Página 1 dos resultados de 351 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Religião, elemento fundamental na identidade do grupo dos alunos do Colégio Islâmico de Palmela: um estudo de caso

Santos, Maria Emília Baptista dos
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.3%
Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta; Resumo - Num mundo globalizado a tarefa da preservação e da transmissão da identidade religiosa revela-se uma tarefa particularmente difícil. Inserida no domínio das Relações Interculturais esta pesquisa centra-se na análise de um grupo de oito alunos muçulmanos que frequentam o Colégio Islâmico de Palmela. Este estudo teve como objectivo principal determinar se a identidade religiosa destes alunos constitui um elemento fundamental da sua vida, tendo em conta que estes jovens vivem na sociedade portuguesa de religião maioritariamente católica. Neste estudo abordámos quatro temáticas principais: religião/ islamismo, perspectiva histórica do Islão, grupo e identidade. Realizámos uma revisão teórica alargada referindo os princípios, as práticas, as grandes divisões do Islão (Sunita e Xiita), a perspectiva histórica e caracterizando de uma forma sucinta a presença muçulmana em Portugal. Abordámos, ainda, a questão dos grupos e da identidade social com destaque para a identidade religiosa. Após o enquadramento teórico, clarificámos as nossas opções metodológicas. Optámos (principalmente) por uma metodologia qualitativa...

O Eu construído : Identidade pessoal e consciência de Si

Faia, Maria Amélia
Fonte: Edições Universitárias Lusófona Publicador: Edições Universitárias Lusófona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 56134 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
O problema da identidade pessoal, apresentado na nossa dissertação, tem como preocupação central discernir as condições que viabilizam a sua construção e permanência através do tempo, tendo como paradigma de interpretação o problema da relação do sujeito consigo próprio, com os outros e com o universo simbólico duma determinada época histórica. Assim, a identidade pessoal surge-nos indissociável da respectiva relação com o contexto sócio-cultural da contemporaneidade, onde a coexistência de múltiplos e díspares quadros de referência, impulsionam o eu em direcções distintas, provocando a sua exposição a modelos, valores e estilos de vida diferentes, por vezes até antagónicos, pela proliferação e intensificação dos processos de interacção social. A interioridade do sujeito existencial está agora “colonizada” por uma pluralidade de vozes, que concorrem entre si reclamando o seu direito à existência. Neste contexto, defendemos a ideia de que compete ao sujeito retirar de cada uma delas os elementos pertinentes que permitam a elaboração dos conteúdos pessoais da sua própria interioridade, ou seja, compete ao eu fazer uma síntese hermenêutica de carácter egológico que permita delinear os contornos de uma subjectividade distinta das demais. Esta ideia de identidade enquanto projecto pessoal...

Os saberes de si. Memória, violência e identidade nos poemas de Álvaro de Campos.; The awareness of oneself. Memory, violence and identity in Álvaro de Campos's poetry.

Rovai, Mauro Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/1995 Português
Relevância na Pesquisa
36.35%
Esta dissertação está dividida em oito partes. As três primeiras são Introdução, Metodologia - que desenvolvi para poder realizar a análise dos versos e poemas de Campos - e a Apresentação do poeta em questão. A quarta, quinta, sexta e sétima partes constituem o corpo das análises, propriamente ditas. A quarta parte é dedicada ao tema da Identidade onde discuto a fissura entre o "eu" e o "mim", operada pelo poeta, além da possibilidade da volta da diferença nas imagens poéticas da noite, da água, da morte e da máscara. A quinta é dedicada à Violência, onde aponto e discuto o sacrifício da palavra e o vício de "sentir tudo de todas as maneiras" num momento em que o maquinário e a multidão estão a causar profundas impressões nas pessoas. Na sexta parte, caracterizo a Memória, em Campos, como memória-sensação para, a partir daí, atualizar as sensações de lucidez, tédio e pavor do poeta perante o mundo. Seguem-se as Considerações Finais e a Bibliografia. O que tento mostrar com minhas análises é a criação da subjetivação através do entendimento da ação da violência naquilo que normalmente é chamado de identidade e memória. Entretanto, faço isso através das imagens dos poemas de Campos...

