Página 1 dos resultados de 1033 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Confiabilidade dos valores de amplitude da eletromiografia de superfície durante exercícios para membro superior com carga axial e superfície estável e instável; Reliability of surface electromyography amplitude values during exercises for the upper limb with axial load and stable and unstable surfaces

Araujo, Rodrigo Cappato de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
O objetivo deste estudo foi avaliar a confiabilidade intradia e interdias dos valores de amplitude da eletromiografia de superfície, dos músculos da cintura escapular e membro superior, durante a realização de 3 exercícios isométrico com a extremidade distal do segmento fixa em uma superfície estável e outra superfície instável, com descarga de peso axial controlada para o membro superior. Para tanto, 20 adultos saudáveis realizaram os exercícios push-up, bench-press e wall-press em diferentes níveis de carga (80 e 100% da carga máxima). Os valores de carga produzida por cada um dos exercícios foram registrados de maneira simultânea à eletromiografia. Os sujeitos realizaram três contrações voluntárias máximas (CVM) na posição de prova de função muscular de cada músculo, para obtenção do valor de referência para normalização dos valores de root mean square (RMS) e da integral do envoltório linear (?env). Os sujeitos foram instruídos, a realizarem de forma aleatória, 3 séries de contrações isométricas por 6 segundos em cada exercício, com intervalo de 2 minutos entre as séries e exercícios.Os sinais eletromiográficos dos músculos deltóide porção anterior e posterior, trapézio fibras superiores...

Eletromiografia de superfície dos músculos orbicular da boca, bucinador, supra-hióideos e masseteres de pacientes com disfunção temporomandibular durante exercícios miofuncionais orais; Surface electromyography of the orbicularis oris muscle of the mouth, buccinator, masseter and supra-hyoid in patients with temporomandibular desorders during orofacial myofunctional

Polido, Aline
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade elétrica dos músculos da mímica de pacientes com dor muscular mastigatória utilizando eletromiografia de superfície. Foram avaliadas 15 mulheres com dor muscular mastigatória (idade média de 33.4, variando de 22-44), grupo de estudo (GMM) e 21 mulheres (idade média de 28.5, variando de 21-45), do grupo controle (GC) Foram realizadas avaliação clínica fonoaudiológica e eletromiográfica (eletromiógrafo ADS 1200, da Lynx Tecnologia Eletrônica Ltda, eletrodos de disco de prata, descartáveis, gel condutor, auto-adesivos com 10mm de diâmetro por HAL Ind. e Com. LTDA) dos músculos: orbicular dos lábios, bucinador, supra-hióideos e masseter em repouso e nos movimentos: protrusão dos lábios, apertamento dos lábios, inflar bochechas, sorriso fechado e sorriso aberto. Houve diferença significativa entre os grupos: os valores da eletromiografia de repouso foram inferiores para o músculo masseter direito (p=0.012) e esquerdo (p=0.019); nos movimentos, os valores eletromiográficos foram superiores no grupo controle durante os movimentos: protrusão dos lábios bucinador esquerdo (p=0.005); suprahióideo esquerdo (p=0.011); apertamento dos lábios bucinador esquerdo (p=0.005); bucinador direito (p=0.007); supra-hióideo esquerdo (p=0.046); supra-hióideo direito (p=0.039); orbicular superior (p=0.042); inflar as bochechas masseter esquerdo (p=0.021); bucinador esquerdo (p=0.007); bucinador direito (p=0.002); orbicular superior (p=0.039); sorriso fechado masseter esquerdo (p=0.004); masseter direito (p=0.019); bucinador esquerdo (p=0.013); supra-hióideo esquerdo (p=0.046) e no sorriso aberto masseter esquerdo (p=0.030). Desta forma...

