Página 1 dos resultados de 33 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Desportos de Natureza e Desenvolvimento Local Sustentável: Análise dos Praticantes e das Organizações Promotoras dos Desportos de Natureza

Melo, Ricardo José Espírito Santo de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
35.77%
Os Desportos de Natureza (DN) são um fenómeno crescente em todo o mundo e a sua contribuição para a sustentabilidade dos territórios é bem aceite. Esta tese tem como objectivos: i) caracterizar os praticantes dos DN, maiores de 18 anos, residentes em Portugal continental, identificando as suas características sociodemográficas, as práticas de lazer e o uso dos seus tempos livres, e o perfil de prática dos DN; ii) caracterizar as Organizações Promotoras dos Desportos de Natureza (OPDN), a operar em Portugal continental, identificando o seu perfil geral, as características da sua oferta, da procura, e o perfil dos seus dirigentes; iii) Identificar os impactos (ambientais, económicos e socioculturais) gerados pelos DN, e o seu contributo para a sustentabilidade do desenvolvimento local, partindo da percepção dos praticantes e dos agentes promotores destas actividades, e dos seus comportamentos nos locais das práticas. Os dados foram recolhidos através da aplicação de dois questionários online a uma amostra de praticantes (n=1126), e de dirigentes das OPDN (n=166), e analisados através do software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). O perfil geral dos praticantes inquiridos corresponde ao indivíduo do sexo masculino...

A segurança nas actividades de ar livre e de aventura

Vidal, António Pedro Raposo Marques
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.07%
RESUMO: A temática da segurança é uma das preocupações principais da sociedade actual. Dentro deste tema que é estudado nas mais diversas áreas da sociedade, a sua aplicação nas actividades de ar livre e de aventura é uma questão fundamental. As atividades de ar livre e de aventura caracterizam-se por um meio incerto, onde é importante o domínio das técnicas e aplicação das regras de segurança. É certo que cada vez existem mais praticantes das actividades de ar livre e de aventura, o aumento dos praticantes faz-se ao nivel desportivo, recreativo ou de lazer. O turismo de aventura está em crescimento em todo o mundo ocidental, sendo cada vez mais importante estudar o risco e a segurança nestas actividades. Sabemos que um dos locais mais importantes para trabalhar o risco e a segurança é ao nivel da escola, sendo o objectivo deste estudo verificar se a preocupação com a segurança está presente nos programas leccionados. Este estudo procurou identificar vários modelos de gestão de risco e verificar se estes seriam abordados nos três programas. Todas as entidades falam em segurança, diminuição do risco mas é importante clarificar o conceito e estudar se existe uma efectiva preocupação com esta questão. Este estudo procura enquadrar e discutir vários modelos de gestão de risco...

Afrânio Pessoa: quando os pincéis pintam a profissão e fazem escola

Dias, Maria de Fátima Martins
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
45.79%
Esta dissertação é um estudo em Educação tendo como objetivo a investigação do Curso de Educação Artística da Universidade Federal do Piauí, Campus Petrônio Portela em Teresina-Piauí, por meio da história de vida do Artista Professor Afrânio Pessoa Castelo Branco, nas décadas de 1980 a 2001. Neste período, o Professor Afrânio ministrou aulas nas Oficinas de Pintura I e II, Modelo Vivo, Técnicas de Expressão e Comunicação em Arte e outras disciplinas do citado curso. Para progredir na construção da dissertação, além da pesquisa bibliográfica necessária e inerente a qualquer trabalho desta natureza, foram aplicados questionários com professores do Curso de Educação Artística da UFPI, antigos alunos, hoje professores de instituições de ensino superior e antigos alunos, hoje artistas plásticos. A trajetória de vida, primeiro do estudante, depois do Artista professor, na qual contamos sua memória e história oral: faremos um olhar à trajetória de Afrânio na sua formação para a arte e para o ensino dessa mesma arte. Recorremos a fontes tais como referências bibliográficas pertinentes à temática em estudo, bem como a questionários aplicados a antigos alunos, Coordenadores e colegas professores do Professor Artista em estudo...

