Página 1 dos resultados de 5633 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Biodiversidade e ecofisiologia de fungos micorrízicos arbusculares em associação com bromélias.; Biodiversity and ecophysiology of endomycorrhizal fungi associated with bromeliads.

Matteo, Beatriz Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
Neste trabalho, foram comparadas a biodiversidade de fungod MA encontrada em bromélia terrestres e epífitas, e a resposta de plântulas derivadas de Aechmea nudicaulis (L.) Griseb., germinadas in vitro, com os efeitos de diferentes inóculos de fungos MA (ecofisiologia). O crescimento da planta, o contéudo de nutrientes e a colonização por fungos MA foram verificados em dois diferentes substratos. A diversidade de fungos MA encontrada nas raízes de 5 bromélias epífitas e 3 terrestres foi de 47 táxons de fungos MA sendo 36 identificados ao nível de espécies (acaulospora spp., 11; 4) e 11 ao nível de gênero com 2 espécies não identificadas para cada gênero, exceto Entrophospora, com 3 espécies. No mínimo, duas das espécies não identificados são ainda não descritas. Acaulospora foi o gênero dominante nas bromélias terrestres. As bromélias aparentemente não apresentam especificidade quanto aos fungos MA permitindo a colonização de qualquer fungo MA em suas raízes.Foram observados, pela primeira vez, fungos MA dentro de raízes adventícias e hifa externa colonizando extensivamente a casca da árvore que dava suporte para as bromélias epífitas. A inoculação com fungos endomicorrízicos causou tanto a redução (parasitismo) como o aumento(mutualismo) no crescimento...

Comunidades de fungos micorrízicos arbusculares associadas à Pupunha e ao Cupuaçu cultivados em sistema agroflorestal e em monocultivo na Amazônia Central.; Comunnity of arbuscular mycorrhizal fungi associated with cupuaçu and peach palm in agroforestry and monoculture systems in the central Amazon region.

Silva Júnior, José Pereira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.04%
Os solos de terra firme da Amazônia são representados em sua maioria por Latossolos e Argissolos de alta acidez e baixa fertilidade, além de serem facilmente alterados fisicamente com a substituição da floresta primária por cultivos intensivos. O uso de estratégias biológicas, entre as quais se destacam as associaçãos micorrízicas arbusculares, no aperfeiçoamento de sistemas de manejo que racionalizem o uso dos recursos naturais da região, é fundamental para o desenvolvimento econômico contínuo, socialmente justo e ambientalmente sustentável. Para tanto, é necessário melhor entendimento de aspectos ecológicos da comunidade de fungos MA, com o fim de manejá-los. Dentro desse contexto, o objetivo dessa tese foi avaliar a simbiose micorrízica e as comunidades de fungos MA associados à pupunha (Bactris gasipaes Kunth) e ao cupuaçu (Theobroma grandiflorum Willd ex Spring Schum), quando cultivados em sistema agroflorestal (SAF) e em monocultivo, além de estimar a diversidade de comunidades de fungos MA associados às raízes de pupunha através de sequenciamento de mini biblieotecas de amplicons de região do gene ribossomal 18S. Foram realizadas coletas de solo e raízes em duas estações, seca e chuvosa. A colonização micorrízica arbuscular no cupuaçu e na pupunha foi alterada pelo sistema de manejo adotado...

Fungos associados às sementes de ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia), ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa), aroeira-pimenteira (Schinus terebinthifolius) e aroeira-salsa (Schinus molle): incidência, efeitos na germinação, transmissão para plântulas e controle; Associated fungi to ipê-amarelo seeds (Tabebuia serratifolia), ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa), aroeira-pimenteira (Schinus terebinthifolius) and aroeira-salsa (Schinus molle): incidence, germination effects, seedling transmission and control.

