Página 1 dos resultados de 317 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A metodologia sistêmica na geografia agrária: um estudo sobre a territorialização dos assentamentos rurais

Alves, Flamarion Dutra; Silveira, Vicente Celestino Pires
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 125-137
Português
Relevância na Pesquisa
56.48%
Este artigo tem como objetivo demonstrar a importância da metodologia sistêmica em pesquisas nas Ciências Humanas, em especial na Geografia Agrária, através da avaliação das alterações socioeconômicas e territoriais dos assentamentos rurais. O artigo foi divido em partes, primeiro foi realizado um estudo teórico da metodologia sistêmica e em seguida, a aplicação dessa metodologia para avaliar os impactos da territorialização dos assentamentos rurais, na organização espacial de Candiota no estado do Rio Grande do Sul.; This paper has as objective to demonstrate to the importance of the systemic methodology in research in Sciences Human beings, in special in Agrarian Geography, through the evaluation of the social-economical and territorial alterations of the rural settlements. The paper was divides in parts, first was carried through a theoretical study of the systemic methodology and after that, the application of this methodology to evaluate the impacts of the territorialization of the rural settlements, in the space organization of Candiota County in the state of the Rio Grande do Sul.

Trajetória teórico-metodológica da geografia agrária brasileira: a produção em periódicos científicos de 1939-2009

Alves, Flamarion Dutra
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 350 f. : il., mapas, gráfs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
56.86%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Geografia - IGCE; Este estudo analisou as bases teórico-metodológicas da geografia agrária brasileira partindo do ano de 1939 até 2009, com base em dez periódicos científicos selecionados em geografia. Evidenciou-se o pluralismo de concepções metodológicas e temáticas a partir da década de 1990. Assim, a pesquisa mostrou uma determinada coerência metodológica entre os períodos de 1939 a 1965, com base no método indutivo-descritivo-empírico alicerçado na geografia regional francesa. Após este momento, a geografia agrária passou a adotar uma linguagem matemática-estatística para a explicação dos fenômenos espaciais, com base no positivismo lógico, durante este paradigma vigente entre 1965 a 1980. A renovação crítica inseriu nos estudos agrários a preocupação com o dado social e as análises da contradição do capitalismo, abordagens políticas e econômicas, o auge dessa geografia agrária crítica foi nas décadas de 1980 a 2000. A partir desse momento, há uma diversidade de abordagens metodológicas não permitindo dizer que exista uma principal tendência paradigmática na geografia agrária brasileira neste início de século XXI. Destaca-se neste tese a importância do resgate de teorias e conceitos já utilizados na geografia agrária eu explicam os fenômenos atuais...

Leituras dos territórios paradigmáticos da Geografia Agrária: análise dos grupos de pesquisa do estado de São Paulo

Campos, Janaina Francisca de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 388 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
56.88%
Pós-graduação em Geografia - FCT; Esta pesquisa teve como objetivo principal a identificação e a análise das temáticas e dos paradigmas dos grupos de pesquisa em Geografia Agrária do estado de São Paulo. Os grupos de pesquisa são territórios paradigmáticos que, com suas teorias, métodos, conceitos, intencionalidades e ideologias, compartilham paradigmas e representam parte da unidade, diversidade e diferencialidade da Geografia Agrária. Amparados por estruturas de socialização, práticas, ações e temáticas de estudo, os grupos disseminam e disputam poderes explicativos. Foi realizado um amplo levantamento crítico da produção de oito grupos, tendo como base teses, dissertações, trabalhos publicados em eventos científicos e entrevistas. Dois paradigmas orientaram a nossa leitura: o PCA e o PQA – Paradigma do Capitalismo Agrário e Paradigma da Questão Agrária. No primeiro paradigma, a tendência da agricultura familiar foi predominante e agrupou quatro territórios paradigmáticos: o NEA, o Logística, o Geografias da Modernidade e o GEDRA. A questão agrária não comparece como uma problemática e os eventuais problemas do capitalismo são resolvidos pelo próprio sistema, sem alteração da ordem vigente. Transitando por duas tendências (proletarização e campesinato)...

