Página 1 dos resultados de 548 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Comunidade bacteriana associada às cigarrinhas (Hemiptera:Cicadellidae), insetos vetores de Xylella fastidiosa; Bacterial community associated to sharpshooters (Hemiptera: Cicadellidae) insect vectors of Xylella fastidiosa

Gai, Cláudia Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.82%
A Clorose Variegada dos Citros (CVC), doença que causa graves prejuízos à citricultura no estado de São Paulo, é causada pela bactéria Xylella fastidiosa que é transmitida pelas cigarrinhas Bucephalogonia xanthophis (Berg), Dilobopterus costalimai (Young), Acrogonia citrina (Marucci & Cavichioli) e Oncometopia facialis (Signoret). Durante a alimentação em plantas afetadas, esses insetos adquirem a bactéria, que coloniza o pré-cibário e o cibário, e depois são capazes de transmitir a doença para plantas sadias. Colonizando o xilema das plantas de citros encontram-se também bactérias endofíticas, que são microrganismos capazes de colonizar internamente tecidos de plantas sem causar dano aparente, e que podem interagir com patógenos no interior do hospedeiro. Este trabalho teve como objetivo avaliar a comunidade bacteriana associada as cigarrinhas vetoras de CVC, e observar as possíveis interações que ocorrem entre insetos vetores de X. fastidiosa e bactérias endofíticas de citros. Primeiramente foi feito um isolamento das bactérias da cabeça de cigarrinhas coletadas em pomares de citros afetados com CVC. Foram isoladas um total de 17230 bactérias de três espécies de cigarrinhas (O. facialis, D. costalimai e A. citrina) em três datas diferentes (22/março...

Análise faunística de cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) e flutuação populacional de potenciais vetores de Xylella fastidiosa em vinhedos nos estados do Rio Grande do Sul e Pernambuco, Brasil; Faunistic analyses of leafhoppers (Hemiptera: Cicadellidae) and seasonal fluctuation of potential vectors of Xylella fastidiosa em vineyards of the States of Rio Grande do Sul and Pernambuco, Brazil

Ringenberg, Rudiney
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
46.61%
Xylella fastidiosa é uma bactéria fitopatogênica transmitida por insetos vetores conhecidos como cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae, Subfamília Cicadellinae). Uma estirpe desta bactéria causa o Mal de Pierce em videira nos EUA e México. No Brasil, esta bactéria ainda não foi detectada colonizando videira, embora esta cultura tenha importância em algumas regiões Nesta pesquisa foi feito um levantamento faunístico de cigarrinhas da família Cicadellinae por meio de armadilhas adesivas amarelas em vinhedos dos Estados do Rio Grande do Sul e Pernambuco, com o objetivo de identificar potenciais vetoras de X. fastidiosa e sua flutuação populacional. Para a obtenção das cigarrinhas foram realizadas coletas com cartões adesivos amarelos em quatro parreirais comerciais de Vitis vinifera para cada Estado. Em cada parreiral foram instalados 20 cartões, distribuídos em 10 pontos espaçados de 40 x 40 m, com duas alturas de amostragem (45 cm do solo e 45 cm acima da lâmina foliar de videira). Os cartões adesivos foram trocados quinzenalmente no período de setembro/2004-setembro/2006 e junho/2005-junho/2007 no Rio Grande do Sul e Pernambuco, respectivamente. Baseando-se em análise faunística, determinaram-se as espécies de cigarrinhas mais abundantes...

Enfezamento do brócolis: identificação molecular de fitoplasmas, potenciais insetos vetores e hospedeiros alternativos, e análise epidemiológica da doença; Broccolo stunt: identification of phytoplasmas, potential insect vectors and alternative hosts and epidemiology of the disease