Sala de aula improvisada : novo espaço, novas aprendizagens

Silva, Roselana Rodrigues da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
35.83%
O presente trabalho descreve e analisa a prática pedagógica, desenvolvida ao longo do meu estágio curricular obrigatório de 180horas, de abril a julho de 2010, do curso de graduação em Pedagogia da UFRGS, realizado com uma turma de 32 alunos de 3º ano do Ensino Fundamental de uma escola do município de Alvorada, RS. Em uma sala de aula instalada, provisoriamente, em um galpão que não era próprio para o ensino, com pouca ventilação e isolamento acústico muito precário, desenvolvi atividades diversificadas, buscando nas práticas utilizadas maneiras de conciliar o desafio com o desenvolvimento cognitivo da turma. Trabalhar com os alunos a construção de regras também foi importante para uma boa convivência nesse espaço. Durante este período, os únicos recursos com os quais podia contar eram o quadro, o giz, uma câmera digital e o apoio dos professores das horas atividades de Recreação, Educação artística e Hora do Conto. Mesmo na hora do recreio, os alunos permaneciam nas salas de aulas, por falta de espaço próprio para o lazer. Acredito que os trabalhos em grupo, as atividades lúdicas e de pesquisa e atividades que levavam em conta a realidade dos alunos foram recursos importantes para trabalhar com eles nesse espaço improvisado que tínhamos...

A construção do sujeito histórico na educação infantil

Silva, Rutinéia Cristina Martins
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 152 f. : tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
45.69%
Pós-graduação em Serviço Social - FCHS; O objetivo norteador da elaboração deste trabalho é a investigação de como os educadores informais e formais (pais e professores) efetivam o direito da criança a brincadeira e recreação, previsto no artigo 7º da Declaração dos Direitos da Criança. Desta maneira, visamos analisar como esse direito se efetiva em casa e na escola. O público delimitado para a pesquisa são as crianças matriculadas na Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de Franca. Para a realização da pesquisa, construímos um referencial teórico que nos permitiu conhecer aspectos da História da Criança no Ocidente e como a legislação referente à mesma foi construída no decorrer dos séculos XIX e XX. Acrescentemos a esse conhecimento os aspectos psicopedagógicos que subsidiam a nossa defesa sobre a importância do brincar para a criança e como isso se operacionaliza nos programas escolares voltados para a primeira etapa da educação básica. Imbuídas desse conhecimento, adentramos as escolas para a realização de pesquisa de campo. Entrevistamos mães, professoras e crianças, que nos descreveram as suas impressões sobre o brincar e no caso das educadoras, quais as condições oferecidas para os pequenos. Em suma...

Educação do corpo e vida ao ar livre : natureza e educação fisica em São Paulo (1930-1945); Body education and open-air life : nature and physical education in São Paulo (1930-1945)

Andre Dalben
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
96%
A pesquisa procurou compreender e discutir os diferentes imaginários médicos, do início do século XX, em relação à natureza brasileira, assim como, as distinções feitas entre o ambiente urbano e o rural. A partir, principalmente, das relações emersas entre os movimentos sanitarista, higienista, eugenista e a Educação Física, observou-se a consolidação, no Brasil, de um imaginário que concebia a natureza como ambiente ideal, tanto para a cura e a prevenção de doenças, quanto para o fortalecimento e a educação do corpo, por meio de exercícios físicos como a ginástica, o esporte, os jogos e práticas terapêuticas como a helioterapia, a hidroterapia e a climatoterapia. Seguindo os caminhos de tal concepção de natureza, o Departamento de Educação Física do Estado de São Paulo, órgão subordinado a Secretaria da Educação e Saúde Pública, sobressai-se, uma vez que foi responsável, já na década de 1930, por importantes intervenções junto a duas instituições extra-escolares que mantinham proximidade com o imaginário da natureza curativa e educativa: os Parques Infantis e as Colônias de Férias. Quanto à instituição escolar, foi o Departamento de Educação Física do Estado de São Paulo responsável por criar e dirigir a Escola de Aplicação ao Ar Livre Dom Pedro II...

