Página 1 dos resultados de 334 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando a análise de regressão em painel; Explaining voluntary environmental disclosure in Brazil using panel regression analysis; Explicaciones para la divulgación voluntaria de información ambiental en Brasil con el uso del análisis de datos de panel

Rover, Suliani; Tomazzia, Eduardo Cardeal; Murcia, Fernando Dal-Ri; Borba, José Alonso
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.35%
O objetivo no estudo aqui apresentado foi identificar os fatores que determinam a divulgação voluntária ambiental pelas empresas brasileiras potencialmente poluidoras. Para tanto, foram analisa- das as Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFPs) e os Relató- rios de Sustentabilidade (RS) do período de 2005 a 2007 das empresas abertas com ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e pertencentes a setores de alto impacto ambiental, que compreendem extração e tratamento de minerais; metalúrgico; químico; papel e celulose; indústria de couros e peles; transporte, terminais, depósitos e comércio (de combustíveis, derivados de petróleo e produtos químicos). Com o intuito de explicar a evidenciação ambiental divulgada pelas empresas investigadas, foram formuladas sete hipóteses testadas a partir de instrumentos de análise estatística. Essas hipóteses referem-se a fatores individuais das empresas, que englobam tamanho, rentabilidade, endividamento, empresa de auditoria, sustentabilidade, internacionalização e publicação do RS. Os resultados mostram que, nos três anos analisados, as 57 empresas que compõem a amostra do estudo evidenciaram um total de 6.182 sentenças ambientais, 73% delas divulgadas nos RS e 27% nas DFPs. A análise de regressão em painel demonstrou que as variáveis tamanho da empresa...

A relação entre divulgação ambiental, desempenho ambiental e desempenho econômico nas empresas brasileiras de capital aberto: uma pesquisa utilizando equações simultâneas; The relation among environmental disclosure, environmental performance, and economic performance in Brazilian Public Companies: a study using simultaneous equations

Farias, Kelly Teixeira Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
As empresas têm crescentemente incluído em suas estratégias de negócios a responsabilidade ambiental em resposta às demandas sociais de conservação dos recursos naturais e às exigências dos diversos stakeholders para garantir sua legitimidade e permanecer no mercado. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo investigar a inter-relação entre a divulgação ambiental, o desempenho ambiental e o desempenho econômico das empresas brasileiras de capital aberto. A pesquisa fundamentou-se na Teoria da Legitimidade e na Teoria da Divulgação, no que tange a divulgação de informações como uma resposta a pressões sociais e as necessidades dos stakeholders. Foram pesquisadas 87 empresas, que possuem ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). O problema foi investigado pela hipótese que a divulgação ambiental, o desempenho ambiental e o desempenho econômico mantêm uma inter-relação positiva e linear entre si, observadas algumas características das empresas, o que culminou com adoção de um modelo de equações simultâneas. Os resultados do modelo sugerem que não há inter-relação significante entre as variáveis, de acordo com as características da amostra e dos indicadores utilizados, pois se observou que a divulgação ambiental é influenciada pelo desempenho ambiental...

Disclosure socioambiental e custo de capital próprio de companhias abertas no Brasil; Social and environmental disclosure and cost of equity capital of public companies in Brazil

Rover, Suliani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.69%
O objetivo do trabalho é investigar a relação entre o disclosure voluntário socioambiental e o custo de capital próprio de companhias abertas no Brasil. Com base na Teoria da Divulgação Voluntária, espera-se uma relação negativa entre o disclosure socioambiental e o custo de capital próprio. Para tanto, selecionou-se as 91 empresas que compõem o Índice Brasil (IBrX), consideradas como as mais negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). A pesquisa é composta por dois períodos de análise. O primeiro compreende os anos de 2001 a 2010 e foi utilizado na análise para verificar a relação entre a publicação do Relatório de Sustentabilidade e o custo de capital próprio, enquanto o segundo período, de 2008 a 2010, se constitui na base de análise para examinar a relação entre o disclosure socioambiental e o custo de capital próprio. A métrica de disclosure voluntário socioambiental foi elaborada a partir de 20 pesquisas, na qual resultou em 80 subcategorias, sendo 40 referentes à divulgação social e 40 relacionadas ao meio ambiente. Por meio da análise de conteúdo de 272 Demonstrações Financeiras e de 178 Relatórios de Sustentabilidade, mensurou-se o nível de disclosure socioambiental das empresas. O custo de capital próprio foi estimado por uma abordagem ex ante mediante a utilização dos modelos de Claus e Thomas (2001)...

