Página 1 dos resultados de 49 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

"Avaliação metabólica nutricional de obesas no basal e após tratamento com dieta hipocalórica e treinamento em circuito ou caminhada" ; "Nutritional metabolic evaluation of obese women in basal state and post treatment with hipocaloric diet and circuit weigth training or jogging"

Fett, Carlos Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
35.86%
Propósito: Observar obesas pré e pós-dieta hipocalórica moderada, mais treinamento em circuito ou caminhada. quanto a variáveis nutricionais. Métodos: Grupos: treinamento em circuito, CIRC, n = 26, índice de massa corporal (IMC, kg/m2) = 33,2 ± 7,9 (Média±desvio padrão); idade = 32,6 ± 9,7 anos; e treinamento em caminhada, CAM, n = 24, IMC = 29,2±3,4; idade = 38,8 ± 10,5 anos. Avaliações: a composição corporal, coleta de urina e sangue, calorimetria indireta e testes físicos eram obtidos no inicio (M1) e final (M2) do estudo. Treinamento: mês 1 = 1 h x 3 d/semana; e mês 2 = 1 h x 4 d/semana. Dieta: foi adaptada do registro alimentar de uma semana, ajustado ao gasto energético de repouso (GER) e balanceada, com a seguinte proporção: 20% de proteínas; 20% de gorduras; e 60% de carbohidratos. Resultados: Pré-intervenção: 76% tinham algum familiar obeso; havia sintomatologia indicativa de: 60% ansiosas, 12% depressivas, 34% compulsivas e 32% distúrbio do sono, avaliadas por questionário no exame clínico. Foram encontrados níveis alterados de colesterol total (CT, mg/dL), e ou frações em 22% das sujeitas. O peso, IMC, o índice abdômem/quadril (IAQ), a soma de oito pregas cutâneas (SP8) se correlacionaram significativamente a quatro variáveis bioquímicas...

"Avaliação bucal e nutricional de pacientes senescentes" ; Buccal and nutricional evaluation of elderly patients

Silva, Viviane Cristina da Costa e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.11%
O aumento da sobrevida e, conseqüentemente, o crescimento da população idosa fazem ressurgir nos dias de hoje a busca por uma vida com mais qualidade e saúde. Portanto, a manutenção do sistema estomatognático dos pacientes senescentes é de extrema importância, pois é através dele que o individuo se alimenta. Baseado nestes preceitos, é relevante analisarmos de que forma a condição bucal pode interferir na escolha dos alimentos, bem como no hábito alimentar do individuo e, trazer conseqüências ao seu estado nutricional e à sua saúde geral, justificando-se assim este estudo. Nesta pesquisa foi realizado concomitantemente um exame clinico, uma entrevista e a aplicação de um teste nutricional (Mini-Avaliação-Nutricional), a fim de se avaliar a condição bucal, a capacidade mastigatória e o risco de desnutrição. A amostra constituiu-se de 25 pacientes senescentes institucionalizados, de ambos os sexos, das raças branca e não-branca, com diferentes condições bucais, formando-se 4 grupos distintos: pacientes usuários de prótese total bimaxilar (Grupo 1 = 11 pacientes), pacientes usuários de pelo menos uma prótese total (Grupo 2 = 7 pacientes), pacientes dentados com no mínimo 10 dentes em cada arcada (Grupo 3 = 4 pacientes)...