Clipping 2012-08-agosto

Agecom, UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
35.96%
Clipping de 01/08/2012: Caixeiros / Centro de Ciências Agrárias – CCA / UFSC / Banco do Brasil – BB / Caixa eletrônico / Falta de manutenção / Banheiros / Associação Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – Andes / Segunda proposta do governo / Ministério do Planejamento / Greve / Movimento Pró-Revitalização da Praça Santos Dumont / Trindade / Curso de Arquitetura da UFSC / 11º Encontro Nacional de Ensino de Paisagismo em Escolas de Arquitetura e Paisagismo no Brasil / Campo Grande – MS / Praça Santos Dumont / Bar do Pida / Construtora GPinheiro / Associação dos Moradores do Bairro Trindade – Ambatri / Fundação Municipal do Meio Ambiente - Floram / Quarta ligação Ilha-Continente / Propostas / Ex-aluna da UFSC / Cemitério Jardim da Paz / Heber Lebarbechon / Colégio de Aplicação da UFSC / Udesc / Linha do equador / Desigualdades / Boa Vista - Roraima / Macapá – Amapá / Língua portuguesa / Ministério da Cultura / Planos estaduais de cultura / Regras para correçao de redações / Enem / Ministério da Educação / Manual A Redação do Enem 2012 – Guia do Participante / Diretoria de Avaliação da Educação Básica / Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep / Subentendidos / Enfermagem / Alunos do 5º ano / Colégio de Aplicação da UFSC / Geografia / Biomas brasileiros / Lara Duarte Souto-Maior / João Carlos Nucci / UFPR / Parque Estadual da Serra do Tabuleiro / Editora da UFSC / Série Ethica / A ética do uso e da seleção de embriões / Lincoln Frias Clipping de 02/08/2012: Maria Bethânia / Centro de Cultura e Eventos da UFSC / MEC / Guia / Redação / Enem / Português / Jogos Olímpicos de Londres / Educação / Técnico-Administrativos e docentes das instituições federais / Greve / Passeata / Florianópolis / 18º Top of Mind / Premiados / Jornal A Notícia / Grupo RBS / Instituto Mapa / UFSC / Roselane Neckel / Paulo Fernando Liedtke / Agência de Comunicação da UFSC / Federação das Indústrias de Santa Catarina – Fiesc / Santa Catarina / Transplantes de órgãos / Ranking de doadores / Ministério da Saúde / SUS / SC Transplantes / Joel de Andrade / Hospital Universitário – HU / Docentes da UFSC/ Segunda proposta do governo / Votação / Comando local de greve / Armando Lisboa / Conselho Universitário / Chefe de Gabinete / Carlos Vieira / Início do segundo semestre letivo / Webometrics Ranking of World Universities / Universidade de São Paulo - USP / Universidade Federal de Santa Catarina / Esclerose múltipla / Avelóz / Pesquisa / Rafael Cypriano Dutra / João Batista Calixto / Luiz Francisco Pianowski / Laboratório Kyolab Clipping de 03/08/2012: UFSC / 3ª Semana de Direitos Humanos / Auditório do Centro Socio-Econômico – CSE / Celesc / Antonio Gavazzoni / Lançamento de livros / Disponibilidade do Servidor Público / Constituição...

Padrão de prática de atividades físicas de crianças em idade de pré-escolar

Barros, Simone Storino Honda
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 83 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
35.93%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos. Programa de Pós-Graduação em Educação Física.; O presente estudo procurou expandir o corpo de conhecimentos sobre o padrão de prática de atividades físicas e seus determinantes (barreiras e facilitadores) em pré-escolares (quatro a seis anos), matriculados em escolas da rede privada do município de Olinda, Pernambuco. Trata-se de uma pesquisa epidemiológica transversal e de base populacional. A amostra estudada foi composta por 265 crianças pré-escolares (144 meninas e 121 meninos). Os dados foram coletados por meio de um questionário, o qual foi respondido pelos pais das crianças sorteadas para participação no estudo, através de entrevista face-a-face. O instrumento contém 38 questões fechadas, subdivididas em sete seções, assim denominadas: 1) Dados da criança; 2) Fale um pouco sobre o(a) senhor(a); 3) Fale um pouco sobre o seu(sua) filho(a); 4) Fale sobre a alimentação do seu (sua) filho(a); 5) Tempo brincando no jardim; 6) Brincando ou jogando ao ar-livre; e, 7) Tempo de TV. Os dados coletados na investigação foram tabulados em um banco de dados do programa EpiData 2.0 e posteriormente processados e analisados empregando-se o programa estatístico SPSS (versão 11.0). Para análise descritiva das variáveis foram determinadas medidas de tendência central (média e mediana) e de dispersão (desvio-padrão). No caso de variáveis mensuradas em escala nominal ou ordinal a distribuição em freqüências foi o procedimento descritivo adotado. A análise de associação entre variáveis categóricas foi efetuada mediante aplicação do teste de Qui-quadrado...

