Página 1 dos resultados de 281 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Condutas adotadas por técnicos de enfermagem após ocorrência de erros de medicação; Conducts adopted by nursing technicians after the occurrence of medication errors; Conductas adoptadas por técnicos de enfermería después de ocurrir errores de medicación

SANTOS, Jânia Oliveira; SILVA, Ana Elisa Bauer de Camargo; MUNARI, Denize Bouttelet; MIASSO, Adriana Inocenti
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
126.28%
OBJETIVO: Identificar e analisar as condutas adotadas por técnicos de enfermagem após a ocorrência de erros de medicação. MÉTODOS: Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com 23 técnicos de enfermagem de um hospital de ensino de Goiânia-GO. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas gravadas e analisadas segundo os pressupostos de Bardin. RESULTADOS: Os resultados evidenciaram duas categorias: tomando condutas relacionadas à comunicação do erro (ao médico, à enfermeira, registrando no prontuário e não comunicando o erro) e adotando condutas direcionadas ao paciente (observação do paciente, monitorização e minimização das consequências). CONCLUSÃO: Ressalta-se a necessidade de que as instituições de saúde adotem uma cultura de transparência em relação aos erros de medicação, com a criação de políticas e padronizações para notificação, divulgação e fortalecimento de medidas preventivas.; OBJECTIVE: To identify and to analyze the adopted conducts by nursing technicians after the occurrence of medication errors. METHODS: Is a descriptive and qualitative study, conducted with 23 nursing technicians, in the University Hospital in Goiania, GO. The data were collected through structured interviews that were recorded and then analyzed according to Bardin concepts. RESULTS: The analysis produced two categories: adopting conducts related to informing the error (to doctors...

Errors in medicine administration - profile of medicines: knowing and preventing; Perfil de medicamentos envolvidos com erros de administração: conhecer para prevenir; Perfil de medicamentos envueltos en errores de administración: conocer para prevenir

REIS, Adriano Max Moreira; MARQUES, Tatiane Cristina; OPITZ, Simone Perufo; SILVA, Ana Elisa Bauer de Camargo; GIMENES, Fernanda Raphael Escobar; TEIXEIRA, Thalyta Cardoso Alux; LIMA, Rhanna Emanuela Fontenele; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116.31%
OBJECTIVES: To describe the pharmacological characteristics of medicines involved in administration errors and determine the frequency of errors with potentially dangerous medicines and low therapeutic index, in clinical units of five teaching hospitals, in Brazil. METHODS: Multicentric study, descriptive and exploratory, using the non-participant observation technique (during the administration of 4958 doses of medicines) and the anatomical therapeutic chemical classification (ATC). RESULTS: Of that total, 1500 administration errors were identified (30.3%). The administration of pharmacological groups - ATC (cardiovascular system, nervous system, alimentary tract and metabolism system and anti-infectives for systemic use) showed a higher frequency of errors. In 13.0% of errors were involved potentially dangerous medicines and in 12.2% medicines with low therapeutic index. CONCLUSION: The knowledge of the pharmacological profile could be an important strategy to be used in the prevention medication errors in health institutions.; OBJETIVOS: Descrever as características farmacológicas dos medicamentos envolvidos em erros de administração e determinar a frequência desses erros com medicamentos potencialmente perigosos e de baixo índice terapêutico em unidades de clínica médica de cinco hospitais de ensino brasileiros. MÉTODOS: Estudo multicêntrico...

Análise de causa raiz: avaliação de erros de medicação em um hospital universitário; Root cause analysis: evaluation of medication errors at a university hospital; Análisis de causa raíz: evaluación de errores de medicación en un hospital universitario

TEIXEIRA, Thalyta Cardoso Alux; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
126.38%
Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar os tipos de erros de medicação observados nas doses de medicamentos que foram preparadas e administradas de forma diferente daquelas prescritas. Estudo descritivo, utilizando o método de análise de causa raiz, que realizou uma análise secundária de dados de um estudo já existente. No estudo, 74 erros de medicação foram identificados, durante o preparo e a administração de medicamentos pela equipe de enfermagem. Erros de dose (24,3%), erros de horário (22,9%) e medicamentos não autorizados (13,5%) foram os mais frequentes. Assim, a análise de causa raiz foi realizada, identificando múltiplos fatores que contribuíram para a ocorrência dos erros, e estratégias e recomendações foram apresentadas para evitá-los.; The objectives of this study were to identify and analyze the types of medication errors observed in doses prepared and administered differently from those prescribed. It is a descriptive study using the root cause analysis method, in which a secondary analysis of data from a previously existing investigation was performed. In the study, 74 medication errors were identified during medication preparation and administration by the nursing staff. Dose errors (24.3%)...