A geografia agrária brasileira: dinâmica, variada e complexa

Ferreira, Darlene Aparecida de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 83-96
Português
Relevância na Pesquisa
66.87%
This paper is a contribution to the debate on the methodological issues surrounding the Land Geography, demonstrating why the Brazilian Agrarian Geography is dynamic, varied and complex. It was chosen as the theme of Research Groups in Geography Agrarian present in Directory Groups CNPq and they held on a characterization considering: home institution, location, year of training, Group name, words and lines of research. The survey allowed the treatment of 70 groups in 2009 had the agrarian geography, agriculture, rural development, rural, rural areas, organization of space and rural development as guiding their research and performances. The analysis of the research lines identifi ed groups concerned with economic, political, ecological, demographic and cultural, and also found concerns with farmers, with their production and the functioning of the agricultural system, being thus, the set of raised lines one can say that there is signifi cant diversity in themes, which reinforces the hypothesis of dynamism, variety and complexity of studies on agriculture today.; El presente texto pretende ser una contribución al debate sobre las cuestiones metodológicas en torno de la Geografía Agraria, demostrando porque la Geografía Agraria brasileña es dinámica...

As temáticas de pesquisa da geografia agrária nas dissertações e teses dos programas de pós-graduação em geografia na região sudeste

Ferreira, Darlene Aparecida de Oliveira; Valle, Maria Ribeiro do; Pessôa, Vera Lúcia Salazar; Romanatto, Maria José; Marafon, Glaucio José
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 01-22
Português
Relevância na Pesquisa
66.71%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); The purpose of this joint effort involving professors/researchers of Southeast Brazilian un iversities was to dentify the theoretical bases, categories and logical principles of what might now be referred to as Rural Geography. To achieve that a survey was conducted of the dissertations and theses submitted between 1970 and 2009 to the graduate Geography programs of UFMG and UFU in the state of Minas Gerais, of UFRJ, UFF and UERJ in Rio de Janeiro and of USP, UNESP Rio Claro and UNESP Presidente Prudente in São Paulo. The information gathered allows us to suggest that these Programs played a significant role in the development of Rural Geography in Brazil by training teachers/professors, fostering studies on Brazil’s farming sector and disseminating the theoretical propositions that underlie these studies, which should be further examined in the future.; A proposta foi realizar um trabalho conjunto, envolvendo professores pesquisadores das Universidades da região Sudeste, que identificasse quais os referenciais teóricos, as categorias e os princípios lógicos do que se poderia chamar hoje de Geografia Agrária. Para cumprir com o objetivo proposto realizou-se levantamento de dissertações e teses...

A metodologia sistêmica na geografia agrária: um estudo sobre a territorialização dos assentamentos rurais

Alves,Flamarion Dutra; Silveira,Vicente Celestino Pires
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.48%
Este artigo tem como objetivo demonstrar a importância da metodologia sistêmica em pesquisas nas Ciências Humanas, em especial na Geografia Agrária, através da avaliação das alterações socioeconômicas e territoriais dos assentamentos rurais. O artigo foi divido em partes, primeiro foi realizado um estudo teórico da metodologia sistêmica e em seguida, a aplicação dessa metodologia para avaliar os impactos da territorialização dos assentamentos rurais, na organização espacial de Candiota no estado do Rio Grande do Sul.

Geografía agraria de la Mancha Baja (Cuenca)

Gesteiro Araújo, Manuel
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Português
Relevância na Pesquisa
56.28%
Tesis doctoral inédita, leída en la Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Filosofía y Letras, Departamento de Geografía. Fecha de lectura: 12-7-1990

Geografía agraria de la comarca "Las Vegas" (sureste de la provincia de Madrid)

Utanda Moreno, Luisa
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Português
Relevância na Pesquisa
56.28%
Tesis inédita leída en la Universidad Autónoma de Madrid. Facultad de Filosofía y Letras, Departamento de Geografía. Fecha de lectura: 30-10-1990

Contribuição à historiografia da geografia agrária na Universidade de São Paulo

Bombardi, Larissa Mies
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.71%
O presente artigo tem por objetivo tecer uma historiografia da Geografia Agrária naUniversidade de São Paulo, tendo em vista a importância que a linha teórica entre nósdesenvolvida teve – e tem – no sentido da formação da Geografia Agrária Brasileira, emsua perspectiva crítica.