Eckstein, Barbara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.61%
O brócolis (Brassica oleraceae var. italica) é uma das hortaliças mais importantes do país, cujo volume de comercialização na CEAGESP é de aproximadamente 13 mil toneladas por ano. Recentemente, uma nova doença tem causado perdas relevantes para as culturas instaladas na maior região produtora do Estado de São Paulo. Os sintomas característicos da doença são expressos pelo enfezamento da planta e necrose dos vasos de floema. Devido ao fato destes sintomas indicarem a presença de fitoplasmas nas culturas de repolho e couve-flor, localizadas na mesma região geográfica onde foi observada esta nova doença, levantou-se a suspeita de que estes mesmos agentes patogênicos pudessem estar associados com as plantas doentes de brócolis. Assim, o DNA total de plantas de brócolis sintomáticas foi analisado por PCR com primers específicos para a região 16S rDNA de fitoplasmas. Os resultados revelaram que estes patógenos estavam associados com as plantas doentes. Através das técnicas de RFLP do sequenciamento de nucleotídeos desta mesma região genômica, os fitoplasmas foram identificados como pertencentes aos grupos 16SrI, 16SrIII e 16SrXIII. Através de análise de RFLP, fitoplasmas também foram identificados em diversas espécies de plantas daninhas e em cigarrinhas da família Cicadellidae coletadas em áreas adjacentes a campos de produção de brócolis. Fitoplasmas do grupo 16SrIII foram identificados em plantas daninhas das espécies Agetarum conyzoides (mentrasto)...

Cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) potenciais vetoras de um fitoplasma (grupo 16SrlX) associado a sintomas de Huanglongbing dos citros, suas plantas hospedeiras e quantificação do patógeno; Potential leafhopper vectors (Hemiptera: Cicadellidae) of a phytoplasma (16SrIX group) associated with citrus huanglongbing symptoms, host plants and pathogen quantification

Marques, Rodrigo Neves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.67%
O Huanglongbing (HLB) é uma das mais temidas doenças da citricultura mundial, associada a bactérias do gênero Candidatus Liberibacter, que foram detectadas no Brasil em 2004. Em 2008, detectou-se outra bactéria associada a sintomas de HLB no Estado de São Paulo, que foi caracterizada como sendo um fitoplasma do grupo 16 SrIX. Fitoplasmas são molicutes fitopatógenos restritos ao floema de plantas, disseminados por insetos vetores. O presente trabalho buscou identificar cigarrinhas potencialmente vetoras do fitoplasma associado ao HLB e plantas hospedeiras desses insetos, bem como desenvolver uma técnica de quantificação de DNA desse patógeno em insetos e plantas. Amostragens de cigarrinhas foram realizadas quinzenalmente por 12 meses em dois pomares de laranja com histórico de ocorrência do fitoplasma 16SrIX na região norte do Estado de São Paulo, usando-se armadilhas adesivas amarelas em duas alturas (0,3 e 1,5 m) da copa de árvores cítricas, e rede de varredura na vegetação espontânea. Dados faunísticos identificaram uma espécie de Agalliinae (Agallia albidula Uhler) e três de Deltocephalinae, [Balclutha hebe (Kirkaldy), Planicephalus flavicosta (Stål) e Scaphytopius (Convelinus) marginelineatus (Stål)], como os cicadelídeos (Hemiptera: Cicadellidae) mais abundantes e frequentes nas áreas estudadas. Essas espécies predominaram na amostragem com rede de varredura e na menor altura de coleta com armadilhas adesivas...

Transmissão de um fitoplasma associado ao enfezamento do brócolis por cigarrinhas de diferentes espécies; Transmission of a phytoplasma associated with broccoli stunt by different species of leafhoppers

Kreyci, Patricia Fabretti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.92%
As brássicas compreendem diversas espécies de grande relevância comercial dentre as demais espécies olerícolas cultivadas no Brasil. A região localizada próxima à cidade de São Paulo (SP) tem se destacado no cultivo de brássicas, especialmente do repolho, da couve-flor e do brócolis. Em campos de cultivo destas espécies, tem sido observadas plantas exibindo redução de tamanho, inflorescências mal formadas, avermelhamento de folhas e necrose dos vasos condutores. Investigações tem mostrado que estas anormalidades estão associadas aos fitoplasmas e a doença tem sido denominada enfezamento. Ainda, estudos anteriores têm sugerido a ocorrência de algumas espécies de cigarrinhas potencialmente vetoras destes fitoplasmas. Considerando estas informações, o presente trabalho teve por objetivo identificar espécies transmissoras de fitoplasmas para plantas de brócolis, buscando aumentar os conhecimentos sobre os vetores de fitoplasmas envolvidos com o enfezamento desta cultura. Para isto, foram coletados insetos no interior e áreas marginais de campos cultivados. Estes insetos foram separados em grupos, identificados taxonomicamente e confinados em plantas sadias de brócolis. A avaliação da transmissão foi feita com base na detecção de fitoplasmas nos tecidos dos insetos e das plantas...