Botelho, Luana da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Os objetivos deste trabalho foram detectar e identificar os fungos presentes em amostras de sementes de ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia), ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa), aroeira-pimenteira (Schinus terebinthifolius) e aroeira-salsa (Schinus molle), coletadas em diferentes localidades (Piracicaba-SP, Mogi-Guaçu-SP, Rio das Pedras-SP, Ijaci-MG, Itumirim-MG e Lavras-MG) uma parte das amostras foram submetidas à assepsia e a outra não; verificar o efeito desses fungos na germinação dessas sementes; avaliar a transmissão de fungos das sementes para as plântulas; avaliar a patogenicidade de Pestalotiopsis sp. em mudas de aroeira-pimenteira e comparar o efeito de diferentes fungicidas (captam, carbendazim+tiram e carboxim+tiram) na incidência dos fungos e na germinação. Constatou-se que os fungos mais frequentes e em maior incidência encontrados associados às sementes, tanto de ipê-amarelo quanto de ipê-roxo, foram Cladosporium sp., Alternaria alternata, Epicoccum sp., Phoma sp., Geotrichum sp., Penicillium sp., Trichothecium sp., Phomopsis sp., Drechslera sp., Aspergillus spp., Curvularia sp. e Fusarium spp. De maneira geral, a assepsia proporcionou uma redução drástica de todos os fungos, em ambas espécies. Não houve diferença significativa na porcentagem de plântulas normais...

Fungos associados às sementes de cana-de-açúcar (cariopses) no Brasil: identificação, patogenicidade e controle; Sugarcane seedborne (caryopses) fungi in Brazil: identification, pathogenicity and control

Martins, Thaïs Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Este estudo teve como objetivos: investigar o método mais adequado para detecção de fungos associados às sementes de cana-de-açúcar; fazer o levantamento dos fungos associados às sementes e incidência; correlacionar a incidência fúngica nessas sementes e o ambiente onde foram produzidas; efeitos que fungos associados às sementes têm em sementes e plântulas; patogenicidade dos fungos mais freqüentes e sintomas que podem causar; determinar a sensibilidade dos principais fungos a fungicidas; determinar a fitotoxicidade de sementes e plântulas a fungicidas e propor o tratamento fungicida mais adequado para produção de plântulas vigorosas, sem sintomas, para os programas de melhoramento. Para avaliar o método mais adequado de detecção dos fungos, realizaram-se análises sanitárias utilizando combinações entre recipientes, substratos e regimes de luz. Para levantamento dos fungos associados e da incidência em sementes, realizaram-se análises sanitárias das sementes de 29 amostras e as incidências fúngicas obtidas foram comparadas com os dados climáticos do local onde foram produzidas as sementes. Os possíveis efeitos dos fungos às sementes e plântulas foram estudados por testes de sanidade e germinação de sementes...

Onicomicoses causadas por fungos filamentosos não dermatófitos; Onychomycosis caused by filamentous fungi non-dermatophytes

Souza, Simone Felizardo Rocha de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
INTRODUÇÃO: Onicomicose, infecção das unhas por fungo é a mais freqüente das doenças ungueais, constituindo aproximadamente metade de todas as alterações ungueais. Pode ser causada por dermatófitos, leveduras ou fungos filamentosos não dermatófitos. OBJETIVO: Caracterizar as onicomicoses causadas por fungos filamentosos não dermatófitos. (1) Verificar, dentre as suspeitas clínicas de onicomicose, qual a freqüência da recuperação de fungos,(2) Verificar, dentre as suspeitas clínicas de onicomicose, quais as espécies de fungos recuperadas, (3) Verificar, dentre o total das espécies identificadas, qual a freqüência das espécies de fungos filamentosos não dermatófitos. MÉTODOS: Duzentos e cinco indivíduos com suspeita clínica de onicomicose foram estudados no período de dezembro de 2003 a novembro de 2004, por meio de exames micológicos diretos e cultura para fungos. RESULTADOS: O diagnóstico de onicomicose foi estabelecido, pelo exame micológico direto, em 170 indivíduos. O diagnóstico etiológico foi estabelecido pela cultura para fungos. Dentre os 107 agentes identificados, os dermatófitos foram identificados em 78,52% (N=84), as leveduras em 13,08% (N=14) e os FFND em 8,40% (N=9) das vezes. CONCLUSÃO: É necessário que se estabeleça o diagnóstico etiológico dos casos de onicomicoses...

