Página 1 dos resultados de 101 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O peso das palavras, o choque dos ideais: uma análise crítica dos indicadores de sustentabilidade como critérios para a gestão da comunicação organizacional; The weight of words, the clash of ideals: a critical analysis of Indicators of Sustainability criteria for the management of Organizational Communication.

Silva, Eduardo Augusto da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
106.1%
Uma nova ordem mundial está exigindo posturas efetivamente diferenciadas das organizações, de todos os setores e esferas, acompanhadas pela crescente vigilância da sociedade através de mecanismos de avaliação de suas atividades. No intuito de definir parâmetros éticos, foram e estão sendo desenvolvidos modelos de prestação de contas das atividades corporativas. Por meio deles, pretende-se que a sociedade e o mercado assumam o papel de auditores do processo e da transparência nos resultados sociais alcançados. Alguns desses mecanismos são os cada vez mais propagados Indicadores de Responsabilidade Social Corporativa e, mais recentemente, os Indicadores de Sustentabilidade, que parecem buscar responder mais adequadamente aos anseios de uma consciência social, muito assustada com o presente e o futuro do planeta. O objetivo geral desta pesquisa foi analisar se as Políticas de Comunicação Organizacional podem se utilizar dos principais modelos e guias de avaliação das ações corporativas como critérios efetivos de certificação nos âmbitos da RSC e da Sustentabilidade, sem configurar em estratégias reducionistas de promoção da imagem institucional e mercadológica. O método de pesquisa utilizado neste trabalho foi o estudo de caso...

Análise do Índice Brasileiro de Sustentabilidade Empresarial em uma perspectiva de retorno e risco: estudo de eventos da divulgação das carteiras teóricas no período de 2005 a 2010; Analysis of Brazilian Corporate Sustainability Index in a risk and return perspective: event study of theoretical portfolios release from 2005 to 2010

Figlioli, Bruno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.07%
Este trabalho investigou o comportamento dos retornos e risco das ações quando da divulgação das carteiras teóricas do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Este índice foi implementado em 2005 pela Bolsa de Valores São Paulo e é considerado referência de boas práticas de sustentabilidade e responsabilidade corporativa no Brasil. No entanto, a inclusão de uma empresa em indicadores de sustentabilidade não garante, necessariamente, um melhor desempenho de suas ações. Neste contexto foram utilizadas as metodologias de estudo de eventos, análise de repetições, backtesting, regressão logit e análise envoltória de dados para analisar a reação dos retornos das ações do ISE e verificar se fatores ligados ao desempenho econômico, impacto ambiental e níveis de governança corporativa são fatores que influenciam esses retornos. Foram analisadas as ações pertencentes à carteira teórica do ISE no período de 2005 a 2010. Os resultados sugerem que os retornos das ações que integram o ISE foram influenciados pela divulgação das carteiras teóricas do ISE, uma vez que foi constatado: i) retornos anormais ao mercado; ii) não aleatoriedade dos retornos anormais ao mercado; iii) concentração dos retornos anormais ao mercado após a divulgação das carteiras teóricas e; iv) retornos anormais ao Value at RisK (VaR). Os resultados constataram que...

Análise do relatório GRI enquanto ferramenta para a mensuração da sustentabilidade empresarial; Analysis of GRI Reporting as a tool for measuring corporate sustainability