Construção da identidade pessoal e do conhecimento: a narrativa no ensino de matemática; Building of personal Identity and knowledge: narrative in the teaching of mathematics

Cruz, Márcia de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/11/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Durante o processo de escolarização ocorre uma cisão entre a construção do conhecimento e a construção da identidade pessoal. No caso da Matemática, é possível observar com maior nitidez a disjunção dos dois fenômenos em função do discutível caráter objetivo da disciplina. Ao contrário do que poderíamos pressupor, as dificuldades enfrentadas pela maior parte de nossos alunos não são de ordem técnica, mas de ordem afetiva: quando alguém se dispõe a aprender, os obstáculos, ainda que difíceis, podem ser superados. O que fazer, então, quando o aluno desistiu da Matemática? Como restabelecer essa relação? Como recuperar a pessoa que se perdeu diante da imparcialidade dos números e das fórmulas? Tendo essas questões no horizonte, o objetivo deste trabalho foi o de realizar uma investigação teórica para compreender adequadamente a construção da identidade pessoal e a construção do conhecimento. Nossa intenção é demonstrar que as narrativas têm o poder de articular os dois processos, uma vez que os significados, na perspectiva de Jerome Bruner, são negociados e estabelecidos narrativamente e que a concepção da identidade, na perspectiva de CharlesTaylor, requer uma compreensão narrativa da vida. Sintonizados com Paul Ricoeur e Julián Marías...

O que eu me tornei para mim mesmo? o homem sem qualidades, e o caráter predatório da modernidade tardia; What I became for myself? The man without qualities, and predatory character of late modernity

Waisberg, Maria Thereza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
Esta tese tem como objetivo estudar a noção de identidade narrativa em Robert Musil, concentrada, sobretudo, em O homem sem qualidades. Para alcançá-lo, parte-se do exame dos escritos musilianos, publicados como obras completas, a fim de reconhecer, na dissolução da identidade do personagem, a contribuição emblemática ao problema da identidade mutante do homem, desde o advento da modernidade. Compreendido o lugar reservado da identidade ética figurada pela manutenção de si, compreende-se como a falta de qualidades retira-lhe todo o ponto de apoio. O drama da dissolução da identidade do personagem de Musil deixa aberta a questão: pode o não-sujeito permanecer uma figura do sujeito, mesmo que fosse sobre o seu modo negativo? A ficção literária de Musil opera no duplo sentido de definir a condição de ipseidade e voltar à vida, quando se procura uma definição para identidade. Dessa análise se depreende que o si representado pela narrativa é confrontado com a hipótese de seu próprio nada. Certamente esse nada não é o nada do qual não se tem nada a dizer. Essa hipótese dá, ao contrário, muito o que dizer, como disso é testemunha a imensidade da obra analisada. Dessa análise reconhecem-se como não faltam à hipótese verificações existenciais sobre as transformações da identidade pessoal à prova desse nada de identidade que aparece nos momentos de desenraizamento como extremo despojamento dos valores da cultura...

Estudo da percepção do fornecedor com relação à ética dos profissionais do setor de compras de grandes empresas

Halter, Maria Virginia Rogério De Souza
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.39%
O objetivo geral da dissertação é estudar o código de conduta de uma empresa multinacional, visando conhecer a coerência entre o comportamento ético da empresa na subsidiária no Brasil, em termos da relação fornecedor - profissionais do setor de compras. Através de um estudo exploratório de natureza qualitativa e emprego de entrevistas semi-estruturadas questionário Likert, procurou-se conhecer a percepção do fornecedor com relação ao comportamento ético do comprador da empresa no Brasil, bem como os fatores que influenciam este relacionamento. A análise dos dados mostra que, apesar da reputação negativa percebida pelos brasileiros com relação à ética nos negócios, a empresa estudada apresenta uma boa reputação para o grupo de stakeholders “fornecedores”. Confidencialidade de informações, respeito, ausência de favorecimentos, confiança, justiça, qualidade do produto, velocidade na resolução de problema, comunicação clara, negociação justa e honesta e vivência e comunicação do código de conduta da empresa pelos seus funcionários, foram identificados como fatores que influenciam o relacionamento fornecedor – comprador, bem como a percepção do fornecedor com relação ao comportamento ético do comprador. A percepção do comportamento ético do departamento de compras de uma empresa faz parte da imagem corporativa...

