Página 1 dos resultados de 375 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Efeitos da bromocriptina na prevenção da síndrome do hiperestímulo ovariano precoce em mulheres de alto risco submetidas a fertilização in vitro; Effects of bromocriptine in the prevention of early ovarian hyperstimulation syndrome in high risk women submitted to in vitro fertilization

Mello, Ana Lucia Rocha Beltrame de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.98%
Objetivo: Avaliar o uso da bromocriptina na prevenção da síndrome do hiperestímulo ovariano (SHO) precoce moderada ou grave em mulheres de alto risco submetidas a fertilização in vitro. Pacientes e Métodos: Estudo duplo-cego, prospectivo e randomizado, foi realizado entre fevereiro de 2006 e novembro de 2007 no Centro de Reprodução Humana da Divisão de Ginecologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, na Huntington Centro de Medicina Reprodutiva e no Centro de Reprodução Humana do Hospital e Maternidade Santa Joana. Foram estudadas 28 mulheres entre 20 e 39 anos de alto risco para desenvolver a SHO (presença de 20 folículos ou mais ao ultrassom transvaginal no dia anterior à administração de gonadotrofina coriônica humana (hCG); níveis séricos de estradiol no dia da administração do hCG ou previamente a esta data iguais ou maiores que 3000 pg/ml e/ou aumento significativo ovariano bilateral). Foram divididas randomicamente, em dois grupos: A (n=17) e B (n=11), que receberam, respectivamente, um comprimido diário de ácido fólico (2,0 mg) e de bromocriptina (2,5 mg), por via oral, durante 14 dias, com início no dia da administração de hCG. As pacientes foram avaliadas no dia da administração do hCG (D1) e sete dias após (D2)...

O papel da emergência de ondas foliculares na sincronização da estimulação ovariana para fertilização in vitro; Ovarian stimulation protocols synchronized with follicular wave emergence for in vitro fertilization

Bianchi, Paulo Homem de Mello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
96.05%
INTRODUÇÃO: A estimulação ovariana, parte fundamental dos tratamentos de fertilização in vitro, baseia-se no conhecimento da fisiologia deste órgão. Recentemente um novo modelo de foliculogênese, a teoria das ondas foliculares, foi descrito em humanos. A sincronização do início da estimulação com o surgimento de uma onda folicular melhora o desempenho dos tratamentos em animais. Os protocolos de estimulação ovariana para fertilização in vitro humana não são sincronizados com o início de uma onda folicular. O presente estudo tem como objetivos avaliar duas estratégias de controle da emergência de uma onda folicular (aspiração do folículo dominante e indução da ovulação mediada pelo hCG) e descrever a estimulação ovariana sincronizada com o início de uma onda. MÉTODOS: Participaram deste estudo controlado pacientes com indicação de fertilização in vitro (fatores tubário e/ou masculino de infertilidade), randomizadas em três grupos: controle, "hCG" e "aspiração". No grupo controle (n=6), a aplicação do FSH recombinante (150UI/d) teve início no terceiro dia do ciclo menstrual, seguindo o protocolo flexível do antagonista do GnRH. Nos grupos experimentais foram realizadas ultrassonografias transvaginais seriadas até a identificação de um folículo dominante >= 15mm. Neste momento...

Avaliação da imunoterapia com linfócitos paternos em casais com falhas de implantação após fertilização in vitro = : The influence of immunotherapy with paternal lymphocytes in the results of in vitro fertilization in couples with implantation failures; The influence of immunotherapy with paternal lymphocytes in the results of in vitro fertilization in couples with implantation failures