Rocha, Tatiana Aparecida Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.24%
O aumento significativo da deterioração das condições ambientais e sociais em muitas partes do mundo indicam que a sustentabilidade como um todo pode estar ameaçada. Assim a sustentabilidade empresarial tornou-se um objetivo bastante almejado e de fundamental importância não só para as empresas que sofrem constantes pressões sociais, mas também para toda a humanidade. Por esses motivos, cada vez mais empresas estão adotando relatórios de sustentabilidade para demonstrar seu engajamento com a sustentabilidade empresarial. Para tanto, é preciso utilizar indicadores adequados para a mensuração de desempenho dessas organizações em relação à sustentabilidade. Assim, esta dissertação analisou relatórios de sustentabilidade e identificou que o relatório de sustentabilidade GRI vem sendo utilizado não apenas como um relatório de transparência mas como um certificador, portanto tem como objetivo avaliar se o GRI pode ser analisada como ferramenta adequada para a caracterização de empresas brasileiras enquanto sustentáveis, por meio de revisão bibliográfica, pesquisa em modelos de indicadores de sustentabilidade e análise dos relatórios das seis empresas brasileiras atestadas como A+. Como resultado desta pesquisa verificou-se que o GRI deve ser melhorado em vários e importantes aspectos para que possa ser usado como certificador da Sustentabilidade Empresarial.; The significant increase of deteriorating environmental and social conditions in many parts of the world indicate that sustainability as a whole may be threatened. Thus corporate sustainability has become a very desired objective and of fundamental importance not only for companies that suffer constant social pressures...

A presença dos cinco capitais no índice de sustentabilidade empresarial (ISE); The presence of the five capitals in the corporate sustainability index

Guimarães, Ricardo Galvão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
86.09%
Esta pesquisa é um estudo exploratório-descritivo que relaciona avaliação de desempenho organizacional, sustentabilidade e o questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial. A avaliação de desempenho organizacional é um importante instrumento de gestão, que por meio de diferentes modelos teóricos pode auxiliar empresas a realizarem seus objetivos. A incorporação da sustentabilidade na gestão é uma realidade, e têm-se realizado esforços no sentido de aprimorar a gestão socioambiental das organizações. Neste contexto, foi elaborado o modelo de avaliação de desempenho organizacional SIGMA Sustentabilidade, o qual analisa a empresa sob a ótica de cinco diferentes capitais: natural, social, humano, manufaturado e financeiro. A criação do Índice de Sustentabilidade Empresarial, que visa reunir as organizações com destaque em governança corporativa, responsabilidade social e sustentabilidade, também é reflexo deste contexto. O índice utiliza um questionário, enviado à um conjunto de empresas que possuem ações negociadas na bolsa de valores, para avaliar e selecionar as companhias que se encaixam no perfil descrito. Este estudo pretende identificar e descrever a presença dos cinco capitais no questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial. Para tal...

Proposição de um framework para identificação de práticas de sustentabilidade social em cadeias de suprimento: uma aplicação no setor sucroenergético; Proposition of a framework for identifying social sustainability practices in supply chains: an application in sugarcane industry

Schiavon, Luís Carlos de Marino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
86.05%
O enfoque de sustentabilidade em cadeias de suprimento tem recebido atenção crescente na área acadêmica e no meio empresarial, nos últimos anos. A pesquisa acadêmica sobre sustentabilidade em cadeias de suprimento iniciou-se há aproximadamente uma década e a literatura aponta carência de abordagem sobre a dimensão social da sustentabilidade, com recomendação para o desenvolvimento de frameworks específicos para identificar práticas de sustentabilidade social em cadeias de suprimento. Visando contribuir para o preenchimento desta lacuna, tem-se como objetivo desenvolver e verificar a eficácia de um framework para esta finalidade. Tendo-se como referência uma revisão de literatura, propõe-se um framework composto por critérios e indicadores, que abrange a empresa produtora de bens e/ou serviços, fornecedores, distribuidores, atacadistas, stakeholders, comunidades e clientes. Para viabilizar a aplicação prática do framework, busca-se propor indicadores que sejam ao mesmo tempo, relevantes e simples. A aplicação do framework é realizada em uma cadeia de suprimento formada por três empresas do setor sucroenergético, que foi escolhido em função da representatividade desta atividade na economia brasileira, pelo volume significativo de mão de obra empregada...