DESAFIOS DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA CAMPONESA NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA Assentamento Milton Santos – Americana/SP; DESAFIOS DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA CAMPONESA NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA Assentamento Milton Santos – Americana/SP

Bombardi, Larissa Mies; Manfredini, Sidneide; Fernandez, Gabriel de Andrade
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.64%
This article discusses the experience of extension in Agricultural Geography coordinated by Prof. Drs. Larissa Mies Bombardi and Sidneide Manfredini, together with a group of students of the Department of Geography at USP. This work aims at supporting agricultural practices and trading, beginning in Milton Santos settlement located between the cities of Americana and Cosmopolis - Sao Paulo. This settlement has singularities that impose as challenges to its effective deployment: Designed in the molds of Comuna da Terra, it is composed almost entirely by families of urban origins, it is located in a region specialized in sugar cane monoculture and it is located about 10km from the urban areas of municipalities that affect it (Americana, Cosmópolis e Paulínia). As they managed to add different skills to the group initially consisting solely of geographers, with students and teachers of Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz, of the Sanitary Engineering at Escola Politécnica and the Faculdade de Arquitetura da USP, the project was widening and redirecting its initial objectives. The implementation of optimal farming systems, which constrain the effective implementation of the settlement, necessitates the recovery of peasant culture...

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A PESQUISA DE CAMPO EM GEOGRAFIA AGRÁRIA; ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A PESQUISA DE CAMPO EM GEOGRAFIA AGRÁRIA

Thomaz, Fernanda
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.69%
Desenvolvo uma pesquisa de mestrado com o objetivo de compreender as conquistas, os avanços, os obstáculos, os impasses e os limites de uma cooperativa de produção agropecuária (CPA). Com essa finalidade, a pesquisa foi proposta aos camponeses da Copava (Cooperativa de Produção Agropecuária Vó Aparecida), da agrovila III, do assentamento Pirituba, pertencente ao Movimento dos Sem-Terras (MST), localizado nos municípios de Itapeva e Itaberá, sudoeste do Estado de São Paulo, Brasil. Intencionando construir a análise por meio da dialética materialista, uma parte essencial da pesquisa torna-se a coleta de dados feita com base em trabalhos de campo, não se querendo afirmar, com isso, que o trabalho de campo seja o único meio de construir uma pesquisa por meio da dialética. A importância do trabalho de campo consiste em fornecer bases mais seguras para a posterior discussão teórica e a melhor compreensão da realidade estudada. Além disso, com essa pesquisa, procuro me inserir na realidade camponesa não apenas como pesquisadora que observa, que busca compreender uma dada realidade, mas como uma pesquisadora que deseja ajudar a construir um mundo mais justo e igualitário. Dessa forma, tenho sido levada a refletir sobre o que é uma pesquisa participante e...

A POLÍTICA DE CONTRA-REFORMA AGRÁRIA DO BANCO MUNDIAL NO CEARÁ; A POLÍTICA DE CONTRA-REFORMA AGRÁRIA DO BANCO MUNDIAL NO CEARÁ

Oliveira, Alexandra Maria de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
56.64%
renda capitalizada da terra por proprietários de terras rentistas. Os assentamentos enquanto Este artigo analisa a política de crédito fundiário no Ceará praticada pelos governos estadual e federal, em parceria com o Banco Mundial, a partir de 1996. A forma pela qual o Estado foi levado a dar início e desenvolver a “reforma agrária de mercado” no Ceará, recoloca problemas importantes, tais como: a questão da reforma agrária e o acesso à terra pelos sem terra, e o problema da estrutura fundiária no Ceará e no Nordeste. A reflexão sobre a contra-reforma agrária do Banco Mundial passa pela discussão acerca da concepção do desenvolvimento territorial contraditório (desigual e combinado) no interior da Geografia Agrária. A pesquisa foi desenvolvida a partir de estudo realizado em oito assentamentos criados em decorrência dos projetos São José e Cédula da Terra. A implementação da “reforma agrária de mercado” no Ceará traz consigo o re-significado da apropriação da frações do território conquistado, constituíram, por sua vez, em uma forma de propriedade diferente da propriedade privada capitalista.; The article analyzes the agrarian credit policy in Ceará, put into practice by the State and Federal Governments in partnership with the World Bank since 1996. The reason which led the State government begin and develop the “market agrarian reform” in Ceará...