Yvonne Klimesch
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
96.06%
Introdução: As altas taxas de falha de implantação embrionária vêm sendo uma das principais causas no insucesso dos ciclos de fertilização in vitro. A incompatibilidade imunológica entre o embrião e a decídua materna gera uma ineficiência na produção de anticorpos bloqueadores com um aumento no predomínio de citocinas do tipo Th1 que são prejudiciais ao processo da gestação. A imunoterapia com linfócitos paternos surge como tratamento adjuvante com a função de reverter essa alteração imunológica para um predomínio do tipo Th2 favorecendo assim a tolerância imunológica permitindo a implantação embrionária e posterior desenvolvimento gestacional aumentando as taxas nos ciclos de fertilização assistida. Objetivos: Avaliar o tratamento de imunização com linfócitos paternos, os resultados maternos fetais e perinatais dos casais que tiveram falhas de implantação em ciclos de fertilização in vitro (FIV/ICSI). Materiais e métodos: Através de busca ativa pelos prontuários médicos foram incluídos no estudo 52 casais que apresentavam pelo menos duas falhas nos ciclos de fertilização previamente a imunoterapia. A imunização com linfócitos paternos foi administrada via intradérmica a cada 21 dias...

O filho havido por fertilização in vitro homóloga e implantado post mortem como sujeito de direitos sucessório e de filiação

Sousa, Priscila Meireles de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 86 f.
Português
Relevância na Pesquisa
96.01%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; A presente monografia objetiva analisar a possibilidade de aplicação, sob a luz do ordenamento jurídico pátrio, dos direitos de filiação e sucessório ao filho havido por fertilização in vitro homóloga anteriormente à morte do genitor e implantado no útero materno após esta. Utiliza-se, para tanto, o método dedutivo. A fertilização in vitro possibilita a ocorrência de embriões excedentários, gerando estes discussões acerca do status biológico e jurídico que assumem. Considerando-se, contudo, que o filho já tenha nascido em decorrência da situação descrita, verifica-se a existência do direito à filiação. Percebe-se, claramente, a aplicação do art. 1.597, IV, do Código Civil, segundo o qual se presumem concebidos na constância do casamento os filhos havidos, a qualquer tempo, quando se tratar de embriões excedentários decorrentes de fertilização in vitro homóloga. Ressalta-se que a presunção legal ocorrerá somente quando houver prévia autorização, por escrito, do falecido genitor, e a genitora mantiver o estado de viuvez, conforme Enunciados da Jornada de Direito Civil e Resolução n. 2.013/13 do Conselho Federal de Medicina. Todavia...

Preocupações parentais dos pais de crianças nascidas por fertilização in vitro

Serra, Ana Mafalda; Castro, Susana Isabel Miranda Algarvio de
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
96%
O objectivo deste trabalho foi avaliar as preocupações parentais de pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, através de uma Escala de Preocupações Parentais (Algarvio & Leal, 2002; Algarvio & Leal, 2004). Os participantes, seleccionados na consulta de infertilidade da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, constituíram uma amostra de conveniência de 19 pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, com idades compreendidas entre 1 ano e 11 anos, em que 12 eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Os resultados obtidos parecem indicar que as maiores preocupações deste grupo de pais se centram na sub-escala I. Problemas Familiares e Preocupações Escolares. Foram encontradas diferenças significativas para quem respondeu ao questionário, nível socio-económico, número de tentativas de gravidez, causa de infertilidade e tempo de espera da FIV.

Preocupações parentais dos pais de crianças nascidas por fertilização in vitro

Serra, Ana Mafalda; ISPA; Leal, Isabel Pereira; ISPA
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96%
O objectivo deste trabalho foi avaliar as preocupações parentais de pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, através de uma Escala de Preocupações Parentais (Algarvio & Leal, 2002; Algarvio & Leal, 2004). Os participantes, seleccionados na consulta de infertilidade da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, constituíram uma amostra de conveniência de 19 pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, com idades compreendidas entre 1 ano e 11 anos, em que 12 eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Os resultados obtidos parecem indicar que as maiores preocupações deste grupo de pais se centram na sub-escala I. Problemas Familiares e Preocupações Escolares. Foram encontradas diferenças significativas para quem respondeu ao questionário, nível socio-económico, número de tentativas de gravidez, causa de infertilidade e tempo de espera da FIV.

