Página 1 dos resultados de 16289 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

A europeização das políticas de emprego : impactos e implicações no caso português

Valadas, Carla Sofia Andrade Teodósio dos Santos
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.79%
A presente investigação tem por tema a europeização das políticas de emprego. Nela analisamos o desenvolvimento das políticas de emprego, constituídas no seio das instâncias europeias, e o modo como estas se inter-relacionam com as políticas de emprego prosseguidas num dos Estados-membros: Portugal. Partimos da ideia de que os sistemas nacionais de protecção social são hoje largamente influenciados por mudanças ocorridas a nível internacional e por linhas de orientação e acordos delineados por organizações internacionais como é o caso da União Europeia. Ao observarmos os efeitos dessas inter-relações nas políticas de emprego nacionais percebemos que estas reflectem mudanças importantes que se têm feito sentir nos mercados de trabalho, como seja a tendência para o crescimento do emprego precário e o aumento do desemprego. Como forma de responder a estes desafios, na viragem do milénio, a UE delineou uma estratégia para lidar com o desemprego ao nível europeu, a Estratégia Europeia de Emprego (EEE), que implica uma nova abordagem do que deve ser o papel dos Estados (alterando as bases e a estrutura do seu funcionamento) e visando promover um novo modelo de funcionamento e organização dos mercados de trabalho a nível europeu. Uma das ideias centrais é a de que o Estado transfere a sua responsabilidade para a promoção de políticas de empregabilidade e já não de emprego...

A Europeização das Políticas de Emprego. Impactos e implicações no caso português

Góis, Carla Sofia Andrade Teodósio dos Santos Valadas e
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.79%
A presente investigação tem por tema a europeização das políticas de emprego. Nela analisamos o desenvolvimento das políticas de emprego, constituídas no seio das instâncias europeias, e o modo como estas se inter-relacionam com as políticas de emprego prosseguidas num dos Estados-membros: Portugal. Partimos da ideia de que os sistemas nacionais de protecção social são hoje largamente influenciados por mudanças ocorridas a nível internacional e por linhas de orientação e acordos delineados por organizações internacionais como é o caso da União Europeia. Ao observarmos os efeitos dessas inter-relações nas políticas de emprego nacionais percebemos que estas reflectem mudanças importantes que se têm feito sentir nos mercados de trabalho, como seja a tendência para o crescimento do emprego precário e o aumento do desemprego. Como forma de responder a estes desafios, na viragem do milénio, a UE delineou uma estratégia para lidar com o desemprego ao nível europeu, a Estratégia Europeia de Emprego (EEE), que implica uma nova abordagem do que deve ser o papel dos Estados (alterando as bases e a estrutura do seu funcionamento) e visando promover um novo modelo de funcionamento e organização dos mercados de trabalho a nível europeu. Uma das ideias centrais é a de que o Estado transfere a sua responsabilidade para a promoção de políticas de empregabilidade e já não de emprego...

Evolução e determinantes da população rural e do emprego rural não-agropecuário no estado de Santa Catarina: período de 1991 a 2000; Evolution and determinants of the rural population and non-agricultural rural employment in the state of Santa Catarina - 1991 a 2000

Santos Filho, Jonas Irineu dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.77%
O comportamento do emprego no meio rural vêm se modificando ao longo do tempo. Pode-se perceber que o rural não é mais unicamente agropecuário. Existem atividades nãoagrícolas realizadas no meio rural vinculadas ou não à agropecuária, gerando o fenômeno conhecido como pluriatividade. O diagnóstico deste fenômeno para o Brasil já foi executado pelo projeto RURBANO. Entretanto, ainda existe uma lacuna na literatura nacional referente à utilização de modelos econométricos visando identificar os seus fatores determinantes. Além disto, estudos que tenham tentado entender como a vizinhança e os atributos do contexto em torno do município afetam o emprego não-agropecuário por pessoas residentes no meio rural ainda não foram efetuados. Neste contexto, o presente estudo analisa as questões relacionadas ao emprego rural, com ênfase nas atividades que não pertencem diretamente à produção agropecuária para o estado de Santa Catarina. São enfocados os aspectos econômicos, sociais e locacionais que possam explicar a evolução do emprego rural no estado. A escolha de Santa Catarina, para o estudo de caso, deve-se a algumas características peculiares deste estado, as quais são: apresentar uma economia altamente diversificada...