A formação da identidade: o paradoxo como gerador do unico

Lean, Tamine Jose
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.3%
O presente estudo visa ampliar a compreensão da formação da identidade. Quer dimensionar os mecanismos, envolvidos no paradoxo, que operam no desenvolvimento do indivíduo, permitindo que o mesmo seja único. Neste sentido, avalia a concepção de homem e delimita a definição de identidade, que apoiam o estudo. Em seguida, define o paradoxo e situa o papel que desempenha na formação da identidade. A justificativa deste estudo, entre outras, está inserida na necessidade de compreender a estruturação da identidade e dos agentes que operam a mesma, oferecendo subsídio para uma atuação adequada dos profissionais que lidam, mais diretamente, com a conformação do indivíduo, tarefa tão perigosa quanto preciosa e difícil. A identidade insere a mudança na continuidade, desconhecer suas interações básicas é conduzi-la à rumos aleatórios, e, de qualquer modo, evitar considerar as questões de ordem filosófica, antropológica e ética que comporta. Entre as conclusões fundamentais, cita-se: a) o indivíduo estrutura-se como tal ao fazer frente aos paradoxos; b) o conceito de identidade transcende as definições que lhes são emprestadas nas designações de mesmidade, singularidade, auto conceito, etc, devendo integrá-los num conceito de "identidade social"; c) o paradoxo tanto pode ser construído como desintegrado vivencialmente; d) a identidade é expressa...

A questão da educação e da identidade segundo Paul Ricoeur

Sonia del Carmen Vasquez Garrido
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/1994 Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
O fio condutor deste trabalho é a questão da educação e da identidade. A reflexão sobre tais temas ampara-se nos textos do filósofo Paul Ricoeur, o qual nos conduz à compreensão do significado da constituição do si mesmo e nos mostra as suas diferentes abordagens hermenêuticas. Este trabalho pretende levar à compreensão da educação como um processo que se desenvolve na constante busca da verdade, em especial quando se trata da verdade pessoal, ou seja, da busca da própria identidade. A reflexão inicia-se com amediaçêio do simbolo, sua polissemia e riqueza que nos leva ao reconhecimento e à compreensão da identidade simbolizada. Mas o símbolo não basta, requer ser enriquecido com "o texto". É o texto narração como trama, como" sintese do heterogêneo" que nos leva ao reconhecimento da identidade subjetiva como identidade Narrativa. E nessa forma de linguagem revela-se a dialética da identidade: a identidade enquanto "idem" e a identidade enquanto "ipse". Na área da ética mostra-se o desdobramento da ipseidade, a dialética entre a ipseidade e a alteridade e a finalidade ética que atribuímos à educação. Apropriando-nos das palavras de Paul Ricoeur, podemos assinalar que o fim ético da educação é: "a vida boa com e para os outros em instituições justas"

Identidade, etica e linguagem : uma analise pragmatica das praticas discursivas na imprensa (ou como fazer um "Bom" jornalismo com palavras)

Sandra Helena Dias de Melo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
56.53%
Com o objetivo de investigar os "valores", "opiniões" e "conceitos" evidenciados e constituídos na e sobre a linguagem, este trabalho pretendeu ser uma pequena contribuição àqueles interessados nas discussões sobre identidade, ética e linguagem na imprensa. Partindo do pressuposto de que a língua oferece um leque de possibilidades interpretativas e de que a identidade não é encontrada in natura, fundamentei minha reflexão sob o entendimento de língua como performativa e ao mesmo tempo constitutiva do discurso da história. Para refletir sobre a relação criada entre linguagem e ética na imprensa, a partir do construto que a identifica como "neutra", recorri aos estudos de discurso, política e identidade da análise crítica do discurso. O levantamento do que se considera "bom" ou "ruim" no comportamento da linguagem e da imprensa foi feito a partir da análise de três manuais de redação e estilo de jornais brasileiros. Além desses aparelhos de referência para a "boa" imprensa, foram analisados textos jornalísticos e livros técnicos, em especial, aqueles que trazem um discurso sobre linguagem e Imprensa. A tese central de que a linguagem é performativa e não informativa, como quer a imprensa, mobilizou uma discussão sobre a representação política que é feita pelos manuais...

