Página 1 dos resultados de 8 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação de diferentes métodos para detecção de Cronobacter spp (Enterobacter sakazakii) em alimentos; Evaluation of different methods for determination of Cronobacter spp ((Enterobacter sakazakii) in foods

Rosana Francisco Siqueira dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Cronobacter spp (Enterobacter sakazakii) é uma bactéria patogênica oportunista, que tem sido associada a surtos e casos esporádicos de meningite, enterocolite necrosante e sepse em recém nascidos. Em 2008 as cepas dessa espécie foram divididas em várias novas espécies e transferidas para o novo gênero Cronobacter spp. Um dos métodos mais recentes para sua detecção é o da ISO 22964 (2006), que inclui duas etapas de enriquecimento, o isolamento de colônias típicas (alfa-glicosidase positivas) no meio seletivo diferencial ESIA (Enterobacter sakazakii Isolation Agar) e a confirmação das culturas através de testes bioquímicos. Há, entretanto, necessidade de métodos e meios de cultura alternativos para o isolamento de Cronobacter spp (Enterobacter sakazakii), objetivo desse trabalho. Para isso, 83 amostras foram analisadas usando a técnica de PCR através do sistema BAX® (Dupont Qualicon), em comparação com o método cultural ISO/TS 22964:2006. Dois meios de cultura seletivos diferenciais foram usados para isolamento de culturas típicas: o Ágar de Isolamento de E.sakazakii (ESIA) e o Ágar Druggan-Forsythe-Iversen (DFI). Cronobacter spp (Enterobacter sakazakii) foi isolado em 13,25% das amostras analisadas, sendo mais freqüente em amostras de soja em grãos (destinada à preparação de bebidas à base de soja)...

Enterobacter sakazakii em fórmulas lácteas infantis em pó: implementação da metodologia de detecção e avaliação microbiológica de amostras comercializadas no distrito de Lisboa

Assunção, Ricardo Manuel Abreu de
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 07/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
86.05%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Enterobacter sakazakii é um bacilo Gram negativo móvel, pertencente à família Enterobacteriaceae; considerado um microrganismo emergente, tem sido recentemente classificado como um perigo severo para populações restritas, podendo causar a morte, sequelas crónicas graves ou estados mórbidos de longa duração. A população de risco é essencialmente o grupo das crianças com idade inferior a 1 ano, apresentando os imunocomprometidos e os recém-nascidos com baixo peso à nascença um risco agravado, cuja taxa de mortalidade apresenta valores compreendidos entre 20 e 80%. As fórmulas infantis em pó têm sido identificadas como o veículo deste agente em algumas situações em que este microrganismo tem sido implicado. Assim, o presente trabalho teve como objectivos a implementação da metodologia de pesquisa do E. sakazakii em fórmulas lácteas em pó, de acordo com a norma ISO/TS 22964:2006, bem como a comparação da eficiência dos meios cromogénicos ESIA, DFI e ChromoCult, na detecção do E. sakazakii, e avaliar, quer a ocorrência de E. sakazakii, quer a qualidade microbiológica, em algumas amostras comercializadas no distrito de Lisboa. Foram analisadas 15 amostras desidratadas...

Determinação de bisfenol A em fórmulas infantis

Bomfim, Marcus Vinicius Justo; Bazilio, Fabio Silvestre; Zamith, Helena Pereira da Silva; Abrantes, Shirley de Mello Pereira
Fonte: Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde Publicador: Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
65.79%
Desreguladores endócrinos, como o bisfenol A (BFA), podem representar um sério risco toxicológico e de saúde pública, principalmente pela ação em baixas doses e, por isso, tem recebido atenção da comunidade científica e de organizações relacionadas à segurança alimentar. É utilizado principalmente na produção de um tipo de plástico denominado policarbonato (PC) e na formação de resinas epóxi. O PC está presente em produtos de uso diário recipientes e materiais de cozinha e garrafas de água. As resinas epóxi são utilizadas como revestimento interno de latas de alimentos e bebidas. Em contato com o alimento, a substância pode ser transferida a partir do material plástico. O objetivo do trabalho foi quantificar a presença de BFA em amostras de fórmula infantil em pó. As concentrações oscilaram entre 0,2 a 10,2 µg/kg da amostra. Os resultados obtidos atestam que as amostras analisadas estão abaixo do limite de migração específica (LME) para o BFA definido pela União Europeia e pelo Brasil. Contudo, não exclui a possibilidade de ocorrência de efeitos adversos sobre a saúde humana em decorrência da exposição ao BFA mesmo em baixas doses. O cenário é complexo, envolve outras formas de exposição e ainda é alvo de preocupação de autoridades e entidades envolvidas com a prevenção de riscos e segurança alimentar.