Preocupações parentais dos pais de crianças nascidas por fertilização in vitro

Serra, Ana Mafalda; ISPA-IU; Algarvio, Susa; ISPA-IU
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96%
O objectivo deste trabalho foi avaliar as preocupações parentais de pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, através de uma Escala de Preocupações Parentais (Algarvio & Leal, 2002; Algarvio & Leal, 2004). Os participantes, seleccionados na consulta de infertilidade da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, constituíram uma amostra de conveniência de 19 pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, com idades compreendidas entre 1 ano e 11 anos, em que 12 eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Os resultados obtidos parecem indicar que as maiores preocupações deste grupo de pais se centram na sub-escala I. Problemas Familiares e Preocupações Escolares. Foram encontradas diferenças significativas para quem respondeu ao questionário, nível socio-económico, número de tentativas de gravidez, causa de infertilidade e tempo de espera da FIV.

Comparação entre três escores embrionários como fator prognóstico do sucesso em fertilização in vitro

Moura,Marcos Dias de; Oliveira,Vinícius Alves de; Sala,Maria Matheus de; Ferriani,Rui Alberto; Reis,Rosana Maria dos
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
96%
OBJETIVO: avaliar três sistemas de escore embrionário para embriões de 3º dia e correlacioná-los com resultados positivos da técnica de fertilização in vitro. MÉTODO: estudo retrospectivo desenvolvido pelo programa de fertilização in vitro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP. Foram incluídas 137 pacientes submetidas a fertilização in vitro e transferência de 439 embriões. Os principais resultados avaliados foram taxa de gravidez e taxa de implantação. RESULTADOS: nos três métodos observou-se diferença significativa no escore embrionário entre o grupo de grávidas (n=53) e não grávidas (n=84) (p<0,0001). No escore 1, avaliando-se apenas o número de células, observou-se maior taxa de gravidez (70%) e taxa de implantação (42%) nas transferências de embriões com média dos blastômeros acima de 8. O escore 2, baseado num escore total de quatro pontos (clivagem, número de blastômeros, fragmentação e simetria), mostrou aumento nas taxas de gravidez (52,8%) e implantação (31%) nos escores acima de 2. No escore 3, baseado no número de células e no grau morfológico, também as taxas de gravidez e de implantação elevaram-se de acordo com o aumento do escore médio dos embriões transferidos. CONCLUSÃO: Os três sistemas de escore avaliados em embriões de 3º dia...

Avaliação da cavidade uterina com hístero-sonografia em pacientes com falha de implantação após fertilização in vitro

Ninomiya,Teiichi; Albuquerque,Luiz Eduardo Trevisan de; Varjão,Daniele Mansur; Faria,Karina Bertono de; Oliveira,Rudson Carlos Martins de; Diniz,Luiz Eduardo Vieira
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 Português
Relevância na Pesquisa
96%
OBJETIVO: analisar a acurácia da hístero-sonografia (HSoG) na avaliação da cavidade uterina nas pacientes que tiveram falha de implantação na primeira tentativa de fertilização in vitro. MÉTODOS: foram analisadas prospectivamente, em estudo duplo-cego, pacientes previamente submetidas à transferência de pelo menos um embrião e que apresentaram falha de implantação. As pacientes foram submetidas a HSoG e em seguida a histeroscopia diagnóstica, realizadas por equipes diferentes, não havendo troca de informações sobre os resultados das mesmas. Os resultados foram agrupados e interpretados somente após o término da pesquisa. A HSoG foi realizada após cateterização do colo uterino por sonda uretral nº 8 e injeção de soro fisiológico. A interface anecóica proporcionada pela solução salina permite determinar as anormalidades, tais como pólipos uterinos ou miomas submucosos. A histeroscopia diagnóstica foi realizada com equipamento Karl Storz, óptica rígida de 4 mm a 30°, e distensão da cavidade uterina com soro fisiológico. Não utilizou-se anestesia local nem houve a necessidade de realizar dilatação cervical. RESULTADOS: foram estudadas 28 pacientes das 33 inicialmente selecionadas para o presente estudo. A HSoG diagnosticou anormalidades em 8 pacientes...