Reflexões epistemológicas no contexto do Orkut: ética da informação, sociabilidade, liberdade e identidade

Bezerra,Marcos Antonio Alexandre; Araújo,Eliany Alvarenga de
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.36%
No campo da Ciência da Informação, mesmo em face das atuais discussões sobre a responsabilidade social, pouco se tem discutido acerca da Internet e das redes sociais virtuais, a partir de uma perspectiva filosófica e ética. Neste texto, objetivamos apresentar algumas reflexões oriundas de uma pesquisa em andamento sobre o Orkut, como um contexto virtual e informacional. O Orkut, sobretudo no Brasil, é um fenômeno de comunicação, informação, interação e sociabilidade, que envolve milhões de usuários. Assim, não se pode ainda afirmar, com segurança, que conhecemos todas as consequências éticas, políticas e culturais desta ambiência informacional na realidade. Objetivamos refletir sobre o Orkut, a partir da seguinte questão: Uma ambiência virtual e informacional (no nosso caso, o Orkut) pode gerar novas bases epistemológicas para a Ciência da Informação? A partir da reflexão sobre os conceitos de ética da informação, informação e liberdade, sociabilidade e identidade, procuraremos responder a esta questão.

Relação entre responsabilidade social corporativa e identidade de marca: a visão dos gestores de nível médio numa empresa de contact center em Uberlândia-MG

Santos, Rubens Batista
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Esta dissertação de mestrado procurou compreender o conceito de Responsabilidade Social Corporativa, denominada neste estudo por CSR - Corporate Social Responsibility - com o objetivo de esclarecer as dimensões que esta categoria organizacional assume nos dias atuais, a partir de uma abordagem ética fundamentada na teoria da Business Ethics. Também foi estudado o conceito mercadológico de Sistema de Identidade de Marca, com o objetivo de investigar as dimensões desta categoria que se relacionam com a responsabilidade social corporativa. A partir do referencial teórico foi realizado um estudo de caso com o objetivo de levantar, descrever e analisar como o corpo gerencial de nível médio da ACS (Algar Call Center Service S/A) estabelece a relação entre a gestão da Responsabilidade SocialCorporativa – na perspectiva da business ethics – e a gestão do Sistema de Identidade de Marca. As evidências foram coletadas por meio de observações, análises de documentos e entrevistas semi-estruturadas, sendo utilizada a abordagem qualitativa. A análise dos dados utilizou como técnica analítica a descrição geral do caso seguida da análise das proposições teóricas, verificando-se a relação das dimensões das categorias de análise com as práticas gerenciais relatadas e observadas no contexto empresarial. Como resultado da pesquisa parece possível afirmar que o alinhamento do sistema de gestão da CSR e da identidade de marca possa auxiliar na tomada de decisão mercadológica por uma proposta de valor que integre benefícios de valor econômico e de valor social à marca. Esta integração dos dois sistemas de gestão estabelece associações genuínas e ricas em significado estético e ético com a marca. Uma identidade de marca fundamentada em valores sociais poderá fortalecer o relacionamento com os stakeholders e promover o respeito à diversidade cultural...