Environmental disclosure: from the accounting to the report perspective

Carreira, Francisco; Damião, Ana; Abreu, Rute; David, Fátima
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.55%
Comunicação apresentada em 16th International Conference on Enterprise Information Systems (ICEIS 2014); Paper #: 301; 27-30 April 2014, Lisbon, Portugal; This paper focus on the environmental disclosure (ED) promoted by firms, due to the strong demand for information and identification of the relevant data that pursuit the new legal requirements. The methodology is separate, by one side, on the theoretical framework based on the disclosure of environmental information (EI) and the true and fair view based on the accounting perspective. Indeed, the paper provides an understanding of the Patten (2002), Clarkson et al. (2008) and Monteiro (2007) researches. And, by the other side, the empirical analysis, at longitudinal and exploratory level, measures the degree of disclosure of the environmental information based on the report perspective. The authors present an Environmental Disclosure Index (EDI) and discuss the increase of the environmental reporting (ER) over the time and disclosure level of items published in the firms’ annual reports listed on the Lisbon Euronext Stock Market, during the period of 2007-2009.

Relação entre disclosure socioambiental e captação dos fundos de investimentos socioambientais dos bancos brasileiros; Relationship between environmental disclosure and funding of environmental investment funds of brasilian banks

Vieira, Lucas Cúrcio
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia; Ciências Contábeis (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia; Ciências Contábeis (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
46.52%
Os bancos possuem responsabilidades pelo desenvolvimento sustentável e pelo meio ambiente, (HOPFENBECK, 1993; WBCSD, 1997; JEUCKEN, BOUMA, 1999) sendo responsáveis pela alocação de recursos para investimentos ambientalmente corretos, além de realizar investimentos, os próprios bancos, na sociedade, de forma a promover o desenvolvimento sustentável (THOMPSON, 1998; LUNDGREN e CATASÚS, 2000; PRATT e ROJAS, 2001; LINS e WAJNBERG, 2007). Uma das formas de canalizar os investimentos em projetos socialmente equitativos e ambientalmente justos é através dos investimentos socialmente responsáveis (SRI) em fundos de investimentos socioambientais (MARQUES, 2009; FAVARETTO, 2013; PRI INITIATIVE, 2014). Oque justifica a evidenciação dessas informações através dos meios de comunicação para seus stakeholders, em busca de assegurar a legitimidade de suas operações (GRAY et al, 1996; WILMSHURST & FROST 2000; NOSSA, 2002) e melhorar sua imagem corporativa (PAIVA, 2010; WAJNBERG e LINS, 2007; FILHO, 2008; MACHADO, 2009). Neste processo esta pesquisa teve o objetivo de analisar a relação entre a captação dos fundos de investimentos socioambientais com o nível de evidenciação socioambiental dos bancos no Brasil no período de 2010 há 2012...

Regulamentar faz diferença? O caso da evidenciação ambiental; Can regulation make a difference? The case of environmental disclosure

RIBEIRO, Alex Mussoi; BELLEN, Hans Michael Van; CARVALHO, Luiz Nelson Guedes de
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
Baseado na discussão entre tornar o disclosure ambiental obrigatório ou não, o objetivo desta pesquisa foi verificar se as práticas de evidenciação ambiental das companhias analisadas reagem aos distintos estímulos regulatórios de seus países de origem. A resposta desta pergunta é útil no sentido de determinar a eficácia da introdução de mecanismos regulatórios nas práticas de evidenciação ambiental. Uma vez que o disclosure ambiental é, predominantemente, voluntário as companhias podem simplesmente suplantar a regulação, tornando-a sem sentido. Para o desenho metodológico, optou-se por uma abordagem descritiva de cunho predominantemente quantitativo. A amostra foi selecionada de empresas do setor de petróleo e gás natural de quatro países com similaridades culturais: os Estados Unidos, o Canadá, a Inglaterra e a Austrália. Os dados analisados foram coletados nos relatórios anuais no ano de 2007. Para classificar os dados ambientais utilizou-se uma escala adaptada de dois trabalhos consagrados no meio da evidenciação ambiental, o estudo de Clarkson et al. (2008) e o de Wiseman (1982). O teste estatístico (teste H) comprovou que existem diferenças significativas entre os níveis de evidenciação ambiental das companhias da amostra pertencentes aos países mais regulados em comparação com os menos regulados e essas diferenças só foram significativas nos itens de divulgação obrigatória...