Avaliação do músculo masseter através da eletromiografia de superfície após aplicação do laser de baixa potência em indivíduos submetidos à exodontia de terceiros molares inferiores retidos; Evaluation by surface electromyography of the masseter muscle after low-intensity laser therapy in patients undergoing extraction of retained inferior third molars

Sevilha, Fabio Moschetto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A cirurgia de terceiro molar é um dos procedimentos mais realizados na área de cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, e buscando um aumento na velocidade da recuperação pós-cirúrgica, muitos recursos fisioterápicos são empregados, entre eles a laserterapia e o acompanhamento da evolução pode ser baseado em evidência clínica. Neste trabalho, foi proposto acompanhar a evolução pós-cirúrgica através da utilização do eletromiografia de superfície em dois grupos distintos: pacientes sem fisioterapia com laser no pós-operatório e pacientes tratados no pós-cirúrgico com laserterapia. Realizamos quatro tomadas, no pré-operatório, normalizando, e três no pósoperatório, 7, 14, 21 dias, em amostra de 60 pacientes. Observamos, que no sétimo dia no grupo onde houve a aplicação do laser de baixa intensidade 23,3% dos pacientes ja haviam recuperado sua atividade muscular do préoperatório contra apenas 3,3% do grupo controle, ja no décimo quarto dia 73,3% contra 6,7% do grupo controle e no vigésimo primeiro dia 80% contra 10% do grupo controle. Constatamos através da eletromiografia de superfície que a utilização do laser de baixa intensidade acelera significativamente a recuperação muscular pós-trauma cirúrgico; The surgery for extraction of the retained inferior third molar is one of the most commonly performed procedures in the field of maxillofacial surgery and traumatology. With the aim of accelerating the post-surgical recovery...

Estudo das medições de vibração e eletromiografia na coluna lombar de operadores de empilhadeira, utilizando pneus elásticos e infláveis

Amann, Bianca de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 98 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEG; Este trabalho apresenta um estudo de vibração de corpo inteiro em operadores de empilhadeira, comparando dois tipos de pneus, elástico e inflável. A vibração foi medida no eixo z, que é o eixo da coluna vertebral; concomitantemente à coleta da vibração foi realizada uma eletromiografia para analisar a atividade muscular nos músculos eretores da espinha. Devido a crescente utilização dos pneus elásticos no mundo, o principal enfoque deste estudo é o de desfazer o mito existente entre os operadores de empilhadeira que dizem que o pneu elástico machuca a coluna. Portanto as coletas foram feitas em várias situações diferentes, em três tipos de piso, na empilhadeira com e sem carga, com dois operadores, com o pneu elástico ou inflável. Com os resultados obtidos pode-se perceber que de modo geral o pneu elástico apresentou valores menores tanto para aceleração quanto para eletromiografia. Outro dado de extrema importância é que para uma freqüência de 4 Hz, que é a freqüência de ressonância da coluna vertebral, o pneu elástico apresentou valores de amplitude de aceleração menores; mostrando assim que o pneu elástico é menos prejudicial à coluna vertebral; isso pode ser comprovado através da EMG...

A eletromiografia como ferramenta de estudo da ação da auriculoacunputura; The use of surface EMG for the study of auricular acunpuncture

Fabiano Politti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
Os avanços nos conhecimentos em neurofisiologia permitiram definir que a acupuntura é um método de estimulação neural periférica, que provoca respostas reflexas, locais e sistêmicas. Portanto, o objetivo deste trabalho foi verificar se a eletromiografia de superfície pode ser utilizada como ferramenta de estudo da ação da acupuntura auricular (AA) sobre o músculo estriado esquelético e se a AA interfere na freqüência do sinal eletromiográfico (EMG) do músculo. Assim, foi analisado a amplitude sinal EMG normalizado das porções clavicular, acromial e escapular do músculo deltóide e da porção descendente do músculo trapézio com 20%, 40% e 60% da contração voluntária máxima, em 15 indivíduos voluntários saudáveis, após o tratamento com AA. A freqüência média do sinal EMG foi obtida do músculo trapézio descendente. Na coleta dos dados foi utilizado um eletromiógrafo de 8 canais com freqüência de amostragem de 1.33 kHz. Para verificar a diferenças entre os valores em RMS (root mean square) obtidos por meio de janela móvel de 200 ms, foi utilizado o teste de Friedman. Nos casos em que os resultados se apresentaram significantes o teste de Wilcoxon foi utilizado para comparações múltiplas. O nível de significância adotado foi de p < 0...