Clipping 2013-10-outubro

UFSC, Agecom
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Clipping de 01/10/2013: Inscrições / Prêmio Cruz e Sousa de Poesia / Editora da UFSC – EdUFSC / Edital / Pró-Música de Florianópolis / 40 Anos / Concerto no Teatro Ademir Rosa / Centro Integrado de Cultura – CIC / Polyphonia Khoros / Massami Ganev / Alberto Andrés Heller / Idealizador Darcy Brasiliano dos Santos / Departamento Cultural da UFSC / Pró-Música de Curitiba / Maestro Carlos Alberto Vieira / Maestro Hélio Teixeira da Rosa / Teatro Álvaro de Carvalho – TAC / Pianista Pablo Rossi / Sete meses na África / Estudantes da UFSC, Flora Pereira e Natan de Aquino / Site Afreaka / Financiamento colaborativo via crowdfunding / África do Sul / Namíbia / Bostwana / Zimbábue / Zâmbia / Tanzânia / Quênia / Moçambique / UFSC de Araranguá / Mestrado em saúde / UFSC / Edital para o Vestibular 2014 / Campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville / Inclusão do campus de Blumenau / Cursos de Engenharia Têxtil, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Materiais / Licenciaturas em Matemática e Química / Reitora Roselane Neckel / Prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes / Inscrições / Cotas / Exame Nacional do Ensino Médio – Enem Clipping de 02/10/2013: Inscrições / Prêmio Cruz e Sousa de Poesia / Editora da UFSC – EdUFSC / Contação de histórias / Produtora cultural Vanessa Schultz / Exposição Papel-Mundo / Espaço Cultural BRDE / Professora da UFSC...

Aulas Ativas: de um registro de lições ao tempo em que realisávamos um ensaio de ensino ativo, 1934, SP.

Busch, Reinaldo Kuntz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
45.81%
Revista Educação, vol. 6, nº 6, trata-se, como o próprio texto traz, de uma resenha do desenvolvimento dado às aulas ministradas na classe do 3º grau masculino do Grupo Escolar “Flamínio Ferreira”. Nas aulas, o autor toma como ponto de partida o desenvolvimento de atividades ao ar livre e puro. Após a realização das atividades, chega-se a conclusão de que a noção de ar puro e bem respirado favorece a hematose, dando saúde e vigor a todos.

Feiras livres em Florianópolis - SC

Lopes, Lariane Hartmann
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 138 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
35.84%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2014; As feiras livres compõem uma modalidade de mercado varejista localizado ao ar livre, caracterizada principalmente pela comercialização da produção de pequenos produtores rurais. Podem se constituir em um importante espaço para a promoção de uma alimentação saudável por meio do comércio de frutas, legumes e verduras, como pelo incentivo de práticas sustentáveis. O objetivo desse trabalho foi caracterizar as feiras livres e analisar as práticas sustentáveis na comercialização de frutas, legumes e verduras in natura na cidade de Florianópolis, SC. Realizou-se um estudo do tipo censo nas feiras livres que comercializam frutas, legumes e verduras in natura cadastradas na prefeitura de Florianópolis, SC, no primeiro semestre de 2014. Foram analisadas 25 feiras livres, totalizando 31 bancas. O instrumento de coleta de dados foi estruturado em dois blocos. O bloco A, referente à caracterização das feiras e as características gerais dos feirantes. O bloco B continha questões relacionadas à variável práticas sustentáveis na comercialização de frutas...