Efeitos direto e indireto dos begomovírus Tomato severe rugose virus (ToSRV) e Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) no desempenho biológico de Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae); Direct and indirect effects of begomovirus Tomato severe rugose virus (ToSRV) and Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) on fitness of Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae)

Maluta, Nathalie Kristine Prado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
Sabe-se que a grande maioria dos fitopatógenos depende quase que exclusivamente de vetores para disseminarem-se para novos hospedeiros, porém pouco foi estudado no que se refere aos efeitos dos micro-organismos sobre seus insetos vetores. Sendo Bemisia tabaci uma praga de elevada importância e vetora de inúmeros vírus para plantas cultiváveis, é de extrema relevância estudar os efeitos provocados pelos vírus sobre seu desempenho biológico. Assim, esta pesquisa objetivou: a) avaliar os efeitos direto e indireto dos begomovírus Tomato severe rugose vírus (ToSRV) e Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) sobre parâmetros biológicos de B. tabaci biótipo B e Q respectivamente, dos quais: duração e viabilidade do período ninfal; razão sexual; fecundidade; fertilidade e longevidade. Os resultados encontrados variam de positivos, neutros a negativos, dependendo do parâmetro, efeito e espécie do vírus estudado. Sendo assim, observou-se que há efeito direto de ambos os vírus na duração do período ninfal, sendo menor em insetos virulíferos que em sadios. Ademais, há um incremento no número médio de ovos depositados por insetos virulíferos com ToSRV (225,2 ovos/fêmea) quando comparado com insetos sadios (180,1 ovos/fêmea). Já TYLCV afetou diretamente a longevidade de machos os quais tiveram a duração da fase adulta incrementada quando virulíferos (30 dias) e 24 dias quando sadios. Há um efeito indireto negativo de ToSRV sobre a viabilidade ninfal de seu vetor...

Xylella fastidiosa de ameixeira: transmissão por cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) e colonização de plantas hospedeiras; Xylella fastidiosa in plum: transmission by sharphoters (Hemiptera: Cicadellidae) and colonization in host plants

Müller, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.68%
A Escaldadura das Folhas da Ameixeira (EFA) é a principal doença da cultura no Brasil, sendo causada pela bactéria Xylella fastidiosa e transmitida entre plantas pela ação de insetos vetores, mas há carência de informações sobre a identidade dos vetores e plantas hospedeiras para estirpes de X. fastidiosa causando EFA. Objetivando subsidiar uma proposta de manejo da EFA, foram realizados estudos sobre a transmissão de X. fastidiosa por vetores em ameixeira, identificação de plantas hospedeiras da bactéria em vegetação de cobertura dos pomares que possam servir como fontes de inóculo, capacidade de colonização de estirpes de ameixeira, cafeeiro e citros em inoculações cruzadas e validação da técnica de inoculação mecânica como método de avaliação de resistência de cultivars a X. fastidiosa em programas de melhoramento de ameixeira. Inicialmente, por meio de testes de colonização por X. fastidiosa foram identificadas Ocimum basilicum, Vernonia condensata e Pentas lanceolata como plantas não hospedeiras da bactéria, permitindo a criação de cigarrinhas sadias que foram utilizadas nos ensaios de transmissão. As cigarrinhas Macugonalia cavifrons, M. leucomelas e Sibovia sagata (Hemiptera: Cicadellidae: Cicadellinae) foram identificadas como vetoras de X. fastidiosa em ameixeira com eficiência de transmissão por indivíduo variando de 12 a 21%. Para identificação de hospedeiros alternativos do patógeno...

Análise da expressão e silenciamento de genes do trato digestivo de Anopheles aquasalis

Carlos, Bianca Cechetto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 67 f.
Português
Relevância na Pesquisa
46.5%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Genética) - IBB; Estudos recentes vêm elucidando a importância de uma diversidade de proteínas do intestino médio de insetos vetores, tanto nos processos de digestão como em respostas imunológicas e interações parasita-hospedeiro. Este trabalho teve como objetivo analisar a expressão de genes do intestino médio de Anopheles aquasalis, um importante vetor de malária no Brasil, a partir de clones sequenciados de bibliotecas de cDNA de machos e fêmeas alimentados apenas com sacarose. Nas fêmeas, pôde-se notar a grande predominância de serino proteases, proteínas ligantes de quitina e fatores relacionados à imunidade. Os machos também apresentaram diversos peptídeos de defesa imune, porém apenas uma protease digestiva e uma glicosidase. Alguns genes foram selecionados das bibliotecas para estudo de suas expressões durante a vida de An. aquasalis. Tripsina 1, peritrofina 1 e quinurenina 3-monooxigense tiveram seus níveis de expressão aumentados 6h após a ingestão de sangue, analisados através de qRT-PCR. No entanto, o silenciamento desses genes não resultou em alterações na longevidade de fêmeas adulta. O gene da serpina foi expresso em todas as fases do desenvolvimento do mosquito...