Análise estereosseletiva de fármacos com aplicação em estudos de biotransformação empregando fungos; Stereoselective analysis of drugs with application in biotransformation studies employing fungi

Borges, Keyller Bastos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Este trabalho teve por finalidade o desenvolvimento e validação de métodos para análise estereosseletiva de alguns fármacos e metabólitos, bem como a aplicação desses métodos na avaliação do potencial de fungos, principalmente endofíticos, em processos de biotransformação. Os seguintes fármacos foram selecionados para esse estudo: fluoxetina, propranolol, omeprazol, oxibutinina e ibuprofeno. Para determinação simultânea dos enantiômeros da fluoxetina (FLX) e norfluoxetina (NFLX) em meios de cultura de fungos endofíticos, empregou-se a cromatografia líquida de alta eficiência com detecção por absorção no ultravioleta, em um sistema com duas colunas em série, sendo uma de fase reversa (C18) e outra com fase estacionária quiral (Chirobiotic® V). A fase móvel foi composta por etanol: tampão acetato de amônio 15 mmol L-1, pH 5,90: acetonitrila (77,5: 17,5: 5, v/v/v) e a detecção foi realizada em 227 nm. A extração líquido-líquido foi empregada na preparação das amostras. As curvas analíticas foram lineares no intervalo de concentração de 12,5 a 3750 ng mL-1 (r 0,996) para todos os enantiômeros analisados. Os coeficientes de variação e erros relativos obtidos nos estudos de precisão e exatidão foram inferiores a 10%. Nas condições empregadas...

Diversidade de fungos do solo da Mata Atlântica; Soil fungi diversity in the Atlantic Forest

Carvalho, Vivian Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.07%
A Mata Atlântica é reconhecida como área de prioridade de conservação na América do Sul, devido ao grande número de espécies endêmicas e constantes ameças à sua biodiversidade em decorrência da substituição da vegetação natural. Embora várias informações sobre a diversidade vegetal e animal estejam disponíveis, pouco se sabe sobre a diversidade de microorganismos existentes no solo desse bioma. A diversidade de fungos do solo foi avaliada em três unidades de conservação da Mata Atlântica do estado de São Paulo: Parque Estadual de Carlos Botelho (PECB), Estação Ecológica de Assis (EEA) e Parque Estadual da Ilha do Cardoso (PEIC). Ao todo, foram analisadas 90 amostras de solo, coletadas em épocas de alta e baixa pluviosidade, e sob a copa de três espécies arbóreas: Cabralea canjerana, Guapira opposita e Maytenus robusta. Foram utilizados métodos independentes (PCR-DGGE e pirosequenciamento) e um método dependente do cultivo (lavagem de solo e filtração de partículas) para a análise da diversidade e estrutura das comunidades de fungos do solo. Os resultados obtidos foram analisados conjuntamente com os dados de atributos químicos do solo e frações da matéria orgânica do solo a fim de verificar suas possíveis relações com as comunidades de fungos. Os resultados obtidos sugerem uma grande diversidade de fungos no solo da Mata Atlântica. Através do método de cultivo...