Disclosure ambiental: uma análise do conteúdo dos relatórios ambientais de empresas do setor de papel e celulose em nível internacional ; Environmental disclosure: an analysis of the content of the companies´environmental reports of the pulp and paper industry in international level

Nossa, Valcemiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.72%
Análise do conteúdo dos relatórios ambientais de empresas do setor de papel e celulose em nível internacional. Objetiva esta pesquisa investigar, com base nas práticas correntes de relatórios anuais e ambientais, como está o nível de disclosure de informações ambientais apresentado pelas empresas do setor de papel e celulose. Apresentam-se na revisão da literatura os principais aspectos relacionados à contabilidade e ao disclosure ambiental, as regulamentações e diretrizes sobre relatórios ambientais, bem como um sumário de várias pesquisas realizadas sobre disclosure e relatório ambiental. São realizadas análises do conteúdo dos relatórios de 42 das 50 maiores empresas, por vendas, do setor de papel e celulose em nível mundial, assim como de oito das dez maiores empresas brasileiras desse setor. Os achados sustentam a tese de que o disclosure de informações ambientais apresentado pelas empresas do setor de papel e celulose diverge entre as companhias com relação ao tamanho da empresa, ao país de localização e ao tipo de relatório (financeiro ou específico), mostrando-se ainda incipiente e frágil em relação ao nível de confiabilidade e comparabilidade das informações. Conclui-se também que: a) a maioria das informações ambientais das empresas desse setor é evidenciada nos relatórios ambientais específicos...

Does environmental reporting reflect environmental performance?

He, C.; Loftus, J.
Fonte: Emerald Publicador: Emerald
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.65%
Purpose: – The purpose of this study is to evaluate the environmental disclosure practices of firms engaged in environmentally sensitive industries by examining their association with environmental performance. Design/methodology/approach: – The study tests for associations between environmental performance and the level and nature of environmental disclosures by listed Chinese firms operating in industries that have been identified by a regulator as environmentally sensitive. The level of environmental disclosure is measured using a disclosure index based on the global reporting initiative. The nature of environmental disclosure is measured as the ratio of hard to total disclosure items. Findings: – Firms with more favourable environmental performance provide a higher level of environmental disclosure and include a greater proportion of hard disclosure items. However, the overall level of disclosure is lower than that observed in developed countries. Research limitations/implications: – Due to data constraints, the proxy for environmental performance is based on the receipt and maintenance of environmental titles and awards and does not capture variation in the level of environmental performance of firms with no titles or awards. Practical implications: – As China continues to embrace market-based economic reform...

Determinantes da divulgação ambiental em companhias abertas holandesas; Environmental disclosure determinants in dutch listed companies

Burgwal, Dion van de; Vieira, Rui José Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.6%
Estudos anteriores relataram resultados variados sobre a relação entre a divulgação ambiental empresarial e o desempenho ambiental. O objetivo deste artigo é identificar variáveis que têm impacto significativo no nível das práticas de divulgação ambiental adotadas por companhias abertas holandesas. Para testar o nível de divulgação ambiental, utiliza-se um quadro de análise de conteúdo. Esse quadro, baseado nas diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade do Global Reporting Initiative, foi desenvolvido por Clarkson, Li, Richardson, e Vasvari (2008) em colaboração com um especialista em divulgação ambiental. Este estudo é um dos primeiros a aplicar esse quadro abrangente, que pode ser útil para aqueles usuários que visam avaliar a verdadeira exposição ambiental de uma empresa. Além disso, não foram encontrados, na literatura, estudos que investigassem variáveis com impacto significativo nas práticas de divulgação das empresas holandesas. As informações ambientais referentes ao ano de 2008 foram coletadas de uma mostra de 28 companhias abertas holandesas, representando 90% da capitalização total do mercado na bolsa de valores holandesa e as variáveis selecionadas, que possivelmente afetam o nível /hyhde divulgação ambiental...