Eletromiografia de superfície de músculos respiratórios : avaliação de hepatopatas em lista de espera de transplante de fígado e de não hepatopatas; Surface elestromyography of respiratory musclesassessment : assessment liver disease waiting list for liver transplantation and non liver disease subjects

Aurea Maria Oliveira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A eletromiografia de superfície (EMGs) é uma técnica não-invasiva para a detecção da atividade da musculatura esquelética, podendo ser utilizada para verificação da atividade dos músculos da respiração, como o diafragma e reto abdominal, escassamente estudados na literatura. Objetivo - Este estudo comparou a eletromiografia de superfície (músculos diafragma e reto abdominal) de indivíduos não hepatopatas e pacientes hepatopatas em lista de espera de transplante de fígado. Método - Estudo prospectivo transversal analítico com indivíduos do sexo masculino acima de 18 anos distribuídos em dois grupos: Grupo hepatopata (GH) e não hepatopata (GNH). Através da EMGs, avaliou-se a média da raiz quadratica ¿ RMS dos músculos diafragma e reto abdominal direitos. Verificou-se a força muscular através da manovacuometria (pressão inspiratória máxima - PIM e pressão expiratória máxima- PEM) e os volumes e fluxos pulmonares, usando se a espirometria (CVF ¿ capacidade vital, VEF1 ¿ volume expiratório forçado no primeiro segundo, FEM25-75% - fluxo expiratório máximo em 25-75% da CVF); e através do oximetro verificou-se frequência cardíaca (FC) e saturacão de oxigênio (satO2). Os outros dados analisados foram idade...

Compressão de sinais de eletromiografia explorando correlação bidimensional

Costa, Marcus Vinícius Chaffim
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2008.; Nesta pesquisa é apresentada uma análise da correlação bidimensional de sinais eletromiográficos de superfície obtidos a partir de esforços isométricos e isotônicos. Para tanto, cada sinal foi segmentado em janelas contíguas e estas então concatenadas a fim de produzir uma matriz bidimensional. O tamanho dessas janelas foi variado para que se pudesse avaliar a sua influência no cálculo do coeficiente de correlação entre um sub-bloco contendo a maior parte do sinal, deslocado ao longo das amostras e ao longo das janelas, e a própria matriz bidimensional. Observada uma correlação bidimensional nas matrizes assim construídas, foi implementado um algoritmo de compressão de sinais de eletromiografia de superfície baseado em um método bastante eficiente para compressão de sinais bidimensionais, o JPEG2000. Apesar do JPEG2000 ser desenvolvido para comprimir imagens, observou-se que também pode ser usado para comprimir sinais eletromiográficos, tanto de contrações isométricas quanto de contrações isotônicas. Para sinais de eletromiografia de superfície obtidos durante contrações isométricas...

Eletromiografia aplicada aos músculos da mastigação

Malta,Juliana; Campolongo,Gabriel Denser; Barros,Tarley Eloy Pessoa de; Oliveira,Reginaldo Perilo de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A eletromiografia tem se mostrado um método eficaz no auxilio de diagnósticos e tratamentos de desordens musculares. Na odontologia sua principal aplicação é no tratamento das Disfunções Temporomandibulares. Os profissionais de odontologia não utilizam esta técnica por desconhecerem seus benefícios ou mesmo não terem conhecimento sobre o assunto. Um dos principais objetivos do tratamento utilizando eletromiografia é mostrar ao paciente o estado atual do músculo analisado e sua evolução durante o tratamento, até chegar a uma função satisfatória.

A eletromiografia como auxílio na conduta terapêutica após cirurgia de craniotomia fronto-temporal: relato de caso