A síndrome dos ovários policísticos pode interferir nos resultados da fertilização in vitro?

Reis,Rosana Maria dos; Ângelo,Alexandre Gonçalves De; Romão,Gustavo Salata; Santana,Laura Ferreira; Moura,Marcos Dias de; Ferriani,Rui Alberto
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
96.01%
OBJETIVO: avaliar os resultados da superindução de ovulação seguida de fertilização in vitro (FIV) em pacientes com síndrome dos ovários policísticos (SOP), comparado-as a mulheres com ovários normais. MÉTODOS: estudo retrospectivo, controlado, no qual foram incluídas 36 mulheres com SOP (grupo SOP) e 44 mulheres que apresentavam infertilidade por fator masculino leve (grupo controle), submetidas à FIV no período de 1997 a 2003. A idade variou de 18 a 36 anos. A superindução da ovulação foi realizada com hormônio folículo-estimulante recombinante e agonista do hormônio liberador de gonadotrofinas. As variáveis analisadas foram os folículos com diâmetros médios entre 14 mm e 17 mm e folículos com diâmetros maiores ou iguais a 18 mm no dia da administração de gonadotrofina coriônica humana, porcentagem de folículos >18 mm, número de oócitos captados, taxa de fertilização, taxa de clivagem, incidência de síndrome de hiperestimulação ovariana (SHO), taxa de gravidez clínica e taxa de abortamento. Estas variáveis foram analisadas pelo testes t não pareado, exato de Fisher e Mann-Whitney. RESULTADOS: o grupo SOP apresentou maior número de folículos recrutados, a maioria com diâmetro entre 14 e 17 mm...

Resultados de fertilização in vitro em mulheres submetidas previamente à laqueadura tubária

Reis,Rosana Maria dos; Azevedo,George Dantas de; Navarro,Paula Andrea de Albuquerque Salles; Araújo,Carlos Henrique Medeiros de; Martins,Wellington de Paula; Ferriani,Rui Alberto; Sá,Marcos Felipe Silva de
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
96.04%
OBJETIVOS: avaliar os efeitos da laqueadura tubária sobre os resultados de fertilização in vitro com transferência de embrião. MÉTODOS: estudo retrospectivo, no qual foram analisadas 98 mulheres submetidas a ciclos consecutivos de fertilização in vitro. Grupo LT, 55 mulheres com antecedente de laqueadura tubária bilateral, sem outros fatores de infertilidade associados, e grupo IM, 43 mulheres com infertilidade devido a fator masculino leve. As variáveis analisadas foram: idade, taxa de suspensão do ciclo de indução da ovulação, resposta à indução da ovulação (dias de indução, unidades de gonadotrofinas, número de folículos recrutados e oócitos captados), taxas de fertilização e de clivagem, número de embriões transferidos e gravidez clínica por ciclo de transferência. RESULTADOS: não houve diferença entre as taxas de suspensão de ciclo de indução da ovulação, as respostas à indução da ovulação, as taxas de fertilização e de clivagem, o número de embriões transferidos e as taxas de gravidez clínica por ciclo transferido, entre os grupos LT e IM. Considerando-se isoladamente a variável idade no grupo LT, evidenciou-se que pacientes com idade superior a 35 anos utilizaram mais unidades de gonadotrofinas (2445 versus 2122 UI)...

Uso de meia dose de agonista do GnRH de depósito para supressão hipofisária em ciclos de fertilização in vitro