Criação e destruição de emprego na indústria gaúcha nos anos 90 : fatos estilizados e os efeitos do câmbio e da abertura comercial

Pereira, Filipe Keuper Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.79%
O objetivo deste trabalho é calcular, pela primeira vez na literatura, os fluxos de emprego (job flows) na indústria gaúcha nos anos 90 e sua relação com o processo de abertura comercial no período. O trabalho propõe o estudo do emprego na indústria através do comportamento das variações do emprego nas empresas individualmente, para identificar a heterogeneidade de comportamento dentro dos setores, ao invés do uso de médias agregadas, que implicitamente supõe um comportamento homogêneo das empresas. Denominamos fluxos de emprego as taxas de criação e destruição do emprego, estimadas em 5,15% e 6,42% ao ano, em média, respectivamente. Destas obtemos a taxa líquida de crescimento do emprego e a taxa de realocação bruta do emprego, estimadas em –1,27 e 11,57%, respectivamente. Em todos os anos da década houve criação e destruição de emprego simultaneamente, sugerindo uma grande heterogeneidade na dinâmica do emprego nas empresas. A perda média de 1 emprego em 100 por ano no período é resultado da abertura de 5 postos e destruição de 6 postos. Além dos fluxos, este trabalho estima e analisa o impacto do câmbio e da abertura comercial do país nestas taxas. As regressões indicaram para, dada uma depreciação de 1% do câmbio...

Qualidade do emprego em contexto de mudança tecnológica : o caso das operadoras de telefonia móvel celular; Quality of job in context of technological change : the case of the operators of cellular mobile telephony

Mocelin, Daniel Gustavo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
O estudo discute conceitualmente a qualidade do emprego seguindo um viés crítico de abordagem do tema considerando-se o contexto da sociedade informacional. O estudo é desenvolvido realizando um diagnóstico sobre a qualidade do emprego no segmento de telefonia móvel celular brasileiro, entendendo que em segmentos emergentes de emprego estabelecem-se processos particulares que implicam em diferenciais ao discutir a concepção da qualidade do emprego. Qualidade do emprego é uma matéria indefinida e polêmica que foi tratada a partir de modelos padrões de emprego, geralmente sustentados na sociedade industrial. No âmbito das transformações da realidade do trabalho e do surgimento de uma mão-de-obra de perfil diferenciado, sugere-se uma lógica distinta de avaliação da qualidade do emprego, condizente com os padrões vigentes. No estudo investigou-se como se expressa a qualidade do emprego nas operadoras de telefonia móvel celular a partir da conjugação entre as características gerais dos empregos e o perfil dos trabalhadores que estão empregados nestas empresas. A rotina do trabalho passa a ser marcada pela capacidade de ajustar-se e de estar sempre motivado, por isso, nestas empresas, buscam-se trabalhadores com perfil volátil...

Dinamismo econômico e qualidade do emprego : estudo sobre o mercado de trabalho no novo cenário das telecomunicações no Brasil

Mocelin, Daniel Gustavo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.78%
O objetivo do estudo foi analisar a interação entre o dinamismo econômico e a qualidade do emprego, observando esse fenômeno a partir do caso do setor de telecomunicações, no Brasil. O estudo propõe uma reflexão sobre a qualidade do emprego nas atividades de telecomunicações, que, no Brasil, passaram por recente processo de privatização, caracterizando um novo cenário empresarial, marcado por inovações tecnológicas, expansão comercial e competição de mercado. Foi elaborado um modelo de análise para avaliar a qualidade do emprego com base na estrutura ocupacional do mercado de trabalho, diferente de outros modelos concorrentes, que se debruçam sobre categorias como “emprego típico” e “trabalho decente”. O setor de telecomunicações inclui tanto atividades econômicas amplamente voltadas para estratégias de inovação e formação de vantagens competitivas como atividades de suporte, mais restritas à operação, implantação e manutenção do mercado, fato que se desdobra na composição dos respectivos mercados de trabalho. Constatou-se que o desempenho da qualidade do emprego é função da estruturação setorial. A melhora no nível de qualidade do emprego está bastante vinculada à natureza, à experiência tecnológica e ao ambiente econômico de cada ramo produtivo. Foi observado que a qualidade do emprego melhora na medida em que as atividades econômicas se encontram mais próximas aos processos de inovação...