Regulamentar faz diferença? O caso da evidenciação ambiental; Can regulation make a difference? The case of environmental disclosure

Ribeiro, Alex Mussoi; Bellen, Hans Michael Van; Carvalho, Luiz Nelson Guedes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
Baseado na discussão entre tornar o disclosure ambiental obrigatório ou não, o objetivo desta pesquisa foi verificar se as práticas de evidenciação ambiental das companhias analisadas reagem aos distintos estímulos regulatórios de seus países de origem. A resposta desta pergunta é útil no sentido de determinar a eficácia da introdução de mecanismos regulatórios nas práticas de evidenciação ambiental. Uma vez que o disclosure ambiental é, predominantemente, voluntário as companhias podem simplesmente suplantar a regulação, tornando-a sem sentido. Para o desenho metodológico, optou-se por uma abordagem descritiva de cunho predominantemente quantitativo. A amostra foi selecionada de empresas do setor de petróleo e gás natural de quatro países com similaridades culturais: os Estados Unidos, o Canadá, a Inglaterra e a Austrália. Os dados analisados foram coletados nos relatórios anuais no ano de 2007. Para classificar os dados ambientais utilizou-se uma escala adaptada de dois trabalhos consagrados no meio da evidenciação ambiental, o estudo de Clarkson et al. (2008) e o de Wiseman (1982). O teste estatístico (teste H) comprovou que existem diferenças significativas entre os níveis de evidenciação ambiental das companhias da amostra pertencentes aos países mais regulados em comparação com os menos regulados e essas diferenças só foram significativas nos itens de divulgação obrigatória...

Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando a análise de regressão em painel; Explicaciones para la divulgación voluntaria de información ambiental en Brasil con el uso del análisis de datos de panel; Explaining voluntary environmental disclosure in Brazil using panel regression analysis

Rover, Suliani; Tomazzia, Eduardo Cardeal; Murcia, Fernando Dal-Ri; Borba, José Alonso
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.58%
El objetivo en este trabajo fue identificar los factores que determinan la divulgación voluntaria de información acerca del medioambiente por parte de las empresas brasileñas potencialmente contaminantes. Para ello, se analizaron los informes o estados financieros y los informes de sostenibilidad, del período de 2005 a 2007, de empresas que cotizan en la Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) y que pertenecen a sectores de alto impacto ambiental, que incluyen: minería; metalurgia; química; celulosa y papel; cuero; transporte, terminales, almacenes y comercio (de combustibles, petróleo y productos químicos). Para explicar la divulgación voluntaria de información ambiental por las empresas investigadas, siete hipótesis fueron formuladas y probadas por medio de análisis estadístico. Las hipótesis se refieren a factores individuales de las empresas relacionados con el tamaño, rentabilidad, endeudamiento, empresa de auditoría, sostenibilidad, internacionalización y publicación del informe financiero. Los resultados muestran que, durante los tres años estudiados, las 57 empresas que componen la muestra divulgaron un total de 6.182 fallos ambientales, de los que el 73% en los informes de sostenibilidad y el 27% en los estados financieros. El análisis de regresión de datos de panel demostró que las variables tamaño de la empresa...

ENVIRONMENTAL DISCLOSURE: DOES REGULATION SOLVE THE LACK OF COMPARABILITY AND OBJECTIVITY?; EVIDENCIAÇÃO AMBIENTAL: REGULAMENTAR É A SOLUÇÃO PARA FALTA DE COMPARABILIDADE E OBJETIVIDADE?