Estudo sobre confiança dos stakeholders nas informações não-financeiras dos relatórios de sustentabilidade das empresas

Meinert, Maria Helena
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
86.21%
O objetivo desta Dissertação é estudar a confiança dos stakeholders nas informações não-financeiras dos relatórios de sustentabilidade das empresas. Iniciativas nacionais e internacionais auxiliam a identificação e coleta de indicadores relevantes, possibilitando a comparabilidade entre as empresas. O intenso aumento na quantidade de relatórios de sustentabilidade publicados levou à indagação do presente estudo: os stakeholders confiam nestas informações? Desenvolveu-se estudo exploratório de natureza qualitativa, com utilização de questionários semi-estruturados. A pesquisa indicou que a confiança é parcial, especialmente porque muitos relatórios enfatizam indicadores pouco significativos na avaliação do desempenho da gestão de sustentabilidade. A confiança fica debilitada pela falta de foco em divulgar informações relevantes, e pela escassez de mecanismos de verificação externa. O trabalho se apóia no conceito de sustentabilidade empresarial que engloba as dimensões estratégicas: econômica, social e ambiental. A gestão empresarial é analisada do ponto de vista de valores, questões e processos com o objetivo de minimizar qualquer dano proveniente de suas atividades, criando valor econômico, social e ambiental. A ética empresarial e a transparência foram consideradas como elementos que impulsionam os administradores a gerir empresas de forma sustentável...

Análise do risco e retorno do índice de sustentabilidade empresarial na Bolsa de Valores de São Paulo sob a perspectiva do índice de Sharpe

Oliveira, Márcio Fogliatto de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
A popularização das práticas sustentáveis fez crescer a oferta de investimentos conhecidos como Socialmente Responsáveis1. Surgiram fundos de investimento que aplicam seus recursos somente em empresas realmente comprometidas com a causa social e ambiental. Com o aumento da demanda por esse tipo de investimento, houve a necessidade da criação de um indicador que fosse utilizado como padrão de comparação de desempenho desses fundos. Foi criado o Índice de Sustentabilidade Empresarial, que é o indicador de referência para comparar o desempenho de empresas listadas na Bovespa sob os aspectos da sustentabilidade, criando um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade, estimulando a responsabilidade social empresarial. O presente trabalho faz uma análise do desempenho do Índice de Sustentabilidade Empresarial no que se refere ao seu risco e retorno, tentando identificar se os investidores estão preocupados com sustentabilidade, o que deveria refletir num melhor desempenho do índice, comparando-o com o IBOVESPA. Foi realizada uma pesquisa exploratória, com dados secundários, e verificou-se a forte correlação entre o retorno do ISE e o do IBOVESPA, fruto da elevada participação de alguns ativos...

Análise do índice de sustentabilidade empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo sob os aspectos de risco e retorno

Waldow, Meinel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
86.03%
Acredita-se que empresas listadas em índices de sustentabilidade empresarial tenham melhor desempenho que as listadas em índices de mercado tradicional. Este trabalho teve como objetivo analisar a evolução do índice de sustentabilidade empresarial de janeiro de 2006 a dezembro de 2011. Para tanto foi analisado o seu comportamento no período em relação aos índices Ibovespa e de Governança Corporativa Diferenciada. Foram utilizados indicadores de retorno, risco, performance, além de análises das suas médias móveis de 63, 126 e 252 dias para a verificação do desempenho dos índices estudados. Os resultados encontrados indicam um desempenho menos interessante nas médias móveis do ISE quando comparado ao Ibovespa, mas mais interessante quando comparado ao IGC.; It is believed that the listed companies in corporate sustainability indexes have better performance than those listed in the traditional market indexes. This work had as objective to analyze the evolution of the corporate sustainability index (ISE) from January 2006 to December 2011. For this purpose, its behavior was examined in relation to that period of Ibovespa and Differentiated Corporate Management (IGC) indexes. It were used indicators of return, risk, performance and analysis of its moving averages of 63...