Evolução do estado nutricional dos pacientes internados na unidade pediátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Silveira, Carla Rosane de Moraes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
A avaliação nutricional integra o exame clínico, dado o impacto da desnutrição sobre a evolução da criança hospitalizada. Curvas de crescimento, derivadas de populações infantis não agudamente doentes, são rotineiramente adotadas. No entanto, seu emprego limita a identificação precoce das crianças que se beneficiariam com a implantação de terapia nutricional, por diagnosticar desnutrição já instalada. Também, não é totalmente claro se mudanças nutricionais agudas, em curto período de tempo, podem ser captadas por estes instrumentos. Neste sentido, a presente dissertação de mestrado se propôs a avaliar a prevalência de desnutrição na admissão e a evolução do estado nutricional de pacientes pediátricos de um hospital brasileiro de alta complexidade, descrevendo a associação entre o estado nutricional, tempo de hospitalização, via de administração da dieta e diagnóstico clínico, além de comparar a concordância entre as curvas do NCHS (1977), CDC (2000) e OMS (2006). As crianças foram incluídas ao serem hospitalizadas em qualquer um dos 72 leitos das unidades de pediatria geral. A avaliação foi realizada nas primeiras 48 horas da hospitalização e repetida a cada 7 dias, até a alta hospitalar. Os índices estatura/idade (E/I)...

Estado nutricional em pacientes atendidos por um programa de adultos para fibrose cística; Nutritional status in patients seen at an adult program for cystic fibrosis patients

Ziegler, Bruna; Rovedder, Paula Maria Eidt; Lukrafka, Janice Luiza; Abraão, Claudine Lacerda de Oliveira; Dalcin, Paulo de Tarso Roth
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.3%
Introdução: Na fibrose cística (FC), o estado nutricional está associado com o crescimento, função pulmonar e índices de sobrevida. Objetivo: Avaliar o estado nutricional em adultos com FC e correlacionar com escore clínico, escore radiológico, pressões respiratórias estáticas máximas, capacidade submáxima de exercício e função pulmonar. Metodologia: O estudo realizado foi transversal e prospectivo, em pacientes (16 anos ou mais), atendidos em um programa para adultos com FC. Os pacientes foram submetidos a uma avaliação nutricional e clínica, ao teste de caminhada de seis minutos (TC6), à medida das pressões respiratórias máximas, a espirometria e exame radiológico do tórax. Resultados: O estudo incluiu 41 pacientes com media de idade de 23,7 ± 6,5 anos e média de índice de massa corporal (IMC) de 20,2 ± 2,2 Kg/m2. Vinte e seis pacientes (63,4%) foram classificados como bem nutridos (IMC = 21,7 ± 2,0 Kg/m2), 6 (14,6%) como risco nutricional (IMC = 19,4 ± 0,5 Kg/m2) e 9 (22%) como desnutridos (IMC = 17,6 ± 0,8 Kg/m2). Não houve correlação significativa entre IMC e a idade (r = 0,24; P = 0,13), idade do diagnóstico (r = -0,04; P = 0,81), escore clínico (r = 0,13; P = 0,40) e radiográfico (r = -0...

Dental caries and the nutritional status of preschool children: a spatial analysis

Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini; Melanda, Edson Augusto; Antunes, Juliana da Silva; Foschini, Ana Lígia Rozato
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 4161-4168
Português
Relevância na Pesquisa
36.03%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); OBJETIVO: analisar espacialmente a distribuição da cárie dentária e do estado nutricional (EN) de pré-escolares, de 5 anos de idade do município de Araraquara, SP. MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal com delineamento amostral probabilístico estratificado. Realizou-se exame clínico bucal para investigação do Índice ceod. Indicadores de peso para altura (P/A), altura para idade (A/I), peso para idade (P/I) e Índice de Massa Corpórea (IMC) foram calculados para classificação do EN. Realizou-se análise estatística descritiva e confeccionou-se mapa temático. Ao final do estudo 491 crianças possuíam codificação completa de endereço. A captura dos pontos de referencial geográfico foi realizada com o auxílio de aparelho de GPS. Elaborou-se semivariograma omini-direcional. RESULTADOS: Observa-se que ambas variáveis apresentaram efeito pepita puro, ou seja, os valores da semi-variância oscila em torno da variância dos dados. Isso implica que as variáveis não são regionalizadas, sendo assim, seus valores não possuem dependência espacial direta. CONCLUSÃO: Cárie dentaria e estado nutricional são condições que não apresentam dependência espacial. Eventualmente a combinação destes indicadores com outros pode produzir efeitos de dependência espacial.; OBJECTIVE: This cross-sectional study sought to conduct a spatially analysis of the distribution of dental caries and the nutritional status (NS) of 5-year-old preschool children of public schools in the city of Araraquara...