Ribeiro, Alex M.; Carmo, Carlos H. S.; Carvalho, Luiz Nelson G. de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 10/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
The main aim in this research was to investigate the impact of regulation on environmental disclosure (ED). Lack of objectivity and comparability have been indicated in earlier studies as the main limitations of companies’ ED and understanding how regulation can influence these limitations is fundamental for the advancement of discussions about the need to regulate these practices or not. Environmental information was analyzed in the annual reports for the year 2007 of 120 companies of equivalent size, from the oil and natural gas sector, in four countries with cultural similarities: the United States, Canada, England and Australia. To classify the data, a scale was used that was adapted from two studies on environmental disclosure, the study by Clarkson et al (2008) and by Wiseman (1982). To analyze the regulatory differences, existing studies were used in which this survey was previously undertaken. The results showed that, in countless with more extensive and specific regulatory mechanisms with greater enforcement power, environmental disclosure practices are more objective and comparable, that is, regulation can be one of the solutions to improve companies’ environmental disclosure.; O objetivo principal desta pesquisa foi investigar o impacto da regulação sobre a evidenciação ambiental (EA). A falta de objetividade e de comparabilidade têm tem sido apontadas apontado em pesquisas anteriores como as principais limitações da EA das empresas. E e entender como a regulação pode impactar tais limitações é primordial para o avanço das discussões sobre a necessidade de regulamentar ou não tais práticas. Foram analisadas informações ambientais dispostas nos relatórios anuais do ano de 2007 de 120 empresas de tamanho equivalente...

EVIDENCIAÇÃO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS: PROPOSTA DE UM INDICADOR A PARTIR DA PERCEPÇÃO DE ESPECIALISTAS; ENVIRONMENTAL INFORMATION DISCLOSURE: A PROPOSED INDICATOR BASED ON EXPERTS’ PERCEPTIONS

Bachmann, Ramon K. B.; Carneiro, Leandro M.; Espejo, Márcia M. S. B.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 10/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.68%
O artigo tem por objetivo elencar atributos ambientais, conforme o grau de importância de disclosure, para composição de um indicador genuinamente brasileiro que avalie qualidade de evidenciação de informações ambientais. Selecionaram-se especialistas da área “contabilidade ambiental/sustentabilidade” e atributos de evidenciação ambiental subsidiados por estudos nacionais e internacionais. Por meio de rodadas Delphi, os especialistas delinearam o rol de atributos mais relevantes para a composição do indicador. O Indicador de Disclosure Ambiental – IDA é composto por dez atributos que combinam praticidade e representatividade da qualidade de evidenciação de informações ambientais. Os resultados revelaram alto grau de importância e, portanto, maior peso para atributos qualitativos, como “Impactos Ambientais de Produtos e Processos” e “Informações sobre Resíduos”. A contribuição do estudo consiste em revelar “o que” se deve evidenciar prioritariamente, ou seja, quais são os atributos ambientais essenciais. Contribui para que verifique se a quantidade de informações ambientais evidenciadas pelas companhias tem significado necessariamente qualidade de disclosure. Por fornecer um instrumento para quantificação da qualidade do disclosure ambiental...

OS EFEITOS DO DISCLOSURE AMBIENTAL NEGATIVO INVOLUNTÁRIO: UM ESTUDO DE EVENTO NAS COMPANHIAS BRASILEIRAS COM ALTO ÍNDICE DE POLUIÇÃO; THE EFFECTS OF INVOLUNTARY NEGATIVE ENVIROMENTAL DISCLUSURE: AN EVENT STUDY IN BRAZILIAN COMPANIES WITH A HIGH PULLUTION INDEX

Fernandes, Sheila Mendes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 10/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.41%
O objetivo deste trabalho foi identificar a influência do disclosure ambiental negativo involuntário no retorno anormal dos setores com alto índice de poluição: Exploração, Refino, Minerais Metálicos, Papel e Celulose, e Siderurgia. Para atender ao objetivo proposto, utilizou-se a metodologia de estudo de evento, fundamentada na Hipótese do Mercado Eficiente. A amostra selecionada perfaz 29 eventos, contemplando o período de 2007 a 2012. Utilizou-se a estatística t de variâncias diferentes, bem como o teste de Wilcoxon para variáveis pareadas no intuito de detectar se a volatilidade do preço das ações antes do evento é estatisticamente diferente do preço das ações após a ocorrência do evento. Os resultados demonstraram que a divulgação dos impactos ambientais influenciou negativamente o preço e o retorno das ações, evidenciando a forma semiforte do mercado acionário brasileiro, ou seja, as informações publicamente disponíveis influencia de forma rápida e precisa no preço das ações. Observou-se também a reação negativa dos investidores até o terceiro dia após o evento para os setores de siderurgia e papel e celulose, e até o quarto dia após o evento para os setores de minerais metálicos, e exploração e refino. A partir desse período...