Oncins,Maristella Cecco; Douglas,Carlos Roberto; Paiva,Guiovaldo
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
TEMA: eletromiografia e conduta terapêutica. PROCEDIMENTOS: este estudo foi realizado com uma paciente de 45 anos de idade, após 4 meses ser submetida a craniotomia fronto-temporal proveniente de um aneurisma. O músculo temporal anterior direito foi retirado da sua origem móvel e após a cirurgia, a paciente apresentou disfunção do músculo temporal e da articulação temporomandibular, com redução da abertura de boca, dor ao falar e comer. Utilizou-se a eletromiografia para registrar quantitativamente a atividade elétrica dos músculos temporais e masseteres na avaliação e durante o processo terapêutico. Registraram-se, na posição de repouso, oclusão máxima e mastigação habitual provocada. Fez-se terapia miofuncional durante todo o processo. RESULTADOS: dados dos exames mostraram um aumento significativo da atividade elétrica do músculo temporal anterior direito e uma redução da atividade do músculo temporal anterior esquerdo, o que no primeiro registro mostrava uma atividade elétrica rebaixada do lado direito em comparação com o lado esquerdo. Com a seleção dos exercícios miofuncionais houve uma participação mais efetiva do músculo temporal anterior direito, abertura de boca maior, sem dor, facilitando a função da mastigação e da fala...

Monitorando a deglutição através da eletromiografia de superfície

Coriolano,Maria das Graças Wanderley de Sales; Lins,Otávio Gomes; Belo,Luciana Rodrigues; Menezes,Danielle Carneiro de; Moraes,Silvia Regina Arruda; Asano,Amdore Guescel; Oliveira,Paulo José de Andrade Lira; Silva,Douglas Monteiro da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
OBJETIVO: descrever o método de registro da eletromiografia de superfície através da utilização de um protocolo desenvolvido para o estudo da deglutição e demonstrar a deglutição de um paciente com doença de Parkinson e de um sujeito normal através do registro da eletromiografia de superfície (EMGs). MÉTODOS: para ilustrar os parâmetros eletrofisiológicos registrados após execução do protocolo foram utilizados dois voluntários do sexo feminino, sendo um sem doença e outro apresentando doença de Parkinson (DP) no estágio III de acordo com a escala de Hoehn e Yahr. Os parâmetros analisados pelo foram: a duração da atividade elétrica durante a deglutição, a amplitude (rms) e o limite de disfagia. RESULTADOS: os resultados mostram diferenças entre os eletromiogramas ilustrativos. CONCLUSÃO: a EMGs pode ser utilizada como método de avaliação e monitorização da deglutição de sujeitos sem doença e com DP.

A eletromiografia de superfície nos periódicos nacionais em fonoaudiologia

Pernambuco,Leandro de Araújo; Cunha,Renata Andrade da; Lins,Otávio; Leão,Jair Carneiro; Silva,Hilton Justino da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
TEMA: eletromiografia de superfície nos periódicos nacionais em Fonoaudiologia. OBJETIVO: caracterizar a abordagem da eletromiografia de superfície nos periódicos nacionais em Fonoaudiologia. CONCLUSÃO: poucos estudos abordam a eletromiografia de superfície nos periódicos nacionais em Fonoaudiologia, com maior concentração nas áreas de motricidade orofacial e fluência revelando uma maior necessidade de aprofundar esse assunto e diversificar os temas de interesse fonoaudiológico.

Valores referenciais da eletromiografia de músculos envolvidos na deglutição: uma revisão sistemática

Belo,Luciana Rodrigues; Coriolano,Maria das Graças Wanderley de Sales; Menezes,Danielle Carneiro de; Lins,Otávio Gomes
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
TEMA: normalidade da eletromiografia de superfície de músculos envolvidos na deglutição. OBJETIVO: investigar se a literatura aponta valores referenciais de normalidade para a duração, amplitude e características dos eletromiogramas dos músculos envolvidos na deglutição (orbicular da boca, masseter, músculos da região supra-hióidea e músculos da região infra-hióidea cobertos pelo músculo platisma). CONCLUSÃO: a busca resultou em 33 referências, das quais somente cinco enquadraram-se nos critérios de inclusão. Apenas uma referência foi classificada com um bom nível de qualidade pela escala de Jadad com modificações. Os artigos selecionados podem não apontar valores referenciais confiáveis principalmente para a amplitude e morfologia da eletromiografia de superfície, pois utilizaram uma freqüência de amostragem inadequada para os registros eletromiográficos o que potencializa a obtenção de dados distorcidos da atividade muscular. Tendo em vista a variabilidade inter e entre os sujeitos, a literatura sugere a realização de técnicas de normalização do sinal eletromiográfico.

