Página 1 dos resultados de 20 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Gestão de riscos no mercado financeiro internacional: uma análise comparativa entre modelos de volatilidade para estimação do Value-at-Risk; Risk management in international financial market: a comparative analyze between volatility models to Value-at-Risk estimation

Gaio, Luiz Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.63%
Durante os últimos anos, tem havido muitas mudanças na maneira como as instituições financeiras avaliam o risco. As regulações têm tido um papel muito importante no desenvolvimento das técnicas de medição do risco. Diante das diversidades de técnicas de estimação e análise de risco utilizadas pelas bolsas de valores e de futuros, nacionais e internacionais, bem como as Clearings de controle de risco, este estudo propôs uma análise comparativo de modelos de volatilidade para o cálculo do Value-at-Risk (VaR) aplicados aos principais índices de ações do mercado financeiro internacional. Utilizouse os modelos de volatilidade condicional da família ARCH levando em consideração a presença de longa dependência em seus retornos (memória longa) e assimetria na volatilidade. Em específico, utilizaram-se os modelos GARCH, EGARCH, APARCH, FIGARCH, FIEGARCH, FIAPARCH e HYGARCH estimados a parir de quatro diferentes distribuições, Normal, t-Student, G.E.D. e t-Student Assimétrica. Analisaramse os índices dos principais mercados de ações do mundo, sendo: Dow Jones, S&P 500, Nasdaq, Ibovespa, FTSE e Nikkei 225. Testou-se também a capacidade preditiva do modelo Riskmetrics desenvolvido pelo J.P. Morgan para o calculo do VaR...

Estimação indireta de modelos R-GARCH; Indirect inference of R-GARCH models

Sampaio, Jhames Matos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.7%
Processos lineares não capturam a estrutura dos dados em finanças. Há uma variedade muito grande de modelos não lineares disponíveis na literatura. A classe de modelos ARCH (Autoregressive Conditional Heterokedastic) foi introduzida por Engle (1982) com o objetivo de estimar a variância da inflação. A idéia nesta classe é que os retornos sejam não correlacionados serialmente, mas a volatilidade (variância condicional) dependa de retornos passados. A classe de modelos GARCH (Generalized Autoregressive Conditional Heterokedastic) sugerida por Bollerslev (1986, 1987, 1988) pode ser usada para descrever a volatilidade com menos parâmetros que um modelo ARCH. Modelos da classe GARCH são processos estocásticos não lineares, suas distribuições tem cauda pesada com variância condicional dependente do tempo e modelam agrupamento de volatilidade. Apesar da razoável descrição, a forma como os modelos acima foram construídos apresentaram algumas limitações no que se refere ao peso das caudas em suas distribuições não condicionais. Muitos estudos em dados financeiros apontam para caudas com peso considerável. Modelos R-GARCH (Randomized Generalized Autoregressive Conditional Heterokedastic) foram propostos por Nowicka (1998) e incluem os modelos ARCH e GARCH possibilitando o uso de inovações estáveis além da conhecida distribuição normal. Estas permitem captar melhor a propriedade de cauda pesada. Como a função de autocovariância não existe para tais processos introduz-se novas medida de dependência. Métodos de estimação e análises empíricas da classe R-GARCH...

Modelos estocásticos com heterocedasticidade para séries temporais em finanças; Stochastic models with heteroscedasticity for time series in finance

Oliveira, Sandra Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.52%
Neste trabalho desenvolvemos um estudo sobre modelos auto-regressivos com heterocedasticidade (ARCH) e modelos auto-regressivos com erros ARCH (AR-ARCH). Apresentamos os procedimentos para a estimação dos modelos e para a seleção da ordem dos mesmos. As estimativas dos parâmetros dos modelos são obtidas utilizando duas técnicas distintas: a inferência Clássica e a inferência Bayesiana. Na abordagem de Máxima Verossimilhança obtivemos intervalos de confiança usando a técnica Bootstrap e, na abordagem Bayesiana, adotamos uma distribuição a priori informativa e uma distribuição a priori não-informativa, considerando uma reparametrização dos modelos para mapear o espaço dos parâmetros no espaço real. Este procedimento nos permite adotar distribuição a priori normal para os parâmetros transformados. As distribuições a posteriori são obtidas através dos métodos de simulação de Monte Carlo em Cadeias de Markov (MCMC). A metodologia é exemplificada considerando séries simuladas e séries do mercado financeiro brasileiro; In this work we present a study of autoregressive conditional heteroskedasticity models (ARCH) and autoregressive models with autoregressive conditional heteroskedasticity errors (AR-ARCH). We also present procedures for the estimation and the selection of these models. The estimates of the parameters of those models are obtained using both Maximum Likelihood estimation and Bayesian estimation. In the Maximum Likelihood approach we get confidence intervals using Bootstrap resampling method and in the Bayesian approach we present informative prior and non-informative prior distributions...