Estratégias de controle de insetos-pragas nas culturas do tomateiro (Lycopersicum esculentum Mill) e pimentão (Capsicum annum L.)

Macedo, Marcos Aurélio Anequini de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxi, 125 f. : gráfs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
57.03%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; O objetivo do presente trabalho foi estudar diferentes estratégias de controle de insetospragas nas culturas do tomateiro e do pimentão, procurando associar amostragens, níveis de controle, resistência de plantas a insetos, controle químico, produtos naturais, irradiação e controle cultural. Foram amostrados o número de B. tabaci, F. schultzei, M. persicae, a porcentagem de plantas com virose, a produção de frutos e a porcentagem do custo dos produtos aplicados em relação a produção. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância pelo teste de Fisher, e quando significativo às médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Pelos resultados obtidos conclui-se que: a) cultura do tomateiro: os cultivares menos infestados por T. absoluta foram AP 529 e AP 533 na fase de frutificação; a estratégia convencional foi a mais eficiente no controle dos insetos vetores, porcentagem de plantas com virose e da traça, e, promoveu maior produção de frutos; as estratégias MIP, doses de 75,100 e 125 Gy + MIP-nim a 0,5% e MIP-nim a 0,5% e MIP-nim a 0,5% com barreiras de plantas de milho...

Biologia e ecologia de flebotomíneos, vetores de Leishmania, no estado de São Paulo; Biology and ecology of sand flies, vectors of Leishmania, in São Paulo state

Fernanda Elisa Colla Jacques
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.78%
Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) são insetos de importância médico-veterinária pois participam do ciclo de doenças tais como leishmanioses, que acometem milhares de pessoas ao redor do mundo. O conhecimento sobre a ecologia e biologia desses dípteros é de fundamental importância para determinar a capacidade e competência vetorial de suas populações, e portanto, relevantes do ponto de vista da saúde pública. Este trabalho buscou esclarecer alguns pontos com informações deficientes sobre a biologia e ecologia das espécies vetoras de Leishmania (Leishmania) infantum chagasi e Leishmania (Viannia) braziliensis, respectivamente, Lutzomyia longipalpis e Nyssomyia neivai, no estado de São Paulo. Para a leishmaniose visceral americana (LVA), objetivou-se esclarecer questões a respeito de criadouros urbanos preferenciais de Lu. longipalpis e sobre sua expansão geográfica no estado de São Paulo. Em referências às lacunas no conhecimento da ecoepidemiologia da leishmaniose tegumentar americana, a competência vetorial de Nyssomyia neivai para L. (V.) braziliensis e o estudo da composição da comunidade flebotomínica em área endêmica no nordeste do estado, bem como sua variação mensal. Criadouros de Lu. longipalpis foram encontrados predominantemente em ambientes sombreados com grande quantidade de matéria orgânica...

Identificação de reservatórios de zoonoses em insetos vetores por espectrometria de massa

Silva, Vladimir Costa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.97%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2006.; Introdução: O estudo do conteúdo alimentar de vetores hematófagos é de reconhecida importância ecológica e epidemiológica. As metodologias atualmente empregadas nesse estudo não possibilitam a identificação de múltiplas fontes de sangue, caracterização de espécies filoganéticamente relacionadas bem como repastos tardios acima de 72 horas, no trato digestivo de insetos vetores. Objetivo: O presente trabalho tem por objetivo utilizar a espectrometria de massa para identificação de fontes de sangue em vetores de zoonoses tendo como modelo o flebótomo Lutzomyia longipalpis (Díptera – Psychodidae). Para identificação e diferenciação de espécies de animais vertebrados foi usada a hemoglobina que é a molécula mais abundante no trato digestivo dos insetos após alimentação. Material e Métodos: As amostras retiradas do trato digestivo de 250 insetos foram separadas por cromatografia líquida de alto desempenho e submetidas à identificação em espectrômetros de massa MALDI TOF/TOF e LC ESI-Q-TOF em escala de nanofluxo. Resultados: Dos cinco mil espectros gerados foram identificadas todas as espécies de animais vertebrados (homem...