Indicadores de desempenho ambiental evidenciados nos relatórios de sustentabilidade

Tannuri, Guillermina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 232 p.| il., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
86.09%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Florianópolis, 20013.; As partes interessadas das organizações estão demandando cada vez mais informações sobre o desempenho ambiental delas. Uma das formas de satisfazer esta demanda se dá por meio da utilização de indicadores nos relatórios de sustentabilidade. No entanto, tratando-se de publicações voluntárias, nem todos os indicadores são evidenciados com o mesmo nível de transparência e qualidade. O objetivo desta pesquisa consiste em analisar os indicadores de desempenho ambiental evidenciados nos relatórios de sustentabilidade das empresas listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), a partir dos seguintes atributos de qualidade: compreensibilidade, integridade, neutralidade e comparabilidade. Para isso, optou-se por uma pesquisa do tipo descritiva, predominantemente qualitativa, e valeu-se de elementos da técnica de análise de conteúdo. Foram selecionados 35 relatórios dos quais foram analisados, para cada relatório, 30 indicadores ambientais evidenciados de acordo com a diretriz GRI. Os resultados demonstraram que, os indicadores com um maior nível de qualidade foram aqueles que informaram sobre as emissões de gases de efeito estufa; sobre a disposição dos resíduos; e sobre o consumo de água e energia. De modo geral...

Análise do impacto da inclusão do fator sustentabilidade empresarial no modelo de três fatores de Fama e French nas empresas negociadas na BM&FBovespa: um estudo empírico entre o período de 2006 e 2013

Azevedo, Vitor Gonçalves de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
106.16%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2014.; Este estudo tem o objetivo de analisar o impacto da inclusão do fator Sustentabilidade Empresarial no modelo de três fatores de Fama e French para explicação do retorno das empresas cotadas na BM&FBovespa entre o período de 2006 e 2013. O Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial é obtido através de uma carteira de zero investimento comprada em ações com alta sustentabilidade e vendida em ações com baixa sustentabilidade. Dessa forma, através de combinações das variáveis independentes Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial (SUS), Prêmio pelo risco de mercado (RM-RF), Prêmio pelo fator tamanho (SMB), Prêmio pelo fator Book-to-market (HML) são criados seis modelos. Todos esses modelos são testados em nove carteiras de ações, que são criadas através da intersecção de três carteiras agrupadas pelo tamanho das empresas e três carteiras agrupadas pelo índice Book-to-Market (BE/ME) das empresas. Os resultados demonstram que o Prêmio pelo fator Sustentabilidade Empresarial é significante no modelo e possibilita o aumento do coeficiente de determinação do modelo. Além disso...

Responsabilidade Social nas empresas que compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial da BOVESPA – ISE

Machado, Willian Maiate
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 90 f.
Português
Relevância na Pesquisa
106.1%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; Este trabalho tem como objetivo central examinar a relação entre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) e os indicadores ambientais e sociais (internos e externos) constantes no Balanço Social das empresas que compõem este índice, no ano de 2005. Inicia-se com a apresentação do tema e problema de pesquisa, dos objetivos geral e específicos, da justificativa de estudo, da metodologia, das limitações e organização da pesquisa. Inicialmente busca-se através de conceitos, teorias e práticas sobre Índice de Sustentabilidade Empresarial, Responsabilidade Social nas Organizações, Balanço Social, Demonstração do Valor Adicionado (DVA), Governança Corporativa e o Novo Mercado (BOVESPA), Gestão Ambiental e Sistema Contábil Gerencial Ambiental (SICOGEA) suporte para conclusão da pesquisa. Na seqüência tem-se o estudo de campo, que juntamente com a fundamentação teórica são essenciais para se alcançar os objetivos propostos, os quais são atingidos plenamente. Posteriormente conclui-se que o Índice de Sustentabilidade Empresarial da BOVESPA...

Indicadores de sustentabilidade em medicina laboratorial

Uliani,Claudia Diório; Rodrigues,Evelyn; Faria,Valéria Aparecida; Badaró,Maria Leide Sena; Romano,Paschoalina; Mendes,Maria Elizabete; Sumita,Nairo Massakazu
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
96.15%
O artigo apresenta os princípios conceituais sobre desenvolvimento sustentável, sustentabilidade e avalia a evolução e os impactos na economia, no meio ambiente e na sociedade. Discutem-se a aplicabilidade dos conceitos de sustentabilidade empresarial na medicina laboratorial e os desafios inerentes à implantação no laboratório clínico. O impacto dos indicadores de sustentabilidade e seu papel no processo de gestão também são analisados criticamente sob a ótica do balanço socioambiental. O texto apresenta ainda algumas ferramentas para avaliação e interpretação dos indicadores e sua aplicação no processo de análise crítica. Finalmente, o artigo descreve a importância dos indicadores de sustentabilidade na prática do benchmarking e sua aplicabilidade no laboratório clínico