Modelos arch heterogêneos e aplicações à análise de dados de alta freqüência; heterogeneous ARCH models and applications to analyse high frequency datas.

Ruilova Teran, Juan Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.46%
Neste trabalho estudamos diferentes variantes dos modelos GARCH quando consideramos a chegada da informação heterogênea sob a forma de dados de alta freqüência. Este tipo de modelos, conhecidos como HARCH(n), foram introduzidos por Muller et al. (1997). Para entender a necessidade de incorporar esta característica da heterogeneidade da informação, estudamos o problema da agregação temporal para processos GARCH e a modelagem destes em dados de alta freqüência e veremos quais são as desvantagens destes modelos e o porquê da necessidade de corrigi-lo. Propusemos um novo modelo que leva em conta a heterogeneidade da informação do mercado financeiro e a memória longa da volatilidade, generalizando assim o modelo proposto por Müller et al.(1997), e estudamos algumas das propriedades teóricas do modelo proposto. Utilizamos estimação via máxima verossimilhança e amostrador de Griddy-Gibbs, e para avaliar o desempenho destes métodos realizamos diversas simulações. Também fizemos aplicações a duas séries de alta freqüência, a taxa de câmbio Euro- Dólar e o índice Ibovespa. Uma modificação ao algoritmo de Griddy-Gibbs foi proposta, para ter uma janela móvel de pontos, para a estimação das distribuições condicionais...

Value at Risk no mercado financeiro internacional: avaliação da performance dos modelos nos países desenvolvidos e emergentes; Value at Risk in international finance: evaluation of the models performance in developed and emerging countries

Gaio, Luiz Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
16.46%
Diante das exigências estipuladas pelos órgãos reguladores pelos acordos internacionais, tendo em vistas as inúmeras crises financeiras ocorridas nos últimos séculos, as instituições financeiras desenvolveram diversas ferramentas para a mensuração e controle do risco inerente aos negócios. Apesar da crescente evolução das metodologias de cálculo e mensuração do risco, o Value at Risk (VaR) se tornou referência como ferramenta de estimação do risco de mercado. Nos últimos anos novas técnicas de cálculo do Value at Risk (VaR) vêm sendo desenvolvidas. Porém, nenhuma tem sido considerada como a que melhor ajusta os riscos para diversos mercados e em diferentes momentos. Não existe na literatura um modelo conciso e coerente com as diversidades dos mercados. Assim, o presente trabalho tem por objetivo geral avaliar os estimadores de risco de mercado, gerados pela aplicação de modelos baseados no Value at Risk (VaR), aplicados aos índices das principais bolsas dos países desenvolvidos e emergentes, para os períodos normais e de crise financeira, de modo a apurar os mais efetivos nessa função. Foram considerados no estudo os modelos VaR Não condicional, pelos modelos tradicionais (Simulação Histórica, Delta-Normal e t-Student) e baseados na Teoria de Valores Extremos; o VaR Condicional...

Estimação da razão ótima de hedge para dólar futuro usando um modelo M-GARCH-BEKK-Diagonal

Tanaka, Yutaro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.37%
o presente trabalho versa, fundamentalmente, sobre o entendimento da volatilidade, sua modelagem e estimação. Como objeto mais específico, tem-se a comparação de dois métodos de estimação da razão de hedge para uma carteira com dois ativos: dólar spot e dólar futuro. Usando dados para dois períodos - abril de 1995 a março de 2004 e janeiro de 1999 a 30 de março de 2004 -, a análise pelo método MGARCH-BEKK-Diagonal se mostrou superior ao MQO, no sentido de que, com o primeiro, conseguiu-se uma variação percentual negativa da variância da carteira em relação à carteira sem hedge - resultado oposto ao obtido, usando-se a outra abordagem. Sugere-se aqui que a explicação do sucesso de um modelo multivariado - extensão do modelo ARCH inicialmente proposto por Engle (1982) - deve-se a sua melhor adequação a um fato estilizado em Finanças: a concentração de volatilidade durante certos períodos, bem como ao uso de uma covariância em cuja estrutura se consideram seu caráter autoregressivo e o efeito de choques passados. A redução percentual da variância obtida indica ainda a importância do mercado futuro de dólar para a atividade de hedge e para a diminuição da incerteza.