Tognotti,Élvio; Cabar,Fábio Roberto; Tso,Leopoldo de Oliveira; Soares,Jonathas Borges; Busso,Newton Eduardo; Antunes Junior,Nélson
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
95.96%
OBJETIVO: descrever a experiência de um serviço de reprodução assistida com a utilização de meia dose de agonista do GnRH de depósito para a supressão hipofisária em ciclos de fertilização in vitro (FIV). MÉTODOS: estudo prospectivo em que foram avaliados ciclos de FIV ou "intracytoplasmatic sperm injection" (ICSI) utilizando meia dose de acetato de leuprolide de depósito, iniciado na fase lútea média do ciclo menstrual, no período de agosto de 2005 a março de 2006. Foi administrado FSH recombinante para indução ovariana controlada em dose variada. O hCG era administrado quando pelo menos um folículo atingisse 19 mm de diâmetro máximo. Realizou-se FIV ou ICSI nos oócitos maduros de acordo com fator de infertilidade. Transferiram-se até quatro embriões por paciente no segundo ou terceiro dia após a captação. O uso de progesterona foi iniciado no mesmo dia da coleta oocitária. A dosagem sérica de beta-hCG foi realizada no 14° dia após a coleta dos oócitos. Foram avaliados os seguintes parâmetros: número de ciclos aspirados, ciclos cancelados e ciclos transferidos, quantidade total de FSH utilizado, número de oócitos maduros, taxa de fertilização, número de embriões transferidos, taxa de implantação embrionária e taxa de gestação clínica. RESULTADOS: 109 ciclos de FIV/ICSI utilizaram o protocolo descrito. A média de idade das pacientes foi 34...

Análise da produção de embriões na fertilização in vitro e transferência de embriões para doadoras Nelore.

BELTRAME, R. T.; QUIRINO, C. R.; BARIONI, L. G.; DIAS, Â. J. B.; SOUZA, P. M. de.
Fonte: Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 17-23, jan./mar. 2010. Publicador: Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 17-23, jan./mar. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
96%
Ajustou-se uma função de densidade probabilidade para o número de embriões viáveis produzidos após fertilização in vitro em doadoras da raça Nelore, a partir de dados fornecidos pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), referente à análise de 20.619 doadoras, 71.602 aspirações e um total de 509.643 embriões. Modelou-se a densidade probabilidade do número de embriões viáveis mediante a função exponencial, executando-se a determinação dos parâmetros por meio da máxima verossimilhança, em um método de gradiente não linear. O nível de precisão obtido foi de RMSE = 0,040 e R2 = 0,98, para a representação da probabilidade do número de embriões viáveis produzidos por doadoras Nelore na técnica de fertilização in vitro(FIV). Para comparar os modelos (curvas de probabilidade de transferência de embriões ajustada por Beltrame, em 2006, e de FIV, neste trabalho), aplicou-se a técnica de comparação de curvas com o teste F (Silva e Azevedo, 2002). Não foram encontradas diferenças entre as curvas do número de embriões viáveis obtidos após coleta e produzidos após aspiração de doadoras na raça Nelore. Ainda, sugere-se a existência de um fator único limitante que afete biologicamente a produção de embriões nas técnicas de transferência de embriões e fertilização in vitro.; 2010

Perfil reprodutivo de homens vasectomizados submetidos à fertilização in vitro

Sarquiz, Mara
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
95.98%
Introdução: Apesar de a vasectomia ser destinada a ser um método definitivo de contracepção, pelo menos 6% dos homens vasectomizados poderão requerer a restauração de sua fertilidade. Até alguns anos atrás isto era possível apenas com cirurgia de reversão. Atualmente são realizadas diferentes técnicas para recuperação de espermatozoides, através de aspiração no epidídimo ou testículo. Objetivos: O objetivo principal deste estudo foi avaliar o perfil de um grupo de homens vasectomizados que buscam a obtenção de gravidez de suas parceiras através de Fertilização in vitro (FIV) com injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI), obtidos a partir do epidídimo ou testículo. Também foram avaliadas algumas taxas e relações entre parâmetros relativos ao ciclo de fertilização. Métodos: Este estudo é de tipo transversal e retrospectivo e foi realizado na Clínica Fertilitat, em Porto Alegre, RS e consiste na revisão de prontuários de pacientes atendidos entre os anos de 1998 e 2009. A amostra foi constituída por casais cujos parceiros tinham 40 anos ou mais com vasectomia prévia, que procuraram a obtenção de gravidez pela técnica de ICSI a partir de espermatozoides obtidos do epidídimo e/ou testículo...