A pegada de carbono como um dos indicadores de sustentabilidade para medição da responsabilidade socioambiental empresarial: um estudo de caso na unidade sede da Petrobras em Natal-RN; Carbon footprint as a sustainability indicator of corporative social-environmental responsibility measurement: a study case in seat unity of Petrobras at Natal-Brazil

Andrade, Ricardo Teixeira Gregório de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
106.01%
As a contemporary tendency, it is been evidenced that the environmental changes theme, already admitted as a concernment to international economical and political reality, is also gaining repercussion on industrial and business sector. Firms are implementing actions on trial to minimize their own greenhouse gases (GHG) emissions impacts. However, the great majority of those actions of Corporative Social-Environmental Responsibility (CSR) are referred only to direct emissions of the main production systems. Direct emissions are those derived of an isolate process, without considering the upstream and downstream processes emissions, which respond for the majority of emissions originated because of respective firm‟s production system existence. Because the greenhouse effect occurs globally and the GHG emissions contribute to the environmental changes independently of their origin, it must be taken into account the whole productive life cycle of products and systems, since the energy invested on resources extraction and necessary materials to the final disposal. To do so, it must be investigated all relevant steps of a product/production system life cycle, tracking all activities which emit greenhouse gases, directly or indirectly. This amount of emissions consists in the firm‟s Carbon Footprint. This research purpose is to defend the Carbon Footprint relevance and its adoption viability to be used as an Environmental Indicator on measurement/assessment of CSR. It has been realized a study case on Petrobras‟s seat unity at Natal-Brazil...

Análise da relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial; Analysis of the relation between management system standards (ISO 9001, ISO 14001, NBR 16001 and OHSAS 18001) and corporate sustainability

Ferreira, Camila dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
86.17%
A sustentabilidade está sendo inserida no contexto empresarial como uma forma de minimizar os impactos causados pelos processos produtivos. Empresas estão deixando de considerar somente questões econômicas e passaram a atentarem-se as questões socioambientais. Diante desse contexto, as organizações utilizam ferramentas como normas de sistemas de gestão para auxiliar a satisfazer os anseios das partes interessadas e introduzir a sustentabilidade em seus contextos. No cenário científico não identificou-se estudos que abordassem a relação existente entre normas de sistemas de gestão e a sustentabilidade empresarial. Sendo assim, esse estudo teve como objetivo analisar a relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial. Para isso realizou-se uma revisão bibliográfica com o intuito de identificar os requisitos da sustentabilidade empresarial. Esses foram extraídos do Índice de Sustentabilidade Empresarial, Indicadores Ethos e Global Reporting Initiative, pois agrupam os principais elementos da sustentabilidade empresarial. Posteriormente foi construída matriz de relação contendo os requisitos da sustentabilidade empresarial e os requisitos de cada norma de sistema de gestão estudada. Essa matriz foi preenchida pela pesquisadora e por 6 especialistas que utilizam essas normas diariamente. Posteriormente as respostas foram consolidadas gerando a Matriz de Relação Consolidada (MRC) que foi analisada e interpretada. As relações foram classificadas como forte...