As visitas de estudo e o ensino e a aprendizagem das ciências naturais : um estudo sobre representações de professores e alunos do 9º ano de escolaridade

Varela, Cristina Maria Rodrigues Couto
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
45.86%
Dissertação de mestrado em Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica em Ensino das Ciências); As visitas de estudo podem proporcionar um importante contributo para o ensino das ciências por potencializar aprendizagens de natureza cognitiva, afectiva e social. Por outro lado, as Orientações Curriculares para as Ciências Físicas e Naturais sugerem a realização de várias visitas de estudo para o desenvolvimento de diversas experiências educativas. Contudo, o grande desafio para os professores coloca-se em saber como implementar essas Visitas de Estudo para que os alunos aprendam Ciências. Neste contexto, o objectivo deste estudo é caracterizar as representações de professores e alunos sobre visitas de estudo no âmbito das Ciências Naturais - CN. Para a sua consecução, procedeu-se à recolha de dados através de um questionário electrónico, a 123 professores portugueses de CN, profissionalizados em ensino da Biologia e Geologia, que têm vindo a leccionar no 3º Ciclo do Ensino básico em escolas públicas sob coordenação da Direcção Regional de Educação do Norte, e 274 alunos (delegados e sub-delegados) a frequentar o 9º ano de escolaridade nas mesmas escolas. Os resultados obtidos revelaram que: de um modo geral os professores e os alunos valorizam a realização de visitas de estudo e justificam a sua importância atribuindo a estas actividades potencialidades e alguns constrangimentos...

As tecnologias da comunicação e da informação nas brincadeiras das crianças

Veloso, Ana Isabel Barreto Furtado Franco de Albuquerque
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
45.69%
Esta tese como objectivos: apresentar uma metodologia construída para dinamizar a participação activa das crianças, entre os 8 e os 10 anos, na concepção e prototipagem de artefactos lúdicos digitais; e construir artefactos lúdicos digitais com a participação activa destas crianças, de acordo com a metodologia proposta. A metodologia proposta, intitulada design de ludicidade digital (DLD), foi construída a partir de outras metodologias já existentes, nomeadamente, na investigação desenvolvida por Allison Druin sobre a participação de crianças, no design de tecnologias para crianças, e, na investigação desenvolvida por Conceição Lopes sobre o fenómeno humano da ludicidade - brincar social espontâneo – realizada no âmbito da pragmática da comunicação e ludicidade. A metodologia de investigação apresentada utiliza estratégias para induzir a manifestação da ludicidade das crianças e a sua participação activa no DLD. Assim, possibilita uma conceptualização e prototipagem inovadora, que promove uma relação e interacção alternativas, àquelas, habitualmente estabelecidas pelas crianças com a tecnologia. Deste modo, cada criança relaciona-se e interage ludicamente com a tecnologia durante o jogar e o brincar. E...

Aprendizagem ao ar livre: o ensino da física e da química no 3º ciclo e a formação do indivíduo através do projeto "Escola na natureza"

Gomes, Raquel das Chagas Franco de Abreu
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
96.08%
Este relatório apresenta uma descrição detalhada do percurso académico e da experiência profissional da autora, ao longo de doze anos, enquanto docente de Física e de Química. Descreve-se a prática letiva desenvolvida, atividades e projetos dinamizados, cargos desempenhados e a formação realizada. Procede-se, ainda, ao desenvolvimento de um tema relacionado com o papel assumido pelo professor na dinamização de um ambiente de aprendizagem saudável e proveitoso. Recorre-se à experiência obtida através da participação no projecto “Escola na natureza” para estudar a influência da Aprendizagem ao Ar Livre no ensino da Física e da Química e na formação do indivíduo. A autora defende que esta pedagogia permite, devido às suas potencialidades, compreender melhor o conhecimento científico, valorizar o ambiente natural e promover o trabalho cooperativo. No âmbito do desenvolvimento global da personalidade, a autora defende que os alunos se tornam mais empenhados, solidários e respeitadores dos outros e das suas ideias; ### Abstract: Outdoor Education: The Teaching of Physics and Chemistry in the 7th, 8th, 9th grades and Identity Shaping through the "School in Nature" Project This report presents a detailed description of the academic and professional experience of the author during twelve years as a Physics and Chemistry teacher. She describes her teaching experience...