Avaliação de opções : o caso brasileiro : utilização de modelos Arch na estimação dos parâmetros

Eid Júnior, William
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
27%
o trabalho se refere à avaliação de opções através do modelo conhecido pelo nome de seus autores, Black-Scholes. É descrito o desenvolvimento da teoria de opções, desde os primórdios da existência de mercados organizados deste derivativo, no século XVII, até os mais importantes trabalhos dos primeiros anos da década de 1990. É destacado o papel fundamental da estimação correta dos parâmetros a serem inseridos no modelo de avaliação. Após esta revisão, um teste do modelo Black-Scholes é realizado no mercado de opções sobre ouro da BM&F, utilizando-se mecanismos tradicionais de estimação dos parâmetros e apurando-se a diferença existente entre o valor dado pelo modelo de avaliação e o observado no mercado. Novos mecanismos de apuração dos parâmetros fundamentais, volatilidade e taxa de juros, são propostos, baseados no comportamento das séries históricas a eles referentes. A análise deste comportamento mostra a adequação destas séries à uma classe de modelos econométricos conhecidos como ARCH - Autorregressive Conditiona! Heterocedasticity Mode! . Três novos testes do modelo Black-Scholes no mercado de opções sobre ouro da BM&F são realizados: o primeiro usando a volatilidade estimada através de um modelo ARCH(1) e a taxa de juros estimada de forma tradicional...

Mudanças de regime e persistência dos choques sobre a volatilidade para a série de preços do petróleo : uma análise comparativa da família GARCH e modelos com mudança de regime Markoviana – MSIH e SWARCH

Oliveira, André Barbosa; Valls Pereira, Pedro Luiz
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
16.27%
A previsão dos preços do petróleo é fundamental para o planejamento energético e oferece subsídio a tomada de decisões de longo prazo, que envolvem custos irrecuperáveis. No entanto, os preços do petróleo são muito instáveis sujeitos a choques como resultado de questões geopolíticas, poder de mercado da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e pressões de demanda resultando numa série sujeita a quebras estruturais, prejudicando a estimação e previsão de modelos de série temporal. Dada a limitação dos modelos de volatilidade da família GARCH, que são instáveis e apresentam elevada persistência em séries com mudanças estruturais, este trabalho compara a previsão da volatilidade, em termos de intervalos de confiança e persistência, dos modelos de volatilidade com mudança de regime markoviana em relação aos modelos de volatilidade determinísticos. Os modelos de volatilidade com mudança de regime considerados são o modelo SWARCH (Markov Switch ARCH) e introduz-se o modelo MSIH (Markov Switch Intercept Heteroskedasticity) para o estudo da volatilidade. Como resultado as previsões de volatilidade dos modelos com mudança de regime permitem uma estimação da volatilidade que reduz substancialmente a persistência em relação aos modelos GARCH.

Dois modelos de controle de risco: o modelo Nelson-Siegel dinâmico e o cálculo de VaR por modelos GARCH

Daitx, Fernando
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
16.27%
A presente dissertação tem como objetivo apresentar dois importantes modelos usados na análise de risco. Essa análise culmina em uma aplicação empírica para cada um deles. Apresenta-se primeiro o modelo Nelson-Siegel dinâmico, que estima a curva de juros usando um modelo paramétrico exponencial parcimonioso. É citada a referência criadora dessa abordagem, que é Nelson & Siegel (1987), passa-se pela apresentação da mais importante abordagem moderna que é a de Diebold & Li (2006), que é quem cria a abordagem dinâmica do modelo Nelson-Siegel, e que é inspiradora de diversas extensões. Muitas dessas extensões também são apresentadas aqui. Na parte empírica, usando dados da taxa a termo americana de Janeiro de 2004 a Março de 2015, estimam-se os modelos Nelson-Siegel dinâmico e de Svensson e comparam-se os resultados numa janela móvel de 12 meses e comparamos seus desempenhos com aqueles de um passeio aleatório. Em seguida, são apresentados os modelos ARCH e GARCH, citando as obras originais de Engle (1982) e Bolleslev (1986) respectivamente, discutem-se características destes modelos e apresentam-se algumas extensões ao modelo GARCH, incluindo aí alguns modelos GARCH multivariados. Passa-se então por uma rápida apresentação do conceito de VaR (Value at Risk)...