Biodegradação dos pesticidas clorpirifós, metil paration e profenofós por fungos de origem marinha; Biodegradation of pesticides chlorpyrifos, methyl parathion and profenofos by marine fungi

Silva, Natália Alvarenga da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
Neste trabalho, foi realizada uma triagem com os fungos marinhos Aspergillus sydowii CBMAI 934, Aspergillus sydowii CBMAI 935, Aspergillus sydowii 1241, Penicillium decaturense CBMAI 1234, Penicillium raistrickii CBMAI 931, Penicillium raistrickii CBMAI 1235 e Trichoderma sp. CBMAI 932 com o objetivo de avaliar o potencial enzimático destes micro-organismos frente à biodegradação dos pesticidas organofosforados clorpirifós, metil paration e profenofós. Os fungos selecionados para as reações em meio líquido de malte 2%, que melhor adaptaram-se na presença do pesticida clorpirifós, foram as cepas de A. sydowii CBMAI 935 e Trichoderma sp. CBMAI 932, na presença de metil paration foram A. sydowii CBMAI 935 e P. decaturense CBMAI 1234 e na presença de profenofós foram os fungos A. sydowii CBMAI 935 e P. raistrickii CBMAI 931. Foram realizadas curvas analíticas com o objetivo de estimar a extensão da biodegradação dos pesticidas clorpirifós, metil paration, profenofós, e seus respectivos produtos de hidrólise, os derivados fenólicos 3,5,6-tricloro-2-piridinol, 4-nitrofenol e 4-bromo-2-clorofenol, respectivamente. As reações de biodegradação em meio líquido de malte 2% foram avaliadas com 10, 20 e 30 dias de reação com concentração inicial dos pesticidas organofosforados de 50 ppm. O pesticida...

Fungos anemófilos na cidade de Botucatu e sua correlação com sensibilização em portadores de doenças alérgicas respiratórias; Airborne fungi and their correlation with sensitization in patients with respiratory allergic diseases from the town of Botucatu

Silva, Elaine Gagete Miranda da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.04%
Introdução: Fungos são alérgenos cuja importância nas doenças alérgicas respiratórias é subestimada por falta de extratos alergênicos adequados para diagnóstico, quer através de testes cutâneos, quer através de dosagem de IgE específica. Botucatu possui características próprias por se localizar numa "cuesta" e possuir vegetação variada que cobre grande parte da cidade. A partir das plantas os fungos ganham o ar através da esporulação podendo ser inalados e sensibilizar pacientes com alergias respiratórias. Este trabalho se propõe a estudar quais os fungos mais prevalentes em Botucatu e a taxa de sensibilização dos principais gêneros entre os portadores de asma e rinite procedentes dessa região. Casuística e Métodos: Foi desenvolvido um aparelho caça esporos para a captura dos mesmos em quatro pontos da cidade. Foram feitas cinco coletas/ponto/semana durante um ano para contagem e identificação das UFC (unidades formadoras de colônias). Foram selecionados pacientes de Botucatu e região com asma e rinite, nos quais se aplicou testes de puntura para os principais alérgenos, incluindo onze diferentes fungos. Foram também realizados testes intradérmicos com extratos de fungos nos pacientes cujo teste de puntura ao fungo em questão tenha sido negativo. Resultados: Foram identificados 67 gêneros sendo os mais prevalentes: Cladosporium...

Produção e análise de metabólitos secundários de fungos filamentosos

Lopes, Fernanda Cortez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
Fungos filamentosos produzem uma ampla diversidade de metabólitos secundários que tem significativo impacto na sociedade. Alguns metabólitos são explorados pela sua atividade como antibióticos e fármacos e outros estão envolvidos em doenças, na interação dos fungos com plantas e animais. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi obter metabólitos secundários como pigmentos e metabólitos biologicamente ativos produzidos por fungos filamentosos. Foram selecionadas cinco linhagens sendo elas Diplodia sp, Fusarium graminearum, Monascus purpureus, Penicillium expansum e Penicillium sp. Estes fungos foram selecionados devido à sua capacidade de produzir e secretar pigmentos em meio ágar batata dextrose. Para confirmação ou identificação em nível de espécie dos fungos, foram utilizados o sequenciamento parcial da região intergênica (ITS) do DNA ribossomal e uma região do gene da β-tubulina. Quatro dos cinco fungos foram identificados como Fusarium graminearum, Monascus purpureus e duas linhagens de Penicillium chrysogenum (linhagens 1 e 2), sendo os primers para região ITS mais adequados para a identificação em nível de espécie. As quatro linhagens produziram pigmentos em resíduos agroindustriais sob cultivo submerso. Devido à diversidade de metabólitos com atividades antibióticas produzidos por fungos filamentosos...