Evolução do emprego publico no Brasil nos anos 90

Eneuton Dornellas Pessoa de Carvalho Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.78%
Esta tese investiga o emprego público no Brasil nos anos 90, à base das medidas de reforma administrativa, reestruturação e privatizações, que resultaram na estagnação do emprego público. Por esfera de governo, houve a redução do emprego na União e nos estados, vis-à-vis a expansão do emprego municipal. Por ramo de atividade, cresceu a participação do emprego na área Social e na Administração, denotando isso focalização maior da ação do Estado nessas atividades. Houve, de outra parte, a expansão dos vínculos de emprego Estatutário e "Outros" e a redução do emprego CL T. O trabalho também questiona o senso comum que apregoa uma maior dimensão do emprego público lias regiões mais pobres do país, pelo predomínio de funções burocrático-administrativas. A Tese compõe-se de quatro capítulos. O primeiro mostra a evolução do emprego público no Mundo, com ênfase em sua expansão, à base das funções sociais do Estado, e sua tendência ao declínio, nos anos 80 e 90, no contexto da crise fiscal e da redefinição das ações de Estado. O segundo trata da evolução do emprego público no Brasil, a partir dos anos 30, quando ocorreu uma estruturação maior da máquina pública e das funções sociais do Estado. O terceiro capítulo trata da crise fiscal dos 80 e as propostas de reestruturação da máquina pública e de reforma administrativa. E o quarto capítulo...

Emprego e sustentabilidade ambiental : os desafios dos limites ambientais ao crescimento; Employment and ecological sustainability : the challenges of environmental limits to growth

James Christopher Lazou
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.74%
Esta dissertação discute o problema de criação de emprego e sua relação com a sustentabilidade ambiental. A questão central do trabalho é: "como os limites ecológicos afetam a macroeconomia do emprego?" A dissertação parte da hipótese de que é possível definir limites ecológicos ao crescimento econômico sem reduzir o nível de emprego. No entanto, isso pode exigir a revisão dos modelos econômicos atuais ou mesmo a adoção de modelos alternativos. Inicialmente, a dissertação explora o conceito de emprego e desemprego. Considera questões como a qualidade e a quantidade de empregos, bem como outras importantes relações macroeconômicas que afetam a geração de empregos. Em particular, a dissertação destaca a relação entre emprego, produtividade, crescimento da população e do Produto Interno Bruto (PIB). Em seguida, a dissertação aborda as principais questões da economia ecológica. Examina a idéia de limites ambientais à economia e seus impactos sobre o crescimento do PIB e da população. Também considera propostas metodológicas para inclusão desses limites às estatísticas econômicas. A dissertação então avalia as relações estatísticas entre indicadores ambientais, econômicos e aqueles relacionados à quantidade e qualidade dos empregos. Além de revisão da literatura...

As políticas públicas de emprego e o tripartismo : desafios para a coordenação do bem-estar social no Brasil

Gonçalves, Lorena Ferraz C.
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.74%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Programa de Pós-graduação em Estudos Comparados sobre as Américas, 2013.; Este estudo trata da relação entre coordenação, tripartismo, políticas públicas de emprego e bem-estar social na configuração institucional do capitalismo brasileiro. Parte-se da análise dos mecanismos políticos e institucionais de representação dos interesses capital/trabalho e também da análise da construção de consensos políticos como variáveis na condução dos objetivos de bem-estar social, de emprego e de crescimento econômico. O objetivo geral do trabalho é identificar o lugar da coordenação tripartite das políticas públicas de emprego e seu papel para entender as relações entre Estado, empresários e trabalhadores na coordenação do estado de bem- estar social no Brasil. O objetivo complementar é contribuir para o entendimento da especificidade institucional do capitalismo brasileiro na estruturação do tripartismo das políticas públicas de emprego, identificando possíveis fragilidades da coordenação tripartite. Considerando que o estudo pode encaminhar análises amplas sobre a configuração institucional do capitalismo brasileiro por meio da conexão com as políticas de emprego...

Marketing pessoal : impacto das caracteristicas de personalidade e das atitudes de procura de emprego