Eletromiografia de superfície do músculo masseter durante a mastigação: uma revisão sistemática

Nascimento,Gerlane Karla Bezerra Oliveira; Cunha,Daniele Andrade da; Lima,Leilane Maria de; Moraes,Klyvia Juliana Rocha de; Pernambuco,Leandro de Araújo; Régis,Renata Milena Freire Lima; Silva,Hilton Justino da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
A mastigação, ato complexo controlado pelo sistema nervoso central, é uma das funções mais importantes do Sistema Estomatognático. Durante esse ato a atividade elétrica da musculatura mastigatória pode ser quantificada por meio da eletromiografia de superfície. Com o objetivo de revisar sistematicamente na literatura os métodos e alimentos mais utilizados na EMGS do músculo masseter durante a mastigação, foi realizada uma busca nas bases de dados SciELO-Brasil, Lilacs e Medline/Pubmed no período de setembro a outubro de 2009. Foram incluídos os estudos de base populacional e excluídos os estudos de revisão sem definição metodológica delineada e estudos realizados com crianças, adolescentes e idosos. Foram encontrados 657 artigos no cruzamento dos seguintes descritores e seus correspondentes em inglês: mastigação and eletromiografia and músculo masseter, dos quais 12 deles foram selecionados. Verificou-se que os métodos envolvidos na execução da eletromiografia de superfície do músculo masseter, durante a mastigação, apresentam variações de acordo com cada autor, não havendo padronização de um alimento específico para execução do exame.

Eletromiografia de superfície em disfunção temporomandibular: revisão sistemática

Celinski,Andersen Ieger; Cunali,Rafael Schlogel; Bonotto,Daniel; Farias,Aguinaldo Coelho de; Cunali,Paulo Afonso
Fonte: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Publicador: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A eletromiografia de superfície (ES) permite uma avaliação não invasiva do fenômeno bioelétrico durante o estado de repouso do músculo avaliado bem como a comparação com sua atividade durante a contração muscular. O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade do uso de ES em pacientes diagnosticados com disfunção temporomandibular segundo os critérios Research Diagnostic Criteria for Temporomandiublar Disorders (RDC/TMD) eixo I. CONTEÚDO: A revisão de literatura foi realizada a partir das bases de dados LILACS, Medline e Scielo, cobrindo o período de janeiro de 1987 a fevereiro de 2012. Ensaios clínicos randomizados e controlados, ensaios clínicos e testes clínicos que avaliaram ES, sinais e sintomas de desordens temporomandibulares (DTM) diagnosticados pelo critério RDC/TMD foram incluídos. A estratégia de busca resultou em 182 artigos, dos quais oito preencheram os critérios de inclusão, sendo que um caracterizava um estudo clínico randomizado e sete eram estudos longitudinais sem critérios de randomização. Em todos os estudos, o método utilizado para detectar e analisar a atividade elétrica dos músculos da mastigação (corpo do masseter e feixe anterior do temporal) foi a ES...

Eletromiografia laríngea e análise vocal em pacientes com Mal de Parkinson: estudo comparativo

Zarzur,Ana Paula; Duarte,Isabella Sebusiani; Gonçalves,Gabrielle do Nascimento Holanda; Martins,Maria Angela Ueda Russo
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A doença ou Mal de Parkinson se deve à deficiência dopaminérgica nos núcleos da base que geram alterações motoras. Comprometimento da comunicação verbal ocorre em 70 a 90% dos doentes. Existem poucas referências da aplicação da eletromiografia no estudo dos músculos laríngeos em pacientes com a doença de Parkinson. OBJETIVOS: Definir o padrão contrátil da musculatura intrínseca da laringe e sua correlação com a análise acústica vocal nos parkinsonianos. CASUÍSTICA E MÉTODO: Estudo prospectivo onde 26 adultos com o diagnóstico de Mal de Parkinson foram submetidos à eletromiografia laríngea e análise acústica vocal. Foram coletados potenciais de ação, tanto em repouso vocal quanto em fonação. Para a análise acústica da voz foram utilizados os programas VOXMETRIA® e GRAM 5.1.6®. RESULTADOS: O padrão eletromiográfico predominante no grupo estudo foi o de hipercontratibilidade (ou recrutamento aumentado) durante repouso vocal que ocorreu em 73% dos indivíduos, sem que houvesse registro eletromiográfico de tremor. Quanto às características vocais, detectou-se a presença de tremor vocal no traçado do espectrograma (VOXMETRIA E GRAM) e na avaliação perceptivo-auditiva em 69,5 % e 61 % dos sujeitos...