Análise da correlação entre o Ibovespa e o ativo petr4 : estimação via modelos Garch e modelos aditivos

Nunes, Fábio Magalhães
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.37%
A estimação e previsão da volatilidade de ativos são de suma importância para os mercados financeiros. Temas como risco e incerteza na teoria econômica incentivaram a procura por métodos capazes de modelar a variância condicional que evolui ao longo do tempo. O objetivo central desta dissertação foi modelar via modelos ARCH – GARCH e modelos aditivos o índice do IBOVESPA e o ativo PETR4 para analisar a existência de correlação entre as volatilidades estimadas. A estimação da volatilidade dos ativos no método paramétrico foi realizada via modelos EGARCH; já para o método não paramétrico, utilizouse os modelos aditivos com 5 defasagens.; Volatility estimation and forecasting are very important matters for the financial markets. Themes like risk and uncertainty in modern economic theory have encouraged the search for methods that allow for modeling of time varying variances. The main objective of this dissertation was estimate through GARCH models and additive models of IBOVESPA and PETR4 assets; and analyzes the existence of correlation between volatilities estimated. We use EGARCH models to estimate through parametric methods and use additive models 5 to estimate non parametric methods.

Análise e estimação de medidas de risco em processos FIEGARCH

Prass, Taiane Schaedler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.57%
Neste trabalho apresentamos os principais resultados encontrados na literatura, relacionados a processos ARCH, GARCH e EGARCH. Descrevemos os processos FIEGARCH e introduzimos resultados relacionados a estacionariedade e a ergodicidade desses processos. Retomamos os resultados clássicos, relacionados aos métodos de identificação/seleção de modelos para séries temporais, os principais métodos de estimação dos parâmetros e apresentamos vários resultados relacionados a previsão. Apresentamos os principais conceitos relacionados µas medidas de risco e aquelas utilizadas na literatura. Como aplicação, apresentamos a estimação de medidas de risco, tanto para processos FIEGARCH simulados como para séries temporais reais.; In this work we present the main results found in the literature regarding ARCH, GARCH and EGARCH processes. We describe the FIEGARCH processes and introduce results related to stationarity and ergodicity of these processes, among other interesting results. We review the classical results and methods in model identi¯cation/selection for time series, the main methods of parameter estimation and several important results concerning the forecasting. We also present the main concepts related to risk measures and the one considered in the literature. As an application of the whole methodology...

Volatilidade nos modelos ARCH e variancia estocastica : um estudo comparativo

Mauricio Enrique Zevallos Herencia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/1997 Português
Relevância na Pesquisa
26.52%
Entre os modelos utilizados para modelar a volatilidade apresentada pelos retornos das séries financeiras, dois dos mais estudados na literatura são os modelos ARCH e de Variância Estocástica. Ambos dos modelos são capazes de reproduzir teoricamente as características empíricas observadas nos retornos das séries financeiras, mas fazem distinção quanto ao tratamento da volatilidade. Nos modelos ARCH considerada como observável e nos modelos de Variância Estocástica como não-observável. Por sua vez, nos modelos ARCH, um dos modelos mais utilizados é o GARCH(1,l), o qual apresenta em alguns casos, características semelhantes ao modelo de Variância Estocástica AR(l)-SV estacionário. O objetivo básico desta dissertação é fazer uma comparação dos modelos ARCH e de Variância Estocástica em termos das estimativas de volatilidade e da previsão da volatilidade um-passo à frente. No Capítulo 1 são apresentadas as idéias básicas e a nomenclatura. O Capítulo 2 está dedicado ao estudo das características empíricas das séries de retornos dos ativos da TELEBRÁS e da taxa de câmbio marco alemão com relação ao dólar norte-americano, que serão analisadas nesta dissertação, dando ênfase à não-linearidade apresentada pelos retornos. Nos capítulos 3 e 4 são apresentados os modelos ARCH e Variância Estocástica...