Pedro, Gonçalo Cordeiro Vaz
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.78%
Mestrado em Marketing; O constante aumento da formação académica da população e a cada vez menor oferta de emprego do mercado de trabalho, têm vindo a fazer com que os níveis de competitividade em contexto de procura de emprego tenham atingido hoje níveis bastante elevados. Assim, é cada vez mais natural que uma pessoa que esteja à procura de um emprego sinta uma maior necessidade de se preparar para esta procura, por forma a destacar-se dos demais. Apercebendo-nos desta tendência, surgiu-nos o interesse de estudar qual o papel do Marketing Pessoal neste contexto competitivo de procura de emprego. O principal objetivo desta dissertação, é então perceber qual o impacto de algumas características de personalidade (Autoestima, Proatividade e Locus de Controle), do perfil sociodemográfico da pessoa (Género, Idade e Situação de Emprego) e de algumas atitudes de procura de emprego (Indecisão de Carreira e Autoeficácia na procura de emprego) na forma como cada um trabalha o seu Marketing Pessoal em contexto de procura de emprego. Com este estudo, concluímos que as características de personalidade (Locus de Controle e Autoestima), o perfil sociodemográfico da pessoa (Idade, Género e Situação de emprego) e as atitudes de procura de emprego (Autoeficácia na Procura de Emprego e Indecisão de Carreira) influenciam a foram e a frequência como cada pessoa pratica o seu Marketing Pessoal.; The constant increase of the academic population and the decrease of jobs offer heightened the levels of competitiveness in the labor market. As a result...

Parcerias para a Promoção Local do Emprego

Mendes, Tiago Carrilho Ribeiro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 07/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.74%
Nesta investigação discutimos o conceito de parceria, ou seja, o processo através do qual dois ou mais actores se relacionam com predisposição para negociar e agir na base da mudança, e que tem tradução na dinâmica do projecto. Para este estudo temos como base teórica e conceptual os paradigmas funcionalista e territorialista, a abordagem do sistema de emprego e os trabalhos sobre a acção dos actores locais. A base empírica diz respeito ao estudo da estratégia das políticas de emprego, dos respectivos programas públicos e das experiências de promoção local do emprego em Portugal e na Europa. Uma das principais consequências da crise estrutural do modelo fordista é a tendência para o aumento do desemprego e do emprego precário, que constituem as principais fontes de exclusão social. Neste contexto, a União Europeia estabeleceu as bases da estratégia europeia para o emprego, com o reconhecimento e reforço da escala local com nível crucial de intervenção. Em face dos problemas sociais e de emprego, as respostas locais baseadas na parceria viabilizam a promoção do emprego numa perspectiva de integração social e desenvolvendo formas de trabalho conjunto com envolvimento de instituições «sociais» e agentes empresariais. No entanto...

Avaliação de emprego verde em estratégias e planos para a sustentabilidade das cidades

Pólvora, Rita Isabel de Oliveira
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.74%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil de Ordenamento do Território e Impactes Ambientais; O conceito de emprego verde associa-se à emergência de resolução dos problemas de cariz ambiental, social e económico a que se assiste actualmente. O previsível aumento da população em áreas urbanas terá que conduzir necessariamente a uma mudança de paradigma dos actuais padrões de desenvolvimento da sociedade. Às cidades cabe o papel de (re)conciliar o desenvolvimento económico, ambiental e social por meio de estratégias focadas na sustentabilidade e das quais o emprego verde é uma componente importante. O trabalho aqui apresentado pretende aferir o grau de integração dos conceitos de emprego e emprego verde em instrumentos estratégicos para a sustentabilidade local, utilizando como estudo de casos as Agendas 21 Local e os PDMs e respectivas AAE. Esta investigação tem ainda como objectivo específico desenvolver um conjunto de linhas orientadoras para a avaliação de emprego verde gerado decorrente, quer de actividades económicas, quer de políticas, planos ou estratégias de escala local. Os resultados permitem concluir que o papel do emprego/emprego verde não é reflectido nas estratégias dos municípios para atingirem os objectivos de sustentabilidade a que se propõem. Por outro lado...

Qualidade do emprego nas telecomunicações pós-privatização

Mocelin,Daniel Gustavo
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.77%
O artigo propõe uma reflexão sobre a qualidade do emprego nas atividades de telecomunicações, que, no Brasil, passaram por recente processo de privatização, caracterizando um novo cenário empresarial, marcado por inovações tecnológicas, expansão comercial e competição de mercado. Frente ao novo perfil assumido pelo setor de telecomunicações, pergunta-se qual a situação da qualidade do emprego nas telecomunicações, quase uma década após a privatização. No ensaio, foi realizada uma abordagem longitudinal sobre a evolução das condições de emprego nas telecomunicações, no período entre 1994 e 2004, e uma análise comparativa entre as condições de emprego nas telecomunicações e no contexto mais amplo em que estão inseridas, a fim de estabelecer algumas reflexões sobre a qualidade do emprego para o cenário empresarial, constituído após a privatização. Para isso, são analisados alguns aspectos concernentes à qualidade do emprego, tais como o comportamento de dimensões como remuneração, tempo de emprego, jornada de trabalho, tipo de contrato de trabalho, escolarização dos empregados e inserção das mulheres, bem como alguns contrastes entre as atividades de telecomunicações e seu contexto mais amplo...