Análise Funcional Comparativa do Relógio Circadiano de Drosophila melanogaster e insetos vetores

Meireles Filho, Antonio Carlos Alves
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
46.5%
Diversos organismos apresentam variações no comportamento e na fisiologia que são controladas por um relógio biológico interno. O flebotomíneo Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae), o principal vetor da leishmaniose visceral nas Américas, é um inseto hematófago com atividade crepuscular/noturna. A hematofagia, crítica na transmissão da doença, está restrita a uma determinada hora do dia, certamente conseqüência do controle do marcapasso circadiano. Apesar da importância dos ritmos circadianos na dinâmica da transmissão da doença, pouco se sabe sobre seu controle molecular em insetos vetores. Neste trabalho descrevemos algumas propriedades do relógio circadiano de L. longipalpis. Comparado a Drosophila melanogaster, os genes period (per) e timeless (tim), dois elementos negativos da retroalimentação negativa, apresentam padrão similar de expressao de RNAm. Por outro lado, a expressão de Clock (Clk) e cycle (cyc), dois elemetos positivos, diferem entre as duas espécies, sugerindo que as diferenças de fase de suas expressões possam estar associadas às diferenças observadas no ritmo de atividade circadiana. Além disso, nós observamos uma redução da atividade locomotora após o repasto sanguíneo...

Mosquitos Culicidae como vetores emergentes de infecções

Forattini,Oswaldo Paulo
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
46.48%
Apresenta-se sucinta revisão do relacionamento entre as chamadas infecções emergentes e o conceito de vetores emergentes. Estes são entendidos não apenas no que concerne aos que são descritos como tais, de forma nova, mas também aqueles com acentuadas mudanças de comportamento. Os fatores específicos que propiciam esse fenômeno identificam-se à poderosa influência humana sobre o ambiente. Assim, aquele construído pelo homem e conhecido como antrópico representa a função de pressão seletiva que induz as populações vetoras a se adaptarem às novas circunstâncias. Nelas inclui-se fatores ecológicos ambientais, ou demográficos, que incrementam o contato com os novos comportamentos vetoriais. Relata-se o encontro de criadouros anômalos de mosquitos Culicidae nas Américas. A interpretação desses encontros é feita visando à vigilância epidemiológica. O significado dessa emergência ou reemergência pode se traduzir no aparecimento de problemas epidemiológicos. Sugere-se que, em sendo assim, a vigilância epidemiológica deva ser feita em grau global.

Monitoramento populacional das cigarrinhas vetoras de Xylella fastidiosa, através de armadilhas adesivas amarelas em pomares comerciais de citros

Molina,Rúbia de Oliveira; Nunes,William Mário de Carvalho; Gonçalves,Aline Maria Orbolato; Nunes,Maria Júlia Corazza; Zanutto,Carlos Alexandre
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.5%
A Clorose variegada dos citros (CVC) é uma doença causada pela bactéria de xilema Xylella fastidiosa Wells. A disseminação ocorre por meio de insetos vetores pertencente à ordem Hemiptera, família Cicadellidae (subfamília Cicadellinae), os quais transmitem a bactéria depois de se alimentarem em plantas contaminadas. Neste trabalho, objetivou-se identificar e monitorar as espécies de cigarrinhas vetoras em um pomar comercial no município de Paranavaí, Paraná. O experimento foi realizado em um talhão comercial de laranja doce (Citrus sinensis (L.) Osbeck), variedade Pera, com 1.000 plantas de dez anos de idade. A amostragem foi realizada por meio de armadilhas adesivas amarelas, distribuídas na área periférica e central do pomar, com duas repetições por rua amostrada. As etiquetas foram distribuídas entre a 5ª e 30ª plantas em 10 ruas, totalizando 20 armadilhas que foram renovadas no pomar, a cada trinta dias, durante o período de avaliação que foi entre junho de 2005 e setembro de 2006. As principais espécies de Cicadellinae capturadas foram Acrogonia citrina Marucci & Cavichioli, Dilobopterus costalimai Young e Macugonalia cavifrons Stal. Essas espécies apresentaram ocorrência constante e frequência de 3...