ALGUNS PRESSUPOSTOS PARA A CONSTRUÇÃO DA GEOGRAFIA AGRÁRIA; ALGUNS PRESSUPOSTOS PARA A CONSTRUÇÃO DA GEOGRAFIA AGRÁRIA

Marques, Moacyr
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.81%
Este artigo pretende tratar sinteticamente dos primeiros passos teóricos que devem ser dados para se reconstruir a geografia agrária a partir da consideração das suas especialidades como setor produtivo e das tendências gerais que a estão subordinando ao modo industrial de produção de bens materiais. Estudar a agricultura é, hoje, enfocá-la pelo prisma da hegemonia crescente dos capitais agroindustriais e não mais considerá-la como um setor autônomo da economia. O artigo mostra os desdobramentos tópicos desta tese.; Este artigo pretende tratar sinteticamente dos primeiros passos teóricos que devem ser dados para se reconstruir a geografia agrária a partir da consideração das suas especialidades como setor produtivo e das tendências gerais que a estão subordinando ao modo industrial de produção de bens materiais. Estudar a agricultura é, hoje, enfocá-la pelo prisma da hegemonia crescente dos capitais agroindustriais e não mais considerá-la como um setor autônomo da economia. O artigo mostra os desdobramentos tópicos desta tese.

Agricultural Sustainability and Agrarian Geography: The Context of Organic Agriculture in Rio de Janeiro State; Sustentabilidade na Agricultura e Geografia Agrária: O Contexto da Agricultura Orgânica no Rio de Janeiro

Barros, Regina Cohen; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Fonte: Programa de Pós Graduação em Geografia - UFRJ Publicador: Programa de Pós Graduação em Geografia - UFRJ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.48%
The aim of the present study is to contribute to current debates in AgrarianGeography concerning the dynamics of Brazilian rural space as exemplified by the case of Rio de Janeiro State. Rio de Janeiro presently is experiencing rural transformation provoked by the increasing urbanization of the countryside so redefining the geographical concepts of “rural” and “urban” within historical and contemporary processes of capitalist development. Within this general process, organic agriculture has emerged within vegetable farming in the Região Serrana Fluminense. As most vegetable production in this region is undertaken using conventional modern methods, organic farming for the metropolitan market is marketed through new separate channels so as to guarantee product authenticity. In the beginning, farmers were of urban origin, but as organic production expanded in response to increasing urban demand, some local farmers shifted from conventional to organic methods.; A preocupação que orienta o presente trabalho é subsidiar os atuais debates sobre as dinâmicas recentes do espaço rural brasileiro, inserindo-o no escopo da geografia agrária; analisando especificamente o estado do Rio de Janeiro, que passa por transformações provocadas pela intensificação da urbanização no campo; e redefinindo os conceitos “rural” e “urbano” para a geografia...

O camponês, o rural e o agronegócio – diversas abordagens na geografia agrária brasileira

Marques, Ana Carolina de Oliveira; Silva, Rusvênia Luiza Batista Rodrigues da
Fonte: Revista Interface (Porto Nacional) Publicador: Revista Interface (Porto Nacional)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
Este artigo advém da discussão feita no trabalho de mestrado intitulado “Espaço e Habitus no sertão goiano: o povoado de Pouso Alto”, que subsidiou o levantamento e análise das diferentes abordagens sobre o rural brasileiro na Geografia Agrária. O objetivo principal foi pontuar os elos de ligação entre a realidade socioespacial do país e a leitura acadêmica da questão agrária. Feito isso, dissertou-se sobre as categorias no campo em tempos e espaços do agronegócio. Consultou-se uma ampla bibliografia, composta por livros, periódicos e demais materiais disponibilizados eletronicamente. O estado-da-arte esclareceu as concepções de camponês/campesinato na Geografia, que comparecem nas diferentes correntes epistemológicas dessa ciência, ressaltando, sobretudo, a dimensão política presente nas abordagens e as particularidades do camponês na atualidade.

Questão Agrária e Projeto Nacional: notas para um debate*

Sampaio, Fernando dos Santos; Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
56.65%
O presente artigo tem como objetivo fazer alguns apontamentos sobre as interpretações da agricultura brasileira que tem sido frequentes na Geografia Agrária. Busca-se levantar alguns pontos que são de fundamental importância para a interpretação do campo brasileiro, propondo uma reflexão que possa dar embasamento a um Projeto Nacional. Ao se falar em um Projeto Nacional é preciso destacar como a agricultura se insere nele e também pensar em como a Geografia, ou mais especificamente a Geografia Agrária, pode contribuir para se entender melhor a agricultura brasileira.