O ecossistema urbano: contribuição da horta pedagógica para o seu reconhecimento e valorização

Vieira, Isabel Maria da Cunha
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
35.89%
Introdução - Dizem as escrituras sagradas que Deus, depois de ter criado o Homem, o colocou num jardim. Até hoje, contudo, o que o Homem parece fazer é afastar-se cada vez mais do seu ambiente natural para se refugiar em ambientes artificiais cujo desenvolvimento máximo se materializa nas cidades. Por ironia foi precisamente o Homem urbano quem, com mais intensidade, se deu conta das benesses da vida no campo depois de se ter consciencializado da qualidade do ar que respirava, da água que bebia, dos aditivos que ingeria, do stress que vivia,... e do custo que isso representava. Desde aí "salvar a natureza" tem sido o mote mais apregoado e hoje em dia não há sistema político, económico ou social que não tenha em conta a componente ambiental. Pretendemos que (de facto) o mesmo se passe ao nível do sistema educativo e que isso traga, a curto prazo, resultados mais visíveis para a saúde do ambiente em geral e dos biótopos urbanos em particular. Apesar da nossa preocupação (legítima) com a vida que se vive nas cidades -- e não somos só nós que vivemos nela —, o português não é um povo (tipicamente) urbano. É aqui que reside a grande limitação deste trabalho. Quase toda a bibliografia referente ao estudo dos ecossistemas urbanos e seus habitais tem origem anglosaxónica e centra-se em cidades com mais de 100 mil habitantes; a maioria das nossas cidades tem entre 25 e 50 mil habitantes. Embora os ecótopos urbanos das grandes metrópoles sejam semelhantes em todo o globo...

Caracterização do vendedor e do consumidor de churrasquinho de rua no município de Maceió, AL

Andrade, Janaína Freitas de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
35.77%
; O comércio de alimentos por vendedores ambulantes vem crescendo ano após ano em todas as cidades do Brasil, isso se deve principalmente ao desemprego que atinge a população brasileira. Alimentos comercializados por ambulantes têm custo acessível à maioria da população, por isso a procura é grande. Devido à falta de conhecimento os vendedores ambulantes não têm noções de práticas higiênico-sanitárias com os alimentos, tornando-os fontes de toxinfecções alimentares. Um exemplo de alimento de rua que vem crescendo muito no comércio informal de Maceió é o churrasquinho. Os pontos de venda de churrasquinhos vêem atraindo muitos consumidores, onde passam a ser uma opção barata de lazer para essas pessoas. A fiscalização para o controle sanitário dos alimentos vendidos nas ruas é bastante precária devido o número crescente de vendedores ambulantes. Em Maceió-AL, são poucas as informações sobre a qualidade dos alimentos comercializados na rua, por isso, esse trabalho teve como objetivo caracterizar os vendedores e consumidores de churrasquinho de rua, quanto aos hábitos, conhecimentos e percepção de risco da comida de rua e qualidade dos alimentos. Os dados foram coletados em 100 pontos de venda de churrasquinho e com 75 consumidores...

Os espaços de lazer do Colégio Estadual do Paraná : possiveis espaços de aprendizagem para uso da cidade no tempo/espaço de lazer

Fonseca, Fernando Richardi da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 182p. : il., algumas color., tabs., grafs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.11%
Orientadora : Profª. Drª. Simone Rechia; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 31/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Exercício e esporte; Linha de pesquisa: Sociologia do esporte e lazer; Resumo: Esta pesquisa partiu da problemática em torno da possibilidade da ocorrência de experiências no âmbito do lazer na escola, mais especificamente nos seus espaços localizados ao ar livre, ou seja, para além das salas de aula, nos tempos/espaços em que estudantes e demais membros da comunidade escolar não estão inseridos nas aulas formais (intervalos e inter turnos), levando-se em consideração as formas de planejamento e organização desses espaços. Foi adotada a pesquisa qualitativa. Para contemplar os objetivos da pesquisa foram adotadas quatro etapas: (1) Mapeamento dos espaços ao ar livre; (2) Pesquisa em documentos atuais e históricos, visando a identificação do planejamento e da organização dos espaços; (3) Identificação, observação visual e descrição dos espaços ao ar livre e das formas de uso e apropriação destes espaços por membros da comunidade escolar, localizando possibilidades e experiências no âmbito do lazer; e (4) Entrevistas semiestruturadas com a equipe diretiva...