Monitoramento de fungos no ar comparação da quantidade de elementos fúngicos viáveis em dois centros de Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas (TCTH) em Porto Alegre

Brun, Caroline Pellicioli
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Infecções fúngicas invasivas têm emergido como causa de alta morbimortalidade entre pacientes com neoplasia hematológicas, principalmente os submetidos a transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH). Fungos estão onipresentes na natureza, logo, medidas com o objetivo de reduzir a carga fúngica em ambientes hospitalares têm sido preconizadas. No presente estudo, foi realizada coleta de fungos no ar em dois centros de referência em TCTH do sul do Brasil, que possuem instalações distintas, assim como diferentes formas de controle de ar. Todos os quartos do hospital 2 são equipados com filtro de partículas de ar de alta eficiência (HEPA), enquanto no hospital 1 não há sistema específico de filtragem do ar; além disso, os pacientes internados no hospital 2 são de maior risco para doença fúngica invasiva, em função de fatores relacionados ao hospedeiro. Foram realizadas 130 coletas de ar no período de dezembro de 2009 a janeiro de 2011, sendo as amostras provenientes de quartos, banheiros e corredor. Para fins de análise, os fungos pertencentes ao gênero Aspergillus, Rhizopus e Fusarium foram considerados como fungos filamentosos potencialmente patogênicos, enquanto os demais fungos foram classificados como ambientais. A comparação entre os corredores dos hospitais 1 e 2 não mostrou diferença quanto a quantidade de fungos isolados (p=0...

Os fungos anemófilos e sensibilização em indivíduos atópicos em Porto Alegre, RS; Airborne fungi and sensitization in atopic individuals in Porto Alegre, RS, Brazil

Mezzari, Adelina; Perin, Christiano; Santos Júnior, Sidnei Alves; Bernd, Luiz Antonio Guerra; Di Gesu, Giovani
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
OBJETIVOS. Identificar e caracterizar a freqüência e a concentração de esporos de fungos anemófilos em Porto Alegre. Determinar a prevalência de sensibilização a estes fungos em indivíduos atópicos. MÉTODOS. Em 52 amostras colhidas no equipamento Rotorod Sampler®, foram quantificados 3773 esporos de fungos no período de um ano (abril de 2000 a março de 2001). Em 39 pacientes atópicos com rinite e ou asma foram realizados testes cutâneos com alérgenos de fungos anemófilos e o teste fluorimunoenzimático para verificar a incidência de manifestações alérgicas provocadas por tais fungos. RESULTADOS. Em 3773 esporos de fungos encontrados foram identificados 674 (17,86%) de Cladosporium sp, 567 (15,03%) do grupo Aspergillus/Penicillium, 144 (3,82%) de rusts, 94 (2,49%) de Helminthosporium sp, 46 (1,22%) de Botrytis sp, 45 (1,19%) de Alternaria sp, 34 (0,90%) de smuts, 33 (0,87%) de Curvularia sp, 23 (0,61%) de Nigrospora sp e 3 (0,08%) de Fusarium sp. Também foram encontrados 1905 (50,49%) de ascosporos e 145 (3,84%) de basidiosporos. Não foram possíveis de serem identificados 60 (1,59%) dos esporos observados. Nos 39 testes cutâneos e sorológicos realizados, resultaram em 15,38% de indivíduos atópicos sensibilizados por alérgenos de fungos em Porto Alegre. CONCLUSÕES. A ocorrência de grande número de esporos de fungos no ar em nossa cidade enfatiza a importância deste estudo sobre os fungos anemófilos...