Liderança maçônica: a influência da liderança na identidade e comportamento maçônico

Ismail, Kennyo Mahmud Soares Oliveira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.53%
Muitos são os maçons que se destacaram como líderes nas mais diferentes épocas e nos mais diversos setores da sociedade. Tendo a experiência e formação maçônica como característica comum entre tais líderes, a compreensão da relação entre a Maçonaria e a liderança e a mensuração da influência dos líderes maçônicos sobre seus liderados, os quais podem também serem líderes em suas atividades sociais e profissionais, tornam-se de grande relevância para a ciência da administração e a sociedade, de uma forma geral. Tomando por base as teorias de aprendizagem social, de troca social e de identidade social, e partindo da premissa da liderança ética, referenciada pela literatura maçônica, o objetivo deste estudo foi avaliar o impacto da liderança ética na identidade moral e na identificação com a organização, considerando ainda as respectivas consequências nos comportamentos dos liderados dentro e fora da organização maçônica. Ao todo, 13 hipóteses foram formuladas, gerando dois modelos de pesquisa que foram testados empiricamente por meio de estudo quantitativo realizado com 1571 maçons de todas as Unidades Federativas do Brasil. A discussão dos resultados foi enriquecida com a análise de conteúdo de uma questão aberta presente no questionário...

A ética e o ensino infantil: o desenvolvimento moral na pré-escola

Lima, Anne Elen de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 154 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.32%
Pós-graduação em Educação - FFC; A proposta deste trabalho é apresentar algumas reflexões sobre a ética e a moralidade na formação do indivíduo visando o desenvolvimento moral das crianças em fase pré-escolar. Em vista da globalização e da crise ética que a acompanha, hoje se faz necessário repensar na necessidade do estudo da ética e da moral em sala de aula. Para isto é preciso considerar o caminho percorrido pela ética desde a Antigüidade até a Contemporaneidade, observando os conceitos de Aristóteles, Kant, Piaget e outros. Deve-se também observar as diretrizes determinadas para o ensino da ética nos Parâmetros Curriculares Nacionais. Tendo em relevo o fato de que o desenvolvimento moral do indivíduo se dá desde a infância, faz-se necessário oportunizar o trabalho com educação moral e ética desde a pré-escola. Para isto recorre-se a alguns teóricos da educação, dentre eles, Piaget e Kohlberg. Discute-se a proposta de um ambiente sócio-moral para o desenvolvimento da autonomia e da identidade da criança pré-escolar pautado no papel do professor frente aos desafios, considerando a ética e o desenvolvimento moral fundamentais para a construção do indivíduo na promoção de uma vida justa e feliz. Os objetivos deste trabalho são: mostrar a necessidade de uma ética que tanto possa ser relacionada com valores...

Charles Taylor : para uma etica do reconhecimento

Paulo Roberto Monteiro de Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.35%
É em tomo do problema da identidade que Charles Taylor desenvolve as suas concepções em relação ao problema das ações humanas. Para o presente trabalho, a pergunta de fundo que colocamos foi a de saber se o arcabouço argumentativo de Taylor, sustentado pelas teorias expressivistas, consegue manter conceitualmente a tese de que os agentes morais agem motivados não pela racionalidade autofundante do sujeito, mas sim pelos sentimentos significativos morais que os mesmos desejam realizar sob a forma de bem no espaço político. Deste modo, a nossa proposta de tese foi analisar até que ponto a teoria de Taylor fornece as bases para a construção de conceitos que dão abertura para a renovação das práticas políticas nas sociedades atuais, visando, assim, à realização da liberdade humana por meio das suas diversas formas de expressão. Sendo assim, o que fizemos, primeiramente, ao longo dos seis capítulos que compõem o trabalho, foi propor um modo de sistematizar o encadeamento dos pontos básicos da teoria de Taylor, como expressão, ação, avaliação, bem, self, espaço público e político, com o objetivo de analisar a construção ontológica da identidade do agente humano. A segunda preocupação ficou centrada no problema da relação entre identidade e os posicionamentos dos agentes no espaço público. Por último...