A ocupação urbana do entorno de zonasde proteção ambiental de natal, suas condições de sustentabilidade e a relação com a ocorrência de insetos vetores

Araújo, Paulo Sérgio Fagundes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa Regional de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente PRODEMA; Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa Regional de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente PRODEMA; Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.04%
This study started from the hypothesis of the existence of a relation between the type of the urban occupation concerning to the sustainability conditions at the proximity of Environment Protected Zones and the occurrence of vectors insects in Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. This research, which used data available by the City Administration Health and Urbanization Secretaries (respectively SMS and SEMURB), in the time period of 2006 to 2008, aimed to characterize the study site in terms of urban occupation, relating it to social environmental aspects of land occupation and the occurrence of vectors insects. This study is presented in two papers, the first one linking the occurrence of vectors insects and sustainable development indicators and the second relating the incidence of reported cases of Dengue and Dengue Hemorrhagic Fever (DHF) and the occurrence of larvae infection indexes of Aedes aegypti, in Natal, Rio Grande do Norte State. In the first paper, was made a correlation between Dengue Fever vectors and Visceral and Tegumentar Leishmaniasis vectors and sustainable development indicators, selected from IDS Brasil- 2008. Through factorial analysis a Sustainability Index (SI) was acquired for each region, the northern region of the municipality obtained lower numbers than southern region...

Monitoramento populacional das cigarrinhas vetoras de Xylella fastidiosa, através de armadilhas adesivas amarelas em pomares comerciais de citros

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
46.5%
A Clorose variegada dos citros (CVC) é uma doença causada pela bactéria de xilema Xylella fastidiosa Wells. A disseminação ocorre por meio de insetos vetores pertencente à ordem Hemiptera, família Cicadellidae (subfamília Cicadellinae), os quais transmitem a bactéria depois de se alimentarem em plantas contaminadas. Neste trabalho, objetivou-se identificar e monitorar as espécies de cigarrinhas vetoras em um pomar comercial no município de Paranavaí, Paraná. O experimento foi realizado em um talhão comercial de laranja doce (Citrus sinensis (L.) Osbeck), variedade Pera, com 1.000 plantas de dez anos de idade. A amostragem foi realizada por meio de armadilhas adesivas amarelas, distribuídas na área periférica e central do pomar, com duas repetições por rua amostrada. As etiquetas foram distribuídas entre a 5ª e 30ª plantas em 10 ruas, totalizando 20 armadilhas que foram renovadas no pomar, a cada trinta dias, durante o período de avaliação que foi entre junho de 2005 e setembro de 2006. As principais espécies de Cicadellinae capturadas foram Acrogonia citrina Marucci & Cavichioli, Dilobopterus costalimai Young e Macugonalia cavifrons Stal. Essas espécies apresentaram ocorrência constante e frequência de 3...

Evaluation of organophosphorus and synthetic pyrethroid insecticides against six vector mosquitoe species; Avaliação de inseticidas organofosforados e piretroides sintéticos contra seis mosquitos vetores

Montada Dorta, Domingo; Vasuki, V.; Rajavel, A.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1993 Português
Relevância na Pesquisa
46.48%
Three organophosphorus compounds- malathion, folithion and temephos- and two synthetic pyrethroids- alphamethrin and deltamethrin- were used for monitoring the susceptibility status of larvae and adults of six vector mosquitoe species: Culex quinquefasciatus (Filariasis) and Aedes albopictus (Dengue) (both laboratory and field strains); laboratory strains of Aedes aegypti (Dengue), Anopheles slephensi and Anopheles culicifacies (Malaria), and Culex tritaeniorhynchus (Japanese encephalitis) in India. From the LC50 values obtained for these insecticides, it was found that all mosquito species including the field strains of Cx. quinquefasciatus and Ae. albopictus were highly susceptible Except for Cx. quinquefasciatus (field strain) against malathion, 100% mortality was observed at the discriminating dosages recommended by World Health Organization. The residual effect of alphamethrin, deltamethrin, malathion and folithion at 25 mg (ai)/m² on different surfaces against six species of vector mosquitoes showed that alphamethrin was the most effective on all four treated surfaces (mud, plywood, cement and thatch). Nevertheless, residual efficacy lasted longer on thatch than on the other surfaces. Therefore, synthetic pyrethroids such as alphamethrin can be effectively employed in integrated vector control operations.; Três compostos organo-fosforados - malation...