Cárie dentária e indicadores antropométricos do estado nutricional em pré-escolares - análise espacial

Foschini, Ana Lígia Rozato
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 127 f. + anexo
Português
Relevância na Pesquisa
36.07%
Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; Para estudar a associação da cárie dentária com indicadores antropométricos do estado nutricional em pré-escolares de 5 anos de idade, do município de Araraquara, SP, e sua relação com o espaço foi realizado este estudo de corte transversal. A amostra foi selecionada de forma probabilística estratificada. Foi realizado exame clínico bucal para investigação do Índice ceod e aferidas medidas antropométricas de peso e altura. Realizou-se cálculo dos indicadores de peso para altura (ZPA), altura para idade (ZAI), peso para idade (ZPI) e Índice de Massa Corpórea (ZIMC). A classificação do estado nutricional seguiu a referência da Organização Mundial de Saúde (1995). O nível de escolaridade e econômico do chefe de família foram avaliados. Para análise espacial, elaborou-se base georreferenciada. Confeccionou-se semivariograma experimental omini-direcional e krigagem dos dados de probabilidade oriundos de regressão logística múltipla. Ao final, participaram 602 pré-escolares. Este estudo foi apresentado em quatro capítulos. O Capítulo 1 investigou a prevalência da cárie dentária, sua associação com fatores sócio-demográficos e sua distribuição espacial. Dos participantes...

Associação da cárie dentária com indicadores antropométricos do estado nutricional em pré-escolares

Foschini, Ana Lígia Rozato; Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 597-602
Português
Relevância na Pesquisa
46.13%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 2007/00913-5; The purpose of this study was to examine the association of dental caries with anthropometric indicators of nutritional status in preschool children in the city of Araraquara, SP. The sample was selected in a probabilistic stratifi ed way. A dental examination was conducted to investigate oral status indicators – dmft index. The weight and height of the children were measured. The anthropometric indicators of weight/height (WHZ), height/age (HAZ), weight/age (WAZ) and body mass index (BMIZ) were calculated. For the study of the probability of occur dental caries according to the nutritional status applying the logistic regression analysis. In order to compare the dmft index of preschool children according to the nutritional status was conducted by the Kruskal-Wallis test. 602 preschool children participated of the study. The mean dmft of the preschoolers was 1.22±2.23. Of the preschoolers 8.64% were wasted, 1.66% underweight and 1.00% stunted. High prevalence of excess weight was observed (38.37%), with prevalence of obesity of 15.78%. There was no signifi cant statistical difference (p=0.7128) for the dmft index according to the nutritional status of the children and the probability of the preschoolers to have dental caries is independent of the nutritional status.; Realizou-se este estudo para verifi car a associação da cárie dentária com indicadores antropométricos do estado nutricional em pré-escolares de Araraquara...

Contextualização do doente crítico sob uma perspectiva nutricional

Assunção, Sofia Rosa Batista
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols. (tese+relatório); 30 cm
Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
Resumo da tese: O doente critico é caracterizado como aquele que necessita regularmente de cuidados específicos e permanentes, e que se encontra internado numa unidade de cuidados intensivos (UCI), podendo apresentar uma grande diversidade de patologias e de situações clínicas adversas. O estado nutricional do doente crítico pode ser avaliado pelo exame clínico, pelo estudo analítico, pela avaliação antropométrica e por métodos de avaliação da composição corporal. É um dos principais determinantes da evolução da situação clínica do doente crítico , especialmente por este estar sujeito, porv norma, a um prolongado stress metabólico, que o impossibilita de manter uma adequada ingestão de nutrientes, conduzindo como resultado, a um estado avançado de malnutrição. Por essa razão, o suporte nutricional é um factor extremamente importante no cuidado dos doentes critícos e, quando administrado adequadamente, melhora a evolução clínica e evita a malnutrição, responsável pela deterioração da função imunitária, um aumento do risco de infecções e uma maior taxa de mortalidade. A instituição do suporte nutricional é um processo complexo que envolve um conhecimento aprofundado dos princípios nutricionais...