Brazilian market reaction to equity issue announcements

Medeiros, Otávio Ribeiro de; Matsumoto, Alberto Shigueru
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.47%
Publicado também na BAR. Brazilian Administration Review, Curitiba, PR., v. 2, n. 2, p. 1-15, 2005.; ABSTRACT: We have carried out an event study to investigate stock returns associated with the announcement of equity issues by Brazilian firms between 1992 and 2003 in order to determine market reaction before, during, and after the issue announcement. After measuring abnormal returns by OLS, we used ARCH and GARCH models over 70% of the sample. Our results are remarkably consistent with most of the international empirical literature. Some previous empirical findings have turned up abnormal returns before the announcement date, interpreted as signs of insider information. This evidence also appears in our study as we found an average cumulative abnormal return of -0.01 three weeks before the announcement. With respect to the announcement date, the evidence reported in the literature is virtually unanimous in showing negative abnormal returns, meaning that stock issues convey pessimistic information to the market. Our study confirms these findings with an average -0.03 cumulative abnormal return on the first three days following the announcement. Finally, the empirical literature has also collected evidence of long-term negative abnormal returns after the issues...

Optimal alarms systems and its application to financial time series; Sistemas de alarme ótimos e sua aplicação a séries financeiras

Costas, Maria da Conceição Cristo Santos Lopes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.43%
This thesis focuses on the application of optimal alarm systems to non linear time series models. The most common classes of models in the analysis of real-valued and integer-valued time series are described. The construction of optimal alarm systems is covered and its applications explored. Considering models with conditional heteroscedasticity, particular attention is given to the Fractionally Integrated Asymmetric Power ARCH, FIAPARCH(p; d; q) model and an optimal alarm system is implemented, following both classical and Bayesian methodologies. Taking into consideration the particular characteristics of the APARCH(p; q) representation for financial time series, the introduction of a possible counterpart for modelling time series of counts is proposed: the INteger-valued Asymmetric Power ARCH, INAPARCH(p; q). The probabilistic properties of the INAPARCH(1; 1) model are comprehensively studied, the conditional maximum likelihood (ML) estimation method is applied and the asymptotic properties of the conditional ML estimator are obtained. The final part of the work consists on the implementation of an optimal alarm system to the INAPARCH(1; 1) model. An application is presented to real data series.; Esta tese centra-se na aplicação de sistemas de alarme ótimos a modelos de séries temporais não lineares. As classes de modelos mais comuns na análise de séries temporais de valores reais e de valores inteiros são descritas com alguma profundidade. É abordada a construção de sistemas de alarme ótimos e as suas aplicações são exploradas. De entre os modelos com heterocedasticidade condicional é dada especial atenção ao modelo ARCH Fraccionalmente Integrável de Potência Assimétrica...

Risco e Causalidade nos Principais Mercados de Acções Europeus

Araújo, André da Silva de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.06%
Mestrado em Finanças; Com os acontecimentos que desencadearam a crise financeira mundial de 2008, os mercados financeiros globais foram palco do maior contágio de risco de que há memória. Por esta razão, o permanente controlo e monitorização de movimentações extremas em mercados estrangeiros torna-se cada vez mais fundamental para uma boa gestão de risco e, em grande parte, para a sobrevivência das instituições financeiras. Utilizando o conceito da causalidade de Granger em risco, o presente trabalho investiga efeitos de contágio nos principais mercados de acções europeus, protagonizados pelo CAC 40, DAX 30 e FTSE 100. Para tal, foi necessário realizar previsões diárias, recorrendo a diversos modelos paramétricos, do Value-at-Risk (VaR), com as respectivas avaliações do seu desempenho. No âmbito europeu, resultados empíricos permitem concluir a ocorrência de contágio de movimentações extremas negativas, estatisticamente significativas, apenas no sentido do CAC 40 para o FTSE 100. Investigação posterior refere que grande parte do risco presente nos três índices europeus é contribuída pelo S&P 500, não se verificando o inverso.

Estimação e selecção de caos determinístico em séries temporais financeiras

Ferreira, Pedro Fortes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.63%
Doutoramento em Gestão, Especialização em Métodos Quantitativos / Classificação JEL C01, C02, C15, C18, C22, C51, C52, C53, C58, C63, C65, G13, G14, L13, O13, O14, O44, Q41, Q42, Q43, Q47, Q54, Q55, Q58; Procuramos a existência de dinâmicas não-lineares determinísticas (caos provável) nas séries financeiras discretas univariadas observadas, isto é, na commodity das licenças de carbono (EUETSYR2 INDEX), subjacente ao European Union Emission Trading Scheme (EU ETS) para mitigação do CO2, nas commodities energéticas provenientes dos principais combustíveis fósseis (petróleo bruto (USCRWTIC INDEX), gás natural (NG1 COMB comdty), carvão (API21 MON MCCL INDEX), e nas sucessões cronológicas de cotações das acções de utilities das principais construtoras de eólicas europeias (Acciona (ANA SM EQUITY), Gamesa (GAM SM EQUITY), Nordex (NDX1 GR EQUITY), Repower (RPW GR EQUITY ), Siemens (SIE GR EQUITY), Vestas (VWSDC EQUITY )), sabendo da ocorrência de relações não-lineares (não-determinísticas) entre os preços das licenças de carbono e os seus factores fundamentais, tais como, os preços das commodities energéticas, factores de risco macroeconómicos e climáticos (Lutz et al. (2013) [317]). Parece-nos assimfazer todo o sentido detectar a ocorrência de caos determinístico nos sinais observados...