Busca de substâncias bioativas em fungos associados com a espécie Michelia champaca L. (Magnoliaceae)

Leptokarydis, Ioanis Hcristos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 262 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.04%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Química - IQ; Os fungos, diferente dos vegetais são heterotróficos, mais especificamente quimiorganotróficos, por suas características específicas pertencem a um reino separado. Alguns dos fungos através de sua evolução se especializaram em invadir os espaços intercelulares das plantas passando a sobreviver dentro dos seus hospedeiros, não provocando nenhuma patologia. Estes microrganismos são denominados de fungos endofíticos. A disputa por alimentos entre os fungos no interior das espécies vegetais, gerou a necessidade dos fungos produzirem metabolitos secundários com atividades contra outros microrganismos, podendo assim demarcar seu território. Todo este processo deve acontecer de forma a não causar patologias na planta que é a fonte de seu alimento, em alguns casos essas relações de mutualismo e comensalismo se aprimoraram sendo muito comum alguns vegetais possuirem fungos endofíticos protegendo contra pragas insetos e patógenos. Este trabalho descreve o isolamento e a purificação dos fungos endofíticos associados às folhas, caules, raízes e sementes da espécie vegetal Michela champaca. Foram isolados 8 fungos...

Fungos isolados de macro-organismos marinhos brasileiros : diversidade genética e potencial biotecnológico; Fungi isolated from brasilian marine macro-organism : genetic diversity and biotechnological potential

Rafaella Costa Bonugli Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.06%
Os ecossistemas marinhos representam uma fonte potencial de recursos genéticos para diversas aplicações biotecnológicas. Neste sentido, os fungos filamentosos derivados do ambiente marinho podem ser considerados estratégicos para a produção de compostos naturais bioativos e para aplicações em processos industriais que requerem tolerância às condições salinas. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo geral avaliar a diversidade genética de fungos derivados de macro-organismos marinhos (cnidários e esponjas) e o potencial destes isolados para a biorremediação de poluentes ambientais. A caracterização da diversidade dos fungos isolados de cnidários marinhos demonstrou que a maioria dos isolados pertencem ao filo Ascomycota, sendo identificado apenas um único isolado do filo Zygomycota (gênero Mucor). Diversos fungos filamentosos isolados dos cnidários marinhos apresentaram potencial biotecnológico para produção das enzimas ligninolíticas. Entretanto, os fungos Aspergillus sclerotiorum CBMAI 849, Cladosporium cladosporioides CBMAI 857 (Ascomycota) e o Mucor racemosus CBMAI 847 (Zygomycota) foram selecionados devido à capacidade de produção de quantidades significativas de enzimas ligninolíticas na triagem inicial. Esses três isolados foram submetidos à avaliação de diferentes fatores (fonte de carbono...

Avaliação de fungos toxigênicos em armazenagem de arroz (Oryza sativa L.) parboilizado

Dutra, Rosilene Linhares
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 95 f.| il., grafs., tabs. +
Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias.; No período de 15 meses (junho/99 a agosto/00), foi realizado um estudo de armazenagem de arroz parboilizado classe longo fino Tipo 1, da cultivar Epagri 108, proveniente da Epagri de Santa Catarina, sul do Brasil, em condições controladas de temperatura e umidade. O presente estudo, teve como objetivos verificar a influência da temperatura e umidade sobre o crescimento fúngico, verificar o grau de contaminação por fungos filamentosos e leveduras, estudar a microbiota fúngica, identificar os fungos filamentosos isolados e determinar as cepas de fungos toxigênicas durante 15 meses de armazenagem. As amostras de arroz parboilizado foram dispostas em três lotes: A, B e C na sala de armazenagem, sendo cada lote composto de 15 amostras. A cada 30 dias eram sorteadas três amostra para analises micológica e determinação do conteúdo de umidade do grão. As condições ambientais de armazenagem foram acompanhadas sendo observado, temperatura máxima média de 31,9 ºC, e mínima média de 13,1 ºC. Umidade relativa máxima de 88% e mínima de 42%. O conteúdo de umidade das amostras variou levemente de 12,6 a 13,4%, com um aumento gradual até dezembro/99...