Eletromiografia laríngea em pacientes com disfonia e fechamento glótico incompleto

De Biase,Noemi Grigoletto; Korn,Gustavo Polacow; Gugliemino,Grazzia; Pontes,Paulo
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
O diagnóstico de comprometimento do nervo laríngeo superior e de ramos do laríngeo recorrente demanda eletromiografia, pois as alterações à laringoscopia são inespecíficas. OBJETIVO: Avaliar eletrofisiologicamente a função dos nervos laríngeo superior e inferior por meio da atividade elétrica dos músculos por eles inervados, em pacientes com disfonia com coaptação incompleta das pregas vocais à fonação. MÉTODO: Estudo prospectivo; 39 indivíduos com disfonia e fechamento glótico incompleto foram submetidos à eletromiografia dos músculos tireoaritenóideo, cricotireóideo e cricoaritenóideo lateral bilateralmente. Foram avaliadas atividade de inserção, no repouso (fibrilação, onda positiva e fasciculação) e durante contração voluntária dos músculos (recrutamento, amplitude e duração do potencial e latência entre início da atividade elétrica e a sonorização). RESULTADOS: Não observamos alteração na atividade de inserção e no repouso. Nenhum paciente apresentou recrutamento alterado. A média da amplitude dos potenciais elétricos esteve compatível com a normalidade nos músculos testados, assim como a duração do potencial e o tempo de latência entre o início da atividade elétrica e a sonorização. CONCLUSÃO: Não observamos sinais de desnervação nos músculos tireoaritenóideo...

Eletromiografia de superfície para avaliação dos músculos do assoalho pélvico feminino: revisão de literatura

Resende,Ana Paula Magalhães; Nakamura,Mary Uchiyama; Ferreira,Elizabeth Alves Gonçalves; Petricelli,Carla Dellabarba; Alexandre,Sandra Maria; Zanetti,Míriam Raquel Diniz
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
A eletromiografia de superfície tem grande importância clínica e de pesquisa para o fisioterapeuta. Apesar de captar a atividade elétrica promovida pelo recrutamento das unidades motoras, há boa correlação entre o número de unidades ativadas e a força muscular. É um dos métodos de maior especificidade na avaliação do assoalho pélvico, embora não haja consenso em relação à sua aplicação. Essa revisão de literatura foi desenvolvida com o objetivo de agrupar as informações sobre o uso da eletromiografia de superfície na avaliação do assoalho pélvico. Foram pesquisados artigos nas bases de dados Medline, PubMed, Lilacs, SciELO e Biblioteca Cochrane, e selecionados os que avaliassem o assoalho pélvico feminino por meio de eletromiografia de superfície. Apesar de sua metodologia ainda carecer de padronização, é um instrumento que deve ser considerado nas pesquisas científicas em nosso meio, pois parece apresentar boa reprodutibilidade e confiabilidade. Pacientes com disfunções do assoalho pélvico possuem alterações no tempo de ativação dos músculos do assoalho pélvico (MAP) e músculos abdominais. Quanto à gestação e puerpério, ainda faltam evidências sobre possíveis alterações da ativação elétrica dos MAP nesses períodos.