Identidade (homos)sexual

Xavier, Sílvia Lair Vieira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; Este trabalho configura-se como uma abordagem crítica, uma problematização, de um conceito e de uma categoria, a identidade sexual homossexual, tratando-o como um problema histórico ainda aberto e pertinente à área interdisciplinar das Ciências Humanas. Numa abordagem política da constituição de sujeitos da sexualidade, buscou-se demarcar relações entre o sexo colocado em discurso e um modo de formulação, reconhecimento, ordenação e constituição histórica de uma experiência e de uma subjetividade correlativas ao termo homossexual. Encontrou-se nos trabalhos de Michel Foucault os instrumentos necessários para a construção do percurso metodológico, articulando-se, em uma análise histórica, princípios da arqueologia, da genealogia e da ética. Elegeu-se para a realização desse trabalho a identidade homossexual como um campo de discursos, saberes e práticas que compõem e permitem reafirmar uma determinada experiência histórica da constituição de sujeitos da sexualidade. Tendo em perspectiva as questões do quem somos nós em nosso presente histórico...

Contributo para o estudo da identidade docente : Autoperceções dos professores do ensino particular e cooperativo, o papel da ética e a mediação da autoestima e dos relacionamentos no compromisso afectivo do professor com a escola e a profissão

Granjo, Manuel Romualdo Cepeda
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.68%
Doutoramento em Ciências da Educação pelo ISPA - Instituto Universitário e pela FCSH FCT; Tese de Doutoramento apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; O presente estudo investiga as relações entre a orientação ética, a satisfação das necessidades de autonomia e relacionamento e a competência percebida, no sentido de perceber como estas variáveis interagem e se influenciam entre si, na expetativa de que a dimensão ética produza efeitos importantes na motivação intrínseca, na autoestima e no compromisso do professor com a escola e a profissão. No primeiro objetivo pretendeu-se conhecer as perceções dos professores do ensino particular e cooperativo em fatores associados à identidade profissional e, num segundo objetivo, analisar as diferenças introduzidas pelo género, pela experiência e orientação religiosa da escola. O terceiro objetivo centrou-se na testagem de um modelo de relações entre variáveis associadas à identidade docente. Dos sete instrumentos utilizados para avaliar os construtos em estudo, a escala de orientação ética do professor e a escala de competência profissional percebida foram por nós construídas, enquanto as cinco restantes resultaram de processos de adaptação de outras escalas. Nos estudos de validação realizados as escalas mostraram propriedades psicométricas adequadas. Num primeiro estudo utilizámos os dados de uma amostra de 201 professores portugueses...

Reconhecimento, intersubjetividade e vida ética: o encontro com a filosofia de Paul Ricoeur

Corá, Elsio José
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.61%
A questão do sujeito e a sua "crise", a intersubjetividade e o reconhecimento, a ética e a sabedoria prática estão no centro do debate filosófico contemporâneo e constituem o tema/objeto da presente pesquisa de doutorado. Além disso, analisaram-se as ligações entre o sujeito e a intersubjetividade, tendo em vista o estabelecimento da chamada "pequena ética", que foi tecida nas densas páginas do "Soi-mêmme comme un autre" de Paul Ricoeur (1913-2005). Observou-se que o sujeito é constituído ao mesmo tempo como leitor e como escritor de sua vida e que a dialética da identidade (idem - ipse) expressa a temporalidade própria do ser do homem. Por tal razão, a identidade pode ser entendida, narrativamente, como história de uma vida. Nesse sentido, foi possível verificar, também, que compreender é sempre se compreender em face do texto e que não há apropriação direta de si, o cogito intuitivo é uma certeza sem verdade. Ainda, existe uma reflexão sobre a vida moral em todos os seus níveis, o que permite ao autor estabelecer uma distinção, embora conceitual, entre ética e moral. Há um apelo à singularidade das situações concretas, e é neste nível que reside a sabedoria prática ou, dito de outra maneira, a sabedoria prática é um retorno ao desejo ético...