Patient Safety in Drug Therapy and the Influence of the Prescription in Dose Errors; Segurança do paciente na terapêutica medicamentosa e a influência da prescrição médica nos erros de dose; Seguridad del paciente en la terapéutica medicamentosa y la influencia de la prescripción médica en los errores de dosis

GIMENES, Fernanda Raphael Escobar; MOTA, Maria Ludermiller Sabóia; TEIXEIRA, Thalyta Cardoso Alux; SILVA, Ana Elisa Bauer de Camargo; OPITZ, Simone Perufo; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116.29%
The aims of this study were to analyze the redaction of the prescription in dose errors that occurred in general medical units of five Brazilian hospitals and to identify the pharmacological classes involved in these errors. This was a descriptive study that used secondary data obtained from a multicenter study conducted in 2005. The population consisted of 1,425 medication errors and the sample of 215 dose errors. Of these, 44.2% occurred in hospital E. The presence of acronyms and/or abbreviations was verified in 96.3% of prescriptions; absence of the patient registration in 54.4%; absence of posology in 18.1%; and omission of date of 0.9%. With respect to medication type, 16.8% were bronchodilators; 16.3% were analgesics; 12.1%, antihypertensives; and 8.4% were antibiotics. The absence of posology in the prescriptions may facilitate the administration of the wrong dose, resulting in inefficiency of the treatment, compromising the quality of care provided to hospitalized patients.; Os objetivos foram analisar a redação da prescrição médica nos erros de doses, ocorridos em unidades de clínica médica de cinco hospitais brasileiros, e identificar as classes farmacológicas envolvidas nesses erros. Este é estudo descritivo que utilizou dados secundários...

Medications Errors and Health-Related Quality of Life of Nursing Professionals in Intensive Care Units; Erros de medicação e qualidade de vida relacionada à saúde de profissionais de enfermagem em unidades de terapia intensiva; Errores de medicación y calidad de vida relacionada a la salud de profesionales de enfermería en Unidades de Terapia Intensiva

PELLICIOTTI, Josikélem da Silva Sodré; KIMURA, Miako
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116.36%
This study identifies the prevalence of medication errors in ICUs reported by nursing professionals, compares the health-related quality of life (HRQoL) and health status changes of those professionals both involved and not involved with medication errors in ICUs. A total of 94 nursing professionals in three ICUs of a private hospital were studied: 39 (41.5%) nurses and 55 (58.5%) nursing technicians. HRQoL was assessed through the Portuguese version of the SF-36 instrument. Eighteen professionals (19.1%) reported medication errors during the month prior to data collection. The errors were reported in 61.1% of the cases and the most frequent ones were those in the administration phase (67.8%). The professionals who reported medication errors displayed worse health conditions than those who did not report errors.; Este estudo teve como objetivos identificar a prevalência de erros de medicação em unidades de terapia intensiva (UTI), relatados por profissionais de enfermagem, comparar a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) e as alterações no estado de saúde dos profissionais envolvidos e não envolvidos com erros de medicação. Foram pesquisados 94 profissionais de três UTIs de um hospital privado, sendo 39 enfermeiros (41...