Avaliação da pressão arterial, frequência cardíaca, albuminúria e filtração glomerular estimada em pacientes submetidas à estimulação ovariana para fertilização in vitro

Musachio, Roberta Soletti
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
96%
OBJETIVO: Avaliar pressão arterial, frequência cardíaca, albuminúria e filtração glomerular estimada de pacientes submetidas à estimulação ovariana para fertilização in vitro.MATERIAIS E MÉTODO: De março a setembro de 2013, este quase experimento intra-grupos analisou a variação da pressão arterial (PA), frequência cardíaca (FC), albuminúria (AL) e filtração glomerular estimada (FGE) basais e após estimulação ovariana de 75 pacientes para fertilização in vitro (FIV), ainda antes da transferência embrionária. A PA foi verificada após repouso de cinco minutos, em duas medidas, sendo registrada a segunda. A filtração glomerular foi estimada pela fórmula CKD-EPI (Chronic Kidney Disease Epidemiology Collaboration). O crescimento folicular foi avaliado por ecografias transvaginais seriadas.RESULTADOS: a média de idade foi 36,89 anos. Trinta e três mulheres (44%) gestaram e 9 (12%) desenvolveram hiperestimulação ovariana. Não foi identificada diferença estatisticamente significativa entre os níveis de PA sistólica (P=0,945) e diastólica (P=0,802) e da FGE (P=0,301) antes e após a estimulação, porém houve diferença estatística no que concerne à FC (P=0,012) e à AL(P=0,002). Não houve diferença estatisticamente significativa na modificação das variáveis antes e após a estimulação entre gestantes e não gestantes...

Análise multivariada da influência da contagem de folículos antrais e da idade sobre a probabilidade de sucesso da fertilização in vitro

Silva, Geisa Mara da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
95.97%
Analisar se a contagem de folículos antrais (CFA), avaliada por meio da ultrassonografia transvaginal no terceiro dia do ciclo, pode predizer o número de oócitos captados em pacientes submetidas a ciclos de hiperestimulação ovariana na fertilização in vitro (FIV) bem como correlacioná-la com a idade materna e a taxa de gestação. MÉTODOS: Estudo observacional retrospectivo baseado na revisão de prontuários de 193 pacientes submetidas a técnicas de reprodução assistida, entre setembro de 2010 e setembro de 2012, na Clínica de Reprodução Humana Fecunda em Uberlândia-MG. O estudo incluiu mulheres com indicação de FIV e com dosagem de hormônio folículo-estimulante (FSH) inferior a 10 mUI/ml no terceiro dia do ciclo. Foram excluídas as receptoras de oócitos. A CFA foi dividida em três grupos (até 10; de 11 a 22; maior ou igual a 23 folículos). Para a comparação entre os grupos da CFA e o grupo das pacientes que engravidaram, também foram excluídas as pacientes que não desenvolveram oócitos e as que não transferiram embriões. Todas as pacientes foram submetidas a tratamento de hiperestimulação ovariana e à avaliação ultrassonográfica por via transvaginal para a CFA. Posteriormente, realizou-se a captura de oócitos e a transferência dos embriões. Utilizou-se o coeficiente de correlação de Spearman para medir o grau de associação entre as variáveis numéricas e o teste do Qui-quadrado para comparar taxa de gravidez e CFA. Para avaliar a probabilidade de gravidez...

Fertilização In Vitro heteróloga utilizando ovócitos de bovino e sémen de garanhão