Criação e destruição de emprego na indústria e os efeitos do câmbio e da abertura comercial: o caso da indústria gaúcha nos anos 1990

Ribeiro,Eduardo Pontual; Pereira,Filipe Keuper Rodrigues
Fonte: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.74%
A compreensão da dinâmica do emprego é um ponto importante na agenda de pesquisa e política econômica. Este artigo busca trazer maiores evidências sobre o seu comportamento, estudando, primeiro, os fluxos de emprego na indústria, tomando o caso do Rio Grande do Sul nos anos 1990; e, segundo, o efeito do câmbio e da abertura comercial sobre estes fluxos. Quanto aos fluxos, identificamos uma significativa heterogeneidade entre as empresas estudadas, em que, dentro de cada setor, há criação e destruição simultânea de postos de trabalho, mesmo quando de forte retração do emprego setorial e agregado. Quanto ao efeito do câmbio e da abertura, depreciações reduzem a destruição e aumentam a criação de emprego de modo simétrico, levando a uma criação líquida de emprego, sem influenciar a realocação de postos de trabalho. Uma maior abertura leva à expansão do emprego, por efeito de redução da destruição. O efeito da abertura é menor que o efeito do câmbio e de choques de demanda, sugerindo que a abertura em si não foi a grande responsável pela redução do emprego industrial na década de 1990, em nossa amostra.

Emprego flexível em Portugal

Kovács,Ilona
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
Este artigo, baseado nalguns dos resultados de um projecto de investigação em curso, tem por objectivo analisar a difusão do emprego flexível em Portugal e mostrar a sua diversidade. A difusão de formas flexíveis de emprego insere-se nos processos de reestruturação produtiva e flexibilização do mercado de trabalho no contexto da intensificação da concorrência na economia global. Recorrendo a dados estatísticos procede-se a uma análise da difusão e da evolução de algumas das formas mais relevantes de emprego flexível em Portugal, tais como o trabalho com contratos de duração determinada, o trabalho temporário, o trabalho independente e o trabalho a tempo parcial. Os trabalhadores com emprego flexível têm níveis de satisfação bastante inferiores aos dos trabalhadores com emprego estável. No entanto, o emprego flexível não abrange situações de emprego homogéneas, mas situações muito diversificadas que são apresentadas através de uma tipologia de situações de emprego flexível e uma tipologia de trajectórias profissionais.

A fragmentação da norma de emprego na Europa: Uma comparação entre Alemanha e França

Giraud,Olivier; Lechevalier,Arnaud
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
Este artigo propõe uma análise comparativa das transformações da norma de emprego na França e na Alemanha desde o final dos anos 1980. A norma de emprego - que engloba a implantação do trabalho, sua remuneração, as modalidades de valorização das qualificações e a estabilidade no emprego - é aqui concebida a partir de uma abordagem discursiva que relaciona, na análise da ação pública, a luta pela hegemonia entre os discursos e as representações à transformação da identidade dos atores, às mudanças das relações de poder no campo das políticas públicas e às modalidades de institucionalização destas últimas. Nesses países, as transformações da norma de emprego ocorridas na virada do século resultam de uma estratégia comum de maximização dos índices brutos de emprego, cujas condições de possibilidade e consequências devem ser analisadas no contexto próprio a cada regime de emprego nacional. Os regimes de emprego são concebidos na articulação de três dimensões (LALLEMENT, 1999): a relação com o Estado e as políticas públicas, a evolução das relações de força entre os grupos de interesse, as formas de concorrência e as estruturas organizacionais nos setores pertinentes. Essa abordagem teórica...

O emprego juvenil no limiar do século XXI :estudo a partir da RAIS e dos programas de inserção de jovens no mercado de trabalho de Natal/RN; O emprego juvenil no limiar do século XXI :estudo a partir da RAIS e dos programas de inserção de jovens no mercado de trabalho de Natal/RN

Santos, Varélio Gomes dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
This study received the title THE JUVENILE EMPLOYMENT IN THE THRESHOLD OF THE XXI CENTURY: study starting from RAIS and of the programs of youths' insert in the labor market of Natal/RN . It presents as main objective to investigate, starting from the officials data of the Ministério do trabalho e emprego - MTE and of the federal and state government programs, the evolution of the formal employment for youths and the difficulties that leads the success of the returned initiatives the youths' insert in the formal market of work in Brazil and in Rio Grande do Norte, in the period from 2000 to 2004. To accomplish the research, it prioritizes the study of the evolution of the formal employment starting from the data of the MTE as form of diagnosing the formal market of the juvenile work. Search a descriptive way to identify the first results of the programs Primeiro Emprego- PPE (federal) and Primeira Chance - PPC (state), to interpret and to identify the existent gaps among the proposal initial of those programs and the first results obtained in the city of Natal. The research has character no-probability and it applies closed questionnaires for youths assisted by the programs. Were interviewed the local representatives of PPE and PPC...

