AIDS. One in every 12 adults is infected. African couples have large families, partly so there will be adult children to support parents in old age. Instead, because of the AIDS epidemic, the elderly are often caring for their infected children, or orphaned grandchildren. The authors use longitudinal household data from Tanzania's Kagera region, to measure the impact of prime-age adult mortality on the level, and changes in physical well-being (as measured by body mass index, or BMI) of the elderly. They find that the elderly in non-poor households have higher BMI. Non-poor households are more likely to have an adult death, and the elderly in these households are more likely to suffer declining BMI in the months before the death of a prime-age adult. The elderly in both poor...

Dor crônica em idosos: estudo populacional em uma metrópole da região centro-oeste do Brasil; Chronic pain in the elderly: a study population in a metropolis of the west central region of Brazil

Vasconcelos, Patrícia Pereira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.69%
Chronic pain is an unpleasant experience that reaches much of the world's population; however, population studies with the elderly are rare. The aim of this study was to assess chronic pain and self-rated health among community elders. Study population-based cross-sectional, in Goiania, Goias, December/2009 between April 2010 and. For this cut, we excluded those who reached  13 on the MEEM scores, and needed help for the answers. The random sample consisted of 872 participants. Chronic pain was considered as existing for six months or more. Pain intensity was measured by using a numeric scale (0-10: zero=no pain, 1,2,3,4=mild, 5.6=moderate, and strong=7,8,9, and 10=worst pain possible) the location investigated through body diagrams, and self-rated health assessed by the scale of verbal descriptors ("very good", "good," "regular," "bad," "worst"). The project was approved by the CEP/UFG (Protocol 050/2009) and seniors signed the Informed Consent. The data were analyzed using Stata version 8.0 and operated by means of absolute and relative frequency and Confidence Interval (95%). Of the 872 elderly, 460 (52.7%: 95% CI: 49.4% -56.1%) reported chronic pain. By age, the prevalence was 52.4, 53.1 and 53.0%, respectively...

"Qualidade de vida do idoso: construção de um instrumento de avaliação através do método do impacto clínico" ; "Quality of life of the elderly: constructing an instrument for assessment by means of the clinical impact method"

Paschoal, Sergio Marcio Pacheco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.65%
Medir qualidade de vida na velhice é um processo difícil, não só por causa da complexidade e subjetividade do constructo Qualidade de Vida, mas, também, por causa da heterogeneidade da Velhice. Além disso, a dificuldade é ainda maior, pois há paucidade de instrumentos construídos especificamente para essa faixa etária, nenhum deles adaptado ao nosso contexto sócio-cultural. A construção de um instrumento é complexa e demorada. São inúmeras etapas a vencer. Previamente a esse trabalho, partindo do constructo que desejava medir, Qualidade de Vida na Velhice, o pesquisador optou por conhecer o quanto os idosos realizam do que consideram importante para suas vidas e se isso corresponde ao grau de satisfação/insatisfação com suas vidas. O valor do constructo é a diferença entre a importância atribuída a cada item e o quanto vivencia daquele item. Optou, a seguir, pela metodologia clinimétrica de construção de instrumentos, escolhendo o Método do Impacto Clínico. Depois, através de entrevistas com idosos de um programa de promoção de saúde, levantou a multidimensionalidade do constructo, os determinantes de boa e má qualidade de vida na velhice, medos e desejos, selecionando 139 itens, todos relevantes para a Qualidade de Vida na Velhice. No presente trabalho...

Desfechos da síndrome da fragilidade : um estudo longitudinal com idosos em atendimento ambulatorial; Outcomes of frailty : a longitudinal study on the elderly in an ambulatory care setting

Vanessa Abreu da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
Este estudo teve como objetivo analisar os desfechos e fatores associados à síndrome da fragilidade de idosos atendidos em serviço de geriatria de um hospital escola. Trata-se de um estudo quantitativo, comparativo e com delineamento longitudinal, integrante da pesquisa maior intitulada "Qualidade de vida em idosos: indicadores de fragilidade e de bem-estar subjetivo", que compreende duas fases. Na Fase 1 (2005-2007), foram avaliados 150 idosos em acompanhamento no ambulatório de geriatria. Na Fase 2 (2013), os idosos foram novamente contatados, por telefone ou visita domiciliar, e submetidos, após o consentimento, a uma entrevista para a coleta de dados sociodemográficos, de saúde e funcionalidade. Foi adotado o fenótipo de fragilidade de Fried et al., 2001. Os desfechos estudados foram: queda, hospitalização, comorbidade e óbito. Na fase 2, dos 150 idosos participantes da primeira fase, 71 evoluíram a óbito e 25 foram excluídos. Assim, a amostra contou com 54 idosos respondentes, com predomínio do sexo feminino e idade igual ou superior a 80 anos. No que diz respeito à saúde e à funcionalidade, houve diferença estatisticamente significante entre todas as variáveis estudadas, com exceção do número de hospitalizações e do número de quedas. É notável o declínio da funcionalidade desses idosos...

Associação entre incontinência urinária e os critérios de fragilidade em idosos em atendimento ambulatorial; Association between urinary incontinence and criteria of frailty in the elderly receiving ambulatory care

Vanessa Abreu da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.64%
Este estudo teve como objetivo investigar a relação entre incontinência urinária (IU) e os critérios de fragilidade em idosos atendidos em um Ambulatório de Geriatria de um Hospital Universitário. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. Foram entrevistados 100 idosos no ambulatório de geriatria de um hospital universitário do município de Campinas, São Paulo. As características predominantes da amostra foram: sexo feminino (74,0%); idade superior a 70 anos (78,0%) com média de 76,6 anos (±7,8); procedência município de Campinas (54,0%) e baixa escolaridade (49,0%). A amostra contou com 41,0% dos sujeitos considerados pré-frágeis e 59,0% como frágeis. Referiram IU 65,0% dos idosos, destes 40 (61,4%) relataram perda de urina diversas vezes ao dia e em pequena quantidade. O escore referente ao impacto da IU na vida diária dos idosos variou de zero a 10 (média 4,85), e muitos idosos (49,2%) o considerou muito grave. As principais causas ou situações de perda urinária apontadas pelos 65 idosos foram: antes de chegar ao banheiro (76,9%%) e perda ao tossir ou espirrar (56,9%). Na comparação entre os idosos com e sem IU e os critérios de fragilidade, houve diferença estatisticamente significativa (p=0...