Faria, Nuna Isabel Garcia
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.08%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica.; A técnica de Fertilização In Vitro (FIV) pode ser utilizada para determinar o potencial de fertilização de sémen uma vez que permite identificar e avaliar as características seminais e observar a ligação e penetração da zona pélucida por parte dos espermatozóides (Spz). No caso de espécies em vias de extinção ou que não sejam utilizadas para consumo tornando-se difícil o acesso aos gâmetas femininos para se proceder à técnica da FIV, recorre-se à técnica da FIV heteróloga. Esta técnica consiste na utilização de gâmetas femininos de uma espécie diferentes da dos gâmetas masculinos e permite-nos avaliar a motilidade, a reacção acrossómica, a penetração no ovócito, a descondensação do DNA e formação de pró–núcleos. Desta forma, este estudo foi efectuado para determinar a capacidade fecundante de dois garanhões utilizando sémen fresco e congelado, recorrendo à técnica de fertilização in vitro heteróloga, utilizando ovócitos bovinos desprovidos de zona pelúcida. A recolha de sémen foi efectuada com uma vagina artificial, modelo Hannover. Após a recolha foram efectuadas avaliações macroscópicas e microscópicas ao sémen: volume...

Fertilização in vitro: uma estratégia para o melhoramento genético da bananeira.

Soares, Taliane Leila
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Português
Relevância na Pesquisa
96.05%
Embora as cultivares do tipo Prata sejam as mais produzidas e comercializadas no mercado interno, as cultivares do Subgrupo Cavendish são as mais aceitas no mercado internacional. Este subgrupo inclui as cultivares Nanica, Nanicão e Grande Naine, que são suscetíveis à sigatoka-negra. Uma das maiores limitações do melhoramento genético de Cavendish é a dificuldade de obtenção de sementes em cruzamentos, em decorrência de barreiras físicas e/ou bioquímicas que ocorrem durante o processo de fertilização. O objetivo deste estudo foi desenvolver uma metodologia de fertilização in vitro para obtenção de híbridos de bananeira do Subgrupo Cavendish. Inicialmente foram avaliadas a germinação in vitro e a viabilidade de grãos de pólen de híbridos diplóides (AA) melhorados, gerados pelo programa de melhoramento genético da bananeira da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical. A percentagem de germinação variou de 2,98 a 90% e o crescimento do tubo polínico de 0,67 a 4,25 mm, quando cultivados em meio com pH 7,0. A maioria dos genótipos apresentou viabilidade de pólen acima de 90%. Os genótipos com maior percentagem de germinação e maior comprimento de pólen foram utilizados nos experimentos de fertilização in vivo e in vitro. Foram feitas polinizações diárias em vinte plantas diplóides e vinte triplóides...

Preocupações parentais dos pais de crianças nascidas por fertilização in vitro

Serra,Ana Mafalda; Algarvio,Susana
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 Português
Relevância na Pesquisa
96%
O objectivo deste trabalho foi avaliar as preocupações parentais de pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, através de uma Escala de Preocupações Parentais (Algarvio & Leal, 2002; Algarvio & Leal, 2004). Os participantes, seleccionados na consulta de infertilidade da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, constituíram uma amostra de conveniência de 19 pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, com idades compreendidas entre 1 ano e 11 anos, em que 12 eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Os resultados obtidos parecem indicar que as maiores preocupações deste grupo de pais se centram na sub-escala I. Problemas Familiares e Preocupações Escolares. Foram encontradas diferenças significativas para quem respondeu ao questionário, nível socio-económico, número de tentativas de gravidez, causa de infertilidade e tempo de espera da FIV.

Preocupações parentais dos pais de crianças nascidas por fertilização in vitro

Serra,Ana Mafalda; Leal,Isabel Pereira
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
96%
O objectivo deste trabalho foi avaliar as preocupações parentais de pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, através de uma Escala de Preocupações Parentais (Algarvio & Leal, 2002; Algarvio & Leal, 2004). Os participantes, seleccionados na consulta de infertilidade da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, constituíram uma amostra de conveniência de 19 pais de crianças nascidas por fertilização in vitro, com idades compreendidas entre 1 ano e 11 anos, em que 12 eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Os resultados obtidos parecem indicar que as maiores preocupações deste grupo de pais se centram na sub-escala I. Problemas Familiares e Preocupações Escolares. Foram encontradas diferenças significativas para quem respondeu ao questionário, nível socio-económico, número de tentativas de gravidez, causa de infertilidade e tempo de espera da FIV.