Dental caries and the nutritional status of preschool children – A spatial analysis

Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini; Melanda, Edson Augusto; Antunes, Juliana da Silva; Foschini, Ana Lígia Rozato
Fonte: ABRASCO Publicador: ABRASCO
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.03%
Objective: This cross-sectional study sought to conduct a spatially analysis of the distribution of dental caries and the nutritional status (NS) of 5-year-old preschool children of public schools in the city of Araraquara, São Paulo, Brazil. Methods: The sample was selected in a stratified probabilistic manner. A dental examination was conducted to investigate the dmft index. The anthropometric indicators of the weight/ height (W/H), height/age (H/A), weight/age (W/ A) and body mass index (BMI) were calculated to estimate the NS. A descriptive statistical analysis was conducted and a thematic map was created. At the end of the study 491 children had full address codification. A GPS device was used to ascertain the geographic reference points. A pluridirectional semi-variogram was elaborated. Results: It was revealed that both variables presented a pure nugget effect showing the absence of a spatial correlation, in other words the dmft and nutritional status are not regionalized variables, and their values do not reveal direct spatial dependence. Conclusions: Dental caries and nutritional status are health conditions that do not reveal spatial dependence. Ultimately, the combination of these indicators with others can produce spatial dependence effects.; Resumo: Objetivo: analisar espacialmente a distribuição da cárie dentária e do estado nutricional (EN) de pré-escolares...

Situação nutricional e alimentar de pré-escolares no semi-árido da Bahia (Brasil): II ­ Hipovitaminose A

Santos,Leonor M.P.; Assis,Ana Marlucia O.; Martins,Maisa C.; Araújo,Maria P.N.; Morris,Saul S.; Barreto,Mauricio L.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1996 Português
Relevância na Pesquisa
35.86%
Foram estudados 754 pré-escolares de áreas urbanas de sete municípios do semi-árido do Estado Bahia, Brasil, com o objetivo de determinar a prevalência da hipovitaminose A e sua associação com a idade, sexo, renda em salário-mínimo, escolaridade materna e adequação dietética em vitamina A. Na amostra estudada não se registrou nenhum caso de sinais e/ou sintomas de xeroftalmia durante o exame clínico-oftalmológico. Em 563 crianças foi possível a coleta de sangue para determinação de retinol sérico; encontrou-se um valor médio de 20,3 µg/dl (DP=10,8µg/dl) e uma prevalência de 15,3% de níveis deficientes (abaixo de 10,0 µg/dl). Em todos os sete municípios estudados a prevalência de retinol sérico deficiente foi superior a 5,0% que é nível crítico proposto pela OMS para considerar a hipovitaminose A como problema de saúde pública. A distribuição de retinol sérico encontrada não teve relação com o sexo das crianças, mas com a idade, diminuindo a prevalência de níveis deficientes e baixos na medida em que a idade aumenta. Não se encontrou associação entre renda familiar per capita ou escolaridade materna e a prevalência de níveis de retinol deficiente. Os resultados de consumo alimentar provenientes do inquérito recordatório de 24h mostraram que apenas 8% das crianças consumiram quantidades adequadas de retinol ou de seus precursores; 66% ingeriam abaixo da metade e quase 35% delas não chegaram a ingerir nem um quarto da quantidade recomendada para sua faixa etária. A carência de vitamina A deve ser considerada como problema de saúde pública severo...