Desenvolvimento e implementação de um sensor hibrido não invasivo de eletromiografia e mecanomiografia para registros de potenciais de ação de uma unidade motora

Moraes, Nayara Nascimento
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Mais de 40 tipos de distrofias musculares são atualmente conhecidos, dados de 2003 indicavam que cerca de 80 mil brasileiros eram acometidos por estas disfunções. Um tipo de exame usado no auxílio ao diagnóstico dessas distrofias musculares é a eletroneuromiografia, a qual visa avaliar a atividade elétrica no músculo. A realização desse exame conta com a utilização de eletrodos de agulha, os quais analisam a morfologia dos potenciais de ação das fibras musculares bem como seu padrão de recrutamento. Apesar do caráter invasivo dos eletrodos usados, métodos como a eletromiografia de superfície não têm se mostrado eficazes no registro individual de potenciais de ação. Neste sentido, a proposta deste trabalho é desenvolver um sensor hibrido de eletromiografia e mecanomiografia que registre potenciais de ação de uma unidade motora por meio de métodos não invasivos. O sensor de eletromiografia construído é constituido de dois eletrólitos confeccionados por meio de uma liga de prata-cloreto de prata, de 99% de pureza, área de 1mm² (1mm de lado) e a distância inter-eletrodo de 3mm. O eletrodo é ativo e utiliza a configuração bipolar, apresentando ganho de 20 vezes e CMRR superior a 120dB. Já o sensor de mecanomiografia conta com um transdutor de acelerometria...

Eletromiografia de superfície e avaliação clínica da mímica facial em pacientes com paralisia facial periférica idiopática; Surface electromyography and clinical assessment of the patients with peripheral facial palsy

Wenceslau, Lais Garcia Capel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
INTRODUÇÃO: A paralisia facial periférica idiopática apresenta uma variabilidade clínica de sinais e sintomas que dificultam a realização de uma avaliação objetiva e precisa, com influência no estabelecimento de prognóstico. A eletromiografia de superfície é um exame não invasivo e indolor que permite o estudo da atividade elétrica muscular. Visando compreender quais os efeitos da paralisia facial na atividade elétrica muscular durante o tempo de instalação da doença, o objetivo deste estudo foi utilizar a eletromiografia de superfície para captar a resposta elétrica de músculos da face durante a avaliação clínica do sorriso e correlacionar as respostas musculares com o tempo de instalação da paralisia facial. MÉTODOS: Participaram 140 adultos divididos em três grupos: Grupo I - 35 participantes com paralisia facial periférica com instalação de até 3 meses; Grupo II - 35 participantes com paralisia facial periférica com instalação entre 3 a 6 meses; Grupo III - 70 controles saudáveis. Todos foram submetidos à avaliação que consistiu na aplicação de uma escala clínica para avaliação da mímica facial e da realização do exame de eletromiografia de superfície em região de músculos zigomático e risório. RESULTADOS: Há evidências que os grupos com paralisia facial...

Eletromiografia de superfície para avaliação dos músculos do assoalho pélvico feminino: revisão de literatura; Evaluation of female pelvic floor muscles using surface electromyography: literature review

Resende, Ana Paula Magalhães; Nakamura, Mary Uchiyama; Ferreira, Elizabeth Alves Gonçalves; Petricelli, Carla Dellabarba; Alexandre, Sandra Maria; Zanetti, Míriam Raquel Diniz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
A eletromiografia de superfície tem grande importância clínica e de pesquisa para o fisioterapeuta. Apesar de captar a atividade elétrica promovida pelo recrutamento das unidades motoras, há boa correlação entre o número de unidades ativadas e a força muscular. É um dos métodos de maior especificidade na avaliação do assoalho pélvico, embora não haja consenso em relação à sua aplicação. Essa revisão de literatura foi desenvolvida com o objetivo de agrupar as informações sobre o uso da eletromiografia de superfície na avaliação do assoalho pélvico. Foram pesquisados artigos nas bases de dados Medline, PubMed, Lilacs, SciELO e Biblioteca Cochrane, e selecionados os que avaliassem o assoalho pélvico feminino por meio de eletromiografia de superfície. Apesar de sua metodologia ainda carecer de padronização, é um instrumento que deve ser considerado nas pesquisas científicas em nosso meio, pois parece apresentar boa reprodutibilidade e confiabilidade. Pacientes com disfunções do assoalho pélvico possuem alterações no tempo de ativação dos músculos do assoalho pélvico (MAP) e músculos abdominais. Quanto à gestação e puerpério, ainda faltam evidências sobre possíveis alterações da ativação elétrica dos MAP nesses períodos.; Surface electromyography has clinical and research importance for the physiotherapist. Although capturing electrical activity promoted by recruitment of motor units...