Mosquitos Culicidae como vetores emergentes de infecções; Culicidae mosquitoes as emerging vectors of diseases

Forattini, Oswaldo Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
46.48%
Apresenta-se sucinta revisão do relacionamento entre as chamadas infecções emergentes e o conceito de vetores emergentes. Estes são entendidos não apenas no que concerne aos que são descritos como tais, de forma nova, mas também aqueles com acentuadas mudanças de comportamento. Os fatores específicos que propiciam esse fenômeno identificam-se à poderosa influência humana sobre o ambiente. Assim, aquele construído pelo homem e conhecido como antrópico representa a função de pressão seletiva que induz as populações vetoras a se adaptarem às novas circunstâncias. Nelas inclui-se fatores ecológicos ambientais, ou demográficos, que incrementam o contato com os novos comportamentos vetoriais. Relata-se o encontro de criadouros anômalos de mosquitos Culicidae nas Américas. A interpretação desses encontros é feita visando à vigilância epidemiológica. O significado dessa emergência ou reemergência pode se traduzir no aparecimento de problemas epidemiológicos. Sugere-se que, em sendo assim, a vigilância epidemiológica deva ser feita em grau global.; A review is presented of the relationships between the so-called emerging infectious diseases and what may be defined as emerging vectors. These include not only those that have recently appeared but also those that present remarkable behavioral changes. Specific factors leading to that emergence can be associated with the powerful human influence on the environment. So the man-made...

Identificação de uma planta não-hospedeira de Xylella fastidiosa para criação de insetos vetores sadios; Identification of a non-host plant of Xylella fastidiosa to rear healthy sharpshooter vectors

Marucci, Rosangela Cristina; Giustolin, Teresinha Augusta; Miranda, Marcelo Pedreira de; Miquelote, Helen; Almeida, Rodrigo Piacentini Paes de; Lopes, João Roberto Spotti
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
46.68%
Rearing leafhopper (Hemiptera: Cicadellidae) vectors free of Xylella fastidiosa is a requirement for studies of various aspects of vector-pathogen interactions. The selection of a plant that allows vector development but not bacterial multiplication is desirable to produce healthy vectors. In this study, two leafhopper hosts, Vernonia condensata ('boldo') and Aloysia virgata ('lixeira') were needle inoculated with citrus and coffee strains of X. fastidiosa to evaluate if these plants support pathogen colonization. The inoculated plants did not present symptoms and the pathogen was not detected by culture and PCR tests, neither soon after inoculation (7-14 days) nor later, at 1, 4, 6 and 12 months after inoculation. To obtain healthy adults of the leafhopper vectors Acrogonia citrina, Bucephalogonia xanthophis, Dilobopterus costalimai, Homalodisca ignorata and Oncometopia facialis, early-instar nymphs were reared on V. condensata. X. fastidiosa was not detected in any of 175 adults obtained. V. condensata and A. virgata are nonpropagative hosts of X. fastidiosa and enable the production of healthy leafhoppers for vector studies.; A obtenção de cigarrinhas (Hemiptera: Cicadellidae) livres de Xylella fastidiosa é importante para estudos de interação entre essa bactéria e seus vetores...

Mosquitos Culicidae como vetores emergentes de infecções

Forattini,Oswaldo Paulo
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
46.48%
Apresenta-se sucinta revisão do relacionamento entre as chamadas infecções emergentes e o conceito de vetores emergentes. Estes são entendidos não apenas no que concerne aos que são descritos como tais, de forma nova, mas também aqueles com acentuadas mudanças de comportamento. Os fatores específicos que propiciam esse fenômeno identificam-se à poderosa influência humana sobre o ambiente. Assim, aquele construído pelo homem e conhecido como antrópico representa a função de pressão seletiva que induz as populações vetoras a se adaptarem às novas circunstâncias. Nelas inclui-se fatores ecológicos ambientais, ou demográficos, que incrementam o contato com os novos comportamentos vetoriais. Relata-se o encontro de criadouros anômalos de mosquitos Culicidae nas Américas. A interpretação desses encontros é feita visando à vigilância epidemiológica. O significado dessa emergência ou reemergência pode se traduzir no aparecimento de problemas epidemiológicos. Sugere-se que, em sendo assim, a vigilância epidemiológica deva ser feita em grau global.