ASSENTAMENTO APASA – PB: A AGROECOLOGIA NA CONSTRUÇÃO DE NOVAS TERRITORIALIDADES

Lima, Aline Barboza
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Não Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.79%
O presente trabalho versa sobre a constituição de novas territorialidades a partir da agroecologia, tomando como objeto de estudo o assentamento APASA, localizado no município de Pitimbu, estado da Paraíba. Nesse estudo, analisamos as práticas agroecológicas desenvolvidas por um grupo de camponeses do referido assentamento, que integram um projeto denominado Feira Agroecológica Paraibana, uma feira de produtores onde são comercializados alimentos agroecológicos na cidade de João Pessoa, capital paraibana. Buscamos nessa pesquisa, compreender a relação sociedade e natureza oriunda dessa experiência, bem como a relação campo-cidade resultante dessa dinâmica. Os estudos no assentamento APASA tiveram início no ano de 2005, quando investigávamos a atuação de Políticas Públicas de Combate à Pobreza Rural nos assentamentos do município de Pitimbu². Através das pesquisas, constatamos ser Pitimbu o município que possui o maior percentual de áreas agrícolas reformadas na Zona da Mata Paraibana, onde do total de sua área agrícola, 57% corresponde a áreas de assentamentos rurais³. A análise qualitativa desse dado estatístico denotou a existência de uma pujante dinâmica social, correlacionada aos processos históricos e geográficos ali desenvolvidos. Sob o ângulo da Geografia...

QUESTÃO AGRÁRIA, QUESTÃO JURÍDICA!

Mitidiero Junior, Marco Antonio
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2007 Português
Relevância na Pesquisa
56.55%
A questão agrária brasileira envolve problemas que estão além das determinações econômicas e políticas imediatas que este tema necessariamente traz à tona. Ela é, antes de tudo, uma característica sócio-histórica da formação social e territorial brasileira, razão pela qual carrega muitas outras dimensões do processo histórico nacional. Envolve até determinações culturais, regionalismos, características e condições ambientais das áreas e a forma de organização e gestão do território encarregada ao Estado. É neste último ponto que essa reflexão se concentrará, isto é, especificando o aparato jurídico de gestão do território e da sociedade, analisarei o papel do Poder Judiciário referente às demandas e conflitos por terra. O objeto empírico para tal reflexão direcionou-se para a observação e compreensão das demandas judiciais levantadas em conflitos por terra no Estado da Paraíba, com atenção restrita à atuação da assessoria jurídica da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Nesse bojo, evidenciei eventos nos quais enquadrei conceitualmente como: judicialização e judiciarização da questão agrária e criminalização do judiciário. Diante destes conceitos, as afirmações conclusivas do texto vão na direção de mostrar a precariedade do tratamento governamental referente à questão agrária e a desvirtuada atuação de parte do judiciário brasileiro em defesa voraz da propriedade e dos proprietários de terra.

POR UM PEDAÇO DE CHÃO: NARRATIVA DE UM TRABALHO DE CAMPO EM GEOGRAFIA AGRÁRIA

Lucena, Lorena Coutinho; Nascimento, Rebeca Maria Aguiar
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.43%

A PRODUÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO NO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO NO CONTEXTO DOS MOVIMENTOS DE LUTA PELA REFORMA AGRÁRIA: MST E CPT EM FOCO

Fonseca, Helen Nunes Cosmo; de Lima, Edvaldo Carlos
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.53%
O desenvolvimento do modo capitalista de produção no campo brasileiro tem se dado de modo desigual e contraditório: ao mesmo tempo em que o capital se expande por alguns setores da agricultura estabelecendo relações capitalistas de produção, contraditoriamente, cria/recria relações não-capitalistas de produção no campo, entre elas as relações camponesas de produção (Oliveira, 2007). A agricultura brasileira possui um histórico de concentração fundiária com indicadores negativos na visão política no que diz respeito à agricultura calcada no modo de produção familiar. Na Paraíba, a realidade não poderia ser diferente. As terras cultiváveis, almejadas entre grandes proprietários de terras e pequenos trabalhadores rurais, têm sido encontradas em escalas cada vez menores. Em contraponto aos latifundiários capitalistas, estão os movimentos sociais de luta pela terra e reforma agrária. Em trabalho de campo em fevereiro de 2008, fazendo uso de câmeras fotográficas, filmadoras e cadernos de anotações, percorrendo do litoral ao sertão, dentre muitas características encontradas nos acampamentos. As diferenças naturais foram culminantes para análise das condições agrícolas e de reprodução da pequena propriedade familiar nos espaços. Dentre muitos movimentos sociais na Paraíba...