Indicadores das condições nutricionais na região do Polonoroeste: III. Estudo clínico nutricional

Albuquerque,M.C.W.; Yokoo,E.M.; Guimarães,L.V.; Latorraca,M.Q.; Spinelli,M.A. dos Santos; Veloso,R.V.; Silva,R.A.P.R. da; Santos,S.M.C. dos
Fonte: Instituto de Medicina Tropical Publicador: Instituto de Medicina Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1988 Português
Relevância na Pesquisa
86.51%
O estudo do exame clínico-nutricional é parte do Inquérito Nutricional, realizado no "Diagnóstico em Saúde do Polonoroeste-MT em 1983". No intuito de reconhecer a situação nutricional da população da região em estudo, o grupo do Inquérito Nutricional procedeu ao estudo do Consumo Alimentar das famílias, ao estudo dos dados antropométricos e de sinais clínico-nutricionais de crianças na faixa etária de 3 a 72 meses. Foram examinadas 585 crianças da amostra como proposta por SANCHES & CARVALHEIRO7 adaptado por MEIRELLES e SANCHES. O exame clínico-nutricional foi realizado segundo a metodologia recomendada por JELLIFFE4. Foram encontrados sinais clínicos sugestivos de carência nutricional em 6,6% das crianças; sinais de anemia em 9,7% e de bócio em 2,7%. Não foi possível definir com precisão outros quadros carenciais.

Produção e composição do leite e escore corporal de cabras lactantes submetidas à suplementação mineral comercial e seletiva

Malafaia,Pedro; Cruz,Paula Barroso; Silva,Vinícius Pimentel
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.86%
A comparação da produção e composição do leite, do escore corporal e dos custos com a suplementação mineral comercial e seletiva foi feita utilizando-se dois grupos de 16 cabras lactantes por 164 dias. Não houve diferenças significativas na produção de leite dos animais que ingeriram os dois tipos de suplementos minerais. Não houve efeito do tipo de suplementação mineral em relação a composição do leite em gordura, proteína e lactose bem como na contagem de células somáticas (CCS). O consumo médio diário do suplemento comercial foi 1,76 vezes maior do que o suplemento contendo apenas cloreto de sódio associado ao sulfato de cobre. A utilização da mistura mineral seletiva, formulada com base no exame clínico-nutricional dos animais, gerou uma redução de aproximadamente 7 vezes o custo com a suplementação mineral do rebanho caprino.

Fatores sócio-econômicos relacionados ao risco nutricional e sua associação com a freqüência de defeitos do esmalte em crianças da cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil

Massoni,Andreza Cristina de Lima Targino; Oliveira,Andressa Feitosa Bezerra de; Chaves,Ana Maria Barros; Sampaio,Fábio Correia; Rosenblatt,Aronita
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.14%
O objetivo deste estudo foi verificar fatores associados ao risco nutricional ao longo do primeiro ano de vida em crianças de baixo nível sócio-econômico de João Pessoa, Paraíba, Região Nordeste do Brasil. E determinar a freqüência de defeitos do esmalte, associando-a ao risco nutricional. O estudo foi realizado com 117 crianças, 56 com risco nutricional e 61 eutróficas. Em domicílio, realizaram-se avaliação nutricional, exame clínico dos elementos dentais e entrevistas com as mães. Na maternidade, registraram-se informações dos períodos gestacional e de nascimento. Utilizaram-se os testes qui-quadrado, exato de Fisher e modelos de regressão logística. Os defeitos do esmalte estiveram associados ao risco nutricional após o primeiro ano de vida. O risco nutricional esteve associado à renda per capita, condições de peso ao nascimento e índice de crescimento intra-uterino. Conclui-se que na amostra investigada os defeitos do esmalte estiveram associados ao risco nutricional e este às condições sócio-econômicas desfavoráveis durante a gestação e o nascimento, sugerindo que estes são fatores relevantes na programação nutricional do indivíduo e na formação do esmalte dentário.