O processo de (re)construção da identidade da pessoa estomizada à luz do modelo de adaptação de Roy

Santos, Cristiano Pinto dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.47%
Dissertação(Mestrado)-Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2012.; As pessoas que realizam cirurgia para a construção de uma estomia, experenciam alterações multidimensionais trazendo reflexos na manutenção de sua identidade. Estas pessoas são envolvidas por complexas mudanças que emergem sob a sua dimensão física, psíquica, espiritual, social e familiar, fazendo assim, que sua identidade siga um itinerário de desconstrução e (re)construção. Para que ocorra uma reestruturação e consolidação da nova identidade é preciso que o enfermeiro otimize primeiramente, a adaptação da pessoa estomizada à presença da bolsa coletora e a nova condição de ser/estar estomizada. Este estudo teve por objetivo compreender o processo de (re)construção da Identidade da Pessoa Estomizada à Luz do Modelo de Adaptação de Roy. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, descritiva, apoiada noModelo de Adaptação de Roy. Foi realizada no Serviço de Estomaterapia do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. na Cidade do Rio Grande, no Estado do Rio Grande do Sul. Os participantes do estudo foram dez pessoas cadastradas no referido serviço. A coleta de dados ocorreu nos meses de junho e julho de 2011 por meio da técnica de entrevista semi-estruturada. A análise dos dados foi norteada pelos preceitos da análise textual. A pesquisa ocorreu após a autorização do Comitê de Ética em Pesquisa na Área da Saúde sob o parecer n° 77/2011 e foram seguidos todos os preceitos éticos que regem as pesquisas com os seres humanos. A partir da análise dos dados obtiveram-se cinco categorias: A adaptação do corpo fisiológico à nova condição; Autoconceito: percepções abarcadas pelo eu físico e o eu pessoal; O processo adaptativo ao novo papel social; Adequação afetiva: comportamentos relacionados com pessoas significativas e sistemas de apoio; Identidade e adaptação: nexos e reflexos para o viver da pessoa estomizada. O processo de (re)construção da identidade da pessoa estomizada tem uma relação de proporcionalidade com o potencial de adaptação. Quanto mais adaptada...

Identidade e Pessoalidade

Bonella, Alcino Eduardo; UFU
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.3%
http://dx.doi.org/10.5007/1677-2954.2009v8n3p1Neste artigo exploramos alguns aspectos de teorias filosóficas recentes (J. McMahan e M. Tooley) acerca da identidade pessoal. Depois de examinar alguns pontos acerca do que nós, pessoas humanas, seríamos fundamentalmente em termos antropológicos ou metafísicos, exploramos algumas implicações destas teorias para o conceito de pessoa, especialmente para o conceito de que pessoa é todo sujeito que possui capacidade suficiente para vivenciar alguma forma mais complexa de consciência.

A tríade identidade, ética e informação na biblioteconomia brasileira: análise sobre o código de ética do bibliotecário The triad identity, information and ethics in brazilian librarianship: analysis of the librarian code of ethics

Silva, Jonathas Luiz Carvalho
Fonte: Universidade Estadual de Campinas Publicador: Universidade Estadual de Campinas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.64%
Aborda as possibilidades de estabelecimento da relação entre os termos identidade, ética e informação atestando a observância da configuração de uma identidade da ética que possa influir no comportamento informacional dos profissionais e usuários. Considera a ética como um pressuposto filosófico e político que deve estar relacionado aos fatos cotidianos para poder desenvolver estudos mais efetivos acerca do comportamento moral da humanidade. Para tanto, atesta a importância da ética historicista a fim de conceber uma concepção mais precisa sobre o termo em questão. Estabelece como condição problematológica os seguintes questionamentos: o código de ética do bibliotecário é bem elaborado? Quais são as suas deficiências e pontos qualitativos do documento? O código de ética tem sido cumprido pela categoria biblioteconômica? Analisa o código de ética do bibliotecário considerando todos os pontos que o constituem, suas deficiências e qualidades, bem como aponta sugestões para o aprimoramento do código, além de verificar que as reflexões expostas possibilitam inferir que, no caso de analisar atitudes não condizentes com a dignidade da profissão, seria mais adequado uma Comissão de Ética constituída para avaliar ações que aparentemente não se enquadrem num Código de Conduta Profissional do que um Código de Ética com prescrições para fixar normas de conduta. Aponta finalmente que é preciso uma reformulação do código e que muito do que se tem apregoado não tem sido cumprido nas práticas profissionais e cotidianas do bibliotecário.AbstractDiscusses the possibilities of establishing the relationship among the terms identity...