Adaptação para a população portuguesa de instrumentos de avaliação o impacto da saúde oral na qualidade de vida

Rodrigues, Diogo Gil Nunes Clemente
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.26%
Objetivos: Os objetivos principais deste estudo passam pelo desenvolvimento de versões em língua Portuguesa das escalas Oral Health Impact Profile (OHIP-49), Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14) e Oral Health Impact Profile for assessing HRQoL in Edentulous Adults (OHIP-EDENT) e do questionário Denture Satisfaction Questionnaire (DSQ). De modo complementar pretende-se analisar a importância de variáveis sociodemográficas e subjetivas na auto-perceção da condição oral. Metodologia: Este trabalho seguiu os princípios recomendados na literatura para a adaptação de instrumentos construídos em contextos linguísticos e culturais diversos. A tradução dos instrumentos seguiu a metodologia tradução e retroversão. A validação foi obtida pela análise das propriedades psicométricas dos itens que compõem os instrumentos. Foi utilizado o alfa de Cronbach, como coeficiente de consistência interna, e o coeficiente ICC, como medida de confiabilidade. A validação de critério concorrente foi realizada através da associação entre o número de impactos funcionais e psicológicos e a autoavaliação da saúde oral. A validade de constructo foi avaliada através do método de máxima verosimilhança, considerando a matriz de covariâncias e adotando o método de estimação Maximum Likehood (ML)...

A análise da volatilidade do índice PSI-20 baseada modelos ARCH e GARCH

Duarte, Elisabete Mendes; Fonseca, José Alberto Soares da
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.57%
A volatilidade desempenha um papel importante na avaliação dos activos financeiros, daí que proliferem na literatura estudos com vista a sua especificação e medida. Existem várias técnicas para a estimação da volatilidade sendo a volatilidade determinística uma das mais utilizadas. Este tipo de estimação admite que a volatilidade apresenta uma dependência temporal de variáveis conhecidas no mercado. 0 presente artigo testa a hipótese de existência de volatilidade determinística no índice PSI-20. Para esse fim recorre-se a modelos da familia ARCH e GARCH, que elevado número de estudos revelam ser bastante adequados à análise das séries de preços de activos financeiros.

Definição, identificação e estimação do modelo ARCH e comparação com outros modelos de volatilidade

Nicolau, João C.H.C.
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
16.06%

Insider Information and its Effect on Prices of Two Ways of Stock Issues at Bovespa; Informação dos Insiders e seu Efeito sobre os Preços em duas Formas de Emissão de Ações na Bovespa

Iquiapaza, Robert Aldo; Amaral, Hudson Fernandes; Lage, Pedro Pinheiro Costa; Bertucci, Luiz Alberto
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.26%
The event study was used to analyze the reaction of market prices to the announcement of two ways of seasoned equity offerings: broad offerings and restricted offerings to stockholders, in firms listed at Bovespa. The market price reaction was analyzed before, during and up to one year after the announcement dates, considering issues between 1995 and 2005. Two standard methodologies were used to measure the abnormal returns. For the model of returns adjusted to market the results did not shown significant difference for the two ways of issues (except for the negative returns in the long time by the broad public issues). In the model of returns adjusted to risk and market, the stocks with heteroscedasticity in the residuals (46% of the sample) had its coefficients replaced by auto regressive models. In this case, the results for broad offerings showed that (a) there are evidences of insider information before the announcement date, (b) negative abnormal returns in the announcement date, and (c) negative returns up to one year after the issues; and for restricted offerings, the results were not significant, demonstrating that in this case the information asymmetry and insider information problems are less important.; Utilizou-se o estudo de evento para examinar a reação dos preços de mercado ao anúncio de duas formas de lançamento público primário não inicial de ações: ofertas amplas e ofertas restritas aos atuais acionistas...