A compensação dos gestores, a sustentabilidade empresarial e os impactos no desempenho, valor e risco das empresas brasileiras

Guimarães, Thayse Machado
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
86.18%
Em um ambiente de negócios competitivo, como o atual, os temas governança corporativa e sustentabilidade empresarial surgem como forma de melhorar a imagem e aumentar a credibilidade das empresas. Entende-se que o estudo da compensação dos gestores e da sustentabilidade empresarial proporciona reflexões sobre os problemas decorrentes da teoria de agência, bem como permite visualizar a teoria dos stakeholders e a busca pelo valor no longo prazo. Nesse sentido, esta pesquisa analisa a influência da sustentabilidade empresarial na compensação dos gestores e destas variáveis nos indicadores de desempenho, valor e risco das empresas brasileiras listadas na BM&FBovespa. A investigação envolveu o período de 2009 a 2013, pois com a instrução da CVM 480 de 2009, as empresas de capital aberto foram obrigadas a apresentar informações detalhadas sobre a remuneração dos administradores. Supõe-se, dessa forma, que as empresas que estão listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa, preocupam-se com o bem estar não só dos acionistas, mas também dos funcionários, fornecedores e demais parceiros. Desse modo, espera-se que estas empresas também concedam melhor compensação a seus administradores. Em relação à esse último aspecto...

Indicadores de sustentabildade corporativa aplicados a práticas de gestão ambiental: uma proposta de avaliação por meio da contabilidade ambiental

Ferreira, Luiz Felipe
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 246 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
96.02%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental, Florianópolis, 2010; A necessidade das organizações apresentarem maior transparência nos aspectos relacionados ao meio ambiente iniciou-se basicamente na década de noventa. Preocupadas com o assunto, as empresas procuraram identificar suas ações potencialmente poluidoras. A análise, a mensuração e a evidenciação das internalidades e externalidades ambientais passam a ser um instrumento de informação, como meio de monitorar as práticas de gestão socioambiental. Nesse contexto, o objetivo desta tese é propor e desenvolver indicadores de sustentabilidade, com apoio da contabilidade ambiental, como forma de avaliar as práticas de gestão socioambiental adotadas por empresas certificadas pela ISO 14001. A abordagem de análise dos conteúdos está prevista como mista, abrangendo aspectos quantitativos e qualitativos. A pesquisa está caracterizada como teórico-empírica, do tipo exploratória. A aplicação dos indicadores na forma de relatório, foi efetuada em uma empresa que atua há mais de 100 anos no segmento têxtil, dando origem ao mais alto padrão de qualidade em produtos de banho...

Indicadores de sustentabilidade empresarial no Brasil : uma avaliação do Relatório do CEBDS

Vieira de Azevedo, Ana Luísa
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
136.26%
Este artigo se baseia na dissertação de Mestrado da autora em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais, realizada na Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE), vinculada ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo teve como objetivo avaliar o Relatório de Sustentabilidade Empresarial (RSE) produzido pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), divulgado no ano de 2002. A escolha do Relatório de Sustentabilidade Empresarial do CEBDS, como objeto de pesquisa, foi em função deste relatório representar uma iniciativa de um grupo de empresas organizado para a disseminação do conceito de desenvolvimento sustentável no Brasil. Desta forma, foi realizado um levantamento de quais indicadores as empresas disponibilizaram neste relatório, observando a freqüência com que os mesmos foram usados, considerando também se estas empresas disponibilizaram dados quantitativos e qualitativos e quais destes tipos de informações foram mais divulgadas. Assim, foram consideradas na análise as dimensões econômicas, sociais e ambientais, a fim de se observar como as empresas participantes do relatório expressam suas práticas em prol do desenvolvimento sustentável. Considera-se que a divulgação de bons indicadores de sustentabilidade demonstra de forma eficaz o comprometimento das empresas em relação à questão.; This paper is based on the author’s master dissertation on Population Studies and Social Research developed at the “Escola Nacional de Ciências Estatísticas – National School for Statistical Sciences (ENCE)”...

INCOMING INDICATOR OF SUSTAINABLE ENTERPRISE IN STOCK MARKET: A STUDY OF ISE BOVESPA; RENTABILIDADE DOS ÍNDICES DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL EM BOLSAS DE VALORES: UM ESTUDO DO ISE/BOVESPA DOI: 10.5585/rai.v6i3.472

