Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.058 segundos

Efeito do consumo da erva-mate (Ilex Paraguariensis), associada ou não à intervenção dietética, no perfil glicêmico e lipídico de indivíduos pré-diabéticos e diabéticos tipo 2

Klein, Graziela Alessandra
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 118 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
55.98%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Nutrição, Florianópolis, 2010; Dentre as diversas doenças decorrentes do diabetes mellitus tipo 2 (DM2), as cardiovasculares são as complicações mais importantes e a principal causa de morte entre os pacientes. Para prevenir o DM2 ou as suas complicações é fundamental a redução dos fatores de risco, inicialmente pela mudança no estilo de vida, como uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas. Nesse contexto, existe muito interesse na identificação de alimentos vegetais com propriedades hipoglicêmicas e hipocolesterolêmicas que possam prevenir ou auxiliar no tratamento do DM2. Dentre as várias espécies de plantas estudadas, a erva-mate (Ilex paraguariensis) apresentou efeito hipoglicêmico em animais e hipolipidêmico em animais e seres humanos, podendo ser benéfica para os indivíduos com DM2. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da ingestão de chá mate tostado no perfil glicêmico e lipídico e na concentração sérica de produtos finais de glicação avançada (AGEs) de indivíduos com DM2 e com pré-diabetes. A associação do chá mate com aconselhamento nutricional também foi avaliada. Participaram deste estudo 58 indivíduos (13 homens e 45 mulheres)...

Desenvolvimento local sustent?vel como liberdade: uma experi?ncia de planejamento estrat?gico do Grupo de Mulheres Erva Vida

SILVA, Cleber Gomes da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
156.21%
A presente disserta??o intitulada Desenvolvimento Local Sustent?vel como Liberdade: uma Experi?ncia de Planejamento Estrat?gico do Grupo de Mulheres Erva Vida tem como objetivo principal analisar as perspectivas das participantes do grupo Erva Vida na discuss?o de estrat?gias que contribuam para o processo de desenvolvimento local sustent?vel. Alicer?a seu arcabou?o te?rico, na apropria??o do conceito de Instrumental Freedoms (IF?s) , discutidas por Amartya Sen (2000). S?o ao mesmo tempo o fim e o meio do processo de desenvolvimento. Est?o entrela?adas e se fortalecem ? medida que s?o alcan?adas. Essas liberdades instrumentais foram denominadas de political freedom; econ?mic facilities; social opportunities; transparency e guarantees e measures ensurig social protection and security. Para alcance dos resultados desta pesquisa, foram observados os aspectos internos e externos de uma organiza??o social e an?lise das perspectivas de remo??o de restri??es a essas liberdades, a partir de uma experi?ncia de Planejamento Estrat?gico conduzido junto ao grupo de mulheres Erva Vida, em Marapanim (PA). O grupo foi selecionado a partir de uma a??o de economia solid?ria, desenvolvida pelo laborat?rio de Etnofarm?cia, do N?cleo de Meio Ambiente da UFPA com uma associa??o de mulheres do bairro Sossego...

Fitoterapia popular do bairro do Sossego distrito de Marud?-Par?

FLOR, Alessandra Simone Santos de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.06%
Na Amaz?nia as plantas medicinais s?o um dos principais recursos para o tratamento de diversas doen?as, dado o contexto cultural, o acesso, confiabilidade e baixo custo em compara??o aos medicamentos industriais. Nesse contexto, encontra-se o Distrito de Marud?, no Munic?pio de Marapanim, a 160 Km da capital Bel?m, onde ? comum o uso de plantas medicinais para o tratamento de agravos ? sa?de. O Brasil registra v?rios levantamentos de esp?cies vegetais utilizadas na fitoterapia popular de um grupo humano, aplicando-se metodologias etnoorientadas como etnobot?nica e etnofarm?cia, para inventariar a flora. Este trabalho objetiva investigar a pr?tica da fitoterapia popular pelos moradores do bairro do Sossego, incluindo um grupo de mulheres denominado Erva Vida no Distrito de Marud? - PA, ilustrando a import?ncia das plantas medicinais para este grupo humano em termos culturais, econ?micos e ambientais. Para isso realizou-se um levantamento etnofarmac?utico visando identificar as plantas medicinais utilizadas pela popula??o local. Foram entrevistados 18 praticantes da fitoterapia popular (pessoas detentoras de conhecimento sobre as plantas medicinais) que foram indicados pela pr?pria comunidade do bairro do Sossego, seguindo a t?cnica bola-de-neve ou ?Snow Ball?. As mulheres do Grupo Erva Vida...