"Análise do sistema de medicação de um hospital universitário do estado de Goiás" ; Medication system analysis of an university hospital in the State of Goiás

Silva, Ana Elisa Bauer de Camargo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2003 Português
Relevância na Pesquisa
106.46%
Os erros na medicação podem trazer sérias conseqüências aos pacientes, profissionais e às instituições de saúde; resultando de múltiplas causas, dentre elas: falhas profissionais e do sistema de medicação. O objetivo deste estudo foi identificar e analisar os processos do sistema de medicação, suas falhas e propor medidas de melhorias ao hospital. Realizou-se uma pesquisa quantitativa do tipo survey exploratório, na unidade de clínica médica e na farmácia de um hospital geral e universitário do estado de Goiás, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. A amostra constituiu-se de um farmacêutico na primeira etapa, 40 profissionais na terceira etapa, sendo 12 (30%) médicos-residentes; 20 (50%) profissionais de enfermagem e 8 (20%) profissionais da equipe de farmácia, além da utilização de 294 prontuários. Realizou-se a coleta dos dados em 2002, por meio de entrevista com o responsável pelo sistema de medicação da instituição; de observação não-participante de ambientes e de ações dos profissionais e acadêmicos; de entrevista com profissionais e de análise de prontuários. Consultaram-se todos os profissionais quanto à sua disposição para participar do estudo e, a seguir, solicitou-se a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados obtidos possibilitaram caracterizar os seguintes processos: prescrição de medicamentos realizada manualmente com cópia carbonada...

"A ponta do iceberg: o método de notificação de erros de medicação em um hospital geral privado no município de Campinas-SP" ; The tip of the iceberg: The method which notifies medication errors inside a private hospital in the city of Campinas-SP.

Monzani, Aline Aparecida Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
116.52%
Observações realizadas na prática de enfermagem indicam que erros na administração de medicamentos são passíveis de ocorrer e, de fato ocorrem. Como causas têm-se, entre outras, a sobrecarga de trabalho da equipe de enfermagem, o conhecimento insuficiente sobre os medicamentos, número elevado de medicamentos lançados no mercado anualmente, a qualidade das prescrições médicas, enfim, falhas no sistema de medicação de uma maneira geral. Uma forma de diminuir os erros de medicação é a sua notificação, o que permite o estudo das suas causas, podendo então preveni-los. Desta forma, este estudo foi desenvolvido com os seguintes objetivos: descrever e analisar os erros de medicação notificados em um Hospital Geral Privado no município de Campinas-SP e o relatório de ocorrências utilizado por esta instituição e, propor um relatório de erros de medicação. Trata-se de um estudo descritivo exploratório, retrospectivo e longitudinal, que foi dividido em duas fases: na primeira foi realizada a análise dos erros de medicação ocorridos e na segunda fase a entrevista com os profissionais. Foram analisados 39 erros de medicação no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2005, onde 13 (33,3%) estavam relacionados à administração de medicamento não prescrito e 10 (25...

Análise de causa raiz dos erros de medicação em uma unidade de internação de um hospital universitário; Root cause analysis of medication errors at an inpatient unit of a university hospital

Teixeira, Thalyta Cardoso Alux
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2007 Português
Relevância na Pesquisa
106.46%
O método da análise de causa raiz tem sido utilizado para investigar e analisar erros de medicação, promover a segurança do paciente e implementar o sistema de forma a garantir a qualidade na assistência e, por isso, ele foi utilizado neste estudo. Os objetivos do estudo foram descrever as doses de medicamentos preparadas e administradas diferentemente daquelas prescritas, em uma clínica médica, de um hospital universitário, utilizando o método da análise de causa raiz; apresentar a freqüência dos tipos de erros identificados, dos turnos de ocorrência, dos profissionais e dos medicamentos envolvidos; elaborar um desenho dos fatores causais de cada dose observada e propor estratégias e recomendações que evitem a recorrência desses erros no sistema de medicação. Tratou-se de estudo descritivo e que realizou uma análise secundária de dados de um estudo já existente. No estudo, 74 erros de medicação foram identificados durante o preparo e a administração de medicamentos pela equipe de enfermagem, sendo que 84,3% foram cometidos por auxiliares de enfermagem que prepararam ou administraram os medicamentos. Erros de dose (24,3%), erros de horário (22,9%) e medicamentos não autorizados (13,5%) foram os mais freqüentes. Dos 70 eventos descritos...

Sistema de medicação: análise dos erros nos processos de preparo e administração de medicamentos em um hospital de ensino; Medication system: analysis of errors in preparation and administration processes at a teaching hospital.