Beato, Roberto Salgado; Souza, Maria Tereza Saraiva de; Parisotto, Iara Regina dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
116.1%
Stock Market in many countries created indicators of sustainable values, that are composed by enterprises that incorporate the economic, social and environmental Indicators in Sustainable Management. However there are few studies that connect market indicators and sustainable ones. The aim of this work is verify the composition, joining and incoming of the indicators of Stock Market, through a study of Indicators of Enterprise Sustainable of Stock Market in São Paulo ISE BOVESP. The documental research used in published data in BOVESPA site, referred to 2005 until 2008.The research, also, searched, through its specific goals, establish a context of the creation of ISE and the dimensions of incorporated sustainable by this indicator. Analyze the enterprises and the sectors that participate of the composition, as well as Evaluate the commitment of ISE compared to general indicators of BOVESPA. The results point that the methods of ISE/BOVESPA include three sustainable dimensions. However, the indicators have lower participation of the enterprises, trending to decrease in take part of ISE since its launching. In spite of the market financial crisis, the clients show more incoming results than others traditional indicators.; As Bolsas de valores de diversos países criaram índices de sustentabilidade compostos por empresas que incorporam os indicadores econômicos...

CORPORATE SUSTAINABILITY INDEX (ISE) AND FINANCIAL PERFORMANCE OF COMPANIES PULP AND PAPER COMPANIES; ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) E DESEMPENHO FINANCEIRO DAS EMPRESAS DO SETOR DE PAPEL E CELULOSE

Melo, Emanuelle Cristine de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Almeida, Fernanda Maria de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Santana, Gislaine Aparecida da Silva; Universidade Federal de Viçosa - UFV
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.16%
Due to the increasing demand of the government, society and other stakeholders, by socio-political and environmental sustainability, the adoption of these policies within companies became an unquestionable important issue of the adoption of these policies within companies. In this aspect, came the Corporate Sustainability Index (ISE), which is an indicator that measures the return on a portfolio composed of stocks of companies classified as socially responsible and broad corporate sustainability. The companies included in this index are recognized for their commitment to sustainable development and practices in social projects, and also considered the inclusion of the topic in their organizational strategies. Owing to the importance of the forest sector in the Brazilian economy, the present study aimed to analyze the effects of the financial performance of companies in this sector (pulp and paper industries) about the probability that they are part of the ISE. For this, we used a regression model that includes logistics, as explanatory variables, different financial indicators 20 branch companies forest in 2010. The results indicate that financial performance indicators as the Current Ratio and EBITDA positively influence the likelihood of a company that produces pulp and paper part of the ISE. Thus...

A Influência da Participação no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) no Desempenho Financeiro das Empresas; The Influence of Participation in Sustainability Index (ISE) in the Financial Performance of Business

Vital, Juliana Tatiane; UFSC; Cavalcanti, Marília Martins; Dalló, Sarita; Moritz, Gilberto de Oliveira; Costa, Alexandre Marino
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
86.09%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2009v11n24p11 Este artigo tem como objetivo comparar o desempenho, através de determinados indicadores financeiros, entre empresas listadas no Guia das 500 maiores e melhores empresas da Revista Exame que fazem parte do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e das empresas que não fazem. O principal objetivo do ISE é constatar o retorno de uma carteira composta por ações de empresas comprometidas com a responsabilidade social e a sustentabilidade empresarial. Essa pesquisa classifica-se como sendo descritiva e predominantemente qualitativa. Os indicadores financeiros analisados nessa pesquisa foram: Vendas (em valor e crescimento), Lucro Líquido, Rentabilidade, Capital Circulante Líquido, Liquidez Geral, Endividamento Geral, Endividamento de Longo Prazo, EBITDA e Indicadores de exportação. Após a análise pode-se concluir que as empresas que participam do ISE possuem maior potencial de vendas e exportação. Empresas que não fazem parte do ISE apresentam melhor desempenho financeiro.; This article aims to compare the performance, through certain financial indicators, including companies in the guide of the 500 biggest and best companies of Exame Magazine, forming part of the Corporate Sustainability Index (ISE) and companies who do not. The primary purpose of ISE is to see the return of a portfolio composed of shares of companies committed to social responsibility and corporate sustainability. This research is classified as being descriptive and largely qualitative. The financial indicators examined in this study were: sales (value and growth)...