Evidenciação ambiental: uma comparação do nível de evidenciação entre os relatórios de empresas brasileiras; Environmental disclosure: a comparison between the level of disclosure reports of brazilian companies

Mussoi, Alex; Van Bellen, Hans Michael
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.5%
Com o agravamento da crise ambiental e a ascensão do mercado "verde", a informação ambiental passou a ocupar um lugar de destaque na mídia coorporativa. Gray e Bebbington (2001) afirmam que a performance ambiental refletida nos relatórios empresariais passou a ser um direcionador de investimentos e as empresas que falharem em identificar isso serão penalizadas de maneira econômica e social. Tendo em vista o rumo crescente da evidenciação de informações ambientais, o objetivo principal deste trabalho é identificar em três tipos diferentes de relatórios empresariais, o relatório anual (RA), o formulário 20F (20F) e o relatório sócio-ambiental (RSA), quais os tipos de informações ambientais apresentam maior evidenciação, em que nível cada relatório as divulga e qual é o relatório preferido de cada empresa para mostrar suas informações ambientais. O método utilizado foi, predominantemente, quantitativo de cunho descritivo. A amostra selecionada foi de empresas brasileiras que negociam papéis nos mercados brasileiro e dos Estados Unidos. A classificação escolhida para os dados foi adaptada dos trabalhos de Clarkson et al (2008) e Wiseman (1982), com ênfase nos preceitos do Global Reporting Initiative (GRI). Os resultados encontrados comprovam que existem diferenças significativas na quantidade e na qualidade das informações ambientais evidenciadas em cada tipo de relatório. O relatório mais completo e com informações mais relevantes é o relatório sócio-ambiental...

Environmental and Social Disclosure: Analysis of Scientific Research Publish on English Language Journals Between; Disclosure Social e Ambiental: Análise das Pesquisas Científicas Veiculadas em Periódicos de Língua Inglesa

do Nascimento, Artur Roberto; dos Santos, Ariovaldo; Salotti, Bruno; Dal-Ri Múrcia, Fernando
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.57%
The demands related to the social and environmental concerns of companies have been prompting an increase in research in the area of social and environmental accounting, specifically into questions involving disclosure. In this respect, this article seeks to identify and describe recent research into social and environmental disclosure. To do this, we carried out a review of the relevant English language literature covering the period from 1997 to 2007. The paper is descriptive in nature, with the use of content analysis. The procedures consisted of (i) a bibliometric review; and (ii) analysis of social networks. The main results indicate: (i) the most studied theme is the environment; (ii) the main periodicals are Accounting, Auditing and Accountability Journal, Critical Perspective on Accounting, Accounting, Organisations and Society and British Accounting Review; (iii) the main methodology is analysis of documents; (iv) the main research centers are located in the United Kingdom, Australia, United State, Canada and New Zealand; and (v) the most prolific authors are Dennis Patten, Carol Adams, Nola Buhr and Rob Gray. In the analysis of social networks, we found that the authors with the greatest centrality are Rob Gray, David Power and Clare Roberts...

Evidenciação de Informações Ambientais pela Contabilidade: um Estudo Comparativo entre as Normas Internacionais (ISAR/UNCTAD), Norte Americanas e Brasileiras; Evidenciação de Informações Ambientais pela Contabilidade: um Estudo Comparativo entre as Normas Internacionais (ISAR/UNCTAD), Norte Americanas e Brasileiras

Lindstaed, Ângela Rozane de Souza; Ott, Ernani
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.63%
Este estudo investiga os aspectos convergentes e divergentes entre as normas e recomendações de evidenciação de informações de natureza ambiental emitidas no âmbito norte-americano e brasileiro, em relação ao modelo de disclosure ambiental proposto internacionalmente pelo ISAR/UNCTAD. Este modelo foi tomado como parâmetro, tendo em vista a amplitude do detalhamento de suas recomendações de disclosure ambiental nas demonstrações contábeis, nas notas explicativas, em relatório ambiental e das evidenciações específicas nos relatórios da presidência, administração e financeiro/operacional. Para atingir o objetivo proposto, buscou-se o aprofundamento do conhecimento sobre as normas e recomendações de disclosure ambiental nos três âmbitos, procedendo-se, então, a uma análise comparativa, com abordagem descritiva. Os resultados indicam que as normas norteamericanas emitidas pela SEC, FASB e AICPA, apresentam uma exigência de disclosure nos relatórios anuais limitada à divulgação de informações sobre fatos que possam impactar na situação econômico-financeira das companhias, tendo como foco principal à proteção do investidor. Não contemplam, todavia, informações mais abrangentes relativas à sustentabilidade ambiental empresarial...