Avaliação de eficiência e eficácia de centros de emprego: o caso português

Martins, Vitor Hugo Sabóia
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
Dissertação de mestrado, Gestão Empresarial, Faculdade de Economia, Universidade do Algarve, 2013; A presente dissertação avalia o serviço prestado pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional I.P. (IEFP) na área do emprego, nomeadamente em relação aos Centros de Emprego existentes em 2011. O seu principal objetivo consiste em identificar os Centros de Emprego com melhores desempenhos ao nível da prestação de serviços e explorar eventuais trade-offs entre as diferentes dimensões de desempenho. A investigação empírica utilizou a metodologia Data Envelopment Analysis (DEA) e, através da conjugação de várias variáveis, foram desenvolvidos vários modelos cujo objetivo fundamental foi o de procurar avaliar o desempenho de 81 Centros de Emprego nacionais na execução das várias fases do processo de ajustamento entre a oferta e a procura de emprego, incluindo a gestão dos programas ativos de emprego. Os resultados da nossa análise permitiram concluir que existe uma variabilidade muito grande entre os níveis de eficiência e eficácia dos 81 Centros de Emprego analisados, indiciando um potencial de melhoramento muito significativo. Globalmente, os resultados sugerem que a área onde os centros estão a fazer uma utilização mais eficiente dos seus recursos refere-se aos programas ativos de emprego. Por sua vez...

Elasticidade emprego-produto no Brasil; The Employment-product elasticity in Brazil

Amitrano, Claudio Roberto
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Carta de Conjuntura - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
Esta nota apresenta claramente a mudança de patamar da relação entre as variações no nível de emprego e do produto. Nota-se que tanto no que se refere ao total de ocupações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) quanto para os dados de emprego da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), essa relação encontra, de um modo geral, valores superiores na década de 2000 aos valores máximos verificados nos anos 1990. Um simples cálculo da elasticidade emprego-produto, com base na relação entre a variação do emprego informado pela Rais e a variação do produto a preços constantes de 2009 das contas nacionais, de 1996 a 1999 e de 2000 a 2010, mostra que, enquanto no primeiro, período a elasticidade emprego-produto era da ordem de 0,88, no período subsequente, este valor havia subido para algo em torno de 1,57. Em suma, os resultados indicam que as diversas atividades se comportaram de maneira bastante diferenciada no que tange à geração de emprego, produto e produtividade. No entanto, salta aos olhos o fato de que, ao final do período 2007-2009, dentre os segmentos mais dinâmicos, isto é, geradores de emprego, renda e de produtividade crescente, não se encontram atividades de alta intensidade tecnológica...

A condição do jovem no mercado de trabalho brasileiro: uma análise comparativa entre o emprego e o primeiro emprego (1999-2009)

Araújo, Eliane Cristina de; UEM; Garcia, Maria de Fátima; UEM; Faustino, Izabel Aparecida; UEM; Araújo, Elisangela Luzia; UEM
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.77%
Este artigo discute a inserção do jovem no mercado de trabalho brasileiro, especificamente aquele que busca uma primeira ocupação formal. O objetivo é verificar a existência ou não de dificuldades adicionais para esse subgrupo, tendo em vista que se registram, tradicionalmente, elevadas taxas de desemprego para as faixas etárias mais jovens da população. Por meio da ferramenta de análise de séries de tempo investiga-se como o ciclo econômico afetou o emprego e o primeiro emprego no período 1999-2009. Os resultados obtidos sugeriram que, em períodos de estagnação econômica, o primeiro emprego reage mais fortemente, caindo com mais vigor do que o emprego total. Inversamente, nos períodos de recuperação, o primeiro emprego apresenta resposta mais lenta, relativamente ao emprego. Tais resultados sugerem que os trabalhadores do primeiro emprego estão em condição de adversidade no mercado de trabalho, o que remete para a necessidade de políticas públicas facilitadoras do acesso ao primeiro emprego, bem como promovedora de sua perenidade.