Diseño, implementación y evaluación de un programa de actividades en la naturaleza para promover la responsabilidad personal y social en alumnos de formación profesional; Desing, implementation and assessment of an outdoor activities programme to promote personal and social responsibility in professional training students; Concepção, implementação e avaliação de um programa de actividades na natureza para promover a responsabilidade pessoal e social em alunos de formação profissional

Caballero Blanco, Pablo
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.73%
El propósito del estudio fue evaluar los cambios producidos en relación a la responsabilidad personal y social, tras el diseño e implementación de un programa de actividades en la naturaleza (basado en el modelo de responsabilidad de Hellison y en la pedagogía de la aventura), en alumnado del ciclo formativo en conducción de actividades físico-deportivas en el medio natural. Se utilizó de forma complementaria el diseño cuasiexperimental (analizando los cambios en la responsabilidad personal y social de un grupo experimental de 21 alumnos/as y un grupo control de 22 alumnos/as) y el estudio de casos (evaluando la percepción sobre el aprendizaje del alumnado y profesorado del grupo experimental). El programa se implementó durante 5 meses, 15 horas/semana, por tres profesores/as, en tres módulos profesionales diferentes. Los instrumentos empleados fueron: el cuestionario de responsabilidad personal y social (que se aplicó antes y después de la intervención), y la entrevista individual semiestructurada, (que se empleó tras la intervención). Al cuestionario se le aplicó un análisis estadístico descriptivo y posteriormente la generalización de estimación de ecuaciones. Mientras que las entrevistas se analizaron siguiendo el análisis sociológico de sistemas de discursos. Los resultados obtenidos en el cuestionario muestran efectos positivos sobre la responsablidad personal y social en los alumnos del grupo experimental. Estos resultados coinciden con la percepción del alumnado y profesorado del grupo experimental...

Formação contínua de professores do 1º ciclo do ensino básico: caracterização de um modelo na área da expressão e educação físico motora

Coelho, Maria Manuel Pimentel de Castro
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
55.93%
Introdução - A última reforma do Sistema Educativo em Portugal, pela definição e adopção de um novo programa de Expressão e Educação Físico Motora (EEFM) para o 1° Ciclo do Ensino Básico (1° CEB), veio consagrar ao nível político e social a importância desta área no percurso de desenvolvimento dos alunos. Com optimismo, encarámos esta medida como o abandonar de uma postura na qual a formação motora era entendida como acessória, relegada para segundo plano, secundarizada quando comparada com outros domínios do desenvolvimento da criança na escola, nomeadamente o ler, escrever e contar (LEC). Por outro lado, a Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.° 46/86, de 14 de Outubro) estabelece no seu artigo 7° alínea c), como um dos objectivos do ensino básico, "proporcionar o desenvolvimento físico e motor do aluno". Também no seu artigo 8°, 1, a), reconhece o papel insubstituível do professor do 1° Ciclo do Ensino Básico (CEB) como responsável por implementar este objectivo, referindo que `o 1° Ciclo é globalizante, da responsabilidade de um professor único, que pode ser coadjuvado em áreas especializadas". A EEFM está pois institucionalmente estabelecida e curricularmente contemplada no 1° CEB, esperando-se a implementação desta área curricular. No entanto a experiência mostra-nos que...

Os Espaços de Lazer do Colégio Estadual do Paraná: Possíveis Espaços de Aprendizagem para o Uso da Cidade no Tempo/Espaço de Lazer

Fonseca, Fernando Richardi da
Fonte: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer Publicador: LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.11%
Esta pesquisa partiu da problemática em torno do lazer na escola, mais especificamente nos seus espaços localizados ao ar livre, ou seja, para além das salas de aula, nos tempos/espaços em que estudantes e demais membros da comunidade escolar não estão inseridos nas aulas formais (intervalos e inter turnos), levando-se em consideração as formas de planejamento e organização desses espaços. Para contemplar os objetivos da pesquisa foram adotadas quatro etapas: (1) Mapeamento dos espaços ao ar livre; (2) Pesquisa em documentos atuais e históricos, visando a identificação do planejamento e da organização dos espaços; (3) Identificação, observação visual e descrição dos espaços ao ar livre e das formas de uso e apropriação destes espaços por membros da comunidade escolar, localizando possibilidades e  experiências no âmbito do lazer; e (4) Entrevistas semiestruturadas com a equipe diretiva, professores, funcionários e estudantes, visando identificar as formas de compreensão dos espaços ao ar livre e da relação entre o fenômeno do lazer e o âmbito escolar. Por meio de uma triangulação entre as informações obtidas, foram identificadas e analisadas qualitativamente convergências e divergências. Os resultados desta pesquisa demonstraram que...