Fungos filamentosos do solo da Ilha dos Eucaliptos na Represa do Guarapiranga em São Paulo, SP

Santos,Valéria Barros dos; Wellbaum,Christian; Schoenlein-Crusius,Iracema Helena
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1998 Português
Relevância na Pesquisa
36.02%
Foi estudada a diversidade dos fungos do solo da Ilha dos Eucaliptos na Represa do Guarapiranga em São Paulo, SP, sob floresta de Eucalyptus, mata de interseção e mata secundária remanescente, em duas épocas climáticamente distintas: março - época quente e úmida (verão) e junho - época fria e seca (inverno) de 1996. Os fungos filamentosos foram isolados pelos métodos da diluição em série e placa de solo. A similaridade entre as micotas foi estabelecida pelo índice de Sörensen. No total foram obtidos 44 táxons de fungos (Zygomycota, Ascomycota e fungos mitospóricos), distribuídos em 92 ocorrências. No solo sob a floresta de Eucalyptus spp. foram encontrados 20 táxons (31 ocorrências) de fungos, no solo da interseção 32 táxons (38 ocorrências) e no solo da mata secundária 16 táxons (23 ocorrências). Similaridade de 47% foi encontrada entre a micota do solo sob Eucalyptus com a da interseção, e desta com a micota da mata secundária. A micota do solo sob Eucalyptus e a da mata secundária apresentaram 39% de similaridade. Na época quente e úmida (verão) a micota terrestre da Ilha foi composta por 26 táxons de fungos (47 ocorrências) e na época fria e seca (inverno) por 32 táxons (45 ocorrências)...

Fungos endofíticos de Calotropis procera (AIT.) R. BR.: aspectos ecológicos e potencial antimicrobiano

Nascimento, Tatianne Leite; Motta, Cristina Maria de Souza (Orientadora); Araújo, Janete Magali de (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
Fungos endofíticos são micro-organismos que colonizam assintomaticamente, intra e/ou intercelularmente, tecidos sadios de plantas em algum período do seu ciclo de vida. Estes despertaram grande interesse biotecnológico em virtude da aplicabilidade de seus metabólitos secundários na medicina, indústria e agricultura. Calotropis procera (Ait.) R. Br. (Apocynaceae) é uma planta medicinal muito utilizada nas regiões de origem (Ásia e África) com comprovado potencial farmacológico, sendo de ocorrência subespontânea no Nordeste do Brasil. Com o objetivo geral de analisar alguns aspectos ecológicos e o potencial antimicrobiano dos fungos endofíticos de C. procera, no presente estudo, foram realizadas duas coletas de material vegetal: uma no canteiro experimental do Centro de Ciências Biológicas, UFPE (Área 1), para avaliar a influência da idade foliar na comunidade de fungos endofíticos; e nas margens da BR-232, no início da Serra das Russas-PE (Área 2), para estudar a influência do tipo de tecido vegetal na comunidade de fungos endofíticos associados a folhas e pedúnculos florais. Os endofíticos foram caracterizados quanto à produção de substâncias antimicrobianas contra micro-organismos testes...

Efeito de fungos entomopatogênicos na mortalidade de adultos, oviposição e eclosão de larvas de Aedes aegypti; Effects of entomopathogenic fungi on the adult mortality, oviposition and larval eclosion of Aedes aegypti