Perfil clínico-nutricional das crianças da população remanescentes dos quilombos do estado de Alagoas; Clinical and nutritional profile of children from communities descended of escaped africans slaves, Alagoas

Lamenha, Maria Laura Dias
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.21%
Objective: To know the nutritional status of children under 5 years old who live in Quilombos (Brazilian hinterland settlement founded by people of African origin) from Alagoas state in Brazil. Methods: A cross-sectional study involving 1114 children. The nutritional status was evaluated by anthropometry, clinical examination and measurement of hemoglobin level. The study data were: weight and height for formation of the weight -for age, weight for height and height for age. To characterizes underweight, wasting and stunting, it was applied to these indices, the cutoff z<-2. The Anthropometric standard used was proposed by OMS -2006. The Anemia was diagnosed when the hemoglobin level was < 11mg/dL. It was measured by a portable photometer (Hemocue). The Clinical Evaluations were preceded by a pediatrician, following the standard guide. Results: The prevalence of stunting, underweight and wasting was respectively 9,5%, 2,6% and 1,4 % . The anemia was found in 52,7% of the children . More usual clinical signs founded were : Pallor (61, 6%) , dental caries ( 38, 2%) , dull hair ( 26,9%) , skin xerosis (26,7%) and presence of infectious processes (22,3%) . Conclusion: Stunting, which indicates chronic mal nutrition, was the most common anthropometric deficit. The anemia presented so strong that characterizes it as a serious public health problem. The deficits of underweight and wasting however...

Estudos nutricionais das populações rurais da Amazônia. II. Rio Negro

Giugliano,Rodolfo; Shrimpton,Roger; Marinho,Helyde A.; Giugliano,Loreny G.
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1984 Português
Relevância na Pesquisa
26.28%
Um inquérito nutricional foi realizado na população ribeirinha do rio Negro, no Estado do Amazonas, numa área de baixíssima densidade populacional. Todas as famílias com crianças abaixo de 6 anos, num trecho de 20OKm entre a foz do rio Branco e a cidade de Barcelos foram estudados num total de 60 famílias e 121 crianças. Este número de crianças representa cerca de. 4,8% das crianças da área rural, dos Municípios envolvidos. Todas as crianças foram submetidas a exame clínico, medidas e pesadas e, de 66 crianças, foi colhido sangue por punção digital para determinação de, hematócrito e, hemoglobina. Foram coletadas amostras de fezes de 78 crianças, para exame panasitológico. Todas as mães foram também medidas e pesadas, além de entrevistadas quanto a hábtos de higiene, alimentação da criança e alimentos por ela ingeridos nas últimas 24 horas, De 42 mães, foi colhido sangue pana determinação de hematúcrito e hemoglobina.As condições de higiene da população local são bastante primitivas. A água. é consumida diretamente do rio, e a defecação efetuada ao nível do solo, em torno das casas. A natimortalidade for estimada em 80/1000 nascimentos, abortos espontâneos de 66,7/1000 gestações e mortalidade infantilde 93...

Relação do estado nutricional e dependência de ventilação mecânica em pacientes críticos oncológicos; Relación entre estado nutricional y dependencia de ventilación mecánica en pacientes críticos oncológicos; Relation between nutritional status and dependency on mechanical ventilation in critical oncologic patients

Schleder, Juliana Carvalho; Suzumura, Doris Naoko; Matioski, Ana Cristina; Wosiacki Filho, Woldir; Costa, Cesar; Wasilewski, José Henrique Schetinni
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.26%
El estado de mal nutrición está ligado con la pérdida de masa muscular que, por su vez, puede ser responsable por el mal pronóstico de pacientes internados en la unidad de terapia intensiva (UTI). La relación entre cáncer y estado nutricional ha sido ampliamente estudiada. Sin embargo, la relación entre estado nutricional y tiempo de permanencia en ventilación mecánica invasiva (VMI) en pacientes oncológicos todavía no está totalmente esclarecida. El objetivo del estudio fue verificar la relación del estado nutricional de los pacientes oncológicos en la UTI con el tiempo de permanencia en VMI. Participaron del estudio, 57 pacientes que estuvieron internados en la UTI del Hospital Erasto Gaertner y que necesitaron de soporte ventilatorio invasivo por un mínimo de 48 horas. Fueron recolectados los datos referentes al género, edad, índice de masa corporal (IMC), localización topográfica del cáncer, estadio clínico (EC) de la enfermedad, examen anatomopatológico (AP), tratamiento realizado, motivo de internación en la UTI y APACHE II. El diagnóstico de mal nutrición encontrado fue de 22,81%; 50,88% eran eutróficos, 14,04% tenían sobrepeso y 12,28% eran obesos. El score de APACHE II obtuvo una media de 26,4 puntos y la tasa prevista de mortalidad de un 60%. La media general del tiempo de permanencia bajo VMI fue de r=0...