Ocorrencia de Enterobacter sakazakii em formulas infantis para lactentes em hospitais e maternidades da região de Campinas/SP.; Ocurrence of Enterobacter sakazakii in infant formula for sucking baby in hospitals and maternities of Campinas region.

Rosana Francisco Siqueira dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
96.37%
Enterobacter sakazakii é uma bactéria patogênica emergente, recentemente classificado pela International Commission on Microbiological Specifications for Foods (ICMSF) como ?de risco severo para população restrita, representando ameaça de morte ou de seqüelas crônicas de longa duração?. A população de risco são crianças de até 1 ano, particularmente os prematuros e os recém nascidos de baixo peso corporal. Esse grupo de risco pode sofrer doenças graves como sepse, meningite e enterocolite necrosante, cuja taxa de mortalidade encontra-se na faixa de 20%. O veículo mais comum das infecções tem sido fórmulas infantis em pó, utilizadas em hospitais e maternidades para a preparação de mamadeiras. A partir das fórmulas em pó, focos de contaminação podem acumular-se em frascos e utensílios usados na preparação das mamadeiras, facilitando a disseminação da bactéria. Assim, o presente trabalho teve como objetivos monitorar a ocorrência e auxiliar no controle do risco de infecções por E. sakazakii nos berçários de hospitais e maternidades da região de Campinas (SP), analisando amostras relacionadas, verificando as condições higiênicas na preparação de mamadeiras e utensílios, através de análises microbiológicas e orientando os responsáveis sobre as Boas Práticas de Higiene e Manipulação de Alimentos. Foram analisadas um total de 175 amostras (98 de fórmulas infantis em pó...

Avaliação de perigos microbiologicos no preparo de formulas infantis em lactario hospitalar.; Evaluation of microbiological hazards in the preparation of infant formulas in a hospital lactary.

Pamela Rossi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.01%
As doenças transmitidas por alimentos (DTAs) colocam em risco o bem estar e a vida de muitas pessoas todos os dias, apresentando maior severidade em pessoas com estado de saúde mais debilitado, como crianças hospitalizadas. Para esta população alvo, uma das principais fontes de perigos é a alimentação preparada nos lactários dos hospitais. Assim é evidente a importância de um sistema preventivo de controle de qualidade que garanta a segurança dos alimentos fornecidos para esses pacientes. Este trabalho teve o objetivo de avaliar perigos microbiológicos existentes no preparo de fórmulas infantis em lactário de hospital público, a fim de adequar o estabelecimento aos pré-requisitos necessários para posterior implantação do sistema Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). Esta avaliação foi feita através do diagnóstico das condições higiênico-sanitárias do estabelecimento e do estudo do fluxograma de preparo da fórmula láctea infantil (FLI) reconstituída, onde foram estabelecidos dez pontos amostrais, nos quais foram realizadas análises microbiológicas do ar, de equipamento e utensílios e da FLI em pó e reconstituída. As amostras foram coletadas em seis lotes de preparação, compondo um total de 60 amostras às quais foram realizadas determinações de coliformes totais e fecais...