Leles, Renan Nunes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.06%
Aedes aegypti is the main vector of dengue fever in tropical and subtropical countries in the world. Due to the absence of a vaccine for dengue fever, the vector´s combat is fundamental fot the disease control. The spread of mosquito populations resistant to chemical insecticides shows the necessity to establish integrate vector control programs. Entomopathogenic fungi have potential for biological control of A. aegypti; however, only tow fungal species. Metarhizium anisopliae and Beauveria bassiana, have been stutied more intensely for this purpose. The present study evaluated the pathogenicity of nineteen fungal species of the Hypocreales order against A. aegypti adults, and investigated new methods for fungal application to control these mosquitoes and for detection and isolation of fungi and oomycetes from A. aegypti larvae and adults. The results clearly showed the potential of fungi, especially form the Metarhizium genus, for the combat of eggs and adult mosquitoes. The present study proposes a new pratical method for the detection and isolation of entomopathogenic fungi from infected mosquitoes collected in the field.Aedes aegypti is the main vector of dengue fever in tropical and subtropical countries in the world. Due to the absence of a vaccine for dengue fever...

Análise estereosseletiva de bufuralol, donepezila, midodrina e seus metabólitos e aplicações em estudos de biotransformações com fungos; Stereoselective analysis of bufuralol, donepezil, midodrine and its metabolites and applications in biotransformations studies with fungi

Barth, Thiago
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.07%
O uso de fungos na biotransformação estereosseletiva de fármacos pode constituirse em uma excelente alternativa à síntese assimétrica para obtenção de metabólitos, bem como aos estudos de biotransformação in vivo e in vitro convencionais. Neste trabalho foram empregados fungos isolados de órgãos internos de plantas, classificados como endofíticos, fungos fitopatógenos, bem como, fungos adquiridos de coleções de micro-organismos. Esses fungos foram empregados no estudo da biotransformação estereosseletiva dos fármacos midodrina, bufuralol e donepezila. Estes fármacos foram selecionados por produzirem metabólitos ativos nos processos de biotransformação em humanos. Para o monitoramento da formação dos metabólitos dos fármacos foi necessário desenvolver e validar métodos analíticos com características adequadas para essa aplicação. Para determinação enantiosseletiva da midodrina e seu metabólito empregou-se a eletroforese capilar, enquanto que para a determinação aquiral empregou-se a cromatografia líquida de alta eficiência. Para avaliar a biotransformação estereosseletiva do bufuralol e donepezila foram desenvolvidos métodos empregando a cromatografia líquida de alta eficiência. Os dados referentes ao estudo de cada fármaco são apresentados em quatro capítulos. O primeiro capítulo apresenta os resultados obtidos no desenvolvimento de um método empregando a eletroforese capilar para a determinação enantiosseletiva de midodrina e seu metabólito desglimidodrina (DMAE) em meio de cultura Czapek. As análises foram realizadas em capilar de sílica de 50 ?m de diâmetro interno e com comprimento efetivo de 40 cm...

Exposição a fungos dos trabalhadores dos ginásios com piscina

Viegas, Carla Sofia Costa
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
RESUMO - Os trabalhadores dos ginásios com piscinas apresentam maior prevalência de lesões fúngicas, como a Tinea pedis e a onicomicose, devido às características intrínsecas da sua actividade profissional, pois apresentam mais horas por dia de exposição à contaminação fúngica das superfícies. Esta situação verifica-se não só por serem os que mais frequentam os locais possíveis de estarem contaminados, como é o caso de balneários, vestiários e zona envolvente às piscinas, mas também porque algumas das actividades desenvolvidas são realizadas com os pés descalços. Além disso, a utilização de roupa sintética e de calçado ocluso, que retêm a sudação excessiva, favorece o desenvolvimento fúngico. Constituiu objectivo deste trabalho conhecer o risco de infecção e/ou lesão (Tinea pedis e onicomicose) nos trabalhadores dos ginásios com piscina e a sua eventual relação com a exposição à contaminação fúngica (ar e superfícies) dos locais de trabalho. Foram descritas as variáveis ambientais e biológicas que influenciam a infecção e/ou lesão fúngica em ambiente profissional e exploradas eventuais associações entre essas mesmas variáveis. Foram também conhecidas as diferenças da contaminação fúngica das superfícies entre as duas principais estações do ano (Verão e Inverno) e entre antes e depois da lavagem e desinfecção. O estudo realizado possui uma componente transversal...