Indicadores das condições nutricionais na região do Polonoroeste: III. Estudo clínico nutricional; Nutritional status indicators in Polonoroeste Area: III - clinical nutritional study

Albuquerque, M.C.W.; Yokoo, E.M.; Guimarães, L.V.; Latorraca, M.Q.; Spinelli, M.A. dos Santos; Veloso, R.V.; Silva, R.A.P.R. da; Santos, S.M.C. dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1988 Português
Relevância na Pesquisa
86.51%
O estudo do exame clínico-nutricional é parte do Inquérito Nutricional, realizado no "Diagnóstico em Saúde do Polonoroeste-MT em 1983". No intuito de reconhecer a situação nutricional da população da região em estudo, o grupo do Inquérito Nutricional procedeu ao estudo do Consumo Alimentar das famílias, ao estudo dos dados antropométricos e de sinais clínico-nutricionais de crianças na faixa etária de 3 a 72 meses. Foram examinadas 585 crianças da amostra como proposta por SANCHES & CARVALHEIRO7 adaptado por MEIRELLES e SANCHES. O exame clínico-nutricional foi realizado segundo a metodologia recomendada por JELLIFFE4. Foram encontrados sinais clínicos sugestivos de carência nutricional em 6,6% das crianças; sinais de anemia em 9,7% e de bócio em 2,7%. Não foi possível definir com precisão outros quadros carenciais.; This work is part of the clinical nutritional evaluation of the "Health Diagnostic in the Polonoroeste Survey, 1983". With the objective of evaluating the nutritional status of the population in the area of Polonoroeste a Nutritional Inquiry was done in 7 cities of the State of Mato Grosso. The inquiry included a study of alimentary habits, anthropometric studies and a clinical evaluation of the nutritional status of children between 3 and 72 months of age. We examined 585 children selected as proposed by the SANCHES & CARVALHEIRO sampling method modified by MEIRELLES and SANCHES and the clinical-nutritional evaluation was made according to JELLIEFE. Clinical evidence of proteic-energetic malnutrition was registered in 6.6% of the children...

Avaliação metabólica nutricional de obesas no basal e após tratamento com dieta hipocalórica e tratamento em circuito ou caminhada; Metabolic evaluation nutritional of obeses in basal and after treatment with diet hipocaloric and circuit training or walking

Fett, Carlos Alexandre; Doutorado em Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. USP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Experimental Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 12/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
35.86%
Propósito: Observar obesas pré e pós-dieta hipocalórica moderada, mais treinamento em circuito ou caminhada. quanto a variáveis nutricionais. Métodos: Grupos: treinamento em circuito, CIRC, n = 26, índice de massa corporal (IMC, kg/m2) = 33,2 ± 7,9 (Média desvio padrão); idade = 32,6 ± 9,7 anos; e treinamento em caminhada, CAM, n = 24, IMC = 29,2 ± 3,4; idade = 38,8 ± 10,5 anos. Avaliações: a composição corporal, coleta de urina e sangue, calorimetria indireta e testes físicos eram obtidos no inicio (M1) e final (M2) do estudo. Treinamento: mês 1 = 1 h x 3 d/semana; e mês 2 = 1 h x 4 d/semana. Dieta: foi adaptada do registro alimentar de uma semana, ajustado ao gasto energético de repouso (GER) e balanceada, com a seguinte proporção: 20% de proteínas; 20% de gorduras; e 60% de carbohidratos. Resultados: Pré-intervenção: 76% tinham algum familiar obeso; havia sintomatologia indicativa de: 60% ansiosas, 12% depressivas, 34% compulsivas e 32% distúrbio do sono, avaliadas por questionário no exame clínico. Foram encontrados níveis alterados de colesterol total (CT, mg/dL), e ou frações em 22% das sujeitas. O peso, IMC, o índice abdômem/quadril (IAQ), a soma de oito pregas cutâneas (SP8) se correlacionaram significativamente a quatro variáveis bioquímicas...