Environmental Disclosure: Contributions of the Multi-Criteria Methodology in the Identification of Financial Aspects for Environmental Management; Evidenciação Ambiental (EA): Contribuição da Metodologia Multicritério para Identificação dos Aspectos Financeiros para a Gestão Ambiental

da Rosa, Fabrícia Silva; UFSC; de Sousa Ferreira, Araceli Cristina; UFRJ; Rolim Ensslin, Sandra; UFSC; Ensslin, Leonardo; UFSC
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Teórica-Empírica; Formato: application/pdf
Publicado em 18/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
Situated in the context of environmental disclosure, the present paper aims at building a multi-criteria model for disclosure of financial aspects. This is an exploratory-descriptive study that employs a qualitative approach at the stage of model structuring. The Multi-Criteria Decision Aiding – Constructivist (MCDA-C) was the tool selected to guide the process of building the model. This is because this tool allows representing the perception of a member of the academic community in the model and interpreting the following guidelines for environmental disclosure: Intergovernmental Working Group of Experts on International Standards of Accounting and Reporting – United Nations (ISAR/UNCTDA); The Institute of Independent Auditors of Brazil (IBRACON); Brazilian Accounting Standards (NBCT-15). The developed model made it possible: (i) to identify the twenty seven financial aspects that constitute the environmental management model; (ii) to present a measurement proposal of these aspects by using an ordinal scale; and (iii) to demonstrate how to conduct the internal management of these disclosure aspects. Thus, the multi-criteria model proposed in this study can assist environmental disclosure because it advances a perspective that differs from other models found in the literature.; No contexto da gestão da Evidenciação Ambiental (EA)...

Environmental Disclosure Evaluation Hotels (EDEH): Una propuesta de indicadores y un informe de sustentabilidad basada en el Global Reporting Initiative para empresas hoteleras

Silva da Rosa,Fabricia; Lunkes,Rogério João
Fonte: Estudios y perspectivas en turismo Publicador: Estudios y perspectivas en turismo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
El sector hotelero es una actividad fundamental para el turismo mundial, a pesar de que el desarrollo de sus actividades genera impactos ambientales. Se considera, entonces, a la gestión de la información ambiental como una actividad compleja que demanda la evaluación del desempeño, y se tiene como objetivo proponer un modelo de evaluación y medidas de planificación y control del desempeño ambiental. Para alcanzar este objetivo se construyó el modelo EDEH, que propone el plan de control para los indicadores ambientales y una rutina para elaborar el informe de sustentabilidad. El modelo y los procesos son aplicados a través de un estudio de caso en el NH Hoteles y permite identificar, medir, gestionar y controlar los aspectos e impactos ambientales específicos del sector. Para futuras investigaciones se sugiere aplicar el modelo en hoteles de distinto tamaño, localización y aspectos gerenciales con el fin de promover comparaciones que permitan inferir la influencia de esas variables sobre el desempeño del environmental disclosure.

Why do shareholders' require corporate environmental disclosure?

de Villiers,Charl; van Staden,Chris
Fonte: South African Journal of Economic and Management Sciences Publicador: South African Journal of Economic and Management Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.53%
We do a survey of individual shareholders' corporate environmental disclosure needs. We find that South African individual shareholders require companies to disclose the following specific environmental information: environmental risks and impacts, environmental policy, measurable environmental targets, performance against targets, environmental costs disclosed separately, and an independent environmental audit report. Respondents prefer this information in a separate section of the annual report and on company websites. Individual shareholders want such disclosure to be prescribed by law and/or stock exchange rules. The most popular reason why they want environmental information disclosed is to hold companies accountable for their environmental stewardship. A high percentage of individual shareholders also indicate that they want disclosure because they are concerned about climate change. These findings imply that legislators and standard setters may have to consider changing disclosure laws and standards.