Opitz, Simone Perufo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/11/2006 Português
Relevância na Pesquisa
106.49%
Este estudo identificou, analisou e comparou os erros de medicação ocorridos nos processos de preparo e administração de medicamentos, em uma unidade de internação clínica de um hospital público de ensino, pertencente à Rede de Hospitais-Sentinela da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e localizado na cidade de Rio Branco-AC. Trata-se de um estudo observacional e transversal, realizado no período de julho a setembro de 2005. A amostra foi constituída de 1.129 doses de medicamentos. Esta investigação foi desenvolvida em duas fases: na primeira, os dados foram obtidos a partir da observação direta dos processos que compõem o sistema de medicação e de entrevistas com três profissionais: o responsável pelo setor de farmácia, o chefe do serviço médico e a supervisora do serviço de enfermagem. Na segunda fase, foram observados o preparo e a administração de 1.129 doses, e os erros de medicação foram identificados. Os resultados permitiram identificar 404 (35,8%) erros de medicação e um sistema de medicação com 56 ações. Verificou-se que 866 (76,7%) prescrições estavam manuscritas; 126 (11,2%) não continham o nome legível do medicamento; em 267 (23,6%) faltavam as doses; em 107 (9,5%) não constava a via; em 712 (63...

Qualidade de vida relacionada à saúde de profissionais de enfermagem e erros de medicação em unidades de terapia intensiva; Health-related quality of life of nursing professionals and medications erros in intensive care units

Pelliciotti, Josikélem da Silva Sodré
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
106.46%
Este estudo transversal teve como objetivos: caracterizar os erros de medicação relatados por profissionais de enfermagem que atuam em UTI; comparar os dados sócio-demográficos, do trabalho e da qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) dos profissionais envolvidos e não envolvidos com erros de medicação em UTI; verificar se os domínios da QVRS são fatores independentes associados aos erros de medicação em UTI. Foram pesquisados 94 profissionais de enfermagem de três UTIs (duas de adultos e uma pediátrica) de um hospital privado do município de São Paulo, sendo 39 enfermeiros (41,5%) e 55 técnicos de enfermagem (58,5%). Os dados socio-demográficos, do trabalho e os relacionados aos erros de medicação foram registrados em instrumentos próprios. A QVRS foi avaliada com a versão em português do instrumento SF-36. Os profissionais foram comparados em dois grupos, segundo o relato de terem ou não cometido erros de medicação nas quatro semanas anteriores à pesquisa. Regressão logística univariada e múltipla foram utilizadas para análise da relação entre as variáveis. A maioria dos profissionais era do sexo feminino (79,8%), com idade média de 33 anos (dp=6,45), casada ou com companheiro (52,1%). A renda familiar per capita foi de R$ 2.024...

Relato de erros de medicação: perceções dos enfermeiros

Raimundo, Hugo Alexandre Silva; Ribeiro, Olivério Paiva, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.58%
Curso de mestrado em enfermagem médico cirúrgica; TÍTULO DO TRABALHO: Relato de Erros de Medicação: Perceções dos Enfermeiros. ENQUADRAMENTO: Os Erros de Medicação ocorrem em todos os sistemas de saúde de todo o mundo, constituindo um dos mais frequentes eventos adversos no meio hospitalar (19). A deteção e o relato de eventos adversos é crucial para a prevenção do erro em qualquer organização complexa, mas a conduta em presença do erro ocorrido ou potencialmente ocorrido é igualmente crucial. Uma culpabilização e repressão sistemática leva possivelmente a melhoria transitória mas fugaz, não removendo as causas individuais e sobretudo as causas devidas ao sistema, pelo que perpetua o “ciclo do erro”. Atualmente o relato de erros de medicação nos sistemas de saúde é, na maioria das vezes, um ato voluntário, complexo e pouco confidencial e identificam-se múltiplos fatores que impedem o relato do erro. Quando um erro de medicação não é relatado diminui-se drasticamente a possibilidade de evitar no futuro que esse erro volte a acontecer (63). Apesar de diferentes profissões contribuirem para a ocorrência dos Erros de Medicação, os enfermeiros são os profissionais em permanente contacto com os doentes validam o processo de segurança da medicação. Considerados como “gate keepers” são os profissionais em melhor posição para detetar falhas no sistema e garantir a segurança do doente (13)(39). OBJETIVOS: relacionar as variáveis sóciodemográficas...