Consumo infantil de alimentos industrializados e renda familiar na cidade de São Paulo; Association of children's consumption of processed foods and family income in the city of São Paulo, Brazil

Aquino, Rita de Cássia de; Philippi, Sonia Tucunduva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/.pdf
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
45.91%
OBJETIVO: Descrever o consumo infantil de alimentos industrializados e a relação com a renda familiar per capita, com base em inquérito domiciliar. MÉTODOS: O consumo alimentar de uma amostra probabilística da população infantil residente na cidade de São Paulo, entre zero e 59 meses de idade (n=718), foi estudado em 1995/1996 por meio de inquérito recordatório de 24h. Analisou-se a relação entre o consumo de 24 alimentos industrializados e a renda familiar per capita, distribuída em quartis. RESULTADOS: O consumo de açúcar foi maior entre as crianças de menor renda, enquanto achocolatados, chocolates, iogurte, leite em pó modificado e refrigerantes foram mais consumidos por crianças de maior renda familiar per capita (p; OBJECTIVE: To describe children's consumption of processed foods and its relationship with per capita family income based on a household survey. METHODS: Food consumption was studied in a statistical sample of 718 children living in the city of São Paulo in the period 1995-1996. A 24-hour dietary recall was used. Data regarding the association of children's consumption of 24 processed foods and per capita family income (arranged in quartiles) was analyzed. RESULTS: Consumption of sugar was higher among children of low income families whereas the consumption of chocolate powder...

Avanços na norma brasileira de comercialização de alimentos para idade infantil; Advances in the Brazilian norm for commercialization of infant foods

Araújo, Maria de Fátima Moura de; Rea, Marina Ferreira; Pinheiro, Karina Aragão; Schmitz, Bethsáida de Abreu Soares
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
45.77%
OBJETIVO: Analisar os avanços na Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes no período de 1988 a 2002, comparando seus diferentes textos entre si e com o Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo, cujos dados foram obtidos em documentos, relatórios, portarias e resoluções do Ministério da Saúde. As versões utilizadas na comparação foram a de 1992 e a de 2002. RESULTADOS: A análise comparativa permitiu identificar importantes avanços na legislação. Em 1992, foram incluídos os leites fluídos, em pó, as chupetas e frases de advertência na propaganda e na rotulagem dos produtos. Em 2002, a regulamentação dos produtos foi publicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, fortalecendo a ação de fiscalização e incluindo a regulamentação dos alimentos para crianças de primeira infância, fórmulas de nutrientes indicadas para recém-nascido de alto risco e protetores de mamilo. As frases utilizadas na promoção comercial e na rotulagem dos produtos, inclusive de chupetas e mamadeiras, passaram a ser de advertência do Ministério da Saúde. A rotulagem foi definida para cada tipo de produto, baseada em regras mais restritas. CONCLUSÕES: Foram identificadas importantes modificações no controle do marketing dos produtos dirigidos à mãe no período de lactação. No entanto...

Capacidade de maes para cuidar de criancas expostas ao HIV; Capacidad de madres para cuidar de ninos expuestos al VIH; Maternal ability to take care of children exposed to HIV

Freitas, Julyana Gomes; Barroso, Lea Maria Moura; Galvao, Marli Teresinha Gimeniz
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
25.82%
OBJETIVO: avaliar a capacidade de mães para cuidar de crianças expostas ao HIV, mediante a Escala de Avaliação da Capacidade para Cuidar de Crianças Expostas ao HIV e verificar a associação entre dimensões da escala e as características maternas. MÉTODO: estudo transversal, com participação de 62 mães HIV+ com filhos nascidos expostos ao vírus até um ano de idade. A Escala de Avaliação da Capacidade para Cuidar de Crianças Expostas ao HIV possui 52 itens e cinco dimensões que indicam alta, moderada ou baixa capacidade de cuidado. RESULTADOS: das mães, 72,7% ofertaram adequadamente zidovudina xarope; 86,0% possuíam alta capacidade para preparar e administrar o leite em pó; 44,4% possuíam moderada capacidade para preparar e administrar a alimentação complementar; 76,5% apresentaram alta capacidade para administrar a profilaxia contra pneumonia e 95,3% possuíam alta capacidade para o acompanhamento clínico e vacinação. Houve significância entre algumas variáveis maternas e dimensões da escala. CONCLUSÃO: a escala permite avaliar o cuidado materno dispensado às crianças e realizar intervenções específicas em prol da saúde infantil.; OBJETIVO: evaluar la capacidad de madres para cuidar de niños expuestos al VIH mediante la Escala de Evaluación de la Capacidad para Cuidar de Niños Expuestos al VIH y verificar la asociación entre las dimensiones de la escala y las características maternas. MÉTODO: estudio transversal...