Situação nutricional e alimentar de pré-escolares no semi-árido da Bahia (Brasil): II ­ Hipovitaminose A

Santos,Leonor M.P.; Assis,Ana Marlucia O.; Martins,Maisa C.; Araújo,Maria P.N.; Morris,Saul S.; Barreto,Mauricio L.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1996 Português
Relevância na Pesquisa
35.86%
Foram estudados 754 pré-escolares de áreas urbanas de sete municípios do semi-árido do Estado Bahia, Brasil, com o objetivo de determinar a prevalência da hipovitaminose A e sua associação com a idade, sexo, renda em salário-mínimo, escolaridade materna e adequação dietética em vitamina A. Na amostra estudada não se registrou nenhum caso de sinais e/ou sintomas de xeroftalmia durante o exame clínico-oftalmológico. Em 563 crianças foi possível a coleta de sangue para determinação de retinol sérico; encontrou-se um valor médio de 20,3 µg/dl (DP=10,8µg/dl) e uma prevalência de 15,3% de níveis deficientes (abaixo de 10,0 µg/dl). Em todos os sete municípios estudados a prevalência de retinol sérico deficiente foi superior a 5,0% que é nível crítico proposto pela OMS para considerar a hipovitaminose A como problema de saúde pública. A distribuição de retinol sérico encontrada não teve relação com o sexo das crianças, mas com a idade, diminuindo a prevalência de níveis deficientes e baixos na medida em que a idade aumenta. Não se encontrou associação entre renda familiar per capita ou escolaridade materna e a prevalência de níveis de retinol deficiente. Os resultados de consumo alimentar provenientes do inquérito recordatório de 24h mostraram que apenas 8% das crianças consumiram quantidades adequadas de retinol ou de seus precursores; 66% ingeriam abaixo da metade e quase 35% delas não chegaram a ingerir nem um quarto da quantidade recomendada para sua faixa etária. A carência de vitamina A deve ser considerada como problema de saúde pública severo...

Fatores sócio-econômicos relacionados ao risco nutricional e sua associação com a freqüência de defeitos do esmalte em crianças da cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil

Massoni,Andreza Cristina de Lima Targino; Oliveira,Andressa Feitosa Bezerra de; Chaves,Ana Maria Barros; Sampaio,Fábio Correia; Rosenblatt,Aronita
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.14%
O objetivo deste estudo foi verificar fatores associados ao risco nutricional ao longo do primeiro ano de vida em crianças de baixo nível sócio-econômico de João Pessoa, Paraíba, Região Nordeste do Brasil. E determinar a freqüência de defeitos do esmalte, associando-a ao risco nutricional. O estudo foi realizado com 117 crianças, 56 com risco nutricional e 61 eutróficas. Em domicílio, realizaram-se avaliação nutricional, exame clínico dos elementos dentais e entrevistas com as mães. Na maternidade, registraram-se informações dos períodos gestacional e de nascimento. Utilizaram-se os testes qui-quadrado, exato de Fisher e modelos de regressão logística. Os defeitos do esmalte estiveram associados ao risco nutricional após o primeiro ano de vida. O risco nutricional esteve associado à renda per capita, condições de peso ao nascimento e índice de crescimento intra-uterino. Conclui-se que na amostra investigada os defeitos do esmalte estiveram associados ao risco nutricional e este às condições sócio-econômicas desfavoráveis durante a gestação e o nascimento, sugerindo que estes são fatores relevantes na programação nutricional do indivíduo e na formação do esmalte dentário.