Perceção dos enfermeiros sobre erros de medicação : tipos e causas

Raimundo, Ana Margarida Proença; Dias, António Madureira, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.55%
TÍTULO: Perceção dos enfermeiros sobre erros de medicação: tipos e causas. ENQUADRAMENTO: Metade dos eventos adversos evitáveis é consequência de erros de medicação, sendo estes responsáveis por mais mortes anualmente do que os acidentes de trabalho (ORDEM DOS ENFERMEIROS, 2005). OBJETIVOS: Relacionar as variáveis sociodemográficas, profissionais, formação, conhecimentos e experiências com erros de medicação, com a perceção da frequência da ocorrência dos tipos e das causas de erros de medicação. MÉTODOS: Estudo descritivo correlacional; amostra 117 enfermeiros (método snowball) (70.1% sexo feminino e 29.9% sexo masculino). Aplicação de questionário eletrónico constituído por uma componente sociodemográfica, escala de conhecimentos, perceções e experiência com erros de medicação (MAURER, 2010; BOHOMOL; RAMOS, 2006; MAYO; DUNCAN, 2004; OSBORNE; BLAIS; HAYES, 1999; GLADSTONE, 1995). RESULTADOS: Dos inquiridos 62.4% detém fracos a razoáveis conhecimentos sobre erros de medicação; mais de 58% perceciona a sua formação académica/contínua sobre erros de medicação como sendo inexistente/insuficiente e 64.1% não tem formação contínua nesta área há pelo menos 6 anos; 72.6% diz ter experienciado um ou mais erros de medicação sem dano para o doente e apenas 32.1% relatou um ou mais erros de medicação sem dano para o doente. Os tipos e as causas de erros de medicação identificadas ocorrem com uma frequência elevada para mais de 37% dos inquiridos e os três tipos e causas mais cotados foram respetivamente: hora errada...

Erros de medicação em hospital universitário: tipo, causas, sugestões e providências

Silva,Ana Elisa Bauer de Camargo; Cassiani,Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
116.39%
Este estudo survey exploratório analisou os erros de medicação de um hospital universitário a partir de 40 entrevistas realizadas com profissionais do sistema de medicação. Os resultados mostraram que os tipos de erros mais freqüentes estão na prescrição de medicamentos (29,04%); as falhas individuais são consideradas as principais causa da ocorrência de erros (47,37%) e as principais falhas do sistema de medicação (26,98%); as alterações nas atitudes individuais são sugestões para evitar erros (28,26%); as orientações são as providências administrativas mais utilizadas (25%). Concluiu-se que não há consciência sistêmica entre os profissionais a respeito dos erros, focando a culpa no ser humano. É necessário que esta cultura seja alterada e transformada em melhorias para o sistema.

Análise de causa raiz: avaliação de erros de medicação em um hospital universitário

Teixeira,Thalyta Cardoso Alux; Cassiani,Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
116.37%
Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar os tipos de erros de medicação observados nas doses de medicamentos que foram preparadas e administradas de forma diferente daquelas prescritas. Estudo descritivo, utilizando o método de análise de causa raiz, que realizou uma análise secundária de dados de um estudo já existente. No estudo, 74 erros de medicação foram identificados, durante o preparo e a administração de medicamentos pela equipe de enfermagem. Erros de dose (24,3%), erros de horário (22,9%) e medicamentos não autorizados (13,5%) foram os mais frequentes. Assim, a análise de causa raiz foi realizada, identificando múltiplos fatores que contribuíram para a ocorrência dos erros, e estratégias e recomendações foram apresentadas para evitá-los.

Condutas adotadas por técnicos de enfermagem após ocorrência de erros de medicação

Santos,Jânia Oliveira; Silva,Ana Elisa Bauer de Camargo; Munari,Denize Bouttelet; Miasso,Adriana Inocenti
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
116.28%
OBJETIVO: Identificar e analisar as condutas adotadas por técnicos de enfermagem após a ocorrência de erros de medicação. MÉTODOS: Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com 23 técnicos de enfermagem de um hospital de ensino de Goiânia-GO. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas gravadas e analisadas segundo os pressupostos de Bardin. RESULTADOS: Os resultados evidenciaram duas categorias: tomando condutas relacionadas à comunicação do erro (ao médico, à enfermeira, registrando no prontuário e não comunicando o erro) e adotando condutas direcionadas ao paciente (observação do paciente, monitorização e minimização das consequências). CONCLUSÃO: Ressalta-se a necessidade de que as instituições de saúde adotem uma cultura de transparência em relação aos erros de medicação, com a criação de políticas e padronizações para notificação, divulgação e fortalecimento de medidas preventivas.

O processo de preparo e administração de medicamentos: identificação de problemas para propor melhorias e prevenir erros de medicação

Miasso,Adriana Inocenti; Silva,Ana Elisa Bauer de Camargo; Cassiani,Silvia Helena de Bortoli; Grou,Cris Renata; Oliveira,Regina Célia de; Fakih,Flávio Trevisan
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
116.24%
Este estudo exploratório analisou o processo do preparo e administração de medicamentos de unidades de clínica médica de quatro hospitais brasileiros, localizados nas Regiões Sudeste, Centro-oeste e Nordeste do Brasil. Identificou os problemas que podem contribuir para a ocorrência de erros de medicação e propôs medidas de melhorias. Os dados foram coletados através de observação não-participante e direta das atividades dos profissionais de enfermagem por uma semana. Os resultados revelaram como principais problemas o ambiente no Hospital B, falhas no preparo relacionadas à técnica e ao preparo antecipado dos medicamentos no C e D, falhas de técnica, comunicação e identificação do paciente no A. A formação de uma comissão multidisciplinar para avaliar o sistema, grupos de discussão entre a enfermagem, melhorias do ambiente, cursos e treinamento contínuos e presença efetiva da enfermeira no processo são algumas sugestões para maior qualidade e segurança na assistência aos pacientes.

Errores de medicación en Unidades de Terapia Intensiva Neonatal; Erros de medicação em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal; Medication errors in Neonatal Intensive Care Units

Dias da Silva, Gustavo; Silvino, Zenith Rosa; Saraiva de Almeida, Viviane; Lemos Querido, Danielle; Silva Cunha Dias, Pollyanna; Pompeu Christovam, Bárbara
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
116.24%
Se trata de una revisión integradora de la literatura realizada en bases de datos en línea en el período 2002-2012, con el objetivo de identificar la evidencia disponible sobre la incidencia, los factores relacionados, las consecuencias y los mecanismos para la prevención de errores de medicación en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales. Los resultados se clasifican de acuerdo a los temas centrales de la revisión del diseño. Llegamos a la conclusión de que un conocimiento más profundo de la magnitud de los errores y eventos adversos de medicamentos en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales, su impacto en la morbilidad y mortalidad neonatal, factores asociados con este fenómeno y los mecanismos de prevención son las estrategias para la construcción de un sistema de salud más seguro y de calidad.; RESUMO Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada em bases de dados online, no período entre 2002-2012, com o objetivo de identificar as publicações disponíveis sobre incidência, fatores relacionados, consequências e/ou mecanismos de prevenção dos erros de medicação na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. Os resultados foram categorizados segundo as temáticas centrais do delineamento da revisão. Conclui-se que o conhecimento aprofundado da magnitude dos erros e eventos adversos à medicamentos na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal...

Estratégias para evitar erros de medicação no ambiente hospitalar

Ferretti, Jéssica Becker
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
106.47%
Os erros relacionados aos medicamentos no âmbito hospitalar estão envolvidos diretamente com os profissionais de saúde, por consequência da falta de atenção, prescrições mal elaboradas, dispensação e administração de medicamentos de forma incorreta, gerando a inadequada atenção ao paciente. O objetivo deste trabalho é revisar estratégias para evitar erros de medicação no ambiente hospitalar. Trata-se de uma revisão bibliográfica narrativa, em que o material pesquisado foi organizado privilegiando-se os aspectos conceituais de erros de medicação, no intuito de embasar futuras aplicações das estratégias para evitar o seu surgimento no ambiente hospitalar. Os erros de medicação que ocorrem em hospitais estão relacionados principalmente com a prescrição (39 a 49%), seguido de erros de administração (26 a 38%) transcrição (11 a 12%) e/ou dispensação e distribuição de medicamentos (11 a 14%). Para a prevenção dos erros de medicação é necessária à implantação de ações e normas que envolvam a equipe multiprofissional da saúde e a sua organização. Como principais estratégias, seriam a presença de sistema de informatização, controle de dispensação de medicamentos, distribuição de medicamentos de forma a apresentar racionalidade...

Análise de causa raiz: avaliação de erros de medicação em um hospital universitário; Análisis de causa raíz: evaluación de errores de medicación en un hospital universitario; Root cause analysis: evaluation of medication errors at a university hospital

Teixeira, Thalyta Cardoso Alux; Cassiani, Silvia Helena De Bortoli
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
116.38%
Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar os tipos de erros de medicação observados nas doses de medicamentos que foram preparadas e administradas de forma diferente daquelas prescritas. Estudo descritivo, utilizando o método de análise de causa raiz, que realizou uma análise secundária de dados de um estudo já existente. No estudo, 74 erros de medicação foram identificados, durante o preparo e a administração de medicamentos pela equipe de enfermagem. Erros de dose (24,3%), erros de horário (22,9%) e medicamentos não autorizados (13,5%) foram os mais frequentes. Assim, a análise de causa raiz foi realizada, identificando múltiplos fatores que contribuíram para a ocorrência dos erros, e estratégias e recomendações foram apresentadas para evitá-los.; Los objetivos de este estudio consistieron en identificar y analizar los tipos de errores de medicación observados en las dosis de medicamentos que fueron preparadas y administradas de modo diferente respecto del cual fueron prescriptas. El estudio fue de carácter descriptivo, se utilizó el método de análisis de causa raíz, efectuado en forma secundaria sobre los resultados de un estudio ya existente. En el estudio, 74 errores de medicación fueron identificados durante la preparación y la administración de medicamentos por parte del equipo de Enfermería. Errores de dosis (24...

O processo de preparo e administração de medicamentos: identificação de problemas para propor melhorias e prevenir erros de medicação; El proceso de preparación y administración de medicamentos: identificación de problemas para proponer mejoras y prevenir errores de medicación; The medication preparation and administration process: problem identification in order to propose improvements and prevent medication errors

Miasso, Adriana Inocenti; Silva, Ana Elisa Bauer de Camargo; Cassiani, Silvia Helena de Bortoli; Grou, Cris Renata; Oliveira, Regina Célia de; Fakih, Flávio Trevisan
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
116.24%
Este estudo exploratório analisou o processo do preparo e administração de medicamentos de unidades de clínica médica de quatro hospitais brasileiros, localizados nas Regiões Sudeste, Centro-oeste e Nordeste do Brasil. Identificou os problemas que podem contribuir para a ocorrência de erros de medicação e propôs medidas de melhorias. Os dados foram coletados através de observação não-participante e direta das atividades dos profissionais de enfermagem por uma semana. Os resultados revelaram como principais problemas o ambiente no Hospital B, falhas no preparo relacionadas à técnica e ao preparo antecipado dos medicamentos no C e D, falhas de técnica, comunicação e identificação do paciente no A. A formação de uma comissão multidisciplinar para avaliar o sistema, grupos de discussão entre a enfermagem, melhorias do ambiente, cursos e treinamento contínuos e presença efetiva da enfermeira no processo são algumas sugestões para maior qualidade e segurança na assistência aos pacientes.; Estudio exploratorio que analizó el proceso de preparación y administración de medicamentos en los servicios clínicos de cuatro hospitales brasileños localizados en las regiones del sureste, centro-oeste y noreste del Brasil. Fueron identificados problemas que pueden contribuir en la ocurrencia de errores de medicación y se propusieron medidas de mejoría. Los datos fueron recolectados a través de observación directa y no participante de las actividades de los profesionales de enfermería durante una semana. Los resultados revelaron problemas como: el ambiente en el hospital B...